AES ELETROPAULO - .Com este plano definido, o sistema de tensionamento é posicionado em uma praça

download AES ELETROPAULO - .Com este plano definido, o sistema de tensionamento é posicionado em uma praça

of 98

  • date post

    25-Jan-2019
  • Category

    Documents

  • view

    213
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of AES ELETROPAULO - .Com este plano definido, o sistema de tensionamento é posicionado em uma praça

AES ELETROPAULO Reforma do Trecho de 1,4 km da Linha de Transmisso Area Henry Borden Pedreira 1-2, no Municpio de So Paulo, SP Estudo de Viabilidade Ambiental (EVA) Abril de 2016

Reforma do Trecho de 1,4 km da Linha de Transmisso Area Henry Borden Pedreira 1-2, no Municpio de So Paulo, SP Estudo de Viabilidade Ambiental (EVA) Abril de 2016

NDICE 1.0 Apresentao 1

1.1 Dados do Empreendedor 1 1.2 Localizao 2 1.3 Justificativa do Empreendimento 2

2.0 Caracterizao do Empreendimento 3

2.1 Principais Procedimentos Executivos 3 2.2 Principais Quantitativos 4 2.3 Cronograma 7 2.4 Investimentos 8

3.0 Alternativas Tcnicas e Locacionais 8 4.0 Definio da rea de Influncia do Empreendimento 8 5.0 Diagnstico Ambiental 8

5.1 Meio Fsico 9 5.1.1 Geologia e Geomorfologia 9 5.1.2 Recursos Hdricos 11

5.1.2.1 Recursos Hdricos Subterrneos 18 5.1.3 Qualidade do Ar 20

5.2 Meio Bitico 29 5.2.1 Cobertura Vegetal 29

5.2.1.1 Cobertura Vegetal no Contexto Regional 29 5.2.1.2 Cobertura Vegetal nas reas de Interveno e de Influncia 30

5.2.2 reas Legalmente Protegidas 31 5.3 Meio Socioeconmico 32

5.3.1 Perfil Regional Demogrfico, Social e Econmico 34 5.3.2 Infraestrutura Fsica e Social 41 5.3.3 Zoneamento do Uso e Ocupao do Solo 49 5.3.4 Campos Eletromagnticos 56 5.3.5 Patrimnio Cultural e Arqueolgico 57

6.0 Avaliao Preliminar de Impacto Ambiental 59

6.1 Referencial Metodolgico Geral 59 6.2 Identificao de Aes de Impactantes 60

6.3 Identificao de Impactos Potencialmente Decorrentes 64 7.0 Medidas Mitigadoras Propostas 73 8.0 Concluses 80 9.0 Referncias Bibliogrficas 82 10.0 Equipe Tcnica 87 ANEXOS Anexo 1 Mapa de Localizao do Empreendimento Anexo 2 Mapa de Localizao e rea de Influncia Anexo 3 Registro Fotogrfico Anexo 4 Mapa de uso e Ocupao do Solo Anexo 5 Mapa de Proteo e Recuperao dos Mananciais da Represa Billings Anexo 6 Estudo de Campo Eletromagntico Anexo 7 Anotao de Responsabilidade Tcnica ART

1.0 Apresentao O objeto do licenciamento do presente Estudo de Viabilidade Ambiental (EVA) a reforma de um trecho de 1,4 Km da Linha de Transmisso Area (LTA) Henry Borden Pedreira 1-2, de 138 Kv, em faixa de servido existente da prpria AES Eletropaulo, no municpio de So Paulo. O presente EVA subsidiar a obteno da Licena Ambiental de Instalao (LAI) , junto ao Departamento de Controle de Qualidade Ambiental (DECONT), da Secretaria Ambiental do Verde e do Meio Ambiente da Prefeitura de So Paulo, para as obras em questo. Nesse sentido, o presente relatrio apresenta informaes e documentos, visando atender s exigncias e orientaes do licenciamento ambiental, e contempla nas Sees 5.0, 6.0 e 7.0, respectivamente, o diagnstico da rea de influncia, a identificao dos impactos associados reforma da LTA e a proposio de Medidas Mitigadoras para a minimizao dos impactos identificados. As obras de reforma parcial da LTA Henry Borden consistem na reconstruo de aproximadamente 1400 metros de Linha de Transmisso Area, composta por dois circuitos trifsicos. Para a reforma da LTA est prevista a instalao de 3 novas torres metlicas. 1.1 Dados do Empreendedor AES Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de So Paulo S/A CNPJ: 61.695.227/0001-93 Inscrio Estadual: 108.317.078.118 Av. Marcos Penteado de Ulha Rodrigues, 939 Torre Jatob - Tambor Barueri - SP CEP: 06460-040 Telefone: (0xx11) 2195-2389 / Fax: (0xx11) 2195-5842 Contato: Felipe de Gouveia Miraldo Samelo E-mail: felipe.samelo@aes.com Empresa Consultora responsvel pelo estudo ambiental: JGP Consultoria e Participaes Ltda. Rua Amrico Brasiliense, 615 - Chcara Santo Antnio - So Paulo - SP CEP 04715-003 Telefone: (0xx11) 5546-0733 / Fax: (0xx11) 5546-0733 Contato: Juan Piazza E-mail: jgp@jgpconsultoria.com.br

1

1.2 Localizao A trecho reformado da LTA Henry Borden ter extenso de aproximadamente 1.400 metros e ser instalada em faixa de segurana existente de propriedade da AES Eletropaulo. O trecho em questo est localizado entre a Avenida Presidente Joo Goulart, n 2710 e a Avenida Gregrio de Bezerra, n 686, distrito Cidade Dutra no municpio de So Paulo. A Figura 1.2.a apresenta o traado da LTA Henry Borden em relao s principais ruas e avenidas do entorno. E o Anexo 1 Apresenta o Mapa de Localizao do Empreendimento. Figura 1.2.a Localizao do trecho de reforma da LTA Henry Borden

Informativo Tcnico da AES Eletropaulo. 1.3 Justificativa do Empreendimento A Regio Metropolitana de So Paulo est em constante expanso econmica e tem possibilitado nos ltimos anos importante crescimento imobilirio e industrial. Neste contexto, cresce tambm a exigncia de insumos bsicos, em especial a demanda por energia eltrica.

