Apostila 04 -_2011

download Apostila 04 -_2011

If you can't read please download the document

  • date post

    31-Oct-2014
  • Category

    Education

  • view

    823
  • download

    2

Embed Size (px)

description

 

Transcript of Apostila 04 -_2011

  • 1. APOSTILA 04 1

2. Liderana Liderana refere-se ao processo interpessoal por meio do qual um gerente ou diretor, por exemplo, procura influenciar os empregados para que eles cumpram as tarefas. A liderana acontece no no isolamento, mas na interao. Liderana Habilidade de Trabalhar + Vontade de Trabalhar = Trabalho de Equipe. 2 3. Liderana Um lder a pessoa qual foi concedida uma posio de responsabilidade para coordenar as atividades no grupo. A maneira como este lder influencia as demais pessoas no grupo, ns chamamos de estilo de liderana. So quatro os estilos de liderana. 3 4. 1-Liderana Autoritria - os liderados no opinam. 4 5. 2-Liderana de Apoio - o lder tem proximidade com os liderados. 5 6. 3-Liderana Participativa - o lder tem dilogo com os liderados, utiliza sugestes, mas tem a deciso final. 6 7. 4-Liderana Orientada para a Realizao - o lder estabelece objetivos e confia na capacidade e bom desempenho dos liderados. 7 8. Tipos de poder de liderana Poder legtimoPoder legtimo Autoridade delegada, ligada a organogramas (planejamento e configurao de cargos). O seguidor, neste caso, obrigado a se submeter e, o poder do lder, resultado de hierarquia, o que no decide a eficcia do lder. Poder de recompensaPoder de recompensa Possibilidade do lder recompensar quando achar que o liderado merece. Deve haver cuidado para no haver abuso ou manipulao, pois leva resistncia por parte da equipe e, desmotivao por parte dos no recompensados. 8 9. Poder coercitivoPoder coercitivo Liderado se submete para evitar punio, o ambiente hostil e traz ressentimento e ansiedade. Ligado a controle e manipulao. Poder de especialistaPoder de especialista Exercido sob forma de persuaso racional, o seguidor acredita no conhecimento do lder e a eficcia deste est ligada a boa comunicao. Pode haver submisso por parte do liderado. 9 10. Poder de refernciaPoder de referncia o mais adotado pelos lderes produtivos. Neste caso, o seguidor admira e se identifica com o lder, sentindo-se confortvel neste relacionamento no qual o lder um exemplo a ser seguido. Resulta em amizade e lealdade e o nico que envolve o seguidor. O seguidor no passivo, ele uma fonte de informao para o lder e decisivo no processo de liderana 10 11. Podemos ento entender Liderana como sendo o processo de dirigir e influenciar as atividades relacionadas s tarefas dos membros de um grupo. Fica claro que a liderana envolve outras pessoas deixando muito claro, a posio do lder; envolve tambm uma distribuio desigual de poder entre o lder e os liderados e, por fim, ainda a capacidade de usar diferentes formas de poder para influenciar de vrios modos os seguidores. 11 12. Liderana e Gerncia Embora estejam estreitamente ligadas e relacionadas, no so a mesma coisa. Gerncia o que fazemos. Gerenciamos coisas. Liderana quem somos. Lideramos pessoas. 12 13. Liderar conectar os seus empregados ao seu negcio. Liderar obter e manter empregados que ajam e trabalhem como proprietrios. Liderana a arte de fazer com que os outros tenham vontade de fazer algo que voc est convencido de que deva ser feito. Liderana a arte de mobilizar os outros a batalhar por aspiraes compartilhadas. Liderana a arte de obter resultados desejados, acordados e esperados atravs de empregados engajados. 13 14. O grande guru da administrao, Peter Drucker, diz: 1. A nica definio de lder algum que possui seguidores. Algumas pessoas so pensadoras. Outras, profetas. Os dois papis so importantes e muito necessrios. Mas, sem seguidores, no podem existir lderes. 2. O lder eficaz no algum amado e admirado. algum cujos seguidores fazem as coisas certas. Popularidade no liderana. Resultados sim! Fonte: http://pt. wikipedia.org/wiki/Peter Drucker 14 15. Lder eficaz: Sensibilidade Situacional: deve saber como ler a situao. Gesto situacional: deve ter habilidade de mudar uma situao. Flexibilidade: deve ter flexibilidade de estilo. 15 16. Lder quem identifica e satisfaz as necessidades legtimas de seus liderados e remove todas as barreiras para que possam servir ao cliente. Lder o portador da autoridade legitimada, ou seja, aquele em quem se reconhea motivos para ser ouvido, acatado e seguido. Lder todo indivduo que, graas a sua personalidade, dirige um grupo social, com a participao espontnea dos seus membros. 16 17. Os 10 Mandamentos do Lder 1-Respeitar o ser humano e crer nas suas possibilidades, as quais so imensas. 2-Confiar no grupo, mais que em si mesmo. 3-Evitar crticas a qualquer pessoa em pblico, procurando sempre elogiar, diante do grupo, os aspectos positivos de cada um. 4-Estar sempre dando o exemplo, em vez de ficar criticando todo o tempo. 5-Evitar dar ordens, procurando a cooperao de cada um. 17 18. 6-Dar a cada um o seu lugar, levando em considerao os seus gostos, interesses e aptides pessoais. 