Avaliacao Servico Social

Click here to load reader

  • date post

    07-Apr-2018
  • Category

    Documents

  • view

    218
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Avaliacao Servico Social

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    1/25

    Avaliao e Interveno do

    Servio Social

    Cristiana Ferreira Assis XavierAssistente Social

    Especialista em Gerontologia

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    2/25

    ENVELHECIMENTO SOCIAL

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    3/25

    Eu no tinha essas mos paradas, frias e mortas;

    Eu no tinha esse corao que nem se mostra; eu

    no dei por essa mudana to certa, to simples,

    to fcil; Em que espelho ficou perdido minha

    face?

    (Ceclia Meireles)

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    4/25

    Envelhecimento Social

    um processo freqentemente lento que leva progressiva perda de contatos sociais

    gratificantes. um processo que se iniciaem algum momento da vida de um dado serhumano, acentua-se em diferentes ocasies

    e, atravs de avanos e recuos nem sempremuito precisos, pode levar chamadamorte social.

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    5/25

    INDICADORES

    So os chamados sinaisou sintomasdo envelhecimento social, vejamos

    os principais:

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    6/25

    Progressiva diminuio dos contatos sociais;

    Distanciamento social;

    Progressiva perda do poder de deciso;

    Progressivo esvaziamento dos papis sociais;

    Gradativa perda da autonomia e independncia;

    Alteraes nos processos de comunicao;

    Crescente importncia do passado.

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    7/25

    QUAIS AS PRINCIPAIS CAUSASQUE PODEM ACELERAR ESSEPROCESSO?

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    8/25

    2 A fragilidade do prprio idoso;

    2 Perda do poder econmico do idoso;

    2 Perda da autoridade;

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    9/25

    Dentre os fatores que contribuem para o envelhecimentosocial, convm destacar:

    OMeio Ambiente

    Degenerescncias Fsicas

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    10/25

    Para qualquer idade, o ambiente exerce influncia sobreos seus habitantes.

    O modo pelo qual cada indivduo se sente em relao aomesmo est diretamente relacionado aos seguintesaspectos:

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    11/25

    A composio demogrfica do meioambiente;

    Expectativas da sociedade;

    Equipamentos sociais;

    Condies de moradia.

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    12/25

    Quanto ao 2 fator, as mudanas que ocorrem ao longo do

    processo de envelhecimento, destacamos:

    Progressivo enfeamento um processolento e sutil, produto direto de transformaes,

    deformaes e perdas;

    Perdas sensoriais so as perdas oudiminuio da viso, audio, etc;

    Declnio da memria pode resultar noafastamento total dos membros da famlia.

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    13/25

    Assistncia Social XIdoso

    De acordo com a Lei Orgnica de Assistncia Social -LOAS n 8.742, 7 de dezembro de 1993, que regulamentaa Constituio de 88 (artigos 203 e 204):

    ARTIGO 1 A Assistncia Social, direito do cidado edever do Estado, poltica de Seguridade Social nocontributiva, que prov os mnimos sociais, realizadaatravs de um conjunto integrado de aes, de iniciativa

    pblica e da sociedade,para garantir o atendimento snecessidades bsicas.

    SUAS SISTEMA NICODE ASSISTNCIA SOCIAL/CRAS

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    14/25

    1.O Profissional :O assistente social aquele profissional que atua na elaborao,

    junto ao paciente e seu entorno social, de estratgias de inclusodestes no usufruto de seus direitos e de mobilizao para seu

    protagonismo e empoderamento.

    2. A Interveno :

    A interveno do assistente social se d a partir do conhecimentoaprofundado do contexto scio-econmico, cultural e familiar

    do cliente/famlia com a finalidade de possibilitar a elaboraodo diagnstico social, tendo em vista um plano de ao.

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    15/25

    A interveno do Servio Social remete a

    reflexes e tomadas de deciso sobre os

    diversos aspectos que envolvem a sade do

    idoso, acesso ao tratamento e garantia de seusdireitos na participao desse processo.

