Crimes eleitorais tendem a crescer na semana que antecede ...· R$ 2,00 Terça-feira, 02 de outubro

download Crimes eleitorais tendem a crescer na semana que antecede ...· R$ 2,00 Terça-feira, 02 de outubro

of 10

  • date post

    22-Dec-2018
  • Category

    Documents

  • view

    215
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Crimes eleitorais tendem a crescer na semana que antecede ...· R$ 2,00 Terça-feira, 02 de outubro

www.netjen.com.br

R$ 2,00

Tera-feira,02 de outubro de 2018

Ano XVI N 3.722

BOLSASO Ibovespa: -0,91% Pontos: 78.623,66 Mxima de +0,27% : 79.557 pontos Mnima de -1,58% : 78.091 pontos Volume: R$ 8,35 bilhes Variao em 2018: 2,91% Variao no ms: -0,91% Dow Jones: +0,73% Pon-tos: 26.651,21 Nasdaq: -0,11% Pontos: 8.037,30 Ibovespa

CMBIODlar comercial no balco Com-pra: R$ 4,0289 Venda: R$ 4,0299 Variao: -0,52% - Dlar Paralelo Compra: R$ 4,10 Venda: R$ 4,20 Variao: -0,47% - Dlar Ptax Compra: R$ 4,0267 Venda: R$ 4,0273 Variao: +0,58% - D-lar Turismo Compra: R$ 3,9900 Venda: R$ 4,1670 Variao: -0,38% - Dlar Futuro (novem-

JUROSCDB prefi xado de 30 dias, 6,42% ao ano. - Capital de giro, 9,45% ao ano. - Hot money, 1,03% ao ms. - CDI, 6,39% ao ano. - Over a 6,40%.

OUROOuro Cotao: US$ 1.191,70 a ona--troy (1 ona-troy equivale a 31,1035 gramas) Variao: -0,38% - Ouro BM&F ( vista) Cotao: 152,000 Variao: -1,3%.

bro) Cotao: R$ 4,0405 Variao: -0,39% - Euro (17h40) Compra: US$ 1,1577 Venda: US$ 1,1577 Variao: -0,2% - Euro comercial Compra: R$ 4,6630 Venda: R$ 4,6650 Variao: -0,79% - Euro turismo Compra: R$ 4,6030 Ven-da: R$ 4,8230 Variao: -0,82%.

Futuro: -0,94% Pontos: 78.595 Mxima (pontos): 79.725 Mni-ma (pontos): 78.215. Global 40 Cotao: 742,432 centavos de dlar Variao: -0,45%.

Nunca vi um asno falante, mas encontrei muitos humanos a falar como asnos. Heinrich Heine (1797/1856)Poeta alemo

integrado permitir s auto-ridades a acompanhar, em tempo real, todos os crimes que estejam sendo investiga-dos pela PF, principalmente os crimes eleitorais, reduzin-do o tempo de resposta nos atendimentos s urgncias e emergncias (ABr).

Historicamente, a se-mana que antecede o primeiro turno das eleies gerais no Brasil ten-de a registrar um crescimento do nmero de denncias por crimes eleitorais. Segundo a Polcia Federal (PF), isso se deve intensifi cao da dis-puta pelo voto dos eleitores e exige um incremento da atuao da polcia judiciria eleitoral. Para o delegado federal Thiago Borelli, coor-denador-geral de Defesa Ins-titucional da PF, cerca de 40% dos 1.660 procedimentos investigatrios instaurados durante o perodo eleitoral

Crimes eleitorais tendem a crescer na semana que antecede as eleies

das ltimas eleies gerais, em 2014, foram ajuizados na semana que antecedeu o pri-meiro turno.

Para dar maior agilidade e efi ccia ao seu trabalho de Polcia Judiciria Eleitoral e aperfeioar o apoio Justia Eleitoral, a PF criou o Cen-tro Integrado de Comando e Controle das Eleies 2018 (Cicce). O centro atuar com o apoio de 14 instituies e rgos pblicos federais. O centro rene diversos par-ceiros com a funo de zelar para que a vontade do povo seja respeitada, disse o mi-nistro da Segurana Pblica,

Raul Jungmann, destacando a importncia de os vrios rgos que cuidam do bom transcurso das eleies terem um centro de informaes integradas.

Entre os crimes eleitorais mais comuns esto o Caixa 2, ou seja, o uso de dinheiro no contabilizado na prestao de contas aos tribunais eleitorais; a boca de urna; a propagan-da eleitoral fraudulenta; o transporte de eleitores e os crimes contra a honra (cal-nia, injria e difamao) de candidatos. Alm desses, o prprio diretor-geral da PF, Rogrio Galloro, admite que,

O ministro da Segurana Pblica, Raul Jungmann, participa da solenidade de aberturado Centro Integrado de Comando e Controle das Eleies Gerais de 2018 (CICCE).

em funo do recente ataque ao candidato presidncia da Repblica Jair Bolsonaro, este ano a PF redobrou o grau de ateno com a segurana dos candidatos.

Jungmann destacou que as autoridades pblicas tambm estaro atentas dissemina-

o das chamadas fake news, informaes mentirosas que, durante o processo eleitoral, criada e divulgada com o obje-tivo de benefi ciar determina-dos candidatos ou prejudicar seus concorrentes. Segundo o delegado federal Thiago Bo-relli, a instaurao do centro

Priso de eleitoresA partir de hoje (2), a cinco

dias das eleies, nenhum elei-tor poder ser preso ou detido exceto em casos de fl agrante delito ou de sentena crimi-nal condenatria por crime inafi anvel por desrespeito a salvo-conduto. A orientao est na legislao e prevista no calendrio eleitoral.

Segundo Trump, o Brasil um dos mais duros do mundo.

