ACORDO ORTOGRÁFICO

Click here to load reader

  • date post

    10-Jun-2015
  • Category

    Documents

  • view

    652
  • download

    0

Embed Size (px)

description

Principais alterações do Novo Acordo Ortográfico de Língua Portuguesa (1990)- norma culta lusoafricana

Transcript of ACORDO ORTOGRÁFICO

(norma culta lusoafricana)

ACORDO ORTOGRFICO

O Novo Acordo Ortogrfico apenas afeta a grafia da escrita e no interfere de modo nenhum com as diferenas orais, nem nas variaes gramaticais ou lexicais.

BREVE NOTA HISTRICAA primeira grande reforma ortogrfica data de 1911. Desde ento foram realizadas vrias tentativas com vista criao de uma norma ortogrfica nica. Novo Acordo Ortogrfico da Lngua Portuguesa assinado em 16 de Dezembro de 1990. Aprovao em Conselho de Ministros em 2008 de uma resoluo, abrindo caminho aplicao do Acordo Ortogrfico de 1990.

Decreto do Presidente da Republica n 52/ Artigo 2, ponto 22 No prazo limite de seis anos aps o depsito do instrumento de ratificao do Acordo do Segundo Protocolo Modificativo ao Acordo Ortogrfico da Lngua Portuguesa, a ortografia constante de novos actos, normas, orientaes, documentos ou de bens referidos no nmero anterior ou que venham a ser objecto de reviso, reedio, reimpresso ou de qualquer outra forma de modificao, independentemente do seu suporte, deve conformar -se s disposies do Acordo Ortogrfico da Lngua Portuguesa.

ALFABETO

As letras K ( CAPA), W ( DBLIO) e Y ( PSILON) passam oficialmente a fazer parte do alfabeto da lngua portuguesa, que deste modo composto por 26 letras A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Nomes de pessoas (antropnimos) originrios de lnguas estrangeiras e seus derivados Kant kantiano yanguiano Weber weberiano yang

USOS DE K,W E Y

Nomes de localidades (topnimos) originrios de lnguas estrangeiras e seus derivados Kosovo - kosovar Washington washingtoniano Yorkshire yorkshiriano Siglas, smbolos e unidades de medida

CONSOANTES MUDAS

O

Novo

Acordo

Ortogrfico

prev

a

supresso das consoantes mudas ou no articuladas em determinadassequncias consonnticas.

Supresso de consoantes mudas ou no articuladas O c, quando faz parte das sequncias cc, c e ct,

cc > c

ANTES DEPOIS accionar acionar direccional direcional Observaes: fraccionar Nos casos em que a consoante fracionar

pronunciada, mantm-se: faccioso,

c > ANTES DEPOISaco ao direco direo injeco Observaes: injeo Nos casos em que a consoante pronunciada, mantm-se: convico, fico, suco.

ct > tANTES DEPOIS actual atual colectivo coletivo Observaes: objectivo Nos casos em que a consoante objetivo

pronunciada, mantm-se: bactria, compacto, pacto.

O p, quando numa das sequncias pc, p e pt

pc > c

ANTES DEPOIS

decepcionar dececionar excepcional Observaes: excecional Nos casos em que a consoante recepcionista pronunciada, mantm-se: egpcio , rececionista npcias, opcional.

p > ANTES DEPOIS adopo adoo decepo deceo Observaes: excepo Nos casos em que a consoante exceo pronunciada, mantm-se: corrupo, erupo, opo.

pt > tANTES DEPOIS adoptar adotar Egipto Egito Observaes: ptimo Nos casos em que a consoante timo pronunciada, mantm-se: apto, eucalipto, rapto.

Grafias duplas: oscilao da pronncia no interior da norma culta -Verifica-se

lusoafricana, uma oscilao na pronncia das sequncias consonnticas cc, c e ct. Assim, o Novo Acordo Ortogrfico prev que se registe essa variao com dupla grafia. -cc- / -c- / -ct Caracterstica ou caraterstica Infeccioso ou Infecioso Sector ou setor

ACENTUAO GRFICAO Novo Acordo Ortogrfico elimina alguns acentos grficos .

