CONHECIMENTOS GERAIS - qconcursos.com · Concurso Público – Auxiliar de Administração ......

of 15/15
Universidade Federal de Alfenas Concurso Público – Auxiliar de Administração Edital nº 050/2017 ________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________Auxiliar de Administração 1 CONHECIMENTOS GERAIS LÍNGUA PORTUGUESA QUESTÃO 01 Disponível em <http://www.safernet.org.br/site/sites/default/files/netiqueta.pdf>. Acesso em: 13 jun. 2017 (com adaptações). De acordo com a estrutura do texto e as informações nele apresentadas, sua principal função é: a) Entreter o leitor com a utilização de um tema engraçado sobre a vida cotidiana da maioria das pessoas. b) Agrupar informações explicativas por meio da integração de textos sintéticos e elementos gráfico- visuais. c) Guiar o leitor para a execução de uma atividade específica e/ou estabelecer normas para direcionar as práticas sociais. d) Apresentar, de maneira didática, a opinião de um especialista, com o uso de linguagem formal, a fim de convencer o leitor. QUESTÃO 02 Disponível em <http://turmadamonica.uol.com.br/tirinhas/index.php?a=46> . Acesso em: 13 jun. 2017 (com adaptações).
  • date post

    24-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    217
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of CONHECIMENTOS GERAIS - qconcursos.com · Concurso Público – Auxiliar de Administração ......

  • Universidade Federal de Alfenas Concurso Pblico Auxiliar de Administrao

    Edital n 050/2017 ________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________________Auxiliar de Administrao 1

    CONHECIMENTOS GERAIS

    LNGUA PORTUGUESA

    QUESTO 01

    Disponvel em . Acesso em: 13 jun. 2017 (com adaptaes).

    De acordo com a estrutura do texto e as informaes nele apresentadas, sua principal funo :

    a) Entreter o leitor com a utilizao de um tema engraado sobre a vida cotidiana da maioria das pessoas.

    b) Agrupar informaes explicativas por meio da integrao de textos sintticos e elementos grfico-visuais.

    c) Guiar o leitor para a execuo de uma atividade especfica e/ou estabelecer normas para direcionar as prticas sociais.

    d) Apresentar, de maneira didtica, a opinio de um especialista, com o uso de linguagem formal, a fim de convencer o leitor.

    QUESTO 02

    Disponvel em . Acesso em: 13 jun. 2017 (com adaptaes).

    http://www.safernet.org.br/site/sites/default/files/netiqueta.pdfhttp://turmadamonica.uol.com.br/tirinhas/index.php?a=46

  • Universidade Federal de Alfenas Concurso Pblico Auxiliar de Administrao

    Edital n 050/2017 ________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________________Auxiliar de Administrao 2

    Nos bales Vou buscar o meu! e L vem ela!, h estratgia de coeso textual que teve por funo:

    a) Indicar a retomada de informaes introduzidas previamente em outras passagens do texto.

    b) Apresentar um cenrio em cujo interior informaes subsequentes devem ser interpretadas.

    c) Anteceder informaes que sero apresentadas posteriormente no texto.

    d) Sintetizar as novas informaes constantes no quadro seguinte.

    QUESTO 03

    Disponvel em https://goo.gl/VJESID, acesso em 13 jun. 2017 (com adaptaes).

    O texto mostra uma srie de comparaes entre atitudes de chefes e lderes. Da anlise de todas as informaes apresentadas no texto, impossvel inferir que:

    a) O lder ajuda a vencer os problemas enquanto o chefe somente os aponta.

    b) O lder assume os riscos e o chefe mostra, na prtica, como as coisas so feitas.

    c) O chefe assume sozinho a autoria das conquistas e o lder compreensvel.

    d) O chefe tem suas atitudes marcadas pelo autoritarismo e o lder trabalha em equipe.

    QUESTO 04

    Disponvel em https://goo.gl/zLdFua, acesso em 13 jun. 2017 (com adaptaes).

    O texto mostra um trabalhador de uma indstria telefonando para uma empresa de mudanas.

    Da anlise do texto, infere-se que:

    a) O trabalhador confia no trabalho do diretor da indstria e compreende com primor as delegaes que lhe so feitas.

    b) O trabalhador sabe que a mudana de paradigmas exige grande esforo de uma empresa, o que se personifica com a empresa de mudanas.

    c) O trabalhador ficou assustado com o valor cobrado pela empresa para fazer o servio de mudana.

    d) O trabalhador no entendeu o que o diretor quis dizer por no saber o que significa paradigmas.

    https://goo.gl/VJESIDhttps://goo.gl/zLdFua

  • Universidade Federal de Alfenas Concurso Pblico Auxiliar de Administrao

    Edital n 050/2017 ________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________________Auxiliar de Administrao 3

    QUESTO 05

    Disponvel em https://goo.gl/Dxukqh , acesso em 13 jun. 2017 (com adaptaes).

    No texto, as expresses rvore genealgica e organograma da instituio evocam, em um jogo semntico, um terceiro conceito:

    a) Matriarcado, quando a me exerce autoridade preponderante.

    b) Familismo, quando o fundamental da ordem social est na famlia.

    c) Nepotismo, quando h o favorecimento a parentes na administrao.

    d) Patronato, quando houve o dispndio recebido para a ascenso na empresa.

    QUESTO 06

    Disponvel em https://goo.gl/EjEGKa , acesso em 13 jun. 2017 (com adaptaes).

