Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

of 22 /22
QUARTA-FEIRA MACEIÓ - ALAGOAS 22 DE OUTUBRO DE 2014 N 0 2178 R$ 2,00 tribunahoje.com INDEPENDENTE EXEMPLAR DO ASSINANTE Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em áreas isoladas Mínima 20º Máxima 29º TEMPO MARÉS FINANÇAS 02:26 2.0 08:43 0.3 14:45 2.0 20:53 0.3 POUPANÇA: 0,6083s% DÓLAR COMERCIAL R$ 2,47 R$ 2,47 DÓLAR PARALELO R$ 2,35 R$ 2,65 OURO: R$ 99,45 SECOM AL / NENO CANUTO ADAILSON CALHEIROS SECOM PMM VILELA transmitiu orientações aos seus secretários sobre como quer que seja feita a transição do seu governo para o de Renan Filho APERTANDO O CINTO CÉLIA ROCHA REDUZ EM 40% OS SALÁRIOS DELA E DOS SECRETÁRIOS Em crise com os servidores da saúde, a prefeita Célia Rocha anunciou ontem que a partir de novembro os secre- tários municipais terão seus salários reduzidos em 40%. A medida, que é extensiva a ela própria e ao vice-prefeito Yale Fernandes, pretende demons- trar que Célia está “apertando o cinto” e reduzindo despesas. PÁGINA 4 BOLSA FAMÍLIA TRE PROÍBE CONVOCAÇÃO DE BENEFICIÁRIOS ATÉ DIA DA ELEIÇÃO PÁGINA 3 PRECONCEITO COLUNISTA QUER ALAGOANOS FORA DAS ELEIÇÕES POR FALTA DE ‘QUORUM ALFABETIZADO’ O colunista social Anderson Magalhães, do jor- nal Diário de Mogi das Cruzes (SP), sugeriu que os Estados de Alagoas, Maranhão e Piauí não constassem domingo como cenário eleitoral por não possuírem “quórum de eleitores alfabetiza- dos”, que segundo ele não sabem votar. PÁGINA 7 Vilela encaminha à ALE projeto de lei para transição de governo COM O OBJETIVO DE FACILITAR O REPASSE DE INFORMAÇÕES AO PRÓXIMO GOVERNO, QUE TERÁ RENAN FILHO À FRENTE, O GOVERNADOR TEOTONIO VILELA ENCAMINHOU ONTEM À ASSEMBLEIA LEGISLATIVA UM PROJETO DE LEI RELATIVO À EQUIPE DE TRANSIÇÃO. O EXECUTIVO ESPERA REALIZÁ-LA DE FORMA TRANSPARENTE E AJUDAR NA GOVERNABILIDADE DO PRÓXIMO GESTOR. O PROJETO DE LEI PREVÊ QUE A COMISSÃO DE TRANSIÇÃO SERÁ INSTITUÍDA POR ATO DO PODER EXECUTIVO EM ATÉ 15 DIAS. PÁGINA 2 BARRAGEM MÓVEL PREFEITURA USA EQUIPAMENTO ESPECIAL PARA LIMPAR CANAIS Equipamento especial para limpeza de riachos e canais, chamado barragem móvel, foi instalado no Canal do Raminho, na Vila Brejal, e Riacho do Salgadinho para reduzir a sujeira em mananciais e evitar que causem inundações e alagamentos. PÁGINA 11 DESENVOLVIMENTO INDÚSTRIA PORTOBELLO SERÁ INAUGURADA ATÉ DEZEMBRO Executivos da Cerâmica Portobello, empresa catarinense especializada em revestimentos, se reuniram com o governador Teotônio Vilela para tratar do cronograma de inauguração da indústria no Polo de Marechal Deodoro. Com investimentos de R$ 200 milhões, a fábrica está prevista para ser inaugurada em dezembro deste ano. PÁGINA 11 IMPROBIDADE JOÃOZINHO PEREIRA E ADEILSON BEZERRA SOFREM CONDENAÇÕES O deputado Joãozinho Pereira foi condenado por improbidade administrativa na época em que era prefeito de Teotônio Vilela. O parlamentar garante que irá recorrer. Quem também foi alvo condena- do foi o secretário do PRTB, Adeilson Bezerra, no Tribunal Regional Eleitoral. PÁGINAS 2 e 3 UTI NEONATAL HU E SANTA MÔNICA VOLTAM A APRESENTAR SUPERLOTAÇÃO A UTI Neonatal do Hospital Universitário, que abriga também a Maternidade Santa Mônica, voltou a apresentar superlotação com 28 bebês, quando a capacidade é para 15 no local destinado à materni- dade, e 18 na Unidade de Cuidados Intermediários, onde a capacidade é de 10 bebês para o HU. PÁGINA 10 PARTURIENTES foram instaladas em camas improvisadas nos corredores da maternidade

Embed Size (px)

description

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Transcript of Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

Page 1: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

QUARTA-FEIRA

MACEIÓ - ALAGOAS 22 DE OUTUBRO DE 2014

N0 2178

R$ 2,00 tribunahoje.comINDEPENDENTE

EXEMPLAR DOASSINANTE

Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas

em áreas isoladas

Mínima

20ºMáxima

29ºTEMPO MARÉS FINANÇAS02:26 2.008:43 0.3

14:45 2.020:53 0.3

POUPANÇA: 0,6083s%

DÓLAR COMERCIALR$ 2,47 R$ 2,47

DÓLAR PARALELOR$ 2,35 R$ 2,65

OURO:R$ 99,45

SECOM AL / NENO CANUTO

ADAILSON CALHEIROS

SECOM PMM

VILELA transmitiu orientações aos seus secretários sobre como quer que seja feita a transição do seu governo para o de Renan Filho

APERTANDO O CINTOCÉLIA ROCHA REDUZ EM 40% OS SALÁRIOS DELA

E DOS SECRETÁRIOS Em crise com os servidores da saúde, a prefeita Célia

Rocha anunciou ontem que a partir de novembro os secre-tários municipais terão seus

salários reduzidos em 40%. A medida, que é extensiva a ela própria e ao vice-prefeito Yale Fernandes, pretende demons-trar que Célia está “apertando o cinto” e reduzindo despesas.

PÁGINA 4

BOLSA FAMÍLIATRE PROÍBE CONVOCAÇÃO DE

BENEFICIÁRIOS ATÉ DIA DA ELEIÇÃOPÁGINA 3

PRECONCEITO

COLUNISTA QUER ALAGOANOSFORA DAS ELEIÇÕES POR FALTA

DE ‘QUORUM ALFABETIZADO’ O colunista social Anderson Magalhães, do jor-nal Diário de Mogi das Cruzes (SP), sugeriu que os Estados de Alagoas, Maranhão e Piauí não constassem domingo como cenário eleitoral por não possuírem “quórum de eleitores alfabetiza-

dos”, que segundo ele não sabem votar. PÁGINA 7

Vilela encaminha à ALE projeto de lei para transição de governo

COM O OBJETIVO DE FACILITAR O REPASSE DE INFORMAÇÕES AO PRÓXIMO GOVERNO, QUE TERÁ RENAN FILHO À FRENTE, O GOVERNADOR TEOTONIO VILELA ENCAMINHOU ONTEM À ASSEMBLEIA LEGISLATIVA UM PROJETO DE LEI RELATIVO À EQUIPE DE TRANSIÇÃO. O EXECUTIVO

ESPERA REALIZÁ-LA DE FORMA TRANSPARENTE E AJUDAR NA GOVERNABILIDADE DO PRÓXIMO GESTOR. O PROJETO DE LEI PREVÊ QUE A COMISSÃO DE TRANSIÇÃO SERÁ INSTITUÍDA POR ATO DO PODER EXECUTIVO EM ATÉ 15 DIAS. PÁGINA 2

BARRAGEM MÓVEL

PREFEITURA USA EQUIPAMENTO ESPECIAL PARA LIMPAR CANAIS

Equipamento especial para limpeza de riachos e canais, chamado barragem móvel, foi instalado

no Canal do Raminho, na Vila Brejal, e Riacho do Salgadinho para reduzir a sujeira em mananciais e evitar que causem inundações e alagamentos.

PÁGINA 11

DESENVOLVIMENTO

INDÚSTRIA PORTOBELLO SERÁ INAUGURADA ATÉ DEZEMBRO

Executivos da Cerâmica Portobello, empresa catarinense especializada em revestimentos, se reuniram com o governador Teotônio Vilela para

tratar do cronograma de inauguração da indústria no Polo de Marechal Deodoro. Com investimentos

de R$ 200 milhões, a fábrica está prevista para ser inaugurada em dezembro deste ano.

PÁGINA 11

IMPROBIDADE

JOÃOZINHO PEREIRA E ADEILSON BEZERRA SOFREM CONDENAÇÕESO deputado Joãozinho Pereira foi condenado por improbidade administrativa na época em que era prefeito de Teotônio Vilela. O parlamentar garante que irá recorrer. Quem também foi alvo condena-do foi o secretário do PRTB, Adeilson Bezerra, no

Tribunal Regional Eleitoral. PÁGINAS 2 e 3

UTI NEONATALHU E SANTA MÔNICA

VOLTAM A APRESENTAR SUPERLOTAÇÃO

A UTI Neonatal do Hospital Universitário, que abriga também a Maternidade Santa Mônica, voltou a

apresentar superlotação com 28 bebês, quando a capacidade é para 15 no local destinado à materni-dade, e 18 na Unidade de Cuidados Intermediários,

onde a capacidade é de 10 bebês para o HU.

PÁGINA 10 PARTURIENTES foram instaladas em camas improvisadas nos corredores da maternidade

Page 2: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

PolíticaAassembleia aprova a criação de sete novos cargos de defensores públicos A Assembleia Legislativa Estadual aprovou ontem, por unanimidade, o Pro-jeto de Lei que cria sete novos cargos de defensores públicos de Alagoas, de autoria da própria Defensoria Pública. O presidente da Casa, Fernando Toledo (PSDB) convocou uma sessão extraordinária para aprovar o projeto que tinha caráter de urgência. “Fizemos a nossa parte tratando esse as-sunto com a urgência devida. Temos uma carência muito grande ainda, mas a criação de sete novos cargos de defensores já é um avanço”, disse.

ANDREZZA TAVARESREPÓRTER

O deputado estadual Joãozinho Pereira (PSDB), foi condenado pela Justiça Federal, por ato de impro-bidade administrativa, de-corrente da contratação 165 professores sem concurso público, pagando salários com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvi-mento do Ensino Funda-mental e de Valorização do Magistério, em Teotônio Vi-lela, no ano de 2005, quando

era prefeito. O parlamentar disse que vai recorrer da decisão do juiz Raimundo Alves de Campos Júnior, da 13ª Vara de Alagoas. A denúncia foi feita pelo Mi-nistério Público Federal em Alagoas (MPF/AL).

