Curso rápido de formação de facilitadores em GC

of 44/44
Divisão de Apoio e Controle de Qualidade Curso de Facilitadores em GC Professor: Fernando L. Goldman Centro de Convenções SulAmérica em 07/10/2008 Curso: Formação de Facilitadores em Gestão do Conhecimento e Aprendizado Organizacional
  • date post

    05-Jun-2015
  • Category

    Business

  • view

    3.391
  • download

    0

Embed Size (px)

description

Curso rápido ministrado durante o XII CREAD/MERCOSUL/SUR

Transcript of Curso rápido de formação de facilitadores em GC

  • 1. Curso:Formao de Facilitadores em Gestodo Conhecimento e AprendizadoOrganizacional Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade

2. 1 Parte Reviso Terica Objetivos centrais dessa 1 parte so analisar: 1- O porqu das dificuldades que organizaes enfrentam para implantar processos de Gesto do Conhecimento (GC) de forma sustentada; 2 - As repercusses dessas dificuldades na Gesto da Inovao e no Aprendizado Organizacional. Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 3. O bbado e o passante Fonte:Peter SengeCurso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 4. A inovaoA inovao percebida comoelemento-chave para asobrevivncia das organizaesCurso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 5. Inovao contnua ou incrementalNo basta melhorar.Inovao contnua ou incrementalno responde s necessidades de diferenciao da organizao Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 6. Inovao radical preciso inovao radical, que implica em criao de conhecimento organizacional.Novas estruturas de conhecimento: tecnolgicas e culturais Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 7. O Paradoxo da Inovao O prprio fato de nenhuma dastantas teorias sobre inovao responder de forma satisfatrias necessidades dasorganizaes, sugere que seest procurando no lugar errado.Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 8. O Paradoxo da InovaoStephen Denning escreveu um livro sobre O poder das Narrativas nas Organizaes e diz que se ainovao um paradoxo, como em qualquer paradoxo a soluo deveestar em rever os pressupostos bsicos. Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 9. O Paradoxo da InovaoO livro mais citado sobre GC no sobre GC, mas sim sobre inovao. NONAKA, Ikujiro; TAKEUCHI, Hirotaka. Criao de Conhecimento na Empresa: Como as Empresas Japonesas Geram a Dinmica da Inovao.Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 10. Sociedade do ConhecimentoDesde os anos 80 que se passou a dar maisateno aos intangveis, que so fatoresimateriais que contribuem para a produode mercadorias e servios, ou outrosintangveis, proporcionando benefcios paraos seus controladores Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 11. Sociedade do ConhecimentoO conhecimento passa a ser visto como umnovo fator de produo, com caractersticasmuito especiais, que lhe possibilitamexcelente criao de valor Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 12. Transferncia do ConhecimentoExternalizar ConhecimentoInformaoConhecimentoInternalizar Fonte: Adaptado de TIWANA (2000, p.279) Curso de Facilitadores em GCCentro de Convenes SulAmricaDiviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldmanem 07/10/2008Controle de Qualidade 13. Reflexes sobre organizaes atuais :O problema falta ou excesso de informao? Curso de Facilitadores em GCCentro de Convenes SulAmricaDiviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldmanem 07/10/2008Controle de Qualidade 14. Reflexes sobre organizaes atuais :Esto, em sua maioria, estruturadas para lidarcom o conhecimento como um fatoreconmico de produo? Curso de Facilitadores em GCCentro de Convenes SulAmricaDiviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldmanem 07/10/2008Controle de Qualidade 15. Reflexes sobre organizaes atuais :Supem o conhecimento residir somente nascabeas dos proprietrios e dos gerentes? Curso de Facilitadores em GCCentro de Convenes SulAmricaDiviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldmanem 07/10/2008Controle de Qualidade 16. Reflexes sobre organizaes atuais : So aliceradas nos mecanismos de