Artigos xamanismo

Click here to load reader

  • date post

    05-Jul-2015
  • Category

    Documents

  • view

    634
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Artigos xamanismo

Artigos Ttulo:Animais Sagrados Se voc falar com os animais, eles falaro com voc. E assim, vocs conhecero um ao outro. Se voc no falar com eles, no os conhecer... ...E aquilo que voc no conhece, voc teme. ... E aquilo que se teme, se destri. [Annimo] Em todas as tradioes xamnicas os animais so vistos como arqutipos, smbolos de energias que existem e que podemos encontrar e manifestar dentro de ns. E como arqutipos energticos, cada pessoa tem seu "Animal de Poder", Animal Negro, Animal Dourado e seu Animal Alado, que correspondem s caractersticas que aquela pessoa necessita desenvolver, aprender e manifestar em si, em determinado momento de sua vida. A sabedoria existente em um animal especfico, no est necessariamente ligada com sua aparncia ou com os pr-conceitos e crenas criados a respeito do mesmo pelo homem, e sim pelo seu poder natural. ANIMAL DE PODER Todos ns possumos apenas um. No contexto de cura do Grande Esprito ele representa nosso ego e caractersticas da nossa personalidade. As personas (mscaras) que usamos, nossas habilidades conhecidas e aquelas a que ainda no tivemos acesso. ANIMAL NEGRO Significa o nosso lado negro, a nica fora existente em ns que consegue combater a fora da magia negra. Este animal recebe e compartilha esta fora da Me-Terra. Representa nossa sombra, nosso lado escuro, que ao ser iluminado pela luz do conhecimento nos remete a transformao. Todos ns possumos um lado negro e um lado de luz. Quando negamos essa energia existente em ns humanos, no permitimos o nosso crescimento e as solues de todos os nossos problemas. ANIMAL DOURADO Representa nossa cura interna. A luz dourada da sabedoria. Significa todos os nossos conhecimentos adquiridos em todas as vidas. o elo de proteo do nosso eu com o Grande Esprito. ANIMAL ALADO Nosso animal espiritual. Ele traz a viso transcendente da situao e o poder para resolv-la. Nos ajudando a ir alm de nossa viso pessoal, a encontrar as solues atravs dos arqutipos, foras sagradas e divinas. Tanto o Animal de Poder, como o Animal Negro, Dourado ou Alado, que escolhe a

pessoa e no o contrrio. Atravs de uma jornada xamnica a toques de tambor o animal se apresenta para a pessoa. importante no deixar que o ego interfira no seu processo de encontro com o Animal Sagrado. Muitas vezes a pessoa deseja que seu animal seja o mais bonito ou mais forte em sua opinio, e esses desejos do ego acabam atrapalhando a apresentao do animal que ela realmente necessita. importante lembrar que nenhum animal melhor ou pior que outro. Uma vez que descobrimos nossos Animais Sagrados, devemos estabelecer um relacionamento com os mesmos. Devemos invoc-los, ao realizar nossas tarefas do dia a dia, visualiz-los freqentemente perto e dentro de ns, e buscar aprender a desenvolver e manifestar suas caractersticas. Lembrando sempre que ao invocar o Animal Sagrado, seja o de Poder, Negro, Dourado ou Alado, no invocamos algo que vem de fora, e sim a energia animal que est dentro de ns. Outro motivo de confuso no meio xamnico quanto ao termo Totem. Conforme trilhamos o Sagrado Caminho do Xamanismo, aos poucos, vamos construindo nosso Totem Sagrado, que corresponde na verdade, unificao dos Animais Sagrados, dos Animais Guardies das Quatro Direes e os Animais dos Cls, que vo se associando ao nosso Eu Xam e formando assim, nossa Identidade Xamnica. Apenas um xam experiente e com vrios anos de caminhada pode afirmar que possui um Totem desenvolvido. Mesmo aps desenvolvermos um Totem Sagrado, outros animais ainda podem se apresentar para determinada pessoa, dependendo do trabalho que a mesma est realizando ou vai realizar. Estes animais so conhecidos como Animais Auxiliares. muito importante estarmos atentos aos sinais e mensagens que o arqutipo do animal est nos passando. Eles podem aparecer em sonhos, jornadas, no dia a dia, na mente, atravs de um filme, desenhos, pinturas, ou atravs de outros meios. E se quisermos realmente compreender as caractersticas de um determinado animal, devemos estud-lo, para entender o que ele tem para nos passar. Estudar seu habitat, hbitos, o que come, medos, presas, sons que manifestam e outros detalhes, ser a oportunidade de aplicarmos seus ensinamentos em nossas vidas. ALGUNS ANIMAIS E SEUS SIGNIFICADOS Na perspectiva xamnica todos os animais so considerados sagrados e todos trazem um significado e valor espiritual especfico. So reverenciados e honrados por diversas culturas antigas e por todas as tradies xamnicas do mundo. PAVO O Pavo simboliza bondade, generosidade e magia. Ele possui um antigo conhecimento de magia e capaz de trabalhar a energia para criar tudo o que quer. Na ndia suas penas so utilizadas para afastar espritos malignos. No Xamanismo Ancestral existe o Cl do Pavo, que rege o elemento Fogo.

Este animal tambm nos trs o senso da bondade, generosidade e capacidade de abarcar a vida. Passro grande e gracioso, o Pavo vive num corpo no plano terrestre e que precisa aproveitar sua capacidade para manifestar prazeres hedonsticos. Sua forma bela, mas ele no esta apegado a ela: estar em um corpo como usar uma mscara. Quem domina a arte de pr e tirar as mscaras quando bem entende vive no corpo com uma liberdade que lhe permite brincar. O Pavo tem muito a nos ensinar sobre humor, o tipo de humor que nos impede de abusar do poder. Possui o dom de pegar as coisas no ar. E como todos os dons, deve ser tratado com gratido e alegria. Pois h uma grande generosidade nesse modo de ser. LOBO O Lobo simboliza inteligncia, sabedoria e cura, ele partilha sua energia com os demais. Ele o arqutipo do professor, precussor de novas idias. Ele sai, aprende e volta ao seu cl para ensinar o que aprendeu. O Lobo quando encontra e escolhe uma parceira geralmente para o resto da vida, ligado famlia, embora mantenha um carter individualista e solitrio. A energia desse animal nos ensina a buscar nossa verdadeira matilha, nosso cl, famlia ou escolher um(a) companheiro(a) que possa acompanhar esse novo ciclo. Mas tambm importa, acima de tudo, em isolar-se de forma que possa escutar sua voz interior. Podendo ser um isolamento em algum Lugar de Poder, ou se no for possvel esse isolamento, busca pelos ensinamentos sagrados nos quais acredita que a sua voz interior possa vir a manifestar-se com clareza. Busca sua intuio. Com certeza, se h algum impasse, ao invocar a energia do Lobo como Animal Sagrado, o xam ser impelido a aprender com sua prpria sabedoria, ou com a sabedoria ancestral. Aprender a escutar sua prpria intuio e voz interior. CAVALO O Cavalo simboliza liberdade, fora e poder. Seu poder no esta ligado espiritualidade, no tem nada a ver com nenhuma doutrina tica, no smbolo de nenhuma ideologia. O Cavalo significa poder interior, liberdade de esprito, viagem xamnica, fora e clarividncia. Nada encarna melhor o esprito de liberdade do que os Cavalos selvagens. Para os xams, so considerados veculos seguros para viajar tanto no mundo fsico quanto no espiritual. Esse animal est relacionado ao planeta Marte, que nos Vedas (escrituras sagradas) exterioriza o arqutipo de Agni (Deus do Fogo), sendo o fogo um dos elementos mais poderosos da natureza. Agni reje os rituais, as celebraes e as cerimnias sagradas. GUIA

guias so consideradas um bom augrio. Elas representam a proteo, sabedoria, abundncia, fora, espiritualidade. Muitos xams dizem que quando se est rezando ou fazendo cerimnias, e elas aparecem no ar, significa que as preces sero atendidas. A guia carrega nossas preces diretamente para o Grande Esprito. Ela fala da energia e poder das Quatro Direes, do fluxo sagrado. Ela fala da verdade que ecoa em nossos coraes e espritos. E ela fala em andar na beleza. A guia a mestra das alturas, ela mantm um perfeito equilbrio entre a Terra e o Cu. Representa a energia solar. o equilbrio de trs energias: o Cu simboliza nossa natureza espiritual, a Terra nossa natureza fsica e o Sol energia de vida. A guia guia e traz equilbrio e harmonia entre essas tres foras essenciais. A guia nos ajuda a ver acima da ignorncia, ela a conexo do Eu Inferior com o Eu Superior. Os nativos norte-americanos dizem que ela voa perto do Sol, significando a iluminao do Grande Esprito. Ela ensina a atacar com coragem o medo do novo, do desconhecido, para conhecer novos horizontes, a ir por nveis superiores de conscincia. o simbolo da liberdade. A guia tem sido cultuada e reverenciada por muitos povos h milnios. incontestvel a fora do seu simbolismo no inconsciente coletivo da humanidade. Curandeiros e xams usam suas penas como um importante instrumento de poder curativo. Com os olhos da guia podemos ver com a viso da luz solar clareando a verdade na escurido da iluso. Esta viso clara permite-nos ver distncia, para enxergar a nossa prpria vida, livre de preconceitos e preocupaes. Permite-nos voar longe dos limites dos detalhes, focando as coisas mais importantes e, desenvolvendo nossos espritos. A guia ensina a ampliar a percepo sobre ns mesmos alm dos horizontes visveis. TUBARO O Tubaro simboliza a morte, a transformao. Trata-se de um animal predador, que significa audcia, coragem, velocidade, astcia, agressividade, e acima de tudo poder sobre a morte. Ele o rei dos mares, o smbolo sagrado de Netuno, o Deus dos Oceanos e representado como o Deus Varuna, na Mitologia Hindu. O Tubaro nos faz despertar para o triunfo. A morte representada por este animal esta relacionada transformao. Somente podemos emergir para a superfcie, para Luz, quando ultrapassarmos os limites mais sombrios do fundo do oceano, nossos sentimentos mais intrnsecos. Morrer para reviver. A energia de transformao do Tubaro consiste em jogarmos para fora tudo que no nos serve mais, e aceitar a morte como estado de transformao e triunfo. GOLFINHO Os Golfinhos so mamferos marinhos muito sensveis, brincalhes e desenibidos - e

tem muito a nos ensinar sobre a pura alegria de viver. O Golfinho rege a comunicao, que consiste de certos padres e regras. Padres e regras que ao observarmos, notaremos que sua comunicao com os demais realizada atravs de padres e ritmos, necessrios para ocorrncias de palavras. As pausas entre os sons tambm fazem parte da linguagem. Graas sua facilidade de comunicao considerado o "Hermes do Mar". prprio do golfinho, como Animal de Poder, perceber a continuidade em todas as aes da vida. Quando nadamos no mundo dos golfinhos valorizamos mais a simplicidade, alegria, as realidades material e espiritual, assuntos como telepatia (como tipo de comunicao) e viajens e experincias xamnicas, devido sua ligao com viajens ocenicas em grupo. TIGRE O Tigre o animal mais feroz, enfrenta inclusive o Leo, que considerado o rei das florestas. Ele um animal felino. Representa beleza, vaidade, astcia, inteligncia e coragem. Um caador nato, porm solitrio e silencioso. De to grande, ele chegando a medir em mdia trs metros de comprimento e a pesar quase quatrocentos e sessenta quilos. No Xamanismo Ancestral o Tigre possui um simbolismo muito importante, ele serve de acento para Shiva Shankara, o Pai-Cu, significando que Shiva dominou s foras da natureza! O Tigre um animal de aproximao lenta, de preparao cuidadosa e que aproveita as oportunidades para atacar, chegando a alcanar oitenta quilmetros por hora em suas cassadas. Por ser possuidor de uma fora muscular imensa, capaz de correr distncias para perseguir suas presas. Ele estuda suas presas e tambm seus inimigos. Possui uma audio fora do comum, olfato aguadssimo e viso seis vezes maior que a do ser humano, principalmente noite. Este animal nos ensina a ter foco na vida e pacincia. um animal independente e muito confiante. ONA PINTADA A ona um animal deliberadamente solitrio. astuciosa, observa os movimentos da presa antes de atac-la. Possui a capacidade de aprender e conviver consigo mesmo e a no depender dos outros para atingir seus objetivos. Ensina a conquista do nosso espao, a cautela, o saber agir, a habilidade e a agilidade. Para muitos xams, suas presas so utilizadas como poderosos amuletos, como tambm serve de trofu para grande guerreiros. CASTOR O Castor como Animal de Poder nos ensina a arcar de modo criativo com as