7-Evitar tomar, mesmo de maneira provisria, a iniciativa de uma responsabilidade que pertena a outrem, mesmo que pensando que a faria melhor; no caso de chefes que so subordinados, evitar passar por cima deles. 8-Consultar os membros do grupo antes de tomar uma resoluo importante, que envolva interesses comuns. 18 19. 9-Antes de agir, explicar aos membros do grupo o que vai fazer o por qu. 10-Evitar tomar parte nas discusses, quando presidir uma reunio; guardar neutralidade absoluta, fazendo registrar , imparcialmente, as decises do grupo. 19 20. A competncia para os relacionamentos humanos em todos os ambientes onde convivemos to ou mais importante que o conhecimento tcnico. Os grandes lderes sabem disso e possuem cinco elementos- chaves que so: 20 21. 1-Auto-Conscincia a auto-confiana, o senso de humor. 2-Auto-Gerenciamento abertura para mudanas. 3-Auto-motivao otimismo e comprometimento organizacional. 4-Empatia sensibilidade e a satisfao dos clientes. 5-Habilidades Sociais capacidade de persuaso e liderana de equipes. 21 22. Estamos falando de INTELIGNCIA EMOCIONAL que um elemento essencial para a liderana eficaz. 22 23. No existe um modelo ideal de liderana devido s experincias de todos do grupo, pois o tipo de relao construda com o grupo est baseada nas experincias de todos. O lder tem que estar atento resposta do seguidor, pois este que lhe outorga poder. O lder interpreta a realidade no momento da crise e antev a direo a ser seguida, e por conta disto, ganha autoridade e poder. 23 24. O lder conscientiza o grupo social de seus objetivos e valores. Conhecimentos administrativos so indispensveis para a eficcia. Eficcia significa fazer as coisas certas. Eficincia significa fazer bem as coisas. 24 25. O verdadeiro lder incentiva, inicia e mantm resolues desafiando a rotina. Atualmente o lder deve conhecer as pessoas, seus anseios e expectativas, e no o que fazem. importante que tenha reaes em relao aos sentimentos e anseios de seus seguidores. 25 26. Desta forma, a liderana acontece quando h uma troca social consciente, resultando em um fenmeno grupal com harmonizao de objetivos pessoais e organizacionais. No existe liderana eficaz isolada. 26 27. A liderana, por ser processo de troca social est baseada na confiana mtua, lealdade, informao compartilhada, anlise de perspectiva e intercmbio de recursos. Lder: aquele que busca resultados atravs de pessoas. Liderana e estilo: no existe um estilo infalvel, o importante que tenha auto-conhecimento do prprio estilo. 27 28. Algumas dicas para voc obter um bom desempenho dos liderados 1-Coloque o problema amistosamente. 2-Analise a causa do problema. 3-Oua-o. 4-Coloque a importncia da colaborao dele para a equipe. 5-Parabenize-0 pela melhoria do desempenho. Com certeza voc ter um liderado muito mais motivado em sua equipe. 28 29. Ento, o que preciso fazer para ter uma equipe motivada, trazendo resultados e um lder exercendo seu papel neste ambiente? 1)Conhecer as competncias da equipe. necessrio que o lder tenha o mapeamento da sua equipe, conhea os talentos e saiba quais so os gaps (divergncias, diferenas) de desenvolvimento de cada um. 29 30. 2) Dar feedbacks constantes ajudando os liderados a melhorar seus pontos fracos e a ressaltar seus pontos fortes, lembrar tambm de dar feedbacks positivos. A nica forma de ajudar uma pessoa a se desenvolver fazendo com que ela saiba o que fazer. Sirva de apoio no desenvolvimento do seu liderado. 30 31. 3) Delegando: atravs da delegao o lder prepara a equipe para novos desafios, demonstrando confiana em seus liderados e ainda ganha mais tempo para outras tarefas importantes. 31 32. 4) Investindo em treinamentos, para voc e para sua equipe. Isto faz com que as pessoas constantemente se questionem. 32 33. 5) Sendo um lder Coach: Utilizando a ferramenta de coaching para o desenvolvimento da equipe, criando um clima de comprometimento. Coaching faz com que as pessoas comecem a pensar e sintam-se parte do resultado. O termo coaching uma expresso criada recentemente na rea da gesto/liderana e representa as atuaes do lder voltadas para o ajudar os seus subordinados a trilharem o seu prprio caminho de auto desenvolvimento. Desta forma, j no ao lder que compete descobrir o que melhor para os subordinados- cada um deles que ter que descobrir o seu melhor caminho. Ao lder apenas compete ser o elemento facilitador, acompanhando e ajudando cada subordinado a descobrir a forma de expressar melhor os seus talentos de forma a melhor atingir os objetivos pessoais e coletivos. 33 34. 6) Sendo um lder servidor: D aos seus liderados o que eles precisam e no o que eles querem. Para isto crie um ambiente de confiana onde eles saibam que a sua inteno que eles cresam e se desenvolvam. 34 35. Eles podem eventualmente duvidar da minha forma de fazer as coisas, mas nunca da minha inteno. (Bernardinho) Fernanda Palcius Ago 2008 http://www.crescimentum.com.br 35 36. Metas SMART Uma outra forma de criar um ambiente que estimule a motivao dos seus liderados, traar metas claras e que colaborem na criao de desse espao. O papel de um l