Dov Pilotos Meteorologia Resumo

of 48/48
1 METEOROLOGIA Meteorologia È a ciência que estuda a atmosfera, suas atividades e fenômenos. Os fenômenos na meteorologia são qualquer variação ocorrida nos elementos da natureza. Climatologia Meteorologia Pura. Composição: Ar seco: Nitrogênio = 78% Oxigênio = 21% Outros Gases = 1% Com no Máximo 4% vapor (saturado): Nitrogênio = 75% Oxigênio = 20% Outros Gases = 1% Camadas Troposfera Reflexão Albedo Intranqüila. Tropopausa Isotermia. Estratosfera Difusão. Ionosfera Absorção. Exosfera Albedo é a relação de energia refletida e a incidente. No topo das nuvens albedo é mais intenso. Total nas águas, e nulo nas superfícies escuras. O albedo médio da terra é 0,35 (35%). Pólos 17 a 19km Equador 7 a 9km 13 a 15km Pólos Latitudes médias Troposfera
  • date post

    08-Nov-2015
  • Category

    Documents

  • view

    41
  • download

    0

Embed Size (px)

description

HHHJ

Transcript of Dov Pilotos Meteorologia Resumo

  • 1

    METEOROLOGIA

    Meteorologia

    a cincia que estuda a atmosfera, suas atividades e fenmenos. Os fenmenos na meteorologia so qualquer variao ocorrida nos elementos da natureza.

    Climatologia Meteorologia Pura.

    Composio:

    Ar seco:

    Nitrognio = 78% Oxignio = 21% Outros Gases = 1%

    Com no Mximo 4% vapor (saturado):

    Nitrognio = 75% Oxignio = 20% Outros Gases = 1%

    Camadas

    Troposfera Reflexo Albedo Intranqila. Tropopausa Isotermia. Estratosfera Difuso. Ionosfera Absoro. Exosfera

    Albedo a relao de energia refletida e a incidente. No topo das nuvens albedo mais intenso. Total nas guas, e nulo nas superfcies escuras. O albedo mdio da terra 0,35 (35%).

    Plos

    17 a 19km

    Equador

    7 a 9km

    13 a 15km

    Plos

    Latitudes mdias

    Troposfera

  • 2

    Hidrometeoros partculas de gua em suspenso, que trar atmosfera a cor azul.

    Litometeoros partculas slidas de microorganismo em suspenso que trar a atmosfera cor vermelha. Quando houver poeira ou areia em suspenso a colorao ser dourada ou amarelada.

    Altura Distncia vertical entre dois pontos.

    Altitude Distncia vertical do nvel mdio do mar a um determinado ponto.

    A temperatura em altitude diminui.

    Gradiente trmico (gt) positivo o decrscimo da temperatura em altitude.

    Gradiente trmico (gt) negativo a elevao da temperatura em altitude, que provocara inverso trmica.

    Isotermia Constancia trmica.

    Ncleo de condensao higroscpica (nevoeiro) partculas de gua em suspenso que trar reduo da visibilidade.

    Tropopausa - isotermia Espessura de 3 a 5 km -56,5 C ( temperatura padro).

    Estratosfera - Difuso Difunde a luz solar 25 at 70km. Camada de oznio, chamada ozonosfera, esta localizada na estratosfera, +-50km.

    Ionosfera Absoro Absorve os raios gama, X, e UV 70 a 500km.

    Exosfera 500 a 1000km.

    Vapor Lquido Slido Evaporao Fuso

    Condensao Solidificao

    Sublimao

    E I A E D T I T R

  • 3

    ICAO ISA ICAO STANDART ATMOSPHERE ATMOSFERA PADRO INTERNACIONAL

    Na Atmosfera padro o ar considerado seco e puro;

    Presso NMM:

    o 1.013,2 hPa; o 700mm Hg o 29,92pol Hg

    Temperatura NMM:

    o 15C o 59F

    Gradiente trmico:

    o 0,65C / 100m o 2C / 1000Ft

    ISA = 15 (2 x M) = 15 (2 x M) = 15 15 =

    0

    Obs: Qualquer valor acima de 7500Ft ser negativo.

    18000Ft Tt = -15

    15 36 = -21 -21 + 06 = -15

    55000Ft (ISA-15)

    15 110 = -21 -95

    -95-15 -110

    A ISA +06 B ISA -06 C ISA +21 D ISA -21

  • 4

    Temperatura a quantidade de calor em um volume de Ar.

    Termmetro Mede a Temperatura. Termgrafo Registra a temperatura.

    Isotermas ou isotrmica So linhas que unem os valores de mesma temperatura que viram traadas em intervalos de 5 e 5C.

    932

    5

    =

    FC ou 328,1 += CF -40 = para C ou F

    Ti = Tt ate 160 KT

    A propagao do calor ocorrera de 4 maneiras:

    Radiao Propagao do calor livre no espao; Conduo Transporte do calor (direta) entre molculas (no forma nuvens); Conveco Transporte do calor na vertical; Adveco Transporte do calor na horizontal.

    Radiao: Solar aquecimento da terra, que ocorre durante o dia; Terrestre o resfriamento da terra, que ocorre noite.

    AP Altitude Presso Distncia vertical da presso padro (1013.2 hPa) a um determinado.