responsabilidades do dia a dia. Ele nos ajuda a sermos mais produtivos e diligentes em nossas atividades. O Castor faz o que precisa ser feito, sem desperdiar energias com procrastinaes. Ele estimula a criatividade nas tarefas mais humildes e usa seus instintos para realiz-las com o mximo de eficincia, pois muito diligente e adora trabalhar. Como Animal de Poder, o Castor nos ensina a trabalhar em equipe j que, no desenvolvimento de seus projetos de construo, todas as contribuies se equivalem e toda ao desempenha uma funo necessria: na comunidade de castrores, todo mundo artista ou projetista. O Castor sintetiza o ditado: Antes da iluminao, corte a lenha e carregue a gua; depois da iluminao, corte a lenha e carregue a gua. LAGARTO O Lagarto um animal muito tmido, suas lies falam de solido, de alienao e de auto-imagem negativa. O Lagarto solitrio por natureza. O Lagarto parente do camaleo, embora seu habitat no lhe proporcione tantas oportunidades para se esconder de seus predadores. Assim como o camaleo muda de cor de acordo com o ambiente, o lagarto muda de aparncia durante toda sua vida. Como Animal de Poder, o Lagarto far que entendamos nosso processo evolutivo e como precisamos desenvolver nossa forte couraa para garantir nossa sobrevivncia nessa existncia material. Protegido por sua forte couraa, este animal nos remete a entender Quem Realmente Somos por baixo de nossa couraa e a explorar nosso prprio processo de autoproteo, que nos acompanha desde que nascemos. Compartilhando nossa histria de vida com o Lagarto, observaremos que nosso corpo e nossa alma se lembraro, no nvel celular, de um tempo em que ainda no precismos de proteo - da couraa invisvel que nos servia de escudo. Esta uma oportunidade maravilhosa para participar de nossa prpria evoluo. No espao seguro que o Lagarto nos proporciona, podemos sair da couraa protetora que criamos, assim como o Lagarto muda de pele, mesmo que seja temporariamente. GUEPARDO O Guepardo, tambm conhecido como Chita, o mamfero mais rpido do mundo, podendo alcanar cerca de cento e dez quilmetros por hora. O Guepardo um felino solitrio, possui pernas longas e muito flexvel. Sua presa favorita a gazela de Thomson. Como Animal de Poder o Guepardo nos remete a vontade de conquista, com rapidez e eficcia! Xams Guepardo so hbeis e possuem pensamentos rpidos, porm, tendem a se isolar, no para se afastar de seus compromissos de vida, alis, so muito comprometidos por sinal, mas para tornar-se seu prprio analista, para observar sua trajetria de vida e se preparar para o prximo combate, onde a estratgia e rapidez sero suas principais tticas. CORUJA A Coruja um dos passros mais controversos, que evoca uma srie de associaoes que vo desde morte e medo at sabedoria, proteo e vitria.

Muitas tradies xamnicas vem na Coruja o smbolo da morte. No entanto, ela nos fala de mudanas e transformaes e nos ajuda a superar o medo da transformao que chamamos morte. A Coruja uma silenciosa caadora noturna, que percorre a mais densa floresta. Embora mais conhecida por sua aguada viso noturna, ela enxerga muito bem luz do dia. No Xamanismo Ancestral existe o Cl da Coruja, que rege o elemento Ar. A Coruja a passagem para o desconhecido. Esta ligada verdadeira alquimia, que consiste em pegar o material bruto de que somos feitos e nos transformar em ouro alqumico - a pedra filosofal, a iluminao. LAGARTIXA A Lagartixa pertende familia dos lagartos. No xamanismo representa otimismo, adaptabilidade, regenerao, sonhos, renovao e transformao. As Lagartixas podem subir paredes - inclusive de vidro - e at andar sobre tetos, graas a uma fora intermolecular que elas possuem, estabelecidas pelas cerdas existentes em suas patas. Outra curiodidade que algumas espcies apresentam capacidade de camuflagem similar do camaleo. Em outras espcies, as Lagartixas comunicam-se entre si atravs de rudos - o que no muito comum entre lagartos. Interessante que em alguns pases a Lagartixa tratada como animais de estimao, o que no Brasil no muito comum. Como Animal de Poder a Lagartixa nos remete capacidade de adaptabilidade, ou seja, o xam que se adapta a qualquer lugar ou situao, sem falar da questo relacionada regenerao, pois a Lagartixa regenera sua cauda de maneira surpreendente, caso ela a perca. Neste caso, simboliza o xam que combate as influncias de espritos libertinos, e sempre aps um combate espiritual o xam possui a capacidade de recuperar sua energia vital. ARANHA A Aranha um Animal de Poder muito reverenciado por vrias tradies xamnicas do mundo inteiro como tecel do Universo. Apesar de existirem uma srie de espcies de Aranhas, formatos, tamanhos, cores e etc, em geral, ela nos ensina a persistir na realidade presente e, ao mesmo tempo, compreender nossa relao individual com a totalidade da criao sua teia uma metfora dos pensamentos que expressam nossa paisagem interior. Para muitos xams, a Aranha um dos mais antigos dos seres. Para algumas tradies, o nosso mundo surgiu em consequncia da teia que ela teceu no Princpio. Para algumas tradies africanas ela representa um inseto e como tal um animal intruso.

J no Xamanismo Ancestral, a Aranha associada Deusa Maya, ou seja, iluso da realidade tridimensional. PELICANO O Pelicano como Animal de Poder simboliza um tipo de alimento e proteo para a nossa criana interior. O Pelicano uma das poucas criaturas da Terra que quase no sofreram alteraes desde os tempos pr-histricos. Ele uma ave aqutica que, segundo uma lenda xamnica, amava tanto os filhotes que os alimentava com seu prprio sangue, abrindo o peito com o bico para esse fim. Essa uma das mais conhecidas alegorias de Cristo (...) A fmea do Pelicano protege os filhotes com determinao implacvel, sabendo que s ela os proteger. Por isso, feroz, firme e irredutvel. Proteger os filhotes sua misso e ela motivada por um saber puramente instintivo, maternal e primordial. Mesmo quando tudo est perfeito, ela tem que avanar mais um passo. BEIJA-FLOR O Beija-flor uma das raras aves que exterioriza muita delicadeza e suavidade. No xamanismo o Beija-flor simboliza cura, amor romntico, claridade, graa e proteo espiritual. O xam que tem no Beija-flor seu Animal de Poder uma pessoa que busca sem cessar o contato com sua energia interior, com a sua magia e que busca muito a contemplao e a unicidade com o meio-ambiente. O xam Beija-flor um mensageiro do Grande Esprito, que veio para trazer a mensagem de cura para a humanidade, para curar suas doenas emocionais. Este Animal de Poder nos d claridade para enfrentar os obstculos da vida com muita serenidade e autoaceitao. O Beija-flor nos ensina a suavidade do viver. Viver contemplando tudo que h, todas as pessoas, a humanidade e principalmente nos remete a buscar nosso estado de graa universal. A proteo espiritual tambm um aliado muito forte deste Animal de Poder, j que ele atua como arqutipo do amor as energias e fluidos que ele capta sempre so energias de altssima frequncia vibratria. Assim sendo, ao meditarmos no Beija-flor unimo-nos egregora do Amor Incondicional, que sustenta todo este Universo manifesto e imanifesto. URSO O Urso um dos mais antigos seres totmicos de que se tem registro, nos oferencendo alimento, fora, proteo e sabedoria. Muitas culturas indgenas possuem mitos e costumes que demonstram grande respeito pelo Urso. Antigas lendas xamnicas falam

de um tempo em que as pessoas dividiam as cavernas com seus parentes Ursos. No Xamanismo Ancestral a Ursa a guardi do chakra do corao da Me-Terra. E por isso, o Urso assume o arqutipo do animal protetor no Xamanismo. O Urso como Animal de Poder nos leva a sentir verdadeiramente em cada clula de nosso corpo a batida do corao da Me-Terra, e uma vez que sentimos esta batida nunca mais esqueceremos este ritmo que nos liga a todas as coisas. O corpo emocional, ligado ao chakra umbelical muitssimo beneficiado pelo reconhecimento do seu elo com essa pulsao. GATO Muitas tradies xamnicas no trabalham o Gato como Animal de Poder, exatamente por este ser um animal j domesticado e muito ter perdido sua vida e habitat selvagem. O Xamanismo Ancestral no descarta a possibilidade de nenhum animal tornar-se um Animal de Poder. Assim, para os xams ancestrais, o Gato domstico o animal que mais exterioriza o arqutipo do sensitivo. Pois os Gatos em geral so extremamente sensitivos. Os Gatos so independentes e no podem ser controlados, o que lhes d um ar de mistrio e alimenta sua reputao de amigos das bruxas. Certas criaturas, geralmente animais, so ajudantes e companheiras de quem trabalha com magia: o caso dos Gatos. Ao contrrio de outros animais, os Gatos no tem medo de seres espirituais invisveis e tm uma excelente comunicao teleptica com os seres humanos. BFALO O Bfalo muito diferente do touro. O touro est ligado fora fsica. O Bfalo resgata no apenas a questo do limite fsico mas tambm de reverncia e contato com seus ancestrais. Toda questo de limite e respeito est ligado inconscientemente aos nossos ancestrais. O Bfalo o Animal de Poder do xam que busca um caminho de harmonia no Grande Mistrio. Os ensinamentos deste Animal de Poder tratam de questes ligadas reverncia e ao sagrado. Ele traz tambm um senso de fora feminina, ligada fora da Me-Terra. A questo do sagrado relacionado a este animal est ligado oferendas, porm, a oferendas de ensinamentos, ou seja, este o Animal de Poder de pessoas que doam seus ensinamentos comunidade e s pessoas sua volta. CHACAL O Chacal o senhor do submundo. Ele comparado ao Deus egpcio Anbis. Anbis o guardio dos mortos. A reverncia ao Chacal, por algumas tradies se d, pelo fato dele sempre conseguir invadir tumbas e tmulos sagrados, para se alimentar da carne dos cadveres, mesmo estes possuindo uma alta segurana. um animal muito esperto, cauteloso, rpido e estrategista. Ele o ancestral direto do lobo, porm, diferente na simbologia. O Chacal vive em grupo apenas quando elege

