Clipping Eletrônico - Semsasemsa.manaus.am.gov.br/wp-content/uploads/2014/09/Clipping-Eletr... ·...

of 14 /14
Av. Mário Ypiranga, 1695 Adrianópolis Manaus AM CEP 69057-002 | Tel.: 3236-8315 [email protected] semsa.manaus.am.gov.br Clipping Eletrônico - Terça-feira dia 09/09/2014 Jornal Acrítica Cidades Página C3 09.09.2014

Transcript of Clipping Eletrônico - Semsasemsa.manaus.am.gov.br/wp-content/uploads/2014/09/Clipping-Eletr... ·...

Av. Mário Ypiranga, 1695 – Adrianópolis –

Manaus – AM

CEP 69057-002 | Tel.: 3236-8315

[email protected]

semsa.manaus.am.gov.br

Clipping Eletrônico - Terça-feira – dia 09/09/2014

Jornal Acrítica – Cidades – Página C3 – 09.09.2014

Av. Mário Ypiranga, 1695 – Adrianópolis –

Manaus – AM

CEP 69057-002 | Tel.: 3236-8315

[email protected]

semsa.manaus.am.gov.br

Jornal Acrítica – Cidades – Página C2 – 09.09.2014

Av. Mário Ypiranga, 1695 – Adrianópolis –

Manaus – AM

CEP 69057-002 | Tel.: 3236-8315

[email protected]

semsa.manaus.am.gov.br

Portal Acrítica – Saúde - Dia 08 de setembro de 2014

Fonte:http://acritica.uol.com.br/manaus/Escola-Sesc-AM-suspende-meningite_0_1208279169.html

Escola do Sesc AM suspende aulas após aluno morrer de meningite

Garoto de 6 anos faleceu na sexta-feira (5) com diagnóstico de meningite,

inflamação nas meninges causada por bactérias. Equipes de fiscalização

da Secretaria Municipal de Saúde visitaram as dependências da escola Manaus (AM), 08 de Setembro de 2014

VINICIUS LEAL

A escola do Sesc Amazonas fica localizada no conjunto Campos Elíseos, bairro Planalto, Zona Centro-Oeste (Aguinaldo Rayol)

A direção da Escola do Sesc Amazonas suspendeu nesta segunda-feira (8) as

aulas nas unidades 1 e 2 do Centro de Educação José Roberto Tadros, no

conjunto Campos Elíseos, bairro Planalto, Zona Centro-Oeste da cidade, após

a morte de um estudante de 6 anos de idade causada por meningite

(inflamação nas meninges provocada por bactéria).

Uma nota divulgada na página do Facebook do Sesc Amazonas informa que o

local não funcionaria por motivo de luto. Na manhã desta segunda (8), equipes

da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) foram até a escola para avaliar as

dependências da unidade e a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) deve

divulgar laudo sobre as condições do local em breve.

Av. Mário Ypiranga, 1695 – Adrianópolis –

Manaus – AM

CEP 69057-002 | Tel.: 3236-8315

[email protected]

semsa.manaus.am.gov.br

A criança faleceu por meningite na sexta-feira (5), mas estava hospitalizada no

Pronto-socorro da Zona Oeste desde a última quinta (4). Antes disso, na quarta

(3), o garoto havia passado mal durante o horário do intervalo na escola e

apresentado sintomas como dor de cabeça e vômito. Segundo o diretor da

Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Bernardino Albuquerque, a criança

recebeu medicação específica, mas não resistiu.

“Pessoas que tiveram contato mais íntimo e prolongado com a criança também

receberam medicação. Eles tomaram antibiótico específico para evitar a

contaminação por meningite”, afirmou Bernardino. Familiares do menino, duas

professoras e os 21 colegas de classe também foram medicados e estão sendo

monitorados.

