Caderno de Provas Objetivas ENGENHEIRO ELETRICISTA TIPO 2 · Caderno de Provas Objetivas ENGENHEIRO...

Click here to load reader

  • date post

    08-Feb-2019
  • Category

    Documents

  • view

    220
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Caderno de Provas Objetivas ENGENHEIRO ELETRICISTA TIPO 2 · Caderno de Provas Objetivas ENGENHEIRO...

ENGENHEIRO ELETRICISTA - TIPO 2 Pgina 1

Companhia Docas do Estado de So Paulo

Concurso Pblico 2010 23/5/2010 - TARDE

Caderno de Provas Objetivas

ENGENHEIRO ELETRICISTA

TIPO 2 Ateno! Voc est recebendo um caderno de provas do tipo 2. Portanto, verifique se sua folha de respostas , tambm, do tipo 2. Caso contrrio, notifique imediatamente o fiscal de sala para que sejam tomadas as devidas providncias.

Informaes gerais Voc receber do fiscal de sala o material descrito a seguir: a) uma folha destinada s respostas das questes objetivas formuladas na prova de tipo 2; b) este caderno de prova tipo 2, com o enunciado das 80 (oitenta) questes, sem repetio ou falha.

No ser permitida a permanncia de candidato em sala de prova portando aparelhos eletrnicos como pager, telefone celular, relgio do tipo data bank, walkman, agenda eletrnica, notebook, palmtop, receptor, gravador, mquina fotogrfica, mquina de calcular e/ou similares. Tal infrao pode acarretar eliminao sumria do candidato.

Verifique se o material est em ordem, se seu nome e nmero de inscrio so os que aparecem na folha de respostas.

Ao receber a folha de respostas, sua obrigao: a) ler atentamente as instrues de preenchimento da folha de respostas; b) assinar a folha de respostas.

As questes da prova so identificadas pelo nmero que se situa acima do enunciado.

Voc dever transcrever as respostas da prova para a folha de respostas, que ser o nico documento vlido para a correo da prova.

O preenchimento da folha de respostas, de inteira responsabilidade do candidato, dar-se- mediante utilizao de caneta esferogrfica de cor preta ou azul.

Em hiptese alguma haver substituio das folhas de respostas por erro do candidato.

O tempo disponvel para esta prova ser de cinco horas.

Voc somente poder sair do local de prova 60 (sessenta) minutos aps o seu incio.

Voc somente poder levar consigo o caderno de questes nos ltimos 60 (sessenta) minutos de prova.

Ao terminar a prova, chame o fiscal de sala mais prximo, entregue as folhas de respostas e deixe o local de prova.

ENGENHEIRO ELETRICISTA - TIPO 2 Pgina 2

ENGENHEIRO ELETRICISTA - TIPO 2 Pgina 3

LNGUA PORTUGUESA

Texto para as questes 1 a 15 5 10 15 20 25 30 35 40 45

Perda de oportunidades no trabalho

As empresas vinculadas ao setor de petrleo no Brasil treinaram e formaram mais de 80 mil profissionais desde 2007, em um programa de qualificao que abrange do nvel bsico a cursos de ps-graduao. Mesmo assim, no conseguiram atender a toda a demanda de pessoal qualificado identificada pelo setor. A exemplo do petrleo, vrios outros ramos de atividade industrial, da construo ou de servios tm se envolvido diretamente na formao e treinamento de profissionais que no esto disponveis no mercado.

Nem por isso os ndices de desemprego se tornaram irrelevantes no pas. H muitas pessoas que permanecem sem ocupao por serem inabilitadas s vagas e aos cargos que o mercado oferece. So numerosas oportunidades perdidas que se multiplicaro, se a economia brasileira continuar com seu impulso de crescimento e a qualidade da educao continuar baixa. Afinal, a dificuldade de se formar e qualificar profissionais na velocidade que o mercado hoje demanda se deve, em grande parte, a deficincias do sistema de ensino brasileiro.

Um enorme contingente de jovens deixa as escolas ainda com falta de capacidade de aprender. O ensino tcnico profissionalizante, com honrosas excees, passou anos sem sintonia com o mundo real. A escassez de profissionais qualificados vem forando uma transformao nesse sistema de ensino, e algumas iniciativas inovadoras comeam a apresentar resultados, o que pode motivar a reproduo dessa experincia pelo pas inteiro. No caso do Estado do Rio, merecem ateno os chamados Centros de Vocao Tecnolgica, mais voltados para jovens da regio metropolitana.

Esses centros se diferem do ensino tcnico convencional porque ministram cursos de curta durao (de dois meses a um ano, essencialmente) e buscam atender a demandas especficas de grupos de empresas localizadas em suas proximidades. Os planos das autoridades responsveis por esses centros so de ampliar o nmero de vagas para 54 mil alunos ainda este ano.

O ensino tcnico profissionalizante de fato precisa hoje correr contra o relgio, pois, se persistir a falta de pessoal qualificado, as oportunidades acabam definitivamente perdidas

50 55 60 65 70

pela desistncia dos potenciais empregadores. Mas, simultaneamente a essa premncia de

curto prazo, espera-se que a cadeia de ensino no pas, da pr-escola universidade, acelere ou implante programas que possibilitem um substancial salto de qualidade. Educadores j contam com ferramentas pedaggicas e tecnolgicas que facilitam essa acelerao. O ensino a distncia, mais acessvel graas s telecomunicaes e aos recursos da informtica, pode romper barreiras que antes impediam a universalizao de um sistema educacional de boa qualidade.

O aproveitamento das oportunidades que esto surgindo valioso porque, alm da realizao pessoal na vida profissional, um atalho para melhora dos nveis de renda e de bem-estar de fatias cada vez maiores da populao brasileira.

Ao lado dos indicadores macroeconmicos, precisamos acompanhar os referentes ao sistema de ensino em geral, e, especificamente, os relativos ao ensino profissionalizante. Sem melhorar a educao pblica, milhes continuaro prisioneiros do assistencialismo, e as empresas, desassistidas.