uma parceira, e esta d luz filhotes. Geralmente um animal muito solitrio e procura suas presas geralmente noite. Ele conhecido nas florestas pelo seu uivo, que marca o despertar do sol, simbolizando para muitas tradies, que as sombras da escurido noturnas j se foram. Este o Animal de Poder de muitos xams feiticeiros. Ele nos proporciona a chance de adentramos a essncia da magia, aplicando-a para transformar as feridas em antdotos capazes de curar a alma do sofrimento da morte. CACHORRO Normalmente, os animais de poder so selvagens, e no domesticados. Pessoas podem ter Cachorros ou gatos como totem, porm estes poderes se manifestaro de uma forma mais suave. Devem ento procurar relacionar o Cachorro com qualquer outro da famlia canina, como o lobo, coiote ou o chacal. O mesmo ocorre com os gatos, relacionados com a famlia felina. Pessoas que possuem fortes ligaes com os ces em geral so pessoas que acabam incorporando as caractersticas e qualidades deste animal, tais como: fidelidade, proteo, carinho, amor, companheirismo e territorialismo. SERPENTE A Serpente a personificao de uma fora, de uma inteligncia, sendo a Naja a mais letal entre as Serpentes. A muito tempo este Animal de Poder representa o emblema da fora energtica e da sabedoria de diversas escolas de misticismo e ocultismo do passado e da atualidade. Aperece na coroa dos faras egpcios e demais imprios do passado, representa o Eu Inferior Oculto, que a mente subconsciente ou inconsciente. No Xamanismo Ancestral este Animal de Poder um grande aliado de cura, ela poderosa e indispensvel. Ela tem a capacidade de devorar doenas comendo tumores e outros patgenos virulentos, pois o organismo da Serpente no vulnervel s mesmas doenas que os nossos. medida que for desenvolvendo sua relao com essa nova aliada, pergunte a ela quando o uso desse poder indicado. importante observar que o veneno da Serpente, embora sempre txico, til produo de vrios tipos de remdios. O xam Serpente deve sempre procurar presentear este seu Animal de Poder, pois estes presentes sempre sero oportunidades do xam lhe presentear com coisas que j no lhe servem mais, alguma coisa que no queira, como uma doena, comportamentos indesejados ou hbitos e pensamentos negativos. Antes, certifique-se de ter escolhido algo que a Serpente esteja disposta a devorar naquele momento. No RXA (Reiki Xamnico Ancestral) a Serpente est associada ao chakra bsico e kundalini. A kundalini tem um simbolismo voltado para a Serpente exatamente por ela ser representada como uma Serpente adormecida, enrolada na base da espinha (coluna

vertebral) desperta. Como resultado, abre-se o acesso corrente espinhal de energia, permitindo que se tenha contato com a energia da fora vital, que tudo cura. Seu corao entra em contato com seu Eu Superior e a serpente cria um canal direto entre seu corao, no Eu Inferior, com sua Conscincia Csmica. E saiba que a Serpente o centro de nossa fora vital, assim como o rio Ganges a corrente espinhal da Me-Terra. COBRA As Cobras diferem das serpentes. Ela simboliza a cura fsica, mental, emocional e espiritual. So raras as pessoas pertencentes ao totem da Cobra. A iniciao no totem da Cobra pressupe que as pessoas tenham vivido e experimentado as mltiplas mordidas da Cobra, e que tenham se tornado capazes de transmutar todos os venenos, quer sejam de natureza fsica, mental, emocional ou espiritual. O poder de cura da Cobra representa o poder da criao, porque engloba a sensualidade, a energia psquica, a alquimia, a reproduo e a ascenso (ou imortalidade). O ciclo de transmutao, que consiste em viver-morrer-renascer, simbolizado pela troca de pele da Cobra. A energia da Cobra a energia da totalidade da conscincia csmica e da capacidade de viver todas as experincias de peito aberto, sem oferecer resistncia. a conscincia de que todos os elementos da criao possuem o mesmo valor. Assim, se a pessoa estiver centrada, no estado de esprito correto, saber que aquilo que normalmente encarado como veneno pode ser comido, digerido, assimilado e transmutado. O veneno sempre pode ser transformado em energias positivas. Thot, o pai da Alquimia, criou o smbolo de duas cobras enroladas em uma espada para representar o processo de cura. Cada organismo vivo possui uma poro masculina e uma poro feminina. O processo de fuso da energia masculina com a energia feminina gera uma energia divina, a energia da criao e da transmutao. Quando aceitamos a idia de que possumos estas duas energias em ns, podemos criar um espao para que elas se mesclem e convivam em harmonia. O totem da Cobra nos ensina que somos seres universais. Se conseguirmos aceitar e harmonizar todos os diferentes aspectos de nossa vida, poderemos alcanar a transmutao do nosso ser por intermdio da energia do fogo. Essa energia do fogo, atuando no plano material, gera paixo, desejo, procriao e vitalidade fsica. No plano emocional gera sonhos, ambio, criatividade e coragem. No plano mental gera inteligncia, poder, carisma e capacidade de liderana. Quando a energia do fogo atinge o plano espiritual, ela se transforma em sabedoria, compreenso, sentimento de integrao com o Todo e de conexo com o Grande Esprito que nos criou.

Akai Sramana

Gro-Mestre e Fundador Acharya da Sagrada Tradio Xamanismo Ancestral Fundador da ALDEIA DE SHIVA - Centro Espiritualista Universal Xamnico Ancestral Gro-Mestre e Codificador do R'XA - REIKI XAMNICO ANCESTRAL GRANDE ESPRITO Oh! Grande Esprito, que criou tudo antes e que reside em cada objeto, em cada pessoa e em todos os lugares, ns acreditamos em Ti. Ns Te invocamos dos mais distantes lugares para nosso presente conscincia. Oh! Grande Esprito do Norte, que d asas s guas do ar e rola a grossa tempestade de neve antes de Ti. Tu, que cobres a Terra com um brilhante tapete de cristal, principalmente onde a profunda tranqilidade de cada som maravilhosa. Tempera-nos com a fora para permanecermos como parte da nevasca; sim, faa-nos agradecidos pela beleza que flui e se aprofunda sobre a quente Terra em seu despertar. Oh! Grande Esprito do Leste, a Terra do Sol Nascente. Tu que seguras em Tua mo direita os anos de nossas vidas e em Tua mo esquerda as oportunidades de cada dia. Sustenta-nos para que no esqueamos nossas oportunidades, nem percamos em preguia as esperanas de cada dia e as esperanas de todos os anos. Oh! Grande Esprito do Sul, cujo quente hlito de compaixo derrete o gelo que circunda nossos coraes, cuja fragrncia fala de distantes dias de primaveras e veres, dissolve nossos medos, transmuta nossas averses, acenda nosso amor em chamas de verdade e existentes realidades. Ensina-nos que aquele que forte tambm gentil; que aquele que sbio tempera justia com piedade; e aquele que um verdadeiro guerreiro combina coragem com compaixo. Oh! Grande Esprito do Oeste, a Terra do Sol poente, com Tuas elevadas e livres montanhas, profundas e extensas pradarias, abenoa-nos com a sabedoria da paz que segue a conteno e a liberdade de quem vive como tnica flutuante nas asas da vida bem - disciplinada. Ensina-nos que o fim melhor que o comeo e que o por do sol no glorifica nada em vo. Oh! Grande Esprito dos Cus, em dias de infinito azul e misturado s infindveis estrelas da noite de cada estao, lembra-nos o quanto s imenso e bonito e majestoso alm de todo o nosso conhecimento ou saber, mas que tambm no ests to longe de ns, quanto o mais alto de nossas cabeas ou o mais baixo de nosso olhos. Oh! Grande Esprito da Me Terra sob nossos ps; Mestra dos metais; Germinadora das sementes e Celeiro de ocultos recursos da Terra, ajuda-nos a dar graas incessantemente pela Tua presente generosidade. Oh! Grande Esprito de nossas almas, que ardes h tempos em nossos coraes e em nossas profundas aspiraes, fala-nos agora e sempre de tudo que precisamos saber sobre a grandeza e bondade de Teus presentes para a vida, para sermos orgulhosos do inestimvel privilgio de viver. 1996 Noel Knockwood, B.A. Elder

A GRANDE INVOCAO Que as Foras da Luz tragam a iluminao ao gnero humano. Que o Esprito da Paz se espalhe em todos os lugares. Possam os homens de Boa Vontade, em todos os lugares, Unir-se num esprito de cooperao. Possa o perdo, por parte de todos os homens, Ser a tnica destes tempos. Que o poder oua os esforos dos Grandes Seres. Que assim seja, e ajudai-nos a fazer a nossa parte. Que venham os Senhores da Libertao. Que tragam socorro aos filhos dos homens. Que venha o cavaleiro do local secreto. E, ao chegar, que salve. Vinde, Ser Supremo. Que as almas dos homens despertem para a luz E que possam permanecer concentradas no objetivo. Que a ordem do Grande Esprito se adiante; chegou o fim do infortnio! Vinde Ser Supremo. Chegou a hora do servio da Fora da Salvao. Que ela se alastre por todos os lugares, Ser Supremo. Que a Luz, o Amor, o Poder e a Transformao Preencham o propsito daquele que se aproxima. A vontade de salvar est aqui. O amor por levar o trabalho adiante est amplamente difundido. A ajuda ativa de todos os que conhecem a Verdade, tambm est aqui. Aproximai-vos Ser Supremo e harmonizai esses trs. Constru um grande muro de defesa. O domnio do mal deve terminar agora. Do ponto de luz na mente do Grande Esprito Que flua a luz s mentes dos homens, Que a luz desa Me-Terra. Do ponto de amor no corao do Grande Esprito Que flua amor aos coraes dos homens Que o sentimento do amor retorne Me-Terra. Do centro onde a vontade do Grande Esprito conhecida Que o propsito guie as pequenas vontades dos homens, O propsito que os Mestres conhecem e servem. Do centro a que chamamos raa dos homens Que se cumpra o plano de amor e luz E se feche a porta onde se encontra o mal. Que a luz, o amor, e o poder restabeleam o plano do Grande Esprito sobre a MeTerra. Do centro da Vontade e do Poder Que o propsito do Rei Seja o propsito de todos os homens. Do centro da Sabedoria e do Amor Que a obra dos Grandes Seja o servio entre todos os homens.

Do centro da Inteligncia e da luz Que o Verbo do Amor seja ouvido e atendido. E que o Esprito de Cooperao una a todos os homens. A Era da Redeno chegou! Que o cavaleiro soerga a espada! Que o plano do Grande Esprito se realize! PRECE ME-TERRA Grande Esprito, Grande Esprito, meu Av... Toda a Terra de todos os seres vivos a mesma... Olha todos esses rostos de centenas de crianas carregando crianas em seus braos; que eles possam enfrentar os ventos e... Caminhar por uma boa estrada no dia do silncio... No h morte... Somente uma mudana de mundos... Somente uma mudana de mundos... BFALO BRANCO Eu ouo sua voz. Suas palavras so fortes como um milho de Bfalos galopando ao longe. Suas palavras so: Paz, Amor e Vida. No mais discrdia e no mais brigas. Oua, meu povo: ns estamos ainda ligados com a sagrada sabedoria que vive em nosso ntimo. Como uma nica nao ns viemos viver para preencher os sonhos do que trazemos por dentro. Por: Running Elk Woman - Shawnee/Lakota SOBRE A SAGRADA MONTANHA Sobre a sagrada montanha eu ouvi o grito do sagrado lobo, vindo para nos ensinar a sabedoria dos antigos. Ensinado-nos a ajudar as crianas de nossa Me-Terra e dando-nos a compreenso de Wanka Tanka e a vida. Eu vejo o veado na floresta to perto enchendo nossos coraes com Amor e abolindo todos os nossos medos. Eu sinto o vento sobre minha face trazendo as mudanas de um lugar sagrado. Eu vejo as estrelas no cu que iluminam o caminho para onde um dia voaremos. SAGRADA RVORE DA VIDA