    1 hPA = 30Ft

    Altura

    Elevao

    NMM

    AP

    Altitude

    1013

  • 5

    Elevao da Pista Distncia vertical do aerdromo em relao ao nvel mdio do mar. Exerccios

    3450Ft NMM=1005 AP =? 3690Ft

    3690240345024030810051013

    =+

    ==

    8000Ft NMM=1015 AP =? 7940Ft

    79406080006030210131015

    =

    ==

    10000Ft NMM=1008 AP =? 10150

    101501501000015030510081013

    =+

    ==

    3450Ft

    1005

    1013 240Ft D-

    8000Ft

    1013

    1015 60Ft D+

    10000Ft

    1008

    1013 1500Ft D-

    3450Ft

    1005

    1013 240Ft D-

  • 6

    Presso Atmosfrica

    Presso Atmosfrica

    uma coluna de Ar que exerce fora sobre um ponto.

    PA esttica, decresce em altitude e exerce fora por todos os lados.

    Variao de presso Atmosfrica

    Altitude Presso Temperatura Densidade

    +

    + + +

    gt +

    gt -

    iso

    AR Presso Temperatura Umidade Densidade

    Frio

    Quente

  • 7

    Mar Baromtrica Oscilao da presso Atmosfrica em 24h, com valores mnimos s 4:00 e 16:0, e valores mximos s 10:00 e 22:00.

    Isbaras ou Isobricas Linhas que unem os valores de mesma presso, que viram representadas em intervalos de 2 em 2 hPa (pares).

    Isopsas So linhas que unem os valores de AP (altitude Presso).

    Sistemas de Presso

    Dividem-se em fechados e Abertos.

    Sistema Fechado de Presses Linhas isobricas que circulam em volta de seu ncleo.

    H Sistema Fechado de Alta Presso ter o comportamento divergente (dentro fora) e anti-ciclone (anti ventos fortes).

    L Sistema Fechado de Baixa Presso ter o comportamento convergente (fora dentro) e ciclone (ventos fortes).

    Sistemas Abertos de Presses:

    H Sistema Aberto de Alta Presso Crista ou Cunha rea alongada onde as presses diminuem para a periferia.

    L Sistema Aberto de Baixa Presso Cavado rea alongada de baixa presso que aumenta para a periferia.

    Colo a regio localizada entre duas altas e duas baixas presses, onde teremos ventos fracos e variveis.

    04:00 16:00

    10:00 22:00

  • 8

    QNH Presso Verdadeira ao Nvel do Mar. QNE Presso Padro ao Nvel do Mar. QFE Presso do Aerdromo (da Pista). QFF Presso ao Nvel do Mar para Fins Meteorolgicos.

    W 00 E 00

    H

    L

    L

    Convergente ciclones

    Divergente Anti-ciclones

    H L

    Crista ou Cunha

    Cavado

    H Divergente

    L Convergente

    H

    L H

    L COLO

    Ventos fracos e variveis

    H

  • 9

    Toda vez QNH QFE = Elevao da Pista

    8000Ft QNH=1015 AP =? 7940Ft

    79406080006030210131015

    =

    ==

    QFE=? 990Ft QNH=1020 Elevao 900Ft

    QFE + Elev (30) = QNH

    QNH QFE = Elev (x30)

    QNH - Elev (30) = QFE

    5000Ft QNH=1005 AP =? 5240Ft

    79406080006030210131015

    =

    ==

    8000Ft

    1013

    1015 60Ft D+

    990

    1013

    1020

    900Ft QNH-QFE=Elev

    5000Ft

    1013

    1015

    8 x 30 = 240Ft

    5240ft

  • 10

    Ventos

    Vento Calmo o equilbrio das moleculas entre dois volumes de ar. (00000KT inferior a 1KT).

    Vento Fraco de 1 a 2KT.

    Vento Significativo Acima de 3KT.

    Os ventos ocorrero por fora do gradiente de presses, pelo movimento horizontal (advectivo), fluindo sempre da alta para a baixa presso; Quanto maior a diferena das presses e quanto mais prximos entre si, mais intensos sero os ventos. O movimento do ar na vertical chamaremos de correntes.

    Direo, Intensidade e Carter.

    Direo de onde o vento vem. Sentido, para onde vai.

    Anemmetro Aparelho que mede a velocidade do vento. Anemoscpio Indica a direo do vento. Biruta Indica a direo e a velocidade do vento.

    Vento de Proa Vento de frente. Vento de Cauda Vento por Trs. Vento de Travs Vento Perpendicular.

    Pontos Cardeais : 1 Letra. Pontos Colaterais : 2 Letras. Pontos Sub-Colaterais : 3 Letras.

    Carter do Vento Constante ou Inconstante.

    Constante Velocidade Mdia do Vento. Inconstante rajada de Vento Velocidade Ultrapassando a diferena de 10KT em um perodo de 20 segundos.

    36010G45KT Pico da Rajada. (Gust) Rajada. Velocidade do Vento. Direo

  • 11

    Isgonas Linhas Que Unem os Valores da Direo do Vento.

    Istacas Linhas Que Unem os Valores da Velocidade do Vento.

    Sobre o mar os ventos podero formar uma angulao de ate 10 com a superfcie. Sobre os continentes os ventos podero formar uma angulao de at 45. Nas encostas das montanhas esta angulao poder chegar a 70. Acima deste valor deixa de ser

    vento e passa a ser corrente.

    Ventos Barostrficos ou camada de frico Ventos que sopram at 600mts ou 2000Ft de altura, na resultante exclusiva do gradiente de presso.