As aulas na unidade escolar devem voltar ao normal já nesta terça-feira (9),

conforme a FVS. De acordo com Bernardino, a bactéria da meningite morre

rapidamente e não sobrevive por muito tempo num ambiente natural. “Em torno

de 5% da população pode portar essa bactéria e passar para outra pessoa. Aí

se a pessoa está suscetível pode desenvolver a infecção”, disse.

O titular da Semsa, Homero de Miranda Leão, descartou a possibilidade de

surto de meningite após a morte do aluno do Sesc. “Não existe epidemia. É

apenas um caso isolado, que está dentro do nosso padrão epidemiológico,

dentro do esperado”, assegurou.

Segundo ele, em 2014 houve redução de 42% no número de registros da

doença e 71% de redução no número de óbitos, comparado ao período de

janeiro a agosto de 2013. Até agora foram 71 casos de meningite e quatro

mortes, sendo que no mesmo período de 2013 foram 124 casos e 14 óbitos.

Outro caso

Ambientes fechados como sala de aula são propícios para transmissão e

contaminação de bactérias e vírus como meningite. Em abril deste ano, na

Escola Estadual Sólon de Lucena, no bairro Chapada, Zona Centro-Sul, uma

aluna de 18 anos, do 3º ano do Ensino Médio, morreu também por meningite e

as aulas ficaram suspensas.

Doença

A meningite acontece quando há inflamação das meninges, as membranas que

envolvem o cérebro. A doença pode ser causada por bactérias ou vírus, mas

nem todas são contagiosas ou transmissíveis (como a rara meningite

meningocócica, contagiosa por meio da fala, tosse, espirros e beijos).

Av. Mário Ypiranga, 1695 – Adrianópolis –

Manaus – AM

CEP 69057-002 | Tel.: 3236-8315

[email protected]

semsa.manaus.am.gov.br

Teoricamente, pessoas com qualquer idade podem contrair meningite, mas as

crianças menores de cinco anos são mais atingidas. A meningite pode pôr em

risco a vida em função da proximidade da inflamação com órgãos nobres do

sistema nervoso central e por isso essa condição é classificada como uma

emergência médica.

Portal D24 – Saúde - Dia 08 de setembro de 2014

Fonte: http://new.d24am.com/noticias/saude/escola-sesc-suspende-aulas-manaus-apos-morte-aluno-meningite/119564

Escola Sesc suspende aulas em Manaus após morte de aluno por Meningite

A equipe de fiscalização da Vigilância Sanitária esteve no Sesc na

manhã desta segunda-feira

segunda-feira 8 de setembro de 2014 - 10:57 AM

Karina Palmeira / [email protected]

As aulas voltam ao normal nesta terça-feira.Foto: Karina Palmeira

Manaus – As aulas da Escola Sesc, Centro de Educação Sesc José Roberto Tadros, unidades 1 e 2, localizada no Balneário (Avenida Constantinopla, Planalto, zona centro-oeste), foram suspensas nesta segunda-feira (8), após a morte de um aluno por Meningite.

Segundo a gerente de educação Edmeia Braga, o aluno, de seis anos, do 1º ano do ensino infantil, se sentiu mal na quarta-feira (3) e, dois dias depois, a direção da escola foi informada sobre a morte da criança.

Av. Mário Ypiranga, 1695 – Adrianópolis –

Manaus – AM

CEP 69057-002 | Tel.: 3236-8315

[email protected]

semsa.manaus.am.gov.br

“Os alunos da sala de Pedro serão vacinados amanhã e a escola vai cobrar dos pais a carteira de vacinação”, adiantou a gerente de educação. “As aulas voltam ao normal nesta terça-feira”.

A equipe de fiscalização da Vigilância Sanitária esteve no Sesc na manhã de hoje e descartou a possibilidade de contaminação por vírus. Conforme a assessoria de comunicação do órgão, desde sexta-feira, professores e alunos são acompanhados pela Dvisa.

O secretário municipal de saúde, Homero Miranda Leão, justificou que o caso da criança estava avançado e reiterou que a situação preocupa, mas não se trata de um alarme.