(O Globo, 28/04/2010)

1 Assinale o par de vocbulos em que seus elementos mrficos destacados NO tenham o mesmo sentido. (A) metropolitana (L.36) metrologia (B) petrleo (L.2) petrificar (C) sintonia (L.28) sinergia (D) telecomunicaes (L.59) telepatia (E) economia (L.18) ecologia

2 Sem melhorar a educao pblica, milhes continuaro prisioneiros do assistencialismo, e as empresas, desassistidas. (L.71-73) A respeito da pontuao do perodo acima, analise as afirmativas a seguir: I. A segunda vrgula se justifica por separar sujeitos de

oraes diferentes. II. A terceira vrgula caso de zeugma. III. Ao se retirar o E do perodo, no lugar da vrgula

imediatamente anterior a ele seria melhor vir um ponto e vrgula.

Assinale (A) se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas. (B) se todas as afirmativas estiverem corretas. (C) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas. (D) se nenhuma afirmativa estiver correta. (E) se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas.

ENGENHEIRO ELETRICISTA - TIPO 2 Pgina 4

3 A respeito do que se pode inferir pelas ideias do texto, analise as afirmativas a seguir: I. Ocorre uma disparidade entre a economia brasileira e a

qualidade da educao. II. A escola convencional no vem obtendo xito em ensinar

a aprender. III. Empresas privadas tm sido mais bem-sucedidas que a

iniciativa pblica na formao de jovens. Assinale (A) se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas. (B) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas. (C) se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas. (D) se nenhuma afirmativa estiver correta. (E) se todas as afirmativas estiverem corretas.

4 Mesmo assim, no conseguiram atender a toda a demanda de pessoal qualificado identificada pelo setor. (L.5-7) Independentemente da mudana de sentido provocada em relao ao texto, assinale a alternativa que, com a alterao do verbo sublinhado no trecho acima, NO tenha mantido correo gramatical. (A) Mesmo assim, no conseguiram assistir a toda a

demanda de pessoal qualificado... (B) Mesmo assim, no conseguiram almejar toda a

demanda de pessoal qualificado... (C) Mesmo assim, no conseguiram obedecer toda a

demanda de pessoal qualificado... (D) Mesmo assim, no conseguiram assistir toda a

demanda de pessoal qualificado... (E) Mesmo assim, no conseguiram aspirar a toda a

demanda de pessoal qualificado...

5 Os planos das autoridades responsveis por esses centros so de ampliar o nmero de vagas para 54 mil alunos ainda este ano. (L.42-45) Os pronomes destacados no perodo acima exercem, respectivamente, papel (A) anafrico e ditico. (B) ditico e catafrico. (C) anafrico e catafrico. (D) catafrico e ditico. (E) ditico e anafrico.

6 O ensino tcnico profissionalizante de fato precisa hoje correr contra o relgio, pois, se persistir a falta de pessoal qualificado, as oportunidades acabam definitivamente perdidas pela desistncia dos potenciais empregadores. (L.46-50) O termo sublinhado no perodo acima exerce a funo sinttica de (A) complemento nominal. (B) adjunto adnominal. (C) objeto indireto. (D) agente da passiva. (E) adjunto adverbial.

7 O aproveitamento das oportunidades que esto surgindo valioso porque, alm da realizao pessoal na vida profissional, um atalho para melhora dos nveis de renda e de bem-estar de fatias cada vez maiores da populao brasileira. (L.63-67) No trecho acima, empregou-se corretamente uma das formas do porqu. Assinale a alternativa em que isso NO tenha ocorrido. (A) Ele esperava saber por que, naquele departamento,

sua habilidade no era valorizada. (B) No conseguimos saber por qu, mas tentamos. (C) Vamos destacar as habilidades por que somos

conhecidos. (D) Sem ter por qu, em se falando de habilidades, discutir

mais profundamente, calamo-nos. (E) Porque nossa habilidade no era valorizada no amos

demonstr-la?

8 So numerosas oportunidades perdidas que se multiplicaro, se a economia brasileira continuar com seu impulso de crescimento e a qualidade da educao continuar baixa. (L.17-20) A respeito da composio do perodo acima, analise as afirmativas a seguir: I. H uma orao principal. II. H duas oraes subordinadas adverbiais. III. O perodo composto por coordenao e subordinao. Assinale (A) se nenhuma afirmativa estiver correta. (B) se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas. (C) se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas. (D) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas. (E) se todas as afirmativas estiverem corretas.

9 Assinale a palavra que tenha sido acentuada por regra DISTINTA das demais. (A) distncia (L.58) (B) deficincias (L.23) (C) nvel (L.4) (D) nveis (L.66) (E) relgio (L.47)

10 Mas, simultaneamente a essa premncia de curto prazo, espera-se que a cadeia de ensino no pas, da pr-escola universidade, acelere ou implante programas que possibilitem um substancial salto de qualidade. (L.51-55) Assinale a alternativa que NO pode substituir o termo grifado no perodo acima, sob pena de alterao de sentido. (A) Contudo (B) Porquanto (C) No obstante (D) No entanto (E) Entretanto

ENGENHEIRO ELETRICISTA - TIPO 2 Pgina 5

11 ...algumas iniciativas inovadoras comeam a apresentar resultados, o que pode motivar a reproduo dessa experincia pelo pas inteiro. (L.31-33) No trecho acima, h quantos artigos? (A) Nenhum. (B) Quatro. (C) Trs. (D) Dois. (E) Um.

12 Partindo da ideia de que o texto pode ser dividido em quatro partes, assinale a alternativa que apresente a delimitao correta de cada parte. (A) parte I: linhas 1 a 24 / parte II: linhas 25 a 50 / parte III:

linhas 51 a 67 / parte IV: linhas 68 a 73 (B) parte I: linhas 1 a 24 / parte II: linhas 25 a 45 / parte III:

linhas 46 a 62 / parte IV: linhas 63 a 73 (C) parte I: linhas 1 a 12 / parte II: linhas 13 a 50 / parte III:

linhas 51 a 67 / parte IV: linhas 68 a 73 (D) parte I: linhas 1 a 12 / parte II: linhas 13 a 62 / parte III:

linhas 63 a 67 / parte IV: linhas 68 a 73 (E) parte I: linhas 1 a 12 / parte II: linhas 13 a 45 / parte III:

linhas 46 a 62 / parte IV: linhas 63 a 73

13 Assinale o termo que exera, no texto, a mesma funo sinttica que a essa premncia de curto prazo (L.51-52). (A) pelo setor (L.7) (B) na formao e treinamento (L.10) (C) de pessoal qualificado (L.48) (D) de grupos de empresas (L.40-41) (E) do sistema de ensino brasileiro (L.23-24)

14 A exemplo do petrleo, vrios outros ramos de atividade industrial, da construo ou de servios tm se envolvido diretamente na formao e treinamento de profissionais que no esto disponveis no mercado. (L.7-12) Assinale a alternativa que, com a alterao do trecho acima, manteve integridade semntica em relao ao texto mas NO apresentou correo gramatical do ponto de vista do portugus brasileiro contemporneo. (A) A exemplo do petrleo, vrios outros ramos de

atividade industrial, da construo ou de servios tm se envolvido diretamente na formao e treinamento de profissionais, que no esto disponveis no mercado.

