Caracter­sticas e Diferen§as Entre Solda Branda e Solda Forte

download Caracter­sticas e Diferen§as Entre Solda Branda e Solda Forte

of 29

  • date post

    10-Dec-2015
  • Category

    Documents

  • view

    80
  • download

    0

Embed Size (px)

description

Soldas cobre

Transcript of Caracter­sticas e Diferen§as Entre Solda Branda e Solda Forte

  • O COBRE NAS INSTALAESDE GS

  • CARACTERSTICAS E DIFERENAS ENTRE SOLDA BRANDA E SOLDA FORTE

  • Soldagem: processo de unio entre tubos e conexes de cobre/bronze, onde a fuso produzida por calor a uma temperatura abaixo de 427C, e pelo uso de metal de enchimento (solda), que tem seu ponto de fuso abaixo do cobre ou bronze.A solda distribuda entre o tubo e a conexo atravs da atrao capilar.

  • Brasagem: processo de unio onde a fuso produzida por calor, a uma temperatura adequada acima de 427C e, onde usado como metal de enchimento (solda).A solda se distribui no espao entre o tubo e a conexo atravs da atrao capilar.

  • Consideraes: As duas definies so basicamente as mesmas, exceto pela diferena de temperatura. A soldagem feita abaixo de 427C e a brasagem acima de 427C. Na prtica, a soldagem quase sempre feita a temperaturas abaixo de 316C e mais comumente entre 232C a 260C.As brasagens por sua vez so feitas sempre acima de 538C e usualmente a 760C.

  • Normalizao de Solda Branda em alguns pases.

  • Plan1

    PasNormaEspecificao

    EspanhaReal Decreto 1853/1993Conexes com solda branda podem ser utilizadas para instalaes em baixa presso (at 0,05 bar). No existem restries quanto ao uso de tubulao no embutidas.

    Plan6

    PasNormaEspecificao

    InglaterraBS 6891Conexes com solda branda por capilaridade no possuem nenhuma restrio em baixa presso.

    Plan5

    PasNormaEspecificao

    FranaB 524-4Norma especifica sobre instalao de cobre para gs utilizando-se solda branda. No existem restries quanto ao uso de tubulaes no embutidas.

    Plan4

    PasNormaEspecificao

    Chile-Nas condies de baixa presso normalmente utilizada solda branda. No existem restries quanto ao uso de tubulaes aparentes.

    Plan7

    PasNormaEspecificao

    NBR 13.933 -GNO processo de soldagem (solda branda) capilar pode ser utilizado para acoplamento de tubulaes embutidas ou aparentes( baixa presso, aprovado pela autoridade competente)

    BrasilNBR 14.570 GN +GLPTubulaes embutidas: soldagem capilar com solda branda, com presso de gs mxima de 500 mm.c.a. Tubulaes aparentes ou embutidas: processo de brasagem capilar , onde o metal de enchime

    Conteg NT 004.CC.05 - ComgsO processo de soldagem (solda branda) capilar pode ser utilizado para acoplamento de tubulaes embutidas ou aparentes.

    Plan2

    PasNormaEspecificao

    EspanhaReal Decreto 1853/1993Conexes com solda branda podem ser utilizadas para instalaes em baixa presso (at 0,05 bar). No existem restries quanto ao uso de tubulao no embutidas.

    InglaterraBS 6891Conexes com solda branda por capilaridade no possuem nenhuma restrio em baixa presso.

    FranaB 524-4Norma especifica sobre instalao de cobre para gs utilizando-se solda branda. No existem restries quanto ao uso de tubulaes no embutidas.

    Chile-Nas condies de baixa presso normalmente utilizada solda branda. No existem restries quanto ao uso de tubulaes aparentes.

    NBR 13.933 -GNO processo de soldagem (solda branda) capilar pode ser utilizado para acoplamento de tubulaes embutidas ou aparentes( baixa presso, aprovado pela autoridade competente)

    BrasilNBR 14.570 GN +GLPTubulaes embutidas: soldagem capilar com solda branda, com presso de gs mxima de 500 mm.c.a. Tubulaes aparentes ou embutidas: processo de brasagem capilar , onde o metal de enchime

    Conteg NT 004.CC.05 - ComgsO processo de soldagem (solda branda) capilar pode ser utilizado para acoplamento de tubulaes embutidas ou aparentes.

    Plan3

    Tipo de SoldaContedo metlicoINTERVALO DE FUSOTemperatura prtica de solda (C)

    Fuso (slidos) (C)Fuso (lquidos) (C)

    Estanho / Antimonio95 / 5234240340

    Estanho / Prata96.5 / 3.5221240355

    Estanho / Chumbo50 / 50183212250

  • Plan1

    PasNormaEspecificao

    EspanhaReal Decreto 1853/1993Conexes com solda branda podem ser utilizadas para instalaes em baixa presso (at 0,05 bar). No existem restries quanto ao uso de tubulao no embutidas.

    Plan6

    PasNormaEspecificao

    InglaterraBS 6891Conexes com solda branda por capilaridade no possuem nenhuma restrio em baixa presso.

    Plan5

    PasNormaEspecificao

    FranaB 524-4Norma especifica sobre instalao de cobre para gs utilizando-se solda branda. No existem restries quanto ao uso de tubulaes no embutidas.