comando e de controle, funcionando como burocracias hierrquicas? Curso de Facilitadores em GCCentro de Convenes SulAmricaDiviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldmanem 07/10/2008Controle de Qualidade 17. Reflexes sobre organizaes atuais : Isso funciona quando o conhecimento a fonte principal ou um importante ativo na criao de valor ? Curso de Facilitadores em GCCentro de Convenes SulAmricaDiviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldmanem 07/10/2008Controle de Qualidade 18. Uma breve histria da KMTrs Geraes de KMAntes de Centrado emTecnomope1995 TecnologiaA partir Centrado emValoriza em excessode 1995 Pessoas o contedoA partir CombinaEquilibrade 2002 nfase em contedo/contexto/narra pessoas etivas tecnologia Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 19. Snowden (2007) define trs heursticas: O Conhecimento sempre apenas voluntrio, nunca forado. Ns s sabemos o que ns sabemos, quandoprecisamos de sab-lo.Ns sempre sabemos mais do que podemos dizer, e sempre dizemos mais do que podemos escrever. Curso de Facilitadores em GCCentro de Convenes SulAmricaDiviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldmanem 07/10/2008Controle de Qualidade 20. Gesto da InformaoGC no deve ser confundida com a Gesto daInformao, embora ... Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 21. Os pesquisadores da economia da inovao sustentam que:Para haver inovao, seja radical ouincremental,determinados fatores ambientais precisam estar presentes; que a organizao esteja preparada paraela.Pasteur Curso de Facilitadores em GCCentro de Convenes SulAmricaDiviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldmanem 07/10/2008Controle de Qualidade 22. No basta estimular e reconhecer: 1. a importncia da propriedade intelectual; 2. do registro de patentes; 3. o culto inveno e inovao.Esses so instrumentos estratgicos para o desenvolvimento industrial,... ...mas no bastam. Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 23. O conhecimento tcitoVerdadeiro desencadeador de: diferenciao; criao de novos conhecimentos e de inovaes realmente relevantes, s se desenvolve e difunde adequadamente se acompanhado de... ...mecanismos de Gesto do Conhecimentosustentada. Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 24. Abordagens tecnomopes ?O conhecimento somente se difunde quandoexistem processos de aprendizagem pelosquais os seres humanos desenvolvem novascapacidades de ao eficaz. (Peter Senge) A tecnologia da informao embora crticapara permitir a divulgao de informaes, nopode capturar e armazenar conhecimento.(Peter Senge)Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 25. GC e Gesto da InovaoAps um perodo de nfase equivocada nasTIC, em todo o mundo a GC, aliada Gestoda Inovao, vem se firmando como condutorade aes de incentivo criatividade e inovao,visando otimizao e o desenvolvimento denovos produtos, processos e sistemas.Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 26. KM 2.0 ? As informaes crticas para gerarconhecimento j no socontroladas centralmente, suapropriedade e controle sodistribudos em rede por toda aorganizao:contexto+contedo+narrativas Fonte:David GurteenSem uma efetiva Gesto do Conhecimento daorganizao a enterprise 2.0, simplesmente nofuncionar.Ver artigo em :http://kmgoldman.blogspot.com/2008/03/enterprise-20-substitui-gesto-do.html Curso de Facilitadores em GCCentro de Convenes SulAmricaDiviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldmanem 07/10/2008Controle de Qualidade 27. Consideraes Finais :A inovao s ocorrer nas organizaes como desenvolvimento de um processo cultural, quando houver suporte s capacidades cognitivas e de inovao (conhecimentos tcitos) dos envolvidos.Essas capacidades s sero possveis como resultado de uma Gesto do Conhecimento adequada e sustentvel. Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 28. O que Aprendizado Organizacional?Estruturas de Conhecimento ExistentesObjetivos/metasAoPolticasOrganizacional ResultadosRegras e etc. (Rotinas) Single loopDouble loop Aprendizado Organizacional: O esquema tradicional de Argyris&Schoen Adaptado de Moresi(2001)Curso de Facilitadores em GCCentro de Convenes SulAmricaDiviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldmanem 07/10/2008Controle de Qualidade 29. Minha definio de GC : Gesto do Conhecimento Organizacional umprocesso, para lidar com intangveis, composto porum conjunto de aes e prticas de apoio que, deforma explcita e sistemtica, identificam osconhecimentos crticos para a sustentabilidade daorganizao, gerenciando as circunstnciasadequadas para que prosperem seus sub-processosassociados, em especial, criao, uso, comunicaoeficaz e difuso por diferentes grupos,propiciando oAprendizado Organizacional de segunda ordem. Curso de Facilitadores em GCCentro de Convenes SulAmricaDiviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldmanem 07/10/2008Controle de Qualidade 30. 2 ParteObjetivo- Propor para discusso um Modelo da Dinmica da Gesto do Conhecimento Organizacional (GC) adequado a lidar com as dificuldades enfrentadas ao se buscar implantar processos de GC de forma sustentada;Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 31. Por que um modelo?Qualquer modelo de certa forma uma simplificao darealidade. Construmos modelos para melhor compreender sistemascom certo grau de complexidade, impossveis ou nointeressantes de serem reproduzidos, que estejam sendodesenvolvidos ou estudados. Os modelos ajudam a visualizar o sistema como ele oucomo gostaramos que fosse. Eles permitem especificar aestrutura do sistema, proporcionando um guia para suaconstruo, ou prever seu comportamento em dadascondies. Curso de Facilitadores em GCCentro de Convenes SulAmricaDiviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldmanem 07/10/2008Controle de Qualidade 32. O modelo Completo:Ambiente Variveis Distrbiosde Internasnegcios Reflexo deReflexo de2 ordem 1 ordemIdentidade Estruturas deVariveis Organiza- Conhecimento RotinasResultadoscional Organizacional Externas InovaoFeedbackInovaoradical contnua Single loopInovao eSistemas deAnlise dos Outros Educao EmpreendedorismoGesto de Resultados pelosprocessos Corp.Organizacionais InformaesStakeholdersCorp.Aes de GC Plano Diretor de Gesto do ConhecimentoOrientaes (Processo de reflexo de diversas reas, que gera um documentoPolticas de GCperiodicamente atualizado. Produto tangvel sobre intangveis) Double loopInteligncia Modelo de Avaliao Competitivade Maturidade em GC Processo de Gesto do Conhecimento Copyright do autor 2008 Biblioteca NacionalCurso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 33. Reflexo de 1 ordem Estruturas de Conhecimento RotinasResultados Organizacional FeedbackSingle loopDouble loopInteligncia Organizacional Copyright do autor 2008 Biblioteca Nacional Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 34. Reflexo de 1 ordem Estruturas de Conhecimento RotinasResultados OrganizacionalInovao FeedbackcontnuaInovao Single loopradicalDouble loopInteligncia Organizacional Copyright do autor 2008 Biblioteca Nacional Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 35. Reflexo deReflexo de2 ordem 1 ordem Estruturas de ?Conhecimento OrganizacionalRotinasResultadosInovao FeedbackInovaoradical contnua Single loopDouble loopInteligncia Organizacional Copyright do autor 2008 Biblioteca Nacional Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 36. Reflexo deReflexo de2 ordem 1 ordem IdentidadeEstruturas deOrganiza-Conhecimento RotinasResultados cionalOrganizacionalInovao FeedbackInovaoradical contnua Single loopDouble loopInteligncia Organizacional Copyright do autor 2008 Biblioteca NacionalCurso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 37. Reflexo deReflexo de2 ordem 1 ordem IdentidadeEstruturas deOrganiza-Conhecimento RotinasResultados cionalOrganizacionalInovaoInovaoFeedbackradical contnuaSingle loop Anlise dos Resultados pelos StakeholdersDouble loop Inteligncia Organizacional Copyright do autor 2008 Biblioteca NacionalCurso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 38. Reflexo de Reflexo de 2 ordem1 ordem Identidade Estruturas deOrganiza- ConhecimentoRotinasResultados cional OrganizacionalInovaoFeedback Inovao radicalcontnua