(B) A exemplo do petrleo, vrios outros ramos de atividade industrial, da construo ou de servios tm envolvido-se diretamente na formao e treinamento de profissionais que no esto disponveis no mercado.

(C) A exemplo do petrleo, vrios outros ramos de atividade industrial, da construo ou de servios se tm envolvido diretamente na formao e treinamento de profissionais que no esto disponveis no mercado.

(D) A exemplo do petrleo, vrios outros ramos de atividade industrial, da construo ou de servios tm-se envolvido diretamente na formao e treinamento de profissionais que no esto disponveis no mercado.

(E) A exemplo do petrleo, vrios outros ramos de atividade industrial, da construo ou de servios tm-se envolvido diretamente na formao e treinamento de profissionais, que no esto disponveis no mercado.

15 O texto classifica-se como (A) narrativo. (B) dissertativo expositivo. (C) descritivo. (D) descritivo-narrativo. (E) dissertativo argumentativo.

Texto para as questes 16 a 18

(Fernando Gonsales. Benedito Cujo.)

CORAO, VOC NO LIGA MAIS PRA MIM!

FALA A VERDADE! TEM OUTRA NA

JOGADA!!

SIM, TEM A MARTA MTICA, A FIFSICA, A ISABELA

PERIDICA...

ENGENHEIRO ELETRICISTA - TIPO 2 Pgina 6

16 No segundo quadrinho, adequando a linguagem ao padro culto e em correspondncia ao tratamento do interlocutor do primeiro quadrinho, assinale a alternativa correta. Despreze o uso das grias. (A) Fale a verdade! Tem outra na jogada!! (B) Falai a verdade! Existe outra na jogada!! (C) Fala a verdade! Existe outra na jogada!! (D) Fale a verdade! H outra na jogada!! (E) Fala a verdade! H outra na jogada!!

17 Em relao leitura do quadrinho, analise as afirmativas a seguir: I. No primeiro quadrinho h uma ambiguidade que no

interfere no entendimento global do texto. II. Pode-se depreender que o rapaz anda envolvido com

estudo e provas, provavelmente vestibulares. III. Pode-se inferir que o rapaz dissimulou e no respondeu ao

questionamento da moa. Assinale (A) se nenhuma afirmativa estiver correta. (B) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas. (C) se todas as afirmativas estiverem corretas. (D) se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas. (E) se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas.

18 Em relao passagem da fala do primeiro quadrinho do discurso direto para o indireto, assinale a alternativa correta. (A) Ela disse ao corao dele que ele no liga mais para

ela. (B) Ela disse-lhe que ele, corao, no ligaria mais para ela. (C) Ela disse-lhe que ele, corao, no liga mais para ela. (D) Ela lhe disse que ele no ligava mais para ela. (E) Ela lhe disse que ele no liga mais para ela.

19 Com base no Manual de Redao da Presidncia da Repblica, devem constar do cabealho ou do rodap do ofcio as seguintes informaes do remetente: I. nome do rgo ou setor; II. endereo postal; III. telefone e endereo de correio eletrnico. Analise os itens acima e assinale (A) se apenas os itens I e II estiverem corretos. (B) se todos os itens estiverem corretos. (C) se nenhum item estiver correto. (D) se apenas os itens I e III estiverem corretos. (E) se apenas o item I estiver correto.

20 Com base no Manual de Redao da Presidncia da Repblica, analise as afirmativas a seguir: I. O padro culto nada tem contra a simplicidade de

expresso, desde que no seja confundida com pobreza de expresso. De nenhuma forma o uso do padro culto implica emprego de linguagem rebuscada.

II. No existe propriamente um padro oficial de linguagem; o que h o uso do padro culto nos atos e comunicaes oficiais. O jargo burocrtico, como todo jargo, deve ser evitado, pois ter sempre sua compreenso limitada.

III. A linguagem tcnica deve ser empregada apenas em situaes que a exijam, sendo de evitar o seu uso indiscriminado. Certos rebuscamentos acadmicos, e mesmo o vocabulrio prprio a determinada rea, so de difcil entendimento por quem no esteja com eles familiarizado. Deve-se ter o cuidado, portanto, de explicit-los em comunicaes encaminhadas a outros rgos da administrao e em expedientes dirigidos aos cidados.

Assinale (A) se nenhuma afirmativa estiver correta. (B) se todas as afirmativas estiverem corretas. (C) se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas. (D) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas. (E) se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas.

RACIOCNIO LGICO 21 Um continer tipo Dry Box 40 ps tem medidas internas aproximadas de 12,03m x 2,28m x 2,34m e suporta uma carga mxima de 26527kg. H uma carga com grande quantidade de caixas rgidas, que podem ser empilhadas, com dimenses externas de 1,70m x 0,70m x 1,10m e pesando 650kg cada uma. O nmero mximo dessas caixas que podem ser colocadas em um continer tipo Dry Box 40 ps, atendendo a suas especificaes de carga, (A) 41. (B) 40. (C) 38. (D) 39. (E) 42.

22 Trs amigos foram a um restaurante, e a conta, j includos os 10% de gorjeta, foi de R$ 105,60. Se eles resolveram no pagar os 10% de gorjeta pois acharam que foram mal atendidos e dividiram o pagamento igualmente pelos trs, cada um deles pagou a quantia de (A) R$ 35,20. (B) R$ 31,68. (C) R$ 30,60. (D) R$ 33,00. (E) R$ 32,00.

