Catalogo filapex

download Catalogo filapex

If you can't read please download the document

  • date post

    26-Jun-2015
  • Category

    Education

  • view

    817
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Catalogo filapex

  • 1. FILAPEX
    Beja vora
    Ncleo de Coleccionismo do
    Centro Cultural e Desportivo do
    Hospital Jos Joaquim Fernandes Beja
    Confraria Timbrolgica Meridional
    Armando lvaro Bino de Azevedo vora
    8 de Outubro de 2011
    Rua Poeta Afonso Lopes Vieira, 15 Beja
    ORGANIZAO:
    Ncleo de Coleccionismo do Centro Cultural e Desportivo do Hospital Jos Joaquim Fernandes Beja
    AGRADECIMENTOS:
    Federao Portuguesa de Filatelia, APD
    CTT Correios de Portugal, S.A.
    Direco do Centro Cultural e Desportivo do Hospital Jos Joaquim Fernandes
    CARIMBO COMEMORATIVO
    15240-3810Manuel da Fonseca (1911-1993), nascido em Santiago do Cacm, escritor neo-realista, retratou como ningum as gentes e as terras alentejanas. Ligado a Beja, no s por ter tido ali residncia, mas tambm por ter colaborado no jornal mais representativo da regio o Dirio do Alentejo.
    Retrato em selos pelos CTT, no ano do seu centenrio.
    JURADOS:

    Eurico Lage Cardoso Joo Violante
    Os clubes concorrentes e as respectivas equipas
    Ncleo de Coleccionismo do Centro Cultural e Desportivo do Hospital Jos Joaquim Fernandes Beja
    A constituio de um ncleo de coleccionismo no seio do Centro Cultural e Desportivo do Hospital Distrital de Beja data de 1981, tendo sido pedida a sua filiao na Federao Portuguesa de Filatelia ainda durante o primeiro trimestre desse mesmo ano.
    Durante esse ano realizou a sua primeira exposio Exposio de Filumenismo, Beja81. Desde ento, a produo exposicional no cessou, sendo actualmente, na cidade de Beja a agremiao que mais exposies organizou nos ltimos anos, a uma cadncia de duas a trs exposies anuais.
    So trinta anos de actividade durante os quais organizou ou colaborou em:
    3 Exposies Competitivas
    Exposio Filatlica Alentejo-Algarve, Beja83
    Exposio Filatlica Inter-Regional, Beja91
    Exposio Filatlica Inter-Regional, Beja95
    60 Exposies e Mostras Filatlicas
    1 Congresso de Filatelia Juvenil
    2 Congressos da Federao Portuguesa de Filatelia, APD
    Vrias palestras e colquios de carcter filatlico
    9 exposies de coleccionismo e outros objectos culturais
    7 colaboraes em Mostras Filatlicas com outras entidades
    Dezenas de feiras de trocas de selos, moedas e outros objectos de coleccionismo
    De realar a divulgao filatlica em todas as escolas da cidade, as quais foram contempladas com uma ou mais exposies filatlicas. Tambm alguns destes eventos foram realizados fora da cidade de Beja, sendo alguns deles em concelhos limtrofes
    Coleces a concurso