Sagrada rvore da vida ensina-nos a Enraizar-nos e a caminhar em equilbrio. Ensina-nos a partilhar nosso abrigo, comida, nosso ar. Ensina-nos a concordar e a ter compaixo E amor por nossos irmos e irms. Ensina-nos a ser gratos por todos os presentes que recebemos e, lembra-nos de orarmos. Ensina-nos a permanecer fortes e Ricos pelo Grande Pai Sol. Ensina-nos a partilhar e a viver como um s. Sagrada rvore da vida, obrigada por toda sua Sabedoria e por toda vida que voc nos oferece. BUSCANDO A PAZ E VIVENDO LIVRE Voc pensa que quebrou nosso esprito Mas agora voc precisa saber. As nuvens foram negras mas os Ventos sagrados sempre sopraro. Ns amamos e cuidamos de nossa Me - Terra. Veja: voc parece esquece-la como a um gro de areia. Enquanto as rvores brotam e sabem quando crescer escondidas na neve do inverno. Ns ainda surgiremos e brilharemos com estas sagradas coisas que voc nunca saber. Como os rios que ns mudamos Atravs do tempo, devagar e sempre. Voc v que ns mantivemos o sagrado fluxo. As coisas que eu falo so coisas que eu vejo Procurando paz e vivendo livre. ORAO DA TRIBO SIOUX Grande Esprito, cuja voz ouo nos ventos, cujo sopro anima o mundo, oua-me. Sou pequeno e fraco, preciso de sua fora e sabedoria. Permita que eu caminhe na Beleza, e faa que meus olhos contemplem para sempre o vermelho e a prpura do sol poente. Faa com que minhas mos respeitem todas as coisas que o Senhor criou. Faa meus ouvidos aguados para que eu oua a sua voz. Faa-me sbio para que eu possa entender tudo aquilo que o Senhor ensinou ao seu povo. Permita que eu apreenda os ensinamentos que o Senhor escondeu em cada folha, em cada pedra. Busco fora, no para ser maior do que meu amigo, mas para lutar contra meu maior inimigo eu mesmo. Permita que eu esteja sempre pronto para ir at

o Senhor de mos limpas e olhar firme. Assim, quando a minha vida estiver no ocaso, como o sol poente, que meu Esprito possa ir sua presena, sem nenhuma vergonha. Livros recomendados Esta pgina dedicada aos buscadores do Xamanismo Ancestral que gostariam de obter informaes quanto a literaturas para iniciar no Sagrado Caminho do Xamanismo Ancestral. Recomendamos a leitura dos seguintes livros: Escrituras vdicas Livro: Bhagavad-Gita, Como Ele . Autor: A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada Editora: BBT Livro: Srimad Bhagavatam - Coleo. Autor: A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada Editora: BBT Livro: Sri Caitanya Caritamrta - Coleo. Autor: A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada Editora: BBT Livro: Mahabharata - Verso Ilustrada do Maior pico do Mundo. Autor: Krishna Dharma Editora: Ediouro Livro: Introduo Filosofia Vdica. Autor: Satsvarupa Dasa Goswami Editora: BBT Livro: Sheeva Gita. Autor: Mamamurti Mishra Editora: Krishna Books Livro: Mitologia Hindu. Autor: Aghorananda Saraswati Editora: Madras Livro: Ganesh - Grande Deus Hindu. Autor: Debjani Chatterjee Editora: Madras Xamanismo e afins Livro: A Sabedoria do Xam. Autor: Hank Wesselman Editora: Rocco

Livro: O Segredo do Xam. Autor: Douglas Gillete Editora: Rocco Livro: Santo Daime Revelado. Autor: Giden dos Lakotas Editora: Corpo Mente Livro: Magia Indiana - Atharva-Veda Frmulas e Prticas. Autor: Maurice Bloomfield Editora: Madras Livro: O Reino dos Devas e dos Espritos da Natureza. Autor: Geoffrey Hodson Editora: Pensamento Livro: O Caminho Qudruplo. Autor: Angeles Arrien Editora: gora Livro: Universo Hologrfico. Autor: Marcos Torrigo Editora: Madras Livro: Os Quatro Ventos. Autor: Alberto Villoldo e Erik Jendresen Editora: gora Livro: A Erva do Diabo. Autor: Carlos Castaneda Editora: Record Livro: Viajem a Ixtlan. Autor: Carlos Castaneda Editora: Record Livro: Meditaes dos Animais de Poder. Autor: Nicki Scully Editora: Pensamento Livro: Inca Myths. Autor: Oscar Espinar La Torre Editora: Anka Livro: Animal Speak. Autor: Ted Andrews Editora: Llewellyn Livro: Sacred Smoke. Autor: Harvest McCampbell

Editora: Native Voices Livro: Prevenes e Curas com Pedras. Autor: Karl Startk e Werner E. Meier Editora: Robafim Teosofia Livro: A Doutrina Secreta - Coleo. Autor: H.P. Blavatsky Editora: Pensamento Bionergia Livro: Mos de Luz. Autor: Barbara Ann Brennam Editora: Pensamento Livro: Anatomia Esotrica. Autor: Bruce Burger Editora: Madras Esoterismo Livro: O Caibalion. Autor: Trs Iniciados Editora: Pensamento Livro: Pndulos - Prtica em Radiestesia. Autor: Pier Campadello Editora: Madras Fsica Quntica Livro: O TAO da Fsica. Autor: Fritjof Capra Editora: Cultrix Livro: A Teia da Vida. Autor: Fritjof Capra Editora: Cultrix Rituais Xamnicos Ritual qualquer ao realizada com uma inteno e que torna possvel o crescimento de nossa energia vital e conexo com um determinado objeto, podendo ser este objeto Deus, um santo ou qualquer outra coisa como cura, prosperidade, amor, compaixo, etc. A repetio dos rituais aumenta cada vez mais nossa conexo com o objeto do ritual. Os rituais Xamnicos Ancestrais so realizados para celebrar nosso Calendrio Sagrado,

bem como para atender todos os interessados em curas xamnicas e no bem estar na alma! Os rituais Xamnicos Ancestrais fornecem-nos um aumento gradativo de nossa percepo acerca de ns mesmos e do Universo em que estamos inseridos, assim como tambm proporciona a auto-cura de nossas conscincias e padres negativos de comportamentos que adquirimos no caminhar da vida. Todos os rituais possuem um tempo inicial e final. Muitos de nossos rituais comeam em sonhos e vises. E muitos de nossos rituais so dirigidos por espritos mentores e guias espirituais.

Mahashivaratri No Shiva Purana dito que, em todos os meses, a noite anterior ao dia da Lua Nova dedicada ao Senhor Shiva. Essa noite chamada Shivartri - "A Noite de Shiva". Uma vez ao ano, no ms de fevereiro/maro, chamado Phalgun, h um dia e uma noite inteiros dedicados ao Senhor Shiva, chamado Mahashivaratri. Esse dia de oraes, rituais, ascetismo e prticas espirituais. quando novos sannysis, mestres espirituais, renunciantes, so iniciados; pessoas que desse momento se propem a viver somente suas buscas espirituais. Na ndia, em todos os templos do Senhor Shiva, h uma grande comemorao nesse dia. Shiva o asceta. Ele dissolve a criao para o aparecimento de outra. Ele remove a ignorncia para dar lugar ao conhecimento. Ele ajuda os ascetas, os yogis, xams, curadores e os estudantes de Vedanta no seu caminho espiritual. Ele domina todas as disciplinas fsicas e mentais. Freqentemente encontramos imagens do Senhor Shiva em profunda meditao. Muitos se espantam ao v-lo envolto em serpentes e decorado com cinzas. A serpente simboliza o ego, o ahamkra, que para Ele no um problema. Para Ele o ego um alamkra, uma decorao, pois Ele tem o conhecimento do Eu real, ilimitado. As cinzas representam a queima da ignorncia e da iluso. Os cabelos so compridos como os de um asceta, com um coque no alto da cabea aparando o rio Ganges, que vem com grande fora destruidora, para fazer com que esse mesmo rio saia mais tranqilo para abenoar os seres na Terra. Ao seu lado, em uma de suas mos, o tridente, Trishula, smbolo de poder, cura e proteo, e na outra o Damaru, pequeno tambor de onde partem os primeiros sons da criao. Shiva shvara, tambm chamado Maheshvara e Jagadshvara o Grande Senhor e o Senhor do Universo. shvara o todo, toda a criao e a causa desta. Por isso o Senhor Shiva tambm simbolizado por um lingam. Lingam, em snscrito, significa alguma coisa com a ajuda da qual voc v outra coisa. uma indicao. Shivalingam uma forma sem forma especfica. Uma forma que inclui todas as formas. o smbolo do Todo, que Shiva.

No dia de Mahashivaratri os devotos passam o dia em atividades religiosas e espirituais. Ficam em silncio, jejum e oraes, e no templo h, durante todo o dia, at a meia-noite, uma corrente contnua de repetio do mantra OM NAMAH SHIVAYA Saudando o Senhor Shiva. Durante o dia vrios rituais so feitos. noite feito o rati (ritual simples com fogo e cnticos) e distribudo prasda (alguma coisa, principalmente comestvel, que oferecida no templo e depois dada a todos os que participam). Durante todo esse dia e essa noite, Shiva, que significa Auspiciosidade, lembrado. No s Ele, mas o que Ele representa: a dedicao total chamada vida espiritual e busca do conhecimento; a destruio completa da ignorncia e quaisquer obstculos que possam existir; a dissoluo do devoto no altar da devoo, na chama do conhecimento da identidade da natureza de ambos. O devoto do Senhor Shiva alcana o Absoluto que ! No Mahashivaratri, Shiva Pujas so realizados em homenagem a Mahadeva, porm o ritual mais caracterstico desta festividade o Abhishekam (banho ritual do Shiva Lingam). Em geral os devotos passam o dia jejuando ou alimentando-se de leite e frutas aguardando o primeiro Abhishekam que acontece somente s 6 horas da tarde. Os abhishekams podem acontecer de trs em trs horas (6, 9, meia-noite, 3 horas) e podem ser de leite apenas (PayaSnanam) ou de leite, yogurte, ghee e mel alternadamente. Tragam frutas e flores para ficarem no altar e para serem servidos ao final do rito, ou j estarem ali desde o incio como uma oblao, qualquer oferenda pode ser feita mentalmente por meio da visualizao ntida, os elementos concretos ajudam quando o ritual coletivo, pois nem todos os participantes tem a mesma compreenso e sutileza no trato devocional. O Shiva Lingam colocado dentro de um Kharpara (prato de barro fundo) e o mantra OM NAMAH SHIVAYA recitado por todos os presentes, muitas vezes, e, ao final de cada volta (108 repeties) no Mala ( O Rudraksha Mala sempre o mais apropriado para honrar o Senhor Shiva) o Shiva Lingam banhado com um pouco de leite. O Mahashivaratri a ocasio auspiciosa para alcanarmos paz de esprito, xito nas nossas devoes, prosperidade e abundncia plena e absoluta em nossas vidas, remover a ignorncia e conquistar a libertao. Lembremos que o Senhor Shiva presente no Lingam ereto representa o ideal Tantrika de Bhoga e Yoga desfrute e unio com o Divino, gozo e disciplina mstica, xtase e espiritualidade. O Linga Purana declara que o Lingam ereto fonte de prazeres e alegria neste mundo e liberao do ciclo de renascimentos para aqueles que lhe so devotos. topo Maha Ritual de Shiva Shiva um Deus ("Deva") Hindu, o Destruidor ou o Transformador, integrante da Trimurti (trindade) juntamente com Brahma, o Criador, e Vishnu, o Preservador. Shiva representa o ciclo completo do processo de gerao, destruio e regenerao. Existem mil e oito nomes nas escrituras vdicas para se referir a Shiva, sendo as mais conhecidas: Mahesha, Mahadeva, Pashupati, Nataraja, Shambo, Shankara,

