23 Agosto 2012

download 23 Agosto 2012

of 44

  • date post

    28-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    212
  • download

    0

Embed Size (px)

description

Clipping Geral Eletrônico

Transcript of 23 Agosto 2012

  • XX 156 23/08/2012

    * Um estdio de R$ 149 milhes e problemas demais - p.09

    * Violncia espalha medo na Grande BH - p.16

    * Tornozeleira monitora passos de agressor - p.32

  • estado de minas - BH - mG - p. 6 - 23.08.2012

    metRo - mG - p. 04 - 23.08.2012

    01

  • O Ministrio Pblico de Minas Gerais ajuizou nessa tera (21) ao de improbidade e ofereceu denncia crimi-nal contra alguns investigados na operao Laranja com Pequi, em Montes Claros, no Norte de Minas.

    A operao Laranja com Pequi, desencadeada em diversos municpios mineiros no dia 26 de junho deste ano, cumpriu mandados de busca e apreenso e de priso provi-sria para contribuir com as investigaes j em andamen-to sobre fraudes em licitaes ligadas ao fornecimento de alimentao em presdios e rgos pblicos e de merenda em escolas.

    Em Montes Claros, as investigaes, abertas em de-zembro de 2009 e com mais de trs mil pginas, aponta-ram atos de improbidade geradores de enriquecimento il-cito e de dano ao errio, nos quais estariam envolvidas 11 pessoas, entre as quais o prefeito, um dos seus assessores

    especiais, a atual secretria de Educao, a ex-secretria Adjunta de Educao, alm de dois servidores (ex-prego-eiro e assessor jurdico) do setor de compras da Prefeitura e de scios e funcionrios das empresas Stillus e Isoenge-nharia.

    A operao desarticulou um esquema fraudulento na concorrncia para o fornecimento de refeies nas escolas municipais da cidade. Com isso, a prefeitura teve que can-celar o contrato com a Stillus Alimentao Ltda. e anteci-par o recesso escolar por falta de comida.

    De acordo com os magistrados, as investigaes sobre a merenda escolar no deveriam ter atrapalhado a volta s aulas em Montes Claros. Independentemente das inves-tigaes, a Prefeitura deveria ter elaborado licitao para contratar outra empresa em fevereiro, j que o contrato com a Stillus venceria no fim de junho.

    Hoje em dia - mG - p. 04 - 23.08.2012CenRio poLtiCo

    o tempo - mG - Conamp - 23.08.2012

    Ministrio Pblico oferece denncia contra investigados da operao Laranja com Pequi

    aL infoRma - p. 05 - 23.08.2012

    02

  • supeR notCia - BH - mG - p. 13 - 22.08.2012

    03

  • metRo - 1 p. e p. 05 - 22.08.2012

    04

  • Hoje em dia - mG - p.15 - 23.08.2012

    05

  • JULIANA GONTIJO

    As reclamaes contra os bancos em julho deste ano cresceram 9,38% frente ao s-timo ms de 2011 no pas, con-forme dados do Banco Central (BC). Foram 1.445 queixas contabilizadas no ms passa-do. Na liderana do ranking da instituio, esto os dbi-tos no autorizados, com 291 reclamaes. Neste quesito, o campeo foi o Santander, com 83 queixas, seguido pelo Ita (67) e o Bradesco (48).

    S que esse no o ni-co problema enfrentado pelos clientes dessas instituies financeiras. A lista do Banco Central possui 49 irregulari-dades praticadas pelos bancos. A situao chegou ao ponto de dez bancos e financeiras terem a concesso de crdito e finan-ciamento para novos clientes suspensas temporariamente em Minas Gerais pelo prazo de cinco dias teis a partir do re-cebimento das notificaes.

    A medida foi tomada na ltima tera-feira, de forma cautelar, pelo Ministrio P-blico do Estado de Minas Ge-rais atravs do Procon-MG. A deciso, fruto de reclamaes feitas pelos consumidores em diversos Procons de Minas Gerais, se deve, em especial, prtica de dez instituies fi-nanceiras que atuam no Estado de criar obstculos para o for-necimento de informaes ca-dastrais e financeiras necess-rias para que fosse realizada a portabilidade de crdito. Outro

    problema detectado se refere quitao antecipada de dbitos pelo consumidor sem a devida reduo proporcional de juros e encargos.

    A gerente jurdica do Ins-tituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), Maria Eli-sa Novais, considerou a medi-da louvvel. Isso mostra que o problema est acontecendo e no o deixa apenas no mbito da reclamao individual. uma presso por mudana no comportamento dos bancos, analisa.

    A advogada do Procon Municipal, Daniela de Abreu Arruda, ressalta que os assun-tos financeiros so os mais re-clamados no rgo de defesa do consumidor. Os problemas esto relacionados aos clculos de prestao, questionamento dos juros cobrados, dificuldade para realizar a portabilidade e a ausncia do desconto devido quando o consumidor antecipa o pagamento da dvida, diz.

    Segundo informaes do Procon-MG, em 2011, a BV Financeira, que foi uma das instituies proibidas de for-necer crdito e financiamento para novos clientes, j provo-cava descontentamento entre os clientes, j que ocupou o quarto lugar no ranking das empresas mais reclamadas no rgo.

    Neste ano, no levantamen-to do Procon da Assembleia, a financeira ocupou o quarto lugar entre as financeiras que

    mais receberam queixas e est na 10 posio no ranking geral at 22 de agosto de 2012.

    Seminovos vo sentir mais

    Apesar da determinao da suspenso da concesso de cr-dito e financiamento de bancos e tambm da BV Financeira pelo Ministrio Pblico, a con-cesso de crdito em diversas concessionrias de Belo Hori-zonte permaneceu inalterada ontem.