ENGENHEIRO ELETRICISTA - TIPO 2 Pgina 7

23 H seis contineres diferentes que devero ser empilhados, trs mais pesados embaixo e trs mais leves em cima, conforme sugere a figura:

O nmero de maneiras de se fazer essa arrumao, mantendo os trs mais pesados embaixo e os trs mais leves em cima (A) 6. (B) 72. (C) 36. (D) 9. (E) 18.

24 Se A no azul, ento B amarelo. Se B no amarelo, ento C verde. Se A azul, ento C no verde. Logo, tem-se obrigatoriamente que (A) B no amarelo. (B) A no azul. (C) B amarelo. (D) A azul. (E) C verde.

25 H trs caixas A, B e C. Na caixa A h dez bolas amarelas, na caixa B h dez bolas azuis e na caixa C h dez bolas vermelhas. So retiradas aleatoriamente cinco bolas da caixa A e colocadas na caixa B. A seguir, so retiradas aleatoriamente cinco bolas da caixa B e colocadas na caixa C. Finalmente, so retiradas aleatoriamente cinco bolas da caixa C e colocadas na caixa A. Ao final, tem-se que (A) na caixa B h, no mximo, cinco bolas azuis. (B) na caixa C h, no mnimo, uma bola amarela. (C) na caixa C h, no mximo, cinco bolas azuis. (D) na caixa A h, no mnimo, uma bola vermelha. (E) na caixa A h, no mnimo, seis bolas amarelas.

26 A negao da sentena Se tenho dinheiro, ento sou feliz (A) Tenho dinheiro, e no sou feliz. (B) No tenho dinheiro ou sou feliz. (C) Se no sou feliz, ento no tenho dinheiro. (D) No tenho dinheiro e sou feliz. (E) Se no tenho dinheiro, ento no sou feliz.

27 Observe a sequncia numrica a seguir: 13527911413151761921238.... Mantida a lei de formao, os dois prximos algarismos na sequncia sero (A) 37. (B) 27. (C) 05. (D) 25. (E) 15.

28 De um conjunto de dezoito cartas vermelhas (copas ou ouros) de um baralho, sabe-se que:

pelo menos uma carta de copas;

dadas duas quaisquer dessas cartas, pelo menos uma delas de ouros.

Sobre esse conjunto de dezoito cartas tem-se que (A) exatamente nove so de copas. (B) exatamente doze so de ouros. (C) pelo menos onze so de copas. (D) no mximo onze so de ouros. (E) exatamente dezessete so de ouros.

29 Em cada uma de cinco portas A, B, C , D e E, est escrita uma sentena, conforme a seguir: Porta A : Eu sou a porta de sada. Porta B : A porta de sada a porta C. Porta C : A sentena escrita na porta A verdadeira. Porta D : Se eu sou a porta de sada, ento a porta de sada no a porta E. Porta E : Eu no sou a porta de sada. Sabe-se que dessas cinco sentenas h uma nica verdadeira e que h somente uma porta de sada. A porta de sada a porta (A) A. (B) E. (C) C. (D) B. (E) D.

30 Antnio, Bernardo, Caetano, Dario e Eduardo esto, respectivamente, sobre os vrtices A, B, C, D e E de um pentgono regular, onde os vrtices aparecem nessa ordem no sentido horrio. Em determinado momento, Bernardo, Caetano, Dario e Eduardo caminham em linha reta at Antnio. Sendo b, c, d, e e as distncias percorridas, respectivamente, por Bernardo, Caetano, Dario e Eduardo, tem-se que (A) b=e

ENGENHEIRO ELETRICISTA - TIPO 2 Pgina 8

ATUALIDADES 31 A menos de trs meses para o incio do Censo 2010, o IBGE estima que a populao brasileira esteja por volta de (A) 160 milhes. (B) 190 milhes. (C) 170 milhes. (D) 200 milhes. (E) 180 milhes.

32 A petroleira responsvel pela plataforma que explodiu recentemente no Golfo do Mxico, causando um vazamento gigante de petrleo de nacionalidade (A) mexicana. (B) francesa. (C) britnica. (D) americana. (E) brasileira.

33 O Projeto Ficha Limpa, que impede a candidatura de polticos condenados pela Justia, teve iniciativa (A) do Supremo Tribunal Federal. (B) do Senado Federal. (C) da Cmara dos Deputados. (D) do Ministrio Pblico. (E) popular.

34 Em relao ao pacote de medidas de estmulo s exportaes anunciado pelo governo federal em maio de 2010, analise as afirmativas a seguir: I. Ser criado um banco para financiar as operaes de

comrcio exterior brasileiras. II. A devoluo de crdito tributrio para as empresas

exportadoras ser acelerada. III. As empresas inscritas no Simples Nacional no podero ter

seu poder de atuao ampliado. Assinale (A) se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas. (B) se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas. (C) se nenhuma afirmativa estiver correta. (D) se todas as afirmativas estiverem corretas. (E) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas.

35 Em relao crise europeia, a chanceler alem Angela Merkel apoiou os lderes da zona do euro na tentativa de evitar que a crise na Grcia se espalhe para outros pases, principalmente como (A) Inglaterra e Frana. (B) Itlia e ustria. (C) Rssia e ndia. (D) Frana e Alemanha. (E) Portugal e Espanha.

36 Recentemente, um presidente entrou para o site de microblogs Twitter e atraiu rapidamente 250 mil seguidores. Trata-se do presidente (A) brasileiro. (B) venezuelano. (C) colombiano. (D) paraguaio. (E) boliviano.

37 Com o intuito de debater a criao de uma organizao paralela s Naes Unidas para defender a Terra dos efeitos do aquecimento global, realizou-se em abril de 2010 uma cpula mundial sobre o clima. O evento ocorreu (A) na Bolvia. (B) na Dinamarca. (C) no Canad. (D) na Nova Zelndia. (E) no Chile.

38 A respeito da gripe A (H1N1), analise as afirmativas a seguir: I. A preocupao com uma epidemia da gripe comeou aps

mais de 50 mortes no Mxico em 2009. II. A gripe deixou de ser chamada gripe suna porque se

identificou corretamente o vrus que causava a doena. III. Com a vacinao contra a gripe iniciando-se no Brasil em

2010, a expectativa de que mais de 90 milhes de pessoas sejam vacinadas.

Assinale (A) se nenhuma afirmativa estiver correta. (B) se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas. (C) se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas. (D) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas. (E) se todas as afirmativas estiverem corretas.