    Filatelia Tradicional
    Rssia Imperial
    Jos da Costa Lemos
    Filatelia Tradicional
    Israel
    Jorge Bomba
    Histria Postal
    O Dia do Selo em Portugal
    Jos Marques Afonso
    Filatelia Temtica
    Expanso Portuguesa Ultramarina
    Francisco Geada
    Inteiros Postais
    Inteiros Postais da Monarquia, Aores e Madeira
    Pedro Vaz Pereira
    Maximafilia
    Aves, esses conquistadores dos ares
    Francisco Galveias
    Classe Aberta
    Transfuso de Sangue
    Jos Geada Sousa
    Os clubes concorrentes e as respectivas equipas
    Confraria Timbrolgica Meridional
    Armando lvaro Bino de Azevedo vora
    Fundada a 27 de Outubro de 1989, por 19 elementos, por escritura pblica lavrada no Cartrio Notarial de vora. Os primeiros corpos sociais foram eleitos a 20 de Janeiro de 1990.
    Publica regularmente uma publicao de cariz filatlico O TIMBRE, distinguido pela Federao Portuguesa de Filatelia em 1992 e 2010 com o prmio O Philatelista.
    Desde Janeiro de 1990 que promoveu vrias mostras e Sales Filatlicos.
    Organizou as seguintes exposies:
    XVI Exposio Filatlica Nacional Ebora94 (14 a 21 de Setembro)
    VIExposio Filatlica Luso-alem Ebora2001 (24 a 26 de Outubro)
    XIX Exposio Filatlica Nacional Ebora2006 (25 de Novembro a 2 de Dezembro)
    Exposio Filatlica Luso Brasileira Lubrapex 2009 (2 a 11 de Outubro)
    Em 1996 criou o prmio Carteiro Honorrio, o qual possui o patrocnio dos Correios de Portugal e da Federao Portuguesa de Filatelia, prmio que se destina a distinguir membros da confraria que se singularizem na promoo da filatelia
    Coleces a concurso
    Filatelia Tradicional
    Emisso Camilo Castelo Branco (1925)
    Antnio Cristvo
    Histria Postal
    Histria Postal de vora
    Nuno Ferreira
    Filatelia Temtica
    Esta gesta gloriosa
    Jlio Maia
    Inteiros Postais
    Stationery of Great Britain- Queen Victria The registered envelopes (1878-1901)
    Rui Mendes
    Maximafilia
    Uniformes Militares
    Bento Grossinho Dias
    Aerofilatelia
    Correio areo portugus
    Joo Soeiro
    Classe Aberta
    Do sonho realidade
    Eduardo Oliveira e Sousa
    TRAVESSIA DO ATLNTICO SUL
    CORTEJO CVICO EM BEJA
    Com o ttulo Carimbos desconhecidos e outros pouco conhecidos (X), o filatelista Geada de Sousa, publicava no Dirio do Alentejo, a 30 de Maro de 2007, uma extensa e significativa notcia sobre um carimbo que circulou em Beja, muito provavelmente a 18 de Junho de 1922, e que o transcrevemos na ntegra:
    Travessia do Atlntico Sul; o Cortejo Cvico em Beja.
    A propsito da exposio filatlica realizada em Maro do ano passado, que pretendia assinalar os 125 anos do Jardim Gago Coutinho e Sacadura Cabral, de Beja, filatelista amigo, o Sousa Lobo, da Filatelia do Chiado, mostrou-me uma carta circulada (ver capa do catlogo) que apresentava o carimbo de propaganda, homenageando os dois ilustres aviadores.
    5334064135Este carimbo de grande formato; o maior que conhecemos. Tem 60 mm de dimetro.
    Pela nitidez das suas legendas, abstemo-nos de o descrever.
    Desconhecamos a sua existncia, pois no vem referido nos catlogos da especialidade, nem nunca o vimos em qualquer exposio. Tambm o seu feliz possuidor no tinha qualquer informao sobre ele.
    Numa consulta aos jornais locais, encontrmos no semanrioO Bejense, de 18 de Junho de 1922 (domingo), a seguinte notcia, que tinha o ttulo Correios e Telegrafos:
    Para conhecimento do pblico, comunicamos que o carro alegrico que a digna classe dos correios e telgrafos desta cidade apresenta no cortejo cvico em hora dos gloriosos aviadores, receber, durante o trajecto, correspondncia que ser carimbada com o carimbo especial que a mesma classe mandou fazer para esse dia em homenagem ao glorioso feito em hora dos audazes aeronautas.
    316801552705Estava esclarecida a razo da sua existncia.
    A populao bejense vibrou com este xito, que mais no era a continuao do esprito aventureiro dos nossos navegadores dos sculos XV e XVI.
    Com data de 10 de Junho tinham ento chegado os navegadores a Porto Seguro foi distribudo um folheto, subscrito por um grupo de 10 bejenses, onde se anunciava uma sesso solene, no Salo Nobre da Cmara Municipal de Beja, para o dia seguinte ao da chegada dos navegadores ao Rio de Janeiro, aps o qual ter lugar um cortejo cvico que, em patritica romagem, partir da Praa da Repblica, percorrendo as principais ruas at ao Jardim Pblico, onde sero descerradas duas lpidas comemorativas do herico feito
    Os aviadores chegaram ao Rio de Janeiro no dia 17 de Junho e, segundo o folheto, o cortejo teria lugar no dia seguinte.
    No encontrmos na imprensa local, elementos que nos elucidem, com segurana, sobre a data do cortejo. O jornal do dia 18, para alm da notcia acima referida, nada mais adianta e infelizmente os dois nmeros seguintes no existem na coleco da Biblioteca de Beja.
    Tambm a Igreja bejense assinalou o acontecimento, com a celebrao de um Te Deum, pelo cnego Joo Eduardo Marques