cifras musicas

Click here to load reader

  • date post

    19-Jun-2015
  • Category

    Documents

  • view

    681
  • download

    20

Embed Size (px)

Transcript of cifras musicas

Meu Mundo O Barro(Em Bm) ou (Em D) Moo,peo licena/eu sou novo aqui no tenho um trabalho,nem passe/eu sou novo aqui no tenho um trabalho,nem classe/eu sou novo aqui, eu tenho f /um dia vai ouvir falar de um cara que era s um z /no noticirio de jornal, no No noticirio de jornal, no Am D Em Sou quase um cara no tenho cor, nem padrinho Am D Nasci no mundo, eu sou sozinho Em No tenho pressa, no tenho pano, no tenho dono Am D Em Tentei ser crente, mas meu cristo diferente Am D A sombra dele sem cruz, dele sem cruz Em Am D Em No meio daquela luz eu voltei pro mundo aqui embaixo Am D Em Am D Em Minha vida corre plana comecei errado,mas hj t ciente Am D t tentando se possvel Em Zerar do comeo e repetir o play Am D Em No me escoro em outro, nem em cachaa Am D Em O que fiz, tinha muita procedncia Am D EmEu me seguro em minha palavra Am D Em Em minha mo, em minha lavra

A NovidadeGilberto Gil (Hebert Vianna / Bi Ribeiro / Joo Barone / Gilberto Gil)

A D A D A novidade veio dar praia, na qualidade rara de sereia A D A D Metade o busto de uma deusa Maia, metade um grande rabo de baleia A D A D A novidade era o mximo, do paradoxo estendido na areia A D Alguns a desejar seus beijos de deusa A D Alguns a desejar seu rabo pr ceia C#m7 D C#m7 D C#m7 E7 mundo to desigual, tudo to desigual, C#m7 D C#m7 D E7 De um lado este carnaval, de outro a fome total, A D A D E a novidade que seria um sonho, o milagre risonho da sereia A D A D Virava um pesadelo to medonho, ali naquela praia, ali na areia A D A D A novidade era a guerra entre o feliz poeta e o esfomeado A D A D Estraalhando uma sereia bonita, despedaando o sonho pr cada lado

Amado

Vanessa da Mata

C E Am F Como pode ser gostar de algum C E Am E esse tal algum no ser seu Dm C G Fico desejando ns gastando o mar Dm C G Pr do Sol, postal, mais ningum C E Am F Peo tanto a Deus Para esquecer C E Am Mas s de pedir me lembro Dm C G Minha linda flor Meu jasmim ser Dm C G Meus melhores beijos sero seus C E Am F Sinto que voc ligado a mim C E Am Sempre que estou indo, volto atrs Dm C G Estou entregue a ponto de estar sempre s Dm C G E7 Esperando um sim ou nunca mais Am E Am E Am E Dm tanta graa l fora passa O tempo sem voc Am E F E Am E Dm Mas pode sim Ser sim amado e tudo acontecer C E Am F C E Am Sinto absoluto o dom de existir, no h solido, nem pena Dm C G Nessa doao, milagres do amor Dm C G E7 Sinto uma extenso divina Am E Am E tanta graa l fora passa Am E Dm O tempo sem voc Am E Mas pode sim F E Am E Dm Ser sim amado e tudo acontecer C Dm Quero danar com voc Danar com voc

C Quero danar com voc C Dm 6x

Dm Danar com voc

Olhos Coloridos

Sandra de S(Macau)

Em7 Os meus olhos coloridos Bm7 Me fazem refletir Am7 Eu estou sempre na minha Em7 E no posso mais fugir Meu cabelo enrolado Bm7 Todos querem imitar