    A marcao realizada na palavra autoatendimento na charge acima, transformando-a em altoatendimento, alterou seu sentido. A exemplo do que ocorreu na charge, em qual imagem a inadequao ortogrfica de uma palavra cria um novo entendimento?

    a)

    (https://goo.gl/qKIFEM)

    b)

    (https://goo.gl/Obo6m9)

    https://goo.gl/Dxukqhhttps://goo.gl/EjEGKahttps://goo.gl/qKIFEMhttps://goo.gl/Obo6m9

  • Universidade Federal de Alfenas Concurso Pblico Auxiliar de Administrao

    Edital n 050/2017 ________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________________Auxiliar de Administrao 4

    c)

    (https://goo.gl/0mC6ts)

    d)

    (https://goo.gl/95Fxmo)

    LEIA O TEXTO A SEGUIR PARA RESPONDER S QUESTES DE 07 A 10.

    Mensagem

    Moacyr Scliar

    Um Rei mandava cortar a cabea dos mensageiros que lhe davam ms notcias. Desta forma, um processo de seleo se estabeleceu: os inbeis foram sendo progressivamente eliminados, at que restou apenas um mensageiro no pas. Tratava-se, como fcil de imaginar, de um homem que dominava espantosamente bem a arte de dar ms notcias. Seu filho morreu dizia a uma me, e a mulher punha-se a entoar cnticos de jbilo: Aleluia, Senhor! Sua casa incendiou, dizia a um vivo, que prorrompia em aplausos frenticos. Ao Rei, o

    mensageiro anunciou sucessivas derrotas militares, epidemias de peste, catstrofes naturais, destruio de colheitas, misria e fome; surpreso consigo mesmo, o Rei ouvia sorrindo tais novas. To satisfeito ficou com o mensageiro, que o nomeou seu porta-voz oficial. Nesta importante posio, o mensageiro no tardou a granjear a simpatia e o afeto do pblico. Paralelamente, crescia o dio contra o monarca; uma rebelio popular acabou por destitu-lo, e o antigo mensageiro foi coroado Rei. A primeira coisa que fez, ao assumir o governo, foi mandar executar todos os candidatos a mensageiro. A comear por aqueles que dominavam a arte de dar ms notcias.

    Disponvel em:

    http://cronicasbrasil.blogspot.com.br/2012/09/mensagem-

    moacyr-scliar.html Acesso em 25 jun. 2017

    QUESTO 07

    Da anlise da crnica, de Moacir Sclyar, depreende-se que:

    a) Como o Rei era um pssimo administrador, o povo decidiu destitu-lo.

    b) Apesar de j ter sido mensageiro do Rei, viu os outros como possveis inimigos.

    c) Como porta-voz do Rei, o mensageiro se limitava a reproduzir as novas notcias.

    d) Apesar de o Rei ter eliminado todos aqueles que lhe davam ms notcias, esqueceu-se do mensageiro que dominava a arte de cont-las aos sditos e ao prprio Rei.

    QUESTO 08

    Os provrbios so ditos populares que abordam diferentes situaes do cotidiano do homem. Analisando a temtica do texto, qual provrbio descreve o efeito do modo como o mensageiro dava as ms notcias aos sditos?

    a) melhor prevenir do que remediar.

    b) Papagaio come milho, periquito leva fama.

    c) Em rio que tem piranha, jacar nada de costas.

    d) A gato pintado no se confia a guarda do assado.

    https://goo.gl/0mC6tshttps://goo.gl/95Fxmohttp://cronicasbrasil.blogspot.com.br/2012/09/mensagem-moacyr-scliar.htmlhttp://cronicasbrasil.blogspot.com.br/2012/09/mensagem-moacyr-scliar.html

  • Universidade Federal de Alfenas Concurso Pblico Auxiliar de Administrao

    Edital n 050/2017 ________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________________Auxiliar de Administrao 5

    QUESTO 09

    A referenciao usada na produo de um texto para retomar de outro modo um termo dito anteriormente. Analisando o texto, o termo em negrito exemplifica adequadamente esse recurso em qual fragmento do texto?

    a) Seu filho morreu dizia a uma me, e a mulher punha-se a entoar cnticos de jbilo: Aleluia, Senhor!

    b) A primeira coisa que fez, ao assumir o governo, foi mandar executar todos os candidatos a mensageiro.

    c) Desta forma, um processo de seleo se estabeleceu: os inbeis foram sendo progressivamente eliminados, at que restou apenas um mensageiro no pas.

    d) Ao Rei, o mensageiro anunciou sucessivas derrotas militares, epidemias de peste, catstrofes naturais, destruio de colheitas, misria e fome; surpreso consigo mesmo, o Rei ouvia sorrindo tais novas.

    QUESTO 10

    Em qual fragmento do texto, se a palavra em negrito for substituda pela palavra entre parnteses, ocorrer significativa alterao de sentido e distanciamento da temtica do texto?

    a) Sua casa incendiou, dizia a um vivo, que prorrompia em aplausos frenticos. (exaltados).

    b) Um Rei mandava cortar a cabea dos mensageiros que lhe davam ms notcias. (decepar).

    c) Seu filho morreu dizia a uma me, e a mulher punha-se a entoar cnticos de jbilo: Aleluia, Senhor! (faleceu).

    d) A primeira coisa que fez, ao assumir o governo, foi mandar executar todos os candidatos a mensageiro. (herdar)

    .

    NOES GERAIS DE INFORMTICA

    QUESTO 11

    Voc est pesquisando na Web com o navegador Google Chrome no Windows 8 e, ao tentar acessar uma pgina, ela demora a carregar. Depois de algum tempo apresenta a mensagem de erro Ah, no. Pesquisando na prpria ajuda do suporte do Google Chrome, voc encontra as opes a seguir:

    1- Atualizar a pgina.

    2- Limpar o cache do Google Chrome.

    3- Desabilitar o carregamento automtico do Windows.

    4- Verificar a conexo com a Internet.

    Dentre elas, quais opes voc poder executar para corrigir o problema?

    a) 1, 3 e 4.

    b) 1, 2 e 3.

    c) 2, 3 e 4.

    d) 1, 2 e 4.