“Decisão da Justiça, é decisão da Justiça e a gen-te não vai discutir, a gente recorre com provas concre-tas e incontestes para que-possamos buscar a absol-vição”, declarou Joãozinho Pereira, salientando que o magistrado não ouviu as

testemunhas como profes-sores, alunos e a secretá-ria de Educação da época. “Mas, para isso, existe as outras instâncias, e a gente vai aguardar com atenção e cautela”, acrescentou.

O parlamentar explicou que durante seus oito anos de mandato à frente da pre-feitura de Teotônio Vilela, realizou três concursos pú-blicos, e que a decisão diz que apenas um certame foi feito. “Fiz concurso, mas se o número de pessoas apro-vadas não foi suficiente para

preencher as vagas oferta-das, eu tive que contratar. Não me arrependo um só milímetro do que eu fiz em Teotônio Vilela. Quantos prefeitos estão contratando? Se fizer um levantamento hoje, em cada prefeitura tem de 30% a 40% de funcionário contratado, então todo mun-do tá errado”, ressaltou.

Joãozinho foi condenado a pagar multa civil de R$ 30 mil, além de ter seus direi-tos políticos suspensos por de três anos. A multa ainda será atualizada.

SANDRO LIMA

DIVULGAÇÃO

Teotonio Vilela encaminhou as normas de transição para a ALE

Inácio Loiola trouxe novamente o tema sobre o rio para debate

EDITORIA DE POLÍTICA

O governador Teotonio Viela Filho encamin-hou à Assembleia

Legislativa (ALE) o projeto de Lei que estabelece nor-mas para a transição do governo. A iniciativa é con-siderada pelo Executivo e tem como objetivo fortalecer os princípios republicanos, aprimorar a democracia e ajudar na governabilidade dos gestores subsequentes, realizando uma transição transparente. A mensagem que encaminha o projeto de Lei foi publicada no Diário Oficial do Estado de ontem.

De acordo com o secretá-rio-chefe do Gabinete Civil, Álvaro Antônio Machado, esta iniciativa é de grande importância para continui-dade na execução de ações importantes pra sociedade alagoana. “É uma iniciati-va pioneira do governador Teotonio Vilela Filho que vem aprimorar o exercício da nossa democracia e for-talecer os princípios repu-blicanos. Uma transição transparente e colaborativa é essencial para que a so-

ciedade não sofra com even-tuais paralisações de ações e serviços por conta da mu-dança de governo”, afirmou o secretário.

O governo pretende com esta medida a cada mudan-ça de gestão governamental, de uma Comissão de Tran-sição que tenha a atribuição de transmitir e receber to-dos os dados e informações acerca do funcionamento dos órgãos e das entidades da Administração Pública Estadual. Essa comissão de-verá ser formada por inte-grantes do governo em exer-cício e por pessoas indicadas pelo candidato eleito para o cargo de governador.

A representação do go-verno em exercício deverá seguir a composição de uma coordenação-geral, oito coor-denadorias setoriais, sendo uma para cada grupo te-mático e quatro assessorias (administrativa, técnica, de comunicação e jurídica). O projeto ainda relata que o governo em exercício deve indicar, dentre os atuais servidores, aqueles que de-vem ocupar as funções.

O Rio São Francisco está sofrendo a maior seca da his-tória, com uma vazão abaixo de 1.000m³/s. Esse volume deve cair ainda mais com o reflexo da falta de água na principal nascente Serra da Canastra, em Minas Gerais, causando prejuízos e trans-tornos à economia e à comu-nidade dos municípios si-tuados à beira-mar do Velho Chico, incluindo, a região estuária na divisa Alagoas--Sergipe, declarou o depu-tado estadual Inácio Loiola (PSB), em discurso contun-dente, ontem no plenário da Assembleia Legislativa

O pior ainda está por vir, pois, a média da chuva está abaixo dos últimos registros históricos. Tal realidade está afetando a geração de energia nas barragens abas-tecidas pelo rio São Fran-cisco. Exemplo: a barragem de Sobradinho, que controla vazão, está com 13% da ca-pacidade, o que, por tabela, compromete a geração de energia nas hidrelétricas de

Itaparica, Complexo Paulo Afonso e Xingó.

Se não bastasse a pro-blemática energética, a seca que atinge o Estado de Minas, está afetando diretamente as famílias ri-beirinhas que residem nas cidades à beira do Velho Chico e sobrevivem da pes-ca. “A situação é gravíssima. Está mais do que na hora de reforçar nossa posição con-tra a transposição do rio São Francisco, e cobrar a tão almejada revitalização do Velho Chico do Governo Federal para dar sustenta-bilidade e garantir a água para o consumo humano e animal”.

DEFESAO deputado Inácio Loiola

sempre tem saído em defesa em defesa do Rio São Fran-cisco nas sessões da ALE. O parlamentar é conhece-dor da história e sempre que pode traz o tema para a discussão entre os deputa-dos estaduais, que sempre o aparteiam.

JUSTIÇA FEDERAL

Deputado vai recorrer de condenação

TRANSPOSIÇÃO

Inácio fala sobre a seca no Rio São Francisco

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014POLÍTICA2

ALE recebe projeto sobre transiçãoGovernador considera a iniciativa do Executivo como pioneira para contribuir com as informações para Renan Filho

Um festival de dossiês

Vídeo, áudios, foto em atitude suspeita – vale tudo na reta final de campanha na tentativa de derrubar adversários nas urnas. Pelo menos três casos vieram à tona nos últimos dias, e podem causar

estrago na candidatura de candidatos a governo. Material guardado há tempos. No Pará, vazou áudio de 2011 da filha do governador Simão Jatene com curioso interesse nas empresas devedoras do Estado. No Amazonas, o áudio de um secretário do governador José Mello nego-ciando votos com o maior traficante; e no Amapá, um vídeo do governa-dor Camilo Capiberibe com suposta propina.

Te prepareO PT não fica atrás. Há fortes indícios de que prepara uma bomba con-tra Aécio Neves para ser solta até sexta-feira. A conferir.

Listinha No Pará, o MP e a Assembleia vão investigar por que Izabela Jatene queria a lista das 300 maiores devedoras do Estado. Ela foi pega sem querer num grampo da Polícia.

Pacotinhos No AP, o vídeo de Capiberibe não tem áudio, é de quando deputado estadual. Não há provas de que recebe dinheiro, mas ele guarda apres-sado dois pacotes numa bolsa.

Jornalista assassinadoO jornalista Pablo Medina, do ABC Color, e sua assistente foram assas-sinados com vários tiros na província de Canindeyú, Norte do Paraguai, na sexta. Eles retornavam de uma aldeia indígena. A região é conhecida por plantações de pés de maconha e por atuação do EPP – Exército do Povo Paraguaio. A Polícia suspeita da milícia.

EPP, braço fajutoO EPP, um genérico fajuto das FARC colombianas, há oito meses sequestrou o jovem brasileiro Arlan Fick, filho de colonos brasileiros com fazenda na região. O resgate de US$ 500 mil foi pago mas a vítima nun-ca mais foi vista. Dois líderes do EPP ganharam asilo no Brasil durante o governo Lula, e aqui vivem, apesar dos apelos do Paraguai.

Ligações perigosasOs serviços secretos do Brasil e Paraguai já sabem que o EPP é associado a criminosos da Bolívia e Brasil. A Polícia Nacional paraguaia suspeita da atuação do EPP com o PCC brasileiro há muito tempo.

Lixão em livroO livro Tião do lixão ao Oscar será lançado dia 30 na Travessa de Bota-fogo. É a autobiografia do protagonista do documentário Lixo Extraordi-nário, de Vik Muniz.

Sobrevida Após ser notificado com ordem de despejo para o último sábado (18), o AeroClube do Brasil conseguiu um recurso no TRF em cima da hora contra a Infraero.

Leitore$Um governo que deixa o Palácio terá de explicar muita coisa para o adversário que entra. Vão sobrar auditorias. A gestão há dois mandatos mantém 18 mil assinaturas diárias de um jornal da família, que suposta-mente são distribuídos para órgãos.

MistérioA maioria dos Bancos utiliza softwares de segurança para garantir a integridade das operações feitas pela internet. Também é fato que os bancos informam ao usuário que irá instalar os plugins de segurança no navegador , mas o Itaú atropelou seus clientes.

Sem avisoClientes do internet bank do Itaú têm reclamado em fóruns online da instalação, sem aviso e automática, de um aplicativo chamado Warsaw. Curiosamente é da americana Diebold, fabricante das urnas eletrônicas. Questionam assim a privacidade do usuário.

Tá bom..Em resposta, a fabricante apenas informa que ‘Esse software faz parte da solução de segurança aprovada, homologada e adotada pelas instituições financeiras que são clientes da GAS Tecnologia / Diebold’. E manda procurarem o banco..

Os vicesO eleitor do DF está confuso com opções de vices, que são escondi-dos pelos candidatos a governador. Flávia Arruda, na chapa de Frejat (PROS), esposa do ex-governador José Roberto, não tem experiência nenhuma em política e era personal trainer.

Na moita O vice de Rollemberg (PSB), Renato Santana, é servidor público com bom patrimônio de R$ 621 mil, e investigado no TCU por suspeita em fraude em licitação.

GafeRollemberg cometeu gafe num debate na TV. Disse que Frejat, com idade avançada, está ‘no fim da vida’. Foi o mote para o adversário dizer que ele ataca a terceira idade.

CorreçõesAo contrário do publicado ontem, o governador Beto Richa venceu em 299 de 357 cidades no Paraná. E a estudante do ProUni aguarda ser nomeada Defensora Pública do Estado do Tocantins, não como Procu-radora do Rio.

Com Equipe DF, SP e Nordestewww.colunaesplanada.com.brcontato@colunaesplanada.com.brTwitter @leandromazzini

TRIBUNAINDEPENDENTE

ESPLANADALEANDRO MAZZINI - [email protected]

Page 3: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

APÓS DOIS ANOSFernando Maciel faz última sessão hojeHoje é a última sessão do desembargador eleitoral Fernando Maciel do Tribunal Regional Eleitoral, depois de 2 anos atuação. Ele assumiu a vaga decorrente do término do segundo mandato do também advogado Francisco Malaquias de Almeida Júnior. Antes da escolha ser feita pela presidente Dilma, a lista foi encaminhada ao TRE/AL, pelo TJ/AL, e depois ao TSE, que analisou se os can-didatos atendiam aos requisitos necessários à habilitação, entre eles, a atuação na Justiça.

RETIRADODudu Hollanda não foi julgado pelo TJ/ALA defesa do deputado estadual Dudu Hollanda (PSD) também pediu a retirada de pauta do processo a pedido da defesa. O relator do processo, o desem-bargador Sebastião Costa Filho atendeu ao pedido da defesa, solicitando que fosse intimada a Defensoria Pública do Estado, para fazer a defesa do depu-tado, caso a defesa contratada não compareça novamente no próximo julgamento. O Pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas deve julgar a ação na próxima sessão ordinária.

