Aprenda a viver com a Diabetes [Modo de Compatibilidade]usf- a Viver com a Diabetes ...

download
  • date post

    31-Mar-2018
  • Category

    Documents
  • view

    215
  • download

    3

Embed Size (px)

transcript

  • Aprenda a Viver com a Diabetes

  • Diabetes

    A Diabetes uma grave condio de sade

    que atinge de 150 milhes de pessoas em todo

    o Mundo e estima-se que em Portugal existam

    cerca de 900 mil pessoas com Diabetes.

  • uma doena crnica caracterizada pelo

    Definio de Diabetes

    uma doena crnica caracterizada pelo aumento dos nveis de acar (glicose)

    no sangue.

  • Porque aumenta o acar?

    Os nveis de acar no sangue aumentam devido a uma alterao da insulina.

  • Insulina: o que ?

    A insulina uma hormona produzida pelo A insulina uma hormona produzida pelo pncreas e responsvel pela degradao

    da glicose.

  • A insulina promove o transporte da glicose

    Aco da Insulina

    presente na circulao sangunea para o interior das clulas para que seja

    transformada e utilizada pelos msculos como energia.

  • Aco da Insulina

    InsulinaGlicose

    Energia

    Glicose

    Utilizadapelos

    Transformada em

  • Que tipos de Diabetes existem?

  • Tipo de Diabetes

    Existem dois tipo de Diabetes:

    Diabetes Mellitus tipo 1

    Diabetes Mellitus tipo 2

  • Diabetes Mellitus Tipo 1

    Menos comum (10% da populao mundialde diabticos);de diabticos);

    Desenvolve-se maioritariamente emcrianas ou jovens, mas pode tambmaparecer em adultos e at em idosos.

  • O organismo destri as prprias clulas do pncreas produtoras de insulina

    Diabetes Mellitus Tipo 1

    A no produo de insulina

    Necessrio seguir um plano dirio de injeces de insulina para controlar os nveis

    de acar do sangue (glicemia).

  • Diabetes Mellitus Tipo 2

    Mais comum (90% da populao mundialde diabticos);

    Atinge mais as pessoas com mais de 40anos.

    Est mais associada a indivduos comexcesso de peso e pouca actividadefsica.

  • Diabetes Mellitus Tipo 2

    Pncreas produz insulina porm, o organismo incapaz de reagir sua aco

    (insulino-resistncia). (insulino-resistncia).

    Maior esforo do pncreas at que a capacidade de produo ultrapassada

    Diabetes

  • Sinais e Sintomas da Diabetes

  • Sintomas da Diabetes

    PolifagiaFome constante

    PolidipsiaSede constante

    e intensa

    PoliriaUrinar muitas vezes e em

    grande quantidade

  • Outros sintomas:

    Fadiga

    Viso turvaViso turva

    Infeces frequentes

    Emagrecimento

    Difcil cicatrizao de feridas

  • Factores de Risco

  • Factores de Risco

    Sedentarismo;

    Obesidade; Obesidade;

    Alteraes genticas;

    Hereditariedade;

    Idade igual ou superior a 40 anos

    Histria de Diabetes gestacional.

  • Factores de Risco

    Sedentarismo:

    Contribui para oaumento damassa gorda.

  • Factores de Risco

    Obesidade:

    Excesso de Alimentos + SedentarismoExcesso de Alimentos + Sedentarismo

    Acumulao de tecido gordo

    Insulino-resistncia

  • Factores de Risco

    As clulas tornam-se resistentes aco da insulina,

    Insulino-resistncia

    As clulas tornam-se resistentes aco da insulina, o que impede a converso da glicose em energia.

    Devido ao excesso de glicose na circulao sangunea, o pncreas esgota a sua capacidade

    para produzir mais insulina

    Diabetes Mellitus tipo 2

  • Agudas

    Complicaes da Diabetes

    Agudas

    Crnicas

  • Complicaes

    As complicaes agudas surgem devido aalteraes rpidas do valor de glicemia.alteraes rpidas do valor de glicemia.So reversveis.

    As complicaes crnicas resultam do maucontrolo metablico; as alteraes daglicemia danificam o sistema vascular enervoso.So irreversveis.

  • Complicaes

    Agudas:

    Hipoglicemia

    Crnicas:

    Retinopatia Hipoglicemia Coma hipoglicmico

    Retinopatia Nefropatia Neuropatia

  • Hipoglicemia valor muito baixo da glicemia.Menor que 70 mg/dl

    Hipoglicemia

    Menor que 70 mg/dl

    Surge devido a: Saltar ou no terminar as refeies; Praticar mais exerccio do que o habitual; Toma exagerada de medicamentos para a diabetes; Ingesto excessiva de lcool.

  • Sintomas mais comuns:Tremor

    Hipoglicemia

    Suores friosFomeSensao de fraquezaTaquicardiaViso turvaTonturasDor de cabea

  • O que fazer para prevenir a hipoglicemia:

    Hipoglicemia

    Administrar alimentos aucarados;

    Aps estabilizao deve ingerir hidratos decarbono.

  • Hipoglicemia

    Preveno das hipoglicemias:

    Horrio de alimentao regular

    Ingesto de quantidades moderadas de hidratosde carbono antes de exerccios imprevistos

    Ajuste das doses de medicamentos as suasnecessidades reais

  • Coma Hipoglicmico

    Perda de conscincia causada por uma hipoglicemia grave.grave.

