CONHECIMENTOS ESPECFICOS - s3. que se refere   composi§£o musical. 94 Para...

Click here to load reader

download CONHECIMENTOS ESPECFICOS - s3. que se refere   composi§£o musical. 94 Para alcan§ar o objetivo

of 4

  • date post

    06-Sep-2018
  • Category

    Documents

  • view

    214
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of CONHECIMENTOS ESPECFICOS - s3. que se refere   composi§£o musical. 94 Para...

  • PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROFESSOR SUBSTITUTO INSTITUTO QUADRIX - Aplicao: 2017

    SEEDF/2016 Componente Curricular: ARTES (TIPO A) 6

    CONHECIMENTOS ESPECFICOS

    A organizao didtico-pedaggica pode ser entendida como

    o conjunto de decises coletivas que orientam a realizao

    das atividades escolares, visando garantir o processo

    pedaggico da escola. Acerca desse assunto, julgue os itens

    que se seguem.

    61 Os seguintes componentes fazem parte da organizao

    didtico-pedaggica de uma escola: modalidades de

    ensino da Educao Bsica; fins e objetivos da

    Educao Bsica; e organizao curricular, estrutura e

    funcionamento da escola.

    62 O processo de matrcula e transferncia dos registros e

    arquivos escolares no componente pertencente

    organizao didtico-pedaggica de uma escola.

    63 A organizao didticopedaggica da escola o nico

    instrumento orientador da construo do conhecimento

    em sala de aula que deve contemplar aes que

    permitam aos estudantes recriarem suas aprendizagens

    e se adaptarem s constantes mudanas do mundo atual.

    _____________________________________________________

    Julgue os prximos itens com base nas Diretrizes Curriculares

    Nacionais para o Ensino Mdio e nas Diretrizes Curriculares

    Nacionais para a EJA.

    64 As Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Mdio

    articulam-se com as Diretrizes Curriculares Nacionais

    Gerais para a Educao Bsica e renem princpios,

    fundamentos e procedimentos, definidos pelo Conselho

    Nacional de Educao, para orientar as polticas pblicas

    educacionais da Unio, dos estados, do DF e dos

    municpios na elaborao, no planejamento, na

    implementao e na avaliao das propostas curriculares

    das unidades escolares pblicas e particulares que

    oferecem o Ensino Mdio.

    65 Por divergir do sistema de educao brasileiro, os

    estudos de EJA realizados em instituies estrangeiras

    no podero ser aproveitados junto s instituies

    nacionais.

    _____________________________________________________

    Julgue os itens a seguir com base nas Diretrizes Curriculares

    Nacionais para o Ensino Fundamental de nove anos.

    66 O Ensino Fundamental traduz-se como um direito

    pblico subjetivo de cada um e como competncia

    exclusiva do Estado na oferta a todas as crianas.

    67 Os sistemas de ensino e as escolas podem adotar, como

    norteadores das polticas educativas e das aes

    pedaggicas, os princpios ticos, polticos e estticos.

    As Diretrizes Nacionais para a Educao Especial na Educao Bsica definem a oferta do atendimento educacional

    especializado (AEE) em todos os nveis e em todas as etapas e modalidades, preferencialmente no atendimento rede pblica de ensino. Com base nas Diretrizes Nacionais para a

    Educao Especial na Educao Bsica, julgue os itens seguintes.

    68 O AEE tem como funo complementar ou suplementar a formao do aluno por meio da disponibilizao de servios, recursos de acessibilidade e estratgias que

    eliminem as barreiras para sua plena participao na sociedade e para o desenvolvimento de sua aprendizagem.

    69 Consideram-se como pblico-alvo do AEE alunos com deficincia fsica, intelectual, mental ou sensorial e alunos com transtornos globais do desenvolvimento,

    todavia no so considerados como pblico-alvo do AEE alunos com altas habilidades ou com superdotao.

    _____________________________________________________

    Com base no Currculo em Movimento da Educao Bsica: Ensino Fundamental Anos Finais, julgue o item subsequente.

    70 Na Educao Bsica, os anos finais do Ensino Fundamental constituem uma fase em que os contedos esto organizados a partir de diferentes reas do

    conhecimento, porm articulam-se em uma perspectiva de unidade e progressividade e esto desvinculados da funo social.

    _____________________________________________________ Pelo simples fato de descrever sentimentos, relaes

    e condies que no haviam sido descritas anteriormente, o

    artista canaliza-os de seu EU isolado para um NS. [...] A arte pode elevar o homem de um estado de fragmentao a um estado de ser ntegro, total. Ela capacita o homem para

    compreender a realidade e o ajuda no s a suport-la, como a transform-la.

    Ernst Fischer. A necessidade da arte. Rio de Janeiro, Editora Zahar, 1983 (com adaptaes).

    luz do trecho acima e considerando a importncia do ensino da arte como maneira de ampliar o horizonte de possibilidades, apurar a sensibilidade e lapidar a capacidade

    de expresso e de interpretao da realidade, julgue os seguintes itens.