A direita ressuscitada

De Altamir Tojal, jornalista e escritor, no blog “estemundopossível”: “Tem sido recorrente nesta campanha eleitoral o apelo de parti-dários do PT à indulgência à corrupção no governo em nome de

programas sociais e o repúdio às críticas à presidente Dilma em nome de seu passado na resistência à ditadura. Talvez algumas pessoas se surpreendam ao saber que participei da luta contra a ditadura, fui preso e torturado no DOI-CODI. Procuro ser discreto em relação a isso, embora não me envergonhe nem me arrependa de minhas posições e ações políticas. O fato de ter sido preso, torturado, vigiado e perseguido na di-tadura não me torna melhor que ninguém nem me dá nenhuma autorida-de. Mas essa experiência me ensinou que não se deve tratar adversários políticos como inimigos nem usar técnicas goebbelslianas contra oposi-tores, repetindo milhões de vezes mentiras com o propósito de transfor-má-las em verdades. Pela mesma razão, considero vergonhoso o uso de slogans e discursos de justiça social para justificar o assalto ao estado e ao povo, das bilionárias transações na Petrobras aos desvios de dinheiro da merenda das crianças e do remédio dos hospitais. Seja qual for o resultado desta eleição, a indigência argumentativa do petismo rema-nescente deixa um grande saldo de mistificação e rancor. É o resultado da divisão da sociedade em ‘nós e eles’, da desmoralização da política, da mercenarização da militância, da domesticação do movimento social, da transformação da corrupção em política de governo, da demonização dos adversários e desse projeto de “Reich de mil anos”, entre tantas outras perversões e contrafações.”

Agora é tardePessoas que participaram mais diretamente da curta campanha de Edu-ardo Tavares ao governo, pelo PSDB, lamentam que ele tenha desistido dois meses antes da eleição. Na época ele tinha, em pesquisas internas, 16% de intenções de voto e, segundo a turma do marketing, enormes chances de chegar ao 2º turno.

MotivosPelas avaliações dos tucanos, E.T. cresceria na reta final, captando boa parte do eleitor indeciso e daqueles que não queriam votar nem em Re-nan Filho nem em Benedito de Lira. Mas nem os prognósticos otimistas o convenceram. E a razão (muito séria) da sua desistência talvez nunca chegue ao domínio público.

AparênciaO governador Téo Vilela (PSDB) e seu vice, José Thomaz Nonô, presi-dente do DEM/AL, demonstram reaproximação política por uma eventu-alidade - o apoio a Aécio Neves no segundo turno. Mas não é segredo para ninguém que Nonô está magoado, desde quando foi preterido por Téo na escolha do seu sucessor.

Em açãoTéo Vilela entrega hoje mais uma obra na reta final da sua gestão: a estação de captação de água da Casal, em Água Branca, que integra a Adutora do Alto Sertão ao Canal do Sertão. O sistema produz 270 mil litros de água por hora e beneficia 90 mil pessoas nos municípios de Pariconha, Água Branca, Inhapi, Mata Grande e Canapi.

Bem feitoA Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas, desembargadora Elizabeth Carvalho Nascimento, foi contundente na decisão de acabar com a manipulação política do Bolsa Família. Simplesmente proibiu que, até domingo, 26, prefeito ou quem quer que seja convoque reunião de beneficiários do programa.

CapacitaçãoA convite da Samsung, e indicados pelo Departamento Nacional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, o gestor do Núcleo de Tec-nologia Multimídia do Senai/ Alagoas, Robert Knowles, e o coordenador de Programação, Marcelo Strehl, participam até hoje, na Coreia do Sul, de especialização em técnicas e processos de TI.

OpiniãoDo jornalista Ricardo Noblat, em seu blog: “Até hoje, o PT, Lula e Dilma não admitem que corromperam a política mais do que ela já fora cor-rompida. Isso significa que se ganharem a eleição do próximo domingo continuarão agindo como de hábito. Afinal, se os eleitores não mudam com eles por que eles devem mudar?”

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014 POLÍTICA 3 TRIBUNAINDEPENDENTE

* A Associação dos Procuradores de Alagoas comunica o falecimento de Clayton Torres de Souza, pai do associado Márcio Guedes de Souza (que também é jornalista e advogado). O sepultamento será hoje, 9 horas, no cemitério Parque das Flores.

* A Prefeitura de Maceió seguiu o governo estadual e antecipou para a próxima 2a feira, 27, o Dia do Servidor Público, normalmente come-morado dia 28. Com isso, não haverá expediente nas repartições e o funcionalismo ganha um final de semana prolongado.

* O advogado Fernando Maciel participa hoje, pela última vez, como desembargador eleitoral, de sessão do TRE/AL, que começa às 14 ho-ras, no auditório pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas. Ele aproveitará para prestar contas do mandato.

* Agricultores familiares assentados em Delmiro Gouveia conhecerão hoje, às 9 horas, os primeiros projetos de abastecimento com água do Canal do Sertão elaborados pela Codevasf. Eduardo Motta, diretor da Codevasf, explicará os projetos.

* A Faculdade de Serviço Social da Ufal promove hoje, às 8h30m, no seu auditório, a primeira fase do debate “Violência: das raízes aos desafios para seu enfrentamento na contemporaneidade”. Participação deJosé Cláudio Souza Alves, da USP.

* O show ‘Alagoando’, com Jan Claudio e Eduardo Proffa, do “Nó na Garganta”, e a Orquestra de Cordas Caetés, são atrações de hoje do projeto “Teatro Deodoro é o Maior Barato”. Às 19 horas, no Teatro Deo-doro. Ingresso a R$ 10,00.

* O CSA, que ganhou o primeiro jogo, domingo passado, no Mutange, por 2x1, joga hoje pelo empate, contra o CRB, para ser campeão alagoa-no categoria Sub-17 deste ano. O jogo é às 14 horas, no Estádio Nelson Peixoto Feijó.

Os ataques são por terra (me-trô de SP), mar (Petrobras) e ar (aeroporto de MG). Já auditoria da dívida, melhorar Saúde e mobilidade, coisas concretas no chão brasileiro, nada...”CHICO ALENCARDeputado federal do PSol/RJ, sobre os embates entre Aécio Neves e Dilma Rousseff

FLAVIO GOMES DE BARROS - [email protected]

Conjuntura

MP Eleitoral vai investigar delato sobre Bolsa FamíliaDenúncia afirma que programa estava sendo usado com fins eleitoreiros em Campo Alegre e Paulo Jacinto

DALMO SANTANA

Defesa pede adiamento de julgamento O processo contra o pre-

feito de Piaçabuçu, Dalmo Santana Júnior (PSB) que deveria ter sido julgado on-tem pelo Pleno do Tribunal de Jutiça de Alagoas foi re-tirado de pauta a pedido da defesa.

A informação foi confir-mada pela assessoria do TJ/AL, que explicou que ele já está pautado para a próxima terça-feira, 28 de novembro.

Dalmo Santana foi fla-grado, pela Polícia Federal, no ano de 2010 portando ile-galmente uma arma de fogo calibre 380 com nove muni-

ções intactas, respondendo pelo crime de porte ilegal de arma.

Por ter foro privilegia-do o prefeito não foi preso, respondendo o processo em liberdade.

De acordo com um dos advogados do prefeito, Ru-bens Marcelo Pereira, o pe-dido para adiamento do jul-gamento aconteceu porque o advogado titular, Fábio Go-mes, está na cidade do Rio de Janeiro participando de um congresso.

Conforme Rubens a tese da defesa será de que o

prefeito estava de posse da arma para defesa pessoal.

“Inclusive a arma estava dentro do porta luva e não foi usada em nenhum mo-mento. Ela estava ali ape-nas para que ele se sentisse mais seguro já que estava sendo ameaçado”, explicou o advogado.

Ele falou ainda que as ameaças não foram feitas de forma velada, e estão nos autos.

“As ameaças foram gra-vas e estão presentes nos autos, por isso, a decisão de ter uma arma porque era

um Estado de necessidade diante de toda violência, que era muito grande, no pleito eleitoral”, argumentou Ru-bens.

O que a defesa espera é que haja absolvição, “até porque as ameaças estão comprovadas”, falou o advo-gado.

O prefeito informou à época que a região que ele administra é reduto político da família Beltrão e que no último pleito, em que foi ree-leito, a disputa com Djalma Beltrão, foi marcada por in-timidações e ameaças.(LM)

LUCIANA MARTINSREPÓRTER

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AL) suspendeu até o dia 26

de outubro qualquer tipo de convocação dos beneficiários do Programa Bolsa Família nos municípios alagoanos.

O motivo foi a denúncia recebida pela presidente do TRE, Elisabeth Carvalho, de que eleitores estariam sendo aliciados para votar no PT, caso contrário per-deriam o benefício oferecido pelo governo federal.

A denúncia foi encami-nhada ao Ministério Público Eleitoral ontem. O procura-dor Regional Eleitoral, Mar-cial Coêlho explicou que du-rante a realização da sessão,

a desembargadora Elisabe-th Carvalho, apresentou a denúncia ao Pleno do TRE que entendeu por suspender qualquer tipo de cadastro, reunião relativo ao Progra-ma Bolsa Família.

“Essa é uma decisão cau-telar que busca manter a transparência no pleito elei-toral”, comentou o procura-dor.

De acordo com ele, dois municípios alagoanos, Cam-po Alegre e Paulo Jacinto estavam usando o programa com fins eleitoreiros.

Marcial informou que em razão da gravidade, o Ministério Público Eleitoral vai orientar aos promotores para que imediatamente investiguem se nos demais municípios o programa tam-

bém tem sido utilizado com esse fim.

“Especificamente nas duas cidades citadas na de-núncia. Vamos saber com os promotores da cidade, o que realmente houve”, revelou o procurador.

Ele tranquiliza toda a população quanto ao paga-mento do benefício, que não será afetado.

“Essa suspensão é so-mente para reuniões, ou convocação dos beneficiá-rios, o pagamento do benefí-cio continuará acontece nor-malmente”, garantiu.

O procurador lembra ainda que a suspensão é de apenas uma semana, o que segundo ele, não traz qual-quer problema ao programa do governo federal.

SANDRO LIMA

Desembargadores eleitorais debateram o tema ontem durante a sessão no Tribunal Regional

CABE RECURSO

Secretário do PRTB é condenado

O secretário estadual do PRTB, Adeilson Bezerra foi condenado a 1 ano e 10 me-ses de pena de prisão por fal-sidade ideológica.

O pedido de condenação criminal foi de procedência da 17ª Zona Eleitoral, no município de São Luiz do Quitunde foi julgado duran-te a sessão de ontem do Tri-bunal Regional Eleitoral de Alagoas.

O relator do processo, desembargador eleitoral Al-berto Jorge explicou que a aplicação da pena depende de uma série de fatores e no caso, do secretário do parti-do, ela passou a ser restriti-va de direito.

“A condenação foi substi-tuída para prestação de ser-viço a comunidade durante 1 ano e 10 meses e também ao pagamento de 40 salários mínimos, que transformado em cifras corresponde R$ 28.960,00, a entidade públi-ca. Além disso, ele também pagará uma multa de 4 sa-lários mínimos (R$ 2.896,00)ao Fundo Penitenciário Na-cional”, revelou o desembar-gador.