Am7 T todo mundo baratinado Em7 Tambm querem enrolar Voc ri da minha roupa Bm7 Voc ri do meu cabelo Am7 C ri da minha pele Em7 Voc ri do meu sorriso A verdade que voc , todo brasileiro Bm7 Tem sangue crioulo Am7 Tem cabelo duro Em7 Sarar crioulo (refro) Am7 Em7 Sarar crioulo, sarar crioulo (2X)

francesa Claudio Zoli / Antonio CiceroAm Am7+ Am7 Meu amor se voc for embora Am6 Sabe l o que ser de mim Dm7 F/G Passeando pelo mundo a fora Am Am7+ Am7 Na cidade que no tem mais fim Am6 Ora dando fora ora bola Dm7 Um irresponsvel pobre de mim F Se eu te peo para ficar ou no C Meu amor eu lhe juro F Que no quero deix-la na mo C E nem sozinha no escuro D7 Mas os momentos felizes No esto escondidos G Nem no passado nem no futuro Am Am7+ Am7 Meu amor no vai haver tristeza Am6 Nada alm de fim de tarde a mais Dm7 F/G Mas depois de todas luzes acesas Am Am7+ Am7

Parasos artificiais Am6 E se voc sasse francesa Dm7 Eu viajaria muito mais muito mais

All Star

Nando Reis

INTRO: E A9 E A9 E A9 Estranho seria se eu no me apaixonasse por voc E A9 O sal viria doce para os novos lbios E A9 Colombo procurou asndias mas a Terra avisto em vc E A9 O som que eu ouo so as grias do seu vocabulrio C D E Estranho gostar tanto do seu All Star azul C D Estranho pensar que o bairro das Refro G G/F# Em Laranjeiras, Satisfeito, sorri Em/D C C/B Am7 Quando chego ali E entro no elevador G Aperto o 12 que o seu andar G/F# Em No vejo a hora de te encontrar Em/D C E continuar aquela conversa C/B Am7 E A9 Que no terminamos ontem Ficou pra hoje. E A9 Estranho mas j me sinto como um velho amigo seu E A9

Seu All Star azul combina com o meu, preto, de cano alto E A9 Se o homem j pisou na Lua, como eu ainda no tenho seu endereo E A9 O tom que eu canto as minhas msicas para a tua voz parece exato

Garoto de AlugueAm7 Em

Z Ramalho

Baby, d-me seu dinheiro que eu quero viver Dm7 D-me seu relgio que eu quero saber E7 Quanto tempo falta para lhe esquecer Am Quanto vale um homem para amar voc Em Minha profisso e suja e vulgar Dm Quero um pagamento para me deitar E7 Junto com voc estrangular meu riso Am D-me seu amor que dele no preciso Am7 Em Baby, nossa relao acaba-se assim Dm7 Como um caramelo que chegasse ao fim E7 Na boca vermelha de uma dama louca Am Pague meu dinheiro e vista sua roupa Em Deixe a porta aberta quando for saindo Dm Voc vai chorando e eu fico sorrindo E7 Conte pras amigas que tudo foi mal

Am Nada me preocupa de um marginal

Por onde andeiD A9 Em7 G

Nando Reis

D Desculpe estou um pouco atrasado A Mas espero que ainda de tempo Em7 G De dizer que andei errado e eu entendo D As suas queixas to justificveis A E a falta que eu fiz nessa semana Em7 G Coisas que pareceriam bvias at pra uma criana D A Por onde andei Enquanto voc me procurava Em7 G D A Em7 G Ser que eu sei que voc mesmo tudo aquilo que me faltava? D Amor eu sinto a sua falta A E a falta morte da esperana Em7 G Como o dia em que roubaram o seu carro, deixou uma lembrana D Que a vida mesmo coisa muito frgil A Uma bobagem uma irrelevncia Em7 G

Diante da eternidade, do amor de quem se ama D A Por onde andei Enquanto voc me procurava Em7 G E o que eu te dei, foi muito pouco ou quase nada D A O que eu deixei Algumas roupas penduradas Em7 G Ser que eu sei que voc mesmo tudo aquilo que

O Segundo SolA

Cssia Eller

Em7 Quando o segundo sol chegar G Para realinhar as rbitas dos D D9 A Em planetas Derrubando com assombra exemplar G O que os astrnomos diriam se tratar D D9 De um outro cometa A A A7 Nao digo que no me surpreendi

Antes que eu visse,voc disse e eu no pude A7 acreditar G D Em7 D Mas voce pode ter certeza de que D Am7 O seu telefone ira tocar G D/F# Em Em sua nova casa que abriga agora a trilha D C Incluida nessa minha converso D Am7