Supresso do acento palavras graves com ditongos tnicos

oibia > boia jia> joia formas verbais graves terminadas em

emcrem > creem dem > deem verbos arguir e redarguir Argis, argi, argem > arguis, argui, arguem Redargis, redargi, redargem> redarguis, redargui, redarguem

Palavras graves homgrafas de palavras com vogal tnica aberta ou fechada. Ser, pois, o contexto, em que a palavra ocorre, que permite estabelecer essa distino. Pra ( forma do verbo parar) > para Para (preposio) plo ( forma do verbo pelar) > pelo plo ( nome) > pelo pelo (contraco)

No entanto, o acento circunflexo mantm-se nas formas pde ( 3 pessoa do singular do pretrito perfeito do indicativo) que se diferencia da correspondente forma do presente do indicativo pode, e na forma verbal pr, para assim a distinguir da preposio por.

Hfen( o novo Acordo Ortogrfico simplifica e reformula as regras do uso do hfen)

O hfen desaparece nas ligaes da preposio de s formas monossilbicas do presente do indicativo do verbo haver. ANTES DEPOIS hei-de, hs-de, ho-de de, ho de

hei de, hs

O hfen desaparece em certos compostos em relao aos quais se perdeu a noo de composio. ANTES DEPOIS Manda-chuva Mandachuva, Pra-quedas Paraquedas Pra-quedista Paraquedista

Nas locues de qualquer tipo, sejam elas substantivas, adjectivas, pronominais, adverbiais, prepositivas ou conjuncionais, no se usa normalmente o hfen ANTES DEPOIS Co-de-guarda, Co de guarda Fim-de-semana Fim de semana, Cor-de- aafro Cor de aafro Excepes: consagradas pelo uso (comode Cor-de-caf-com-leite Cor guade-colnia, arco-da-velha, cor-de-rosa, maiscaf com leite que-perfeito, p-de-meia, deus-dar, queimaCor-de-vinho Cor

Quando o prefixo ou falso prefixo termina em vogal e o segundo elemento comea por r, duplica--se a consoante. Anti- religioso > antirreligioso; anti-rugas > antirrugas; Quando o prefixo ou falso prefixo termina em vogal e o segundo elemento comea por s, duplica-se a consoante. Mini-saia > minissaia; contra-senso > contrassenso

Quando o prefixo ou falso prefixo termina em vogal e o segundo elemento comea por vogal diferente . Auto-estrada > autoestrada; extraescolar > extraescolar Com o prefixo co, mesmo quando o segundo elemento comea por o, suprime-se o hfen. Co-produtor > coprodutor; co-administrao > coadministrao

Minsculas e Maisculas( o novo Acordo Ortogrfico sistematiza o emprego da inicial minscula e considera facultativo o seu uso em vrios casos)

A letra minscula inicial passa a ser usada: Nos nomes dos dias, meses e estaes do ano ANTES DEPOIS Segunda-feira segunda-feira, Outubro outubro, NosPrimavera pontos primavera. cardeais ANTES Norte norte Sul

DEPOIS

O uso facultativo de minscula ou de maiscula Nos ttulos de livros ou obras, exceto o primeiro elemento e os nomes prprios que se grafam com maiscula inicialMemorial do Convento ou Memorial do convento

Formas de tratamento:Santa Rita ou santa Rita Senhor Doutor ou senhor Doutor

Nome de vias, lugares, templos ou edifcios:Rua da Restaurao ou rua da Restaurao Igreja do Bonfim ou igreja do Bonfim

Disciplinas escolares, cursos e domnios de saber:Matemtica ou matemtica Portugus ou portugus

A letra maiscula inicial usada: Nas abreviaturas dos pontos N, SW, SO cardeais Nos pontos cardeais quando se referem a zonas prprias Norte (para o norte de Portugal), Ocidente (para a zona da Europa e Amrica), Oriente (para a sia).

LINKS TEIS

CONVERSO RESPriberam Porto Editora Portal da Lngua Portuguesa Um Portugus.com

icionrio da Lngua Portuguesa a Porto Editora - Acordo Ortogrfico Vocabulrio de Mudana

DICIONRI OS

OUTRO S

Base de dados do Acordo Ortogrfico - Prib

Acordo Ortogrfico

Cristina Seia,