    Ventos de Superfcie Ventos que sopram at 100mts de altura.

    Ventos Geostrficos Ventos que sopram acima 600mts ou 2000Ft de altura, na resultante exclusiva do gradiente de presso e a fora de corilis.

    Vento movimento do ar na horizontal.

    Corrente movimento do ar na vertical.

    Barostrficos

    SOLO

    Superfcie 100mts

    Geostrficos 600mts

  • 12

    Relao Presso / Vento

    HS (hemisfrio Sul)

    HN (hemisfrio Norte)

    H N

    S E W

    Anti-Ciclone Anti-Horrio

    NOSE

    L N

    S E W

    Ciclone Horrio NESO

    L N

    S E W H

    N

    S E W

    NESO NOSE

    Anti-Horrio

    S N Horrio

    S N

    Horrio Anti-Horrio

  • 13

    Nvel Gradiente

    W

    H

    E

    H Esquerda

    Direita

    L

    SE

    NE Aliseos

    Aliseos

    Vento

    Vento

    Vento Calmo Inferior a 1KT. Efeito de coriolis a fora defletora (divergente / de dentro pra fora)dos ventos que ocorre devido ao movimento de rotao da terra. maior nos plos e nulo no equador.

    Ventos Ciclostrficos Ventos que sopram nas baixas latitudes, prximo ao equador, na resultante do gradiente de presso e a fora centrifuga.

    Nvel Gradiente Ventos que sopram a 600mts de altura ou 2000FTs, separando a barostrofico do geostrofico.

    Isgonas Linhas que unem valores de mesma direo do vento. Istacas Linhas que unem valores de mesma velocidade do vento.

    Circulao do ar na atmosfera. Dividem-se em: Inferior, Superior e secundaria.

    Circulao inferior Ventos que sopram at 600mts EW. de altura ou 2000FTs, fluindo dos plos para o equador de

    Aliseos Ventos que sopram nas baixas latitudes, convergindo para o equador, fluindo de SE no sul e NE no norte. CIT No encontro dos ventos aliseos na regio equatorial chamaremos de convergncia inter-tropical ITCZ=FIT.

    W

    H

    E

    H

    Sentido de

    Esquerda

    Direita

    Barostrficos Gradiente de Presso

    SOLO

    Superfcie 100mts

    Geostrficos Corilis + Gradiente de presso

    600mts

  • 14

    FL350

    CAT

    dia

    noite

    L H

    Circulao superior Ventos que sopram acima de 600mts de altura ou 2000FTs, fluindo do equador para os plos em espiral do WE, chamados de contra-Aliseos. Fazendo parte da circulao superior de 20.000 a 40.000 Ft de altitude encontraremos ventos com velocidade mnima de 50Kt denominados de JETSTREAM ou corrente de jato, que sero mais intensos no inverno sobre os continentes.

    Na passagem do jetstream teremos CATturbulncia de cu claro(Clear Air turbolence)

    Circulao secundria Ventos que tomam caractersticas da regio ou terreno.

    Tipos de circulao secundria:

    Brisa martima Ventos que sopram do mar para o continente; mais comum nas tardes de vero.

    Brisa terrestre Ventos que sopram do continente para o mar; comum nas madrugadas de inverno.

    Mones Ventos que sopram no perodo de 6 meses; Mones de vero Quando do mar para terra. Mones de inverno Quando da terra para o mar.

    Vale Ventos que sobem as encostas durante o dia. Anabticos ou de

    ou de Montanha Ventos que descem as encostas durante a Catabticos noite.

    Buy-Ballot

    No HS (hemisfrio sul) ao ter vento de cauda a aeronave ter baixas presses sua direita e altas sua esquerda. A aeronave ao receber (incide) ventos pela direita ter deriva para a esquerda; isto significa que a aeronave estar indo para uma baixa presso; A aeronave ao receber (incide) ventos pela esquerda ter deriva para a direita; isto significa que a aeronave estar indo para uma alta presso.

  • 15

    Umidade do Ar

    Divide-se em: Relativa e absoluta.

    Umidade Absoluta Quantidade de vapor em um volume de ar. Na umidade absoluta o ar seco ser representado por 0%, 4% ser considerado saturado e entre 0 e 4% ar mido.

    Umidade Relativa a comparao do vapor dgua com a umidade retida na superfcie. A saturao da umidade relativa ser de 100%.

    Ponto de orvalho Temperatura da umidade do ar, que ser medida em graus.

    Quanto maior a diferena entre a temperatura do ar e a do ponto de orvalho (32/22) o ar ser mais seco; quanto mais prximos entre si (23/22), o ar estar mas mido; e quando estiverem iguais o ar ser considerado saturado (22/22). Obs:Jamais a temperatura do ponto de orvalho ser maior que a temperatura do ar.

    Psicometro Mede a relao da temperatura do ar e do ponto de orvalho.

    Isodrosotermas Linhas que unem os valores do ponto de orvalho.

    Pluviometro Mede a quantidade de precipitao.

    Pluviogrfo Registra a quantidade de precipitao.

    Isoietas Linhas que unem os valores da precipitao.

    0%

    0 44%

    seco

    entre e midosaturado

    L

    L

    L

    TemperaturaUmidade

    '

    30 150100%

    3000 1503000 20%150

    vapor d gua guaT T

    x

    x

    x

    =

    = =

    L

    L

    TemperaturaUmidade

    1% 25%

    2% 50%3% 75%4% 100%

    Vapor RelativaLL

    L

    L

    L

    . ./22 / 2223/ 2232 / 22

    temp do ar pt de orv

    SaturadomidoSeco

  • 16

    Hidrometeoros

    Chuva / Chuvisco / Granizo Hidrometeoros precipitados Lquidos.