    A supervisora de finan-ciamento e seguro da Jorlan, Eliane Santos, disse que ficou surpresa com a notcia divul-gada ontem. Entretanto, ain-da no houve mudanas. No nosso caso, se isso acontecer, o impacto maior vai ser para o segmento de seminovos e usa-dos, no qual a BV responde por cerca de 30% dos financiamen-tos, diz. O gerente de novos da Tecar, Shelber Morato, con-firmou a normalidade na con-cesso de financiamento.

    Na Orca, o gerente da rea de financiamento, Helbert Abro, tambm disse que, se medida realmente se confir-mar, o impacto ser para quem trabalha com seminovos. Para os novos, no ms passado, 90% dos financiamentos foram fei-tos pelo banco da montadora, diz.

    Alm da BV, os bancos BMG, Bonsucesso, Cacique, Cruzeiro do Sul, GE Capital, Intermedium, Mercantil do Brasil, Rural e Santander (Bra-sil) esto proibidos de financiar novos clientes em Minas. (JG)

    o tempo - mG - on Line - 23.08.2012Defesa. Procon suspendeu dez instituies, mas queixas so inmeras e diversificadas

    Reclamaes contra bancos crescem 9,38%

    06

  • diRio do ComRCio - mG - p. 38 - 23.08.2012

    07

  • Cont.... diRio do ComRCio - mG - p. 38 - 23.08.2012

    metRo - BH - mp - espoRte - p. 15 - 22.08.2012

    Clssico de uma torcida s

    08

  • Hoje em dia - mG - p.06 e 07 - 23.08.2012

    09

  • Cont.... Hoje em dia - mG - p.06 e 07 - 23.08.2012

    o tempo - mG - p. 51 - espoRtes - 23.08.2012

    10

  • Cont.... o tempo - mG - p. 51 - espoRtes - 23.08.2012

    11

  • Hoje em dia - mG - p. 04 - 23.08.2012CenRio poLtiCo

    o tempo - mG - p. 07 - 23.08.2012 Contagem

    Durval ser investigado no TRE

    12

  • Cont... o tempo - mG - p. 07 - 23.08.2012

    13

  • joRnaL da manH - mG - Conamp 23.08.2012

    MP apreende brindes de Lerin, que alega ser

    vtima de armao O Ministrio Pblico Eleitoral apreendeu

    ontem 193 chaveiros/abridores de garrafa com a inscrio PSB 40, que estavam armazena-dos no escritrio poltico do deputado estadu-al e candidato a prefeito pelo partido, Antnio Lerin. A ao, em cumprimento a mandado de busca e apreenso, resulta de representao protocolada na vspera pela coligao O povo quer, o povo pode que sustenta a candidatu-ra de Fahim Sawan (PSDB) para chefe do Exe-cutivo na qual consta que o material estaria sendo distribudo populao como brinde, o que proibido pela legislao.

    Alm disso, fotografia anexada petio mostra um chaveiro/abridor contendo o nome do candidato, bem como sua condio de depu-tado estadual. Atravs de sua assessoria, Lerin diz que est sendo vtima de material forjado, j que as peas apreendidas em seu escritrio no fazem nenhuma referncia sua pessoa, vieram para Uberaba no ano passado, enviadas pelo partido, com nota fiscal. O jurdico da sua campanha preparava recurso a ser anexado aos autos.

    A representao contra o pessebista foi protocolada na 276 Zona Eleitoral, sendo que o juiz Fabiano Rubinger de Queiroz expediu dois mandados de busca e apreenso, um para o escritrio poltico e outro para o comit de campanha. Para esse local seguiu a promotora Sandra Maria Silva Rassi, enquanto o colega e tambm representante do Ministrio Pblico, Jos Carlos Fernandes Jnior, foi para o ou-tro endereo. Ambos estavam acompanhados de um oficial de Justia e um servidor do MP. O material apreendido foi levado ao Cartrio, onde permanecer at a concluso dos autos.

    Ainda segundo a assessoria de Lerin, a conduta dos adversrios descamba para a bai-xaria, e isso no vou permitir, diz o candi-dato.

    14

  • o tempo - mG - p. 10 - 23.08.2012

    15

  • Hoje em dia - mG - p.26 e 27 - 23.08.2012

    16

  • Cont... Hoje em dia - mG - p.26 e 27 - 23.08.2012

    17

  • Cont... Hoje em dia - mG - p.26 e 27 - 23.08.2012

    18

  • Cont... Hoje em dia - mG - p.26 e 27 - 23.08.2012

    metRo - BH - mG - p. 04 - 23.08.2012

    19

  • o tempo - mG - 1 p. e p. 34 e 35 - 23.08.2012

    20

  • Cont... o tempo - mG - p. 34 e 35 - 23.08.2012

    21

  • Cont... o tempo - mG - p. 34 e 35 - 23.08.2012

    22

  • Cont... o tempo - mG - p. 34 e 35 - 23.08.2012

    23

  • Cont... o tempo - mG - p. 34 e 35 - 23.08.2012

    24

  • estado de minas - mG - p. 25 a 27 - 23.08.2012

    25

  • Cont... estado de minas - mG - p. 25 a 27 - 23.08.2012

    26

  • Cont... estado de minas - mG - p. 25 a 27 - 23.08.2012

    27

  • Cont... estado de minas - mG - p. 25 a 27 - 23.08.2012

    28

  • Cont... estado de minas - mG - p. 25 a 27 - 23.08.2012

    29

  • o GLoBo - Rj - p. 20 - 2