    QUESTO 12

    Ao escrever uma frase de Jaime Balmes no editor Microsoft Word 2013, deseja-se destacar a palavra MORAL colocando-a sublinhada e com a cor do realce do texto cinza, conforme apresentado a seguir:

    ''O poder sem MORAL transforma-se em tirania'' - Jaime Balmes

    Quais ferramentas foram utilizadas para formatar a palavra MORAL?

    a)

    b)

    c)

    d)

  • Universidade Federal de Alfenas Concurso Pblico Auxiliar de Administrao

    Edital n 050/2017 ________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________________Auxiliar de Administrao 6

    QUESTO 13

    Embora as solues para gerenciamento de e-mails e contatos em plataformas WEB tenham evoludo muito ao longo dos anos, clientes locais de e-mail ainda so amplamente utilizados, principalmente em ambientes corporativos, devido a uma maior preocupao com a centralizao, sigilo, controle e permanncia dos dados envolvidos.

    Dentro deste escopo, o Mozilla Thunderbird o cliente de e-mails e notcias oferecido pela Mozilla Foundation, mesma criadora do Mozilla Firefox. o maior concorrente do Microsoft Outlook, sendo um dos mais utilizados em todo o mundo. Entre seus recursos, oferece suporte a arquivos XML, Feeds (Atom e RSS), bloqueia imagens, tem filtro anti-spam embutido e mecanismos que previnem golpes por meio das mensagens.

    Oferece ainda, como destaque, assistente de configurao de conta de e-mail, catlogo de endereos em um clique, lembrete de anexos, abas, barra de ferramentas de filtro rpido, funes de pesquisa, arquivamento de mensagens, gerenciador de atividade, extenses, privacidade robusta, proteo contra phishing, alm de cdigo-fonte aberto. (Conforme seu site Outro recurso muito til para o dia a dia a grande quantidade de atalhos de teclado disponveis, garantindo aumento na produtividade. Os atalhos so sensveis ao contexto, pois variam de acordo com a rea da interface do Thunderbird que est "ativa" atualmente, visando ser mais intuitivas ao usurio.

    Sobre as teclas de atalho, temos a tabela abaixo, com base no Mozilla Thunderbird para os Sistemas Operacionais Windows e Linux, por serem estes os mais comuns no mercado:

    1. Funes de mensagem: Nova mensagem

    ( ) Ctrl + R

    2. Funes de mensagem: Responder mensagem (somente ao remetente)

    ( ) Ctrl + K

    3. Funes de mensagem: Encaminhar a mensagem

    ( ) Ctrl + L

    4. Funes de mensagem: Obter as novas mensagens para todas as contas

    ( ) Ctrl + P

    5. Funes de mensagem: Imprimir a mensagem ou o texto selecionado da mensagem

    ( ) Shift + C

    6. Funes de mensagem: Marcar tudo como lido

    ( ) Ctrl + N

    7. Funes de pesquisa e filtragem: Pesquisar em todas as mensagens (pesquisa global do texto completo em todas as contas)

    ( ) Ctrl + Shift + O

    8. Escrevendo mensagens: Colar como uma citao

    ( ) Shift + F5

    verificada correlao adequada entre os elementos da primeira com os da segunda coluna mediante a sequncia:

    a) 2-7-1-3-4-6-8-5.

    b) 7-5-1-8-4-2-3-6.

    c) 2-7-3-5-6-1-8-4.

    d) 5-2-8-4-6-1-3-7.

  • Universidade Federal de Alfenas Concurso Pblico Auxiliar de Administrao

    Edital n 050/2017 ________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________________Auxiliar de Administrao 7

    QUESTO 14

    Voc possui uma planilha no Microsoft Excel 2013 com os gastos dos meses de janeiro a junho e deseja calcular a mdia dos gastos desprezando o maior e o menor gasto mensal. A planilha com o resultado esperado apresentada na imagem a seguir:

    Qual a frmula utilizada na clula H2 que gerou o resultado esperado?

    a) =MDIA(B2:G2)-MAIOR(B2:G2;1)-MENOR(B2:G2;1)

    b) =(SOMA(B2:G2)-MXIMO(B2:G2)-MNIMO(B2:G2))/4

    c) =(MDIA(B2:G2)-MXIMO(B2:G2)-MNIMO(B2:G2))/4

    d) =(SOMA(B2:G2)-MXIMO(B2:G2)-MNIMO(B2:G2))+ MDIA(B2:G2)

    QUESTO 15

    Praga 'sequestra' computador e pede US$ 3 mil de resgate no Brasil

    Arquivos so criptografados com senha de 256 caracteres. Fraude afeta servidores com Windows e tem origem no leste europeu.

    Tela de computador infectado exibe mensagem de 'sequestradores de arquivos'. (Foto: Arquivo Pessoal)

    Altieres Rohr

  • Universidade Federal de Alfenas Concurso Pblico Auxiliar de Administrao

    Edital n 050/2017 ________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________________Auxiliar de Administrao 8

    Tcnicos de informtica esto relatando na web que um golpe comum em outras partes do mundo tem feito diversas vtimas no Brasil: o "sequestro" de computadores e arquivos. Esse tipo de ataque bloqueia o sistema ou codifica os arquivos e documentos armazenados, de modo a impedir o acesso, e exige que a vtima entre em contato com o criador do vrus e faa um pagamento para que uma senha seja liberada. Os relatos apontam que o pagamento exigido tem sido de US$ 3 mil a US$ 9 mil (R$ 6,6 mil a R$ 20 mil).

