200 Questões Comentadas Contabilidade Geral - Fcc

Click here to load reader

  • date post

    16-Oct-2015
  • Category

    Documents

  • view

    283
  • download

    12

Embed Size (px)

Transcript of 200 Questões Comentadas Contabilidade Geral - Fcc

  • Questes Comentadas Contabilidade Geral FCC

    (Questes dos anos de 2008 a 2010)

    Professores: Gabriel Rabelo da Silva

    Luciano Silva Rosa (Kazuo)

  • 200 Questes Comentadas Contabilidade Geral FCC Gabriel Rabelo e Luciano Silva Rosa

    2

    1. (FCC/Analista Judicirio/Contabilidade/TRT 18/2008) Em relao escriturao

    contbil, correto afirmar:

    (A) Os lanamentos no livro Dirio devem ser efetuados diariamente, no se

    admitindo excees.

    (B) A escriturao correta e tempestiva do livro Razo permite saber, em qualquer

    data, o saldo das contas de resultado e patrimoniais.

    (C) O nico livro contbil considerado obrigatrio pela Receita Federal do Brasil

    para apurao da base de clculo do imposto de renda o livro Dirio.

    (D) No Brasil, existe um Plano de Contas padronizado que deve ser seguido por

    todas as entidades com fins lucrativos.

    (E) Segundo normas do Conselho Federal de Contabilidade, a escriturao contbil

    somente pode ser efetuada em sistemas informatizados.

    COMENTRIOS:

    Vamos anlise das assertivas.

    a) A alternativa a est incorreta. O livro Dirio um livro contbil obrigatrio pela

    legislao comercial, e registra as operaes da empresa, no seu dia-a-dia,

    originando-se assim o seu nome. Encadernado com folhas numeradas

    seguidamente, em que sero lanados, dia a dia, diretamente ou por reproduo,

    os atos ou operaes da atividade, ou que modifiquem ou possam vir a modificar a

    situao patrimonial da pessoa jurdica (Decreto-lei 486/69, art. 5).

    Todavia, a legislao tambm permite: a) que o lanamento no dirio seja feito por

    meio de partidas mensais; b) a escriturao resumida ou sinttica, com valores

    totais que no excedam a operaes de um ms, desde que haja escriturao

    analtica lanada em registros auxiliares; c) No caso de a entidade adotar para sua

    escriturao contbil o processo eletrnico, os formulrios contnuos, numerados

    mecnica ou tipograficamente, sero destacados e encadernados em forma de

    livro.

    b) A assertiva b est correta. O livro Razo facultativo sob a tica do direito

    societrio. Contudo, para os contribuintes tributados com base em lucro real o

    livro passa a ser obrigatrio. Veja um exemplo de livro Razo:

  • 200 Questes Comentadas Contabilidade Geral FCC Gabriel Rabelo e Luciano Silva Rosa

    3

    Razo Analtico

    XPTO Comrcio Ltda. Data: CNPJ: 01.342.575/0001-87 Perodo:

    Conta: Bancos Cta. Movimento - Bradesco S/A

    Data Histrico da Operao Dbito Crdito Saldo

    01.01.2008 Saldo Inicial 1.000,00 D

    02.01.2008 Depsito 500,00 1.500,00 D

    02.01.2008 Cheque n 050070 200,00 1.300,00 D

    Totais 500,00 200,00 1.300,00 D

    Vejam que possvel, perfeitamente, saber, em qualquer data, o saldo das contas

    de resultado e patrimoniais.

    c) Item incorreto. Existe uma srie de livros que so exigidos pela Receita Federal

    para os contribuintes que apurem Imposto de Renda pelo Lucro Real. Bastava que

    o candidato soubesse que o Livro Razo obrigatrio, para a apurao com base

    em lucro real, que j se acertaria a questo. Entretanto, saibam que o contribuinte

    do Imposto de Renda deve manter basicamente os seguintes livros:

    1) Registro de Inventrio;

    2) Registro de Compras;

    3) Apurao de Lucro Real LALUR.

    d) Plano de Contas (ou Elenco de Contas) o conjunto de contas, previamente

    estabelecido, que norteia os trabalhos contbeis de registro de fatos e atos

    inerentes entidade, alm de servir de parmetro para a elaborao das

    demonstraes contbeis.

    A montagem de um Plano de Contas deve ser personalizada, por empresa, j que

    os usurios de informaes podem necessitar detalhamentos especficos, que um

    modelo de Plano de Contas geral pode no compreender.

    e) O item est incorreto. Segundo a NBCT 2, que dispe sobre escriturao contbil, a

    Entidade deve manter um sistema de escriturao uniforme dos seus atos e fatos

    administrativos, atravs de processo manual, mecanizado ou eletrnico.

  • 200 Questes Comentadas Contabilidade Geral FCC Gabriel Rabelo e Luciano Silva Rosa

    4

    2. (FCC/Analista Judicirio/Contabilidade/TRT 18/2008) Uma sociedade com fins

    lucrativos, no exerccio de incio de suas atividades, efetuou sua escriturao

    contbil pelo regime de caixa, apurando um prejuzo de R$ 10.000,00. Advertida de

    seu erro, reelaborou a escriturao pelo regime de competncia, tendo registrado

    um lucro lquido no exerccio de R$ 3.000,00. As despesas, pelo regime de

    competncia, equivaleram a 70% das despesas registradas pelo regime de caixa. As

    receitas, reconhecidas pelo regime de competncia, montaram a R$ 24.000,00.

