File Download

Click here to load reader

  • date post

    10-Aug-2015
  • Category

    Documents

  • view

    257
  • download

    1

Embed Size (px)

Transcript of File Download

CANDIDATURA FALAR VERDADE /// TODOS PELO SPORTING / 1

TRANSPARNCIA Os scios devem saber a real situao econmica em que o clube se encontra. Verdade e rigor na relao e comunicao com scios, adeptos e parceiros do clube (os seus stakeholders). RENOVAO Equipa coesa, jovem e profundamente conhecedora da realidade do clube. O Clube no dispe de tempo para experimentalismos ou perodos de aprendizagem. Uma equipa credvel ao servio do clube e dos seus adeptos. RIGOR Reequilbrio financeiro como instrumento essencial e prioritrio de alavancagem da poltica desportiva. Devolver a credibilidade. Profissionalizao e gesto integrada do clube. CONHECIMENTO E GESTO DESPORTIVA Futebol profissional e modalidades do clube entregues a profissionais experientes e conhecedores da realidade desportiva. Aposta na formao. UNIR Contribuir para a pacificao do clube e mobilizao da massa adepta do Clube. Uma poltica clara, objectiva em que todos se possam rever. INOVAR Apostar na marca Sporting. Potenciar novas fontes de receita. Reforar a influncia do clube na sociedade portuguesa e nos rgos de deciso do futebol portugus. Novas parcerias comerciais.

2 / CANDIDATURA FALAR VERDADE /// TODOS PELO SPORTING

Jos Peyroteo Couceiro

MENSAGEM AOS SPORTINGUISTAS

Fernando Peyroteo, Um dos Cinco violinos, melhor marcador de sempre do Sporting e do futebol nacional

4 / CANDIDATURA FALAR VERDADE /// TODOS PELO SPORTING

com profundo orgulho e satisfao que vos anuncio que sou candidato Presidncia do Sporting Clube de Portugal. Tenho a noo das dificuldades que o nosso Clube enfrenta e dos desafios que nos sero colocados. Por entender que o Sporting vive um momento difcil, com uma grave crise financeira, aliada a uma deficiente gesto desportiva, cuja real extenso e gravidade ainda desconhecemos, nosso dever, enquanto Sportinguistas, encontrar solues para o Clube. Somos uma equipa coesa, solidria e competente, mas que, acima de tudo, tem conhecimento e experincia para gerir o futebol, as modalidades e a formao desportiva. Queremos unir a famlia leonina em torno desta candidatura e, por isso, num sinal claro que somos todos pelo Sporting, convidmos o nosso conscio n 1, Dr. Salvador Marques, para presidir Comisso de Honra, que ser composta por todos os Sportinguistas. Nesta campanha vamos falar a verdade e abordar de forma sria os problemas do Sporting. Mas, to importante como identificar os problemas, saber encontrar solues. Da nossa parte, os sportinguistas no iro ouvir propostas demaggicas ou irrealistas. Assumimos o compromisso de realizar uma campanha positiva, elevada e mobilizadora, dignificando o nome e a imagem do Sporting.

Todos pelo Sporting. Viva o Sporting!

CANDIDATURA FALAR VERDADE /// TODOS PELO SPORTING / 5

CANDIDATURA FALAR VERDADE /// TODOS PELO SPORTING

PROGRAMA DE ACOMais um acto eleitoral se aproxima e, nesse sentido, a candidatura Falar Verdade Todos pelo Sporting apresenta os traos gerais do seu Plano de Aco para os prximos quatro anos. Mais do que um acto eleitoral, assume-se como um momento decisivo para a vida do nosso Sporting Clube de Portugal, um momento de viragem, que apesar de conscientes da conjuntura adversa a CANDIDATURA FALAR VERDADE TODOS PELO SPORTING, est confiante em devolver a Glria ao Sporting Clube de Portugal, com muito Esforo, Dedicao e Devoo. Para tal desiderato, esta candidatura apresenta um programa de aco credvel e realista, que permita ao Sporting alavancar as bases para um futuro que se pretende cada vez mais promissor. Chegou a hora de acabar com as promessas irrealistas, com os sonhos adiados. Chegou a hora de falar aos Sportinguistas. Com transparncia. Com Rigor. Com Verdade. O lema da nossa candidatura pretende ser congregador e, acima de tudo, mobilizador, queremos todos os Sportinguistas mais prximos do clube. Acabou o tempo de um Sporting dividido. Temos mais de Cem Anos de Histria. Somos um Clube Centenrio. Orgulhamo-nos do nosso Passado, queremos construir o nosso Presente. Queremos assegurar um Futuro sustentvel para o Sporting Clube de Portugal. Somos uma equipa jovem, dinmica, com um profundo knowhow da prtica e gesto desportiva, que estar ao servio do Sporting Clube de Portugal. Porque queremos falar a verdade, este documento estratgico foi definindo com base em seis linhas de aco: Finanas, Futebol, Modalidades, Scios e Adeptos, Comunicao & Marketing e Patriomnio e Infra-Estruturas Desportivas.

