Apresentação Call de Resultados 2010 AES Tietê_

download Apresentação Call de Resultados 2010 AES Tietê_

of 17

  • date post

    14-Jul-2015
  • Category

    Education

  • view

    1.082
  • download

    2

Embed Size (px)

Transcript of Apresentação Call de Resultados 2010 AES Tietê_

  • Resultados 2010

    Maro, 2011

  • Reajuste do preo do contrato bilateral com a AES Eletropaulo em 5,17% em julho, passando para R$ 159,85/MWhEbitda alcanou R$ 1,3 bilho, com margem de 75%1 emisso de debntures no valor de R$ 900 milhes possibilitou a troca da dvida, resultando em uma economia de R$ 41 milhesDeciso favorvel Companhia na disputa judicial com Furnas com impacto positivo de R$ 43 milhes no resultado financeiro Aumento de 4% do lucro lquido, que atingiu R$ 737 milhes

    Gerao de energia 25% superior garantia fsicaIncio do programa de modernizao nas usinas de Nova Avanhandava (347 MW), Ibitinga (132 MW) e Caconde (80 MW)FinanceiroOperacionalPrincipais destaques em 2010

  • Proposta de distribuio de dividendos complementares e juros sobre capital prprio no valor de R$ 234,6 milhes, sendo R$ 0,59 por ao ON e R$ 0,65 por ao PN, a ser submetida a aprovao em AGO, no dia 29 de abril de 2011Pay-out de 117% em 2010Eventos subsequentesGovernanaCorporativaManuteno da AES Tiet pelo quarto ano consecutivo no ndice de Sustentabilidade Empresarial ISE da BM&FBovespaPremiaes6 melhor Empresa para Investir Prmio Destaque Agncia Estado Empresas 2010Principais destaques em 2010

  • Nveis de Reservatrios Efeito La Nia contribuiu para uma menor afluncia e menor despacho de hidroeltricas em comparao a 2009

    Energia Natural Afluente (MLT) Gerao hidroeltrica e trmica (SIN)20102009

  • Nveis dos reservatrios das usinas da AES Tiet (Em 31 de dezembro)Reservatrios das usinas da AES Tiet encerraram 2010 em linha com 2008 e mdia histrica, mas abaixo de 2009, que foi um ano excepcionalUHE Euclides da Cunha

  • Manuteno da elevada disponibilidade operacional com gerao de energia 25% acima da garantia fsica em 2010Energia Gerada (MW mdio1)1 Energia gerada dividido pelo nmero de horas do perodo

  • Maior volume vendido via outros contratos bilaterais compensando o menor volume de vendas no MRE

    Energia Faturada (GWh)0,2%- 14 %

  • Investimentos1 (R$ milhes)Investimentos 2010Modernizaes programadas nas usinas de Nova Avanhandava, Ibitinga e Caconde em 2010 e 20111- No incluem capitalizao de juros durante modernizao das usinas e desenvolvimento de projetos2 - Pequena Central Hidreltrica2

  • EIA /RIMA protocolado na CetesbEmisso da licena prviaLeilo de energia novaIncio das apresentaes do projeto comunidade20102011201220152016 Elaborao do projeto bsico Aquisio do terrenoEntrada em operao comercialLicena de operaoEmisso da licena prviaJANFEVMARABRMAIJUNAGOJULSETOUTNOVDEZLicena de instalao Audincia PblicaTermo SP: Expanso de 550 MW da capacidade instalada Cronograma Esperado

  • Receita Lquida (R$ milhes)Crescimento de 5% da receita lquida em funo do maior preo mdio do contrato com a AES Eletropaulo e do maior volume de energia vendida via outros contratos

    5%7%AES EletropauloSpot/MREOutros bilaterais

  • Custos e despesas operacionais1 (R$ milhes)1 No inclui depreciao e amortizao 2 - Pessoal, material, servios de terceiros e outras despesas (receitas) operacionaisElevao de 5% nos custos e despesas devido a maiores gastos com energia comprada para revenda e manuteno de usinas e eclusas em 2010 25%-18%(4)200920104T094T10135

  • Ebitda (R$ milhes) 5%25%Margem Ebitda mantida no patamar de 75% em 2010

  • Resultado Financeiro (R$ milhes)Maior IGP-M at abril de 2010 impactou o resultado financeiro; troca da dvida trouxe beneficio de R$ 41 milhes200920104T094T10107%10%

  • Impactos da adoo do IFRS (R$ milhes)Adoo do IFRS contribuiu positivamente para a base de dividendos da Companhia em 2010

  • -8%Lucro Lquido (R$ milhes)Saldo Final de Caixa (R$ milhes)Lucro lquido de R$ 737 milhes, com pay-out de 117%4%34%

  • Debntures

    Dvida lquida (R$ bilhes)Saldo: R$ 922 milhesVencimento: abr/2015CDI + 1,20% a.a.Pagamento de juros semestraisAmortizaes fixas no 3, 4 e 5 anos

    Dvida Lquida / Ebitda estvel em 0,3x

    Declaraes contidas neste documento, relativas perspectiva dos negcios, s projees de resultados operacionais e financeiros e ao potencial de crescimento das Empresas, constituem-se em meras previses e foram baseadas nas expectativas da administrao em relao ao futuro das Empresas. Essas expectativas so altamente dependentes de mudanas no mercado, do desempenho econmico do Brasil, do setor eltrico e do mercado internacional, estando, portanto, sujeitas a mudanas.

    Declaraes contidas neste documento, relativas perspectiva dos negcios, s projees de resultados operacionais e financeiros e ao potencial de crescimento das Empresas, constituem-se em meras previses e foram baseadas nas expectativas da administrao em relao ao futuro das Empresas. Essas expectativas so altamente dependentes de mudanas no mercado, do desempenho econmico do Brasil, do setor eltrico e do mercado internacional, estando, portanto, sujeitas a mudanas.Resultados 2010