    71 A criana, por meio de uma linguagem simblica, expressa, em seus trabalhos de arte, a sua prpria realidade, a partir de suas experincias em relao ao

    meio e a si mesma. 72 Tendo o processo criativo como principal produto para

    avaliao, o professor deve estabelecer critrios para

    comparao entre os trabalhos individuais realizados pelos alunos.

    73 A construo de prticas pedaggicas por meio da

    criao de formas artsticas nos espaos bi e tridimensional desenvolve um percurso de criao, individual ou coletivo, capaz de articular percepo,

    imaginao e ideias dos alunos.

  • PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROFESSOR SUBSTITUTO INSTITUTO QUADRIX - Aplicao: 2017

    SEEDF/2016 Componente Curricular: ARTES (TIPO A) 7

    Os resultados das decises compositivas determinam

    o objetivo e o significado da manifestao visual e tm fortes

    implicaes com relao ao que recebido pelo espectador.

    Dondis A. Dondis. Sintaxe da Linguagem Visual.

    So Paulo: Martins Fontes, 1997.

    FIGURA 1 - Georges Seurat. Tarde de Domingo na Ilha de Grande Jatte. The Art Institute Chicago, 2,60 m x 3,50 m.

    FIGURA 2 - Paul Klee. Rosas Heroicas. leo sobre tela, 68 cm x 52 cm.

    A partir do fragmento de texto e das obras apresentadas,

    julgue os itens a seguir com relao arte moderna e aos

    elementos de uma composio visual.

    74 O pontilhismo, tcnica apresentada na Figura 1,

    definido pela representao de imagens por pontos ou

    fragmentos.

    75 Na Figura 2, foram utilizadas linhas geomtricas suaves,

    fluidas e sem muita rigidez para definir as formas das

    rosas.

    76 Na obra de Paul Klee, as curvas das ptalas

    desapareceram; ficaram as linhas retas, realando a

    forma sem a preocupao em dar noo de perspectiva

    ou profundidade.

    77 Nessa obra de Georges Seraut, as figuras em segundo

    plano apresentam mais detalhes perceptveis, o que

    corresponde a uma das caractersticas gerais do

    Impressionismo, isto , contornos ntidos dos objetos.

    Nina Coimbra - Prism. Internet: .

    Loureno de Bem - Pedras. Internet: .

    A Fundao Nacional de Artes Funarte/Ministrio da

    Cultura, inaugurou em Braslia (DF), no dia 5 de novembro

    de 2016, a mostra permanente Natureza viva Artes

    Visuais/Ambiente Cerrado. Ela rene obras de nove artistas

    convidados da Capital Federal que desenvolvem pequenos

    espaos arborizados, com esculturas em forma de bancos, na

    rea externa do Complexo Cultural Funarte.

    Com base nas imagens e no texto apresentados, julgue os

    itens que se seguem no que se refere arte, cultura e

    sociedade.

    78 Atualmente o ambiente dos museus est menos

    imponente e intimidador e tem-se tornado, cada vez

    mais, um espao de educao informal, de troca de

    opinies e de convivncia.

    79 As obras expostas em museus trazem, de alguma

    maneira, questes sociais importantes para serem

    discutidas com os alunos, entretanto no se encontram

    expostas obras que envolvam questes religiosas ou

    polticas.

    80 A arte contempornea tem como caracterstica ser

    direcionada a pblico mais especfico, ou seja, outros

    artistas e uma classe que possua conhecimento acerca

    dos objetos artsticos.

  • PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROFESSOR SUBSTITUTO INSTITUTO QUADRIX - Aplicao: 2017

    SEEDF/2016 Componente Curricular: ARTES (TIPO A) 8

    No sculo XX, o teatro passou a ser compreendido como a

    linguagem que identifica a literatura dramtica como mais

    um de seus elementos, ao lado da cenografia, da iluminao,

    do figurino, da msica e da sonoplastia. Considerando esse

    contexto, julgue os itens subsecutivos.

    81 A palavra em cena remete estritamente ao significado

    literal do texto teatral.

    82 A iluminao cnica integra o conjunto dos elementos de

    encenao.

    83 O figurino pode apoiar atores e atrizes na composio de

    seus personagens.

    _____________________________________________________

    Para Augusto Boal, o teatro a primeira inveno

    humana, que abre caminho para outras invenes e

    descobertas.

    Boal, 1996.

    No que se refere a criatividade, imaginao e teatro, julgue

    os itens subsequentes.

    84 A criatividade humana manifesta-se exclusivamente na

    arte.

    85 Criatividade e imaginao so faculdades humanas

    independentes nos processos artsticos.

    _____________________________________________________

    Com o fim da Galxia de Gutenberg, o texto escrito e

    o livro esto novamente em questo. O modo de percepo

    desloca-se: a percepo simultnea e multifocal substitui a

    linear-sucessiva; uma percepo ao mesmo tempo mais

    superficial e mais abrangente tomou o lugar da percepo

    centrada, mais profunda, cujo paradigma era a leitura do

    texto literrio.

    H. Lehmann. 2007, p. 17 (com adaptaes).

    Em relao a esse tema, julgue os itens a se