39 Em relao produo da Petrobras, analise as afirmativas a seguir: I. Foi alcanado um recorde de produo em abril. II. Dois poos no Amazonas comearam a produzir. III. Nos prximos meses o recorde pode melhorar, com a

entrada em operao dos navios FPSO Cidade de Santos e Capixaba.

Assinale (A) se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas. (B) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas. (C) se nenhuma afirmativa estiver correta. (D) se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas. (E) se todas as afirmativas estiverem corretas.

40 As ltimas eleies legislativas britnicas foram vencidas pelo (A) Sinn Fein. (B) Partido Unionista Democrtico. (C) Partido Conservador. (D) Partido Liberal Democrata. (E) Partido Trabalhista.

ENGENHEIRO ELETRICISTA - TIPO 2 Pgina 9

NOES DE INFORMTICA 41 A respeito do Word 2003, assinale a alternativa correta. (A) Uma vez selecionada a fonte de dados, todos os

registros sero includos na Mala Direta, sem possibilidade de alterao, seleo ou excluso.

(B) As informaes contidas nos contatos do Outlook precisam ser exportadas para uma planilha Excel para servirem como fonte de dados para Mala Direta.

(C) Um documento Word no pode servir como fonte de dados para um documento de Mala Direta.

(D) Planilhas eletrnicas e banco de dados podem servir como fonte de dados para Mala Direta.

(E) possvel usar a ferramenta de Mala Direta apenas para criar cartas, envelopes e etiquetas.

42 Um servidor da CODESP Companhia Docas do Estado de So Paulo est organizando as pastas e arquivos de seu computador e realizou as seguintes aes: I. Clicou com o boto esquerdo sobre o arquivo Planos.doc,

localizado na pasta Documentos2009, e o arrastou para a pasta Documentos2010, localizada na mesma unidade de disco que a pasta Documentos2009.

II. Clicou com o boto esquerdo sobre o arquivo Orcamento2009.xls, localizado na pasta Financeiro, e o arrastou para a pasta FinanceiroBKP, localizada em uma outra unidade de disco.

III. Clicou com o boto esquerdo sobre o arquivo DSC00017.jpg, localizado na pasta Fotos2009, e o arrastou, mantendo a tecla CTRL pressionada, para a pasta Fotos2010, localizada na mesma unidade de disco que a pasta Fotos2009.

IV. Clicou com o boto esquerdo sobre o arquivo Contatos.txt, localizado na pasta Pessoal, e o arrastou, mantendo a tecla SHIFT pressionada, para a pasta RH, localizada em uma outra unidade de disco.

Com base em seus conhecimentos acerca do Windows XP, assinale a afirmativa correta. (A) Ao realizar as aes descritas no item III, o servidor

moveu o arquivo DSC00017.jpg da pasta Fotos2009 para a pasta Fotos2010 e criou um atalho para o arquivo DSC00017.jpg na pasta Fotos2009.

(B) As aes descritas em I e III so impossveis. (C) Ao realizar as aes descritas no item II, o servidor

moveu o arquivo Orcamento2009.xls da pasta Financeiro para a pasta FinanceiroBKP e criou um atalho para o arquivo Orcamento2009.xls na pasta Financeiro.

(D) Ao realizar as aes descritas no item IV, o servidor moveu o arquivo Contatos.txt da pasta Pessoal para a pasta RH.

(E) Ao realizar as aes descritas no item I, o servidor copiou o arquivo Planos.doc da pasta Documentos2009 para a pasta Documentos2010.

43 Em relao a uma pgina aberta no Internet Explorer, assinale a afirmativa INCORRETA. (A) Ao pressionarmos simultaneamente as teclas CTRL + A,

todo o contedo da pgina ser selecionado. (B) Ao pressionarmos simultaneamente as teclas CTRL + T,

ser aberta uma nova guia com contedo exatamente igual pgina que est sendo visitada.

(C) Ao pressionarmos simultaneamente as teclas CTRL + W, a pgina que est sendo visitada ser fechada.

(D) Ao pressionarmos simultaneamente as teclas CTRL + N, ser aberta uma nova janela com contedo exatamente igual pgina que est sendo visitada.

(E) Ao pressionarmos simultaneamente as teclas CTRL + F, encontramos recursos para localizar palavras ou expresses na pgina que est sendo visitada.

44

Um rapaz deseja usar o Excel para analisar as condies de financiamento para compra de uma TV LCD em uma grande loja no shopping. A figura acima mostra uma parte da planilha Excel, assim como a caixa de dilogo Atingir Meta, j preenchida com as seguintes informaes e referncias a clulas:

Definir clula: $B$4 Para valor: 200 Alternando clula: $B$1

A frmula na clula B4 =PGTO (B3/12;B2;B1). Ao se pressionar o boto OK na caixa Atingir Meta, qual o resultado esperado? (A) O valor da prestao mensal resultante do

financiamento de uma TV de R$ 50,00, num plano de 36 meses com juros anuais de 6,00%.

(B) #VALOR, porque a clula B1, onde deveria ser informado o valor do preo da TV, est em branco.

(C) O valor do preo da TV que resultar numa prestao mensal de R$ 50,00, num plano de 36 meses com juros anuais de 6,00%.

(D) O valor da prestao mensal resultante do financiamento de uma TV de R$ 50,00, num plano de 36 meses com juros mensais de 6,00%.

(E) O valor do preo da TV que resultar numa prestao mensal de R$ 50,00, num plano de 36 meses com juros mensais de 6,00%.

ENGENHEIRO ELETRICISTA - TIPO 2 Pgina 10

45 Com base em seus conhecimentos acerca do Windows XP, analise as afirmativas abaixo:

I. Ao clicarmos no boto e posteriormente na

opo , apresentado um submenu, uma lista dos dez documentos recentes.

II. Ao clicarmos no comando Fonte do menu Formatar do

aplicativo , mostrada uma caixa de dilogo com opes para aplicar formatos do tipo: fonte, tamanho da fonte, estilo da fonte, cor da fonte, e estilo de sublinhado.

III. Ao clicarmos no boto , em seguida clicarmos com o boto direito do mouse na opo,

, e selecionarmos a opo Propriedades, aberta a janela de Propriedades do sistema.