    Neve / Saraiva Hidrometeoros precipitados Slidos. Saraiva Neve ou granizo de forte intensidade.

    Orvalho / Geada / Sincelos Hidrometeoros depositados (no cai do cu). Geada orvalho congelante. Sincelos Estalactites (cones) formados pelos ventos frios com gotculas de gua depositadas.

    Nevoeiro / nevoa mida / nuvens Hidrometeoros em suspeno. Nevoa mida Nevoeiro fraco.

    Nevoeiros e Nevoas

    Tipos de nevoeiro:

    Nevoeiro de radiao Formado pela perda do calor devido a radiao noturna cu claro, ventos calmos ou fracos, radiao terrestre. Fg = FOG = Nevoeiro. NVO SUP = Nevoeiro de superfcie. NVO OBC = Nevoeiro obscurecido 0500 FGVV001

    Nevoeiro advectivo Fluxo do ar na horizontal em contraste com a superfcie.

    Tipos de nevoeiros advectivos:

    Nevoeiro martimo Fluxo do ar aquecido sobre a gua resfriada.

    Nevoeiro de vapor Fluxo do ar resfriado sobre a gua aquecida. Freqente em pntanos, lagos e rios.

    Nevoeiro de brisa Fluxo do ar aquecido fluindo para o continente resfriado.

    Nevoeiro orogrfico ocorre nas encostas de serras e montanhas.

    Nevoeiro glacial Formado sobre as geleiras (-30).

    1 100% .

    1 5 80%

    1 5 80%1 80%1 80%

    ( 100%)chuvisco restrio

    Elemento Visibilidade Umid. Rel do Ar

    Nevoeiro Km ou prx

    Nevoa mida entre e Km

    Nevoa Seca entre e KmFumaa KmPoeira Km

    Precipitao Varivel Elevado>

    0,6C e < 1C / 100mts, que ocorrer na nuvem Sratocumulos (SC).

    Instabilidade mecnica ou Absoluta Quando ocorrer o gradiente Auto-convectivo (3,42C / 100mts) que ocorrer nas nuvens Cumulonimbus (CB), provocando tornados, grandes tempestades.

    Formao de Gelo nas Aeronaves

    Tipos de Gelo

    Claro, Liso ou Cristal o mais perigoso; adere com facilidade e difcil de ser removido, predomina em ar instvel (Nuvens Cumuliformes), na faixa de temperatura entre 0C e 10C.

    Opaco, Amorfo ou Escarcha Formado por minsculos cristais de gelo, semelhante ao formado nas paredes internas ds refrigeradores domsticos. mais leve e menos aderente, fcil de ser removido. Ocorre em ar estvel (Nuvens Estratisformes), na faixa de temperatura entre 0C e 10C, e Nuvens Cumuliformes, na faixa de temperatura entre -10C e 20C.

    Geada Formado por radiao, com temperatura de 0C ou menos e cu claro. O nico risco quando se forma no pra-brisa, no pouso, pois restringe a visibilidade.

    NCC 1000mts 22C

    32C

  • 30

    Condies do Tempo Associado Instabilidade do Ar Ar quente, nuvens cumuliformes, precipitaes em forma de pancadas, ar turbulento, GT > 1C / 100mts, gelo claro, liso ou cristal, boa visibilidade na hora do pouso, exceto nos momentos das precipitaes.

    Condies do Tempo Associado Estabilidade do Ar Ar frio, nuvens estratiformes, precipitaes leves, ar calmo, GT < 1C / 100mts, gelo opaco, amorfo ou escarcha, visibilidade reduzida por nevoeiro ou nevoa mida.

    Turbulncia Ocorrer devido a agitao do ar na vertical.

    Tipos de turbulncia

    Turbulncia de Cu Claro (CAT) Turbulncia provocada pela passagem da corrente de jato (JETSREAM).

    Turbulncia Mecnica ou de Solo Atrito dos ventos com a superfcie.

    Tesoura de vento ou cortante de vento (Wind Shear) Ventos que se cruzam prximos cabeceira da pista, ocorrendo at 1500Ft, com maior freqncia em regies montanhosas ou na base do Cumulunimbus (CB).

    Turbulncia Dinmica ou Frontal Ocorrer na aproximao da frente fria.

    Turbulncia na Esteira de Uma Aeronave Ocorre devido ao turbilhonamento do ar, causado por grandes aeronaves no pouso e decolagem.

    Turbulncia Orogrfica Ocorrer a sotavento das montanhas, ar quente e seco que desce entre colunas ascendentes e descendentes de uma forma intensa e irregular.

    Nuvens Lenticulares Nuvens no formato de lentes, aspecto cncavo ou convexo. Nuvens Mamatos Nuvens em forma de Bolses. Nuvens Rotoras prximas a base das montanhas.

    Turbulncia Orogrfica tambm conhecida por ondas orogrficas, ondas estacionarias, ondas de montanha ou efeito de Fohen.

    Turbulncia Trmica ou Convectiva Turbulncia causada pelo calor, mais freqente (intensa) no vero (nuvens cumulus).

