ANLISE DA SUSTENTABILIDADE DO TURISMO municpio de Bonito-MS. Assim, buscou-se analisar o sistema...

download ANLISE DA SUSTENTABILIDADE DO TURISMO   municpio de Bonito-MS. Assim, buscou-se analisar o sistema gestor de turismo de Bonito, focando nas estratgias de controle

of 11

  • date post

    14-May-2018
  • Category

    Documents

  • view

    212
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of ANLISE DA SUSTENTABILIDADE DO TURISMO municpio de Bonito-MS. Assim, buscou-se analisar o sistema...

  • Sociedade & Natureza, Uberlndia, 23 (1): 65-75, abr. 2011

    65

    Anlise da sustentabilidade do turismo ecolgico no municpio de Bonito, Mato Grosso do Sul na promoo do desenvolvimento regionalLuan Jos Jorge Camargo, Carolina Maria Jorge Camargo, Eliazl Vieira Rondon, Hllen Prado Benevides Queiroz, Selma Rocha

    dos Santos, Silvio Favero, Mercedes Abid Mercante

    ANLISE DA SUSTENTABILIDADE DO TURISMO ECOLGICO NO MUNICPIO DE BONITO, MATO GROSSO DO SUL NA PROMOO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL

    Sustainability Analysis of Ecotourism in the City of Bonito, Mato Grosso do Sul in Promoting Regional Development

    Luan Jos Jorge CamargoMestrando em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional

    Universidade Anhanguera UniderpPesquisador Bolsista Mestrado Acadmico

    Fundao de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Cincia e Tecnologia - FUNDECT Campo Grande/MS Brasil luancamargo@hotmail.com

    Carolina Maria Jorge CamargoUniversidade Anhanguera Uniderp

    Mestranda em Meio Ambiente e Desenvolvimento RegionalPesquisadora Bolsista Mestrado Acadmico

    Fundao de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Cincia e Tecnologia - FUNDECT Campo Grande/MS Brasil

    k_rolzinhacamargo@hotmail.com

    Eliazl Vieira RondonMestrando em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional

    Universidade Anhanguera UniderpCampo Grande/MS Brasil

    rondonev@hotmail.com

    Hllen Prado Benevides QueirozMestranda em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional

    Universidade Anhanguera UniderpCampo Grande/MS Brasil

    queiroz_9@hotmail.com

    Selma Rocha dos SantosMestranda em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional

    Universidade Anhanguera UniderpCampo Grande/MS Brasil

    srsmoura@yahoo.com.br

    Silvio FaveroProf. Dr. Coordenador do Programa de Mestrando em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional - Universidade

    Anhanguera UniderpCampo Grande/MS Brasil

    sfavero@bol.com.br

  • Sociedade & Natureza, Uberlndia, 23 (1): 65-75, abr. 2011

    66

    Anlise da sustentabilidade do turismo ecolgico no municpio de Bonito, Mato Grosso do Sul na promoo do desenvolvimento regionalLuan Jos Jorge Camargo, Carolina Maria Jorge Camargo, Eliazl Vieira Rondon, Hllen Prado Benevides Queiroz, Selma Rocha dos Santos, Silvio Favero, Mercedes Abid Mercante

    Mercedes Abid MercanteProf. Dr. do Programa de Mestrando em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional Universidade Anhanguera

    UniderpCampo Grande/MS Brasil

    mercante@terra.com.br

    Artigo recebido para publicao em 03/01/2011 e aceito para publicao em 04/05/2011

    RESUMO: O presente trabalho tem por objetivo refletir sobre a importncia do turismo ecolgico como alternativa de desenvolvimento sustentvel na regio de Bonito, no Estado de Mato Grosso do Sul. Buscou-se de-monstrar e analisar se o turismo ecolgico est sendo praticado como instrumento na proteo ambiental, promovendo a sustentabilidade, evitando assim prejuzos ao ambiente e a sociedade. Nesse sentido, foi considerado se essa prtica turstica tem promovido melhoria na qualidade de vida da comunidade local, bem como se est contribuindo para o desenvolvimento sustentvel da regio.

    Palavras-Chave: Turismo de natureza. Equilbrio ambiental. Autogesto. Propagao regional.

    ABSTRACT: The present work aims to reflect on the importance of ecotourism as an alternative sustainable develop-ment in the region of Bonito, in Mato Grosso do Sul. This was to demonstrate and analyze if the ecology tourism is being practiced as a tool in environmental protection, promoting sustainability, thus avoiding damage to the environment and society. Thus, it was considered whether the practice has promoted tourism improvement in quality of life of the local community and if it is contributing to the sustainable development of the region.

    Keywords: Nature tourism. Environmental balance. Self-management. Local growth. Regional spread.

    INTRODUO

    A explorao sustentvel do turismo ecolgico no s gera capital para os empreendedores como tambm proporciona lucratividade para a populao local, contribuindo para a melhoria socioeconmica, alm de ajudar na manifestao da proteo ambiental.

    Assim, para que uma atividade turstica ecolgi-ca funcione, de fundamental importncia que se tenha no municpio o apoio da comunidade local, adequando--se e fornecendo todo tipo de subsdio que contribua na estruturao, no funcionamento do comrcio turstico e na manuteno do ambiente sustentvel.

    Desse modo, imperioso assinalar que o turismo ecolgico nunca se fixa em determinada lo-calidade sem que haja uma interao (Poder Pblico Comunidade Local Proprietrios do bem turstico), devendo haver uma harmonia entre os entes, pois, caso no estejam atuando em sintonia, no se pode falar

    em implantao do turismo ecolgico em qualquer que seja a localidade.

    nessa perspectiva que a pesquisa avaliou se h ou no integrao entre a sustentabilidade e a explo-rao da atividade do turismo ecolgico no municpio Bonito, em Mato Grosso do Sul, pois apenas dessa maneira se pode obter o desenvolvimento regional de forma sustentvel.

