Cronograma interven§£o hist 2 ano

download Cronograma interven§£o hist 2 ano

of 16

  • date post

    29-Jun-2015
  • Category

    Documents

  • view

    1.922
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Cronograma interven§£o hist 2 ano

  • 1. Escola Estadual Casimiro Silva Disciplina: Histria Professora: Claudia Rodrigues Costa dos Santos Turma: 2 ano Turno: Noturno Ano: 2013 CRONOGRAMA DAS ATIVIDADES DE INTERVENO PEDAGGICA Atividades abaixo* AGOSTO DATA HABILIDADE(S) ATIVIDADES 2SEM D1 Identificar um tema ou o sentido global de um texto. D2 Localizar informaes explcitas em um texto. D3 Inferir informaes implcitas em um texto. D10 Distinguir um fato da opinio relativa a esse fato. D8 Interpretar texto que conjuga linguagem verbal e no-verbal. D12 Estabelecer a relao causa/consequncia entre partes e elementos do texto. D23 Identificar efeitos de ironia ou humor em textos. D28 Reconhecer o efeito de sentido decorrente da escolha de uma determinada palavra ou expresso. Elaborao e apresentao de um jornal. Apresentar para a escola. 3SEM D2. Localiza informao D1. Identifica Tema D3 Inferir informaes implcitas em um texto. D5 Inferir o sentido de uma palavra ou expresso. Tpico 19. Novo contexto internacional: fim da Segunda Guerra Mundial e Guerra Fria Interpretao e estudo de texto (Poesia Rosa de Hiroshima) com realizao de questionamentos para consolidar as habilidades. - inferir sentido de palavras e termos. 4SEM Realiza inferncias D2 Localizar informaes explcitas em um texto. D3 Inferir informaes implcitas em um texto. Interpretao de Charges e imagens Guerra Fria. -Leitura e interpretao de texto e imagens. - Aula expositiva dialogada e exposio de ideias sobre o tema. SETEMBRO DA TA HABILIDADE(S) ATIVIDADES 1SEM -Estabelecer relao causa / consequncia entre partes e elementos de um texto; (D12) -Inferir informaes implcitas, (D3) Tpico 19. GUERRA FRIA E MUNDO BIPOLAR - Hab 19.2 Compreender a importncia das Revolues Chinesa e Cubana para a histria do sculo XX, no mundo e no Brasil. Estabelecer causas e consequncias das revolues atravs de interpretao de textos. 2SEMANA - Distinguir um fato de uma opinio relativa ao fato (D10); D2 Localizar informaes explcitas em um texto. D14 Identificar a tese de um texto. Tpico 20. Avanos do capital estrangeiro e crise do populismo 20.1. Analisar a influncia do capital estrangeiro na industrializao do Brasil e os embates internos entre entreguistas e nacionalistas. 20.2. Conceituar populismo. Interpretao Carta testamento de Vargas. Atravs de interpretao da carta testamento de Vargas. 3SEMANA D2 Localizar informaes explcitas em um texto. D3 Inferir informaes implcitas em um texto. 20.3. Identificar e analisar a constituio dos partidos polticos no Brasil nas dcadas de 50-60. 20.4. Analisar o desenvolvimentismo nos anos dourados de JK (1956- 1960). 20.5. Analisar e compreender os embates poltico-ideolgicos entre direita e esquerda nos governos Jnio Quadros e Joo Goulart: o golpe militar de 1964. 20.6. Compreender os motivos, os pretextos e as estratgias subjacentes ao golpe militar de 1964. Atravs de atividade com cruzadinha e interpretao de charges.