Eu so queria te contar

Que eu fui la

G fora e vi dois sois num dia D/F# Em7 D E a vida que ardia sem explicao G D Explicacao Nao tem explicacao G D Explicacao,nao Nao tem explicacao D

G Explicacao

Agora Eu J SeiIntr: C G F G C G F G

Ivete Sangalo

C G F G Duvidava no entendia quando algum me falou C G F Suspirava, que agonia, pra sentir esse amor F C D Tempo mestre de todas horas e dias, passou sem ver F C D Te amar de verdade sentir saudade mas s de voc, G4 G7 so de voce C G Agora eu j sei, quando falta respirao, F a prova que o corao Dm G4 G7 j no sabe mais viver sem voc C G Agora eu j sei que me falta sempre a razo Dm traduzir melhor na emoo F G7 C do que trago aqui dentro de mim, dentro de mim final F C Fm C

Girassol Toni Garrido / Da Gama / Lazo / Bino Farias / Pedrto LuisE F#m G#m F#m Tchu ru ru ru ru ru ru ru E F#m G#m F#m E A favor da comunidade Que espera o bloco passar F#m G#m F#m E Ningum fica na solido Embarca com suas dores F#m G#m F#m Pr longe do seu lugar E F#m G#m F#m E A favor da comunidade Que espera o bloco passar F#m G#m F#m E Ningum fica na solido O Bloco vai te levar F#m G#m F#m Ningum fica na solido A ... A verdade prova que C G o tempo o senhor dos dois destinos D A dos dois destinos j que pr ser homem C G D tem que ter a grandeza de um menino de um menino A No corao de quem faz a guerra C G nascer uma flor amarela D A como um girassol como um girassol C G D A como um girassol... amarelo! amarelo!

E F#m G#m F#m Tchu ru ru ru ru ru ru ru 2 vezes E F#m G#m F#m E Todo dia, toda hora na batida da evoluo F#m G#m F#m E harmonia do passista vai encantar a avenida F#m G#m F#m E (e todo o povo vai sorrir, sorrir, sorrir)2x A verdade prova que...

Uma Brasileira (Carlinhos Brow / Herbert Vianna)D A/C# Rodas em sol, trovas em do Bm F#m Uma brasileira, o Bm F#m Uma forma inteira, o G F#m Em A You, you, you D A/C# Nada de mais Nada atraves Bm F#m Uma legua e meia, o Bm F#m Uma brasa incendeia, o G F#m Em You, you, you G A Bbo Deixa o Sal do mar Bm E7 Deixe tocar aquela cano REFRO G A | G A | G F#m | Bm | -> 2x One more time D A/C# Tatibitate Trate-me, trate Bm F#m Como um candeeiro, o

Bm F#m G F#m Em Somos do interior do milho G A Bbo E esse ao de so Bm E7 Hei de cantar naquela cano

Gostava tanto de voc

Tim Maia

D Em Nem sei porque voc se foi F#m Quantas saudades eu senti Em E de tristeza vou viver D E aquele adeus no pude dar Em Voc marcou em minha vida F#m Viveu, morreu na minha histria Em Chego a ter medo do futuro D Em E da solido que em minha porta bate D Em F#m E eu Gostava tanto de voc Em D Gostava tanto de voc Em Eu corro, fujo dessa sombra F#m

Em sonho vejo este passado Em E na parede do meu quarto D Ainda est o seu retrato Em No quero ver pra no lembrar F#m Pensei at em me mudar Em Lugar qualquer que no exista D O pensamento em voc...

Quase Nada

Zeca Baleiro

C F C F De voc sei quase nada/ Pra onde vai ou porque veio C F Nem mesmo sei Dm Bb G7 C#7/9 Qual a parte da tua estrada No meu caminho C F C F Ser um atalho /Ou um desvio/ Um rio ras / Um passo em falso Dm Bb G7 C#7/9 Um prato fundo /Pra toda fome /Que h no mundo G# Eb Bb F Noite alta que revele Um passeio pela pele G# Eb Dm G9 Dia claro madrugada De ns dois no sei mais nada C F C F De voc sei quase nada/ Pra onde vai ou porque veio C F Nem mesmo sei Dm Bb G7 C#7/9 Qual a parte da tua estrada No meu caminho C F Ser um atalho Ou um desvio C F