IV. A ferramenta de sistema Limpeza de disco do sistema operacional Windows XP reorganiza e otimiza os arquivos de programas utilizados com mais frequncia, ajudando, dessa forma, a liberar espao na sua unidade de disco rgido.

Assinale (A) se apenas a afirmativa IV estiver correta. (B) se nenhuma a afirmativa estiver correta. (C) se apenas a afirmativa I estiver correta. (D) se apenas a afirmativa II estiver correta. (E) se apenas a afirmativa III estiver correta.

INGLS BSICO 5 10 15 20

Towing ships is a dynastic business, hard to establish and harder still to give up. It's built on deep allegiance and cutthroat margins, and its inner workings are full of intrigue and successionary drama: fistfights, lawsuits, power struggles, and disinheritances.

The early tugs were expensive to staff and almost comically difficult to steer. A twelve-hundred-horsepower boat might burn twenty tons of coal in a day and require ten men to shovel it. Every time the tug needed to reverse direction, the engine had to be stopped and re-started, by which point the boat might well have run aground.

Modern tugs are very different beasts. They can have ten thousand horsepower and carry a hundred thousand gallons of fuel. Their propulsion systems have evolved from coal to diesel, from paddle wheel to propeller. Now they may go five thousand miles without changing course. Then, when things finally get interesting - when land heaves into view and headlands rise, when currents intersect and wind barrel down from surrounding slopes, when a narrow channel must be negotiated under bridges, between

25 30 35

breakwaters, and into a crowded port - the tug captain assumes control.

The shipping industry has gone on a construction spree lately, building ships more than a thousand feet long with as much cargo space as eleven thousand trucks. It means that fewer but more powerful tugs are required to tow the same amount of cargo, and shipping schedules have accelerated dramatically. Tugs that could once afford to lie at port for a week or two now have turn-arounds of less than twenty-four hours. It is a new era for tugboats!

(from THE NEW YORKER, April 19, 2010)

46 In the passage, breakwaters (line 25) means (A) dredging machines used for bringing up mud. (B) floodgates used to let water in or out. (C) motor-boats able to skim very fast over the surface of

water. (D) walls built to keep back water to form a reservoir. (E) structures built out into the sea to shelter part of a

harbor.

47 In the passage intersect (line 22) means (A) run parallel to one another. (B) diverge. (C) cross each other. (D) flow slowly. (E) overlap.

48 From lines 1 to 6 we infer that towing ships is a business which (A) guarantees high profit. (B) is passed over from father to son. (C) takes little effort to establish. (D) is easily closed down. (E) is easily set up.

49 According to lines 1 to 6, all the following issues are likely to be inherent in the tugboating business, EXCEPT (A) bodily struggle. (B) inheritance struggles. (C) family skirmishes. (D) family acquiescence. (E) wrestling for company control.

50 According to paragraph 4, (A) tugboats take long hours to leave port. (B) tugboats spend more and more time on sea. (C) the same amount of cargo is towed by as many

tugboats as it was in the past. (D) a ship can take as much cargo as a truck. (E) the larger ships mean that more tugboats will be

necessary to tow the same amount of cargo.

ENGENHEIRO ELETRICISTA - TIPO 2 Pgina 11

51 According to paragraph 3, when things finally get interesting, the tug captain (A) makes off. (B) takes over. (C) runs away. (D) gives up. (E) breaks down.

52 According to lines 20 to 26, we apprehend that things finally get interesting when the land and headlands (A) come into sight. (B) disappear in the horizon. (C) become hidden by the surrounding slopes. (D) fade away gradually. (E) vanish from sight.

53 From paragraph 2 we deduce that (A) the tug engine was mechanically fed with coal. (B) it was an easy operation to reverse direction. (C) tugs ran the risk of drifting when reversing direction. (D) operating a tug was like playing with toys. (E) shifting directions was a risky move.

54 From the passage as a whole we infer that (A) a tug captain must be an exceptional seaman. (B) the shipping industry is shrinking. (C) the tugboat history has not evolved much. (D) the shipping industry is facing hard times. (E) tug vessels remain the same.

55 According to paragraph 2, the first tugs (A) had a comic design. (B) were costly to man. (C) steered easily. (D) were quite maneuverable. (E) used up little fuel.

CONHECIMENTOS ESPECFICOS 56 Um divisor de tenso formado por uma associao de resistores de 3 k, 5 k e de 10 k em srie. A corrente na associao em srie de 15 mA. A queda de tenso atravs do resistor de 5 k, a tenso total e a resistncia total so iguais, respectivamente, a (A) 75 V, 270 V e 18 k. (B) 75 V, 220 V e 12 k. (C) 45 V, 220 V e 18 k. (D) 150 V, 220 V e 18 k. (E) 45 V, 270 V e 12 k.

57 CFTV tem por significado Closed Circuit TeleVision, um sistema fechado de TV que distribui sinais provenientes de cmeras localizadas em locais especficos, para pontos de superviso predeterminados. O sistema de CFTV no aplicado somente com propsitos de segurana e vigilncia, tambm utilizado em outros campos, como laboratrios de pesquisa, escolas ou empresas privadas, na rea mdica, assim como nas linhas de produo de fbricas para controle de processos. Existem vrios tipos de cmera disponveis, mas muito importante saber identificar a utilizao mais adequada para cada tipo. Nessas condies, observe a cmera

, que possui as seguintes caractersticas:

so cmeras de CFTV extremamente avanadas, com movimentao motorizada normalmente em 360 de giro horizontal e 90 de giro vertical;

possuem a integrao de uma lente zoom de 12 a 30X e diversas programaes para giro automtico, funo day/night e zoom digital;

permitem a cobertura de uma rea muito grande, alm de permitir que o zoom seja aproximado para colher informaes muito mais detalhadas em determinada cena;

seus comandos so sinais de dados controlados por meio de barramento serial tipo field-bus normalmente RS-485 ou RS-422;

o posicionamento dessas cmeras feito normalmente por teclados ou mesas de controle especficos, com joystick ou teclas de setas;

so utilizadas em lojas de departamentos, condomnios, garagens, indstrias, supermercados, estacionamento e reas perimetrais.

Essas cmeras so conhecidas como (A) Time Lapses. (B) Electronic Shutter. (C) Bullet. (D) Speed Dome. (E) Pin Hole.

