Challenges are faced without fear Desperte o seu potencial · Relatório corporativo / 2018...

of 114 /114
Relatório corporativo / 2018 Desperte o seu potencial Challenges are faced without fear

Embed Size (px)

Transcript of Challenges are faced without fear Desperte o seu potencial · Relatório corporativo / 2018...

  • Relatório corporativo

    / 2018

    Desperte o seu potencial

    Challenges are faced without fear

    916218_cubierta _ 0001-0002.indd 1 7/8/18 13:07

  • DESPERTE O SEUPOTENCIAL

    Relatório corporativo

    / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 1 8/8/18 11:27

  • Índice

    Porqueo presentee o futuro

    da educaçãonós construímos

    todos juntos.

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 2 8/8/18 11:27

  • 4.................................Carta do Conselheiro Delegado

    6...............................................Ideias que nos inspiram

    10...............Âmbitos da nossa atividade educacional

    34..................................................Um ano em imagens

    44..............................................Santillana em números

    52..............................................Presença internacional

    56....................................Uma Santillana responsável

    78...................................................Fundação Santillana

    86...................................................Grupos de interesse

    90..............................................................Outros dados

    916218 _ 0001-0112.indd 3 8/8/18 11:27

  • MIGUEL ÁNGEL CAYUELA

    Conselheiro Delegadoda Santillana

    Aplacada a fúria daquela efervescência tecno-lógica inicial, percebeu-se mais nitidamente que a tecnologia é uma ferramenta impor-tante para facilitar o processo de ensino e aprendizagem, de avaliação e de gestão e comunicação, presente já em muitas escolas, mas cuja contribuição não é, por si só, decisiva na melhoria educacional. Além disso, oferece um futuro promissor para o avanço da per-sonalização eficaz da aprendizagem e para prover análises que permitam sua perfeita adequação.

    Vivemos agora uma fase diferente, em que a “inovação metodológica” ganha terreno. Isso não significa que tudo seja novo, mas que o professor incorpora às suas aulas metodolo-gias “ativas” que ele combina com o aspecto mais expositivo da docência em função do ritmo e das necessidades dos seus alunos, e com a disciplina e os conteúdos previstos no currículo. Nossos alunos necessitam não ape-nas de conhecimentos, mas das habilidades e

    Há alguns anos o boom tecnológico levou-nos a acreditar que se tratava do importante estímulo que a escola necessitava para se transformar. As salas de aula começaram a se encher de dis-positivos eletrônicos e as escolas exigiam que suas instalações fossem informatizadas como uma forma de modernizar e adicionar valor agregado à oferta educacional, de modo a me-lhorá-la. Foi um momento com certa empolga-ção tecnológica que, de algum modo, não levou em conta dois fatores fundamentais: quais con-teúdos eram incorporados aos novos dispositi-vos e de qual formação os docentes precisavam para alcançar o maior rendimento pedagógico. É justamente nessas duas direções que traba-lhamos na Santillana: assessorando as escolas na incorporação das tecnologias que tenham sentido e pertinência educacionais e acompa-nhando os professores em sua capacitação di-gital, e essas são as marcas de identidade dos diferentes sistemas de ensino do nosso portfó-lio: Compartilhar, UNOi, Richmond Solution e Educa Inventia.

    Vivemos uma fase

    em que a inovação

    metodológica ganha

    terreno

    4 /

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 4 8/8/18 11:27

  • competências próprias do século XXI queper-mitam um melhor desenvolvimento pessoal e os preparem profissionalmente para um mercado de trabalho com novas exigências. Para isso é importante que se empolguem com aquilo que aprendem, que reflitam so-bre o que veem, aprendam a buscar por si mesmos, a se questionar e a contextualizar os conhecimentos e aplicá-los à sua realida-de; igualmente relevante será sua capacida-de para trabalhar em equipe, a criatividade, o pensamento crítico, as habilidades de comu-nicação e a cultura digital.

    Os projetos educacionais que desenvol-vemos na América Latina e na Espanha con-centram-se nessas novas necessidades e, de forma mais específica, isso ocorre com pro-postas como SET VEINTIUNO, Escola de Autor ou os nossos programas maker em diferentes países, que abordam a aprendiza-gem colaborativa com base em projetos que focam necessidades concretas.

    Apostamos em

    ferramentas que analisam

    não apenas o progresso

    acadêmico dos alunos,

    mas também suas

    habilidades cognitivas e

    socioemocionais

    Outra ferramenta educacional que continua em alta é a avaliação. Administradores, edu-cadores, pais, alunos e a sociedade em geral estão mais conscientes do que nunca da im-portância e das repercussões do avaliar ou do ser avaliado, da necessidade de atingir de-terminados níveis de qualidade educacional e de aproveitar adequadamente os recursos, o tempo e os esforços. Apostamos em ferra-mentas que analisam não apenas o progresso acadêmico dos alunos (Pleno), mas também suas habilidades cognitivas e socioemocionais, como HabilMind, e em programas que desen-volvem a competência leitora de maneira mais completa, como Lectópolis, entre outros.

    / 5

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 5 8/8/18 11:27

  • /01.

    Ideias que nos inspiran

    6 / Ideias que nos inspiran

    Santillana / Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 6 8/8/18 11:27

  • Cristina, 5 anos. Futura bióloga.

    916218 _ 0001-0112.indd 7 8/8/18 11:27

  • REIVINDICAMOS PÔR O

    ALUNOno centro da aprendizagem

    Uma vez que o aluno desempenha um papel cada dia mais ativo no processo de aprendizagem, fomentamos seu desenvolvimento intelectual e sua participação na construção da sociedade em que vive.

    FORTALECEMOS O

    DOCENTEcomo agente da mudança educacional

    Dado que o professor é fundamental na melhoria educacional e precisa do nosso reconhecimento e apoio, estimulamos a formação docente como base do seu fortalecimento e liderança.

    ACOMPANHAMENTOescolar

    Visto que o sucesso de um sistema educacional depende em grande medida das propostas pedagógicas que levamos à escola, sentimo-nos corresponsáveis pelo trabalho educativo ali desenvolvido.

    OFERECEMOS SERVIÇO E

    Nossas marcas de identidade

    8 / Ideias que nos inspiran

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 8 8/8/18 11:27

  • ENVOLVEMOS AS

    FAMILIASem nossos projetos

    Já que a educação é uma tarefa partilhada que vai além da escola, a família é uma peça primordial para a melhoria escolar.

    ESTIMULAMOS AS

    como eixos do cidadão competente

    Porque, além do trabalho com as disciplinas curriculares, ajudamos a crianças e jovens a desenvolverem habilidades e competências que lhes permitam lidar com a sociedade em que vivem.

    APOIAMOS UMA MAIOR

    pErSONALIzAÇAO dA AprENdizAgEMadequada a cada ritmo

    Sabendo que cada criança tem uma velocidade de aprendizagem diferente, procuramos soluções pedagógicas que se adaptem às suas necessidades e que lhe permitam continuar aprendendo.

    escolar

    NA CriATIvIDADE como pilares da aprendizagem

    Por serem essas habilidades intrínsecas que permitem o crescimento do ser humano, trabalhamos em projetos que as fomentam e estimulam.

    APOSTAMOS NA INOVAÇÃO E

    Nossas marcas de identidade

    HAbiLidAdESdO sECuLO XXI,

    ,

    Ideias que nos inspiran / 9

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 9 8/8/18 11:27

  • /02.

    Âmbitos da nossa atividade educacional

    10 / Âmbitos da nossa atividade educacional

    Santillana / Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 10 8/8/18 11:27

  • /02.

    Âmbitos da nossa atividade educacional

    Mariela, 7 anos. Futura professora.

    Âmbitos da nossa atividade educacional / 11

    916218 _ 0001-0112.indd 11 8/8/18 11:28

  • _04

    SISTEMAS DE AVALIAÇÃO

    _03

    APRENDIZAGEM DE IDIOMAS

    _01

    PROJETOS EDUCACIONAIS

    _02

    SISTEMASDE ENSINO

    12 / Âmbitos da nossa atividade educacional

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 12 8/8/18 11:28

  • Nossos conteúdos propõem atividades para que s

    crianças se sintam protagonistas, participem e façam

    experiências no mundo à sua volta.

    PPROTAGONISTAS DA APRENDIZAGEM

    PLATAFORMAS EDUCACIONAIS

    HABILIDADES DOALUNO COMPETENTE

    _07

    _06_05

    FOMENTO À LEITURA

    CAPACITAÇÃO DE ADULTOS

    _09

    _08

    CAPACITAÇÃODOCENTE

    Âmbitos da nossa atividade educacional / 13

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 13 8/8/18 11:28

  • Para a Santillana, 2017 foi um ano excelente tanto em resultados de negócio como em iniciativas e novos proje-tos educacionais. Nele concluímos a integração das dife-rentes marcas da Carvajal Soluciones Educativas (Norma, Kapelusz...), adquirida em 2016 e que mantém sua pró-pria identidade corporativa, atividade comercial e serviço de atendimento aos clientes.

    2017 se caracterizou pelo fortalecimento das soluções integrais que oferecem uma abordagem de 360 graus à experiência de aprendizagem e que abordam um projeto educacional ou uma competência de maneira completa e profunda.

    Além disso, apostamos numa maior utilização das ferra-mentas de avaliação que analisam não apenas o progres-so acadêmico dos alunos, mas também suas habilidades

    cognitivas e socioemocionais, e em programas que de-

    senvolvem a competência leitora de maneira mais com-

    pleta, e assim por diante.

    As novas tendências, no sentido de uma maior flexibili-

    dade e personalização das propostas educacionais, se

    refletiram em projetos que oferecem materiais modulá-

    veis, adaptados às novas formas de entender a educação

    e de ensinar nas salas de aula, bem como na criação de

    programas que fornecem recursos e serviços para desen-

    volver as habilidades do cidadão do século XXI.

    A Santillana chegou também a um acordo com a Marshall

    Cavendish para comercializar, em alguns países, as pro-

    postas existentes com a metodologia Singapura na área

    de matemática.

    DESPERTE O SEU POTENCIAL

    Relatório corporativo / 2018

    14 / Âmbitos da nossa atividade educacional

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 14 8/8/18 11:28

  • No âmbito das parcerias institucionais des-

    taca-se a coedição do Dicionário panhispâ-

    nico de espanhol jurídico com a Real Acade-

    mia Espanhola.