2. 4SEM D1 Identificar um tema ou o sentido global de um texto. D2 Localizar informaes explcitas em um texto. D3 Inferir informaes implcitas em um texto. D5 Inferir o sentido de uma palavra ou expresso. D18 Reconhecer posies distintas entre duas ou mais opinies relativas ao mesmo fato ou ao mesmo tema. Tpico. 20. Avanos do capital estrangeiro e crise do populismo. Hab.20.7 Analisar limites e avanos da cidadania entre 1945 e 1964. Atravs de aula expositiva dialogada e interpretao de texto. Para consolidar, texto coletivo. (Em grupo de quatro alunos, cada um com uma cor de caneta, o professor deve estipular um minuto para cada um produzir o texto, trocar de aluno quando ouvir a orientao do professor. Repetir trs vezes. Depois ler o que foi produzido) OUTUBRO DATA HABILIDADE(S) ATIVIDADES 1SEM D1 Identificar um tema ou o sentido global de um texto. D2 Localizar informaes explcitas em um texto. D3 Inferir informaes implcitas em um texto. D15. Identifica elementos de um texto narrativo D12 Estabelecer a relao causa/consequncia entre partes e elementos do texto. Tpico 19. A queda do Muro de Berlim Analisar os motivos da derrocada do sistema comunista. Analisar o impacto simblico da queda do Muro de Berlim sobre as esquerdas no mundo. Analisar a configurao geopoltica do mundo aps o fim do imprio sovitico. Atravs aula expositiva dialogada e de Interpretao de textos e Reconto. 2SEMANA D1 Identificar um tema ou o sentido global de um texto. D2 Localizar informaes explcitas em um texto. D3 Inferir informaes implcitas em um texto. D5 Inferir o sentido de uma palavra ou expresso. Tpico 20. Conflitos no Mundo atual Analisar conflitos contemporneos que envolvam questes de ordem tnica cultural e religiosa. Identificar as motivaes de conflitos no mundo ps-queda do Muro de Berlim Interpretar o texto - Os diferentes muros sociais que se erguem no mundo contemporneo. Aula expositiva dialogada sobre o tema e dinmica do Stop para consolidao. 3. MATRIZ DE REFERNCIA (DESCRITORES) I - PROCEDIMENTOS DE LEITURA D1 Identificar um tema ou o sentido global de um texto. D2 Localizar informaes explcitas em um texto. D3 Inferir informaes implcitas em um texto. D5 Inferir o sentido de uma palavra ou expresso. D10 Distinguir um fato da opinio relativa a esse fato. II IMPLICAES DO SUPORTE, DO GNERO E/OU DO ENUNCIADOR NA COMPREENSO DO TEXTO D6 Identificar o gnero de um texto. D7 Identificar a funo de textos de diferentes gneros. D8 Interpretar texto que conjuga linguagem verbal e no-verbal. III RELAO ENTRE TEXTOS D18 Reconhecer posies distintas entre duas ou mais opinies relativas ao mesmo fato ou ao mesmo tema. D20 Reconhecer diferentes formas de abordar uma informao ao comparar textos que tratam do mesmo tema. IV COERNCIA E COESO NO PROCESSAMENTO DO TEXTO D11 Reconhecer relaes lgico-discursivas presentes no texto, marcadas por conjunes, advrbios, etc. D12 Estabelecer a relao causa/consequncia entre partes e elementos do texto. D15 Estabelecer a relaes entre partes de um texto, identificando repeties ou substituies que contribuem para sua continuidade. D16 Estabelecer a relaes entre partes de um texto a partir de mecanismos de concordncia verbal e nominal. D19 Identificar o conflito gerador do enredo e os elementos que compem a narrativa. D14 Identificar a tese de um texto. D26 Estabelecer relaes entre a tese e os argumentos oferecidos para sustent-la. D27 Diferenciar as partes principais das secundrias em um texto. V RELAES ENTRE RECURSOS EXPRESSIVOS E EFEITOS DE SENTIDO D23 Identificar efeitos de ironia ou humor em textos. D28 Reconhecer o efeito de sentido decorrente da escolha de uma determinada palavra ou expresso. D21 Reconhecer o efeito de sentido decorrente do uso de pontuao e de outras notaes. D25 Reconhecer o efeito de sentido decorrente do uso de recursos ortogrficos e morfossintticos. VI VARIAO LINGSTICA D13 Identificar marcas lingusticas que evidenciam o locutor e o interlocutor de um texto. 