    Sotavento Barlavento

  • 31

    Antrtida

    rtico

    Equador

    Tropical

    Temperada

    Polar

    W K

    Massas de Ar

    Para a formao de massas de ar ser preciso temperatura, presso e umidade constante em uma grande extenso horizontal.

    Quanto maior a latitude da terra, o ar ser mais frio e seco.

    Quanto menor a latitude da terra, o ar ser mais quente e mido.

    Podem formar-se nas seguintes regies de origem: Polar, Equatorial, Tropical, rtica, e Antrtica.

    Quanto natureza, podem ser: Martimas ou Continentais

    Quanto temperatura, podem ser: Quentes ou Frias

    Caractersticas da massa de ar:

    Massa Fria Quando o Ar esta se deslocando sobre uma superfcie mais quente. O ar tender a subir, tornando-se instvel. Teremos nuvens cumuliformes, precipitaes em forma de pancadas, turbulncia, e visibilidade boa, fora das reas de precipitaes.

    Massa Quente Quando o Ar esta se deslocando sobre uma superfcie mais fria. O ar resfriado ficara mais denso e estvel. Teremos nuvens estratiformes, precipitaes leves, e visibilidade restrita por nevoas e nevoeiros.

    Massa fria desloca-se pra superfcie quente Massa quente desloca-se pra superfcie fria

  • 32

    Sistema Frontal (Frentes)

    Frente Frente Frente Frente uma estreita regio que separa duas massas de ar.

    * Nas cartas policromticas, ser representada por linhas pontilhadas azuis.

    Quanto maior a rampa frontal, a passagem da frente fria ser mais rpida, com chuvas intensas. Quanto menor a rampa frontal, a passagem da frente fria ser mais lenta, com chuvas leves e

    continuas.

    MQ FQ MF FF

    Frente Fria

    Frente Fria

    Temperaturas + Frias

    10

    11

    13

    14

    14

    15

    18

    19

    20

    22

    26

    Temperaturas + Quentes

    Frente Fria na Superfcie

    Frente Fria em Altitude

    SW

    HS NE

    FF

    SE

    HN NW

    FF

  • 33

    * Nas cartas policromticas, ser representada por linhas pontilhadas vermelhas.

    Frente Quente Frente Quente

    Temperaturas + Frias

    20 25

    23

    27

    26

    29

    31

    32 34

    35

    Temperaturas + Quentes

    SW

    HN NE

    FQ

    SE

    HS NW

    FQ

    NW

    NW

    SW

    SW

  • 34

    Deslocamento de frente fria

    O ar frio empura o ar quente Setor pr-frontal Nuvens Cirrus Aumento de temperatura Diminuio da presso atmosfrica

    Vento NW Desloca-se para superfcie fria

    Frente estacionria

    Equilbrio das presses entre dois volumes de ar, provocando chuvas leves e continuas.

    * Nas cartas policromticas, ser representada por linhas pontilhadas azuis e vermelhas.

    MF FQ MF FF

    SW NW

    Frente Estacionria

    1020hPa

    1020hPa

    Ar quente

    Ar frio

  • 35

    Frente Oclusa

    Encontro de massas de ar com densidades diferentes, chuvas fortes, vendavais, tempestades.

    * Nas cartas policromticas, ser representada por linhas roxas.

    Frontogenese Frontogenese Frontogenese Frontogenese Regio de formao da frente (quente ou fria).

    Frontolise Frontolise Frontolise Frontolise Regio de dissipao da frente (quente ou fria).

    Frente Oclusa

    Ar frio

  • 36

    DTCEA Departamento de Controle do Espao Areo. DIVMET Diviso de Meteorologia. RAFC Regional rea Forecast Center CMV Centro Meteorolgico de Vigilncia. CMA Centro Meteorolgico de Aerodromo. TAF Terminal rea Forecast. ERM Estao Rastreadora Meteorolgica. EMA Estao Meteorolgica em Altitude. EMS Estao Meteorolgica Superfcie.

    SISCEAB Sistema de Controle do Espao Areo Brasileiro. CINDACTA Centro Integrado de Defesa Area e Controle de Trfego Areo. SRPV Servio Regional de Proteo ao Vo. DTCEA Destacamento de Controle do Espao Areo. AIS Servio de Informao Aeronutica. TWR Torre. EC Estao de Comunicao.

    SIGWXwindaloft

    RAFC

    SIGMET( 4 e 6 horas)

    CNV

    TAF

    CMA

    Centro

    Previso

    RADAR

    ERM

    Balo Rdio Sonda

    EMA

    METARSPECI

    EMS

    Estao

    Observao

    DIVMET

    DECEA

    SISCEAB CINDACTA SRPV

    AIS TWR EC EMS

    DTCEA

    DECEA

  • 37

    METAR

    METAR Mensagem Meteorolgica de Observao superfcie e de Rotina BIM Banco de Informaes Meteorolgicas.

    Padro da ICAO

    * Rajada Diferena da velocidade = ou > a 10Kt em um perodo de 20 segundos.