Alberto Jorge explicou que a condenação de falsi-dade ideológica é que o do-cumento apresentado não é falso e sim o conteúdo dele.

O desembargador lembra ainda que durante esse pe-ríodo, o secretário estadual do PRTB terá seus direitos políticos suspenso. A decisão ainda cabe recurso ao Tribu-nal Superior Eleitoral.

Alberto Jorge diz ain-da que outro partidário, do qual não se recorda nome também foi condenado com a mesma pena, no entanto, a acusação foi de uso indevido desse documento.

SEM PARTICIPAÇÃODurante o pleito eleito-

ral deste ano, Adeilson Be-zerra trabalhou apenas nos bastidores, organizando a campanha dos seus correli-gionários.

A grande aposta do par-tido era a eleição para depu-tado federal do ex-prefeito de Maceió, Cícero Almeida (PRTB). Cícero foi eleito com 64.435 votos, e ocupou a oitava vaga para a bancada federal de Alagoas. (LM)

Page 4: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

Prefeita anuncia redução de salários em ArapiracaSecretários municipais, a própria prefeita e o vice terão redução de 40%

MARAGOGIMadeira assina ordem de serviço nesta 5ªAmanhã, em solenidade às 10h, o prefeito Henrique Madeira assinará a ordem de serviço dos 5 km de pavimentação asfáltica que contemplará a orla, os acessos e saídas, as praças centrais e o centro do município de Maragogi. O asfalto propor-cionará diminuição substancial da poeira, agilidade, desenvolvi-mento do comércio e turismo local, além da valorização dos imóveis. A obra que terá investimentos na ordem de R$ 1.750 milhão, provenientes do Ministério do Turismo.

Economia verde

A empresa de consultoria Dual Citizens divulgou ontem o Índice Global de Economias Verdes, referente a 2014. O relatório apresentou o Brasil na 18ª posição entre 60 nações avaliadas

pela performance na área da sustentabilidade, ficando atrás da Cos-ta Rica, do Peru e da Colômbia, e a frente do Reino Unido, Holanda e dos Estados Unidos. O Índice, que começou a ser publicado em 2010, utiliza 32 indicadores para medir a desempenho dos países analisados. Estes indicadores são divididos em quatro dimensões: liderança e mudanças climáticas; setores eficientes; mercados e investimento; e capital natural e ambiental. O relatório apresenta ain-da o ranking de percepção sobre o tema, captado por meio de uma pesquisa feita entre Julho e Agosto deste ano, com especialistas e pessoas que atuam na área em todos os continentes do mundo. No relatório o Brasil é citado como um país atrativo para investimen-tos nas áreas de tecnologias limpas e energias renováveis. Com a abundância em recursos naturais e o crescimento de seu poder econômico, o país poderia assumir uma liderança maior na promo-ção de um crescimento econômico mais sustentável, que permita o desenvolvimento futuro. Não é possível comparar os resultados deste ano com 2013, uma vez que foram incluídas agora 33 nações às 27 já analisadas. Mas no comentário específico sobre o Brasil, a consultoria observa que não houve grande alteração no desempe-nho do Brasil em relação ao período anterior.

Mais água no sertãoMarcada para ser inaugurada na manhã de hoje, a estação de captação de água da Companhia de Abastecimento e Saneamento de Alagoas (Casal) no Canal do Sertão. A inauguração acontece na comunidade Mosquita, em Água Branca, às 09h30, com a presença do governador Teotonio Vilela Filho, do Presidente da Casal, Álvaro Menezes e do Secretário de Estado

da Infraestrutura, Marcos Vital, além de diversas outras autoridades do Estado e da região.

Mais água no sertão 2O sistema, que vai integrar a Adutora do Alto Sertão ao Canal do Sertão, produz 270 mil litros de água por hora e vai beneficiar cerca de 90 mil pessoas dos povoados e municípios de Pariconha, Água Branca, Inhapi, Mata Grande e Canapi. Com esta vazão, houve um acréscimo de 67% no fornecimento de água para as localidades citadas. De acordo com o Presidente da Casal, trata-se de uma obra estratégica, uma vez que aproveita o potencial do Canal do Sertão, antes mesmo da sua conclusão, atendendo comunidades rurais e urbanas que enfrentam dificuldade no abastecimento, sobretudo nos períodos de grande estiagem.

Vacina contra EbolaUma vacina contra o vírus Ebola começará a ser testada na África em Janeiro próximo, segundo anúncio feito pela Organização Mun-dial da Saúde (OMS). Até lá serão feitos os exames de segurança e capacidade de imunização de cada dose. Porém, as campanhas de vacinação, ainda levarão algum tempo para ocorrer. Estes testes começarão nos próximos dias em diversos países, e um carrega-mento de 800 doses ficarão estocadas na Suíça, para que possam ser levadas rapidamente para a África assim que os resultados forem positivos.

Vacina contra Ebola 2Segundo a OMS os primeiros a serem vacinados serão os profis-sionais de saúde da Libéria, da Guiné e Serra Leoa, seguido por familiares de pessoas infectadas. Além desta vacina, fabricada pela empresa GSK, outra vacina do governo canadense esta sendo tes-tada. A doença já infectou 9,2 mil pessoas e matou mais de 4,5 mil. Os especialistas acreditam que somente conseguirão “frear” a doen-ça se introduzirem a vacina. A OMS estima que a doença contamine mais de 10 mil pessoas por semana a partir de Dezembro.

Investigação do VaticanoPela primeira vez, o Padre Marcelo Rossi falou em público a respeito das investigações feitas pelo Vaticano há quase uma década sobre o seu comportamento, e reveladas recentemente pela imprensa. “Eu li. E não vi problema nenhum. Eu acho interessante que muitas pes-soas ficavam na dúvida e se perguntando: qual é a desse padre? ele quer aparecer? Qual é o seu objetivo? Mas acho que entenderam que até o papa Bento XVI me deu um prêmio de Evangelizador Mo-derno em 2010. Então acredito que houve o reconhecimento” disse Marcelo Rossi em um programa de televisão no final de semana.

Investigação do vaticano 2Há poucos dias foi noticiado que o Padre Marcelo teve seus passos, seus discos, livros, missas e aparições na TV, monitorados pelo Va-ticano, do fim dos anos 90 até quatro anos atrás. A investigação foi provocada por outro religioso brasileiro que acusava Rossi de culto ao personalismo, exibicionismo, de desvirtuar as práticas católicas e de transformar a missa em uma espécie de circo. O monitoramento foi feito pela Congregação para a Doutrina da Fé, liderada então pelo Cardeal Joseph Ratzinger, que mais tarde se tornaria o Papa Bento XVI.

• Hoje é dia do show “Alagoando” com musica e poesia no palco do Teatro Deodoro. O espetáculo reúne o “Nó na Garganta” um duo for-mado por Jean Claudio como cantor e Eduardo Proffa como poeta, com a participação da Orquestra de Cordas Caetés.

• O show se propõe a fazer um resgate de obras musicais e literá-rias de Alagoas e outras obras já consagradas de alcance interna-cional, e em um terceiro instante, mostra novos artistas, além de musicas e poesias autorais.

• O show traz ainda o que há de melhor na musicalidade alagoana, com artistas e músicos de primeira linha a exemplo de Basílio Sé, Elissa Maia, Embracanto. Gal Monteiro, Helga Soares, Herman Torres e Irina Costa.

• E ainda Júnior Almeida, Kel Monalisa, Luciana Guimarães, Myrna, Naldinho, Osman, Renata Peixoto, Roberto Barbosa, Toinho Antu-nes, Wilma Araújo e Wilson Miranda.

• O espetáculo “Alagoando” compõe a 15ª edição do projeto Teatro Deodoro é o Maior Barato, e tem inicio marcado para ás 19h com o ingresso naquele precinho: R$ 10 e R$ 5(a meia).

BARTOLOMEU DRESCH [email protected]

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014POLÍTICA4 TRIBUNAINDEPENDENTE

DIVULGAÇÃO

Célia Rocha anunciou ontem que a partir de novembro os salários dos secretários serão reduzidos

MICROEMPRESÁRIOS

Jequiá da Praia e Agência de Fomento realizam parceria

DIGITAL

Ministério Público Estadual não trabalhará com processos físicos

Os microempresários do município de Jequiá da Praia já podem adquirir as linhas de crédito oferecidas pela Agência de Fomento de Alagoas – Desenvolve. A ini-ciativa é uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Jequiá da Praia e a Agência de Fomento de Alagoas.

A partir desta terça-feira (21), uma agente de crédito estará no município uma vez por semana para auxi-liar os microempresários in-teressados em dar entrada no pedido de crédito. “Deci-dimos trazer os agentes de fomento para que os nossos microempresários possam conhecer essa oportunida-de de investimento em seus negócios. Além disso, para

quem não é formalizado, é um incentivo para se for-malizarem e também terem acesso ao crédito”, explicou o agente de desenvolvimen-to da Sala do Empreendedor de Jequiá da Praia, Ivonaldo Nascimento.

A primeira reunião para passar as orientações aos microempresários aconteceu na última quinta-feira (16), no auditório da Prefeitura. Mais de trinta interessados conheceram o funcionamen-to da Agência de Fomento e receberam informações so-bre as linhas de crédito dis-ponibilizadas e como devem ser usadas.

“Nós oferecemos crédito de mil a quinze mil reais para os microempresários

formalizados poder investir na empresa. Para adquirir as linhas de crédito, o empre-sário precisa nos apresentar os documentos da empresa, do solicitante e do avalista. Preenche um formulário e vai para avaliação. Em se-guida é liberado”, explicou a Agente de Fomento, Kelly Souto.

Ainda de acordo com Ke-lly Souto, com a presença de uma agente de crédito todas as terças-feiras, os microem-presários poderão dar entra-da no pedido de crédito ou esclarecer dúvidas. “É mais cômodo porque temos uma pessoa que vai chegar até eles. Assim eles não preci-sam se descolar até Maceió e resolvem tudo na cidade”.

O projeto de implantação do sistema de informatização do Ministério Público Esta-dual de Alagoas, o ‘MP Digi-tal’, será posto em prática até o dia 20 de dezembro deste ano.

A sua concretização vai colocar, definitivamente, o MPE/AL na era da tecnologia de ponta. Os recursos aplica-dos até agora ultrapassam a casa de R$ 8 milhões e são fru-to de créditos adquiridos pelo governo de Alagoas junto ao Banco Nacional de Desenvol-vimento Econômico e Social (BNDES), através da Caixa Econômica Federal (CEF), no

âmbito do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e Distrito Federal, o Proinves-te. O projeto será apresentado ao Colégio de Procuradores na próxima quarta-feira.

O MP Digital será uma so-lução cujo objetivo principal é facilitar a troca de informa-ções e agilizar o trâmite pro-cessual e de atividades do Mi-nistério Público por meio de diversos serviços web voltados para os membros e servidores da instituição, magistrados e serventuários da Justiça, ad-vogados e cidadãos.