1. Finanas A atual situao econmico-financeira do Grupo Sporting, nomeadamente da sua participada SCP Futebol SAD, implica a necessidade urgente da sua reestruturao financeira e operacional. O Sporting tem um grave problema de sustentabilidade financeira e econmica, uma vez que os gastos do clube e da SAD so deficitrios de forma crnica. De acordo com os relatrios e contas publicados, a SAD gerou prejuzos no exerccio de 2012 de 45 milhes de euros, sendo que o resultado operacional i.e. antes de gastos e proveitos financeiros - foi de 41 milhes de euros negativos. O passivo financeiro do clube superior a 230 milhes de euros e o passivo global do clube, incluindo as VMOC ascender a mais de 350 milhes de Euros. Com receitas anuais (clube e SAD) de cerca de 42 milhes de Euros e gastos no futebol profissional de cerca de 60 milhes em 2012, a que devero somar-se gastos com fornecedores e gesto da dvida cujo valor rondar os 17 milhes de euros/ano, o Sporting encontra-se numa situao dramtica. Limitado nas opes de gesto receitas futuras antecipadas e passes de jogadores mais jovens alienados a fundos de investimento, a margem de manobra dos prximos rgos sociais encontra-se fortemente limitada. Limitada para solver as obrigaes dirias do clube, limitada no investimento e na margem de manobra para gerir a poltica desportiva. Sejamos claros: o Sporting vive momentos crticos na sua histria grandiosa, sendo urgente e imperioso repor o equilbrio financeiro sob pena de comprometermos de forma definitiva e irreversvel o futuro do clube. Falar verdade aos scios, adeptos e todos os nossos parceiros a nica forma de repormos a credibilidade do clube. Sejamos claros: trata-se de um trabalho rduo, exigente e para ser cumprido ao longo de um mandato. Pagar salrios a jogadores e colaboradores, assegurar o licenciamento do clube nas competies europeias so a prioridade no imediato. Apurar a verdadeira dimenso da situao do clube tarefa que cumpre assegurar com a entrada em funo destes rgos sociais aps as eleies, sendo imperioso e exigvel que os atuais corpos sociais assegurem o cumprimento das obrigaes contratuais do clube at data de sada de funes.

CANDIDATURA FALAR VERDADE /// TODOS PELO SPORTING

Reestruturao Operacional. .

A reestruturao operacional tem como objetivo corrigir o dfice operacional recorrente verificado nos ltimos anos e que, a manter-se, implicar consequncias gravosas a nvel das regras de Financial Fair Play da UEFA. A reestruturao operacional implicar numa primeira fase, independentemente do objetivo sempre presente do aumento das receitas, uma forte reduo dos custos operacionais visando que os mesmos sejam inferiores s receitas, e ser conseguido essencialmente atravs duma reduo dos custos com pessoal da SAD a implementar imediatamente na poca 2013/14 e assente numa maior aposta nos jogadores formados na Academia que potencie igualmente a realizao de mais-valias futuras significativas.

Reestruturao Financeira. .

.

A reestruturao financeira tem como objetivo a consolidao financeira do Grupo Sporting e baseia-se numa reestruturao do Passivo a negociar com os nossos principais credores e na eventual entrada de investidores no capital da SAD. Estamos absolutamente conscientes que o caminho a percorrer para salvar o Clube do abismo em que se encontra extremamente difcil e cheio de obstculos, podendo implicar a adopo, em alguns momento, de medidas dolorosas. O principal objetivo da nossa candidatura a restaurao da credibilidade do nosso Clube, colocando-o na rota de sucesso desportivo. Criao de uma Comisso Econmico-Financeira O Conselho Directivo do Sporting Clube de Portugal convidar personalidades de reconhecido valor na rea econmico-financeira para colaborar na resoluo da situao do Grupo Sporting.

.

Abertura do Capital Social da SAD.

Vrios modelos podero ser considerados para a entrada de investidores no capital da SAD, sendo que, em qualquer dos cenrios que venha a ser adoptado, os superiores interesses do Sporting Clube de Portugal devero ser sempre devidamente salvaguardados. No entanto esta deciso caber sempre aos associados do Clube que em Assembleia Geral decidiro este tema.

Exemplo de medidas a implementar:. .

.

Levantamento e apuramento exaustivo da actual situao financeira e econmica do clube imediatamente aps a entrada destes rgos sociais; Implementao com os nossos parceiros de plano de tesouraria de modo a assegurar o cumprimento das obrigaes contratuais do clube em funo do oramento aprovado e em execuo pelos rgos sociais demissionrios; Elaborao de rigoroso plano de reequilbrio financeiro do clube e da SAD assente nos seguintes princpios: . Reduo significativa dos custos salariais e amortizaes da equipa profissional de futebol profissional do clube, a implementar na prxima poca desportiva, o que implica necessariamente a aposta nos jogadores da formao; . Renegociao de passivo com parceiros do clube de modo a concluir o processo de restruturao financeira; . Reduo dos gastos com fornecimentos e servios externos; . o Concluso do processo de fuso da SPM na SAD de modo a repor algum equilbrio nos capitais prprios da SAD, medida essencial, mas insuficiente, para criar condies ao licenciamento do clube nas competies europeias da poca 2013/2014; . Desenvolvimento da rede de informatizao dos servios do clube, nomeadamente no tratamento de dados dos scios do clube e ncleos;

CANDIDATURA FALAR VERDADE