“A bactéria convive com a gente o tempo todo, mas ela só vai aparecer se a imunidade estiver baixa ou se a pessoa tiver contato muito próximo com quem tem a doença”, esclareceu o secretário, apresentando dados da redução da Meningite em relação o ano passado. “Em 2013, de janeiro a agosto, foram 124 casos enquanto em 2014 foram 71, ou seja, redução de 42%. Em relação a mortes, ano passado foram 14 e, neste, registraram quatro, reduziu em 71%”.

Miranda Leão informou que professores e familiares estão recebendo orientações e vão receber tratamento de três dias com medicação, que não teve o nome revelado para as pessoas não se medicarem por conta própria. “Os funcionários, alunos e familiares podem ficar tranquilos, não será preciso fechar a escola”. “As pessoas que vão fazer o tratamento e receber o bloqueio da doença”.

Portal Acrítica – Saúde - Dia 08 de setembro de 2014

Fonte: http://acritica.uol.com.br/noticias/Amazonas-Manaus-cotidiano-saude-aidis-aids-Teste-HIV-oferecido-UBSs-Manaus-sificis-hepatite-Unidade-basica-saude-policlinicas-Semsa-homero-miranda-leao-pasta-secretaria-municipal-saude-rede-municipal-prefeitura_0_1208279195.html

Teste rápido de HIV será oferecido em UBS's de Manaus

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) pretende encerrar o ano de 2014

com o teste rápido implantado em todas as 63 Unidades Básicas de aúde

e nas sete policlínicas da rede municipal de saúde.

Manaus (AM), 08 de Setembro de 2014

ACRITICA.COM

Av. Mário Ypiranga, 1695 – Adrianópolis –

Manaus – AM

CEP 69057-002 | Tel.: 3236-8315

[email protected]

semsa.manaus.am.gov.br

A capacitação aborda temas como Rede Cegonha, Co-infecção Tuberculose/HIV, Epidemiologia da Infecção pelo HIV/Aids, Sífilis e Hepatites Virais (Reprodução)

Todas as unidades básicas de saúde da capital passarão a oferecer o teste

rápido de HIV, sífilis e hepatite B e C. Nesta segunda-feira (8) se iniciou mais

uma capacitação de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa)

com encerramento na quinta-feira (11).

Atualmente, o teste rápido já está implantado em 50 unidades de saúde,

incluindo policlínicas. A nova capacitação em Aconselhamento e Testes

Rápidos está acontecendo na Escola de Serviço Público Municipal (Espi), na

avenida Professor Nilton Lins, Nº 3259, Bloco D – Parque das Laranjeiras, com

duas turmas envolvendo 67 profissionais, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h.

São profissionais de nível médio e superior que atuam nos Distritos de Saúde

Norte, Sul, Leste, Oeste e Rural (técnicos de enfermagem, técnicos de

laboratório, assistentes sociais, enfermeiros, bioquímicos e psicólogos) e

representantes de organizações não governamentais.

“A implantação do teste rápido em todas as UBSs é fundamental para que se

possa ampliar o acesso da população a um serviço que permite, de forma

rápida e eficiente, o diagnóstico precoce de HIV, hepatite e sífilis, garantindo

que o tratamento seja iniciado o mais rápido possível, reduzindo os casos de

transmissão da doença”, destacou Homero de Miranda Leão, titular da Semsa.

Av. Mário Ypiranga, 1695 – Adrianópolis –

Manaus – AM

CEP 69057-002 | Tel.: 3236-8315

[email protected]

semsa.manaus.am.gov.br

Testes rápidos

A partir da capacitação, também será iniciada a implantação do teste rápido

nas 71 Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs), as chamadas

“Casonas de Saúde”, construídas em 130 metros quadrados.

