Caderno de Avaliação - .Caderno de Avaliação 2013 | Desenho Industrial - Prog. Visual 6...

download Caderno de Avaliação - .Caderno de Avaliação 2013 | Desenho Industrial - Prog. Visual 6 ferramentas

of 112

  • date post

    30-Dec-2018
  • Category

    Documents

  • view

    213
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Caderno de Avaliação - .Caderno de Avaliação 2013 | Desenho Industrial - Prog. Visual 6...

Universidade Federal do Esprito Santo | Pr-Reitoria de Graduao

1

Caderno de Avaliao

Centro de Artes

Universidade Federal do Esprito SantoPr-Reitoria de Graduao

Pr-Reitoria de GraduaoUNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPRITO SANTO Desenho Industrial

GRADUAOUFES

Prog. Visual - 95

Universidade Federal do Esprito Santo

ReitorReinaldo Centoducatte

Pr-Reitor de AdministraoAmarlio Ferreira Neto

Pr-Reitor de ExtensoAparecido Jos Cirillo

Pr-Reitora de GraduaoMaria Auxiliadora de Carvalho Corassa

Pr-Reitora de Gesto de Pessoas e Assistncia EstudantilMaria Lucia Casate

Pr-Reitor de Planejamento e Desenvolvimento InstitucionalMaximilian Serguei Mesquita

Pr-Reitor de Pesquisa e Ps-GraduaoNeyval Costa Reis Junior

Secretria de Relaes InternacionaisJane Mri Santos

Superintendente de Cultura e ComunicaoRuth Reis

Chefia de Gabinete do ReitorEdebrande Cavalieri

Ouvidor-GeralRicardo Roberto Behr

Prefeito UniversitrioRenato Carlos Schwab Alves

PR-REITORIA DE GRADUAO

Maria Auxiliadora de Carvalho CorassaPr-Reitora de Graduao

Silvana VentorimDiretora do Departamento de Desenvolvimento Pedaggico

Itamar Mendes da SilvaDiretor do Departamento de Apoio Acadmico ao Estudante

Vera Lcia Bergami PereiraDiretora do Departamento de Registro e Controle Acadmico

EQUIPE PROGRADAlexandre Barcelos Jnior Bruno Costa OliveiraCalebe Pires MartinsJanaina Campos LopesJoo Batista LopesJos de Oliveira Maciel FilhoLiliane Dias Heringer CasotteLucas Pacif do Prado MunizLudmila Gonalves MartinsWalace Santana

BolsistasAlexandre da Silva Fagundes Artur Jac FilhoFernanda Silva SouzaGabriela Romanha Geane Antonia PaziniGisele MartinsLorena Gomes VasconcelosLuciano Ramos de JesusThaylisson de Paula Rosa

PROjETO GRFICO

Superintendncia de Cultura e Comunicao

DIAGRAMAO

Superintendncia de Cultura e ComunicaoAlade Del PupoEliza GobiraJuliana Braga

Laboratrio de Design Instrucional / Ncleo de Ensino a DistnciaAline Marques de OliveiraAndr Victor da Silva VeronezBreno Serafini BarbozaGiulliano Kenzo Costa PereiraMatheus Rocha de Souza RamosPaulo Gustavo dos Santos CaldasSamuelly Ribeiro SilvaThas Andr Imbroisi

Universidade Federal do Esprito Santo | Pr-Reitoria de Graduao

3

Apresentao

Caro(a)s Colegas,

com satisfao que apresentamos este Caderno de Avaliao dos Cursos de Gradua-o, fruto do compromisso da equipe PROGRAD com a misso da Universidade Federal do Esprito Santo e as metas previstas em seu Plano de Desenvolvimento Institucional. Sendo assim, visamos contribuir para o processo de reflexo em relao aos cursos de Graduao e para o fortalecimento da cultura de avaliao institucional.

A partir do traado de um panorama atualizado dos cursos de Graduao presenciais de nossa Universidade, pretendemos no apenas dar-lhes mais visibilidade perante a comu-nidade acadmica, mas principalmente sensibilizar esta comunidade para a necessidade do olhar crtico e da avaliao, por meio da participao coletiva. Deste modo, poderemos planejar e propor aes que favoream a ampliao dos acertos e a soluo de possveis problemas. O objetivo qualificar cada vez mais nossos cursos e intensificar a consolidao da UFES como uma Instituio de Ensino Superior pblica e de qualidade.

Contamos com sua participao para que tenhamos sucesso nesta empreitada!

Maria Auxiliadora de Carvalho CorassaPr-Reitora de Graduao

Caderno de Avaliao 2013 | Desenho Industrial - Prog. Visual

4

Sumrio

Autoavaliao de Cursos de Graduao ..................................................................................... 5

Relatrio de Indicadores de Desempenho ................................................................................. 9

Relatrio de Avaliao Ufes 2012/1 ........................................................................................ 14

Relatrios de Reprovao por Disciplina ................................................................................ 35

Relatrio de Desempenho de Estudantes Optantes pelo Sistema de Reserva de Vagas ................ 58

Relatrio de Acompanhamento de Egressos ............................................................................. 94

Glossrio .............................................................................................................................. 108

Universidade Federal do Esprito Santo | Pr-Reitoria de Graduao

5

Autoavaliao de Cursos de Graduao Ufes

A Poltica de Graduao da UFES vem se pautando nos ltimos anos pela expanso do nmero de estudantes e de cursos presenciais e/ou a distncia, tanto nos campi da capital quanto do interior. Tambm, mostra-se atenta aos processos de incluso social e tnico-racial (acesso de estudantes oriundos da escola pblica e, mais recentemente, pretos, pardos e indgenas), indicando nossa sin-tonia com as demandas sociais emergentes. Paralelamente, tem colocado no centro da discusso, a questo da qualidade da educao ofertada a fim de caracterizar a UFES no somente como uma universidade inclusiva e socialmente responsvel, mas de excelncia na graduao.