Ardhanarshvara, Rudra, Bhava, Sarva, Ishan, Bhima e Ugra. No Xamanismo Ancestral, Shiva a figura mais importante, no apenas por representar o Pai do Xamanismo Ancestral, mas por possuir essencialmente mltiplas formas e aspectos em um nico poder divino. Sua simbologia altamente venerada. O aspecto Shankara a forma xam de Shiva, que o representa como sendo um grande ndio Hindu e o maior devoto do Grande Esprito. Sua cor o Rubi-Violeta. O MAHA RITUAL DE SHIVA celebrado a cada Lua Nova em todo o mundo, no apenas pelos xams ancestrais, mas por todos os devotos do Senhor Shiva. Neste ritual realizado o puja devocional. O puja um ato de purificao, limpeza e devoo Shiva, so entoados seus sutras, stotras e mantras secretos em snscrito e so oferecidos os quatro elementos (ar, fogo, gua e terra), flores de cor violeta e alimentos como reconhecimento das virtudes plenas de Shiva para que sejam derramadas benos, cura, transformao, transmutao, regenerao e destruio da ignorncia. Este um ritual de poder, pois a Lua Nova tem a capacidade de iniciar o ciclo de gerao de tudo que acontece em nossas vidas. Neste ritual Shiva Shankara promete mudanas significativas em sua vida atravs da Bebida Sagrada dos Xams, Ayahuaska. topo Maha Ritual de Kali A Deusa KALI a personificao da impiedosa fria feminina e sempre deixa um rastro de destruio por onde passa, Ela uma das trs esposas do Senhor Shiva, o Grande Deus do Universo. Vrias escrituras descrevem Suas formas, Sua iconografia explicada em detalhes em textos como o Karpuradi Stotram e o Maha Nirvana Tantra. Situada, em geral, no meio do campo crematrio, Ela nos relembra da transitoriedade de todos os fenmenos e da inevitabilidade da morte. Seus longos cabelos emaranhados nos remetem s algemas da iluso (Maya), que faz com que acreditemos na realidade absoluta deste universo. Seus trs olhos indicam seu conhecimento do presente, passado e futuro. Sua imensa lngua esticada e Seus dentes afiados demonstram Sua capacidade de devorar inmeros universos. Sua guirlanda formada por 50 (cinqenta) cabeas decepadas representa as 50 (cinqenta) letras do alfabeto Snscrito, ou seja, todo o conhecimento que pode ser descrito atravs de palavras. Seu saiote de mos humanas representa todas as aes que o homem pode realizar, por serem as mos o principal veculo do Karma; por exceo deste saiote, Ela apresenta-se nua, inalterada, original, coberta apenas pela aparncia das aes humanas. Ela representada sobre o Senhor Shiva, que permanece imvel, demonstrando ento o jogo (liilaa) entre o aspecto esttico (na forma do Senhor Shiva) e dinmico (na forma da Me Kaalii) do universo. Com Seu brao superior direito Ela segura o faco sacrificial (khadgam); Seu brao superior esquerdo segura uma cabea (mundam); com Seu brao inferior direito Ela segura um tridente (trishulam) e Seu brao inferior esquerdo segura um pote com o fogo sacrificial (Senhor Agni). Com um profundo significado simblico Seus quatro braos demonstram os atos de uma alquimia universal que leva o homem libertao

(moksha ). Sua cor o preto e o vermelho. O MAHA RITUAL DE KALI celebrado a cada Lua Cheia pelos xams ancestrais e por todos os devotos de Me Kali. Neste ritual realizado o puja devocional. O puja um ato de purificao, limpeza e devoo Me Kali, so entoados seus sutras, stotras e mantras secretos em snscrito e so oferecidos os quatro elementos (ar, fogo, gua e terra), flores de cor vermelha e alimentos como reconhecimento das virtudes plenas de Me Kali para que sejam derramadas suas benos, afastando de ns espritos trevosos e malvolos. Este um ritual de exorcismo, de quebra de feitiaria, macumba e trabalhos de magia negra. A Lua Cheia possui a atmosfera perfeita para realizao de rituais de exorcismo, seja ele psquico, energtico, emocional, mental ou espiritual. No MAHA RITUAL DE KALI, o xam ancestral trabalhar seu Sagrado Feminino, atravs dos arqutipos das Deusas Kali, Durga e Parvati, consortes do Senhor Shiva. Neste ritual Me Kali promete mudanas e protees significativas em sua vida atravs da Bebida Sagrada dos Xams, Ayahuaska. topo Maha Ritual de Ganesha Ganesha o primeiro Deus a ser reverenciado em todos os rituais Hindus. Ganesha filho de Shiva e Parvati. Shiva o Pai do Xamanismo e Deus criador do Yoga. Est nas portas dos templos e casas protegendo as suas entradas. Ganesha o Deus que remove todos os obstculos, ele o protetor de todos os seres. Ele tambm o Deus do conhecimento. Ganesha representa o sbio, o homem em plenitude, e os meios de realizao. Sua figura revela um significado profundo e necessita ser desdobrada. Ganesha tem uma enorme cabea de elefante, imensa para um corpo de menino indicando sua capacidade intelectual e a firme dedicao ao estudo das escrituras. Ganesha o Sbio. Ganesha tem na fronte o Vibhuti e um pequeno tridente indicando que filho de Shiva - o Senhor da disciplina e da aniquilao da ignorncia, indica tambm, que o sbio tem sempre em mente o Ser Supremo. Sua cor o amarelo alaranjado. O MAHA RITUAL DE GANESHA celebrado durante a fase da Lua Crescente pelos xams ancestrais e por todos os devotos do Senhor Ganesha. Neste ritual realizado o puja devocional. O puja um ato de purificao, limpeza e devoo Ganesha, so entoados seus sutras, stotras e mantras secretos em snscrito e so oferecidos os quatro elementos (ar, fogo, gua e terra), flores de cor amarela, alimentos e doces como reconhecimento das virtudes plenas de Ganesha para que sejam derramadas suas benos, abrindo nossos caminhos e removendo os obstculos que nos impede de alcanar o sucesso e a prosperidade. E na Lua Crescente que este ritual faz sua prosperidade crescer e germinar. No MAHA RITUAL DE GANESHA, o xam ancestral trabalhar seu Sagrado

Masculino, resgatando sua criana interior e potencializando seu senso de alegria, prosperidade, plenitude, abundncia e longevidade. Neste ritual Ganesha promete mudanas e prosperidade significativas em sua vida atravs da Bebida Sagrada dos Xams, Ayahuaska. topo Ritual da Famlia Csmica - "Shiva, Ganesha e Parvati" O RITUAL DA FAMLIA CSMICA rene as sagradas energias devocionais e de cura do Senhor Shiva - O Transformador, Ganesha - O Removedor de Obstculos e Parvati - A Me-Terra. No Xamanismo Ancestral, Shiva e Parvati, exteriorizam os arqutipos do Pai-Cu e da Me-Terra. Da unio deste casal csmico nasce ento Ganesha, o fruto da conscincia xamnica, o primeiro xam. O filho que trs para a mundo o despertar da conscincia csmica, o libertador dos obstculos impostos pela mente humana. Aquele que desce ao inferno de sua prpria conscincia e depois retorna ao estado de conscincia transcendental, como o acordar de um aterrorizante sonho. Neste ritual voc presenciar a fora tribal e aborgene dos nativos indianos e nepalenses, ou seja, dos Jhankris, Nagas, Sadhus e Rishs. Compreender o simbolismo do casal Shiva e Parvati como colocar a chave do portal da Quarta Direo, Leste, do Sagrado Caminho do Xamanismo Ancestral em sua fechadura, para liberar-se (moksha) desta existncia e assim assegurar o vo rumo ao Grande Esprito. Neste ritual de poder, atravs dos mantras entoados na fora da Bebida Sagrada Ayahuaska voc alcanar nveis profundos de meditao atravs do Estado Alterado de Conscincia que a Bebida Sagrada promove, onde muitas pessoas entram em Samadhi (Estado de Contemplao, Realizao, Nirvana e Iluminao Divina) e onde encontramse verdadeiramente com o Senhor Shiva, Ganesha e Parvati, que so na verdade aspectos, expanses e Supremas Personalidades de Deus. Neste ritual so realizados 3 pujas devocionais, um para cada divindade, entoados seus sutras, stotras e mantras secretos em snscrito. Os pujas so atos de purificao, limpeza e devoo Deus e so oferecidos os quatro elementos (ar, fogo, gua e terra), flores e alimentos como reconhecimento das virtudes plenas de Deus e pela prosperidade e abundncia alcanada. O ritual comea com a energia de remoo de obstculos do Senhor Ganesha, o filho do casal csmico, removendo amarras, miasmas astrais e qualquer tipo de energia de magia negra lanada sobre ns que impossibilita a abertura de nossos caminhos para uma vida plena de amor e felicidade. A energia de cura do Senhor Ganesha trabalha tambm, atravs de seus mantras, o resgate de nossa criana interior. Depois trabalha-se a energia da Me Terra, reconhecendo-a atravs das 3 faces da mulher, Kali, Durga e Parvati, que so na realidade uma s Divindade e que possui 3 temperamentos distintos, porm complementares. Nesta parte do ritual so ajustados e

alinhados em todos os participantes os dois lados da natureza humana, o Sagrado Feminino e o Sagrado Masculino, que quando reprimido e negado nos traz desequilbrio, senso de discriminao e desajustes emocionais. O Xamanismo Ancestral foi quem primeiro divinizou o Sagrado Feminino em toda a histria da humanidade, dando assim o surgimento de uma srie de religies pags que praticavam o culto sagrado Grande Deusa. Por isso todas as tradies xamnicas do mundo reverenciam e reconhecem o Sagrado Feminino sempre representado por uma figura feminina, associada cultura ou regio do planeta onde se pratica determinadas tradies xamnicas. A ndia o bero de toda a nossa histria. A mais de 100 mil anos os xams ancestrais mantm acesa a chama desse conhecimento multimilenar. E como o Xamanismo Ancestral se desenvolveu demasiadamente na era vdica, nosso Sagrado Feminino, a Me-Terra, ento simbolizada pela figura de Parvati, a consorte eterna do Senhor Shiva em seu aspecto Shankara, o Grande Deus ndio. Infelizmente, este conhecimento manteve-se secreto e disponvel apenas aos iniciados no Xamanismo Ancestral e em religies pags, devido a represso religiosa da Idade Mdia e agora, neste Ritual de Poder ser aberto aos puros de corao. E por fim, trabalhado neste Ritual de Poder a energia do Absoluto Creador, o Pai Supremo, quele que Todo Completo, Todo Poderoso, Onisciente, Onipresente, o Senhor Shiva, que possui mais de 1.008 nomes nas Escrituras Sagradas da ndia. Como Transformador e Destruidor da Ignorncia, o Senhor Shiva vem para nos dar uma nova oportunidade de prosperidade e abundncia plena, nos campos material, emocional, mental e espiritual. Destruindo nossa ignorncia e dando-nos alta conscincia espiritual. Aps este ritual sua vida no ser mais a mesma, um novo Universo se abrir para voc, pleno de mirades de oportunidades. topo Ritual de Cura e Caridade Todas as quartas-feiras, das 19hs s 24hs, realizado o RITUAL DE CURA E CARIDADE, gratuitamente, na ALDEIA DE SHIVA - Centro Espiritualista Xamnico Ancestral. Este um ritual de cura e libertao com a Bebida Sagrada dos xams, Ayahuaska, sem nenhum custo e fim lucrativo, em prol dos menos favorecidos e de todos aqueles que esto em busca de paz, auto-conhecimento e elevao espiritual. Sob a inspirao de nossos queridos mentores e guias espirituais, abrimos as portas da ALDEIA DE SHIVA - Centro Espiritualista Xamnico Ancestral, para o tratamento das enfermidades da alma e do corpo atravs da iluminao interior, atravs da Bebida Sagrada Ayahuaska. O Mestre Xam Akai Sramana recebeu esta misso de levar a todos os nossos irmos, sem distino de raa, credo ou nvel de instruo o direito deste "Sacramento" e estaremos de braos abertos para receber todos aqueles que vierem de livre e espontnea vontade e com o corao aberto procura de recursos fsico, moral ou espiritual, devendo trazer consigo uma mente cheia de esperana no Grande Esprito de Deus para obter as benos Divinas e serem assistidos pelos Mestres, Entidades Supremas e