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    16/25

    Objetivo da Interveno

    Prestar assistncia s situaes problema,

    mas tambm promover a preveno deproblemas sociais, a reabilitao e areinsero social de pessoas, grupos oucomunidades.

    Queiroz e Lemos

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    17/25

    Algumas variveis relevantes a respeito da

    realidade do idoso:

    Meio Rural ou Urbano

    Classe Social/ OPoder Econmico e poltico O Grupo Profissional

    A Cultura

    A Ideologia Dominante

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    18/25

    Procedimentos Metodolgicos -

    Instru

    mentais: Entrevistas de avaliao e orientao com a pessoa idosa efamiliares/representantes legais

    Acompanhamento e estudo interdisciplinar de caso

    Encaminhamentos insero na rede de suporte social

    Visita tcnicas domiciliares e institucionais

    Trabalho com grupos: pessoas idosas, familiares,cuidadores

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    19/25

    Avaliao Scio-Familiar

    OProtocolo de Avaliao Scio-familiar um instrumental que possibilitaao profissional, dimensionar a demanda, a realidade e os recursos eestratgias j existentes.Na avaliao para interveno scio-familiar soconsiderados os seguintes aspectos sobre a realidade do paciente:

    Dados de identificao pessoal da pessoa idosa; Quadro clnico e histria de vida;

    Identificao da demanda e solicitante;

    Ambiente fsico/ Situao habitacional;

    Composio e dinmica familiar;

    Situao financeira, previdenciria e assistencial dopaciente e da famlia (residente e no residente);

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    20/25

    Nvel de autonomia e independncia da pessoa idosa;

    Necessidades e recursos para assistncia pessoa idosa;

    Dados sobre o cuidador;

    Riscos sociais;

    Identificao do tcnico, local e data da entrevista,observaes gerais sobre o processo da entrevista;

    Parecer tcnico.

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    21/25

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    22/25

    4.Encaminhamento a recursos e Rede deServios

    Para o alcance aos servios e recursos jexistentes, o profissional deve facilitar o acesso egarantir a acolhida da demanda pelos servios-

    encaminhamento responsvel.

    Para tanto deve conhecer a rede scio-assistencialdo municpio e recursos disponveis, aliando onvel de complexidade da necessidade modalidade do servio ou recurso dentro de umaperspectiva de rede e sistema intersetorial edescentralizado

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    23/25

    Deve-se buscar uma interveno quecompreenda os indivduos inseridos em seus

    contextos scio-familiares; Contribuir para a diviso de

    responsabilidades entre o idoso, a famlia, o

    PoderPblico

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    24/25

    Garantias legais e rgos de defesa de direitos:Promotorias, Delegacia, Conselho, Defensoria ou Servios

    Jurdicos. Em termos de marcos legais, a legislao mais atual e

    fundamental utilizada a Poltica Nacional do Idoso e oEstatuto do Idoso.

    Nessa legislao, para a interveno do Servio Social,podem ser destacados como principais bases para otrabalho, os seguintes pontos:

    Preservao dos vnculos familiares; Responsabilizao das famlias;

    Direitos garantidos: fundamentais e de proteo; Qualidade e disponibilidade de recursos; Existncia e articulao da rede assistencial: pblica,

    privada, ONGs, famlias, rede solidria.

  • 8/6/2019 Avaliacao Servico Social

    25/25

    Todas as aes em sade do idoso, como o

    previsto na referida Poltica, devem objetivar ao

    mximo manter o idoso na comunidade, junto

    sua famlia, da forma mais digna e confortvel

    possvel. Seu deslocamento para um servio de

    longa permanncia, seja ele um hospital de longa

    permanncia, asilo,casa de repouso ou similar,

    pode ser considerada uma alternativa, somente

    quando falharem todos os esforos anteriores

    (Galinsky, 1993).