    Chamar o 112ou

    Levar o doenteao hospital

  • Retinopatia

    Retinopatia diabtica (leso da retina)(leso da retina)

    Cegueira

  • Nefropatia

    Nefropatia diabtica (leses microvasculares nos rins)

    Estas leses no permitem que determinados produtos sejam excretados pela urina,

    consequentemente os rins entram em falncia.

    Dilise

  • Neuropatia

    Neuropatia diabtica (leso dos nervos)

    Estas leses podem levar ao aparecimento de dor intensa, dormncia, formigueiro, perda de

    sensibilidade nos ps e pernas

    Amputao

  • Complicaes Crnicas

    Porqu cuidar do p?

    Em caso de leso no p, uma ferida no p pode noEm caso de leso no p, uma ferida no p pode nocausar dor;Sem dor, a ferida passa despercebida e o p pode

    ficar gravemente infectado;Devido ao fluxo sanguneo reduzido e aos elevados

    nveis de glicemia, o organismo no conseguecombater a infeco

    Amputao do p

  • Como prevenir ?

  • O melhor tratamento a preveno

    Medicao

    Educao

    +

    Motivao

    Sade

    (controlo da Diabetes)

    Alimentao

    Actividade Fsica

  • Alimentao

    Uma alimentao saudvel deve ser praticada Uma alimentao saudvel deve ser praticada por todas as pessoas para promover a sade e reduzir o risco de desenvolvimento de doenas.

  • A nova Roda dos Alimentos a representao grfica na

    Alimentao

    a representao grfica na forma de um circulo que se

    divide em sectores de diferentes tamanhos

    designados por grupos e que renem os alimentos

    com propriedades nutricionais semelhantes.

  • Alimentao

    Ajuda a escolher

    e a combinar os alimentos

    que devero

    fazer parte da alimentao

    diria.

  • Regras bsicas para umaAlimentao Saudvel

    Comer a horas certas;

    No saltar refeies;No saltar refeies;

    Realizar refeies em ambiente calmo;

    No abusar das gorduras;

    Limitar a ingesto de acar;

    Cozinhar os alimentos de forma saudvel;

    Reduzir o consumo de sal;

    Comer sopa s principais refeies;

    Bebidas alcolicas: CUIDADO!

  • Fazer 6 a 7 refeies por dia

    Incluir de forma equilibrada todos os grupos

    Regras bsicas para uma Alimentao Saudvel

    Incluir de forma equilibrada todos os gruposde alimentos existentes

    Variar os alimentos de forma a garantir oaporte de todos os nutrientes necessrios aoorganismo;

    No comer em excesso nem em muitopouca quantidade

  • Regras bsicas para uma Alimentao Saudvel

    Cada pessoa deve ter um plano alimentar individualizado adaptado a hbitos e gostos

    pessoais.

  • Regras bsicas para uma Alimentao Saudvel

    A alimentao aconselhada s pessoas com Diabetes:

    Completa:Comer alimentos

    de cada grupo e Beber guadiariamente

    Variada:Comer alimentos

    diferentes dentrode cada grupo

    Equilibrada:Comer maior quantidade

    de alimentospertencentes aos gruposde maiores dimenses

  • Chave da culinria saudvel

    Culinria Saudvel

    Preferir cozidos.grelhados e

    caldeiradas/jardineiras compouca gordura

    Variar com Estufados / guisados

    Com pouca Ou nenhuma gordura

    Evitar fritos

  • Actividade Fsica

    Para manter a diabetes sob controle, a actividade fsica um dos factores

    indispensveis

  • Benefcios da Actividade Fsica

    Estimula a produo de insulina;Aumenta a sensibilidade celular insulina;Aumenta a sensibilidade celular insulina;Eleva a capacidade de captao de glicosepelos msculos;Diminui a gordura corporal, a qual estrelacionada diabetes tipo II;Diminui as complicaes da Diabetes.

  • Auto-Vigilncia

    A auto-vigilncia constitui uma forma depreveno de complicaes agudas e tardiasda Diabetes Mellitus.

  • Peso

    Parmetros a avaliar:

    IMC Permetro abdominal HbA1c

  • Peso corporal

    Como saber se tem excesso de peso?Utiliza-se o ndice de Massa Corporal

    (IMC) que o indicador mais comum paradeterminar se o peso do individuo se encontraa baixo, no intervalo ou acima dos valoresnormais, atravs de uma relao com a altura.

  • Permetro da cintura

    O permetro da cintura um bom indicador doestado de sade, uma vez que permiteclassificar a obesidade segundo o tipo declassificar a obesidade segundo o tipo dedistribuio da gordura corporal.

    Obesidade Andride Obesidade Ginide

  • Tipos de Obesidade

    Obesidade Andride

    tipo Maa

    Obesidade Ginide

    tipo Pra

  • Importncia do controlo metablico

    Hemoglobina glicosilada HbA1c

    Fornece uma indicao das concentraesmdias da glicose no sangue nos ltimos 2 a 3meses e inclui tanto a glicemia em jejum como aglicemia ps-prandial.Valor de referncia: menos de 6%

  • Monitorizar glicemia capilar

    Auto-Vi