“Profissionais de cinco UBSFs do Distrito de Saúde Norte já estarão sendo

capacitados na próxima semana para que seja iniciada a implantação da oferta

de teste rápido na Estratégia Saúde da Família. Esse trabalho terá

continuidade em 2015 para a ampliação da oferta do teste rápido na Atenção

Primária em Saúde”, alertou Adriana Raquel de Souza, do Núcleo de Controle

de Doenças Sexualmente Transmissíveis/Aids e Hepatites Virais da Semsa.

A capacitação aborda temas como Rede Cegonha, Co-infecção

Tuberculose/HIV, Epidemiologia da Infecção pelo HIV/Aids, Sífilis e Hepatites

Virais, Normas Técnicas dos Testes Rápidos, Diretrizes para o

Aconselhamento, apresentação dos kits de testes rápidos, interpretação dos

resultados, marcadores sorológicos, Biossegurança e Dinâmicas sobre

Aconselhamento.

Jornal Diário do Amazonas – Cidades – Página 12 – 09.09.2014

Av. Mário Ypiranga, 1695 – Adrianópolis –

Manaus – AM

CEP 69057-002 | Tel.: 3236-8315

[email protected]

semsa.manaus.am.gov.br

Av. Mário Ypiranga, 1695 – Adrianópolis –

Manaus – AM

CEP 69057-002 | Tel.: 3236-8315

[email protected]

semsa.manaus.am.gov.br

Jornal Em Tempo – Dia a Dia – Página B2 – 09.09.2014

Av. Mário Ypiranga, 1695 – Adrianópolis –

Manaus – AM

CEP 69057-002 | Tel.: 3236-8315

[email protected]

semsa.manaus.am.gov.br

Av. Mário Ypiranga, 1695 – Adrianópolis –

Manaus – AM

CEP 69057-002 | Tel.: 3236-8315

[email protected]

semsa.manaus.am.gov.br

Jornal Agora – Cidade – Página 3 – 09.09.2014

Av. Mário Ypiranga, 1695 – Adrianópolis –

Manaus – AM

CEP 69057-002 | Tel.: 3236-8315

[email protected]

semsa.manaus.am.gov.br

Portal Acrítica – Saúde - Dia 08 de setembro de 2014

Fonte:http://acritica.uol.com.br/noticias/manaus-amazonas-amazonia-Anvisa-proibe-distribuicao-venda-produto-alimentar-infantil-criancas-Profenil_2-saude_0_1208279170.html

Atenção: Anvisa proíbe distribuição e venda de produto alimentar infantil

A resolução com a determinação da Anvisa está publicada na edição do

Diário Oficial da União. O produto é indicado para crianças de 1 a 8 anos

de idade 08 de Setembro de 2014

YARA AQUINO - AGÊNCIA BRASIL

Profenil 2 é barrado pela Anvisa (Divulgação)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a distribuição e

comercialização do produto Alimento em Pó para Dietas com Restrição de

Fenilalanina, da marca Profenil 2, lote 2P082. A validade do lote é fevereiro de

2016. O produto é indicado para crianças de 1 a 8 anos de idade.

A resolução com a determinação da Anvisa está publicada na edição desta

segunda-feira (8) do Diário Oficial da União. O produto é fabricado por Dynamic

Lab Indústria Farmacêutica e o detentor da marca é a empresa Edetec

Indústria Alimentícia.

A decisão da Anvisa foi tomada a partir de relatório de ensaio emitido pelo

Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital) que não identificou no produto a

Av. Mário Ypiranga, 1695 – Adrianópolis –

Manaus – AM

CEP 69057-002 | Tel.: 3236-8315

[email protected]

semsa.manaus.am.gov.br

presença do aminoácido valina, apesar de constar na lista de ingredientes.

Constatou também que a presença do aminoácido isoleucina está 117% acima

do valor declarado no rótulo do produto. A agência registra ainda que a

empresa não solicitou perícia de contrapova, sendo o resultado da análise

considerado definitivo.

Clipping realizado por Guto Vasconcellos Departamento de Comunicação – Semsa / PMM