    Um frum on-line da Microsoft contm diversas publicaes feitas por tcnicos que tiveram contato com sistemas afetados. Os computadores infectados so aparentemente servidores em sua maioria. H suspeita de que a praga estaria entrando no sistema por meio do protocolo de rea de Trabalho Remota (RDP, na sigla em ingls). Uma brecha corrigida pela Microsoft em 2012 e que permite o acesso via RDP sem uso da senha tambm poderia estar sendo usada para o ataque, juntamente com outra vulnerabilidade semelhante deste ano. Os identificadores tcnicos das falhas na Microsoft so MS12-020 e MS13-029.

    O computador infectado exibe uma tela de "instrues" para a vtima, que afirma em texto claro que ela est sendo vtima de um golpe e que no h meio de recuperar os arquivos sem realizar o pagamento. De acordo com a ameaa, a senha usada para codificar os arquivos teria 256 smbolos, de tal maneira que tentar todas as alternativas poderia levar milhares de anos.

    Os arquivos codificados esto no formato WinRAR. Depois que os arquivos so convertidos para esse formato, os originais so removidos do sistema. No nome do arquivo codificado est o endereo de e-mail dos criminosos, que ter de ser contatado para fazer o pagamento e obter a senha.

    Felippe Barros, especialista em segurana da Logical IT, recebeu um chamado de um cliente que foi vtima do ataque. O computador infectado era um notebook, cujo responsvel j havia reiniciado e tentado consertar com solues antivrus. De acordo com Barros, essa no a atitude correta. "Se no tivesse reiniciado, a chave de criptografia ainda poderia ser achada na memria", explicou.

    O dinheiro, trs mil dlares, foi solicitado para ser pago pelo servio PerfectMoney.

    Disponvel em: . Acesso em: 02 mar. 2017.

    Por causa do grande aumento de ameaas online, e buscando esclarecer o pblico brasileiro que acessa a Internet, o Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurana no Brasil (cert.br) criou a Cartilha de Segurana para Internet. Nela, encontramos diversas definies de formas de vulnerabilidades, golpes, cdigos maliciosos e formas de proteo e preveno contra eles. A definio do caso apresentado na notcia est corretamente descrita em:

    a) O caso em questo de negao de servio, que uma tcnica pela qual um atacante utiliza um computador para tirar de operao um servio, um computador ou uma rede conectada Internet. Quando isto ocorre, todas as pessoas que dependem dos recursos afetados so prejudicadas, pois ficam impossibilitadas de acessar ou realizar as operaes desejadas. Nos casos j registrados de ataques, os alvos ficaram impedidos de oferecer servios durante o perodo em que eles ocorreram.

    b) O caso em questo de infeco por cavalo de troia, que um programa que, alm de executar as funes para as quais foi aparentemente projetado, tambm executa outras funes, normalmente maliciosas, e sem o conhecimento do usurio. Tambm podem ser instalados por atacantes que, aps invadirem um computador, alteram programas j existentes para que, alm de continuarem a desempenhar as funes originais, tambm executem aes maliciosas.

    c) O caso em questo de interceptao de trfego, que uma forma de ataque em que se utiliza um programa que executa funes sem o conhecimento do usurio, criptografando os dados, tornando-os inacessveis e exigindo o pagamento de resgate para liberao da interceptao.

    d) O caso em questo de ransomware, que um tipo de cdigo malicioso que torna inacessveis os dados armazenados em um equipamento, geralmente usando criptografia, e que exige pagamento de resgate para restabelecer o acesso ao usurio.

    http://http/g1.globo.com/tecnologia/noticia/2013/07/praga-sequestra-computador-e-pede-us-3-mil-de-resgate-no-brasil.htmlhttp://http/g1.globo.com/tecnologia/noticia/2013/07/praga-sequestra-computador-e-pede-us-3-mil-de-resgate-no-brasil.htmlhttp://http/g1.globo.com/tecnologia/noticia/2013/07/praga-sequestra-computador-e-pede-us-3-mil-de-resgate-no-brasil.html

  • Universidade Federal de Alfenas Concurso Pblico Auxiliar de Administrao

    Edital n 050/2017 ________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________________Auxiliar de Administrao 9

    LEGISLAO

    QUESTO 16

    A Lei n 9.784/99 regula o processo administrativo no mbito da Administrao Pblica Federal, e elenca quem so os considerados legitimados como interessados no processo administrativo. Qual alternativa que est em desacordo com a referida Lei?

    a) As pessoas ou as associaes legalmente constitudas quanto a direitos ou interesses difusos.

    b) As associaes representativas, somente no tocante a direitos e interesses estritamente individuais.

    c) Aqueles que, sem terem iniciado o processo, tm direitos ou interesses que possam ser afetados pela deciso a ser adotada.

    d) Pessoas fsicas ou jurdicas que o iniciem como titulares de direitos ou interesses individuais ou no exerccio do direito de representao.

    QUESTO 17

    De acordo com o Estatuto da Universidade Federal de Alfenas Unifal-MG, o corpo tcnico-administrativo em educao constitudo da seguinte forma:

    a) Por servidores integrantes do quadro efetivo, por colaboradores terceirizados e por prestadores de servio voluntrio na Unifal-MG.

    b) Por servidores integrante do quadro efetivo, por servidores substitutos e por colaboradores terceirizados da Unifal-MG.

    c) Por servidores integrantes do quadro efetivo de pessoal e por colaboradores terceirizados da Unifal-MG.

    d) Por servidores integrantes do quadro efetivo de pessoal da Unifal-MG.

    QUESTO 18

    Segundo a Constituio Federal de 1988, permitida a acumulao dos seguintes cargos, desde que haja compatibilidade de horrios:

    a) De dois cargos tcnico ou cientfico.

    b) De um cargo de professor e outro de advogado.

    c) De um cargo de professor com outro tcnico ou cientfico.

    d) De um cargo de tcnico com outro de advogado.