INVESTIMENTOSEm 2013, com a verba do

Proinveste disponibilizada pelo Estado de Alagoas, o Ministério Público investiu na compra de equipamen-tos. Foram adquiridos dois data centers – aparelhos de processamento de dados, armazenamento e backup -, 150 computadores e quatro nobreaks. O investimento foi de cerca de R$ 5 milhões.

Neste ano de 2014, mais recursos foram destinados ao MP Digital. Foram com-prados 50 notbooks para membros do órgão, mais 104 computadores, suítes e equi-pamento para gerenciamen-to de arquivos.

EDITORIA DE POLÍTICA

A prefeita de Arapiraca, Célia Rocha (PTB) tomou uma medida

administrativa para ten-tar amenizar a crise na ci-dade que há dois anos vem se arrastando. Ontem du-rante o encontro com agen-tes comunitários de saúde e endemias, que ocorreu no Clube dos Fumicultores, a prefeita da segunda maior cidade de Alagoas anun-ciou que os secretários municipais terão seus sa-lários reduzidos em 40%.

Célia Rocha argumen-tou que a medida é neces-sária para que o município regularize o pagamento dos servidores e quite outras despesas na gestão. Segun-do a prefeita, o corte nos vencimentos também atinge o seu próprio bolso. Célia in-formou ainda que os salários ainda nem foram pagos e por isso já ‘corta na própria carne’ para que futuramen-te a população não sofra por conta da crise vivenciada na cidade.

“Estamos cortando na própria carne. Anunciei que os salários dos secretários serão reduzidos em 40% e eles ainda nem receberam. A medida também vale para a prefeita e o vice-prefeito [Yale Fernandes, PMDB]”, disse Célia Rocha durante o encontro que ocorreu ontem no Clube dos Fumilcutores. A contenção de despesas deve ocorrer a partir de no-vembro, com o intuito de ini-ciar a gestão do próximo ano sem mais embaraços quanto à crise.

SAÚDE E IPTUDurante o encontro com

agentes comunitários de saúde e endemias a prefei-ta de Arapiraca colocou em pauta a o reajuste salarial e o cumprimento do calendá-rio de pagamento da catego-ria. Vale lembrar que os fun-cionários da sáude fizeram protestos por conta dos cons-tantes atrasos nos salários. Célia Rocha, por sua vez, abriu um canal de diálogo para evitar que a incômoda situação prossiga em uma das pastas mais essenciais do município.

Outro ponto destacado pela prefeita ontem foi em relação ao pagamento do Im-posto Predial e Territorial Urbano (IPTU), que contri-bui diretamente para o de-senvolvimento de diversos setores de Arapiraca.

“Infelizmente muita gente não tenha a mínima intenção em pagar o IPTU, que seria transformado em benefícios para cidade. A inadimplência é de 85%”, la-mentou a prefeita.

Para complicar ainda mais a situação da cidade, 90% das residências não têm o alvará de construção, e nos cartórios constam apenas como terrenos.

Page 5: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

Leonardo Meirelles, suposto laranja de Alberto Youssef nas

indústrias de medicamen-tos Labogen, disse à Justiça Federal na segunda-feira (20) que o doleiro “trabal-hava para o PSDB, com o senador Sérgio Guerra”.

Meirelles foi interrogado como réu em uma das ações penais da Operação Lava Jato – investigação sobre esquema de lavagem de di-nheiro que pode ter alcança-do R$ 10 bilhões.

O nome de Sérgio Guerra – morto em março de 2014, vítima de câncer – surgiu pela primeira vez na Lava Jato na delação premiada do

ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto Costa. Segundo Costa, em 2009, o então senador e pre-sidente nacional do PSDB o procurou para pedir propina em troca do esvaziamen-to da CPI da Petrobrás, no Senado, aberta em julho da-quele ano. Guerra integrava o bloco de oposição na CPI.

O ex-diretor da estatal petrolífera afirmou que a empreiteira Queiroz Galvão pagou R$ 10 milhões para Guerra. A Queiroz Galvão e o PSDB negam prática de atos ilícitos.

Na segunda-feira o nome de Sérgio Guerra foi citado pela segunda vez na Lava

Jato, agora por Leonardo Meirelles, que a Polícia Fe-deral aponta como laranja do doleiro Youssef no Labo-gen – que estava negociando um contrato com o Ministé-rio da Saúde.

Meirelles falou esponta-neamente sobre o PSDB e sobre Guerra. Ninguém lhe perguntou, na audiência realizada na Justiça Federal em Curitiba, sobre o partido ou sobre o ex-senador. Ao fa-lar sobre o doleiro, Meirelles associou Youssef o PSDB e à Guerra. O dono da Labogen, que era usada por Youssef, teve como seu maior negócio um contrato milionário que seria fechado com o Ministé-

rio da Saúde, para forneci-mento de medicamentos.

O contrato foi negociado durante a gestão do ex-mi-nistro Alexandre Padilha – que licenciou-se do cargo este ano para concorrer como candidato ao governo de São Paulo. Um dos intermedia-dores do negócio já citado seria o deputado federal An-dré Vargas (PR) Meirelles já confessou à Justiça Federal que sua parte da lavanderia de Youssef era fazer impor-tações fictícias para o do-leiro, via Hong Kong, para mandar dinheiro para fora do País. “O dinheiro ia para as contas indicadas por ele”, afirmou Meirelles ao juiz.

DETERMINAÇÃOTropas federais vão atuar em 15 estados

No próximo do-mingo (26), quando será decidida a disputa presidencial e o segundo turno das eleições em 13 estados e no Distrito Federal, cerca de 15 mil homens do Exército, Marinha e Aeronáutica estarão atuando em 15 es-tados para garantir a segurança da

votação e a logística do pleito. No primeiro turno, as tropas federais deram suporte à Justiça Eleitoral em 12 estados. Ao todo, as tropas federais estarão em 280 localidades, conforme decisão do Tribunal Superior Eleitoral.

FALTA DE ÁGUAGovernador dará bônus a paulistanosO governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) concedeu entrevista na manhã de ontem e antecipou que a Sabesp, empresa de sanea-mento paulista, irá oferecer um novo bônus para consumidores que economizarem água. O governador paulista destacou também que é preciso “enaltec-er a solidariedade da população de São Paulo” e elogiou que os 80% de economia já conse-guidos até agora é um índice “fantástico”. Ele revelou que a Sabesp tem reserva técnicas.

DELITOEleitor não pode ser detido até o dia 26

Desde ontem até o encerramento das eleições, nenhum elei-tor poderá ser preso ou detido, salvo em flagrante delito, em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável ou por desrespeito a salvo-conduto. A determinação está no Código Eleitoral, caput do Artigo 236. No domingo eleitores

voltam às urnas e escolherão entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) para comandar o país pelos próximos quatro anos e também para os governos em 13 estados e DF.

Doleiro Youssef atuava para o PSDBDepoimento de suposto laranja de Alberto Youssef citou novamente os trabalhos prestados pelo doleiro ao partido

Revolução democrática

O povo brasileiro se habituou a “enfrentar a vida” e conseguir tudo “na luta”, quer dizer, com dificuldade e muito trabalho. Por que não irá “enfrentar” também esse grande e derradeiro desafio

colocado em seu caminho? Como não conquistá-lo “na garra”, com a consciência solidária, com a organização, com a vontade de empode-rar-se para garantir o poder de estado, já por 12 anos, a fim de dar-lhe o verdadeiro sentido de fazer as mudanças necessárias, primeiramente para os mais esquecidos e a partir deles, a todos, conferindo-lhes sustentabilidade e garantindo-lhes um futuro bom para o país. Com Lula e Dilma se inaugurou esta revolução que é ainda inacabada mas que deve ser consolidada e aprofundada. Oxalá nessa eleição ela não seja malbaratada pela vitória de quem representa a velha política oligárquica mais interessada no crescimento econômico, no mercado e articulada com a macroeconomia globalizada do que no destino daque-les milhões que foram tirados da pobreza pelas políticas republicanas e foram feitos sujeitos sociais participativos na sociedade. (Leonardo Boff, teólogo)

Perguntar não ofendeOnde estão os guardas municipais de Maceió que foram nomeados re-centemente? Os patrimônios turísticos da capital andam num desprezo só, e olhe que o compromisso era garantir o mínimo de atenção.

Batendo cabeçaO Pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) confirmou a decisão liminar que anulou ato do Tribunal de Contas de Alagoas (TCE). Foi de-ferido o mandado de segurança apresentado pelo Ministério Público de Contas de Alagoas (MPC), que contestava “nota técnica” do TCE que desautorizou o MP de Contas a requerer documentos de prefeituras e câmaras de vereadores.

Entre as maioresPresente em Alagoas, Rio Grande do Norte, Ceará e Pernambuco, onde funciona sua sede, a incorporadora Moura Dubeux foi eleita como a única empresa com sede no Nordeste a aparecer entre as 25 maiores construtoras do país. O Ranking da Engenharia Brasileira é publicado anualmente pela revista O Empreiteiro, de São Paulo. Na lista das maiores do Brasil, a MD aparece na 22ª posição.

Eleições 2014- 2º turnoAtendendo ao pedido do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL), o Shopping Pátio Maceió disponibilizará, neste domingo (26), mesas receptoras de justificativa de voto para as Eleições 2014 do 2º turno. Os eleitores que estão fora do colégio eleitoral poderão se direcionar ao ponto de atendimento, das 8h às 17h, localizado ao lado da loja Casa Vieira, munidos de um documento com foto, número do título de eleitor e requerimento de justificativa que será preenchido no local. Para este domingo, o Shopping informa, ainda, que o horário de funcionamento será normal. Ou seja, às 9h abre o supermercado GBar-bosa; às 12h, praça de alimentação e âncoras; e às 14h as demais lojas – todos até às 20h.

Mutirão 1A Defensoria Pública do Estado de Alagoas, em parceria com o Núcleo de Prática Jurídica do Centro Universitário Tiradentes (Unit) realiza, nesta quinta-feira (23), um mutirão de atendimentos, triagem e peticiona-mento em processos cíveis, na própria universidade, que está localizada no bairro Cruz das Almas.

Mutirão 2O mutirão irá acontecer das 8:00 às 16:00 horas, no Núcleo de Prática Jurídica, e irá contar com a participação dos alunos do curso de direito da Unit, professores orientadores, sob a coordenação do defensor públi-co geral, Daniel Alcoforado, que é o responsável pelo referido núcleo.

ModaDe 22 a 26 de outubro, o Maceió Shopping será palco de um dos mais importante eventos de moda da capital e realiza o Verão Fashion Maceió Shopping, iniciativa que conta com desfiles e talk shows com especialis-tas, trazendo as últimas tendências e novidades do mundo da moda.

Aferindo Escolas públicas urbanas e rurais com o mínimo de dez estudantes matriculados no terceiro ano do ensino fundamental participarão este ano da Avaliação Nacional da Alfabetização (Ana). O teste será realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), em parceria com estados, municípios e o Distrito Federal, no período de 17 a 28 de novembro, na escola onde a criança estuda. Os alunos vão responder a testes de leitura, escrita e matemática.