espritos de boa vontade que trabalham em nossa Aldeia, como: pajs, xams, caboclos, pretos velhos e demais curadores. O RITUAL DE CURA E CARIDADE um trabalho espiritual na linha do Cristianismo Mstico, Xamanismo e Umbanda. dirigido pelos Espritos de Luz do Caboclo e Mestre Pena Branca e So Francisco de Assis, conhecido no Astral Superior como So Francisco das Chagas, e que tambm so Mentores Espirituais da ALDEIA DE SHIVA. O Tratamento Espiritual realizado neste ritual inclui R'XA (Reiki Xamnico Ancestral), cromoterapia, cristais, passes energticos, harmonizao, limpeza e purificao, relaxamento psico-fsico, cirurgias e transplantes espirituais. topo Ritual de Cura do Mestre Jesus O Mestre Jesus Cristo foi um dos maiores Curadores Espirituais que andou sobre o planeta Terra. conhecido pelo Cristianismo como Jesus, e por diversos outros nomes em diferentes religies e correntes espirituais e msticas, assim tambm como em outras esferas e dimenses espirituais e conscienciais Mestre Jesus conhecido como Sananda. O Senhor Sananda, tambm conhecido como o Cristo, Cristo Luminoso e Cristo de rion o avatar de Jesus Cristo. Dentro do Xamanismo Ancestral, Jesus Cristo o Avatar do Amor. Ele representa os humanos de todo o Universo e do planeta Terra no Tribunal Espiritual. Dentro da Grande Fraternidade Branca, Mestre Jesus Cristo ou Senhor Sananda, o lder irrevogvel da Frota Espacial Espiritual, seu subordinado direto o comandantechefe do Comando Galctico, Ashtar Sharan, que se comunica regularmente com os humanos do Templo Extra-Terreno da Era de Aqurio e da Aldeia de Shiva atravs da Corrente Mestre da Luz antes de tomar as decises mais importantes sobre o Comando da Frota Espacial e da Grande Fraternidade Branca. A profundidade do AMOR DIVINO que o Mestre Jesus trouxe para toda a humanidade da Terra foi exemplificado pelo que ele se disps a fazer h 2.000 anos, quando ancorou o Corpo de Luz para a humanidade. A centelha divina de Cristo vive em cada corao. Cristo um ttulo que significa UM COM DEUS. A Entidade Csmica que se exprimiu por Seu intermdio manifesta-se aos homens de acordo com a capacidade de eles acolherem sua energia e de acordo com o seu nvel de conscincia. Jesus deu-se a conhecer como Cristo ao impulsionar nesta humanidade predominantemente o desenvolvimento da alma. medida que o contato do homem com o nvel anmico se estabelece, a energia crstica aflora de modo mais potente e estimula o seu progresso csmico: o despertar e o desenvolvimento da mnada. Agindo no plano mondico, essa entidade denominada Samana ou Sramana ("Senhor do xtase" ou "Conscincia inspirada pelos espritos"). Jesus no se dirigiu a um determinado povo; sua mensagem UNIVERSAL, assim como o XAMANISMO ANCESTRAL e toda a obra da Hierarquia Divina. Desta

maneira este um ritual de cunho universalista, onde pessoas de todas as religies podem participar. O RITUAL DE CURA DO MESTRE JESUS, uma Cerimnia Xamnica Ancestral que promove atravs do uso sacramental da Bebida Sagrada dos Xams, a Ayahuaska Divina, o contato direto com o Avatar e Mestre Jesus Cristo, para que possamos irradiar em Vossa energia e estabelecer a conexo direta com nosso EU CRSTICO. um ritual amparado pela Egrgora do Cristianismo, Hindusmo Crstico, Grande Fraternidade Branca, Xamanismo Ancestral e Ordem dos Jhankris, com fundamento e ritualstica xamnica. Todos ns, habitantes do planeta Terra, em algum momento, perdemos a conexo direta com o Grande Esprito de Deus, conhecido por diversos nomes dentro das diversas tradies religiosas e espirituais da humanidade, tais como Shiva, Jeov, Olorum, Al, Mazda, Wankatanka, Tup, Viracocha, etc. No Xamanismo Ancestral compreendemos que todos os passos levam a Deus, independente do nome atribudo ao nosso Poder Superior. Mestre Jesus Cristo a Ponte Superior, que nos conduz nossa espiritualidade, independente de crena, credo ou religio, pois Ele existe e nico, no pertence a nenhuma corrente espiritual ou religiosa, pois Ele trabalha com seu Amor Divino em todas elas, desde que haja pureza, f, verdade e amor. Neste momento de transformaes energticas e conscienciais profundas na humanidade, precisamos de uma direo, tanto material quanto espiritual. Como podemos obter orientao e sabedoria nesses momentos de grandes mudanas e impactos energticos em nosso planeta? Jesus disse que ele o caminho, e todos os outros rumos para a vida so encontrados a partir dele. Venha ao encontro de Jesus, o Cristo. Traga apenas seu corao, o nico pertence espiritual que voc ainda possui nesta vida, o restante voc reencontrar neste Ritual de Cura e Poder Crstico. "Disse Jesus: Eu sou o caminho, a verdade, e a vida; ningum vem ao Pai seno por mim." (Joo 14:6) topo Ritual dos Caboclos Pena Branca, o Lder dos Mentores Espirituais da ALDEIA DE SHIVA - Centro Espiritualista Xamnico Ancestral, tambm reconhecido como Mestre Ascencionado pela Grande Fraternidade Branca e caboclo da Linha de Oxal e Oxssi da Umbanda Sagrada, o grande anfitrio do RITUAL DOS CABOCLOS, com a Bebida Sagrada dos xams, Ayahuaska. Os caboclos, pajs e xams, so muito conhecidos na Umbanda Sagrada pelos seus passes energticos, aliviadores e relaxantes, pela sua inteligncia quanto as doenas, e por muitas outras coisas. Todo caboclo tem uma vibrao originria dos Orixs, eles podem penetrar em todas as vibraes, tanto dos Orixs como das falanges Orientais. No RITUAL DOS CABOCLOS, seremos presenteados pelo poder de cura e penetrao da irradiao das falanges curadoras dos caboclos das matas, onde sero

realizados passes energticos, exorcismos psquicos, quebra de magia negra e feitiaria, cirurgias e transplantes espirituais, resgate de alma e de habilidades de vidas passadas. Venha desfrutar deste momento mgico nas montanhas da cidade de Santana de Parnaba, onde habitavam os antigos ndios guaianazes, do tronco indgena TupiGuarani, acima de 1000 metros de altitude, em plena natureza e a 32 km de distncia da cidade So Paulo, capital. Traga seus instrumentos sagrados, atabaque, marac e tambor, venha de roupas de tonalidades branca e clara ou vestido carter, para compartilharmos juntos, na Fogueira Sagrada, deste Ritual de Poder. topo Ritual de Sai Baba OM SAI RAM. OM SAI RAM. OM SAI RAM. "Venha receber as benos do Avatar do Senhor Shiva na ALDEIA DE SHIVA"! A melhor maneira de conhecer Sathya Sai Baba praticando seus ensinamentos, os ensinamentos do AMOR! Um pequeno esforo nesse sentido ir permitir que experimentemos a Verdade de sua mensagem atravs da fora da Bebida Sagrada dos xams, Ayahuasca, no RITUAL DE SAI BABA. Com relao s religies, Sai Baba diz: "Deixem que existam diferentes religies, deixem que floresam, deixem que a glria Divina seja louvada em todos os idiomas do mundo. Respeitem as diferenas entre religies e reconheam-nas como vlidas, sempre que estas diferenas no tratem de extinguir a chama da irmandade do homem e a paternidade de Deus." O Xamanismo Universal e esta a chance de voc sentir o universalismo xamnico atravs do amor incondicional e transcendental de Sathya Sai Baba, o mestre do AMOR! topo Grande Ritual da Chama Violeta O propsito deste ritual o de conectar o indivduo com a fonte de luz da Chama Violeta para que o mesmo possa utilizar esta energia transmutadora em todas as reas de sua vida. O GRANDE RITUAL DA CHAMA VIOLETA ativa, amplifica e expande a capacidade de utilizao do poder transmutador da chama violeta tanto para fins individuais como coletivos. Este ritual propicia uma limpeza krmica profunda, assim como a limpeza e transmutao de registros negativos e aspectos nocivos do ego. Ele liberta a pessoa de

energias intrusas e externas, e ativa a capacidade de auto proteo desse tipo de energia. A energia ancorada neste ritual possibilita que a pessoa realize trabalhos em seu prprio ser e tambm trabalha a nvel planetrio a fim de ajudarmos a transformar o planeta. A cor violeta a cor da Transmutao, de tudo aquilo que no nos serve mais e que no tem mais sentido em nossas vidas. Atravs do Mestre Saint Germain, ns humanos tivemos a oportunidade de obtermos os resultados transformadores da Chama Violeta, entregue para a humanidade por este querido Mestre Ascensionado. Neste ritual de transmutao invocaremos a energia da Chama Violeta e de toda a hierarquia divina. So 108 invocaes de poder que nos faro sentir na alma a energia de Luz emanada por esta transmutadora cor. A Bebida Sagrada dos xams, Ayahuaska, nos levar de encontro com os ensinamentos da Chama Violeta e do 7 RAIO da Grande Fraternidade Branca para ativarmos sua influncia em nossas vidas. Durante o ritual voc ter a honra de presenciar com seus prprios olhos a cor violeta tomando conta de todo o espao fsico do ritual e sentir profundamente a PAZ de esprito que voc tanto anseia. O Grande Mestre Ascensionado Saint Germain o Ser que dirige os dois mil anos da ERA DE AQURIO e um dos Mentores Espirituais da ALDEIA DE SHIVA - Centro Espiritualista Xamnico Ancestral. Sua gigantesca misso LIBERTAR todos os viventes, como tambm a Me-Terra, e isto ser realizado por intermdio da Chama Violeta. topo Ritual "O Vo Sagrado do Cndor" No "VO SAGRADO DO CNDOR", AKAI SRAMANA vos convida a reconectar-se consigo mesmo, com seu esprito e com a Pachamama, nossa querida Me-Terra, para transmutar atravs da poderosa energia de cura do Cndor, a guia dos Andes, ou melhor, "O Deus das Alturas" segundo os Incas, todas suas limitaes, amarras e tudo aquilo no possui mais valor em sua vida! Este um ritual de transmutao, energizao, cura e de poder! AKAI SRAMANA teve a honra de receber este precioso ritual quando de sua penltima visita a Machu Picchu, Per, em 2006, atravs do xam peruano "Cndor Negro" e tem como misso transmitir a voc o real sentido de sua vida, para despertar seu "Eu Alado", e assim, compreender como alcanar novos horizontes. Atravs das prticas xamnicas ancestrais e de outras modalidades de cura xamnicas, voc poder desfrutar de sua verdadeira essncia divina! No perca tempo para libertar-se do que no lhe serve mais... permita-se, d um passo alm, na sua prpria direo, e ento tudo poder ser mudado e recriado por voc

mesmo! O auto-conhecimento a cura da alma! e A Bebida Sagrada a professora! topo Ritual de Cura da Me-Terra Sempre aps o ritual "O VO SAGRADO DO CNDOR", o xam Akai Sramana viaja para os Andes, realizando a "Peregrinao de Poder Xamnica para os Andes", em direo cidade sagrada de Machu Picchu no Per, visando expandir sua conexo com a Pachamama, a Me-Terra, e com o sagrado esprito do Cndor, o "Deus das Alturas", segundo os inkas. Quando o xam desce da montanha velha, como Machu Picchu chamada em quchua, a lngua nativa dos peruanos, realizado o RITUAL DE CURA DA ME-TERRA! Este um ritual aberto para todos, porm, haver a participao especial de pessoas que j foram iniciadas no R'XA (REIKI XAMNICO ANCESTRAL). Neste ritual realizado um trabalho muito profundo de cura para o planeta. A energia de R'XA canalizada pelo Pai do Xamanismo, o Deus Shiva, e enviada para os pontos da Me-Terra que mais precisam de cura, como florestas desmatadas, rios, mares, lagoas e lagos poludos, regies desrticas, geleiras, camada de oznio, lenes d'gua, placas tectnicas, pases em guerras e em total pobreza, entre outros. A energia canalizada pelos Rxanianos uma energia de 7a dimenso, que visa destruir toda energia de ignorncia causada inconsequentemente pelo homem. Voc tambm receber esta energia xamnica de cura redobrada, sair revitalizado, conectado com a Luz, leve e em paz profunda e sentindo o AMOR TRANSCEDENTAL do Grande Esprito, curanda a Pachamama, a Me-Terra. No deixe de nos prestigiar com vossa sagrada presena. Prepare-se e venha compartilhar este GRANDE MOMENTO, em plena natureza e fogueira, a mais de 1.000 metros de altitude, na montanha onde est localizada a ALDEIA DE SHIVA Centro Espiritualista Xamnico Ancestral! "O auto-conhecimento a cura da alma!" e "a Bebida Sagrada dos xams, Ayahuaska, a professora"! topo Ritual de Cura Andina com Wachuma O nome quchua do cacto Trichocereus Panachoi "Wachuma". O nome San Pedro, lhe atribudo por dar ao iniciado a "chave" para entrar no Cu. O Wachuma se desenvolve acima de dois mil e quinhentos metros de altitude e a sua caracterstica mais marcante na composio energtica que durante o dia recebe temperaturas acima de 40 Celsius e noite de 10 a 20 Celsius negativos. Este choque trmico faz com que ocorra uma alquimia dentro do Wachuma: uma poderosa fora