    QUESTO 19

    Qual requisito no considerado bsico para investidura em cargo pblico?

    a) a) A aptido fsica e mental.

    b) b) A idade mnima de vinte e um anos.

    c) b) A quitao com as obrigaes militares e eleitorais.

    d) d) O nvel de escolaridade exigido para o exerccio do cargo.

    QUESTO 20

    O Art. 10, da Lei n 11.091, de 12 de janeiro de 2005 prev as formas de desenvolvimento do servidor na carreira Tcnico-Administrativa em Educao, sendo que podemos afirmar que:

    a) O desenvolvimento do servidor na carreira tcnico-administrativa em educao dar-se-, exclusivamente, pela mudana de nvel de capacitao e de padro de vencimento mediante, respectivamente, Progresso por Capacitao Profissional ou Progresso por Mrito Profissional.

    b) Progresso por Capacitao a mudana de nvel de capacitao, dentro do mesmo cargo e nvel de classificao, decorrente da obteno, pelo servidor, de certificao em Programa de Capacitao, compatvel com o cargo ocupado, o ambiente organizacional e a carga horria mnima exigida, respeitado o interstcio de vinte e quatro meses.

  • Universidade Federal de Alfenas Concurso Pblico Auxiliar de Administrao

    Edital n 050/2017 ________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________________Auxiliar de Administrao 10

    c) Progresso por mrito profissional a mudana automtica, a cada 18 meses de efetivo exerccio, para o padro de vencimento imediatamente subsequente (que vai do 1 ao 16, dentro de cada uma das classes).

    d) O desenvolvimento do servidor tcnico-administrativo em educao na carreira dar-se- pela mudana de nvel de capacitao, pela mudana de padro de vencimento e pelo recebimento de um incentivo pago aos que possuem educao formal superior a exigida para o cargo de que titular mediante, respectivamente, Progresso por Capacitao Profissional, Progresso por Mrito Profissional ou Incentivo a Qualificao.

    CONHECIMENTOS ESPECFICOS

    QUESTO 21

    O Reitor da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL/MG) pretende enviar uma comunicao oficial ao Ministro da Educao. Considerando a situao hipottica, o pronome de tratamento e o vocativo adequados, respectivamente, para se referir ao ministro quando da elaborao da comunicao, consoante disposto no manual de redao da presidncia da repblica, so:

    a) Vossa Excelncia e Senhor Ministro.

    b) Vossa Magnificncia e Magnfico Ministro.

    c) Vossa Excelncia e Dignssimo Senhor Ministro.

    d) Vossa Eminncia e Eminentssimo Senhor Ministro.

    QUESTO 22

    A Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG) pretende realizar procedimento licitatrio para a contratao de servios de engenharia, com valor estimado em R$ 155.000,00 (cento e cinquenta e cinco mil reais). De acordo com a Lei n 8.666/93, em relao modalidade de licitao adequada para a situao fictcia acima descrita, correto afirmar que:

    a) A Administrao dever utilizar a modalidade convite.

    b) A Administrao poder utilizar a modalidade concorrncia.

    c) A Administrao somente poder utilizar a modalidade tomada de preos.

    d) A Administrao dever utilizar a modalidade concorrncia.

    QUESTO 23

    A Universidade Federal de Alfenas pretende realizar procedimento licitatrio para contratao de servios de engenharia, com valor estimado em R$ 2.000.000,00 (dois milhes de reais). O contrato a ser celebrado no ir contemplar o regime de empreitada integral, e a licitao no ser do tipo "melhor tcnica" ou "tcnica e preo".

    Com base na modalidade de licitao a ser adotada, o prazo mnimo at o recebimento das propostas ou da realizao do evento, aps a publicao do aviso contendo o resumo do edital, de acordo com a Lei n 8.666/93, ser:

    a) 10 (dez) dias.

    b) 30 (trinta) dias.

    c) 15 (quinze) dias.

    d) 45 (quarenta e cinco) dias.

    QUESTO 24

    Em curso de capacitao promovido para os agentes pblicos que trabalham na rea de licitao de uma Universidade Federal foram apresentados os princpios que norteiam a Lei n 8.666/93 (Lei que regulamenta o Art. 37, inciso XXI, da Constituio Federal, institui normas para licitaes e contratos da Administrao Pblica e d outras providncias).

    O profissional responsvel por aplicar o curso afirmou adequadamente que:

  • Universidade Federal de Alfenas Concurso Pblico Auxiliar de Administrao

    Edital n 050/2017 ________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________________Auxiliar de Administrao 11

    a) Poder ser estabelecida margem de preferncia, com base em estudos revistos periodicamente, em prazo no superior a 01 (um) ano e que levem em considerao os demais requisitos dispostos na Lei n 8.666/93.

    b) As obras, servios, inclusive de publicidade, compras, alienaes, concesses, permisses e locaes da Administrao Pblica, quando contratadas com terceiros, sero necessariamente, precedidas de licitao, sem ressalvas.

    c) Subordinam-se ao regime da Lei 8.666/93, alm dos rgos da administrao direta, os fundos especiais, as autarquias, as fundaes pblicas, as empresas pblicas, as sociedades de economia mista e demais entidades controladas direta ou indiretamente pela Unio, Estados, Distrito Federal e Municpios.

    d) A licitao destina-se a garantir a observncia do princpio constitucional da isonomia, a seleo da proposta mais barata para a administrao e a promoo do desenvolvimento nacional sustentvel e ser processada e julgada em estrita conformidade com os princpios bsicos da legalidade, da pessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade, da probidade administrativa, da vinculao ao instrumento convocatrio, do julgamento subjetivo e dos que lhes so correlatos.