CotidianoLININHO NOVAIS - [email protected]

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014 POLÍTICA 5 TRIBUNAINDEPENDENTE

DIVULGAÇÃO

Aécio Neves, candidato do PSDB à presidência, ainda não se pronunciou sobre as acusações

CAMPANHA

Ex-presidente Lula ainda se surpreende com ódio contra o PT

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva dis-se ontem que nunca havia visto tanto ódio contra o PT como nesta eleição. “Nunca vi um ódio disseminado, por um partido político, como o ódio que eu vejo pelo PT. É um negócio que eu não via nem no tempo do regime militar”, disse o ex-presi-dente no teatro TUCA, da Pontifícia Universidade Ca-tólica (PUC) de São Paulo. “Eu só tinha visto o [Jorge] Bornhausen em 2005 dizer aos brados, no microfone do Senado: vamos acabar com essa raça’.

Referindo-se ao tucano Aécio Neves, candidato ao Planalto pelo PSDB, o ex--presidente disse que “não

poderia imaginar que um neto do doutor Tancredo [Neves] fosse utilizar tanto ódio contra o PT. Porque ele não fala só que quer ganhar na Dilma, ele fala que quer acabar com o PT, que quer acabar com o PT no governo, que quer tirar esse pessoal do país.”

As afirmações de Lula foram feitas em evento com intelectuais e artistas em apoio à reeleição da presi-denta Dilma Rousseff (PT). O evento serviu como pa-lanque para novos apoios e para a volta de antigos alia-dos à campanha petista no segundo turno da disputa.

Do lado de fora do auditó-rio, cerca de três mil militan-tes acompanharam os dis-

cursos em um telão colocado no meio da rua. Perto da meia noite, no encerramen-to do evento, a rua ainda es-tava cheia dos que aguarda-ram Dilma acenar a eles da janela do teatro. A multidão, empolgada, passou a gritar “quem não pula é tucano” para celebrar a presença da candidata. Nove horas mais cedo, às 14h, já havia uma fila para entrar no auditório, formada em sua maioria por jovens universitários.

DISSIDENTESAntigos aliados de Dil-

ma, que haviam se afasta-do da militância, gravaram vídeos para o evento ou es-tiveram presentes no local. Entre eles está o sociólogo Francisco de Oliveira.

ELEITORAL

Normas para o calendário estão definidas

Na reta final das eleições, eleitores, partidos e coliga-ções precisam estar aten-tos a prazos estabelecidos no calendário eleitoral. Por exemplo, quinta-feira (23) é o último dia para os candi-datos promoverem reuniões públicas de campanha ou comícios. Os últimos progra-mas da propaganda eleitoral gratuita do segundo turno no rádio e na televisão irão ao ar na sexta-feira (24). Esta também é a data limi-te para divulgação paga de propaganda eleitoral, na imprensa escrita, e repro-dução na internet do jornal impresso.

Na sexta-feira, os presi-dentes de mesa que não ti-verem recebido o material destinado à votação deverão comunicar a falha ao juiz eleitoral. Debates políticos na televisão ou no rádio também só podem ser rea-lizados até a meia-noite de sexta-feira.

O sábado (25), um dia an-tes do pleito, entre as 8h e as 22h, é o prazo final para propaganda eleitoral com alto-falantes ou amplificado-res de som, distribuição de material gráfico, caminha-das, carreatas, passeatas ou carros de som divulgan-do jingles ou mensagens de candidatos.

No domingo (26), apro-ximadamente 143 milhões de eleitores elegerão, além do presidente da República, governadores de 13 estados e do Distrito Federal. Mes-mo com o horário de verão nos estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e no Distrito Federal, o período de votação não terá qual-quer alteração, ou seja, será das 8h às 17h, obedecendo o horário local.

Com o horário de verão, o Acre passou a ter três horas a menos em relação ao horá-rio de Brasília, porém, não haverá problemas.

Page 6: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

Opinião

Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió AlagoasEndereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria

Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

PRESIDENTEAntonio Pereira Filho

DIRETOR ADMINISTRATIVOFINANCEIRO:

José Paulo Gabriel dos SantosEditor geral:

Ricardo [email protected]

DIRETORA COMERCIAL:Marilene Canuto

Nosso noticiário nacional é fornecido pelas agências: Agência Folha e Agência Nordeste

PABX: 82.3311.1338COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331

REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308 [email protected]çã[email protected]

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES. NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPÍNIÃO DESTE JORNAL.

VENDA AVULSALOCALIDADE DIAS ÚTES DOMINGO

ALAGOAS R$ 2,00 R$ 3,00OUTROS ESTADOS R$ 3,00 R$ 5,00

ASSINATURASLOCALIDADE SEMESTRAL ANUALALAGOAS R$ 350,00 R$ 700,00OUTROS ESTADOS R$ 500,00 R$ 1.000,00

UM PRODUTO:

JorgrafCooperativa dos Jornalistas

e Gráficos do estado de alagoas

JORGE VIEIRA

JORGE LUIZ SOARES MELO

KIKO NOGUEIRA

Jornalista

Membro efetivo das Academias de Medicina, Cultura, Maceioense de Letras e Sobrames-AL.

Diretor-adjunto do Diário do Centro do Mundo. Jornalista e músico. Foi fundador e diretor de redação da Revista Alfa; editor da Veja São Paulo; diretor de redação da Viagem e Turismo e do Guia Quatro Rodas.

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014OPINIAO6 TRIBUNAINDEPENDENTE

Nutrição infantilO Ministério da Saúde autorizou o re-

passe de R$ 12 milhões para comba-ter a desnutrição infantil. Os benefi-

ciados são 216 municípios de pequeno porte, a maioria no Norte e Nordeste e com menos de 20 mil habitantes, onde ainda mais de 10% das crianças menores de cinco anos es-tão abaixo do peso ideal para a idade. Esta é a terceira parcela enviada às cidades que aderiram à Agenda para Intensificação da Atenção Nutricional à Desnutrição Infantil (ANDI), totalizando R$ 36 milhões.

Os avanços brasileiros na redução da desnutrição infantil nas últimas décadas foram muito expressivos, representando uma queda de quase três vezes no déficit de peso para idade e de duas vezes no déficit de altura para idade em crianças menores de cinco anos somente no período de 1996 a 2006. Dados da última Pesquisa Nacio-nal de Demografia e Saúde (PNDS), rea-lizada em 2006, indicam que apenas 1,8% das crianças ainda apresentavam déficit

de peso, bem menor que o índice registrado em 1996, 4,2%. No Nordeste, os progressos são ainda mais expressivos, saindo de 6,3% para 2,2% em dez anos.

Apesar das conquistas realizadas nos últi-mos anos, ainda há municípios brasileiros, sobretudo no interior do Norte e Nordeste, em que parte da população infantil convi-ve com carências nutricionais. A ANDI é uma proposta do Ministério da Saúde para estruturar ações de alimentação e nutrição aos municípios que enfrentam este desafio.

Para receber os recursos, os gestores lo-cais se comprometem a enfrentar os de-terminantes sociais que causam a desnu-trição, ampliando o acompanhamento das condicionalidades de saúde das famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família e a abrangência do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (Sisvan), e a me-lhorar a identificação e o acompanhamento de crianças com desnutrição ou atraso no desenvolvimento infantil.

A ex-senadora petista acreana, ex-católica das Comunidades e Eclesiais de Base (CEB’s), ex-mi-nistra do meio Ambiente durante o governo Lula, ex-candidata à presidência do Brasil pelo Parti-do Verde (PV), a ex-PV Marina Silva se movimenta desde o final da contabilização dos 20 milhões de votos de 2010, na perspectiva de lançar-se candidata à reeleição da presidenta Dilma Rousseff, em 2014. Pela legislação brasileira, o candidato (a) precisa se filiar a um partido político. Com alguns mili-tantes intitulados Movimento por uma Nova Política, reuniu, segun-do seus organizadores, cerca de 350 pessoas com o intuito de mo-bilização para criação de um novo partido.

A movimentação de Marina Sil-va e de seus seguidores em torno da discussão política é louvável e salutar para a democracia. Quiçá, cada membro da sociedade bra-sileira pudesse fazer o mesmo! Basta observar a despolitização que ocorre nos meios acadêmicos, religiosos e, por incrível que pare-ça, também nos partidos políticos. Visto que a crise da sociedade mo-derna afastou a maioria da popu-lação do debate político, prejudi-cando a participação de grandes segmentos na discussão dos seus destinos.

Via-se no cenário que não tinha nada de novo nos atores e persona-

gens em função da criação de mais uma sigla partidária. A discussão já nascia totalmente prejudicada e limitada. O que se lê no título, na realidade, nada de novo se percebe nos atores, espaço e conteúdo.

A criação de uma sigla para simplesmente acomodar uma can-didatura à presidência da Repúbli-ca e personalidades é uma prática antiga e permanente na política brasileira. Junto a isso, a trajetó-ria política da pré-candidata não recomenda o dito na bandeira do movimento. Sua militância petis-ta orgânica, foi sempre aliada aos grupos mais alinhados à social de-mocracia, ou seja, à reforma do ca-pitalismo. Diga-se de passágemel, a bandeira do desenvolvimento sustentável é um tema de imensa aceitação, extremamente palatá-vel e desejável pelos principais agentes do capital internacional, multinacionais e grandes empre-sas nacionais.

Na formação social, o espaço é um elemento importante do ponto de vista político, traz consigo vá-rias dimensões e significados. Den-tre outros, o lugar social reflete os interesses e as composições políti-cas. Contraditoriamente, o movi-mento já nasceu e apresentou-se limitado institucionalmente, sem representação social sólida, políti-co e ideologicamente. Obedecendo a esses critérios, a composição até então apresentada, refletia um

movimento de cunho mobiliza-tório e não com base sólida e em condições de apresentar-se efetiva-mente como um novo partido. Até agora foi mais uma sigla que, mais uma vez, agregou variados setores insatisfeitos, oriundos da esquer-da, de liberais e de alternativos.

Obviamente, na conjuntura bra-sileira, apesar das críticas e insa-tisfação de setores de direita e de centro, não há base social suficien-te para a construção de uma alter-nativa política ao atual modelo em curso no país. O que é defendido como alternativo e novo já é ban-deira antiga e, até, ultrapassada conceitualmente.

Finalmente Marina Silva não conseguiu o registro legal da Rede, sigle simbolicamente significativa! Pulou para o PSB, acomodou-se como vice do presidenciável Eduar-do Campo. Inesperadamente, com o acidente fatal do candidato, tor-nou-se candidata. Com a comoção alimentada pela mídia, subiu nas pesquisas, caindo abruptamente no final da campanha, deixando o tucano Aécio Neves na disputa do segundo turno das eleições 2014.

Como se observa, nada de novo se apresenta na vida mutante de Marina Silva: deixa o discurso da nova política e assume a mais velha política do capitalismo clás-sico, o liberalismo econômico de Adam Smith, caracterizada mo-dernamente de neoliberalismo!

Toda generalização é perigosa, inclusive essa, mas se houve uma categoria que surpreendeu nessas eleições é a dos médicos. Não neces-sariamente pelas melhores razões.