    Metar Especial

    252300 3301

    252300 330 1

    0

    0Hemisfero Sul Direo do vento Velocidade do ventoBrasil Aerodromo Dia Hora Zulu

    AD controlado

    METAR SBSP Z Kt

    METAR S B SP Z Kt

    00000

    252300 00000

    252300Vento Calmo

    METAR SBSP Z Kt

    METAR S KtBSP Z

    02

    252300 02

    252300Vento Varivel

    METAR SBSP Z VRB Kt

    METAR SB VRB KtSP Z

    252300 10

    252 10300Velocidade Significatica

    VR

    METAR SBSP Z VRB Kt

    METAR SBS BP KtZ

    25

    252300 36010 330 0

    230

    3

    0 36010 33

    0

    0 030Oscilando Entre X e Y

    ME

    METAR SBSP Z Kt

    TAR SBSP Z Kt

    V

    V

    ( )

    252300 36010 45

    2523 36010 50 40GUST rajada

    METAR SBSP Z G Kt

    METAR SB G KtSP Z

    252300 360

    36

    9

    0 9

    9

    252300 9Velocidade Mxima

    METAR SBSP Z P Kt

    METAR SBSP P KtZ

    Impossibilidade de Leitura

    252300

    252300

    METAR SBSP Z Kt

    METAR SB KSP Z t

    252315 3301033012 025 315S

    SPECI SBSP Z KtSPEC PI S ZB Kt

  • 38

    * O Norte na Informao Meteorolgica Sempre o Verdadeiro.

    RVR Alcance visual da Pista.

    UP Tendncia a aumentar a visibilidade. DOWN Tendncia a diminuir a visibilidade.

    252300 00000 0050

    25230 000 0000 500Visibilidade horizontal

    em metros

    METAR SBSP Z Kt

    METAR SBSP Z Kt0050 0000

    0050 0800 50 500800 5000 100 1005000 9999 1000 1000

    10000 9999

    a vira em intervalos de em metrosa vira em intervalos de em metrosa vira em intervalos de em metros

    < =

    > =

    N S

    E

    W

    6000

    8000

    5000

    3000

  • 39

    Fenmeno mais significativo sempre na frente.

    Tempo Significativo

    Qualificador Fenmeno de tempo

    Intensidade ou Proximidade Descritor Precipitao Obscurecedor Outros

    - Leve

    MI Baixo DZ Chuvisco BR Nevoa mida PO Poeira / Areia em

    redemoinhos BC Banco RA Chuva FG Nevoeiro

    (sem sinal) Moderado

    PR Parcial (cobrindo parte

    do AD) SN Neve FU Fumaa SQ Tempestade

    DR Flutuante SG Gros de neve

    VA Cinzas Vulcanicas

    FC Nuvem(ns) funil, (tornado

    ou tromba d'agua)

    + Forte

    BL Soprada IC Cristais de Gelo

    SH Pancada(s) PL Pelotas de Gelo DU Poeira

    Extensa SS

    Tempestade de Areia

    VC Nas Vizinhanas

    TS Trovoada ou raios e

    Relmpagos GR Granizo SA Areia

    DS Tempestade de

    Poeira FZ Congelante

    GS Granizo pequeno e ou gras de neve

    HZ Nevoa Seca

    252300 00000 0900 17 / 0500 35/ 0700252300 00000 0900 17 / 0500 35/ 0700

    Tempo significativo

    METAR SBSP Z Kt R R U TSRAMETAR SBSP Z Kt AR R U TSR

    252300 00000 0900 17 / 0500 35/ 0700 015 020 080252300 00000 0900 17 / 0500 35/ 0 015 020 07 8000

    Nebulosidade

    METAR SBSP Z Kt R R U TSRA FG BKN SCT OVCMETAR SBSP Z Kt R R U TSRA FG BKN SCT OVC

    252300 00000 0900 17 / 0500 35/ 0700 020 030 080252300 00000 0900 17 / 0500 35/ 0700 020 030 080252300 00000 0900 17 / 0500 35/ 0700 020

    METAR SBSP Z Kt R R U TSRA FG FEW CB SCT OVCMETAR SBSP Z Kt R R U TSRA FG FEW TCU SCT OVCMETAR SBSP Z Kt R R U TSRA FG FEW CB S 030 080

    252300 00000 0900 17 / 0500 35/ 07CB e TCU so as unicas n

    00 020 030 0uvnes que vem explicitas no

    8METAR

    0TCUCT OVC

    METAR SBSP Z Kt R R U TSRA FG FEW SCT OVC

  • 40

    SKC Sky Clean (Cu claro)

    NVO OBS Nevoeiro de cu Obscurecido NVO SUP Nevoeiro de Superficie

    Informaes Suplementares:

    252300 00000 0900 17 / 0500 35/ 0700252300 00000 0900 17 / 0500 35/ 0700

    METAR SBSP Z Kt R R U TSRA FG CAVOKMETAR SBSP Z Kt R R U TSRA FG CAVOK

    Visibilidade horizontal que 10.000CAVOK Cu e Visibilidade OK.

    Visibilidade vertical que 5000Ft (1500m)e ausncia de fenmenos significativos.