    QUESTO 25

    A Universidade Federal de Alfenas, com o intuito de capacitar os seus servidores, disponibilizou um curso sobre a Lei n 8.429/92, que dispe sobre as sanes aplicveis aos agentes pblicos nos casos de enriquecimento ilcito no exerccio de mandato, cargo, emprego ou funo na administrao pblica direta, indireta ou fundacional e d outras providncias.

    Ederval, servidor da referida Instituio e participante do curso, pediu que o Ministrante comentasse a respeito das disposies gerais da referida Lei. Considerando que o ministrante um profissional altamente qualificado e somente repassa informaes corretas, pode ser considerado um dos seus informes:

    a) Reputa-se agente pblico, para os efeitos da lei 8.429/92, somente aquele que exerce, com vnculo efetivo e com remunerao, por eleio, nomeao, designao, contratao ou qualquer outra forma de investidura ou vnculo, mandato,

    cargo, emprego ou funo na administrao direta.

    b) O sucessor daquele que causar leso ao patrimnio pblico ou se enriquecer ilicitamente no est sujeito s cominaes da Lei 8.429/92, uma vez que no considerado o autor do ato, ainda que at o limite do valor da herana.

    c) Ocorrendo leso ao patrimnio pblico por ao ou omisso, desde que seja necessariamente por ao ou omisso dolosa, do agente ou de terceiro, dar-se- o integral ressarcimento do dano.

    d) As disposies da Lei 8.429/92 so aplicveis, no que couber, quele que, mesmo no sendo agente pblico, induza ou concorra para a prtica do ato de improbidade ou dele se beneficie sob qualquer forma direta ou indireta.

    QUESTO 26

    Jos Esperanoso, servidor pblico federal, no exerccio de suas funes deixou de praticar, indevidamente, ato de ofcio. De acordo com a Lei n 8.429/1992, a conduta de Jos Esperanoso constitui:

    a) Ato de improbidade administrativa que atenta contra os princpios da administrao pblica.

    b) Ato de improbidade administrativa que importa Enriquecimento Ilcito.

    c) Ato de improbidade administrativa que causa prejuzo ao errio.

    d) No constitui ato de improbidade administrativa.

    QUESTO 27

    Com relao ao vencimento e remunerao, est em conformidade com a Lei n 8.112/1990 a afirmao de que:

    a) O servidor em dbito com o errio, que for demitido, exonerado ou que tiver sua aposentadoria ou disponibilidade cassada, ter o prazo de sessenta dias para quitar o dbito.

    b) O vencimento, a remunerao e o provento no sero objeto de arresto, sequestro ou penhora, inclusive nos casos de prestao de alimentos resultante de deciso judicial.

    c) Remunerao a retribuio pecuniria pelo exerccio de cargo pblico, com valor fixado em lei.

  • Universidade Federal de Alfenas Concurso Pblico Auxiliar de Administrao

    Edital n 050/2017 ________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________________Auxiliar de Administrao 12

    d) O vencimento do cargo efetivo, acrescido das vantagens de carter permanente, redutvel.

    QUESTO 28

    Jos, servidor da Unifal-MG, buscou informaes junto Pr-Reitoria de Gesto de Pessoas sobre a licena para atividade poltica, vez que possui pretenso em se candidatar a vereador nas eleies municipais.

    O Pr-Reitor de Gesto de Pessoas lhe passou as informaes contidas na Lei n 8.112/1990.

    Est de acordo com o disposto na referida lei a afirmao de que:

    a) A partir do registro da candidatura e at o dcimo quinto dia seguinte ao da eleio, o servidor far jus licena, assegurados os vencimentos do cargo efetivo, somente pelo perodo de trs meses.

    b) O servidor ter direito licena, sem remunerao, durante o perodo que mediar entre a sua escolha em conveno partidria, como candidato a cargo eletivo, e a vspera do registro de sua candidatura perante a Justia Eleitoral.

    c) O servidor ter direito licena, com remunerao, durante o perodo que mediar entre a sua escolha em conveno partidria, como candidato a cargo eletivo, e a vspera do registro de sua candidatura perante a Justia Eleitoral.

    d) O servidor candidato a cargo eletivo na localidade onde desempenha suas funes e que exera cargo de direo, chefia, assessoramento, arrecadao ou fiscalizao, dele ser afastado, a partir do dia imediato ao do registro de sua candidatura perante a Justia Eleitoral, at o dcimo quinto dia seguinte ao do pleito.

    QUESTO 29

    A Universidade Federal de Alfenas - Unifal-MG considerada pessoa jurdica de direito pblico, em forma de Autarquia de Regime Especial, vinculada ao Ministrio da Educao, com autonomia didtico-cientfica, administrativa, disciplinar, de gesto financeira e patrimonial, na forma da lei, regendo-se pela legislao federal vigente, por seu Estatuto, por seu Regimento Geral, pelas resolues e normas internas. A Sua estrutura organizacional composta, dentre outros, da Reitoria.

    A Reitoria rgo de administrao geral, cabendo-lhe planejar, supervisionar, controlar, acompanhar e avaliar as atividades da Unifal-MG por meio de medidas regulamentares cabveis. De acordo com o Regimento Geral da Universidade Federal de Alfenas - Unifal-MG, no tido com rgo suplementar da Reitoria:

    a) Sistema de Bibliotecas.

    b) Secretaria Geral.

    c) Biotrio Central.

    d) Ouvidoria.

    QUESTO 30

    Jos, servidor da Universidade Federal de Alfenas, ir contrair matrimnio em breve. Em consonncia com a Lei n 8.112/1990, o perodo que Jos poder ausentar-se do servio, sem qualquer prejuzo, de:

    a) 08 (oito) dias consecutivos.

    b) 08 (oito) dias teis.

    c) 05 (cinco) dias.

    d) 02 (dois) dias.