58 Um transformador de potncia tem uma razo de espiras de 1:5. Se a bobina do secundrio tiver 1.000 espiras e a tenso no secundrio for de 30 V, a razo de tenso (primrio/secundrio), a tenso no primrio e o nmero de espiras do primrio sero, respectivamente, (A) 5/1, 6 V e 5000. (B) 1/5, 3 V e 5000. (C) 1/5, 3 V e 200. (D) 5/1, 6 V e 200. (E) 1/5, 6 V e 200.

ENGENHEIRO ELETRICISTA - TIPO 2 Pgina 12

59 A Lei 8.666, de 21/06/93, e a Lei 8883, de 08/06/1994, relacionadas s normas para licitaes e contratos da Administrao Pblica, estabelecem as modalidades de licitao. De acordo com o Art. 21 2, nos casos de licitao do tipo "melhor tcnica" ou "tcnica e preo" e de concorrncia, quando o contrato a ser celebrado contemplar o regime de empreitada integral, os prazos mnimos, em dias, at o recebimento das propostas ou da realizao do evento, sero, respectivamente, de (A) 45 e 5. (B) 45 e 30. (C) 30 e 15. (D) 45 e 15. (E) 30 e 5.

60 Observe os smbolos abaixo, utilizados em plantas de instalaes eltricas.

C1 C2 C3

Os smbolos identificados como C1, C2 e C3 so empregados para representar, respectivamente, os seguintes componentes: (A) campainha, gerador CC e reostato. (B) ampermetro, transformador e potencimetro. (C) led, motor CA e disjuntor. (D) lmpada, gerador CA e resistor varivel. (E) voltmetro, motor CC e capacitor.

61 No que diz respeito s instalaes de baixa tenso, analise as definies abaixo: I. um conjunto de equipamentos, condutores e acessrios

instalados entre o ponto de derivao da rede da concessionria e o quadro de medio ou de proteo, inclusive.

II. o conjunto de condutores e acessrios instalados entre o ponto de derivao da rede da concessionria e o ponto de entrega.

As definies I e II esto associadas diretamente aos conceitos, respectivamente, de (A) entrada de servio e ramal de ligao. (B) entrada consumidora e ramal de entrada. (C) entrada de servio e ramal de entrada. (D) entrada de servio e ramal de alimentao. (E) entrada consumidora e ramal de ligao.

62 Um motor um dispositivo que converte potncia eltrica em potncia mecnica num eixo em rotao. Numa instalao, o motor de uma mquina consome o equivalente a 1,6 HP. Sabendo-se que 1 HP = kW, para 8 mquinas, se todas forem utilizadas durante 10 horas/dia em 6 dias da semana, a energia total consumida em kWh ser de (A) 72. (B) 96. (C) 36. (D) 18. (E) 54.

63 Um Engenheiro Eletricista montou um experimento, com base na figura abaixo, para determinar o valor da resistncia desconhecida Rx utilizando o conceito de ponte de Wheatstone.

Quando o valor de R3 ajustado em 54 , ocorre uma deflexo nula no galvanmetro. Dessa forma, os valores de RX e das tenses sobre RX e R2 so, respectivamente, (A) 1.080 , 10 V e 1 V. (B) 1.080 , 20 V e 1 V. (C) 540 , 10 V e 2 V. (D) 1.080 , 30 V e 3 V. (E) 540 , 20 V e 2 V.

64 A bobina de ignio e o motor de partida de um veculo da Companhia Docas do Estado de So Paulo esto em paralelo atravs de uma bateria de 12 V por meio de uma chave de ignio, conforme mostra a figura abaixo.

A corrente total retirada da bateria, as tenses atravs da bobina e do motor e a resistncia total do circuito so iguais, respectivamente, a (A) 105 A, 12V, 24 V e 0,114 . (B) 150 A, 12V, 36 V e 0,114 . (C) 150 A, 24V, 24 V e 0,144 . (D) 105 A, 12V, 12 V e 0,114 . (E) 105 A, 36V, 36 V e 0,144 .

ENGENHEIRO ELETRICISTA - TIPO 2 Pgina 13

65 No que diz respeito ao padro Global System for Mobile Communications (GSM) de telefonia celular, analise as afirmativas abaixo: I. uma tecnologia mvel e o padro mais popular para

telefones celulares do mundo, utiliza canais de 200 kHz na faixa de 900 MHz, que teve desenvolvida, recentemente, uma verso adaptada para as faixa de 1800 e 1900 MHz.

II. O sistema GSM 900 utiliza dois conjuntos de frequncias na banda dos 900 MHz: o primeiro nos 890-915MHz, utilizado para as transmisses do terminal, e o segundo nos 935-960MHZ, para as transmisses da rede.

III. O mtodo utilizado pela GSM para gerir as frequncias resultado da combinao de duas tecnologias, o TDMA (Time Division Multiple Access) e o FDMA (Frequency Division Multiple Access).

Assinale (A) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas. (B) se apenas a afirmativa I estiver correta. (C) se todas as afirmativas estiverem corretas. (D) se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas. (E) se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas.

66 No circuito abaixo, R1 = R , R2 = 3R e a corrente I igual a 40 mA.

Nessas condies, a corrente I1 vale (A) 30 mA. (B) 18 mA. (C) 10 mA. (D) 24 mA. (E) 12 mA.

67 Um VOM tem uma sensibilidade CC de 20 k/V e uma sensibilidade CA de 5 k/V. A resistncia de entrada para as escalas de 10-V CC e 10-V rms so, respectivamente, (A) 100 k e 50 k. (B) 200 k e 50 k. (C) 200 k e 10 k. (D) 200 k e 40 k. (E) 100 k e 10 k.

68 No que diz respeito ao Fator de Potncia (FP), analise as afirmativas abaixo: I. Para se utilizar de modo o mais eficiente possvel a

corrente liberada pela carga, deve-se ter um alto fator de potncia ou que FP se aproxime da unidade.

II. Um FP baixo geralmente se deve a grandes cargas resistivas, como geradores trifsicos, que consomem a corrente com atraso de fase.

III. A correo do FP geralmente se consegue colocando uma carga capacitiva, que produz uma corrente adiantada, em paralelo com a carga indutiva.

Assinale (A) se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas. (B) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas. (C) se apenas a afirmativa I estiver correta. (D) se todas as afirmativas estiverem corretas. (E) se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas.