    Em 2018 continuaremos desenvolvendo novos projetos de inovação educacional, como uma plataforma destinada aos alu-nos da Educação Infantil para a elabora-ção de conteúdos personalizados tanto impressos como em formato digital.

    Âmbitos da nossa atividade educacional / 15

    916218 _ 0001-0112.indd 15 8/8/18 11:28

  • Nossos profissionais traduzem o currículo educacional de cada país em projetos didáticos que garantem a coerên-cia da prática docente, ajudam a enfrentar os novos desa-fios educacionais e se adaptam às marcas de identidade das escolas, dos professores e das novas metodologias de ensino-aprendizagem. Conteúdos e recursos diversos são adaptados a diferentes necessidades promovendo uma “escola de autor” na qual cada unidade escolar tem voz própria.

    Em qualquer formato e integrados a projetos didáticos completos, todos os nossos conteúdos destacam-se pela sua qualidade e inovação e buscam que os alunos apren-dam melhor e desenvolvam a criatividade, a capacidade de raciocínio, o espírito crítico, o respeito pelos demais e pelo ambiente em que vivem, valendo-se das novas

    tecnologias. Adaptados às necessidades linguísticas de cada entorno, destacam-se projetos como Saber fazer, Todos juntos, Crescemos juntos, Araribá, A casa do saber, Buriti, Saberes, Santillana on-line, Em Espa-nhol, Caleidoscópio, Espiral do saber, dentre outros.

    Todos eles incorporam uma ampla oferta digital que con-tribui para a mudança metodológica nas salas de aula, por meio de LibroMedia, LibroWeb, LibroClick, LibroNet…, junto com outros modelos como o e-book ou e-aula, e o Aula Virtual.

    A nova proposta Escola de Autor, que na Espanha se inicia para o ano letivo de 2017-2018, introduz novas metodologias e projetos geradores de ideias que cada docente pode personalizar.

    Projetos educacionais

    _01.

    16 / Âmbitos da nossa atividade educacional

    Santillana / Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 16 8/8/18 11:28

  • FILOSOFIA_INFANTIL_02.indd 1 8/2/18 14:22

    O novo projeto globalizadopara a Educação Infantil

    CATÁLOGO

    Quero descobrir tudo

    Ensino Fundamental

    Agora em

    Educação Infantil

    escola do autorQuando educar é criar...

    Âmbitos da nossa atividade educacional / 17

    916218 _ 0001-0112.indd 17 8/8/18 11:28

  • Sistemas de ensino

    _02.

    Propostas como UNOi e Compartilhar, que oferecem uma visão integral da aprendizagem abrangendo os di-ferentes agentes educacionais, ultrapassaram o total de um milhão e cem mil alunos em apenas seis anos desde a sua criação, confirmando o sucesso do seu enfoque edu-cacional.

    A Santillana Compartilhar já conta com 640.000 alunos em 16 países. Este ano incorporou o programa Logros para o diagnóstico e desenvolvimento de habilidades cog-nitivas e emocionais, que foi implantado em quatro países e que, em 2018, se estenderá aos demais.

    Também a área de inglês foi reforçada (com um programa de compreensão leitora), a área de avaliação do progresso acadêmico (por meio da plataforma Pleno), e a leitura em espanhol foi enriquecida (com Loquecuento, Lectópolis e Aprendizagem Eficaz), favorecendo o desenvolvimento de competências nos nossos alunos.

    Relatório corporativo / 2018

    18 / Âmbitos da nossa atividade educacional

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 18 8/8/18 11:28

  • Após vários anos de acompanhamento dos docentes na utilização de ferramentas digi-tais, oferecemos agora novos recursos para a criação de atividades digitais e para o enrique-cimento de sua experiência na sala de aula.

    Por último, melhoramos a comunicação com as famílias por meio do aplicativo Comparti-lhar em família.

    A UNOi continua sendo a proposta mais in-tegral e inovadora da Santillana, e uma das pioneiras da América Latina, com um forte impacto no processo de aprendizagem das crianças.

    Em 2017, a UNOi evoluiu para um único pro-grama cujo foco é o desenvolvimento das habilidades próprias do século XXI e compos-

    to por três “idiomas”: SE (em espanhol) + BE (inglês) + DO (maker). Aos processos iniciais de digitalização (cultura digital), formação (em pedagogias ativas) e avaliação, acrescentam-se novos processos: maker (cultura maker), certi-ficação (professores e colégios) e avaliação (de natureza qualitativa).

    Âmbitos da nossa atividade educacional / 19

    916218 _ 0001-0112.indd 19 8/8/18 11:28

  • Aprendizagem de idiomas

    _03.

    A Richmond Publishing mantém sua posição de líder no ensino de inglês na América Latina, tanto pelo seu extenso catálogo dentro do mercado escolar regular como pela sua bem-sucedida participação em editais públicos no México, Brasil, Paraguai, Chile e na República Dominicana.

    A coleção Students for peace, editada no Brasil, ganhou o prestigioso prêmio ELTons, concedido pelo The British Council em Londres, na categoria de Inovação. Essa cole-ção está se tornando conhecida não apenas nos mercados tradicionais da Santillana, mas também em países como a Turquia e a China.

    Uma das propostas mais interessantes para a aprendiza-gem completa e profunda do inglês é a Richmond Solution, sistema de ensino flexível que supre todas as necessida-des relacionadas ao idioma, incluindo a avaliação.

    Santillana / Relatório corporativo / 2018

    20 / Âmbitos da nossa atividade educacional

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 20 8/8/18 11:28

  • Em 2018, a Richmond dará um salto im-portante lançando Compass, uma nova coleção que atende à crescente demanda da educação bilíngue, totalmente inovado-ra e que combina os padrões do Quadro Comum Europeu com os do Common Core dos Estados Unidos.

    Além disso, está lançando a coleção Per-sonal Best para o ensino de inglês para

    jovens adultos, com um aplicativo que permite praticar inglês em qualquer lugar, momento e dispositivo.

    A Santillana Français alcançou mais uma vez um excelente resultado na Espa-nha, crescendo em todos os segmentos do mercado. Continua sendo a líder absoluta no Ensino Fundamental e Médio e em cur-sos de capacitação para adultos.

    Âmbitos da nossa atividade educacional / 21

    916218 _ 0001-0112.indd 21 8/8/18 11:28

  • Sistemas deavaliação

    _04.

    Nos sistemas educacionais atuais, a avaliação é uma peça chave para analisar o cumprimento dos objetivos edu-cacionais de cada país e potencializar a aprendizagem na sala de aula. Para a Santillana, a avaliação não deve concentrar-se no mero resultado, mas considerar todo o processo, diagnosticando os alunos e criando processos de aprendizagem mais personalizados. Por isso, desen-volvemos plataformas e ferramentas de avaliação que permitem conhecer o desempenho acadêmico de cada aluno bem como diagnosticar, treinar e fortalecer suas habilidades cognitivas básicas, tanto linguísticas como matemáticas.

    22 / Âmbitos da nossa atividade educacional

    Santillana / Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 22 8/8/18 11:28

  • Para a avaliação curricular, a Santillana dispõe de uma plataforma on-line destinada aos alu-nos, professores, orientadores e equipe dire-tiva. A Pleno gera relatórios por curso e por aluno, algo de grande valor pedagógico para identificar os pontos fortes e fracos, e permitir a gestão da aprendizagem em sala de aula. Mais de 400 mil alunos em nove países são usuários dessa ferramenta.

    Em 2016, foi criado o programa Conquistas como plataforma de reforço das habilidades e competências fundamentais da aprendiza-gem, da compreensão leitora e do raciocí-nio matemático. Ela também avalia o que foi aprendido em situações reais, os aspectos emocionais de cada aluno e suas relações

    dentro da sala de aula. Integra as plataformas HabilMind (avaliação diagnóstica da escola e aspectos cognitivos e emocionais dos alunos), Aprendizagem Eficaz (portal de treinamen-to das habilidades básicas cognitivas, compe-tência matemática e competência leitora) e uma coleção de cadernos práticos que per-mitem desenvolver o que foi aprendido em situações reais.

    Outros sistemas de avaliação, como o Ava-lia no Brasil ou as certificações de inglês por intermédio de parcerias com as prestigiosas Cambridge English Language Assess-ment ou ETS (TOEFL), permitem analisar o nível de desempenho dos alunos e aprimorar seus resultados.

    Âmbitos da nossa atividade educacional / 23

    916218 _ 0001-0112.indd 23 8/8/18 11:28

  • Fomento à leitura

    _05.

    2017 foi o ano da consolidação do selo Loqueleo. Desde o seu lançamento, em outubro de 2015, diferentes países foram se incorporando até atingirmos 19 países entre a América Latina e a Espanha. Além disso, avançamos nos lançamentos feitos nas línguas regionais da Espanha, com as edições em galego (Oqueleo) e em valenciano (Jolli-bre Voramar).

    Esse foi o ano do retorno da Santillana à literatura infantil e juvenil de consumo, ou trade, com lançamentos como o livro do filme O Vampiro, a coleção Natacha em capa dura, de autoria de Luis Pescetti, e o título de realidade aumentada ¿Amigos?, entre outros.

    Em 2018 continuaremos reforçando a linha de produtos comerciais com novos lançamentos globais e locais. Além disso, lançaremos na Argentina, Colômbia, México e Uru-guai, entre outros, a plataforma de compreensão leitora Lo-queleo, que permitirá que os professores e alunos avaliem e melhorem suas habilidades de leitura por meio de ativi-dades interativas relacionadas aos livros de nosso acervo.

    O catálogo de literatura infantil e juvenil da Norma abriu novos mercados nos Estados Unidos, Uruguai, Chile e Bolívia, e seu prestigioso Prêmio Norma de Literatura Infantil e Juvenil contemplou o escritor argentino Eze-quiel Dellutri, cuja obra será publicada no próximo ano.

    24 / Âmbitos da nossa atividade educacional

    Santillana / Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 24 8/8/18 11:28

  • Em 2018 celebraremos dois aniversários muito im-portantes para o selo: os 20 anos de Zona Livre, coleção juvenil de referência em toda a América Latina, e o 20o aniversário de um dos títulos mais lidos de todo o acervo da editora: Os olhos do cão siberiano, de Antonio Santa Ana.

    Além disso, em 2018 iniciaremos a reformulação e relançamento global das coleções mais emblemá-ticas (Boa Noite, Torre de Papel, Zona Livre e Cara Cruz), algo que nos permitirá continuar expandin-do nossa base.