Um rio raso Um passo em falso Dm Bb Um prato fundo /Pra toda fome G# Eb Se tudo passa com se explica Bb F O amor que fica nessa parada G# Eb Amor chega sem dar aviso Dm No preciso saber mais nada

G7 /Que h no mundo

C#7/9

G9

O Trem AzulC F G# F G# G

L Borges G9

C G# Eb Bb Coisas que a gente se esquece de dizer C G# Eb C# Frases que o vento vem as vezes me lembrar C G# Eb Bb Coisas que ficaram muito tempo por dizer C G# Eb C# Na cano do vento no se cansam de voar

C F Voc pega o trem azul, o Sol na cabea C F O Sol pega o trem azul, voc na cabea G# G C Um sol na cabea

Vem Andar ComigoINTRO: G D/F# Em 2 vezes

Jota Quest

G D/F# Em Basta olhar no fundo dos meus olhos G D/F# Em Pra ver que j no sou como era antes C G/B Am Tudo que eu preciso de uma chance G D De alguns instantes G D/F# Em Sinceramente ainda acredito G D/F# Em Em um destino forte e implacvel C G/B Am Em tudo que ns temos pra viver G D E muito mais do que sonhamos

.C

G Ser que difcil entender C Bm Em Porque eu ainda insisto em ns C G Ser que difcil entender A D Vem andar comigo...

REFRO A D Vem, vem meu amor A As flores esto no caminho D Vem meu amor E A Vem andar comigo C G D/F# Em . Ser que difcil.....

Ainda BemIntroduo:

Vanessa da Mata

G9

G9/E

C7M

Cm

G9 G9/E G9 Ainda bem, que voc vive comigo, por que seno como seria Bm C7M Cm esta vida: sei l, sei l. G9 G9/E Nos dias frios, em que ns estamos juntos G9 Bm C7M Cm Nos abraamos, sob o nosso conforto de amar, de amar. G9 G9/E Se h dores,tudo fica mais fcil,seu rosto silencia e faz parar. C7M Cm As flores que me mandam so fato do nosso cuidado e entrega. G9 G9/E Meus beijos sem os seus no dariam os dias chegariam sem paixo. C7M Cm Meu corpo sem o seu, uma parte seria um acaso e no sorte. G9 G9/E C7M Cm L, L, L L L, L... ( Repete)

G9 G9/E Neste mundo de tantos anos, entre tantos outros que sorte a nossa hein? C7M Cm Entre tantas paixes, esse encontro ns dois, esse amor. G9 G9/E Entre tantos outros, entre tantos anos, que sorte a nossa hein? C7M Cm Entre tantas paixes, esse encontro ns dois, esse amor. G9 G9/E C7M Cm Vanessa da Mata

Vermelho

Cm Gm Gostar de ver voc sorrir Cm Gm Gastar das horas pra te ver dormir Cm Gm Enquanto o mundo roda em vo F Eu tomo o tempo Cm Gm O velho gasta solido Cm Gm Em meio aos pombos na Praa da S Cm Gm F O pr do Sol invade o cho do apartamento Cm7 Dm7 Vermelhos so seus beijos Cm7 Dm7 Que meigos so seus olhos

Bb Cm7

.Ver

Cm7

Dm7

que tudo pode retroceder Dm7 Cm7 Que aquele velho pode ser eu Dm7 Cm7 No fundo da alma h solido Dm7 Bb

E um frio que suplica um aconchego Dm7 Am Vermelhos so seus beijos / Quase que me queimam Dm7 Am Que meigos so seus olhos /Lnguida face Dm7 Am Seus beijos so vermelhos /Quase que me queimam Dm7 Am Que meigos so seus olhos Gm Am Gm Am Bb Lnguida face .Ver que tudo pode retroceder ...Cm7 Dm7 Cm7

BurguesinhaC7+

Seu Jorge

F7+ / No esteticista

Vai no cabelereiro

C7+ F7+ Malha o dia inteiro / Pinta de artista Em7 Saca dinheiro /Vai de motorista Dm7 G7/13 Com seu carro esporte Vai zoar na pista C7+ F7+ Final de semana /Na casa de praia C7+ F7+ S gastando grana /Na maior gandaia Em7 Vai pra balada Com a sua tribo Com sua bate estaca Dm7 G7/13 / At de madrugada

