Contabilidade Gerencial

download Contabilidade Gerencial

of 37

  • date post

    16-Nov-2015
  • Category

    Documents

  • view

    28
  • download

    0

Embed Size (px)

description

Contabilidade Gerencial em Micro Empresas

Transcript of Contabilidade Gerencial

19

CENTRO UNIVERSITRIO DO TRINGULO

ALEXANDRE ALMEIDA JUNIORANA PAULA DOS SANTOS NEIVADANIELA CRISTINA SILVAEDUARDO LUS HORDONES SOARESJEANNE GONALVES DA SILVALVIA SILVA CORRANAYARA LOPES DA SILVA

A IMPORTNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NAS ORGANIZAES

UBERLNDIA/MG2014/02CENTRO UNIVERSITRIO DO TRINGULO

ALEXANDRE ALMEIDA JUNIORANA PAULA DOS SANTOS NEIVADANIELA CRISTINA SILVAEDUARDO LUS HORDONES SOARESJEANNE GONALVES DA SILVALVIA SILVA CORRANAYARA LOPES DA SILVA

A IMPORTNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NAS ORGANIZAES

Trabalho Interdisciplinar apresentado ao 6 perodo do Curso de Cincias Contbeis do Centro Universitrio do Tringulo de Minas Gerais.Orientador: Gustavo Teruki

UBERLNDIA/MG2014/02CENTRO UNIVERSITRIO DO TRINGULO

ALEXANDRE ALMEIDA JUNIORANA PAULA DOS SANTOS NEIVADANIELA CRISTINA SILVAEDUARDO LUS HORDONES SOARESJEANNE GONALVES DA SILVALVIA SILVA CORRANAYARA LOPES DA SILVA

A IMPORTNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NAS ORGANIZAES

Trabalho Interdisciplinar apresentado ao 6 perodo do Curso de Cincias Contbeis do Centro Universitrio do Tringulo de Minas Gerais.Orientador: Gustavo Teruki

Data Aprovao: ___/___/___________________________________Gustavo Teruki

UBERLNDIA/MG2014/02

Resumo

Este trabalho descreve a origem da contabilidade, seus objetivos e importncia; o conceito de micro e pequena empresa de acordo com a legislao vigente e como a contabilidade gerencial como ferramenta pode auxiliar na tomada de deciso nas micro e pequenas empresas. Alm disto, apresenta um estudo de caso com a aplicabilidade das ferramentas gerenciais em uma pequena empresa do ramo de bijuterias e joias.

Palavras Chaves: Contabilidade gerencial, Micro e pequena empresa, Tomada de deciso.

SUMRIO

Introduo51.Definio de micro e pequena empresa62.Contabilidade Gerencial72.1.Ferramentas Tradicionais x Contemporneas92.2.Benefcios da Contabilidade Gerencial em Micro e Pequenas Empresas103.ESTUDO DE CASO133.1. Apresentao da Empresa133.2.Planejamento e controle oramentrio153.3.Anlise das demonstraes contbeis173.3.1.Anlise Vertical173.3.2.Anlise Horizontal183.3.3.Anlise por Quocientes183.3.4.Anlise das Demonstraes Contbeis 2011 a 2013233.4.Apurao de custos e determinao do preo de venda273.4.1.Tcnicas para formao do preo de venda283.4.2.Precificao Thas Diaz303.5.Ponto de equilbrio e margem de contribuio313.5.1.Margem de Contribuio313.5.2.Ponto de Equilbrio333.6.Balacend Scorecard343.7.Planejamento Tributrio363.7.1.Objetivo do Planejamento Tributrio36Concluso39Referncias bibliogrficas40Anexos41

Introduo

Este trabalho relata sobre a importncia da Contabilidade Gerencial para s Micro e Pequenas Empresas, mostrando a necessidade de se ter acesso s informaes teis que possibilitem ao gestor administrar seu negcio de maneira eficiente. O foco deste estudo a de apresentar os benefcios alcanados com a utilizao da contabilidade gerencial pelas microempresas e empresas de pequeno porte. A funo da contabilidade, que a de fornecer informaes que ajudaro os gestores na administrao de uma empresa, desconhecida pela maioria dos pequenos empresrios que tomam suas decises baseados apenas na experincia que acreditam ter. As maiorias dos contadores, por sua vez, apenas se dedicam a cumprir obrigaes fiscais, e deixam de assessorar seus clientes no que diz respeito a principal finalidade da contabilidade. A contabilidade gerencial pode e deve ser utilizada pelas pequenas empresas, tornando-se uma ferramenta indispensvel na tomada de deciso.O planejamento um dos principais pontos de partida para o desenvolvimento das funes gerenciais, sendo um importante processo de reflexo que precede a ao de tomada de deciso. A habilidade do gestor em utilizar-se da Contabilidade Gerencial como ferramenta de gesto e suporte ao planejamento contribui fortemente para o sucesso da empresa.Para ilustrar o tema proposto, ser utilizado a empresa Thas Dias Acessrios Ltda como estudo de caso. Sero trabalhados os assuntos neste estudo de caso: apresentao e definio de micro e pequenas empresas, descrever a contabilidade gerencial e sua utilidade e aplicabilidade, mostrar exemplos de controles gerenciais que podero ser utilizados pela pequena empresa e mostrar os resultados positivos da utilizao destas ferramentas.Definio de micro e pequena empresa