    Âmbitos da nossa atividade educacional / 25

    916218 _ 0001-0112.indd 25 8/8/18 11:28

  • Um dos avanços tecnológicos implementados neste ano em 18 países foi a versão 3.0 da plataforma LMS e-stela, nossa principal ferramenta digital de acesso aos conteúdos da Santillana Compartilhar e UNOi. Em 2018 a Santillana lançará em cinco países da América Latina a plataforma EVA, de acesso a conteúdos digitais, que pre-tende se tornar a ferramenta mais avançada no mercado de livros didáticos.

    Plataformaseducacionais

    _06.

    26 / Âmbitos da nossa atividade educacional

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 26 8/8/18 11:28

  • Também avançamos em nossos produtos educativos em formato digital. Neste sentido, consolidamos a utilização do Livroweb 3.0, um produto digital inovador que permite personalizar a experiência de aprendizagem dos alunos.

    O Livroweb 3.0. possui um design atrativo e visual, é inte-rativo, acessível e multidispositivo (computador, tablet e smartphone). Inclui uma curva analítica de aprendizagem, permitindo que os docentes visualizem o progresso dos seus alunos, saibam de onde partem, como vão avançan-do, quais os alunos que requerem atenção especial e em que.

    No que se refere às análises, 2018 será o ano da implan-tação da visão de 360 graus, que permitirá obter informa-ção sobre a vitalidade digital das escolas.

    Por meio do Learning Analitycs poderemos oferecer aos docentes um conhecimento pormenorizado dos conteúdos que seus alunos acessam e do progresso deles, permitindo uma maior personalização dos processos de ensino-aprendizagem.

    Âmbitos da nossa atividade educacional / 27

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 27 8/8/18 11:28

  • A sociedade atual exige novas habilidades, necessárias para enfrentar qualquer desafio presente e futuro. Por isso, é importante oferecer aos alunos as ferramentas necessárias para torná-los cidadãos da sociedade do co-nhecimento no mundo em que vivem.

    O programa SET VEINTIUNO, que inclui materiais e re-cursos para o desenvolvimento dessas habilidades (21st Century Skills), implementou ao longo de 2017 duas ini-ciativas: os Viveiros de Experiências, que permitiram que professores e alunos da Espanha e da América Latina trabalhassem em âmbitos como a programação e a robó-tica, bem como a educação em valores (economia sus-

    tentável, pensamento crítico…), por meio de uma meto-dologia baseada em desafios e no trabalho em equipe; e Expedición SET VEINTIUNO, evento exclusivo para que os professores, em primeira mão, tomem consciência de quais são as habilidades necessárias para a vida atual. Os participantes experimentavam, por meio de uma série de desafios pedagógicos, os benefícios de incorporar à aula o desenvolvimento dessas habilidades. O especialista em pedagogia Carlos Magro encerrou a experiência compar-tilhando o seu e-book gratuito intitulado 21 habilidades del siglo VEINTIUNO.

    Habilidades doaluno competente

    _07.

    Relatório corporativo / 2018

    28 / Âmbitos da nossa atividade educacional

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 28 8/8/18 11:28

  • Em 2018, reforçaremos o SantillanaLAB, nosso fórum de pesquisa e diálogo sobre tendências educacionais, com sessões men-sais abertas que combinarão a experiência de especialistas, a análise das melhores práticas de inovação e a aplicação direta disso na co-munidade educativa.

    Por meio de um blog e de diferentes perfis nas redes sociais serão divulgadas as conclu-sões das sessões a fim de que sejam com-partilhadas com os comprometidos com a melhoria da educação.

    Âmbitos da nossa atividade educacional / 29

    916218 _ 0001-0112.indd 29 8/8/18 11:28

  • Capacitaçãodocente

    _08.

    O professor é uma peça essencial na transformação educacional. Na atualidade, o papel do docente vai além do domínio de saberes próprios da sua especialidade, pois a cada dia se espera que ele desempenhe a função de mentor, de orientador dos alunos. A transformação digital e metodológica que a escola vivencia requer do-centes preparados, capazes de implementar pedagogias interdisciplinares, práticas, que fomentem o trabalho em equipe… Para a Santillana é fundamental estar ao lado dos professores e das equipes de direção das escolas, dando apoio ao seu desenvolvimento profissional com programas e oficinas que atualizem e renovem seus co-nhecimentos e competências.

    30 / Âmbitos da nossa atividade educacional

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 30 8/8/18 11:28

  • Dado o ritmo acelerado em que se move a nossa socie-dade, é preciso que as pessoas possam se formar ao lon-go da vida, dentro e fora do sistema educacional, com a finalidade de adquirir, atualizar, complementar e ampliar suas capacidades, conhecimentos, habilidades, aptidões e competências visando ao seu desenvolvimento pes-soal e profissional. A Santillana supre as necessidades do mercado de trabalho com cursos de formação para a empregabilidade nas áreas de tecnologias da informação e marketing digital. Este é o propósito do BeJob, a nova plataforma de aprendizagem e capacitação on-line que prepara novos perfis profissionais compatíveis com a ele-vada exigência de mão de obra qualificada, especialmen-te na área das tecnologias da informação e da estratégia e marketing digital (programação web, robótica, Arduino, infografia 3D, compra programática, big data, análise di-gital…).

    Em agosto passado, a BeJob foi outorgada com um proje-to com fundos europeus para a capacitação de jovens na área de tecnologias dentro do programa Garantia Juvenil, com compromisso de emprego. O objetivo do projeto é capacitar 500 jovens em diferentes regiões da Espanha e proporcionar-lhes o acesso a um posto de trabalho rela-cionado com as TIC.

    Outra linha voltada para a capacitação de adultos é a li-derada pela Richmond que visa ao ensino-aprendizagem de inglês, com ampla oferta de materiais destinados tanto a pessoas adultas de qualquer idade, independentemen-te de seu nível de domínio do idioma, quanto a jovens adultos, com séries como @work, English ID, iDentities…

    Cursos para adultos

    _09.

    Âmbitos da nossa atividade educacional / 31

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 31 8/8/18 11:28

  • Inspire-os, e você se surpreenderá vendo até onde eles são capazes de chegar.

    916218 _ 0001-0112.indd 32 8/8/18 11:28

  • Inspire-os, e você se surpreenderá vendo até onde eles são capazes de chegar.

    Não tenho medo de leão .David, 7 anos.

    916218 _ 0001-0112.indd 33 8/8/18 11:28

  • /03.

    Um ano em imagens

    Relatório corporativo / 2018

    34 / Um ano em imagens

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 34 8/8/18 11:28

  • /03.

    Um ano em imagens

    Laura, 6 anos. Futura fotógrafa.

    Um ano em imagens / 35

    916218 _ 0001-0112.indd 35 8/8/18 11:28

  • 2017Un año en imágenes

    JANEIRO / A competência digital e a transfor-mação pessoal no dia a dia do professor fo-ram os temas centrais das palestras do con-solidado encontro anual ¡Grandes Profes! 2017 em Madri, ao qual assistiram quase 2.000 docentes.

    JANEIRO / Os especialistas Tyler DeWitt, Julia Borbolla, Marco Serrato, Iván Barrera e Roxa-na Morduchowicz inspiraram professores e diretores de centros educacionais durante o IV Congresso da Santillana Compartilhar rea-lizado em Jalisco (México), que abordou a “Gestão e transformação educacional”.

    FEVEREIRO / Celebramos o 5.º aniversário da Ruta Maestra, revista especializada em edu-cação e editada na Colômbia, uma via de co-municação e construção de conhecimentos e experiências entre especialistas, entidades e comunidade educativa.

    5.o aniversário!E S P E C I A LCidadania, convivência e educação

    36 / Um ano em imagens

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 36 8/8/18 11:28

  • 2017Un año en imágenesMARÇO / A Santillana lança na Espanha a Escola de Autor, um projeto que incorpora novos materiais educacionais e metodologias abertas e flexíveis adaptados às necessidades das escolas.

    MARÇO / A Santillana, junto com as mais re-levantes instituições educacionais da Colôm-bia, integra o II Encontro Nacional de Educa-ção Privada, com o tema “Inovação disruptiva”, que oferece as mais recentes estratégias edu-cacionais desenvolvidas para ajudar os alunos a enfrentar os desafios e problemas de um mundo globalizado.

    MARÇO / A Santillana doa 7.400 títulos para o programa Bolívia Lê a fim de ajudar na cria-ção de bibliotecas e pontos de alfabetização em todo o território nacional.

    MARÇO / Laria en la brisa, de Andrés Hidal-go (Loqueleo), foi o livro mais vendido na Feira Internacional do Livro do Caribe, FILCAR 2017.

    escola do autorQuando educar é criar...

    Um ano em imagens / 37

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 37 8/8/18 11:28

  • ABRIL / Sucesso da Santillana em sua par-ticipação na 43.ª Feira do Livro de Buenos Aires.

    ABRIL / El rastro de Lovecraft, de Carlos San-doval (Loqueleo), ganhou o prêmio do Banco do Livro da Venezuela na categoria de Me-lhor Livro Juvenil Original 2017 (http://revista babar.com/wp/los-mejores-libros-para-ninos-y-jovenes-2017-banco-del-libro/).

    ABRIL / A Santillana Venezuela celebra seu 40.º aniversário com a exposição “#CómoSeHa-ceUnLibro”, realizada na Universidade Central da Venezuela, em cuja ocasião distribuiu entre os participantes, como brinde, visitas guiadas sobre a cadeia de valor do livro, além de fazer uma ampla exibição de ilustrações originais dos projetos editoriais realizados no país.

    ABRIL / As convenções da Santillana Compar-tilhar no Equador, nas regiões de Sierra e de Costa, contaram com as palestras de especia-listas educacionais de relevância internacional, como Natalia Armijos, Diretor da Organização de Estados Ibero-americanos, e Renata Castillo, Diretora do Instituto IDEA da Universidade San Francisco de Quito.

    38 / Um ano em imagens

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 38 8/8/18 11:28

  • MAIO / om o lançamento do projeto Que-ro, Educação Inicial (3 a 5 anos), a Santillana completa sua proposta educacional para a República Dominicana com um material que ajuda meninas e meninos a alcança-rem aprendizagens significativas, elabora-do em sintonia com a Nova Base Curricular do Ministério da Educação do país.