curadora. O RITUAL DE CURA ANDINA COM WACHUMA, como planta medicinal, se completa com o da Ayahuaska, j que o Wachuma trabalha os primeiros chackras (eixos energticos do corpo humano), como tambm trabalha a sexualidade, a criana interior, a abertura da terceira viso entre outros. Por se tratar de uma planta telrica e que desenvolve a energia da terra, tem como caracterstica, ligar a pessoa com a natureza, pois somos, segundo a tradio xamnica, extenso da Me-Terra. Tem sido utilizado h sculos pelos ndios do Peru e do Equador. conhecido por xams por estar sempre em harmonia com os poderes dos animais, de seres e personagens fortes, de seres sobrenaturais, principalmente o Puma. O uso atual do San Pedro concentra-se nas regies costeiras do Peru e nos Andes do Peru e Bolvia, e tem recebido forte influncia crist. aplicado para curar enfermidades, incluindo o alcoolismo e problemas mentais, para adivinhaes, poes amorosas, para combater feitiaria, purificao, etc. conhecido tambm por huachuma, achuma, agua colla, cardo, huando hermoso, gigantn, San Pedrito, San Pedrillo. O Wachuma, alm de ser uma planta de limpeza (fsica, psquica e energtica) um poderoso fortificante do organismo podendo, por exemplo, combater a depresso (doena comum atualmente), e uma srie de outras mazelas, que no fundo so desequilbrios energticos. No deixe de nos prestigiar com vossa sagrada presena. Prepare-se e venha compartilhar este GRANDE MOMENTO, em plena natureza e fogueira, a mais de 1.000 metros de altitude, na montanha onde est localizada a ALDEIA DE SHIVA Centro Espiritualista Xamnico Ancestral! topo Ritual Xamnico dos Antepassados Nossos antepassados e ancestrais so aquelas pessoas que mais necessitam de nossa ateno interior. Somos a manifestao direta dos conceitos de vida de nossos pais, avs, bisavs e familiares. Todos ns de certa maneira, perdemos nossa Verdadeira Essncia, e inconscientemente fomos criados e educados atravs dos conceitos de nossos ancestrais, onde muitos destes conceitos, esto at hoje muito enrraigados dentro de ns, presos a tabs, crenas, pr-conceitos, pr-julgamentos e discrimao. A cultura e crena de nossos ancestrais, delinearam a forma como enxergamos o mundo, impulsionaram a criao de nossos hbitos e comportamentos, negativos e positivos e principamente a maneira como praticamos nossa espiritualidade. Muitos de nossos antepassados e ancestrais, j evoluram espiritualmente e no mais esto presos 3a dimenso na qual vivemos, alcanaram nveis de sabedoria e compreenso da Verdade Absoluta, que proporcionaram-lhes estacionarem suas conscincias em outras dimenses superiores nossa, e como fazemos parte de uma famlia espiritual e atravs do Amor Incondicional, podemos nos conectar com nossos ancestrais para aprender com eles, reconhecer sua ajuda, seu avano espiritual e seguir

suas orientaes. Como tambm, possumos antepassados e ancestrais, que mesmo desencarnados, ainda esto presos densidade material, no enxergaram a Luz quando fizeram a passagem, e como espritos desencarnados, muitos deles no sabem nem mesmo que morreram, esto presos a ns ainda pelo corpo emocional. O Xamanismo Ancestral reconhece a importncia da conexo com nossos ancestrais, a gratido pelos antepassados, pela famlia, origem e linhagem, conscientemente, permitenos desatar os ns das correntes crmicas familiares que ainda estamos presos, curar nosso passado, nossas feridas ancestrais, elevar nossa conscincia, percebendo que todo avano coletivo, e que mais do que nunca a questo com nossos ancestrais deve ser observada com mais ateno, amor, respeito e compreenso. O RITUAL XAMNICO DOS ANTEPASSADOS a oportunidade de honrar nossos ancestrais, de emanar Luz, Amor, Conforto e Sabedoria para com eles, porqu na verdade, estamos fazendo isso para ns mesmos. Amanh seremos os antepassados de nossos filhos. Na nossa genealogia os antepassados so as razes. Se ela estiver bem regada, bem cuidada, os filhos e netos prosperam em todos os sentidos e tudo seguir o perfeito fluxo da Natureza Csmica Universal. Realinhar, energizar e reprogramar nossas questes crmicas, nosso DNA/RNA e memria celular vital para que possamos seguir a Jornada da Vida com mais gratido, serenidade e clareza. Muito pouco sabemos sobre a vida, a morte e sobre ns mesmos, em nossas clulas ainda esto gravados os contedos de vidas passadas vividas com nossos ancestrais, onde desenvolvemos juntos muitas habilidade, tcnicas e aprendizados, mas tambm desenvolvemos certos traumas, bloqueios, medos, mgoas e ressentimentos que ainda esto presos nossa conscincia e que de certa maneira interrompe o perfeito fluxo de nossa vida neste momento. "Honrar e agradecer a vida e ao passado a pedra filosofal para a devida compreenso de nosso presente e do nosso futuro!" topo Ritual de Pajelana Amaznica A fora nativa indgena brasileira uma das vibraes de cura mais eficazes na atualidade, isso devido a grande diversidade biolgica encontrada nas florestas e na fauna amaznica brasileira, onde reside a sabedoria de diversas etnias indgenas, plenas de conhecimento ancestral e fundamentalizadas no uso e aplicabilidade das ervas sagradas, antdotos e remdios encontrados nas plantas e nos animais desta regio. Sem falar das tcnicas de cura dos mestres da pajelana, ou seja, os pajs, com suas rezas e cnticos sagrados. O RITUAL DE PAJELANA AMAZNICA que acontece na ALDEIA DE SHIVA a oportunidade de voc vivenciar e acessar diretamente esta sabedoria e cura nativa brasileira. O ritual comea com a cerimnia do cachimbo sagrado e do rap indgena, para reverenciar, purificar e nos conectarmos com os espritos pajs, depois haver a aplicao do colrio indgena sananga que est revolucionando o campo da cura ocular, isso , ajuda fortemente pessoas que sofrem de catarata, miopia e estigmatismo, na sequncia dar-se- o incio da cerimnia de pajelana com a toma da bebida sagrada ayahuaska em conjunto com os instrumentos nativos, maracs, flautas e tambores, e no

final do ritual ainda haver aplicao da vacina do sapo, tambm conhecida como kamb, medicina indgena muito conhecida no Brasil para o aumento significativo da proteo do sistema imunolgico e cura de diversas enfermidades fsicas, emocionais, mentais e espirituais. Prepare-se e venha compartilhar este GRANDE MOMENTO, em plena natureza e fogueira, a mais de 1.000 metros de altitude, na montanha onde est localizada a ALDEIA DE SHIVA - Centro Espiritualista Xamnico Ancestral. Traga seu cahimbo sagrado e seus instrumentos para se juntarem a este grande crculo de cura xamnica, venha de corao aberto e receptivo para a cura indgena amaznica, nesta Ritual de Poder! topo Ritual de Pajelana Ancestral O Xamanismo Ancestral a prtica de Xamanismo mais antiga da humanidade. Evidenciada atualmente pelas remanescentes tradies xamnicas da ndia, os Shantals, Gonds, Bhils, Khasis, grupos tribais da ndia Central, das Ilhas Nicobar no Golfo da Bengala, Sri Lanka, grupos tribais do Nepal, como os Jhankris, Tamangs, Boudhas e grupos tribais do Tibet, como os Menbas, Lobas, Drungs e Xiaerbas. A fora nativa da Sagrada Tradio Xamanismo Ancestral tem como base a pajelana dos Jhankris, xams nepalenses, que fundamentam a egrgora de curadores do Xamanismo Ancestral. Plenos de conhecimento das medicinas indgenas orientais, rezas, mantras de poder, exorcismos e cnticos shivastas tribais. O RITUAL DE PAJELANA ANCESTRAL que acontece na ALDEIA DE SHIVA, a oportunidade de voc vivenciar e acessar diretamente esta sabedoria de cura oriental integrada sabedoria ancestral da Amrica, unida s foras indgenas brasileira, andina, tolteca e nativa americana. O ritual comea com a "Cerimnia do Cachimbo Sagrado", saudando a egrgora da Ordem dos Jhankris e reverenciando o esprito do Tabaco, Planta de Poder utilizada por todas as tradies xamnicas e tribais da Me-Terra. Em seguida comea a "Cerimnia do Rap Indgena", purificando e limpando nosso corpo, corao e mente com o extrato modo de Tabaco e Plantas Medicinais, para receber as curas ancestrais nesta noite de poder. Depois comea a "Cerimnia do Sananga", colrio indgena, limpando, abrindo e expandindo nossa viso interior, exterior e superior. Aps as cerimnias de preparao, purificao e limpeza de nossos corpos sutis d-se incio "Cerimnia de Pajelana Ancestral com Ayahuaska", onde sero realizados passes energticos com R'XA - REIKI XAMNICO ANCESTRAL, exorcismos psquicos e espirituais, remoo de larvas e miasmas astrais, resgate de habilidades de vidas passadas, cura de karma familiar e ativao das 12 fitas do DNA sutil. Para finalizar o RITUAL DE PAJELANA ANCESTRAL, haver ainda a "Cerimnia do Kamb", conhecido tambm como Vacina do Sapo, medicina indgena muito conhecida no Brasil para o aumento significativo da proteo do sistema imunolgico e cura de diversas enfermidades fsicas, emocionais, mentais e espirituais. Prepare-se e venha compartilhar este Grande Momento, em plena natureza e fogueira,

nas montanhas da cidade de Santana de Parnaba, onde habitavam os antigos ndios guaianazes, do tronco indgena Tupi-Guarani, acima de 1000 metros de altitude, na montanha onde est localizada a ALDEIA DE SHIVA - Centro Espiritualista Xamnico Ancestral que fica a 32 km de distncia da cidade So Paulo, capital. Traga seu Cachimbo Sagrado e seus instrumentos xamnicos para se juntarem a este grande crculo de cura xamnica, venha de corao aberto e receptivo para a cura tribal dos xams ancestrais, neste Ritual de Poder! topo Ritual de Cura Xamnico Ancestral Este ritual dirigido pela Bebida Sagrada dos Xams, Ayahuaska. Akai conduzir os passes energticos e servir de intermdio entre o Astral e o plano fsico para realizar a cura de qualquer doena ou desequilbrio que est afetando a vida da pessoa. Voc sentir de perto a energia de destruio de energias negativas do Pai do Xamanismo Ancestral, Shiva Shankara, neste ritual de poder! topo Ritual da Lua Cheia O objetivo deste ritual dar a voc condies de manifestar em sua vida tudo aquilo que voc quer fazer amadurecer, colher, iluminar, brilhar, e finalizar com xito! Entre os shamans ancestrais, o Sol (Surya) e a Lua (Chandra) eram adorados como deuses, j que eram fontes supremas da energia que flua para a Me-Terra. O perodo da Lua Nova era sagrado, pois o Deus Sol e a Deusa Lua eram um s. Envolvida pela luz do Sol, a Lua ficava carregada de seu poder vital. Na medida em que a Lua crescia, ela gradualmente refletia e distribua a luz do Sol para a Me-Terra, marcando o perodo frtil e destinado ao crescimento. Na sua fase Cheia, a Lua se tornava igual ao Sol, liberando para a terra a sua fora total de transmisso do poder do astro-rei. Ento, como que exausto de tanta atividade, ela comeava a minguar. Na terra, a vitalidade decaa, esperando a renovao da fertilidade quando os dois deuses estivessem unidos outra vez. No Xamanismo Ancestral, a Lua Cheia smbolo de fertilidade, poder, sensualidade, representando o sentimento feminino, mostrando como lidar com as emoes e ajudando a trazer lembranas sobre vidas passadas. uma das energias preferidas para a realizao de cultos mgicos e podem proporcionar sonhos muito importantes. topo Temazcal "Venha despertar seu esprito e resgatar sua fora interior com a Bebida Sagrada dos Xams, Ayahuasca!" TEMAZCAL tambm chamado de Tenda do Suor ou "Sauna Sagrada", cujos vestgios mais antigos se encontram nas zonas arqueolgicas do Mxico e da Guatemala, um banho de vapor, porm, com uma profunda conotao espiritual.