    Logo, as receitas, se reconhecidas pelo regime de caixa, corresponderiam, em R$, a

    (A) 7.000,00. (B) 13.000,00. (C) 20.000,00. (D) 21.000,00. (E) 27.000,00. COMENTRIOS:

    Regime de caixa o regime contbil que apropria as receitas e despesas no perodo

    de seu recebimento ou pagamento, respectivamente, independentemente do

    momento em que so realizadas.

    Regime de competncia o que apropria receitas e despesas ao perodo de sua

    realizao, independentemente do efetivo recebimento das receitas ou do

    pagamento das despesas.

    Na questo:

    No regime de caixa,

    Receitas Cx Despesas Cx = (10.000)

    No regime de competncia,

    Receitas Comp. Despesas Comp. = 3.000

    Veja que a questo disse que as despesas no regime de competncia representam

    70% das despesas no regime de caixa. Disse, tambm, que as receitas no regime de

    competncia so no montante de R$ 24.000. Assim:

    Despesas Comp. = 70%.Despesas Cx

    Retomando:

    Receitas Comp. Despesas Comp. = 3.000

    24.000 70%.Despesas Cx = 3.000

  • 200 Questes Comentadas Contabilidade Geral FCC Gabriel Rabelo e Luciano Silva Rosa

    5

    70%.Despesas Cx = 21.000

    Despesas Cx = 21.000/70% = 30.000

    Logo, as despesas no regime de caixa totalizam o valor de R$ 30.000.

    Retomando a outra equao, temos que:

    Receitas Cx 30.000 = -10.000

    Receitas Cx = -10.000 + 30.000

    Receitas Cx = 20.000 (Gabarito: Letra C)

    Prxima!

    3. (FCC/Analista Judicirio/Contabilidade/TRT 18/2008) A Cia. Comercial Madureira

    iniciou o exerccio com um estoque de R$ 800.000,00. Adquiriu R$ 1.300.000,00 de

    mercadorias, j deduzidos desse valor os impostos recuperveis. As vendas lquidas

    da empresa no exerccio totalizaram R$ 1.800.000,00. A companhia adota o

    sistema do inventrio peridico e a contagem do estoque final de mercadorias

    indicou que ele equivalia a 120% do estoque inicial. O lucro bruto da companhia

    nesse exerccio equivaleu, em R$, a

    (A) 1.140.000,00.

    (B) 980.000,00.

    (C) 960.000,00.

    (D) 840.000,00.

    (E) 660.000,00.

    COMENTRIOS:

    O estoque inicial de R$ 800.000.

    O valor das compras de R$ 1.300.000 (J deduzidos de impostos)

    O estoque final 120% (ou 1,2) do estoque inicial.

    Vendas Lquidas representa R$ 1.800.000

    Assim, utilizando a frmula bsica:

    Custo da Mercadoria Vendida = Estoque Inicial + Compras Estoque Final

    CMV = 800.000 + 1.300.000 1,2.800.000

  • 200 Questes Comentadas Contabilidade Geral FCC Gabriel Rabelo e Luciano Silva Rosa

    6

    CMV = 2.100.000 960.000

    CMV = 1.140.000

    Sabemos que o Lucro Bruto a diferena entre as Vendas Lquidas e o Custo da

    Mercadoria Vendida.

    Desta forma,

    Lucro Bruto = VL CMV = 1.800.000 1.140.000 = 660.000 (Gabarito: Letra E)

    4. (FCC/Analista Judicirio/Contabilidade/TRT 18/2008) A Cia. Comercial Mar Azul

    fez, na ordem cronolgica, as seguintes operaes com mercadorias no ms de

    incio de suas atividades:

    - compra de 3.000 unidades a R$ 80,00 cada uma

    - compra de 5.000 unidades a R$ 88,00 cada uma

    - venda de 4.200 unidades a R$ 200,00 cada uma

    Aps essas operaes, o estoque de mercadorias no final do ms foi avaliado em

    R$ 323.000,00. Logo, correto afirmar que o mtodo utilizado pela companhia

    para avaliar os seus estoques foi o

    (A) do preo de reposio.

    (B) PEPS (primeiro que entra, primeiro que sai).

    (C) UEPS (ltimo que entra, primeiro que sai).

    (D) da mdia ponderada mvel.

    (E) do preo especfico.

    Comentrios

    A maneira mais rpida de se resolver essa questo utilizar-se dos mtodos PEPS e

    UEPS. Se atravs destes dois mtodos no se encontrar a resposta exata, o

    gabarito ser ento a mdia ponderada, uma vez que no h dados suficientes

    para falar que o mtodo utilizado foi o preo de reposio ou o preo especfico.

    PEPS

    Compras Vendas Saldo

  • 200 Questes Comentadas Contabilidade Geral FCC Gabriel Rabelo e Luciano Silva Rosa

    7

    Quant. V. Unit. Total Quant. V. Unit. Total Quant. V. Unit. Total

    3.000 80 240.000,00 3.000 80 240.000,00

    5.000 88 440.000,00 3.000 80 240.000,00

    5.000 88 440.000,00

    3.000 80 240.000,00 3.800 88 334.400,00

    1.200 88 105.600,00

    Vejam que o saldo final no PEPS foi de 334.400. Faamos pelo UEPS.

    UEPS

    Compras Vendas Saldo

    Quant. V. Unit. Total Quant. V. Unit. Total Quant. V. Unit. Total

    3.000 80 240.000,00 3.000 80 240.000,00

    5.000 88 440.000,00 3.000 80 240.000,00