    JUNHO / Com o título “Liderança e es-colas eficazes: perspectiva para uma melhoria constante e sustentável”, a Santillana patrocina na República Domi-nicana o Fórum Escolas Eficazes 2017 do Ministério da Educação, que contou com a participação dos principais responsáveis da área de educação e consultores do Banco Mundial.

    JUNHO / A coleção Student’s for Peace, pu-blicada pela Richmond no Brasil, recebe o prêmio da categoria Excellence in Innovation Course de ELTons Awards, concedido anual-mente pelo The British Council aos melhores produtos para o ensino da língua inglesa.

    AGOSTO / Lançamento na Colômbia do li-vro Pedagogía, lenguaje y democracia, escrito por Fabio Jurado em parceria com a Rede Latino-Americana para a Transformação da Formação Docente em Linguagem.

    Livros para gostar de ler

    Um ano em imagens / 39

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 39 8/8/18 11:28

  • AGOSTO / O 6.º Congresso Nacional “Edu-cando na era digital” reuniu em Buenos Aires especialistas em inovação e profissio-nais da educação. Mais de 800 representan-tes de colégios tiveram a oportunidade de escutar as palestras de Pilar Sordo, Carmen Pellicer e Melina Masnatta.

    SETEMBRO / O novo Programa de Educado-res Digitais, lançado na Espanha na abertu-ra do ano letivo, acompanha os professores e os ajuda a adquirir as novas competências metodológicas e tecnológicas no processo de digitalização da sala de aula.

    SETEMBRO / Com o título “Estratégias inova-doras para a transformação da escola” foi rea-lizada em Rionegro (Colômbia) a IV edição do Congresso para os Diretores do Santillana Compartilhar, ocasião em que foram debati-dos os maiores desafios da inovação na sala de aula. Participaram do evento especialistas em educação como Koji Miyamoto, Carmen Pellicer, Miguel Barrero e Mariano Jabonero.

    SETEMBRO / No Chile, a Santillana acolheu a editora Norma por meio do seminário “Leito-res do futuro”. Autores como Ana María Ma-chado, María Fernanda Heredia, Keiko Kasza, entre outros, refletiram sobre a convergência de tradição e novos formatos na literatura in-fantil e juvenil.

    40 / Um ano em imagens

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 40 8/8/18 11:28

  • SETEMBRO / A Editora Moderna e a Rich-mond foram os selos líderes no Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), promo-vido em 2017 pelo Governo Federal do Brasil. Na seleção de livros realizada pelo Ministério da Educação foram selecionadas 19 obras da Moderna e 2 da Richmond.

    OUTUBRO / A motivação para a compreen-são leitora e a melhoria do acesso à in-formação de crianças e jovens, principais desafios educacionais no Chile, foram abordados no seminário “Lectópolis”, or-ganizado em parceria com a Fundação Te-lefónica e a Universidade Nacional Andrés Bello no Chile.

    OUTUBRO / A Editora Moderna recebe dois prêmios Top Educação: nas categorias de Literatura Infantil e Livro Didático. Top Educa-ção é uma pesquisa de participação voluntá-ria que mede a popularidade dos selos mais lidos no âmbito educacional.

    OUTUBRO / A Santillana Peru realizou a XVI Convenção de Diretores “Inovar para educar”, evento acadêmico que reúne os diretores das principais instituições educacionais do Peru no qual Pilar Sordo discorreu sobre a lideran-ça associada à mudança no âmbito da edu-cação.

    Um ano em imagens / 41

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 41 8/8/18 11:28

  • NOVEMBRO / A Editora Moderna no Brasil ganhou vários prêmios Jabuti, o galardão mais importante das letras brasileiras, re-cebendo o primeiro prêmio na categoria In-fantil para Drufs, de Eva Furnari, o primeiro prêmio em Adaptação para Romeu e Julie-ta, de Walcyr Carrasco e o segundo lugar na categoria de Livro Didático para Com os pés na África, do autor Sérgio Túlio Caldas.

    NOVEMBRO / A Santillana, em parceria com a Embaixada da Espanha e a Academia Equa-toriana da Língua (AEL), premia no Equador os alunos ganhadores do concurso literário “Eu conto” por ocasião do centenário da pu-blicação de Platero e eu, a obra mais impor-tante do Nobel espanhol Juan Ramón Jimé-nez.

    NOVEMBRO / No México, o UNOi apresen-tou, em parceria com a Apple, a Space, a Stee-lcase, a Cambridge, a Lexium, a UDLAP e a EP-SON, o “Novo Curso Secundário”, um projeto que alcança a transversalidade na educação implementando, em todos os níveis educacio-nais, a cultura maker do aprender fazendo por meio de um Big Challenge durante o ano letivo.

    NOVEMBRO / A Colômbia retransmitiu cerca de oito edições dos Fóruns Virtuais San-tillana+, o espaço docente gratuito de for-mação virtual, no intuito de abordar temas de grande relevância para a comunidade educa-tiva colombiana, com a colaboração de reno-mados especialistas em educação.

    42 / Um ano em imagens

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 42 8/8/18 11:28

  • Um ano em imagens / 43

    916218 _ 0001-0112.indd 43 8/8/18 11:28

  • /04.

    A Santillana em números

    44 / A Santillana em números

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 44 8/8/18 11:28

  • /04.

    A Santillana em números

    A Santillana em números / 45

    Cláudia, 6 anos. Futura programadora.

    916218 _ 0001-0112.indd 45 8/8/18 11:28

  • /30 milhõesde alunos usuários

    dos serviços e conteúdos educacionais da Santillana

    Nossos alunos

    Santillana /

    46 /

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 46 8/8/18 11:28

  • de livros didáticos vendidosem 2017

    /94 milhões

    +1307

    3881

    profissionaisde conteúdos desenvolvem mais de

    novas edições no ano

    Edições e conteúdos

    Relatório corporativo / 2018

    / 47

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 47 8/8/18 11:28

  • FundaçãoSantillana1.270.040Usuários

    +930 milalunos

    estudam com os sistemas

    educacionais UNOi e Compartilhar

    de LMS (learning management

    system) e outros sistemas

    aulasdigitalizadas na América Latina

    Santillana digital

    30 mil

    2.523.793total de seguidores

    Ecossistema Santillana

    916218 _ 0001-0112.indd 48 8/8/18 11:28

  • Compromisso social e cultural

    FundaçãoSantillana

    +11.119

    +60

    19

    +797

    participantes nos eventos

    atividadesem 6 países

    publicações da Fundação

    impactosem meios de comunicação

    (11 em espanhol e 8 em português)

    916218 _ 0001-0112.indd 49 8/8/18 11:28

  • RECEITAS POR ORIGEM GEOGRÁFICA(Milhões de euros)

    ESPANHA 135,3

    2016 2017% %

    21,23 % 120,9 18,43 %

    502,2 78,77% 535,3 81,57 %AMÉR. LATINAE OUTROS

    RECEITAS OPERACIONAIS(Milhões de euros)

    0

    200

    400

    600

    800

    2016 2017

    637,5 656,2

    916218 _ 0001-0112.indd 50 8/8/18 11:28

  • RECEITAS POR LINHA DE ATIVIDADE(Milhões de euros)

    EDUCAÇÃO

    SISTEMAS

    430,9

    55,6

    2016 2017% %

    67,59

    8,73

    439,5

    56,5

    66,97

    8,61

    54,6

    86,5

    9,9

    637,5

    8,57

    13,57

    1,54

    100

    64,7

    86,6

    8,9

    656,2

    9,87

    13,20

    1,35

    100

    COMPARTILHAR

    IDIOMAS

    OUTROS*

    TOTAL

    EBITDA (MILHÕES DE EUROS)

    0

    100

    200

    300170,91 179,33

    2016 2017

    916218 _ 0001-0112.indd 51 8/8/18 11:28

  • /05.

    Presença internacional

    52 / Presença internacional

    Santillana / Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 52 8/8/18 11:28

  • Cristina, 5 anos. Futura piloto de drones.

    916218 _ 0001-0112.indd 53 8/8/18 11:28

  • América do Norte

    Estados Unidos

    México

    Europa

    Espanha

    Portugal

    Reino Unido

    Caribe

    Porto Rico

    Rep. Dominicana

    América do Sul

    Argentina

    Bolívia

    Brasil

    Chile

    Colômbia

    Equador

    Paraguai

    Peru

    Uruguai

    Venezuela

    América Central

    Costa Rica

    El Salvador

    Guatemala

    Honduras

    Nicarágua

    Panamá

    54 / Presença internacional

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 54 8/8/18 11:28

  • Diretoriada empresa

    Presidente (não executivo)Ignacio Santillana

    Conselheiro DelegadoMiguel Ángel Cayuela

    Direção Global de Operações Julio Alonso Peña

    Direção Global de EducaçãoFrancisco Cuadrado

    Direção Global de P+D+iMiguel Barrero

    Direção Global de IdiomasChristopher West

    Direção Global do CompartilharLuis Guillermo Bernal

    Direção Global do Sistema UNOiJosé Henrique del Castillo

    Direção de Recursos HumanosFrancisco Lorente

    Direção de ComunicaçãoRosa Junquera

    ANO DE CONSTITUIÇÃO PAÍS

    DIRETOR(A)- GERAL

    1963

    1971

    1968

    1994

    2001

    1981

    1993

    1977

    1994

    1997

    1988

    1992

    1995

    1989

    1972

    1993

    1991

    1960

    José Liñán

    David Delgado

    Mauricio Montenegro

    Pedro Luis Ayuso

    Sergio Quadros

    Javier Laría

    Carmen Ureña

    María Jesús Abad

    Carola Ossio

    José Miguel Pereda

    Alberto Polanco

    Fernando Rama

    Luis Alonso González

    Alberto Muñoz

    Miguel Tapia

    María Jesús Abad

    Ignacio Romero

    Javier Caso

    ARGENTINA

    MÉXICO

    CHILE

    REP. DOMINICANA

    BRASIL

    PERU

    EQUADOR

    VENEZUELA

    BOLÍVIA

    PARAGUAI

    COLÔMBIA

    URUGUAI

    AMÉRICA DO NORTE CENTRO*

    PORTUGAL

    EUA.

    AMÉRICA DO SUL CENTRO**

    PORTO RICO

    ESPANHA

    *Guatemala, Honduras, El Salvador

    **Costa Rica, Nicarágua, Panamá

    Presença internacional / 55

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 55 8/8/18 11:28

  • /06.