    Plan4

    PasNormaEspecificao

    Chile-Nas condies de baixa presso normalmente utilizada solda branda. No existem restries quanto ao uso de tubulaes aparentes.

    Plan7

    PasNormaEspecificao

    NBR 13.933 -GNO processo de soldagem (solda branda) capilar pode ser utilizado para acoplamento de tubulaes embutidas ou aparentes( baixa presso, aprovado pela autoridade competente)

    BrasilNBR 14.570 GN +GLPTubulaes embutidas: soldagem capilar com solda branda, com presso de gs mxima de 500 mm.c.a. Tubulaes aparentes ou embutidas: processo de brasagem capilar , onde o metal de enchime

    Conteg NT 004.CC.05 - ComgsO processo de soldagem (solda branda) capilar pode ser utilizado para acoplamento de tubulaes embutidas ou aparentes.

    Plan2

    PasNormaEspecificao

    EspanhaReal Decreto 1853/1993Conexes com solda branda podem ser utilizadas para instalaes em baixa presso (at 0,05 bar). No existem restries quanto ao uso de tubulao no embutidas.

    InglaterraBS 6891Conexes com solda branda por capilaridade no possuem nenhuma restrio em baixa presso.

    FranaB 524-4Norma especifica sobre instalao de cobre para gs utilizando-se solda branda. No existem restries quanto ao uso de tubulaes no embutidas.

    Chile-Nas condies de baixa presso normalmente utilizada solda branda. No existem restries quanto ao uso de tubulaes aparentes.

    NBR 13.933 -GNO processo de soldagem (solda branda) capilar pode ser utilizado para acoplamento de tubulaes embutidas ou aparentes( baixa presso, aprovado pela autoridade competente)

    BrasilNBR 14.570 GN +GLPTubulaes embutidas: soldagem capilar com solda branda, com presso de gs mxima de 500 mm.c.a. Tubulaes aparentes ou embutidas: processo de brasagem capilar , onde o metal de enchime

    Conteg NT 004.CC.05 - ComgsO processo de soldagem (solda branda) capilar pode ser utilizado para acoplamento de tubulaes embutidas ou aparentes.

    Plan3

    Tipo de SoldaContedo metlicoINTERVALO DE FUSOTemperatura prtica de solda (C)

    Fuso (slidos) (C)Fuso (lquidos) (C)

    Estanho / Antimonio95 / 5234240340

    Estanho / Prata96.5 / 3.5221240355

    Estanho / Chumbo50 / 50183212250

  • Plan1

    PasNormaEspecificao

    EspanhaReal Decreto 1853/1993Conexes com solda branda podem ser utilizadas para instalaes em baixa presso (at 0,05 bar). No existem restries quanto ao uso de tubulao no embutidas.

    Plan6

    PasNormaEspecificao

    InglaterraBS 6891Conexes com solda branda por capilaridade no possuem nenhuma restrio em baixa presso.

    Plan5

    PasNormaEspecificao

    FranaB 524-4Norma especifica sobre instalao de cobre para gs utilizando-se solda branda. No existem restries quanto ao uso de tubulaes no embutidas.

    Plan4

    PasNormaEspecificao

    Chile-Nas condies de baixa presso normalmente utilizada solda branda. No existem restries quanto ao uso de tubulaes aparentes.

    Plan7

    PasNormaEspecificao

    NBR 13.933 -GNO processo de soldagem (solda branda) capilar pode ser utilizado para acoplamento de tubulaes embutidas ou aparentes( baixa presso, aprovado pela autoridade competente)

    BrasilNBR 14.570 GN +GLPTubulaes embutidas: soldagem capilar com solda branda, com presso de gs mxima de 500 mm.c.a. Tubulaes aparentes ou embutidas: processo de brasagem capilar , onde o metal de enchime

    Conteg NT 004.CC.05 - ComgsO processo de soldagem (solda branda) capilar pode ser utilizado para acoplamento de tubulaes embutidas ou aparentes.

    Plan2

    PasNormaEspecificao

    EspanhaReal Decreto 1853/1993Conexes com solda branda podem ser utilizadas para instalaes em baixa presso (at 0,05 bar). No existem restries quanto ao uso de tubulao no embutidas.

    InglaterraBS 6891Conexes com solda branda por capilaridade no possuem nenhuma restrio em baixa presso.

    FranaB 524-4Norma especifica sobre instalao de cobre para gs utilizando-se solda branda. No existem restries quanto ao uso de tubulaes no embutidas.

    Chile-Nas condies de baixa presso normalmente utilizada solda branda. No existem restries quanto ao uso de tubulaes aparentes.

    NBR 13.933 -GNO processo de soldagem (solda branda) capilar pode ser utilizado para acoplamento de tubulaes embutidas ou aparentes( baixa presso, aprovado pela autoridade competente)

    BrasilNBR 14.570 GN +GLPTubulaes embutidas: soldagem capilar com solda branda, com presso de gs mxima de 500 mm.c.a. Tubulaes aparentes ou embutidas: processo de brasagem capilar , onde o metal de enchime

    Conteg NT 004.CC.05 - ComgsO processo de sold