4. Criao de um jornal: PIP Lngua Portuguesa Roteiro: 1- Criar um nome para o jornal. 2- Apresentadores (nomes dos participantes- primeiro nome verdadeiro e o segundo nome de um artista) Recortar as personagens de revistas. 3- Notcia Atual (pegar da internet ou TV uma noticia de importncia para o Brasil e o mundo). 4- Notcia inventada ( a partir de um acontecimento histrico criar uma notcia para o jornal) 5- Classificados (meio ambiente/poltica, copa 2014) 6- Propaganda - Inventar um produto. 7- Entrevista (pesquisar um tema de interesse jovem- aborto,sexo, drogas, tribos urbanas, emprego, namoro, Enem etc.) 8- Cultura (pesquisar uma cultura diferente da nossa. Ex= Ir. 9- Entretenimento: (esporte, moda, msica, signo). 10- Charge poltica. Interpretar durante a apresentao. 11- Apresentar com chamadas no multimdia. Objetivos: Trabalhar Plano de interveno pedaggica. Despertar a criatividade, o esprito de grupo (cooperativismo), a responsabilidade. Valorizar a competncia de cada um. Estimular a pesquisa. E desinibir o aluno atravs da valorizao do seu saber. Avaliar significa dar valor Principais competncias desenvolvidas: D1 Identificar um tema ou o sentido global de um texto. D2 Localizar informaes explcitas em um texto. D3 Inferir informaes implcitas em um texto. D10 Distinguir um fato da opinio relativa a esse fato. D8 Interpretar texto que conjuga linguagem verbal e no-verbal. D12 Estabelecer a relao causa/consequncia entre partes e elementos do texto. D23 Identificar efeitos de ironia ou humor em textos. D28 Reconhecer o efeito de sentido decorrente da escolha de uma determinada palavra ou expresso. 5. ROSA DE HIROSHIMA Vinicius de Moraes Composio: Joo Apolinrio / Gerson Conrradi Pensem nas crianas Mudas telepticas Pensem nas meninas Cegas inexatas Pensem nas mulheres Rotas alteradas Pensem nas feridas Como rosas clidas Mas, oh, no se esqueam Da rosa da rosa Da rosa de Hiroshima A rosa hereditria A rosa radioativa Estpida e invlida A rosa com cirrose A anti-rosa atmica Sem cor sem perfume Sem rosa, sem nada ROSA DE HIROSHIMA Vinicius de Moraes Composio: Joo Apolinrio / Gerson Conrradi Pensem nas crianas Mudas telepticas Pensem nas meninas Cegas inexatas Pensem nas mulheres Rotas alteradas Pensem nas feridas Como rosas clidas Mas, oh, no se esqueam Da rosa da rosa Da rosa de Hiroshima A rosa hereditria A rosa radioativa Estpida e invlida A rosa com cirrose A anti-rosa atmica Sem cor sem perfume Sem rosa, sem nada ROSA DE HIROSHIMA Vinicius de Moraes Composio: Joo Apolinrio / Gerson Conrradi Pensem nas crianas Mudas telepticas Pensem nas meninas Cegas inexatas Pensem nas mulheres Rotas alteradas Pensem nas feridas Como rosas clidas Mas, oh, no se esqueam Da rosa da rosa Da rosa de Hiroshima A rosa hereditria A rosa radioativa Estpida e invlida A rosa com cirrose A anti-rosa atmica Sem cor sem perfume Sem rosa, sem nada ROSA DE HIROSHIMA Vinicius de Moraes Composio: Joo Apolinrio / Gerson Conrradi Pensem nas crianas Mudas telepticas Pensem nas meninas Cegas inexatas Pensem nas mulheres Rotas alteradas Pensem nas feridas Como rosas clidas Mas, oh, no se esqueam Da rosa da