1º Trimestre 2011 - ... 1º Trimestre 2011 Maio/2011Maio/2011– Diretoria...

Click here to load reader

  • date post

    13-Jun-2020
  • Category

    Documents

  • view

    0
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of 1º Trimestre 2011 - ... 1º Trimestre 2011 Maio/2011Maio/2011– Diretoria...

  • 1º Trimestre 20111º Trimestre 2011

    Maio/2011Maio/2011–– Diretoria EconômicoDiretoria Econômico--Financeira e de Relações com InvestidoresFinanceira e de Relações com InvestidoresMaio/2011Maio/2011–– Diretoria EconômicoDiretoria Econômico--Financeira e de Relações com InvestidoresFinanceira e de Relações com Investidores

  • Esta apresentação pode conter considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas de crescimento da Sabesp. Estas são apenas projeções e, como tal, baseiam-se exclusivamente nas expectativas da administração da Sabesp em relação ao futuro do negócio e seu contínuo acesso a capitais para

    Aviso

    relação ao futuro do negócio e seu contínuo acesso a capitais para financiar o plano de negócios da Companhia. Tais considerações futuras dependem, substancialmente, de mudanças nas condições de mercado, regras governamentais, do desempenho do setor e da economia brasileira, entre outros fatores, além dos riscos apresentados nos documentos de divulgação arquivados pela Sabesp e estão, portanto, sujeitas a mudanças sem aviso prévio.

  • A Companhia1

    Nossa Operação2

    Agenda

    Nossa Operação2

    3 Nossa Performance Financeira

  • � Uma das maiores prestadoras de serviços de água e esgoto do mundo com base no número de clientes

    � Fornecemos água para 23,7 milhões de pessoas, e prestamos serviços de esgoto para 20,1 milhões de habitantes

    � Vendemos água tratada no atacado para 7 municípios (3,6 milhões de pessoas)

    � Monopólio natural, baixo risco de crédito

    Principais Indicadores Operacionais (1)Visão geral sobre a Companhia

    (1) Data base 31/03/2011

    (2) Esgoto tratado como percentual do esgoto coletado

    Uma das maiores companhias de água e esgoto do mundo...

    Água Esgoto

    Ligações (milhões) 7,3 5,7

    Cobertura (%) 100 81

    Tratamento (%) 100 75,5(²)

    Volume faturado (milhões m³) 510,5 368,8

    � Atendemos a Cidade de São Paulo e outros 363 dos 645 municípios do Estado

    � Nossa área de atuação cobre cerca de 59% da população urbana do Estado

    � A Região Metropolitana de São Paulo* – RMSP é responsável por 72,3% das nossas receitas de vendas e serviços prestados

    � LAJIDA: R$ 654 milhões (1T11)

    � Receita Líquida: R$ 2.294,6 milhões (1T11)

    (2) Esgoto tratado como percentual do esgoto coletado

    São Paulo Sistemas Regionais

    RMSP*A Região Metropolitana que consideramos nesta estimativa inclui 8 municípios fora da área legal da Região Metropolitana de São Paulo e representa os municípios servidos pela Diretoria Metropolitana da Companhia.

    4

  • � Somos uma sociedade de economia mista, com o controle exercido pelo Estado de São Paulo e uma participação significativa de capital privado

    � A regulamentação atual estabelece que o Estado de São Paulo deve possuir no mínimo 50% +1 das ações com direito a voto da Sabesp

    � Em 2004, o Estado de São Paulo realizou uma oferta pública para alienar sua participação excedente do controle, remanescendo com 50,3% do capital

    � Estamos inseridos no Novo Mercado e NYSE, adotamos as melhores práticas de governança corporativa. Desde janeiro de 2008 fazemos parte do Índice de Sustentabilidade da BM&FBovespa – ISE

    � 227.836.623 ações - 100% ordinárias

    ...com alto nível de Governança Corporativa.

    � Valor de Mercado R$ 10.708,3 milhões (Março/2011) � Volume negociado diario médio no 1T11:

    � Bovespa: R$ 12,1 milhões � NYSE: US$ 15,4 milhões

    (¹) Março de 2011

    Controle Acionário(¹)

    5

    22,4%

    27,3%

    50,3%

  • A Companhia1

    Nossa Operação2

    Agenda

    Nossa Operação2

    3 Nossa Performance Financeira

    6

  • Volume faturado de água por categoria Volume faturado de esgoto por categoria

    Base diversificada de consumidores

    Publico 2%

    Industrial 2%

    Comercial 8%

    Residencial 73%

    Industrial 3%

    Comercial 10%

    Residencial

    � Mais de 80% do volume e da receita de água originam-se das categorias residencial, comercial e industrial

    � Mais de 90% do volume e da receita de esgoto originam-se das categorias residencial, comercial e industrial

    7

    Água de Reuso

  • Ampla cobertura de municípios

    Nº de municípios

    % da receita

    Com contrato formal 216 65,6 Concessões vencidas 119 21,4 Concessões a vencer 44 10,6 Atacado 2,4 Total 364 100

