A ARTE NAÏF. ORIGEM E EVOLUÇÃO A ARTE NAÏF MARCO DA ORIGEM DA PINTURA...

Click here to load reader

  • date post

    22-Apr-2015
  • Category

    Documents

  • view

    115
  • download

    2

Embed Size (px)

Transcript of A ARTE NAÏF. ORIGEM E EVOLUÇÃO A ARTE NAÏF MARCO DA ORIGEM DA PINTURA...

  • Slide 1
  • A ARTE NAF
  • Slide 2
  • ORIGEM E EVOLUO
  • Slide 3
  • A ARTE NAF MARCO DA ORIGEM DA PINTURA NAF Realizao do Salon des Independents, ocorrido em Paris no ano de 1886, que exibiu a pintura de Henri Rousseau (1844 - 1910), conhecido como "Le Douanier", e considerado como o mais clebre dos pintores nafs.
  • Slide 4
  • A ARTE NAF OUTROS MARCOS IMPORTANTES: O Museu de Arte Moderna de Paris dedica uma de suas salas exclusivamente produo naf. No sculo XX, a arte naf reconhecida como uma modalidade artstica especfica e se desenvolve no mundo todo, sobretudo nos Estados Unidos, na ex-Iugoslvia e no Haiti.
  • Slide 5
  • A ARTE NAF CONCEITOS
  • Slide 6
  • ARTE NAIF A arte NAF , em geral, conceituada como arte ingnua, original e/ou instintiva, produzida por autodidatas que no tm formao culta no campo das artes. A partir desse conceito, o termo arte NAF, adquire, de forma errnea, o mesmo significado das expresses arte popular, arte primitiva ou art brt..
  • Slide 7
  • ARTE NAIF A arte NAF pode ser conceituada como uma arte de expressividade autntica, nascida da subjetividade e da imaginao, praticada por pessoas sem vnculos com a tradio e com o sistema artstico..
  • Slide 8
  • ARTE NAIF O NAF para as artes, o que o cordel para a literatura. Tarcisio curador da II Mostra Sesc de Arte Naf realizada em Fortaleza em 2009.
  • Slide 9
  • A ARTE NAF PRINCIPAIS CARACTERSTICAS
  • Slide 10
  • A ARTE NAF Ausncia das tcnicas usuais de representao:uso cientfico da perspectiva, formas convencionais de composio e de utilizao das cores Viso ingnua do mundo Cores brilhantes e alegres fora dos padres usuais Simplificao dos elementos decorativos Gosto pela descrio minuciosa Viso idealizada da natureza Presena de elementos do universo onrico
  • Slide 11
  • A ARTE NAF PRINCIPAIS ARTISTAS
  • Slide 12
  • A ARTE NAF HENRI ROUSSEAU
  • Slide 13
  • A ARTE NAF O sonho, leo sobre tela, 203,05 x 296,45 Museu de Arte Moderna de New York O Cigano dormindo-1897, leo sobre tela,129.5 x 200.7 cm Museu de Arte Moderna, New York A encantadora de serpentes,1907, leo sobre tela,169 x 189.5 cm Museu d'Orsay, Paris Buque de Flores,1910. leo sobre tela, 61 x 49.5 cm Tate Gallery, Londres
  • Slide 14
  • A ARTE NAF
  • Slide 15
  • Slide 16
  • Slide 17
  • Slide 18
  • CHICO DA SILVA
  • Slide 19
  • A ARTE NAF Considerado o maior expoente dessa arte no Cear, Chico da Silva(1910-1986), nasceu no Acre, tendo se radicado em Fortaleza. Descoberto pelo crtico e pintor suo Jean Pierre Chabloz, idealizou um estilo incomparvel. Seus desenhos so espontneos;suas pinceladas so ricas em detalhes e abstraes:drages, peixes voadores,sereias e figuras ameaadoras, com grande densidade,formas e beleza
  • Slide 20
  • A ARTE NAF OBRAS