Ex-ministro dos governos Lula e Dilma, Antonio Palocci.

O juiz federal Sergio Moro retirou ontem (1) o sigilo de parte da delao premiada de Antonio Palocci, ex-ministro dos governos Lula e Dilma, feita no mbito da Operao Lava Jato. O acordo foi assinado em abril passado e inclui acusaes contra os dois ex-presidentes petistas. Em troca, Palocci pagar multa de R$ 35 milhes e ter sua pena reduzida em dois teros.

Segundo o ex-ministro, Lula e Dilma participaram de uma reunio no Palcio do Planalto para acertar o pagamento de R$ 40 milhes em propina campanha da petista em 2010. Alm disso, ele diz que a na-cionalizao dos recursos do pr-sal, alm do aspecto social, de gerao de empregos e de desenvolvimento nacional, tambm serviu para atender a interesses das empreiteiras brasileiras.

Palocci ainda acusa Lula de manter diretores da Petrobras em seus cargos mesmo aps o surgimento de denncias de corrupo. As denncias foram includas no processo em que Lula ru por supostamente ter recebido propina da Odebrecht

Braslia - O secretrio de Co-mrcio Exterior do Ministrio da Indstria, Comrcio Exterior e Servios (MDIC), Abro Neto, disse que ainda preciso enten-der o contexto das declaraes do presidente norte-americano Donald Trump, que disse ontem (1), que o Brasil faz o que quer em suas relaes comerciais com os EUA.

De acordo com o secretrio, nos ltimos 10 anos, a balana comercial entre os dois pases tem sido superavitria para os norte--americanos, com um saldo positi-vo para o pas de US$ 90 bilhes, valor que considera estatsticas do governo norte-americano. Precisamos entender mais em detalhes o contexto e o teor dos pontos de preocupao exter-nados pelos Estados Unidos. A Relao comercial entre Brasil e EUA tem um vis positivo e crescente nos ltimos anos,

So Paulo - O ministro Gilmar Mendes, do STF, reconheceu ontem (1), que a Constitui-o Federal tem defeitos, mas espera que, em vez de o Pas discutir novas constituintes, o debate seja sobre como a carta de 1988, que completa 30 anos, vai conduzir o Brasil a mais 30 anos de normalidade institucional

A Constituio, sem ne-nhuma dvida, tem defeitos, uma obra de seres humanos, detalhada, analtica, que nos prepara inmeras armadilhas na sua aplicao. No entanto, em vez de falarmos sobre novas constituintes, que possamos discutir os prximos 30 anos numa mesma quadra de nor-malidade institucional, disse, durante evento na Faculdade de Direito da USP.

A declarao foi dada num momento em que novas consti-tuies foram propostas duran-te a campanha para presidente da Repblica.

Na semana passada, o candi-dato do PT, Fernando Haddad, disse que pretende criar con-dies para a convocao de uma nova Assembleia Nacional Constituinte. H trs semanas, o vice da chapa de Jair Bolsonaro

Ministro Gilmar Mendes,do STF.

Braslia - O ministro Ricardo Lewandowski, do STF, reafi r-mou ontem (1), a autorizao para que o ex-presidente Lula, preso e condenado no mbito da Operao Lava Jato, possa conceder entrevistas da priso. O ministro frisa a autoridade e vigncia de sua deciso, que, segundo ele, serve como mandado.

No despacho, Lewandowski afi rma que a deciso tomada pelo vice-presidente da Corte, ministro Luiz Fux, de proibir Lula de conceder entrevistas possui vcios gravssimos, questionvel e desrespeita todos os ministros do STF ao ignorar a inexistncia de hierarquia jurisdicional entre seus membros e a misso ins-titucional da Corte.

Em uma crtica contundente determinao de Fux, Lewan-dowski tambm diz que o con-tedo do despacho do colega inapto a produzir qualquer efeito no ordenamento legal e no possui forma ou fi gura jurdica admissvel no direito

Ministro Ricardo Lewandowski, do STF.

EPA

Jos Cruz/ABr

Vagn

er R

osar

io/V

eja

Car

los

Mou

ra/S

CO

/STF

Car

los

Hum

bert

o/SC

O/S

TF

preciso entender o contexto das declaraes de Trump, diz ministrio

Brasil, atrs apenas da China.Em 2018, as exportaes bra-

sileiras para o pas aumentaram 6,2% enquanto as importaes de produtos norte-americanos subiram 13,3%. O saldo do ano superavitrio para o Brasil em apenas US$ 45 milhes. Nossa avaliao que ainda h uma avenida de temas a serem dis-cutidos e que podem aprofun-dar ainda mais as relaes dos dois pases, completou Neto.

O secretrio disse ainda que preciso analisar com mais detalhes o acordo anunciado entre Estados Unidos, Mxico e Canad, mas que se trata de uma modernizao do Nafta, que j previa preferncias tarifrias. Neto lembrou que o Brasil tem relaes indivi-duais com os trs pases e que o Mercosul negocia acordos com o Canad e a ampliao do acordo com o Mxico (AE).

afi rmou o secretrio. Trump disse que h alguns

pases com os quais os Estados Unidos nunca falaram sobre comrcio e que cobram o que querem, como a ndia e o Brasil. O presidente ainda disse que, para algumas empresas,

o Brasil talvez seja o pas mais duro do mundo. Neto ressaltou que a relao entre os dois pa-ses so muito positivas e que a corrente de comrcio tem um perfi l complementar e estra-tgico. Os EUA so o segundo principal parceiro comercial do

Moro derruba sigilo de delao premiada de Palocci

por meio de um apartamento em So Bernardo do Campo e de um terreno para sediar o Instituto Lula. Palocci foi condenado a 12 anos e dois meses de priso por corrupo passiva e lavagem de dinheiro e c