C7+ F7+ Burguesinha, burguesinha, burguesinha, burguesinha

S no fil C7+ F7+ Burguesinha, burguesinha, burguesinha, burguesinha Tem o que quer C7+ F7+ Burguesinha, burguesinha, burguesinha, burguesinha Um croassaint C7+ F7+ Burguesinha, burguesinha, burguesinha, burguesinha Suquinho de ma

Versos Simples

Chimarruts

G C D Sabe, ja faz tempo que eu queria te falar G C D das coisas q trago no peito G C D saudade ja nao sei se eh palavra certa para usar G C D ainda lembro do seu jeito

( Bm7 Am7 D7/9- ) nao te trago ouro pq ele nao entra no ceu e nenhuma riqueza desse mundo nao te trago flores pq ela secam e caem ao chao te trago meus versos simples mas que fiz de corao G#m F#m

Cotidiano

Chico Buarque

Em Todo dia ela faz tudo sempre igual Me sacode as seis horas da manh C Me sorri um sorriso pontual B7 E E me beija com a boca de hortel Em Todo dia ela diz que pra eu me cuidar D E essas coisas que diz toda mulher C Diz que est me esperando pro jantar B7 Em B7/9+ B7/9b E me beija com a boca de caf Em Todo dia eu s penso em poder parar D Meio dia eu s penso em dizer no D

C Depois penso na vida pra levar B7 E E me calo com a boca de feijo Em Seis da tarde, como era de se esperar Am Ela pega e me espera no porto Diz que est muito louca pr beijar C B7 E me beija com a boca de paixo Em Toda noite ela diz pra eu no me afastar D Meia-noite ela jura eterno amor C Me aperta pra eu quase sufocar B7 E E me morde com a boca de pavor Em Todo dia ela faz tudo sempre igual D Me sacode as seis horas da manh C Me sorri um sorriso pontual B7 Em B7/9+ B7/9b Em E me beija com a boca de hortel

CAXINGUELCAXINGUEL AUAU (2X) Quere aprender a danar Quero aprender a voar

Sem ter asas Caxinguel onde esta voc (2X) Que pareci meu amor Onde eu procuro No te acho Caxinguel onde esta voc CAXINGUEL AUAU

Sina

Djavan

A D/A A E Pai e me ouro de mi-na /Corao desejo e si-na F#m7 C#m7 D7M Tudo mais pura rotina jazz... D# A Tocarei seu nome pra poder falar de amor D/A A Minha prince-sa art nuveau E7/G# F#m7 Da nature-za tu--do mais C#m7 D7M Pura beleza jazz E7 A luz de um grande prazer D7 C#7(#9) G7(#11) F#m7 irre-----medi---vel non E7(4/9) Quando o grito do prazer D7 E7 E7(9) Aoitar o ar reveillon A O luar estrela D/A do mar o sol e o dom

A

E7/G# Qui um dia a fria desse front F#m7 C#m7 D7M Vir lapidar o sonho at gerar o som E7(4/9) Como querer caetane---ar o que h de bom

Sonfera Ilha(Branco Mello / Marcelo Fromer / Toni Beloto / Barmack / Ciro Pessoa)

Bm No posso mais viver assim do seu ladinho Em Bm Por isso colo meu ouvido no radinho de pilha A G F#7 Pra te sintonizar sozinha, numa ilha Bm Sonfera ilha Em Descansa meus olhos F#7 Bm Sossega minha boca Me enche de luz

(2x)

Bm No posso mais viver assim do seu ladinho Em Bm Por isso colo meu ouvido no radinho de pilha A G F#7 Pra te sintonizar sozinha, numa ilha Bm Sonfera ilha Em Descansa meus olhos F#7 B7 Sossega minha boca Me enche de luz

Em Sonfera ilha A7 D Descansa meus olhos G F#7 Sossega minha boca Bm Me enche de luz