Desde a gritaria xenófoba com os cubanos do programa Mais Médi-cos até as recentes manifestações de ódio aos nordestinos — uma se-nhora sugeriu um holocausto na re-gião –, eles foram responsáveis, em sua grande maioria, por um vale de lágrimas.

O corporativismo deu as caras de um jeito feio, sujo e malvado. No domingo passado, desembocou no apoio da Associação Médica Brasi-leira a Aécio, que afirmou que não vai, se eleito, “financiar a ditadura cubana, como ocorre hoje”. O que ele pretende “é que não haja mais necessidade de estrangeiros no Brasil.”

O maluco que chamou Dilma de “grande filha da puta” nas redes sociais não é uma exceção. Milton Simon Pires, de Porto Alegre, rece-beu uma advertência carinhosa do presidente do Conselho Regional do Rio Grande do Sul (Cremers), Fernando Weber Matos. Não se trata de um problema “ético” e Mil-ton não estava fazendo aquilo como profissional, mas como cidadão. Vai saber o que é problema ético segun-do esse pessoal.

Pires é uma figurinha conheci-da na direita lelé. Conseguiu fazer uma releitura do juramento de Hipócrates, amplamente compar-tilhada por seus amigos. É assim: “Juro por Deus, juro como médico, como homem e como brasileiro, não

dar um minuto de trégua, de paz ou de descanso a essa organização cri-minosa e associada ao narcotráfico que humilhou minha profissão pe-rante os médicos de todos os outros países – o Partido dos Trabalhado-res. Nem todas as enfermeiras, téc-nicos, fisioterapeutas e psicólogos do país juntos vão conseguir me parar!”

Como é que um sujeito desses pode atender alguém se está tão ocupado combatendo o Mal Supre-mo? E se o paciente — cliente, se-gundo a nova nomenclatura — for, que azar, petista? O que Simon faz? Deixa gaze no abdômen? Se recusa a atender? Doctor Simon é chega-do de Lobão e já participou de um de seus famigerados hang-outs. Os dois dividem a mesma paranoia an-ticomunista.

Houve algumas tentativas de correção de rota. Tímidas. No ano passado, num debate sobre o mer-cado de trabalho na Fundação Ge-túlio Vargas, em São Paulo, Miguel Srougi, professor titular de urolo-gia da USP, ensaiou um mea culpa. “Erramos. Não soubemos fazer o diagnóstico da situação. A popu-lação ficou contra a gente”, disse, sobre os ataques ao Mais Médicos.

Alguns de seus colegas admi-tiram o “grande equívoco”. “Tive vergonha”, afirmou o professor de patologia da USP Paulo Saldiva, se referindo à histeria nos aeroportos.

Não durou muito tempo. Com a ascensão do aecismo furibundo, os homens de jaleco se sentiram à vontade para berrar seu preconcei-to. Um grupo criado no Facebook

que recebeu o nome “Dignidade Médica” reuniu um número as-sombroso de mentecaptos falando, por exemplo, na “necessidade de sermos terroristas para nos colocar no nível de conversa que pobre en-tende”

A Procuradoria-Geral da Repú-blica (PGR) acabou recomendando a instauração de procedimentos criminais ou administrativos con-tra os autores dos posts.

No início do mês, folhetos foram distribuídos entre a classe em Mi-nas Gerais. O texto tinha como título “Sou médico, não voto PT”. Treze nomes conhecidos assinavam a peça, que declara a necessidade de “banir o PT do poder”.

Não havia nada mais importante para fazer? Na sexta (17), o Minis-tério Público de Minas ajuizou uma ação contra o governo por suposta fraude orçamentária nos gastos com saúde durante a gestão de Aé-cio, de 2003 a 2010. É requisitado o ressarcimento aos cofres públicos de 1,3 bilhão de reais.

O estado também é acusado de maquiar outros 4,3 bilhões que de-veriam ter sido gastos entre 2003 e 2008. Uma promotora propôs, em 2010, uma ação de improbidade ad-ministrativa contra Aécio.

Não houve protesto, não houve nada. O importante, para eles, é fazer proselitismo eleitoral de bai-xo nível. A saúde que se exploda. 2014 será lembrado como o ano em que Mister Hyde prendeu Dou-tor Jekyll no armário e saiu para passear pelo país tocando o terror branco.

Em meados dos anos sessenta, quando ia completar seis anos de idade, meu saudoso e querido pai, me levou para assistir um jogo de futebol no estádio Severiano Go-mes Filho, que se localizava no bairro da Pajuçara, na minha lin-da cidade de Maceió, capital do es-tado de Alagoas, para chegarmos até lá, fomos a pé, seguindo a tri-lha da linha férrea, atravessamos a ponte do riacho salgadinho, o bairro de Jaraguá e lá estávamos na porta do estádio do Clube de Regatas Brasil.

Espanto tive, quando observei as arquibancadas, as cadeiras, o placar luminoso, o campo de jogo todo gramado, tudo era novidade para mim. Em campo, os jogado-res do alvirrubro praiano, o Re-gatas, como era carinhosamente chamado, suas camisas brancas com listas em vermelho e do outro lado um clube todo em azul, comu-mente chamado de CSA, em meio ao campo de jogo, um homem todo de preto apitava o espetáculo.

Meu pai, Luiz de França, com uma camisa em azul, demons-trava para mim que era azulino. Fiquei perplexo, os jogadores do CRB brigavam pela bola, como se fosse um prato de comida, eu es-tava começando a me apaixonar por um clube de guerreiros, que ao final da partida, venceu os azuli-nos, por 3 x 2. Dali por diante, me decidi, torcerei por esse clube até morrer e para minha surpresa, meu pai consentiu, sem a mínima reação, percebi que estava diante do meu melhor amigo.

Daquele dia em diante, até os dias de hoje, não perdi mais ne-nhum jogo do Galo Praiano. Já beirando os sessenta anos, e tendo vivido com esse clube do meu co-ração, várias vitórias e conquistas inesquecíveis, sinto que torcer por ele em dias de sábados ou domin-gos é transformar as angústias que sentimos de uma semana pesada de esforços pelo trabalho, por uma emoção forte de alegria e contentamento pelos êxitos alcan-çados.

Tenho convicção, que foram mais alegrias que tristezas, ao longo de todo esse tempo. Viven-ciei o Centenário do Clube e ser Campeão Alagoano nesse Cente-nário, só suporta que tem nervos de aço, suportei sorrindo e muito feliz. Ser Campeão no Centená-rio do rival CSA, foi para romper pontes de safena e aguentei firme.

Em 1964, o galo de campina possuía um esquadrão de aço, co-mandado por João Paulo de Oli-veira, o“Pinguela”, um treinador atrevido, foi Campeão Alagoano de ponta a ponta. Até hoje, tenho esse time na ponta da língua, cito: Dirceu, Aguiar, Zé Luiz, Evandro e Lourival Paulo Nylon e Cabo Jorge, Naldo, Dão, Canhoto e Wailton. O empate com O São Paulo Futebol Clube por 1 x 1, mostrou toda essa superioridade.

Esse time, encantava todos pelo conjunto empregado e pelo toque refinado na bola. O tetra Campeonato alcançado nos anos setenta, nos deixou com o coração palpitando de alegria, por que era

a segunda conquista, ou seja: dois “tetra” campeonatos ao longo da história. Ser o primeiro Campeão do Nordeste foi de arrepiar os ner-vos, só agora, a liga do Nordeste, solicitou a Confederação Brasilei-ra de Futebol, que esse título fosse reconhecido.

Ser Campeão do Acesso a série B, jogando contra clubes do esta-do da Paraiba, em João Pessoa, foi inesquecível. Vivenciei ainda dois “vice campeonatos”, o do Nordeste que foi sediado em Maceió e o de Vice Campeão Brasileiro da Série C, esse, eu já acompanhado pelo meu querido filho Zireli Neto, au-têntico regatiano, vibrávamos com a grande conquista. Títulos esses, que muito honra a trajetória des-se clube que torcemos e vestimos a sua camisa com muito amor. Com vinte e sete títulos estaduais, o Clube de Regatas Brasil, esse Galo mais querido e mais charmo-so do Nordeste Brasileiro, e que foi o primeiro Campeão de Alagoas e também o primeiro Campeão na era do estádio Rei Pelé, “Tra-pichão”, está entre os quarenta clubes mais respeitados do nosso país.

Hoje, totalmente reorganiza-do, com uma nova sede social no bairro de Jaraguá, denominado de “Casarão do Galo”, e com um Cen-tro de Treinamento em construção na Barra de São Miguel, no bairro da Pajuçara, é um dos únicos clu-bes do Brasil, que quitou todos os seus débitos, nos orgulha de ter-mos eternamente dentro do cora-ção, esse sentimento de paixão.

Marina: a máscara caiu!

Triste papel dos médicos

Um sentimento de paixão

INDEPENDENTE

Page 7: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

O colunista social An-derson Magalhães não faz mais parte

da equipe de articulistas do jornal O Diário de Mogi. Em comunicado publicado em primeira página nesta terça-feira (21/10), o veículo esclarece que não concorda com as opiniões de seu co-laborador e anunciou a de-missão do profissional. Em artigo polêmico, o jornalista pregou a segregação de nor-destinos durante as eleições

A coluna foi publicada na revista Actual Magazine de outubro. Nela, o autor ataca os preconceitos criados aos eleito-res da candidata à presidência Dilma Rousseff (PT). Em “De-sespero”, Magalhães aponta o que seria uma solução para que “Dilma e sua corja percam

os seus votos na última hora”. As medidas para a derrota

petista seriam: “fechar as bo-cas de fumo, trancar nossas ‘secretárias’ em casa’, interdi-tar as casas de forró e proibir os porteiros de saírem de seus prédios”. No artigo, o jornalis-ta sugere ainda que sejam can-celados todos os voos vindos do Nordeste e pede também sanções econômicas à Bahia que, para ele, só produziu “dendê, cocada e Luiz Caldas”.

O colunista ainda refere--se ao nível econômico e inte-lectual de outros estados do Nordeste. “E todas as famí-lias de Pernambuco passarão a ser sustentadas com R$ 97 referentes à Bolsa Família e aos direitos autorais de More-na Tropicana. Alagoas, Piauí e Maranhão ficariam de fora

do cenário eleitoral por fal-ta de quórum alfabetizado”.

Para esclarecer a ques-tão, o jornal afirmou que respeita a livre manifesta-ção do pensamento, mas discorda das opiniões do co-lunista. “Elas não refletem as ideias deste jornal”, diz.

Além disso, a nota enfatiza que O Diário de Mogi não tem vínculo com a revista Actual e que soube do teor do texto após a circulação. “Esclarece--se ainda que este jornal não possui qualquer vínculo socie-tário com a revista Actual Ma-gazine e nem responsabilidade sobre o conteúdo de citado ma-terial redacional, submetido à exclusiva supervisão editorial da referida revista, do qual somente tomou conhecimento por ocasião de sua circulação.