    Santillana responsável

    56 / Santillana responsável

    Santillana / Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 56 8/8/18 11:28

  • Julia, 18 anos. Futura colaboradora numa ONG

    916218 _ 0001-0112.indd 57 8/8/18 11:28

  • Todos nós temosalgum talentoespecial,só é precisodescobrir qual.

    58 / Santillana responsável

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 58 8/8/18 11:29

  • Libere o potencial de uma criança e ela poderátransformar o mundo .María Rodrigues, professora.

    Todos nós temosalgum talentoespecial,só é precisodescobrir qual.

    Santillana responsável / 59

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 59 8/8/18 11:29

  • O compromissoda Santillana com

    a comunidade

    / 06.

    Desde que foi fundada, há quase seis décadas, a Santilla-na sempre se pautou pela convicção de que a educação é uma necessidade humana essencial e pela noção de que a capacidade de aprender é básica para o desenvol-vimento das pessoas em todas as etapas da vida, sem exceção.

    Esse compromisso institucional continua bem firme, tendo se fortalecido com o tempo. Queremos ajudar a criar um mundo onde crianças e jovens possam se tornar aquilo que desejarem.

    Sabemos que para despertar o potencial de cada aluno e aluna devemos nos aproximar deles, dos seus profes-sores, familiares e responsáveis, fazendo nosso trabalho de maneira comprometida, aberta e transparente e pro-curando fortalecer nossas práticas empresariais em to-das as áreas da responsabilidade social: a econômica, a ambiental, a comunitária e a ética, conforme os padrões estabelecidos pelo governo.

    60 / Santillana responsável

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 60 8/8/18 11:29

  • Santillana responsável / 61

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 61 8/8/18 11:29

  • Nossa política de boa governança estabelece os princípios que regem a gestão da compa-nhia.

    Em matéria de conduta e normatividade, a Santillana se atém ao Código de Ética e às po-líticas gerais do Grupo PRISA. As práticas de boa governança são consideradas parte inte-grante da nossa política de governo e consti-tuem o marco de referência das nossas ações de Responsabilidade Social Corporativa, âm-bito no qual continuamos ampliando a abran-gência e repercussão da nossa atividade.

    Além disso, por ser parte do PRISA, a Santilla-na também está sujeita ao Código Interno de Conduta em matérias relativas aos mercados de valores (RIC).

    O Conselho da Santillana constituiu dois Co-mitês: o de Auditoria e o de Nomeações e Re-munerações, que contribuem para fortalecer

    Governançacorporativa

    62 / Santillana responsável

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 62 8/8/18 11:29

  • Nossa política de boa governança estabelece os princípios que regem a gestão da compa-nhia.

    Em matéria de conduta e normatividade, a Santillana se atém ao Código de Ética e às po-líticas gerais do Grupo PRISA. As práticas de boa governança são consideradas parte inte-grante da nossa política de governo e consti-tuem o marco de referência das nossas ações de Responsabilidade Social Corporativa, âm-bito no qual continuamos ampliando a abran-gência e repercussão da nossa atividade.

    Além disso, por ser parte do PRISA, a Santilla-na também está sujeita ao Código Interno de Conduta em matérias relativas aos mercados de valores (RIC).

    O Conselho da Santillana constituiu dois Co-mitês: o de Auditoria e o de Nomeações e Re-munerações, que contribuem para fortalecer

    funcionalmente, à Unidade de Conformidade do PRISA. Em 2017 intensificou o trabalho de supervisão do funcionamento e observação do modelo institucional de prevenção penal e também ajudou a promover o comportamen-to ético dos funcionários em várias comuni-cações.

    Outra função da Unidade de Cumprimento é fiscalizar o cumprimento da legislação apli-cável às atividades do Grupo e da normativa interna da organização em todas as empresas da Santillana em qualquer âmbito geográfico.

    Dispõe de um canal próprio para o recebi-mento, registro e tratamento das notificações e ocorrências relativas a irregularidades ou infrações tanto da normativa externa quanto

    a dinâmica de trabalho do Conselho de Admi-nistração em seu dever de fiscalizar a gestão da empresa.

    No âmbito das novas exigências regulatórias, a Santillana continuou reforçando a estrutura de implementação de procedimentos norma-tivos ao implantar uma Unidade de Confor-midade que supervisiona o funcionamento e observação do modelo institucional de pre-venção de penalidades, além de promover o comportamento ético dos funcionários e o cumprimento da legislação em vigor.

    Esse órgão colegiado com poderes autôno-mos de iniciativa e controle se reporta ao Con-selho de Administração sendo subordinado, hierarquicamente, ao Comitê de Auditoria e,

    da interna em matérias que afetem o Grupo,

    seus funcionários ou atividades, e uma caixa

    de mensagens para que terceiros notifiquem

    queixas e denúncias, ambos de caráter con-

    fidencial.

    No que se refere à área editorial, os conteú-

    dos editados pela Santillana no mundo inteiro

    obedecem às prescrições dos currículos que

    o governo ou a administração de cada país

    determina para cada ano e disciplina escolar.

    Vários comitês corporativos globais e nacio-

    nais em cada país supervisionam as decisões

    relativas à construção do processo editorial e

    os conteúdos a serem editados com todos os

    detalhes de redação, produção e ilustração.

    Santillana responsável / 63

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 63 8/8/18 11:29

  • Responsabilidadecom as pessoas

    Um dos aspectos mais importantes da cultura

    e da estratégia de negócio da Santillana

    consiste em considerar a educação como

    a principal força propulsora do futuro. Nós

    nos preocupamos com o desenvolvimento

    da capacidade humana em todos os países

    onde desenvolvemos nossas atividades.

    Entendemos que essa força transformadora

    começa dentro de casa, na responsabilidade

    da empresa com os seus próprios funcionários.

    64 / Santillana responsável

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 64 8/8/18 11:29

  • lizadas no setor editorial. Essas instituições permitiram que, só neste ano, um total de 120 alunos fizesse seus estágios em nosso grupo empresarial com uma duração média de seis meses por programa.

    Além disso, contamos com a plataforma do Campus PRISA, por meio da qual nossos pro-fissionais têm à sua disposição cursos de ca-pacitação nas seguintes áreas:

    FORMAÇÃO / Nossos profissionais desen-volvem suas atividades numa cultura que possibilita a aprendizagem permanente. A Santillana investiu na formação dos seus fun-cionários, em lhes fornecer as ferramentas necessárias para desenvolver suas compe-tências profissionais.

    Em 2017, a Santillana investiu 900 mil euros em 26 mil horas de capacitação para os seus funcionários destinadas, principalmente, à transformação digital e tecnológica da em-presa, bem como à gestão e liderança das equipes.

    A Santillana mantém programas ativos de for-mação como parte da sua política de recur-sos humanos em nível global. Esta iniciativa começou há vários anos com universidades, colégios de Ensino Médio, centros de estudos de pós-graduação e outras escolas especia-

    Uma das ideias mais inovadoras em cursos de capacitação é a plataforma de inovação e tendências Minha ideia! Por meio dessa ferramenta de inovação e tendências, comum ao demais funcionários do PRISA, nossos pro-fissionais podem contribuir com sugestões, projetos de melhoria e, inclusive, ideias pró-prias e originais para a geração de possíveis patentes. Deste modo, a plataforma permite identificar o talento individual e reforçar ideias novas e diferenciadas.

    Outra iniciativa para o impulso e desenvolvi-mento da inteligência coletiva dentro do nos-so Grupo é a Fábrica de Experiência (FEX), uma plataforma on-line criada há 4 anos e que integra a experiência e o conhecimento obti-do nos projetos de negócio mais relevantes. A FEX identifica, entre os funcionários, os es-pecialistas capazes de fornecer conhecimento útil para a organização como um todo.

    Inovação e Tecnologia

    Habilidades Digitais

    Habilidades Diretivas e Gestão de Equipes

    Transformação Digital Estratégica

    Políticas direcionadasaos funcionários

    Santillana responsável / 65

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 65 8/8/18 11:29

  • dentro dela. Por vezes, se aproveita a conso-lidada presença internacional da companhia para transferir conhecimento entre os profis-sionais mediante o intercâmbio de experiên-cias.

    Como projeto global, a companhia oferece, por meio do PRISA Jobs, vagas internas que promovem a rotatividade e a transferência entre os departamentos da própria compa-nhia e as demais unidades de negócio do PRI-SA, favorecendo o desenvolvimento profissio-nal dos nossos funcionários.

    DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL / Na Santillana apostamos em uma mudança cultural que reforce a igualdade de opor-tunidades e o reconhecimento do sucesso. Por esse motivo, a companhia instaurou um sistema de avaliação do desempenho para a identificação, desenvolvimento e atração do talento.

    Procuramos alinhar os resultados da com-panhia às necessidades de cada pessoa por meio da gestão eficaz da avaliação e estabe-lecendo um roteiro para seu desenvolvimento

    66 / Santillana responsável

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 66 8/8/18 11:29

  • CONCILIAÇÃO / A companhia tem implementado políticas internas que garantem a igualdade de oportunidades e a conciliação. Sua finalidade, ao promover iniciativas de caráter voluntário para os funcionários, é favorecer uma melhor conciliação entre a vida profissional, pessoal e familiar, possibilitando o desenvolvimento profissional mediante a capacitação.

    COMUNICAÇÃO INTERNA / Vitrine de informação da com-panhia e ponto de encontro para todos os funcionários, a intranet comum em nível global, Toyoutome, é um projeto cuja missão é a criação de uma cultura empresarial. A Santillana participa em sua newsletter interna contribuin-do mensalmente com os melhores destaques na área de compromisso social e comercial.

    A enews diária Santillana EN DIA, criada há três anos, é outra ferramenta que ajuda a entender a dimensão do nosso projeto empresarial e fazer com que os nossos tra-balhadores se sintam participantes dos objetivos corpo-rativos. A enews publica diariamente de mais de 20 conteú-dos novos que permitem informar das nossas realizações e eventos, divulgar expectativas no mercado, aproximar do setor as novidades mais relevantes e envolver as pes-soas nos objetivos cotidianos.

    SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO / A Santillana cuida da saúde dos seus funcionários e põe à sua disposição exames médicos gratuitos e uma oferta alternativa de cobertura médica privada e subvencionada.

    A criação de uma cultura positiva de saúde e segurança é reforçada com o assessoramento e a criação de progra-mas preventivos específicos para os funcionários.