69 de obras ou prestao de quaisquer servios profissionais referentes Engenharia fica sujeito a um termo que define os responsveis tcnicos pelo empreendimento, para os efeitos legais, sendo realizado pelo profissional ou pela empresa no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA), de acordo com Resoluo prpria do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CONFEA). Esse termo denominado (A) Certido de Responsabilidade Tcnica (CRT). (B) Notificao de Responsabilidade Tcnica (NRT). (C) Registro de Responsabilidade Tcnica (RRT). (D) Laudo de Responsabilidade Tcnica (LRT). (E) Anotao de Responsabilidade Tcnica (ART).

70 A instalao de um pra-raios tecnicamente chamado de Proteo Contra Descarga Atmosfrica (SPDA) a preveno mais adequada para proteger uma edificao e as pessoas que estejam em seu interior. Para garantir a segurana e a eficincia do sistema, o projeto deve ser elaborado seguindo as prescries da NBR-5419 da ABNT. O nvel de proteo no est relacionado com a probabilidade de queda de raio na instalao, mas com a eficincia que o sistema tem de captar e conduzir o raio terra. H quatro nveis de proteo que o projetista pode adotar. Para os nveis I mximo, II mdio, III moderado e IV normal de proteo, a eficincia deve ser, respectivamente, de (A) 98%, 94%, 90% e 86%. (B) 98%, 95%, 90% e 80%. (C) 100% 90%, 80% e 70%. (D) 95%, 90%, 85% e 80%. (E) 100% 95%, 90% e 85%.

ENGENHEIRO ELETRICISTA - TIPO 2 Pgina 14

71 Os resistores so identificados por um cdigo de cores, de acordo com a tabela abaixo.

Nesse contexto, observe a figura, que ilustra um resistor:

O resistor especificado como (A) 4,7 k +10%. (B) 4,7 k +5%. (C) 47 k +5%. (D) 4,7 +10%. (E) 4,7 +5%.

72 A Lei 8.666/93 regulamenta o Art. 37, inciso XXI, da Constituio Federal, institui normas para licitaes e contratos da Administrao Pblica e d outras providncias. No que diz respeito legislao sobre Licitaes e Contratos Administrativos relativos s obras e servios de engenharia, estabelece diversas modalidades de licitao, sendo duas delas detalhadas a seguir: I. Definida entre interessados do ramo pertinente ao seu

objeto, cadastrados ou no, escolhidos e convidados em nmero mnimo e 3 (trs), pela unidade administrativa, a qual afixar, em local apropriado, cpia do instrumento convocatrio e o estender aos demais cadastrados na correspondente especialidade que manifestarem seu interesse com antecedncia de at 24 (vinte e quatro) horas da apresentao das propostas.

II. Definida entre interessados devidamente cadastrados ou que atenderem a todas as condies exigidas para cadastramento at o terceiro dia anterior data do recebimento das propostas, observada a necessria qualificao.

As modalidades I e II so denominadas, respectivamente, (A) Concorrncia e Tomada de Preos. (B) Convite e Tomada de Preos. (C) Concorrncia e Leilo. (D) Concurso e Tomada de Preos. (E) Convite e Leilo.

73 Em conformidade com a NR-23, para extinguir pequenos focos de fogo em lquidos inflamveis e pequenos equipamentos energizados, os extintores de incndio mais adequados so do tipo (A) p qumico e gua pressurizada. (B) halon e espuma qumica. (C) dixido de carbono e p qumico. (D) gua pressurizada e halon. (E) espuma qumica e dixido de carbono.

74 Observe o circuito abaixo:

Se o resistor de 60 se queimar e abrir o circuito, a resistncia total do circuito ser igual a (A) 30 . (B) 50 . (C) 60 . (D) 40 . (E) 20 .

75 Observe o circuito abaixo, que se refere a um motor CC com tenso no terminal de 240V, e corrente de armadura de 50A e resistncia de armadura de 0,08.

Desprezando-se a corrente de campo e considerando 1 HP = 746 W, correto afirmar que as potncias produzidas pela armadura do motor e a liberada para o motor em kW, so iguais, respectivamente, a (A) 15,8 HP e 12 kW. (B) 15,8 HP e 18 kW. (C) 31,6 HP e 24 kW. (D) 31,6 HP e 12 kW. (E) 15,8 HP e 24 kW.

ENGENHEIRO ELETRICISTA - TIPO 2 Pgina 15

76 De acordo com a NR-23, que trata de preveno e segurana, existe uma classificao conforme as caractersticas do incndio. Assim, na classe I so considerados inflamveis os produtos que queimem somente em sua superfcie, no deixando resduos, como leo, graxas, vernizes, tintas e gasolina; na classe II, quando ocorrem em equipamentos eltricos energizados como motores, transformadores, quadros de distribuio e fios. Essas classes I e II so, respectivamente, (A) C e D. (B) B e D. (C) B e C. (D) A e C. (E) A e B.

77 Observe a figura abaixo, que ilustra a transformao .

Para a converso , o valor de R1 dado pela seguinte frmula: (A)

(B)

(C)

(D)

(E)

78 Quando a reatncia indutiva XL e a reatncia capacitiva XC forem exatamente iguais num circuito RLC srie, surge uma condio conhecida por ressonncia srie. Num circuito srie, se I = 2A, R = 4, XL = XL = 20 , os valores de Z e de VT so, respectivamente, (A) 8 e 2V. (B) 2 e 8V. (C) 2 e 4V. (D) 8 e 4V. (E) 4 e 8V.

79 No circuito RC paralelo abaixo, a tenso a mesma atravs de todos os componentes.

Quanto ao diagrama fasorial e tendo como referncia a corrente capacitiva, a tenso atravs do capacitor encontra-se na seguinte condio: (A) atrasada de 45. (B) adiantada de 45.

(C) adiantada de 60.

(D) adiantada de 90. (E) atrasada de 90.

80 Um motor recebe 7 HP e fornece 20 A em 220 V. Considerando 1 HP = kW, a eficincia e a potncia fornecida pelo gerador so iguais, respectivamente, a (A) 75% e 2,2 kW. (B) 75% e 4,4 kW. (C) 90% e 4,4 kW. (D) 83,8% e 4,4 kW. (E) 83,8% e 2,2 kW.