    QUESTO 31

    Raquel, administrada interessada em determinado processo administrativo que tramita na Universidade Federal de Alfenas, possui, de acordo com a Lei 9.784/99, os seguintes direitos perante a Administrao, sem prejuzo de outros que lhe sejam assegurados:

    a) Fazer-se assistir, obrigatoriamente, por advogado.

    b) Ser tratada com respeito pelas autoridades e servidores, no entanto, as autoridades e os servidores no devero facilitar o exerccio de seus direitos e o cumprimento de suas obrigaes.

    c) Ter cincia da tramitao dos processos administrativos em que tenha a condio de interessada, ter vista dos autos, obter cpias de documentos neles contidos e conhecer as decises proferidas.

    d) Ter cincia da tramitao dos processos administrativos em que tenha a condio de interessada. assegurado, tambm, desde que representada por advogado, vista dos autos, obteno de cpias de documentos neles contidos e conhecimento das decises proferidas.

  • Universidade Federal de Alfenas Concurso Pblico Auxiliar de Administrao

    Edital n 050/2017 ________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________________Auxiliar de Administrao 13

    QUESTO 32

    Atualmente a Universidade Federal de Alfenas possui 2 (dois) Campi avanados, com estrutura adequada para o funcionamento das atividades acadmicas e administrativas, localizados nos municpios de Varginha - MG e Poos de Caldas-MG.

    De acordo com o Regimento Geral da Unifal-MG, a autoridade superior do Campus Avanado, responsvel pelos atos de natureza executiva, exercida pelo:

    a) Diretor e Vice-Diretor do Campus.

    b) Reitor e Diretor do Campus.

    c) Vice-Reitor e Diretor.

    d) Reitor e Vice-Reitor.

    QUESTO 33

    Na cartilha Agenda Ambiental na Administrao Pblica, consta que:

    A Responsabilidade Socioambiental se inicia com a deciso da instituio de revisar posturas, atitudes e prticas internas com a finalidade de consolidar a Agenda Ambiental em sua estrutura organizacional. O grande desafio consiste na transformao do discurso terico em aes efetivas e a inteno em compromisso. Os princpios da responsabilidade socioambiental requerem, portanto, cooperao e empenho em torno de causas significativas e inadiveis.

    Disponvel em: . Acesso em: 22 jun. 2017.

    Joo, servidor pblico, preocupado com a sustentabilidade ambiental, props medidas de combate ao desperdcio e uso racional de recursos na instituio em que trabalha. Dentre as medidas propostas por Joo, qual no condizente com os objetivos da Agenda Ambiental na Administrao Pblica?

    a) Desligar luzes e monitores na hora do almoo.

    b) Coibir implantao de sensores em banheiros.

    c) Desligar um dos elevadores da instituio em horrios especficos.

    d) Promover campanhas de conscientizao para uso de copos individuais no-descartveis.

    QUESTO 34

    Em campanha poltica, Antnio, candidato ao cargo de prefeito, utilizava a cor verde em toda a sua campanha, pois defendia ao extremo a preservao do meio ambiente. Por isso, usava roupa verde em todos os debates polticos, os panfletos de sua campanha eram verdes etc. Ficou conhecido pela cor, no mais pelo nome. Tudo que era verde lembrava Antnio. Esse foi seu marketing pessoal na campanha. Antnio foi eleito prefeito da cidade. Como queria deixar registrada sua histria como prefeito na cidade, pintou a prefeitura de cor verde, mudou a cor dos uniformes dos funcionrios para verde e at a calada da prefeitura foi pintada de cor verde, entre outras decoraes feitas na cidade sempre usando a cor verde.

    Seu oponente poltico o denunciou, disse que a conduta de Antnio era contra um princpio basilar previsto na Constituio da Repblica Federativa do Brasil, pois pintar monumentos, imveis pblicos, por exemplo, de cor verde, para que quando as pessoas se lembrassem das aes que ele promoveu para a melhoria da cidade contrariava tal princpio. Qual foi o princpio previsto na Constituio da Repblica Federativa do Brasil que Antnio violou?

    a) Impessoalidade.

    b) Publicidade.

    c) Legalidade.

    d) Moralidade.

    QUESTO 35

    Jos, recm-empossado em concurso pblico na Universidade Federal de Alfenas, teve como a primeira atribuio enviar um e-mail ao Reitor, com documentos anexos. Para enviar o e-mail, Jos redigiu o texto com o uso adequado da expresso anexo e do pronome de tratamento dirigido ao Reitor, na forma do Manual de Redao da Presidncia da Repblica. Jos no teve problemas ao redigir o texto, tendo em vista que havia estudado recentemente o referido Manual quando se preparava para o concurso em que fora aprovado.

    Qual foi o texto redigido por Jos?

    a) A Vossa Magnificncia, Reitor Pedro, seguem, em anexo, os documentos que faltaram para compor o processo administrativo. Informo ainda, que as minutas anexas ao e-mail anterior sero substitudas.

    http://www.mma.gov.br/estruturas/a3p_arquivos/cartilha_a3p_36.pdfhttp://www.mma.gov.br/estruturas/a3p_arquivos/cartilha_a3p_36.pdf

  • Universidade Federal de Alfenas Concurso Pblico Auxiliar de Administrao

    Edital n 050/2017 ________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________________Auxiliar de Administrao 14

    b) Ao Magnfico Reitor Pedro, seguem, em anexos, os documentos que faltaram para compor o processo administrativo. Informo, ainda, que as minutas anexada no e-mail anterior sero substitudas.

    c) Vossa Magnificncia, Reitor Pedro, seguem os documentos anexo que faltaram para compor o processo administrativo. Informo ainda, que as minutas anexas no e-mail anterior sero substitudas.

    d) Ao Magnfico Reitor Pedro, seguem os documentos anexado que faltaram para compor o processo administrativo. Informo ainda, que as minutas anexadas no e-mail anterior sero substitudas.