Em

Paisagem da Janela LateralFlvio Venturini

C G Am Em Da janela lateral do quarto de dormir F G Em Am Vejo uma igreja, um sinal de glria F G Em Am Vejo um muro branco e um vo pssaro F G Em F Fm Vejo uma grade e um velho sinal C G Am Em Mensageiro natural de coisas naturais F G Em Am Quando eu falava dessas cores mrbidas F G Em Am Quando eu falava desses homens srdidos F G Em F Quando eu falava desse temporal Fm Voc no escutou... C G F (Voc no quer acreditar) Fm Mas isso to normal C G F (Voc no quer acreditar)

Fm E eu apenas era... C G Am Em Cavaleiro marginal lavado em ribeiro F G Em Am Cavaleiro negro que viveu mistrios F G Em Am Cavaleiro e senhor de casa e rvore F G Em F Fm Sem querer descanso bem dominical... C G Am Em Cavaleiro marginal banhado em ribeiro F G Em Am Conheci as torres e os cemitrios F G Em Am Conheci os homens e os seus velrios F G Em F Quando olhava da janela lateral Fm Do quarto de dormir C G F (Voc no quer acreditar) Fm Mas isso to normal C G F (Um cavaleiro marginal) Fm Banhado em ribeiro (2x)

Tiro ondaD

Jairzinho Oliveira

Cheguei ao mundo sem ter nada E dele no levo nem a sombra Bb A D

Eu t aqui pra dar risada E para tirar onda D Felicidade no se empresta No se pechincha e no se compra Bb Eu t aqui pra fazer festa A D E pra tirar ondaaa Refro: E G D : Eu tiro onda pra onda no me tirar : E G D :2x Eu tiro onda pra onda no me afogar : D .....Tenho um aliado l em cima Que a minha alma faz ronda Bb Eu t aqui pra entrar no clima

A D E pra tirar onda

D A vida um grande picadeiro Na corda bamba eu t na ponta Bb A Eu t aqui pra ser o primeiro a Tirar onda E G D : Eu tiro onda pra onda no me tirar : E G D :2x Eu tiro onda pra onda no me afogar : D Tenho um aliado l em cima .........

Lanterna dos AfogadosIntro.:F G Em Am

Cssia Eller

G Quando ta escuro E nigum te ouve Em Am Quando chega a noite E voce pode chorar F G Ha uma luz no tnel Dos desesperados Em Am Ha um cais de porto Pra quem precisa chegar REFRO F Eu to na lanterna dos G Afogados Em Eu to te esperando Am solo:Bb Ve se nao vai demorar F Uma noite longa Em G P`ruma vida curta Am

F

Mas ja nao me importa Basta poder te ajudar F G E sao tantas mar Que ja fazem parte Em Am Do que soou agora Mas ainda sei me virar REFRO F Eu to na lanterna dos G Afogados Em Eu to te esperando Am Ve se nao vai demorar

solo:Bb

Adivinha O Que?Introduo: Gm7 Dm Cm Gm

Lulu Santos

Gm7 Dm Ainda lembro aquela noite so pq cheguei mais tarde Cm Gm7 Ainda arde na lembranca de te ver ali tao contrariada Dm Meu bem, meu bem sera que voce nao ve nao houve nada Cm Gm So o passado vem rondando minha porta feito alma penada Dm Voce vive me dizendo que o pecado mora ao lado Cm Por favor, no entra nessa porque um dia eu te pego de Gm Dm jeito, eu sei,eu sei que esse caso ta meio mal contado Cm

Mas voce pode ter certeza nosso amor e quase sempre Gm direito, voc sabe porque?

Gm7 Porque eu so fao com voce (so fao com voce) F So quero com voce (so quero com voce) C Eb So gosto com voce Gm Adivinha o que...

La Belle du Jour

Alceu Valena

D F#m D F#m Aaaaa, hei! Aaaaa, hei! D F#m Eu lembro da moa bonita da praia de Boa Viagem D F#m E a moa no meio da tarde de um domingo azul Bm F#m Azul era a Belle Du Jour era a bela da tarde G A Seus olhos azuis com a tarde, na tarde de um domingo azul D La Belle du Jour Bm F#m Belle du Jour, , , Belle du Jour Bm F#m La Belle du Jour era a moa mais linda de toda a cidade Bm F#m E foi justamente pra ela que eu escrevi o meu primeiro blues G F#m

Mas Belle du Jour no azul viajava G A Seus olhos azuis com a tarde, na tarde de um domingo azul D La Belle du Jour