Mas, construir a melhoria constante de nossos cursos de graduao passa no somente por melho-rias estruturais, de formao de pessoal (docente e servidor), de flexibilidade, mobilidade e acessi-bilidade aos currculos, mas necessariamente, por se proceder a autoavaliao de cada um desses cursos feita, primeiramente, por seus prprios membros. O objetivo nesse processo obter consci-ncia do real estgio em que se encontra o curso (avanos, dificuldades, necessidades e perspectivas) a fim de se vislumbrar caminhos e se estabelecer metas exequveis, dimensionadas temporalmente e assumidas individual e coletivamente.

A proposio que ora apresentamos pretende, alm de promover o aperfeioamento da Poltica de Graduao da UFES, dar continuidade ao processo de discusso e debate sobre a avaliao realizado sob a coordenao do Departamento de Desenvolvimento Pedaggico da Pr-Reitoria de Graduao (PROGRAD), ainda no ano de 2011.

Na oportunidade, entendeu-se que os Colegiados de cursos de graduao deveriam dispor de algum tempo para implantar as suas Comisses Prprias de Avaliao de Cursos (CPAC) como passo fun-damental em direo autoavaliao. Tambm ficou acordado que os Colegiados e as CPACs que ti-vessem condies poderiam implantar processos de avaliao tendo por base seus Projetos Pedag-gicos de Cursos (PPC), os documentos institucionais (Plano de Desenvolvimento Institucional/PDI, Projeto Pedaggico Institucional/PPI, Estatuto e Regimento) e as exigncias da avaliao de cursos prevista pelo Sistema Nacional de Avaliao da Educao Superior (SINAES). Desde ento, os cursos empreenderam a instalao de suas CPACs e, alguns, conseguiram realizar avaliaes. No momento atual, dispomos na UFES de mais uma estrutura e atores no mbito dos cursos de graduao que deve ser incorporada a este processo que o Ncleo Docente Estruturante (NDE).

Reafirmamos que no bojo da preocupao com a qualidade da educao, com o planejamento do crescimento e com o papel futuro da UFES no curto, mdio e longo prazo, que o debate sobre a avaliao ganha corpo. Porm, no se desconecta do movimento mais geral da sociedade e indica comprometimento com a qualidade da educao, ponto central da Poltica de Graduao da UFES.

A autoavaliao dos cursos de graduao se coloca no mbito da Autoavaliao Institucional (AAI) e se caracteriza como processo de reviso e autoanlise que o curso faz de si, com e para seus sujeitos, onde produz um autorretrato. Esse processo ainda se constitui pedaggico e autoformativo, pois serve aprendizagem institucional e pessoal e, por fim, lana as bases da crtica que podem oferecer

Caderno de Avaliao 2013 | Desenho Industrial - Prog. Visual

6

ferramentas superao de limites e transformao do curso com a criao de possibilidades de avano. Ou seja: avaliar para aprender e avanar.

O avaliar corresponde primeira fase de processo geral do curso que busca a compreenso de seu estado atual, ou seja, tem caractersticas diagnsticas de autoconhecimento. quando o curso ela-bora seu retrato e como um todo e em cada uma de suas partes toma conscincia de suas realizaes, lacunas, necessidades e possibilidades. Tem caracterstica descritivo-qualitativa, mas se apoia no aspecto quantitativo. Se relaciona diretamente com a misso, os princpios, os objetivos e as metas institucionais expressas no PDI que o PPC incorporou; corresponde ao cotejamento crtico entre o idealizado e o realizado e, portanto, tanto mais efetiva quanto mais se tm claros e explcitos prin-cpios, objetivos, metas e misso.

O aprender se expressa a partir da anlise qualitativa que se faz tica e poltica, pois se ancora na reflexo crtica e no julgamento de valor dos pontos fortes e fracos encontrados. quando a comuni-dade acadmica olha seu retrato e se reconhece ou no nele e decide pela alterao ou permanncia de algo adquire autoconscincia.

O momento de avanar surge como decorrncia da aprendizagem que se conseguiu. A perspectiva de avanar surge na medida da profundidade e da efetividade do prprio processo de avaliao. Sig-nifica que as anlises diagnsticas foram precisas e que as reflexes sobre os achados do primeiro momento foram aprofundadas e suficientes para vislumbrar caminhos aos quais todos/as possam comprometer-se com suas parcelas de responsabilidade.

1. Princpios orientadores da Autoavaliao de Cursos de Graduao da UFES:

a. ocorrer articulada autoavaliao institucional;

b. integrar as naturezas formativa e de regulao numa perspectiva de globalidade;

c. deter-se sobre a formao acadmica e profissional;

d. estabelecer um