Os pequenos negcios empresariais so formados pelas micro e pequenas empresas (MPEs) e pelos microempreendedores individuais (MEIs).A Lei Complementar 128/2008, que altera a LC 123/2006, em seu artigo 3 define a microempresa e empresa de pequeno porte de acordo com a receita bruta, a qual no inciso 1 definida como o produto da venda de bens e servios nas operaes de conta prpria, o preo dos servios prestados e o resultado nas operaes em conta alheia, no includas as vendas canceladas e os descontos incondicionais concedidos. Sendo assim, se enquadra como microempresa a empresa, o empresrio, a pessoa jurdica, ou a ela equiparada, que aufira no ano calendrio receita bruta igual ou inferior a R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais) e, no caso de empresa de pequeno porte receita bruta superior a R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais) e igual ou inferior a R$ 3.600.000,00 (trs milhes e seiscentos mil reais).Outra classificao dada pelo SEBRAE[footnoteRef:1], no Brasil existem 6,4 milhes de estabelecimentos. Desse total, 99% so micro e pequenas empresas (MPEs). As MPEs respondem por 52% dos empregos com carteira assinada no setor privado (16,1 milhes). [1: SEBRAE - Servio Brasileiro de Apoio s Micro e Pequenas Empresas]

De acordo com o Portal do Empreendedor, no Brasil existem 3,7 milhes de MEIs (dezembro/2013).As micro e pequenas empresas podem ser classificadas de acordo com o nmero de empregados e com o faturamento bruto anual.Tabela 1 Definio de porte de estabelecimentos segundo o nmero de empregadosPorteComrcio e ServiosIndstria

Microempresa (ME)At 9 empregadosAt 19 empregados

Empresa de pequeno porte (EPP)De 10 a 49 empregadosDe 20 a 99 empregados

Empresa de mdio porteDe 50 a 99 empregadosDe 100 a 499 empregados

Grandes empresas100 ou mais empregados500 ou mais empregados

Fonte: SEBRAE, anurio do trabalho na micro e pequena empresa 2013, p. 17.Tabela 2 Classificao dos pequenos negcios, segundo o faturamento bruto anualPorteFaturamento Bruto Anual

Microempreendedor individualAt R$ 60 mil

MPEMicroempresa (ME)At R$ 360 mil

Empresa de pequeno porte (EPP)Acima de R$ 360 mil at R$ 3,6 milhes

Fonte: SEBRAE, anurio do trabalho na micro e pequena empresa 2013, p. 17Contabilidade Gerencial

A contabilidade existe desde o surgimento da humanidade. Com o passar dos anos, o homem foi acumulando riquezas e a comunidade crescendo, fazendo com que surgisse a necessidade de novas formas de cuidar dos seus bens. Ento, a partir da, surgiram os primeiros vestgios de um registro contbil e com ele a histria da contabilidade.Segundo S, Admite-se, pois, que h cerca de 20.000 anos, o homem j registrava os fatos da riqueza em contas, de forma primitiva buscava, assim memorizar aquilo que dispunha e que no precisava mais buscar na natureza, porque armazenava. (S, Antonio Lopes, 1997, pg. 20)Com a modernizao da contabilidade, pela evoluo da escrita contbil, natural que novas ideias surjam e, com isso a contabilidade como as outras matrias, se torna uma cincia, ganhando seu espao e aprimorando os conhecimentos at ento acumulados, para ganhar seu espao e tornar-se de fato uma cincia.Como vimos contabilidade uma cincia que surgiu da necessidade de se ter informaes sobre a riqueza que se possui e, com o passar do tempo, do patrimnio como um todo (Hoss, 2006). Esta evoluo deu a tal cincia uma conotao mais relevante, como diz Crepaldi: a contabilidade um instrumento da funo administrativa que tem como finalidade controlar o patrimnio das entidades, apurar o resultado das entidades e prestar informaes sobre o patrimnio e sobre o resultado das entidades aos diversos usurios das informaes contbeis (CREPALDI, 2002. pg.16.)Ainda para Crepaldi (2002) a cincia que estuda e controla o patrimnio das entidades, mediante o registro, a demonstrao expositiva e a interpretao dos fatos nele ocorridos (...).Nota-se, portanto, que a contabilidade pode ser de fundamental importncia para a empresa, pois, assim ter controle do seu patrimnio e poder obter as informaes necessrias para tomada de deciso a qualquer momento. Observa-se, ento, que a contabilidade pode oferecer vrias ferramentas que auxiliam na gesto e, principalmente, na tomada de deciso. Assim destacamos a contabilidade gerencial, voltada principalmente ao usurio interno que tem a liberdade de mold-la de acordo com sua necessidade de informao, utilizando os registros e controlesPara Srgio de Iudcibus, a Contabilidade Gerencial pode ser caracterizada, superficialmente, como um enfoque especial conferido a vrias tcnicas e procedimentos contbeis j conhecidos e tratados na contabilidade financeira, contabilidade de custos, na anlise financeira e de balanos etc., colocados numa perspectiva diferente, num grau de detalhe mais analtico ou numa forma de apresentao e classificao diferenciada, de maneira a auxiliar os gerentes das entidades em seu processo decisrio (IUDCIBUS, 1987. pg. 15.)Ou seja, a contabilidade gerencial pode apresentar uma viso mais clara da situao de uma entidade, pois, no tem uma regra a seguir, a no ser a de facilitar e auxiliar na tomada de deciso.Desta forma, a contabilidade gerencial consiste em um acumulo de informaes com base nos registros dirios e que por sua vez so utilizados para a tomada de deciso almejando alcanar um resultado futuro, conforme mostra o fluxo abaixo.

Figura 1 Fluxo da contabilidade gerencialAcmulo de InformaesTomada de DecisoObjetivoAvaliao e ControlePassadoPresenteFuturo

Fonte: Elaborao prpria

Uma ferra