  • Slide 21
  • A ARTE NAF
  • Slide 22
  • Slide 23
  • ALDEMIR MARTINS
  • Slide 24
  • A ARTE NAF Aldemir Martins nasceu em Ingazeiras, no Vale do Cariri, Cear em 8 de novembro de 1922. A sua vasta obra, importantssima para o panorama das artes plsticas no Brasil, pela qualidade tcnica e por interpretar o ser brasileiro, carrega a marca da paisagem e do homem do nordeste Participou de diversas exposies, no pas e no exterior, revelando produo artstica intensa e fecunda.
  • Slide 25
  • A ARTE NAF Seus traos fortes e tons vibrantes imprimem vitalidade e fora tais sua produo que a fazem inconfundvel. A natureza e a gente do Brasil so seus temas mais presentes, pintados e compreendidos atravs da intuio e da memria afetiva. Nos desenhos de cangaceiros, nos seus peixes, galos, cavalos, nas paisagens, frutas e at na sua srie de gatos, transparece uma brasilidade sem culpa que extrapola o eixo temtico e alcana as cores, as luzes, os traos e telas de uma cultura.
  • Slide 26
  • A ARTE NAF OBRAS
  • Slide 27
  • A ARTE NAF Galo, 1987, 81 x 60 cm, Acrlico sobre tela Frutas, 1995, 60 x 81 cm, Acrlico sobre tela Gato, 2003, 130 x 98 cm, Acrlico sobre tela
  • Slide 28
  • A ARTE NAF
  • Slide 29
  • ARTE NAF
  • Slide 30
  • A ARTE NAF
  • Slide 31
  • ATUALIDADES
  • Slide 32
  • A ARTE NAF Um tipo de expresso artstica bastante produzido no Brasil, pas considerado um dos cinco grandes do gnero, ao lado da Frana, Haiti, Itlia e Iugoslvia.
  • Slide 33
  • A ARTE NAF Abertas inscries para a Bienal Nafs do Brasil 2010. Em sua dcima edio, a proposta valorizar obras naf de todas as regies do Pas. O evento acontece de 19 de agosto a 12 de dezembro de 2010, em So Paulo A Bienal Nafs do Brasil, organizada pelo SESC So Paulo desde 1992, se tornou referncia para todos aqueles que possuem algum vnculo com o estilo naf.
  • Slide 34
  • A ARTE NAF MUSEU INTERNACIONAL DA ARTE NAF Localizado na Rua Cosme Velho, 561. Rio de Janeiro, em uma casa cercada de mangueiras centenrias, o Museu Internacional da Arte Naf (MIAN) abre-se para o pblico. A instituio rene o maior e mais completo acervo do mundo no gnero. So mais de 6000 obras de pintores de todos os Estados do Brasil e de mais de 100 pases, desde o sculo XV aos dias de hoje.
  • Slide 35
  • A ARTE NAF Nada me pe to feliz como contemplar a natureza e pint-la. Imagine que, quando vou para o campo e vejo o sol por todo lado e o verde e flores, digo para mim: Tudo isto realmente meu! Henri Rousseau
  • Slide 36
  • A ARTE NAF REFERNCIAS http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp/materiais.a sp?codigo=741184 http://www.itaucultural.org.br/aplcexternas/enciclopedia_i c/index.cfm?fuseaction=termos_texto&cd_verbete.5357 ROUSSEAU, Henri. Rousseau. Lisboa: Taschen, 2010. http://www.artchive.com/artchive/R/rousseau/rousseau_b ouquet.jpg.html http://www.pinturabrasileira.com/artistas_bio.asp?cod=3 http://www.masp.art.br/exposicoes/2005/aldemirmartinsre trospectiva/http://www.masp.art.br/exposicoes/2005/aldemirmartinsre trospectiva/ http://www.espacoarte.com.br/obras/4369-galo