    252300 00000 0900 17 / 0500 001252300 00000 0900 17 / 05 100 00

    Nevoeiro de co obs

    METAR SBSP Z Kt R FG VVMETAR SBSP VVZ Kt R FG

    252300 00000 0900 17 / 0500252300 00000 0900 17 / 0500

    No significate Weather

    METAR SBSP Z Kt R NSWMETAR SBSP Z Kt NSWR

    /

    252300 00000 0900 17 / 0500 001 10 /10252300 00000 0900 17 / 050 10/10 01 00

    Temp do ar ponto de orvalho

    METAR SBSP Z Kt R FG VVMETAR SBSP Z Kt R FG VV

    ( )

    252300 00000 0900 17 / 0500 001 02/ 02252300 00000 0900 17 / 0 02/ 0500 001 2

    Menos temperatura negativa

    METAR SBSP Z Kt R FG VV M MMETAR SBSP Z Kt R FG VV M M

    252300 00000 0900 17 / 0500 001 /252300 00000 0900 17 / 0500 /001

    Leitura impossvel

    METAR SBSP Z Kt R FG VV XX XXMETAR SBSP Z Kt R FG XVV XX X

    252300 00000 0900 17 / 0500 001 10/110

    0 1010252300 00000 0900 17 / 0500 001 10/1 100

    hPA

    METAR SBSP Z Kt R FG VV QME QTAR SBSP Z Kt R FG VV

    RETS Trovoada RecenteRERA Chuva RecenteREDZ Chuvisco RecenteWS Wind Shear (tesoura de Vento)

    SIGMET Informaes meteorologicas significativas (validade de 4 a 6 horas),quantas vezes for necessrio, trazendo fenomenos meteorologicos significativos no ar.

    CMV

  • 41

    Ser confeccionado pela CMA, 4 vezes ao dia: 00:00, 06:00, 12:00, 18:00. Porem ter validade de 12 ou 24 horas. Quando de: 12h, nacional ou domestico; 24h, inernacional.

    BECMG O que vier aps cancela a informao anterior e passa a vigorar o que vem aps.

    TEMPO Temporrio. Aps o trmino do tempo, retornar ao BECMG mais recente.

    PROB Probabilidade de acontecer.

    TAF Terminal rea Forecast ( Previso de rea terminal).

    CMA

    Trmino

    091500 091818

    0915 09 1800 18Dia Hora

    Inicio

    TAF SBSP Z

    TAF SBSP Z

    091500 091818 33010 3000 010 070 2123 6000005 020

    091500 091818 33010 3000 010 0 270 6000

    005 0

    2

    20

    1 3Became horario

    Mudando

    TAF SBSP Z Kt BR SCT BKN BECMGBKN OVC

    TAF SBSP Z Kt BR SCT BKN

    BKN O

    B G

    VC

    ECM

    091500 091818 33010 3000 010 070 010427010 45 1500 008 020 080

    091500 091818 33010 01043000 010 070

    27010 45 1500 008 020

    horario

    Temporario entre

    TAF SBSP Z Kt BR SCT BKN TEMPOG Kt TSRA SCT FEW CB OVC

    TAF SBSP Z Kt BR SCT BKN

    G Kt TSRA

    TEM

    SCT FE

    O

    W

    P

    +

    + 080CB OVC

    %

    Probabilidade

    091500 091818 33010 3000 010 070 40 060900000 0500 001

    091500 091818 33010 3000 010 070

    00000 0500 001

    40 0609horario

    entre

    TAF SBSP Z Kt BR SCT BKN PROBKt FG VV

    TAF SBSP Z Kt BR SCT BKN

    Kt F

    B

    G VV

    PRO

    A Partir de /

    091500 091818 33010 3000 010 070 102009010

    091500 091818 33010 3000 010 070

    0901

    0

    0

    1 20From horario

    Hora MinutoF

    TAF SBSP Z Kt BR SCT BKN FMKt CAVOK

    TAF SBSP Z MKt BR SCT BKN

    Kt CAVOK

  • 42

    FM (fron) A partir de.

    SIGWX

    RAFC 4x ao dia (00:00, 06:00, 12:00, 18:00). Validade de 6 horas (3 horas antes e 3 horas aps).

    SFC / FL250 = Superfcie; FL250 / FL450 = Superior a 25000Ft.

    temperatura mxima prev. temper

    091500 091818 33010 3000 010 070 10201416 8000 30/19 05/10

    091500 091818 33010 3000 010 0

    30 /1

    70 1020

    1416 80 9 0500hora

    TAF SBSP Z Kt BR SCT BKN FMBECMG NSN TX Z TN Z XYXTAF SBSP Z Kt BR SCT BKN FM

    BECMG N X Z TNSN T

    =

    atura mnima prev. ass.de quem confecc. fechamento da mensagem

    /10hora

    Z XYX =

    Linhas de vieira, so as curvaturas que formam a nuvem.

    Tudo que estiver dentro das linhas vale para toda a regio

    dentro delas.

    100030

    topo

    base

    100030

    topo

    base

    BKN

    CUSC

    ISOL Isolada

    XXX Indica que o topo ultrapassa 25000ft

  • 43

    INFORMAES TEIS PARA AJUD-LO A COMPREENDER MELHOR AS CARTAS PROGNOSTICADAS

    SMBOLOS DE TEMPO SIGNIFICATIVO

    Trovoada Chuvisco

    Ciclone Tropical Chuva

    Linha de Instabilidade Forte* Neve

    Turbulncia Moderada Pancada

    Turbulncia Forte Neve Levantada pelo Vento

    Ondas Orogrficas Nvoa Forte de Areia ou Poeira

    Formao de Gelo Moderada Tempestade de Areia ou Poeira

    Formao de Gelo Forte Nvoa Seca

    Nevoeiro Nvoa mida

    Granizo Fumaa

    Erupo Vulcnica** Precipitao Congelante***

    Nuvem de Cinzas Visvel

    * Na documentao para vo acima do FL100, este smbolo refere-se a "LINHA DE INSTABILIDADE".