    BENEFÍCIOS SOCIAIS / O centro corporativo da Santillana elabora as diretrizes básicas para que, em nível local, se concedam os benefícios sociais previstos na normativa trabalhista e fiscal de cada país: todos os trabalhadores da Santillana dispõem de uma série de benefícios sociais que vão desde o seguro de vida e acidentes a planos de saúde ou bônus para as famílias, etc., em função do país em questão.

    Há quatro anos, foi implantado na Espanha um Plano de Remuneração Flexível que teve grande aceitação por par-te dos funcionários e que, a cada ano, tem sido adaptado ao conjunto dos funcionários contratados no país.

    Santillana responsável / 67

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 67 8/8/18 11:29

  • CATEGORIA PROFISSIONAL 2018

    0

    200

    500

    2.000

    + 49,1 % + 50,9 %homens mulheres

    Cargos executivos

    Cargos de nível

    intermediário

    Pessoaltécnico

    qualificado

    Outrosfuncionários

    2.039

    2.009

    mulheres

    homens

    Pessoal total

    4.048

    68 / Santillana responsável

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 68 8/8/18 11:29

  • + 50,9 %mulheres

    ÁREA FUNCIONAL 2018

    4.048Somos

    pessoas

    880Conteúdos

    21,7 %

    1.965 Comerciale marketing48,5 %

    776 Administração,gestão e direção

    19,2 %

    427 Produção técnica e logística10,6 %

    Santillana responsável / 69

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 69 8/8/18 11:29

  • Responsabilidadesocial

    comunitária

    A Santillana também doou livros do Loqueleo para o Hospital Infantil Doctor Pedro Elizalde e também para o Hospital Infantil Ricardo Gu-tiérrez, centro de treinamento hospitalar que provê escolarização inicial e fundamental às crianças internadas.

    Por meio do curso de educação lançado pela UNICEF, a Santillana subsidiou a compra de inscrições com a participação dos funcioná-rios inscritos, que, todos juntos, conseguiram arrecadar 1.575 dólares.

    Com o objetivo de fomentar a leitura entre as crianças e adolescentes, o Santillana Compar-tilhar organizou 80 recitais de narração em di-ferentes colégios do país.

    ARGENTINA / Os “Encontros sobre o ensi-no de Matemática”, liderados pela equipe de Claudia Broitman, especialista de prestígio na área, geraram vários espaços de troca de experiências entre supervisores, represen-tantes legais, diretores e professores de ins-tituições públicas e privadas, convidados pela Santillana.

    Em solidariedade às crianças hospitalizadas por longos períodos de tempo, a Santillana participou, junto com o Movimento Darte, da elaboração e impressão de cadernos artesa-nais. Os cadernos foram produzidos com ma-teriais reciclados para as crianças do Hospital Garrahan, que receberam a doação de livros como incentivo para manterem seu nível de aprendizagem e não perderem o ritmo escolar.

    Ao longo de 2017 foram organizadas múlti-plas rodadas de capacitação docente gratuitas para professores de inglês com es-pecialistas de renome, fomentando a igualda-de de oportunidades com vários encontros de formação em diferentes estados da Argentina e em alguns bairros da Grande Buenos Aires, bem como capacitações a distância.

    O 5.º Ciclo de Educação, Arte e Literatura In-fantil e Juvenil, realizado pelo Loqueleo, deba-teu o papel da literatura infantil e juvenil na formação de crianças e jovens e na constitui-ção do sujeito leitor. O ciclo contou com as palestras de Marina Colasanti e Liliana Bodoc intituladas: “A linguagem e a saudade: diálogo entre titãs” e “Contos de fada: reais e neces-sários como os lobos”.

    70 / Santillana responsável

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 70 8/8/18 11:29

  • BOLÍVIA / Em 2017, a Santillana tem apoiado o progra-ma governamental “Bolívia Lê” por meio de novas doa-ções de livros ao Ministério da Educação Plurinacional da Bolívia. O objetivo do plano é a criação de bibliotecas e pontos de alfabetização nas áreas rurais e nas zonas suburbanas do país. Nas seis campanhas do Bolívia Lê, a Santillana participou com mais de 50 mil livros ajudando a suprir a grande necessidade desse plano de pós-alfa-betização do país, onde, por falta de prática de leitura, os recém-alfabetizados esquecem o que aprenderam, tornando-se analfabetos funcionais.

    Além disso, fizemos uma doação para a criação da pri-meira biblioteca no Hospital Infantil de La Paz, no qual são internadas, para tratamento oncológico, crianças de todo o estado e também do interior do país.

    BRASIL / Em 2017, em parceria com a Editora Moder-na, promovemos vários seminários públicos para a dis-cussão e debate de temas relevantes para a educação brasileira, como o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD 2019), a licitação de Tecnologias do Ministério de Educação, o lançamento do Anuário da Câmara e o Ob-servatório do Plano Nacional de Educação (OPNE).

    A Moderna apoiou também as ações sociais e culturais destinadas aos operários da construção civil e organiza-das pela ONG Mestres de Obra. Desde 2012, quase 4 mil trabalhadores de diferentes regiões têm sido beneficia-dos por ações educacionais graças ao apoio econômico prestado a essa organização.

    Esse programa desenvolve oficinas multiculturais de artes plásticas, fotografia, cinema, literatura, música e filosofia. Nelas, os operários encontram um espaço de conheci-mento no qual o termo educar torna-se uma responsabili-dade coletiva, e o protagonismo social e as relações entre os cidadãos se fortalecem.

    Em parceria com o movimento Todos Pela Educação e com a participação de especialistas em educação, a Edi-tora Moderna colaborou nos grupos de discussão da área de Educação Fundamental. Os objetivos foram contribuir ao enfrentamento dos desafios decorrentes da nova edu-cação, elaborar propostas por meio de pesquisas e forta-lecer parcerias estratégicas com o setor.

    CAS / A Santillana tem apoiado a campanha de coleta de brinquedos e livros da XVII Festa de Natal organizada pela Associação Obras do Espírito Santo mediante doa-ções de livros a escolas em zonas de alto risco de exclu-são social na Costa Rica, Nicarágua e Panamá.

    CHILE / A parceria da Santillana com a Fundação Chile Viva Saudável vem promovendo uma boa saúde dentro e fora das escolas mediante a realização do concurso Selo Colégio Saudável. Mais de 200 colégios do país concor-reram com propostas criativas e culinárias voltadas para uma verdadeira cultura de vida saudável e para a melho-ra da condição física e psicológica das nossas crianças e adolescentes. A entrega dos prêmios foi realizada no co-lóquio “A importância de formar hábitos de vida saudável no século XXI”.

    Santillana responsável / 71

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 71 8/8/18 11:29

  • vernamentais como o Ministério do Trabalho e Previdência Social, o Ministério Secretaria Geral da Presidência e o Conselho Nacional da Infância.

    Lançamos o programa Antibullying KiVa, o método que, em parceria com a Universida-de de Turku, previne a violência escolar, e que já foi adotado por várias escolas do país. Sua criadora, Christina Salmivalli, deu uma pales-tra para diretores de escola, professores, au-toridades e acadêmicos da Universidade dos Andes, e compartilhou uma rigorosa pesquisa do método que foi implementado na Finlân-dia desde 2017 pela Universidade de Turku e que é financiado pelo Ministério da Educação e Cultura daquele país, com resultados muito positivos.

    EQUADOR / Há anos que a Santillana man-tém convênios de cooperação com várias fundações e entidades. Entre elas, a Funda-ção Cecilia Rivadeneira, por cujo intermédio concedeu, em 2017, bolsas integrais anuais

    Por ocasião da visita do Papa Francisco ao Chile, a Santillana colaborou na realização do projeto MERGULHE para crianças em idade escolar. Esta iniciativa consiste na criação de um ateliê de livros desenvolvidos como unida-des didáticas para os colégios ou para traba-lhar em família durante as férias. O lançamen-to dos livros do MERGULHE foi realizado num evento festivo que contou com a presença de aproximadamente duas mil pessoas, organi-zado pela Comissão Visita do Papa Francisco, pela Conferência Episcopal do Chile e pela diocese do município de Melipilla.

    A Unidos pela Infância (UPPI) organizou o se-minário “Propostas curriculares para a infân-cia e adolescência no Chile”, colocando assim na agenda das autoridades a reflexão sobre o compromisso de manter políticas públicas destinadas às crianças e aos jovens do país. A UPPI é formada por empresas como a Te-lefónica, a Santillana, a Deloitte, a Arcor, a So-dimac e a corporação social United Way Chile e conta com o patrocínio de instituições go-

    destinadas a cinco crianças diagnosticadas com câncer, além de finalizar a criação de uma biblioteca infantil na Escola Fazenda.

    A Fundação Escola Equatoriana Tênis sobre Ro-das recebeu livros e uniformes para os alunos poderem participar nos torneios nacionais. Dentre as outras organizações beneficiadas com o material necessário para o ano letivo e livros para as bibliotecas estão a organização católica Fundación Niños de María, a Unidade Educacional Guachapelí de Pedernales, loca-lidade atingida há um ano por um terremoto que deixou danos irreparáveis, e o Patronato San José, entidade governamental de ajuda aos mais vulneráveis.

    ESPANHA / A segunda edição dos Prêmios Educabilidade, exclusivamente destinados aos professores que usam os nossos mate-riais, tornou a valorizar as ideias de incentivo à inovação educativa e à pesquisa na sala de aula mediante o uso de novas técnicas e mé-todos didáticos.

    MERGULHE (Chile).

    72 / Santillana responsável

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 72 8/8/18 11:29

  • #AllWithBooks e Loqueleo. Katab, uma localidade si-tuada no estado de Campeche, foi a comunidade maia beneficiada com essa iniciativa. A Santillana, por meio do selo Loquelo, doou dois mil novos livros para a AllWi-thBooks a fim de criar uma biblioteca nessa comunidade e fomentar a leitura. Por sua vez, a startup AllWithBooks colocou à venda a coleção All you need to make mayan honey, que contém dez histórias acerca dos povoadores maias do Katab. A cada coleção ou série adquirida, os compradores tinham a possibilidade de escolher um livro do Loqueleo para assim contribuir à construção de mais bibliotecas nesse estado da República Mexicana.