    Contratos de Concessão

    8

    � Contrato de serviço por 30 anos entre Sabesp, Município de São Paulo e Governo do Estado

    � Plano de investimentos para o município: R$ 16,9 bilhões por 30 anos

    � Investimento mínimo de 13% da receita bruta, líquida de COFINS e PASEP: aproximadamente R$ 500 milhões/ano

    � Transferência de 7,5% da receita bruta, líquida de COFINS e PASEP ao Fundo de Infraestrutura e Saneamento Ambiental Municipal (a ser recuperado na tarifa a partir de 2011)

    � Agencia reguladora � ARSESP

    Convênio e Contrato com o Município de São Paulo

  • Marco Regulatório

    � Obrigatoriedade de criar uma Agência Reguladora – Municipal ou Estadual

    � Esclarece as condições de pagamento de indenização dos investimentos não amortizados nas prestações de serviços anteriores à lei – até 4 anos

    � Liberação de recursos federais fica condicionada à existência de plano de saneamento básico elaborado pelo titular do serviço básico – Prazo: 2014

    Lei Federal 11.445/07 / Decreto 7.217/10

    Discussão sobre o poder de concessão

    � Discussão Central: Os serviços de saneamento são de interesse local ou comum?

    � Continua na esfera federal a discussão sobre a titularidade dos serviços de saneamento em Regiões Metropolitanas � A Lei 11.445/07 não esclarece a questão

    9

    � As atividades e responsabilidade reguladoras compreendem: � Qualidade dos serviços � Estrutura tarifária e reajuste � O planejamento é uma atribuição de quem tem a concessão

    Atribuições da ARSESP

  • Cálculo do Índice de Reajuste Anual

    Parte A Parte B

    Reajuste Anual das Tarifas vs. Inflação (%)

    16,6% 18,9%

    Inflação (IPCA) Aumento de Tarifa

    Inflação (IPCA)

    Reajuste Tarifário Anual

    Repasse integral dos

    custos não gerenciáveis

    Inclui:

    7,7% 6,8% 6,6%

    4,0% 3,7%

    6,4% 4,5% 4,6%

    8,2% 6,8%

    9,0%

    6,7%

    4,1% 5,1% 4,4% 4,05%

    2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010

    Inflação (IPCA) X

    Custos Gerenciáveis

    Reajuste definido pela ARSESP

    Reajustes de acordo com a fórmula

    10

    Inclui:

    � Energia elétrica

    � Material de tratamento

    � Impostos

    � Custos de utilização dos recursos hídricos

  • � Remuneração da base de ativos existentes – custo de reposição Em linhas gerais, os ativos serão avaliados pelo custo de reposição ponderados pelos respectivos índices de aproveitamento.

    � Retorno regulatório – WACC: Valor inicialmente publicado de 7,53%

    � Cronograma para a revisão tarifária da Sabesp Término em agosto 2012

    Regulação

    18/05/2011 Publicação final da metodologia final para cálculo do WACC

    5

    WACC

    31/10/2011 Divulgação para consulta pública da metodologia para revisão tarifária (nesta data teremos os detalhes do modelo de regulação econômica

    31/01/2012 Publicação da metodologia final para revisão tarifária

    30/03/2012 Sabesp deve entregar dados da BRR – Base de Renumeração Regulatória e Plano de Negócios

    13/06/2012 Divulgação para consulta pública da Tarifa Média Inicial (P0), Fator de Ganhos de Eficiência (X) e Estrutura Tarifária

    30/08/2012 Divulgação final da Tarifa Média Inicial (P0), Fator de Ganhos de Eficiência(X) e Estrutura Tarifária

  • Evolução das ligações de água (milhões) Ligações projetadas de água (mil)

    � Acompanhar o crescimento vegetativo da população adicionando 1,3 milhões de ligações de água até 2019

    Evolução das operações – água e esgoto

    201 189 143 144 145

    724

    2009 Real 2010 Real 2011E 2012E 2013E 2014E a 2019E

    6,6

    6,8 6,9

    7,1 7,3 7,3

    2006 2007 2008 2009 2010 1T11

    � Acompanhar o crescimento vegetativo da população adicionando 1,7 milhões de ligações de água até 2019

    � Coleta: de 79% em 2009 para 90% até 2019

    � Tratamento: de 72% em 2009 para 93% até 2019

    Ligações projetadas de esgoto (mil)Evolução das ligações de esgoto (milhões)

    12

    184 233

    179 167 154

    915

    2009 Real 2010 Real 2011E 2012E 2013E 2014E a 2018E

    5,0

    5,2 5,3

    5,5

    5,7 5,7

    2006 2007 2008 2009 2010 1T11

  • Meta de Perdas de Água (%)

    Melhoria de Eficiência - Programa de Redução de Perdas

    Ações para Redução de Perdas

    Perdas físicas

    � Agilidade e qualidade no reparo de vazamentos