5- ONCOLOGIA

of 32 /32
ONCOLOGIA

Embed Size (px)

Transcript of 5- ONCOLOGIA

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    1/32

    ONCOLOGIA

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    2/32

    ONCOLOGIA Oncologia , a especialidade mdica que estuda

    os cancros e a forma de como essas doenas desenvolvem-se no organismo, buscando seutratamento.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Medicinahttp://pt.wikipedia.org/wiki/Cancro_(tumor)http://pt.wikipedia.org/wiki/Doen%C3%A7ahttp://pt.wikipedia.org/wiki/Doen%C3%A7ahttp://pt.wikipedia.org/wiki/Cancro_(tumor)http://pt.wikipedia.org/wiki/Medicina
  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    3/32

    ONCOLOGIAPortanto, na Oncologia atual de suma importncia o

    tratamento multidisciplinar, envolvendo :

    Mdicos Enfermeiros

    Psiclogos Nutricionistas Fisioterapeutas

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    4/32

    ONCOLOGIADevido enorme complexidade da doena e suas

    diferentes abordagens teraputicas cada tipo decncer tem seu tratamento especfico:

    Cirurgia Radioterapia

    Quimioterapia Hormonioterapia

    Muitas vezes necessria a combinao de vrios

    tratamentos.

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    5/32

    ONCOLOGIA O tratamento oncolgico sempre muito

    individualizado e importante observar as

    necessidades e possibilidades teraputicas decada paciente com cncer;

    Pode ter inteno curativa ou paliativa (alvio dossintomas objetivando uma melhora da sobrevida eda qualidade de vida).

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    6/32

    ONCOLOGIAO QUE CANCER?

    So clulas anormais que se dividem e formammais clulas de maneira desorganizada edescontrolada.

    Neoplasia

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    7/32

    ONCOLOGIA O cncer pode invadir tecidos e rgos e se

    espalhar pela corrente sangunea ou pelo

    sistema linftico (Metstase)

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    8/32

    O cncer detm o poder de matar por invaso

    destrutiva os rgos normais, pois no respeita as

    mais bsicas regras de convivncia social entre as

    clulas e cresce demais, ocupando o espao de seus

    vizinhos,sufocando-os.

    ONCOLOGIA

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    9/32

    Metstase Ele detm a propriedade de se disseminar atravs

    da corrente sangunea e dos vasos linfticos,produzindo as chamadas metstases, que naverdade so uma espcie de filial do tumorprimrio, em outro rgo ou tecido.

    ONCOLOGIA

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    10/32

    A metstase tambm pode invadir rgos e tecidoscircunvizinhos por continuidade, impondo severosdanos a estes rgos e tecidos.

    O comportamento anormal das clulas cancerosas geralmente espelhado por mutaes nos genesdas clulas, ou secreo anormal de hormnios ou

    enzimas.

    ONCOLOGIA

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    11/32

    Maligno

    Benigno

    ONCOLOGIA

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    12/32

    ONCOLOGIATumor Benigno

    As clulas deste tumor crescem lentamente e sodiferenciadas (semelhantes s do tecido normal).

    Geralmente podem ser removidos totalmenteatravs de cirurgia e na maioria dos casos notornam a crescer.

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    13/32

    ONCOLOGIATumor Maligno

    As clulas deste tumor crescem rapidamente, tmum aspecto indiferenciado e a capacidade deinvadir estruturas prximas e espalhar-se paradiversas regies do organismo.

    considerado cncer.

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    14/32

    ONCOLOGIA Um tumor benigno que usualmente pode ser removido e

    que na maioria dos casos no volta a aparecer, no se

    espalha pelo corpo e no ameaa vida do paciente.

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    15/32

    ONCOLOGIACausas...

    O processo de formao do cncer chamado decarcinognese;

    Normalmente ocorre lentamente, podendo levarvrios anos para que uma clula cancerosaprolifere e d origem a um tumor visvel

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    16/32

    ONCOLOGIAA carcinognese um processo altamentecomplexo do qual participam fatores de risco

    herdados e fatores de risco ambientais:

    Alimentao; Tabagismo Ocupao Exposio radiao

    Agentes qumicos.

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    17/32

    ONCOLOGIACausas:

    Fatores Externos

    Fatores Internos

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    18/32

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    19/32

    ONCOLOGIAFatores Internos:

    Sistema imunolgico comprometido. Predisposio gentica.

    Hormnios.

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    20/32

    ONCOLOGIADiagnsticos

    Para isto o mdico depende de vrios recursos como, porexemplo, os sinais e sintomas do paciente, o exame

    fsico,exames laboratoriais gerais e especficos, exames de

    imagem que mostraram a leso em caso da existncia da

    doena, marcadores tumorais e a bipsia

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    21/32

    ONCOLOGIAEstadiamento

    O estadiamento uma avaliao clnica capaz defornecer uma noo da extenso da neoplasia

    para cada caso, auxiliando em condutas edefinindo prognsticos.

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    22/32

    ONCOLOGIAObjetivos do Estadiamento:

    Ajudar o mdico no planejamento do tratamento do C.A ; Dar alguma indicao do prognstico; Ajudar na avaliao dos resultados de tratamento; Facilitar a troca de informaes entre os centros de

    tratamento; Contribuir para a pesquisa contnua sobre o C.A humano;

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    23/32

    ONCOLOGIATratamento

    H vrios tratamentos contra o cncer

    Quimioterapia

    Radioterapia

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    24/32

    ONCOLOGIAQuimioterapia

    A quimioterapia o mtodo que utiliza compostosqumicos, chamados quimioterpicos, notratamento de doenas causadas por agentesbiolgicos;

    Quando aplicada ao cncer, a quimioterapia chamada de quimioterapia antineoplsica ouquimioterapia antiblstica.

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    25/32

    A quimioterapia no usa mquinas e sim apenasmedicamentos que agem de forma intensa em

    clulas que nascem e se duplicam rapidamente.

    Assim como a radioterapia, os medicamentos

    usados no tratamento quimioterpico tambmafetam as clulas no cancerosas, causandotambm efeitos colaterais como queda de cabelo,

    anemia e sangramento.

    ONCOLOGIA

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    26/32

    ONCOLOGIARadioterapia

    A radioterapia um mtodo capaz de destruir clulas

    tumorais, empregando feixe de radiaes ionizantes; Uma dose pr-calculada de radiao aplicada, em

    um determinado tempo, a um volume de tecido que

    engloba o tumor, buscando erradicar todas as clulastumorais, com o menor dano possvel s clulasnormais circunvizinhas, custa das quais se far aregenerao da rea irradiada.

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    27/32

    A radioterapia usa radiao ionizante atravs demquinas especficas, direcionadas diretamente

    sobre a regio afetada com o intuito de destruir asclulas afetadas, apesar de afetar clulas normais,causando efeitos colaterais.

    ONCOLOGIA

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    28/32

    O processo de um completamente diferente dooutro, apesar dos dois serem usados no combate ao

    cncer. A radioterapia usa Raios X para atingir o tumor ;

    A quimioterapia injetada na veia do paciente paramatar as clulas em metstases.

    Dependendo do caso o mdico receitar um ou outroou os dois.

    No h mais eficaz, a indicao far dele a melhoropo.

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    29/32

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    30/32

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    31/32

  • 7/28/2019 5- ONCOLOGIA

    32/32