    Após os terremotos de 7 e 19 de setembro, que devasta-ram amplas zonas da Cidade do México e dos estados de Morelos, Puebla e Oaxaca, a Santillana realizou a Campa-nha Dupliquemos Soluções. A cada peso doado pelos co-laboradores, familiares ou amigos, a Santillana contribuía com mais dois pesos. O total das contribuições era entre-gue à Fundação Carlos Slim, que por sua vez contribuía com mais cinco pesos para cada peso arrecadado. Essa causa ajudou a reconstruir escolas atingidas pelos terre-motos, possibilitando o retorno rápido de mais crianças às salas de aulas.

    Em parceria com a Fundação Santillana e a OEI, a San-tillana convocou especialistas de prestigiosos organismos nacionais e internacionais para refletirem sobre grandes temas da atual Reforma Educacional no México no Simpó-sio Modelo Educacional. Otto Granados Roldán, atual Se-cretário da Educação Pública do México, Serafín Antúnez, da Universidade de Barcelona e Ricardo Cuenca Pareja, Diretor do Instituto de Estudos Peruanos, entre outros especialistas da UNESCO, a OCDE e diversas autoridades educacionais debateram quatro grandes temas: reforma curricular, liderança, gestão escolar e governança.

    Simpósio Modelo Educacional (México).

    MÉXICO / Sob o slogan “O Reis Magos são +D3” e como par-te da comemoração do Dia de Reis, a Santillana México, por intermédio da Fundação para a Proteção da Infância I. A. P., entregou brinquedos à associação Juntos pela Infância “Minha Casinha” A. C. e ao Exército da Salvação. Essa iniciativa permitiu que crianças em situação vulnerável (filhos de mães trabalha-doras socioeconomicamente marginalizadas e com problemas de disfunção familiar) recebessem um presente nessa data tão festiva e importante para as crianças mexicanas.

    Santillana responsável / 73

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 73 8/8/18 11:29

  • A campanha “Incentive outros a ser, criar e agir” espalhou cartazes educacionais pelos colégios católicos a fim de promover valores como empatia, compaixão, gratidão, tolerân-cia e justiça entre os membros da comunida-de escolar. A iniciativa, realizada em parceria com a Superintendência de Escolas Católicas (SEC) de San Juan, faz parte de um esforço de-senvolvido num gesto de solidariedade para com os colégios católicos durante o processo de recuperação depois da passagem do fura-cão María.

    USA / A Santillana USA fez uma parceria com a The Pulsera Project, uma organização sem fins lucrativos, a fim de apoiar sua missão de ajudar a colorir o mundo valorizando e cele-brando a diversidade por meio da arte e da justiça social. O projeto compra pulseiras e braceletes feitos a mão por artesãos centro--americanos e se associa a professores ou a grupos de estudantes para vender esses pro-dutos por meio de escolas estadunidenses.

    Destinado a professores de espanhol como segunda língua e de programas bilíngues, o concurso arrecadou mais de 61 mil dólares, o que equivale a sete anos de emprego e salá-rio de 200 artesãos e suas famílias.

    PERU / #JuntosHacemosMás. Com o lema “Porque se sozinhos fazemos algo, juntos fazemos mais”, a Santillana se dirigiu às escolas de Lima a fim de ali ajudar as vítimas atingidas pelos desabamentos provocados pelas inundações do ano passado no país. Em parceria com a Cáritas, os colaboradores da Santillana conseguiram ajudar aproximadamen-te quatro mil famílias das zonas afetadas pelas chuvas nas cidades de Lima (Chosica e Cañete), Piura, Chiclayo, Ica, Arequipa e Chimbote.

    PORTO RICO / Em parceria com a Learn Aid, várias escolas de Porto Rico receberam ajuda para enfrentarem os desafios econômicos decorren-tes da recessão que o país vive. Foi realizada uma oficina destinada aos diretores de colégios, que versou sobre as ferramentas e estratégias disponíveis para a administração de instituições educacionais. O evento contou om o apoio da Learn Aid Puerto Rico, da Associação de Educação Privada (AEP) de Porto Rico, da Universidade Interamericana de Porto Rico (UIPR), do Recinto de Arecibo e da empresa Estudios Técnicos, Inc.

    “Juntos fazemos mais” (Peru).

    74 / Santillana responsável

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 74 8/8/18 11:29

  • Responsabilidadecom o meio

    ambiente

    Na Santillana, é nosso desejo apoiar cada

    vez mais os docentes, as salas de aula e a di-

    vulgação científica. Também queremos nos

    tornar cada vez mais sensíveis para com-

    preender melhor o mundo em que vivemos,

    o nosso lugar nele e o modo como devemos

    cuidá-lo.

    Santillana responsável / 75

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 75 8/8/18 11:29

  • ESPANHA / A campanha ambiental “Eu cuido da água” permitiu mostrar às escolas de Edu-cação Infantil de todo o país e à comunidade à sua volta (família e professores) a importân-cia de aproveitar bem a água. Para ensinar as crianças como conservar esse bem natural escasso e como cuidá-lo, foi elaborado um kit com conselhos práticos e uma sacola water-drop para captar água.

    Nasce então a estratégia “Eu faço o meu pa-pel”, a ser lançada em 2018, com o fim espe-cífico de ensinar os professores da Educação Infantil e do primeiro ciclo do Fundamental a reciclar papel, algo fundamental no cuida-do ao meio ambiente e que ajudará a gerar consciência social a partir da ação das crian-ças pequenas.

    BRASIL / Continua avançando o projeto de reciclagem de material coletado para a Coo-perativa Central Tietê, iniciado em 2012 nos escritórios de São Paulo. Em uma semana, coletamos aproximadamente 100 kg de pa-pel, copos descartáveis, papelão, plástico, alumínio e metais para reciclar, o que repre-senta, cerca de 4.800 kg de material reciclado doado em 2017.

    O programa de Reciclagem da Santillana fez uma campanha para enviar recursos e apoio à Venezuela, devido ao empobrecimento do país. Todos os colaboradores foram incenti-vados a doar produtos não perecíveis de hi-giene e medicamentos.

    76 / Santillana responsável

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 76 8/8/18 11:29

  • Nasce então a estratégia “Eu faço o meu pa-pel”, a ser lançada em 2018, com o fim espe-cífico de ensinar os professores da Educação Infantil e do primeiro ciclo do Fundamental a reciclar papel, algo fundamental no cuida-do ao meio ambiente e que ajudará a gerar consciência social a partir da ação das crian-ças pequenas.

    REPÚBLICA DOMINICANA / A Santillana colabora como programa de reciclagem da Fundação Tzu Chi. Aplican-do a filosofia dos 3R (reduzir, reciclar e reutilizar), foram postos contêineres de papelão em todos os andares do escritório para coletar papel a fim de ser reutilizado pos-teriormente, vendido e reciclado pela fundação. A coleta feita em 2017 serviu para ajudar as crianças da Escola Tzu Chi La Romana, do Lar de Idosos de São Francisco de Assis e da Escola Hermanas Bucarelly de Bani. A Funda-ção Tzu Chi surgiu em 1966 em Taiwan, chegou à Repú-blica Dominicana em 1999 e hoje realiza no país diversas atividades para incentivar a reciclagem de materiais.

    VENEZUELA / Reciclagem de papel por meio da REPAVE-CA. A Santillana vende para essa empresa o papel que já não será mais usado e que foi recolhido pelos funcioná-rios. Um total de 342 quilos de papel para reciclagem co-letados em 2017 permitiu poupar 2.394 litros de água e 2.052 kWh de energia, evitar 205 quilos de CO2 e 1 cm3 de aterro sanitário, além de ter salvado seis árvores.

    Santillana responsável / 77

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 77 8/8/18 11:29

  • /07.

    Fundação Santillana

    78 / Fundação Santillana

    Santillana / Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 78 8/8/18 11:29

  • /07.

    Fundação Santillana

    Malik, 5 anos. Futuro membro da Cruz Vermelha.

    Fundação Santillana / 79

    916218 _ 0001-0112.indd 79 8/8/18 11:29

  • Ação, reflexãoe debate educacional

    / 07.

    Durante 2017, a Fundação Santillana, na sua vertente educacional, deu continuidade ao desenvolvimento da estratégia global “Liderança e conhecimento educacional” que, desde 2014, estrutura todas as suas atividades. As relações institucionais têm se fortalecido graças a acor-dos assinados com entidades como a UNESCO, o BID, a CIEC, a OCDE e a Fundação Telefónica, e também com o OIJ e a OEI.

    Dentre as atividades realizadas, estão mais de 60 eventos na Espanha e em outros sete países da América Latina, o que representa um aumento de 8,3 % em relação a 2016, com um total de 11.119 participantes presenciais.

    O blog “Liderança e conhecimento educacional” aumen-tou em 29 % o número de sessões, elevando em 36 % a quantidade de novos usuários.

    Na seção de publicações, foram editados 19 títulos, 11 deles em espanhol e 8 em português.

    Os temas mais abordados foram a melhoria da compe-tência leitora, a promoção da literatura infantil e juvenil, as competências necessárias para o século XXI (de acordo com as prioridades estabelecidas pela UNESCO) e a con-tribuição para a melhoria da qualidade da educação em condições de equidade em sintonia com o estabelecido no Plano de Ação 2030, aprovado pela Assembleia Geral da ONU.

    80 / Fundação Santillana

    Santillana / Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 80 8/8/18 11:29

  • O volume de atividades e de publicações, o aumento constante no número de participan-tes e seguidores nas redes sociais e a expan-são territorial tornam a Fundação Santillana uma entidade de referência em educação qualificada no espaço latino-americano.

    Destaca-se a consolidação do Festival Ibe-ro-Americano de Literatura Infantil e Juvenil, cujas edições de Bogotá, Valladolid, Buenos Aires e Alcalá de Henares contaram com mi-lhares de participantes presenciais e seguido-res pelas redes sociais.

    Entre suas atividades culturais na Espa-nha, tiveram um excelente acolhimento as X Conversações Literárias da Formentor, o I Festival de Filosofia e o Congresso de Jorna-lismo Cultural, que comemorou sua terceira edição.

    Fundação Santillana / 81

    916218 _ 0001-0112.indd 81 8/8/18 11:29

  • XII Fórum Latino-Americanode Educação

    “Mudança e inovação educacional: as questões cruciais”

    Nessas jornadas, realizadas no Centro Cultural da Ciên-cia da Cidade de Buenos Aires, participaram aproxima-damente mil docentes e diretores de vários pontos do país, e cinco mil pessoas acompanharam via streaming. O evento trouxe reflexões e palestras sobre as necessida-des, limites e expectativas do sistema educacional, com foco nas séries finais do Ensino Fundamental e início do Médio, bem como nos processos de inovação e mudança educacional.