Single loop Inovao eAnlise dosEmpreendedorismo Resultados pelos Organizacionais StakeholdersAes de GCOrientaesPolticas de GCDouble loop Processo de Gesto do Conhecimento Copyright do autor 2008 Biblioteca NacionalCurso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 39. Reflexo de Reflexo de 2 ordem1 ordem Identidade Estruturas deOrganiza- ConhecimentoRotinasResultados cional OrganizacionalInovaoFeedback Inovao radicalcontnua Single loop Inovao eAnlise dosEmpreendedorismo Resultados pelos Organizacionais StakeholdersAes de GC Plano Diretor de Gesto do ConhecimentoOrientaes (Processo de reflexo de diversas reas, que gera um documentoPolticas de GCperiodicamente atualizado. Produto tangvel sobre intangveis)Double loop Processo de Gesto do Conhecimento Copyright do autor 2008 Biblioteca NacionalCurso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 40. Reflexo de Reflexo de 2 ordem1 ordem Identidade Estruturas deOrganiza- ConhecimentoRotinasResultados cional OrganizacionalInovaoFeedback Inovao radicalcontnua Single loop Inovao eSistemas de Anlise dosEmpreendedorismoGesto deResultados pelos Organizacionais Informaes StakeholdersAes de GC Plano Diretor de Gesto do ConhecimentoOrientaes (Processo de reflexo de diversas reas, que gera um documentoPolticas de GCperiodicamente atualizado. Produto tangvel sobre intangveis)Double loop Processo de Gesto do Conhecimento Copyright do autor 2008 Biblioteca NacionalCurso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 41. Reflexo de Reflexo de 2 ordem1 ordem Identidade Estruturas deOrganiza- ConhecimentoRotinasResultados cional OrganizacionalInovaoFeedback Inovao radicalcontnua Single loop Inovao eSistemas de Anlise dosOutros EducaoEmpreendedorismoGesto deResultados pelos processos Corp. Organizacionais Informaes Stakeholders Corp.Aes de GC Plano Diretor de Gesto do ConhecimentoOrientaes (Processo de reflexo de diversas reas, que gera um documentoPolticas de GCperiodicamente atualizado. Produto tangvel sobre intangveis)Double loopProcesso de Gesto do Conhecimento Copyright do autor 2008 Biblioteca Nacional Curso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 42. Reflexo deReflexo de 2 ordem 1 ordem Identidade Estruturas deVariveisOrganiza- Conhecimento RotinasResultados cional Organizacional ExternasInovaoFeedback Inovao radical contnuaSingle loop Inovao eSistemas deAnlise dos OutrosEducaoEmpreendedorismoGesto de Resultados pelosprocessosCorp. Organizacionais InformaesStakeholdersCorp. Aes de GC Plano Diretor de Gesto do Conhecimento Orientaes (Processo de reflexo de diversas reas, que gera um documento Polticas de GCperiodicamente atualizado. Produto tangvel sobre intangveis)Double loop IntelignciaCompetitiva Processo de Gesto do ConhecimentoCopyright do autor 2008 Biblioteca NacionalCurso de Facilitadores em GCCentro de Convenes SulAmricaDiviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldmanem 07/10/2008Controle de Qualidade 43. O modelo Completo:Ambiente Variveis Distrbiosde Internasnegcios Reflexo deReflexo de2 ordem 1 ordemIdentidade Estruturas deVariveis Organiza- Conhecimento RotinasResultadoscional Organizacional Externas InovaoFeedbackInovaoradical contnua Single loopInovao eSistemas deAnlise dos Outros Educao EmpreendedorismoGesto de Resultados pelosprocessos Corp.Organizacionais InformaesStakeholdersCorp.Aes de GC Plano Diretor de Gesto do ConhecimentoOrientaes (Processo de reflexo de diversas reas, que gera um documentoPolticas de GCperiodicamente atualizado. Produto tangvel sobre intangveis) Double loopInteligncia Modelo de Avaliao Competitivade Maturidade em GC Processo de Gesto do Conhecimento Copyright do autor 2008 Biblioteca NacionalCurso de Facilitadores em GC Centro de Convenes SulAmrica Diviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldman em 07/10/2008 Controle de Qualidade 44. Dvidas ? www.kmgoldman.blogspot.comhttp://www.slideshare.net/goldman ? Eng Fernando GoldmanEmail: [email protected] Curso de Facilitadores em GCCentro de Convenes SulAmricaDiviso de Apoio e Professor: Fernando L. Goldmanem 07/10/2008Controle de Qualidade