2

Diversos estudos tcnicos especficos so realizados pela rea de Planejamento da AES Eletropaulo para identificar a necessidade de obras e melhorias no sistema eltrico para atender com qualidade o fornecimento de energia eltrica. Com a previso de crescimento da demanda por energia, a AES Eletropaulo planeja realizar a reconstruo de um trecho da Linha de Transmisso Area Henry Borden Pedreira 1-2, proporcionando maior confiabilidade no fornecimento de energia na regio da Zona Sul da Cidade de So Paulo. 2.0 Caracterizao do Empreendimento O incio da reforma parcial da LTA Henry Borden est previsto para o segundo trimestre de 2016 com trmino previsto para o quarto trimestre de 2017. O empreendimento caracteriza-se pela reforma da Linha de Transmisso Area Henry Borden, composta por dois circuitos trifsicos, utilizando dois cabos de 636 MCM por fase, com extenso aproximada de 1,4 Km em faixa de segurana de terreno de propriedade da AES Eletropaulo. Para a reforma deste trecho da linha est prevista a instalao de 03 novas torres metlicas. A linha ter capacidade mxima de instalao de 319 MVA em tenso de 88kV e 500 MVA em tenso de 138Kv e ser formada por 2 circuitos compostos por 6 cabos por circuito, de 636 MCM de bitola. Sero utilizadas estruturas metlicas projetadas de acordo com a necessidade identificada em campo. A capacidade mxima de corrente em operao normal de 1050 A em cada circuito, em condio de contingncia a capacidade mxima de corrente passa a ser de 2100 A em um circuito e 0 A no outro. 2.1 Principais Procedimentos Executivos A seguir feita uma descrio sucinta dos mtodos construtivos previstos para a reforma da LTA Henry Borden, com nfase s atividades com maior potencial de gerao de impacto. A descrio abrange somente os servios padronizados para as obras, excluindo as tarefas complementares e/ou adequao dos mesmos para efeitos de mitigao de impactos, as quais so especificadas de forma mais detalhada no item Medidas Mitigadoras Propostas (Seo 7.0). As principais atividades a serem executadas so:

Construo do canteiro de obras; Sondagem do terreno; Execuo das fundaes das estruturas e instalao do sistema de aterramento; Montagem das estruturas (torres metlicas e/ou postes metlicos);

3

Lanamento dos cabos; Comissionamento;

Mtodos Construtivos Para a reforma do ramal areo sero utilizadas, preferencialmente, estruturas autoportantes metlicas (torres), e eventualmente postes metlicos na faixa de servido j existente da AES Eletropaulo. Para a implantao dessas estruturas, sero executadas escavaes para as respectivas fundaes do tipo grelha, tubulo ou estaqueadas, projetadas e construdas conforme as condies de solo e caractersticas mecnicas de cada suporte. O lanamento dos cabos ser realizado com auxilio de equipamentos, como dispositivos de tensionamento (puller), sistema freio (tensioner), porta bobinas e rebobinadeira. O lanamento dos cabos envolve inicialmente a elaborao de um plano de lanamento com base no projeto executivo da linha, contendo a distribuio das bobinas levando-se em conta o comprimento do cabo das bobinas, comprimento dos tramos de amarrao dos suportes e localizao das emendas. Com este plano definido, o sistema de tensionamento posicionado em uma praa de lanamento e a bobina de cabos correspondente ao trecho em outra praa. Com isso, efetua-se o lanamento dos cabos da linha atravs de um cabo piloto, utilizando roldanas para a passagem dos mesmos em cada um dos suportes. O processo de lanamento feito pelo mtodo de tenso controlada com o monitoramento das tenses tanto no puller quanto no freio e com acompanhamento e controle manual junto s roldanas nas estruturas.

Sero obedecidas as distncias de segurana para a linha de subtransmisso conforme estabelecidas na norma tcnica ABNT NBR-5422. Durante as obras de reforma da LTA Henry Borden no haver a necessidade de manejo de espcies vegetais uma vez que a faixa de servido j esta estabelecida e comporta outras Trs Linhas de propriedade da CTEEP. 2.2 Principais Quantitativos A reforma da LTA Henry Borden ter extenso aproximada de 1.400 metros e as obras ocorrero em terreno da faixa de servido j constituda, com largura de 100 metros (compartilhamento de faixa com CTEEP) em todo o trecho da reforma. Com relao s reas de apoio, ser implantado um canteiro de obras com escritrios, almoxarifado e banheiros. Nas frentes de obra sero utilizados banheiros qumicos e, se necessrio, container para armazenamento de equipamentos. O canteiro de obras ter cerca de 100 m e servir para o armazenamento de ferramentas, insumos e para servios administrativos. O canteiro de obras deve dispor tambm de vestirios, local de refeio e coletores adequados de acordo com os resduos gerados na obra, identificados por cores, de acordo com Resoluo CONAMA N 275/01.

4

Ressalta-se que o canteiro dever obedecer s orientaes e aos parmetros pr-estabelecidos pela AES Eletropaulo, alm de obedecer s normas e legislaes vigentes quanto iluminao, ventilao e higiene. Os requisitos mnimos para instalao do canteiro de obras, exigidos pela AES Eletropaulo s co