    ** As seguintes informaes referentes ao smbolo devero ser includas em um canto da carta: - Erupo vulcnica (Volcanic eruption) - Nome do vulco (se conhecido) - Latitude/longitude - Data e hora da primeira erupo (se conhecidas) - Verificar SIGMET para cinzas vulcnicas (Check SIGMET for volcanic ash)

    *** Este smbolo no se refere formao de gelo devido a precipitao que entra em contato com a aeronave, quando esta se encontra sob temperaturas muito baixas.

  • 44

    TIPO DE NUVENS

    CI - Cirrus NS - Nimbostratus CC - Cirrocumulos SC - Stratocumulos CS - Cirrostratus ST - Stratus AC - Altocumulos CU* - Cmulos AS - Altostratus CB - Cumulonimbus

    * TCU - Cmulos de grande desenvolvimento vertical

    LYR - Camada ou em camadas (em vez do tipo de nuvens, ou juntamente com ele)

    QUANTIDADE DE NUVENS

    - Nuvens, exceto CB:

    SKC - cu claro FEW - pouco (1 a 2 oitavos) SCT - esparso (3 a 4 oitavos) BKN - nublado (5 a 7 oitavos) OVC - encoberto (8 oitavos)

    - Apenas para CB:

    ISOL - CB individuais (isolados) OCNL - CB bem separados (ocasionais) FRQ - CB com pequena ou sem separao

    (freqentes) EMBD - CB embutidos em camadas de outras

    nuvens ou encoberto por nvoa seca (embutido)

  • 45

    SMBOLOS

    Frente Fria superfcie Posio, Velocidade e Nvel do Vento Mximo

    Frente Quente superfcie Linha de Convergncia

    Frente Oclusa superfcie Nvel de Congelao

    Frente Semi-Estacionria superfcie Zona de Convergncia Intertropical

    Altura mxima da Tropopausa Estado do Mar

    Altura mnima da Tropopausa Temperatura da superfcie do Mar

    Nvel de Tropopausa Radioatividade

    REPRESENTAO DA CORRENTE DE JATO Vento com velocidade menor que 120kt

    Vento com velocidade de 120kt ou mais

    Interpretao do exemplo de corrente de jato com velocidade de 120 kt ou mais:

    FL300 = 30.000 ft = Nvel do vento mximo (150 kt); + 010 = + 1.000 ft = espessura acima do FL300 em que o vento se reduz a 80 kt; - 008 = - 800 ft = espessura abaixo do FL300 em que o vento se reduz a 80 kt. ou seja, nvel superior com 80 kt: FL300 + 010 = FL310 e nvel inferior com 80 kt: FL300 008 = FL292 .

  • 46

    CENTROS DE PRESSO

    X - posio dos centros de presso, dados em hPa.

    L - centro de baixa presso.

    H - centro de alta presso.

    WIND ALOF 2x ao dia (00:00, 12:00). Validade de 12 horas.

    Para cada nvel teremos uma carta especifica.

    INFORMAES TEIS PARA INTERPRETAO DAS CARTAS DE VENTO INFORMAES TEIS PARA INTERPRETAO DAS CARTAS DE VENTO INFORMAES TEIS PARA INTERPRETAO DAS CARTAS DE VENTO INFORMAES TEIS PARA INTERPRETAO DAS CARTAS DE VENTO

    DIREODIREODIREODIREO DO VENTO DO VENTO DO VENTO DO VENTO

    representada por hastes de seta na direo da qual o vento est soprando

    Exemplo: vento com direo de 360 graus (norte).

    Exemplo: vento com direo de 090 graus (este).

    Exemplo: vento com direo de 180 graus (sul).

  • 47

    Exemplo: vento com direo de 270 graus (oeste).

    VELOCIDADE DO VENTOVELOCIDADE DO VENTOVELOCIDADE DO VENTOVELOCIDADE DO VENTO

    A velocidade do vento representada por rebarbas e flmulas cheias.

    Uma rebarba completa representa 10 ns; meia rebarba representa 5 ns; uma flmula representa 50 ns.

    TABELA DE PLOTAGEM DA VELOCIDADE DO VENTOTABELA DE PLOTAGEM DA VELOCIDADE DO VENTOTABELA DE PLOTAGEM DA VELOCIDADE DO VENTOTABELA DE PLOTAGEM DA VELOCIDADE DO VENTO

    Velocidade em m/s Velocidade em ns (Kt) 0,5 - 1 1 - 2

    1,5 - 3,5 3 - 7

    4 - 6 8 - 12

    6,5 - 8,5 13 - 17

    9 - 11 18

    - 22

    11,5 - 13,5 23 - 27

    14 - 16 28 - 32

    16,5 - 18,5 33 - 37

    19 - 21 38 - 42

    21,5 - 23,5 43 - 47

  • 48

    24 - 26 48 - 52

    26,5 - 28,5 53 - 57

    29 - 31 58 - 62

    31,5 - 33,5 63 - 67

    34 - 36 68 - 72

    36,5 - 38,5 73 - 77

    39 - 41 78 - 82

    41,5 - 43,5 83 - 87

    44 - 46 88 - 92

    46,5 - 48,5 93 - 97

    49 - 51 98 - 102

    51,5 - 53,5 103 - 107

    TEMPERATURATEMPERATURATEMPERATURATEMPERATURA

    A temperatura, em graus Celsius, plotada acompanhada do sinal (+) quando positiva e sem o sinal, quando negativa; referindo-se ao nvel de vo (FL) da respectiva carta e ao ponto geogrfico no qual est plotado.