Metamorfose AmbulanteRaul Seixas

A G D A Eu prefiro ser Essa metamorfose ambulante G D A Eu prefiro ser Essa metamorfose ambulante G D A Do que ter aquela velha opinio formada sobre tudo G D A Do que ter aquela velha opinio formada sobre tudo G D A Eu quero dizer Agora o oposto do que eu disse antes G D A Eu prefiro ser Essa metamorfose ambulante G D A Do que ter aquela velha opinio formada sobre tudo G A# F Do que ter aquela velha opinio formada sobre tudo C Sobre o que o amor D Sobre o que eu nem sei quem sou Se hoje eu sou estrela

C D Amanh j se apagou Se hoje eu te odeio C D Amanh lhe tenho amor Lhe tenho amor C D Lhe tenho horror Lhe fao amor C Eu sou um ator A G D A chato chegar A um objetivo num instante G D A Eu quero viver Nessa metamorfose ambulante G D A Do que ter aquela velha opinio formada sobre tudo

Tempo Perdido

Legio Urbana

Introduo - D Bm C#m F#m E D Bm7 C#m F#m D Bm7 Todos os dias quando acordo, C#m F#m No tenho mais o tempo que passou D Bm7 Mas tenho muito tempo C#m F#m Temos todo o tempo do mundo. D Bm7 Todos os dias antes de dormir, C#m F#m Lembro e esqueo como foi o dia: D Bm7 C#m F#m "Sempre em frente, No temos tempo a perder." D Bm7 C#m Nosso suor sagrado bem mais belo que esse F#m D Bm7 sangue amargo E to srio (C#m F#m) E selva...gem. Selva...gem, selva...gem. D Bm7 C#m Veja o sol dessa manh to cinza F#m D

A tempestade que chega da cor Bm7 C#m F#m dos teus olhos casta.....nhos. D Bm7 C#m Ento me abraa forte e me diz mais uma vez F#m D Bm7 Que j estamos distantes de tudo C#m F#m Temos nosso prprio tempo.(3x) D Bm7 C#m No tenho medo do escuro, F#m D Bm7 C#m F#m mas deixe as luzes acesas ago.....ra. D Bm7 O que foi escondido o que se escondeu C#m E o que foi D prome Bm7 F#m ningum prometeu. C#m F#m

Nem foi tempo perdido. Somos to jo.....vens. C#m F#m C#m F#m to jo.....vens. to jo.....vens.

Mania de VocIntro: ( Am D7 )

Rita Lee

Am D7 Am D7 Meu bem voc me d gua na boca Am D7 Dm7 G7 Vestindo fantasias tirando a roupa Dm7 G7 C7M Molhada de suor, de tanto a gente se beijar B4/7 B7 D/E E7 De tanto imaginar loucuras Am D7 Am D7 A gente faz amor por telepatia, Am D7 Dm7 G7 no cho, no mar, na lua, na melodia Dm7 G7 C7M Mania de voc, de tanto a gente se beijar, B4/7 B7 D/E E7 de tanto imaginar loucuras

(Am D7) Nada melhor do que no fazer nada, s pr deitar e rolar com voc

Vapor Barato

(Waly / Macal)

Am G F Sim! Eu estou to cansado, mas pra no dizer E7 Que eu no acredito mais em voc Am Com minhas calas vermelhas G/A F Meu casaco de general cheio de anis E7 Eu vou descendo por todas as ruas Am G/A Eu vou tomar aquele velho navio Am G/A Eu vou olha aquele velho navio E7 Aquele velho navio Am G/A Eu no preciso de muito dinheiro Graas a Deus E7 E no importa,....e no importa No! Oh minha honey Am G/A F Dm Baby, baby, baby.......Honey, Baby Am G/A F E7

Sim eu estou cansado mas no pra dizer Dm E7 Que eu estou indo embora Am G/A Talvez eu volte um dia..eu volto, quem sabe F Dm E7 Mas eu preciso Eu preciso esquec-la Am G/A A minha grande a minha pequena F E7 A minha imensa obsesso Dm E7 A minha grande obsesso Am G/A F E7 Oh minha honey Baby, baby, baby.......Honey, Baby