    Esse fórum, que há anos é realizado de forma regular, têm como objetivo debater a situação atual do sistema educacional, bem como as políticas e os desafios peda-gógicos que surgem. A cada ano seleciona-se um tema relevante para a agenda política nacional e regional e edi-ta-se um documento base que é discutido nas sessões presenciais.

    ARGENTINA. Buenos Aires, 26 e 27 de junho.

    Instituições: CIPPEC e OEI.

    Alcalá de Henares

    sediou o IV FestivalIbero-Americano de

    Literatura Infantile Juvenil

    Após o sucesso das edições de Bogotá, Valladolid e Bue-nos Aires, o festival de Alcalá de Henares contou com a participação de escritores, acadêmicos, bibliotecários, au-toridades do Ministério da Educação, Cultura e Desporto e da Prefeitura Municipal de Alcalá de Henares, especialis-tas e booktubers, que abordaram a riqueza do ato de ler. O evento foi organizado pela Fundação Santillana e pela Biblioteca Virtual Miguel de Cervantes.

    As palestras, oficinas, mesas redondas e experiências ali realizadas enfocaram a importância da leitura em suas dimensões educativa e de vida, bem como no âmbito digital, que vem se tornando, cada vez mais, um aliado daqueles que promovem o belo hábito de ler um livro.

    ESPANHA. Alcalá de Henares, 16 e 17 de novembro.

    Instituições: Fundação Biblioteca Virtual Miguel de Cervan-tes, Ministério da Educação-Presidência da Nação Argentina, Ministério da Cultura Presidência da Nação Argentina, OEI, Ministério da Educação, Cultura e Desporto, Comunidade de Madri, Governo de Castela e Leão, Prefeitura Municipal de Alcalá de Henares, Universidade de Alcalá, OIJ, Loqueleo, El País e PRISA Rádio.

    82 / Fundação Santillana

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 82 8/8/18 11:29

  • Em parceria com a Secretaria da Educação Pública do México e com a Organização de Estados Ibero-America-nos (OEI), esse simpósio abordou a reforma curricular, a liderança, a gestão escolar e a governança, todos eles as-pectos centrais do modelo educacional divulgado recen-temente pela Secretaria da Educação Pública (SEP) e que, com total segurança, nos permitirão continuar avançando para consolidar a adequada implementação do modelo educacional durante o ano letivo 2018-2019.

    MÉXICO. Cidade do México, 25 e 26 de outubro.

    Instituições: SEP, OEI, OCDE, UNESCO e Fundação Telefóni-ca.

    Simpósio ModeloEducacional 2017

    “Tornar possível a reforma curricular:liderança, gestãoescolar e governança” Debate acerca das perspectivas e desafios da implanta-

    ção das novas diretrizes do Ensino Médio no Brasil para a rede pública de ensino.

    O evento contou com a presença de Ivan Cláudio Pereira Siqueira, Vice-Presidente da Câmara de Educação Bási-ca do Conselho Nacional de Educação (CNE), e de Júlio Gregório, Secretário de Educação do Distrito Federal, que representou o Conselho Nacional de Secretários de Edu-cação (CONSED), entidade que reúne os Secretários de Educação de todo o país. Participaram também coorde-nadoras de Ensino Médio das redes estaduais da Bahia, Goiás, Santa Catarina e São Paulo, e alunos da rede pau-lista que contribuíram para o debate.

    BRASIL. São Paulo, 19 de maio.

    Instituições: El País, Avalia Educacional, CONSED, Unibes Cultural e Moderna.

    Seminário

    “Novo EnsinoMédio – desafiosda implementação”

    Fundação Santillana / 83

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 83 8/8/18 11:29

  • XXIII Prêmio

    Santillanade ExperiênciasEducacionais 2017

    Neste ano as experiências propostas para o Prêmio Santillana abordaram a participação ativa dos alunos na vida em democracia. Os ganhadores foram os professo-res Amalfi Cerpa Jiménez, Dihann Alexis Penagos López, Francy Yulieth Gómez Tocarruncho e Isabel María Martelo Pardo, do Colégio Rural Pasquilla IED de Bogotá, autores do projeto “Em sintonia com a democracia, com os direi-tos humanos e com a paz”.

    Enrique Chaux, psicólogo e professor da Universidade dos Andes, em sua apresentação, destacou a qualidade das experiências apresentadas, abordando a formação ci-dadã, a educação para a convivência e para a democracia, o desenvolvimento das crianças mediante competências cidadãs, como a empatia e a assertividade.

    COLÔMBIA. Bogotá, 19 de outubro.

    Instituições: Ministério de Educação Nacional da Colômbia.

    Seminário Competências parao século XXI: enfrentando a mudança e a incerteza

    A Fundação Santillana abriu um novo espaço para o de-bate, dessa vez com o propósito de apresentar e discutir as novas competências a serem desenvolvidas nas crian-ças e jovens, junto com as inovações metodológicas e tecnológicas que as tornem possíveis.

    Para tanto, convidou os mais destacados especialistas nacionais e internacionais, reunindo-os em dois painéis principais: o primeiro, intitulado “De um currículo basea-do em conteúdos a um com base em competências: uma mudança necessária?” e o segundo: “Habilidades não cog-nitivas: o porquê da sua importância”.

    CHILE. Santiago, 30 de junho.

    Instituições: Fundação Telefônica, ADN, Santillana, PDI Kiva, UNESCO Escritório de Santiago e Fundação Chile.

    Santillana /

    84 / Fundação Santillana

    916218 _ 0001-0112.indd 84 8/8/18 11:29

  • Fórum de Educação deCastela-Mancha

    O papel da inovação e da tecnologia namudança educacional

    O evento abordou um tema de vital importância nos tempos atuais para a superação das limitações dos parâmetros tradicionais da educação e contou com a participação de uma série especialistas de renome.

    As palestras do programa versaram sobre o valor das inovações e da aplicação das tecnologias na melhoria da aprendizagem.

    ESPANHA. Toledo, 16 de outubro.

    Instituições: UNESCO e Governo de Castilha-Mancha.

    Relatório corporativo / 2018

    Fundação Santillana / 85

    916218 _ 0001-0112.indd 85 8/8/18 11:29

  • /08.

    Grupos de interesse

    86 / Grupos de interesse

    Santillana / Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 86 8/8/18 11:29

  • /08.

    Grupos de interesse

    Nico, 10 anos. Futuro influencer.

    Grupos de interesse / 87

    916218 _ 0001-0112.indd 87 8/8/18 11:29

  • Concorrentes eassociações setoriaisAssociações de editores, Câmaras do Livro

    Governos eAdministrações públicasLegisladores, autoridades

    FornecedoresTecnológicos, conteúdos, marketing…

    Clientes e consumidoresAlunos, professores, famílias, escolas,

    leitores e livrarias

    Gruposde interesse

    88 / Grupos de interesse

    Santillana /

    916218 _ 0001-0112.indd 88 8/8/18 11:29

  • Parceiros, acionistase instituições financeiras

    FuncionáriosComitês sindicais

    Instituições educacionais e culturaisONGs, centros culturais, escolas e universidades, grupos

    religiosos, bibliotecas, associações patronais e sindicatos educacionais,

    associações de pais de alunos

    Autores

    Meios de comunicaçãoFormadores de opinião, redes sociais

    Governos eAdministrações públicasLegisladores, autoridades

    Grupos de interesse / 89

    Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 89 8/8/18 11:29

  • /09.

    Outros dados

    90 / Outros dados

    Santillana / Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 90 8/8/18 11:29

  • /09.

    Outros dados

    Daniela, 7 anos. Futura arquiteta de sistemas.

    Outros dados / 91

    916218 _ 0001-0112.indd 91 8/8/18 11:29

  • Na Santillana estamos cientes de que temos a obriga-ção de ser sustentáveis, e isso exige de nós uma maior transparência diante dos cidadãos e de todos os nossos colaboradores, fornecedores e parceiros. Buscamos modelos de cooperação intersetorial com empresas, entidades públicas, organismos internacionais e insti-tuições educacionais a fim de alcançar esse desenvolvi-mento sustentável.

    Parceriasestratégicas

    / 09.

    92 / Outros dados

    Santillana / Relatório corporativo / 2018

    916218 _ 0001-0112.indd 92 8/8/18 11:29

  • 916218 _ 0001-0112.indd 93 8/8/18 11:29

  • Organismos internacionais

    O acordo assinado entre a Fundação Santillana e a Organi-zação para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômicos (OCDE) permite à Fundação Santillana colaborar na tradução, edição e difusão para toda América Latina e Espanha dos rela-tórios educacionais e avaliações sobre aprendizagens e com-petências da OCDE, tanto em espanhol como em português, quer em formato impresso, quer em digital, uma parceria cuja duração foi estendida para os próximos cinco anos.

    Convênio de colaboração em matéria de cooperação educa-cional entre a Fundação Santillana e a Cooperação Espanhola com o objetivo comum de melhorar a qualidade da educação e, em especial, fortalecer a liderança escolar de modo a dispor de diretores mais qualificados a fim de termos escolas mais eficazes e eficientes na Ibero-América. A Fundação Santillana participa na Mesa de Coordenação Setorial de Educação, con-vocada pela Secretaria Geral de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (SGCID) e pela Agência Espanhola de Coo-peração Internacional para o Desenvolvimento (Aecid).

    Convênio assinado entre o Banco Interamericano de Desenvol-vimento e a Fundação Santillana com o objetivo de promover atividades que contribuam para melhorar a qualidade da edu-cação na América Latina e aumentar a competitividade e o de-senvolvimento regional. Além disso, a Fundação Santillana par-ticipa dos Prêmios Interamericanos lançados pela Fundação Alas e pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento, para identificar, reconhecer e difundir iniciativas latino-americanas bem-sucedidas na área de educação.

    Convênio de colaboração entre a Fundação Santillana e a Fun-dação Telefónica especialmente voltado para os processos de mudança pedagógica e metodológica gerados pelo uso da tecnologia na educação, bem como para o fortalecimento e a qualificação da liderança escolar.

    O âmbito territorial de aplicação do acordo é a Espanha e to-dos os países da América Latina nos quais ambas as institui-ções têm sedes e desenvolvem su