    ANALISE O CASO A SEGUIR PARA RESPONDER S QUESTES 36 E 37.

    Jlia, servidora estvel, pertencente ao quadro de servidores efetivos da Universidade Federal de Alfenas/MG, ocupa o cargo de auxiliar administrativo e exerce a funo de secretria na Escola de Enfermagem da Instituio. A Comisso Permanente de Vestibular da Unifal-MG publicou um novo edital de concurso pblico de Tcnico Administrativo em Educao para o cargo de Secretrio Executivo. Sabendo da divulgao do edital, Jlia resolveu participar do certame, pois atendia a todos os requisitos para posse no cargo, caso fosse aprovada. Jlia prestou o concurso e foi aprovada em primeiro lugar, sendo assim tomou posse no cargo. Ao entrar em exerccio, iniciou-se seu perodo do estgio probatrio. Contudo, decorrido o prazo, Jlia no foi aprovada.

    QUESTO 36

    Diante da reprovao de Jlia no estgio probatrio, observando o disposto na Lei n 8.112/90, por meio de qual forma de provimento Jlia voltar a exercer cargo anteriormente ocupado?

    a) Readaptao.

    b) Reintegrao.

    c) Reconduo.

    d) Reverso.

    QUESTO 37

    Ao chegar Escola de Enfermagem, Jlia foi informada pela diretora da unidade que seu cargo j estava ocupado por outro servidor. Jlia foi Pr-Reitoria de Gesto de Pessoas da Unifal-MG para resolver essa situao, tendo em vista que o cargo em que ocupava fora lotado por outro servidor. Dessa forma, embasado na Lei n 8.112/90, o Pr-Reitor lhe informou que:

    a) Encontrando-se provido o cargo, Jlia ser aproveitada em outro cargo, com atribuies e vencimentos compatveis com o anteriormente ocupado.

    b) Encontrando-se provido o cargo, o seu eventual ocupante permanecer no cargo, Jlia ter direito indenizao e ser aproveitada em outro cargo.

    c) Encontrando-se provido o cargo, o seu eventual ocupante ser reconduzido ao cargo de origem ou ter direito indenizao e ser aproveitado em outro cargo.

    d) Encontrando-se provido o cargo, Jlia no ser aproveitada em outro cargo e ter direito indenizao no valor da metade do vencimento com o cargo anteriormente ocupado.

    QUESTO 38

    Segundo Di Pietro (2007) citada por Oliveira (2011, p. 35), A expresso Administrao Pblica relaciona-se gesto de interesses pblicos e, por essa razo, compreende as pessoas, pblicas e privadas, que devem atuar na defesa e promoo desses interesses, e as atividades administrativas. Dessa forma, a expresso pode ser empregada em dois sentidos: subjetivo e objetivo. Com base nesse referencial terico, como so classificados esses sentidos?

    a) Subjetivo so as pessoas jurdicas, os rgos e os agentes pblicos que exercem atividades fiscalizadoras. Objetivo a prpria funo ou atividade administrativa.

    b) Subjetivo so as pessoas jurdicas, os rgos e os agentes pblicos que exercem atividades administrativas. Objetivo a prpria funo ou atividade administrativa.

    c) Objetivo so as pessoas jurdicas, os rgos e os agentes pblicos que exercem atividades administrativas. Subjetivo a prpria funo ou atividade administrativa.

  • Universidade Federal de Alfenas Concurso Pblico Auxiliar de Administrao

    Edital n 050/2017 ________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________________Auxiliar de Administrao 15

    d) Objetivo so as pessoas jurdicas, os rgos e os agentes pblicos que exercem atividades administrativas. Subjetivo a prpria funo ou atividade legislativa.

    QUESTO 39

    Na obra de Rafael Oliveira Administrao Pblica, Concesses e Terceiro Setor (2011), o autor aborda no captulo II, a distino do termo Administrao Pblica com iniciais maiscula e minscula.

    Segundo o autor, como deve ser estudada a administrao pblica com iniciais minsculas?

    a) Como estrutura intermediria, por exemplo, Ministrio da Educao, Ministrio da Sade e Ministrio do Meio Ambiente.

    b) Como atividade principal, por exemplo, as funes de cada Ente federativo, Unio, Estados, Municpios e Distrito Federal.

    c) Como estrutura secundria, por exemplo, autarquias, sociedades de economia mista, fundaes pblicas, entre outras.

    d) Como atividades instrumentais e finalsticas, por exemplo, finanas pblicas e gesto de pessoal, ordenamento econmico, entre outros.

    QUESTO 40

    O processo disciplinar o instrumento destinado a apurar responsabilidade de servidor por infrao praticada no exerccio de suas atribuies, ou que tenha relao com as atribuies do cargo em que se encontre investido. (Lei n 8.112/90, Art.148).

    Jlia, servidora federal de determinada Instituio, membro da comisso de sindicncia. Houve um pedido de instaurao de processo disciplinar contra seu cnjuge, Rodrigo, tambm servidor na mesma Instituio, por no prestar informaes de interesse pblico, que no eram sigilosas e pelo mau atendimento ao requerente. Nessa situao, conforme dispe a lei, Jlia est impedida de atuar nesse processo. Contudo, por ser presidente da comisso, Jlia omite seu impedimento no comunicando o fato autoridade competente, atuando no processo.

    De acordo com a Lei n 9.784/99 que regula o processo administrativo no mbito da Administrao Pblica Federal, para efeitos disciplinares, a conduta de Jlia constitui:

    a) Falta gravssima.

    b) Falta grave.

    c) Falta leve.

    d) Multa.