    Neste estudo, entende-se que o desenvolvimento regional no o resultado de uma construo terica ou acadmica do conceito de desenvolvimento, trata--se de uma forma de gerir mais eficazmente os fatores de desenvolvimento. Assim, desenvolvimento regional deve ser entendido como um mecanismo de auxlio na aplicao das polticas pblicas, que visa combater as diferenas entre as regies, aproveitando seus recursos e potencialidades de modo sustentvel, promovendo desse

  • Sociedade & Natureza, Uberlndia, 23 (1): 65-75, abr. 2011

    67

    Anlise da sustentabilidade do turismo ecolgico no municpio de Bonito, Mato Grosso do Sul na promoo do desenvolvimento regionalLuan Jos Jorge Camargo, Carolina Maria Jorge Camargo, Eliazl Vieira Rondon, Hllen Prado Benevides Queiroz, Selma Rocha

    dos Santos, Silvio Favero, Mercedes Abid Mercante

    modo o territrio e inserindo participao dos cidados na resoluo dos problemas regionais.

    Portanto o turismo ecolgico exercido no municpio um aliado na conservao e manuteno do ambiente, pois, quando verifica que o seu sustento depende diretamente da manuteno daquele ecossis-tema equilibrado, a comunidade local passa a ser a maior defensora desse patrimnio.

    O progresso dado atualmente no municpio em funo do turismo. Segundo o Comtur (2010), mais de 56% da mo-de-obra no municpio est vol-tada para o turismo ecolgico, sendo beneficiados os mais variados profissionais, podendo-se elencar como exemplo: guias, agentes de viagem, remadores, mo-nitores, recepcionistas, motoristas, gerentes, guardas, telefonistas, comerciantes etc.

    Esta pesquisa buscou demonstrar e analisar se turismo ecolgico em Bonito est sendo empregado como um essencial instrumento na proteo ambiental, buscando evitar prejuzos irreparveis ao ambiente e sociedade.

    LOCALIZAO E AMBIENTE DE BONITO-MS

    O Municpio de Bonito, segundo dados da Prefeitura Municipal, possui uma populao total de

    16.956 (dezesseis mil, novecentos e cinquenta e seis habitantes), sua rea se localiza na microrregio ge-ogrfica de Bodoquena, sudoeste do Estado de Mato Grosso do Sul, conforme se observa na figura 1. Sua rea territorial de 4.934.32 km, correspondendo a 1.3817% das terras do Estado, a 0.3083% da regio e a 0.0581% do territrio brasileiro (BONITO, apud IBGE, 2000).

    O Municpio de Bonito faz limite com os municpios de Bodoquena (N e NO), Miranda (N), Anastcio (NE), Nioaque (L), Guia Lopes da Laguna (SE), Jardim (S) e Porto Murtinho (SO e O). Seu n-cleo urbano encontra-se a 250 km da capital do Estado, Campo Grande. Possui como eixo de acesso, quatro rodovias principais, que interligam Bonito a Campo Grande e aos demais municpios do Estado de Mato Grosso do Sul, sendo elas: BR-262, MS-345, MS-382, MS-399 (DIAS, 2000).

    As principais atividades econmicas do municpio so a pecuria, a agricultura e o turismo ecolgico, isso porque o local encontra-se em uma regio privilegiada, com paisagens em alto nvel de biodiversidade extica, que fomenta ainda mais o potencial turstico no municpio.

    Figura 1: Localizao de Bonito, Mato Grosso do Sul, Brasil. Fonte: DIAS, 1998.

  • Sociedade & Natureza, Uberlndia, 23 (1): 65-75, abr. 2011

    68

    Anlise da sustentabilidade do turismo ecolgico no municpio de Bonito, Mato Grosso do Sul na promoo do desenvolvimento regionalLuan Jos Jorge Camargo, Carolina Maria Jorge Camargo, Eliazl Vieira Rondon, Hllen Prado Benevides Queiroz, Selma Rocha dos Santos, Silvio Favero, Mercedes Abid Mercante

    A regio de Bonito est situada na borda su-deste do Pantanal Mato-Grossense, Estado de Mato Grosso do Sul, em uma rea de transio entre o Cerrado e o Pantanal, assentada predominantemente sobre rochas carbonticas calcrios e dolomitos das Formaes Cerradinho e Bocaina, do Grupo Corumb, no topo e rochas do grupo Cuiab, na base, arcabouo geolgico da Serra da Bodoquena (DIAS, 2000)

    Segundo Dias (2000), as predominncias dos tipos rochosos carbonatas originam a paisagem com

    feio crstica. Assim sendo, as paisagens da regio vo apresentar caractersticas diretamente relaciona-das ao fenmeno crstico. Segundo esse autor, o crste de Bonito ainda est em uma fase de desenvolvimento inicial, por isso no apresentar formas de grande ex-presso, ocorrendo at mesmo a ausncia de algumas feies inerentes ao carste bem desenvolvido, como dolinas de grande extenso, uvalas etc. Na figura 2, pode-se observar a descrio das unidades bsicas de paisagens da regio de Bonito-MS.

    Figura 2: As Unidades Bsicas da Paisagem de Bonito, Mato Grosso do Sul, Brasil. Fonte: DIAS, 2007

  • Sociedade & Natureza, Uberlndia, 23 (1): 65-75, abr. 2011

    69

    Anlise da sustentabilidade do turismo ecolgico no municpio de Bonito, Mato Grosso do