Na lngua Lakota, falada pelos Sioux, significa "tero da Me Terra". Nele, intervm os quatro elementos: a Terra, que nos apoiamos, o Fogo, onde as pedras so aquecidas, a gua, colocada sobre estas e o vapor, representando o Ar. So utilizadas, tambm, plantas medicinais. Trata-se de uma tradio milenar usada por vrias etnias amerndias com o objetivo de curar, limpar e purificar corpo e esprito. Seu uso atravs da histria tem sido tanto teraputico como ritual em cerimnias, e a sua prtica sobrevive graas tradio oral das comunidades indgenas e, atualmente, devido ao crescente interesse da sociedade contempornea em resgatar suas razes e buscar uma melhora na qualidade de vida. O ritual acontece aps o aquecimento de vrias pedras em uma grande fogueira, sendo elas ento levadas a uma tenda em formato de um tero. No interior da cabana, os participantes, envoltos em um clima de profundo amor e reconhecimento ao sagrado da vida, entoam cantos tradicionais e tocam tambor. O vapor dagua mesclado com o perfume das ervas medicinais contribuem para a sade do corpo, de uma forma natural, desobstruindo os poros da pele, dilatando os vasos sanguneos, proporcionando, assim, eliminao de toxinas e melhoras ao aparelho respiratrio e imunolgico. Os ensinamentos ancestrais do conta que somente podemos seguir um belo caminho quando estivermos livres de antigas memrias que nos aprisionam. Um dos propsitos do temazcal este, o resgate do passado e a vivncia do agora, para que possamos projetar uma boa vida, para ns e as futuras geraes. Assim, o TEMAZCAL uma cerimnia de alta purificao, proteo, meditao e magia ancestral. Atravs da unio dos 4 elementos terra, gua, ar e fogo em um ambiente in natura, se realiza a grande cerimnia dos antigos xams. Pedras aquecidas na fogueira e colocadas dentro da INIPI, espcie de iglu montada com galhos de rvore ou bamb, fazendo assim a rplica do tero da Me-Terra. estas pedras quentes entram no ventre da me, nos acolhendo em seu manto de purificao dos corpos Fsico, Emocional, Mental e Espiritual. Com a forte liberao de toxinas, pode-se deixar o corpo e a mente livre de pensamentos para que o Esprito possa voar e ter as mais altas experincias e recordaes... ...e logo depois, na sequncia, acontece um RITUAL XAMNICO na fogueira! Traga seu tambor, sua marac e sua energia xamnica para este ritual de poder na Fogueira Sagrada. Aps seu esprito renascer e ser purificado no tero da Me-Terra, atravs do Temazcal, agora ele estar pronto para decolar junto com os espritos xams nesta noite de fogueira e muita energia xamnica. topo Ritual do Cachimbo Sagrado O ritual comea com o xam invocando os guias e mentores espirituais e honrando o

Esprito do Tabaco. As pessoas se sentam em crculo, geralmente com uma fogueira no centro, e o xam tem o uso da palavra. Cada pessoa da roda pega o cachimbo do irmo da esquerda, abastece de tabaco e ascende, passando o Cachimbo Sagrado aceso para o dono, dando incio s preces, oraes e intenses. Depois o xam inicia a benzeo e pajelana no crculo, comandando os elementais silfos e slfedes, do elemento ar, a potencializarem a fumaa que sobe para o Mundo dos Espritos. Em outro momento as pessoas se dividem, para compartilhar sua experincia, este o perodo de muitos desbloqueios, pois jogando para fora seus problemas e ouvindo os problemas das pessoas, conseguimos assimilar e compreender mais perfeitamente nossos prprios problemas. Todo o ritual realizado na atmosfera do silncio, outra caracterstica muito profunda do Ritual do Cachimbo Sagrado, o silncio dinamiza o ar, o que proporciona uma atmosfera ideal para se comunicar com o Mundo dos Espritos. O ritual finalizado com o Momento da Gratido, onde agradecemos a todas as energias e espritos que vieram ao ritual para trazer seus aprendizados e ensinamentos. topo Ritual e Celebrao R'XA -REIKI XAMNICO ANCESTRAL Neste ritual apenas podero participar aquelas pessoas que j foram iniciadas no R'XA (REIKI XAMNICO ANCESTRAL). realizado um trabalho muito profundo de cura para o planeta. A energia canalizada e enviada para os pontos da Me-Terra que mais precisam de cura, como florestas desmatadas, rios e mares poludos, regies desrticas, geleiras, camada de oznio, lenes d'gua, placas tectnicas, entre outros. A energia canalizada pelos rxanianos uma energia de 7a dimenso, que visa destruir toda energia de ignorncia causada inconsequentemente pelo homem. Para maiores informaes sobre R'XA, clique aqui! topo Ritual de Cura Reiki Ritual sagrado com a egrgora reikiana. Neste ritual trabalhado toda a cura dos chakras em um nvel fsico e superior, pois como se trata de um ritual com a bebida sagrada ayahuaska, os nveis de energia se potencializam trazendo cura em todos os nveis de conscincia e energtico. Neste ritual tambm ocorre cirurgias espirituais, transplantes espirituais, curas fsicas, curas emocionais, cura de traumas e muito mais. Este ritual foi inspirado pelo meu mentor e mestre espiritual da Energia Reiki no qual o

mesmo se torna o canal da energia que trar a cura para o local e as pessoas que participam do ritual. topo Ritual do Rap O rap o tabaco modo, preparado para ser inalado em rituais de limpeza e energizao indgena. Neste ritual o xam invoca o Esprito do Tabaco e inala o rap em todas as pessoas presentes no ritual, para entrarem em estado alterado de conscincia, onde todo o trabalho de cura realizado. Aps esse ritual de pajelana com o rap voc se sentir mais disposto e forte energeticamente, notando claramente que foi efetuado uma grande limpeza nos corpos fisico, emocional, mental e espiritual. topo Roda de Tambor A Roda de Tambor uma cerimnia de agradecimento ao Grande Esprito e MeTerra, onde os guardies das 4 Sagradas Direes so homenageados e honrados, assim como os 4 elementos, os 4 cls e a Roda de Medicina. Nesta roda cantamos e danamos ao som do sagrado tambor, como auto-expresso de nossos sentimentos, amor pelo dom da vida e pela eternidade! Ao mesmo tempo o som nativo do tambor trar cura e compreenso, nos remeter a experincias passadas e respeito por nossa ancestralidade! Nesta Roda de Poder o esprito do tambor conversar com voc, mas no atravs de palavras, mas atravs do corao. topo Cerimnia de Iniciao da Ordem dos Jhankris Aps o aluno receber os ensinamentos de seu mestre xam e ser aprovado pelo mestre, o mesmo est pronto para receber a shkti do mestre e de seus ancestrais. Atravs de um Cerimnia de Iniciao em um local de poder secreto, o mestre e seus alunos passam dias, realizando os ltimos testes antes do aluno ser iniciado. Caso o aluno tenha passado pelos testes finais, o mesmo poder ser iniciado e integrado assim, egrgora espiritual do seu mestre xam. So dias energeticamente intensos, de testes espirituais profundos, sob a bebida sagrada dos xams, Ayahuasca. Na Sagrada Tradio Xamanismo Ancestral, s podero participar da Cerimnia de Iniciao, os alunos que concluram com xito, e que foram aprovados no curso INICIAO AO XAMANISMO ANCESTRAL. Festival de Solstcio de Inverno

O Solstcio de Inverno d-se quando o sol est mais distante do hemisfrio sul do planeta e quando entra no signo de Cncer, o signo mais sentimentalista do zodaco. O Deus Sol, Surya, emana sua energia para a Me-Terra de maneira muito fraca, o tempo torna-se frio e a noite mais longa. Os povos indgenas sempre utilizaram a natureza como uma fonte de sabedoria para saber como viver, considerando o movimento do sol, as correntes do vento e a poca das chuvas para determinar o momento propcio para obter alimentos. Desde tempos imemoriais ele se valeu da observao da natureza para determinar quando tempo de semear e quando tempo de colher. por isso que para o Xamanismo o festival do Solsticio de Inverno compreende uma srie de simbolismos que corroboram a inter-relao que existe entre o indgena e a natureza. Para a Sagrada Tradio Xamanismo Ancestral este o ciclo no qual os espritos de nossos ancestrais esto mais prximos dos vivos, e o vu entre os dois mundos torna-se mais fino e transparente. Por essa razo os xams ancestrais celebram o festival de Solstcio de Inverno convidando os espritos ancestrais para se funtar festa, com finalidade de ensinar os antigos segredos, tradies e sabedorias. Para os xams ancestrais no Inverno que aprendemos o conhecimento do Sagrado, como meditar e como reconhecer o poder do pensamento, atravs da orao. Assim, revelamos nossa eterna gratido ao Grande Esprito. topo Festival de Equincio da Primavera O Equincio da Primavera marca a estao mais florida do ano, quando o Sol passa exatamente sobre a linha do equador e entra no signo de Libra, o signo mais equilibrado do zodaco. Para a Sagrada Tradio Xamanismo Ancestral este festival marca o ciclo do renascimento e da fertilidade, o despertar da vida na terra e dedicado nossa primeira me, a Me-Terra, em especial as plantas e s florestas. Para os xams ancestrais este o ciclo que nos ensina a colocarmos o carro na frente dos bois e ver o que estamos tentando realizar antes de olhar as limitaes. um ato de criao, do tipo de futuro que queremos para nossa alma. a preparao para a morte. Morrer para a matria e renascer para o esprito. topo Festival de Solstcio de Vero O Solstcio de Vero d-se quando o sol est mais distante do hemisfrio norte do planeta e quando entra no signo de Capricrnio, o signo mais responsvel do zodaco. O Deus Sol, Surya, emana sua energia para a Me-Terra de maneira intensa, o tempo torna-se mais quente e o dia mais longo.

Para a Sagrada Tradio Xamanismo Ancestral este festival tanto dedicado ao Deus Sol, Surya, como para a Me-Terra, pois tanto um festival de fogo quanto um festival da gua; o fogo sendo um aspecto do Deus Surya e a gua um aspecto da Me-Terra. A Me-Terra e o Deus Surya esto no xtase de sua unio e vemos a Natureza cheia de frutos e flores belos. o pice do amor passional entre ambos; a Me-Terra reina como a Rainha do Vero e o Deus Surya aproveita seu auge, pois depois comear o seu declnio at o renascer do Inverno. Para os xams ancestrais o Vero nos faz lembrar que a mudana a essncia da vida, pois tudo carrega dentro de si a semente do seu oposto. O Sol est com seu poder no auge, mas a partir da comea a decair. Vida e morte fazem parte de todos os aspectos na Natureza e em nossas vidas. Por isso este o ciclo ideal para nos livrarmos do passado, do mesmo modo que a serpente livra-se de sua pele. Para o xam este um ato de poder. Livramo-nos no s da dor, mas tambm da alegria que tivemos do passado. Ao livrarmo-nos do passado, reconheceremos e perdoaremos aqueles que nos prejudicaram e a quem ns prejudicamos. topo Festival de Equincio de Outono O Equincio de Outono d-se quando o So