7 TRIBUNAINDEPENDENTE POLÍTICAMACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014

Estou pedindo para vocês terem consciência. No dia 26 de outubro, votem em Aécio Neves”, diz Lindinalva Silva, irmã do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em vídeo que circula na internet a fa-vor do candidato do PSDB. Ao contrário da irmã, Lula está em campanha pela reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), sua sucessora.

‘Acho que é o melhor para o Brasil neste momento’, diz Lindinalva

“Acho que é o melhor para

o Brasil neste momento”, diz Lindinalva

No vídeo, Lindinalva exibe uma folha de papel e, ques-tionada por uma espécie de “apresentadora”, explica que o documento diz respeito a “umas leis, uns projetos que a Dilma está criando”. “Então é muito importante que todos vejam”, afirma – o internauta, no entanto, não consegue ler o que está escrito no papel.

“Você, como irmã do Lula, por que diz que nós temos que votar no Aécio, e não no PT?”,

questiona a amiga-apresenta-dora. “Porque eu acho que é o melhor para o Brasil neste momento”, responde a irmã de Lula, que diz ainda que não está pensando em familiares, mas sim “no todo, no Brasil todo, principalmente nos cris-tãos”.

Em 2012, Lindinalva se candidatou a uma cadeira de vereadora na Câmara de Cuiabá pelo PTB. No dia da eleição, ela chegou a ser de-tida por suspeita de boca de urna, mas foi liberada.

SATIAGRAHA

STF condena deputado Protógenes por violar sigilo

AOS PROFESSORES

‘Piso bom tem lá na loja de construção’, diz Ivo Sartori

O deputado federal Protó-genes Queiroz (PCdoB-SP) foi condenado ontem pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) pelo crime de violação de sigilo funcional, ocorrido na épo-ca em que era delegado da Polícia Federal e comanda-va as investigações da Ope-ração Satiagraha. Queiroz cumprirá pena de dois anos e seis meses, convertida em prestação de serviços comu-nitários, e pagará multa.

Na época das investiga-ções da Satiagraha, em 2008, Queiroz comunicou a jornalistas sobre detalhes da

operação, que culminou na prisão, transmitida pela te-levisão, do empresário Naji Nahas e do ex-prefeito de São Paulo, morto em 2009, Celso Pitta. A condenação do deputado envolve tam-bém a perda do cargo na Po-lícia Federal, do qual estava licenciado para exercer sua função de parlamentar.

O mandato do parlamen-tar termina no fim de ja-neiro de 2015 e ele não foi reeleito no pleito do início de outubro. A defesa do de-putado federal informou que vai recorrer da decisão. Pre-sente no julgamento,

Uma declaração em tom jo-coso do candidato do PMDB ao governo do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, transmitida ao vivo em en-trevista ao portal Terra na segunda-feira, provocou tro-ca de acusações e um pedido formal de desculpas do pe-emedebista aos professores estaduais. Em um trecho da entrevista, Sartori ironiza a reivindicação do magistério pelo pagamento do piso na-cional da categoria, promes-sa de campanha não cum-prida pelo governador Tarso Genro (PT), e recomenda aos professores que procurem uma conhecida loja de ma-terial de construção de Porto

Alegre para obter “um piso”.— Eu fui lá no Cpers (Sin-

dicato dos Professores do Estado) e não assinei o docu-mento exigindo um compro-misso de pagar ou resgatar o salário, vamos dizer...como é que diz mesmo? O piso! O piso eu vou lá no Tumelero (loja de material de constru-ção) e eles te dão um piso melhor, né? (risos). Ali tem piso bom, né? – disse Sartori na conversa com os jornalis-tas.

A entrevista foi transmiti-da ao vivo pelo portal entre 12h30 e 14h e o trecho sobre o piso dos professores logo se transformou num viral na internet.

Colunista pede que Alagoas fique fora das eleiçõesSegundo Anderson Magalhães, estado, junto com Piaui e Maranhão, não teria ‘quorum alfabetizado’ para votar

A Procuradoria da Repúbli-ca em Divinópolis (MG) pediu à Agência Nacional de Avia-ção Civil (Anac) cópia integral do processo de regularização do aeroporto construído pelo governo de Minas Gerais, no fim da gestão de Aécio Neves (PSDB), dentro da fazenda do tio-avô do ex-governador. Uma investigação foi aberta pelo Mi-nistério Público Federal (MPF), mais especificamente pela Pro-curadoria em Divinópolis, para apurar se Aécio cometeu ato de improbidade administrativa no uso do aeroporto na cidade de Cláudio, num terreno desapro-priado do tio-avô.

O aeródromo funcionava sem homologação da Anac, e as

Colunista social sugeriu ainda trancar empregadas domésticase fechar as casas de forró

EM VÍDEO

Irmã de Lula pede voto para Aécio

SOB SUSPEITA

MPF investiga construção deaeroporto da cidade de Cláudio

chaves do local ficavam sob a guarda do parente do presiden-ciável.

Aécio admitiu ter usado o aeroporto “umas três ou quatro vezes”.

O pedido de investigação ao MPF foi feito em 30 de julho, dez dias depois da revelação da história pelo jornal “Folha de São Paulo”. A Procuradoria da República em Divinópolis ins-taurou um procedimento pre-paratório na esfera cível, para investigar se houve ato de im-probidade administrativa. Por ser senador da República, Aécio só pode ser investigado na esfe-ra criminal pela Procuradoria Geral da República (PGR) e pelo Supremo Tribunal Federal

(STF).No último dia 8, o procu-

rador-geral, Rodrigo Janot, arquivou pedido do PT para a abertura de uma investigação criminal contra o senador, mas determinou que o caso fosse re-metido ao MPF em Minas para se averiguar eventual improbi-dade administrativa.

O material de Janot foi re-metido à Procuradoria em Di-vinópolis, onde já tramitava o procedimento preparatório.

A atual fase desse procedi-mento é o pedido de cópia inte-gral do processo de regulariza-ção do aeroporto junto à Anac. O encaminhamento de Janot sobre a averiguação de improbi-dade ocorreu no último dia 17.

Page 8: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

8 TRIBUNAINDEPENDENTEBRASIL/MUNDO

AUXÍLIO-MORADIA

Benefício se estende aos defensores públicos da União

VIVO

Clientes não terão internetquando acabar a franquia

EBOLA

EUA restringem acesso a cinco aeroportos

O Conselho Superior da Defensoria Pública da União publicou ontem, no Diário Oficial da União, a resolução que regulamenta o pagamen-to de auxílio-moradia a mem-bros da Defensoria Pública da União (DPU). Para a conces-são do benefício, o conselho considerou a simetria cons-titucional entre os magistra-dos e os defensores. O valor mensal não poderá exceder o fixado para os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), de até R$ 4.377.

Após liminar do ministro do STF Luiz Fux, que concedeu

o benefício a toda a magistra-tura, o Conselho Nacional de Justiça e o Conselho Nacional do Ministério Público regula-mentaram o auxílio para pro-curadores e juízes federais e estaduais.

A resolução determina que todos os membros da DPU em atividade fazem jus ao benefí-cio desde que não haja imóvel funcional disponível na locali-dade de sua lotação ou efetiva residência.

Só não terão direito ao au-xílio-moradia os defensores aposentados e licenciados sem receber subsídio.

A operadora de telefonia Vivo vai mudar a forma de cobran-ça da internet pelo celular para clientes de pacotes pré-pagos a partir do mês que vem. Quan-do o pacote de dados contrata-do pelo cliente acabar, ele terá que pagar um valor adicional para continuar navegando na internet. Atualmente, quando a franquia chega ao fim, a ve-locidade de navegação é reduzi-da, mas o usuário não tem que pagar a mais. A mudança vale a partir do dia 6 de novembro, inicialmente para os clientes do Rio Grande do Sul e de Minas Gerais, mas poderá ser estendi-da para outras regiões nos pró-ximos meses.

A Agência Nacional de Te-lecomunicações (Anatel) in-formou hoje (21) que irá pedir esclarecimentos às prestadoras de telefonia celular sobre pos-síveis alterações na forma de cobrança da internet móvel. Segundo a agência, as regras do setor permitem às empresas adotar várias modalidades de

franquias e de cobranças, mas o Regulamento Geral de Direitos do Consumidor de Serviços de Telecomunicações determina que qualquer alteração em pla-nos de serviços e ofertas deve ser comunicada ao usuário, pela prestadora, com antece-dência mínima de 30 dias.

A Vivo informou que os clientes pré-pagos estão sendo avisados por SMS sobre a mu-dança. Depois da mudança, os clientes da Vivo vão receber uma mensagem de texto (SMS) quando o consumo atingir 80% da franquia e outro no momen-to em que ela acabar. O último aviso virá com a opção de con-tratação do pacote adicional de 50 MB, que custará R$ 2,99 por sete dias.

O mesmo ajuste deverá ser implementado futuramente para os clientes de planos pós--pagos. A empresa diz que está trabalhando em ajuste sistê-micos e fará o anúncio sobre a mudança aos usuários com a antecedência necessária.

DIVULGAÇÃO

O novo KC-390 será utilizado para transporte militar é o maior cargueiro já produzido no Brasil

Brasil Mundo

Porteiro baiano é obrigado a pagar Mercedes Benz que não comprouO agente de portaria Manoel Francisco de Jesus Filho, 53 anos, tem per-dido o sono desde que descobriu que alguém abriu uma conta no nome dele, emitiu cheques sem fundos e financiou um veículo Mercedes-Benz usado, no valor de R$ 40 mil.A dor de cabeça do agente de portaria começou em janeiro passado, quando ele recebeu uma correspondên-cia cobrando valores referentes aos cheques. Era o início de uma série de surpresas desagradáveis na vida do trabalhador.A conta no nome de Manoel Francisco de Jesus Filho foi criada em uma agência do banco Itaú Personalité da avenida Tancredo Neves, em Salvador-BA.

Embraer e FAB lançam maior avião feito no paísProtótipo de Cargueiro militar KC-390 foi apresentado ontem à imprensa

Os Estados Unidos refor-çaram suas salvaguardas contra o Ebola ontem exigin-do que viajantes dos três pa-íses da África Ocidental onde está concentrada a epidemia viajem para um dos cinco grandes aeroportos que estão fazendo verificações para de-

tectar o vírus.As restrições para passagei-

ros cujas viagens se originem na Libéria, em Serra Leoa ou na Guiné foram anunciadas pelo Departamento de Segu-rança Interna e devem en-trar em vigor na quarta-feira. As precauções não chegam

à proibição total de viagens pleiteada por alguns congres-sistas norte-americanos para evitar novos casos de Ebola no país.Os viajantes afetados terão suas temperaturas veri-ficadas em busca de sinais de febre, que podem indicar uma infecção do Ebola.

A Empresa Brasileira de Aeronáutica (Em-braer) lançou ontem,

o primeiro protótipo do avião de transporte militar KC-390, que é produzido na unidade de Gavião Peixoto (SP) . Conforme o Ministé-rio da Defesa, esta é a maior e mais moderna aeronave já fabricada no país. O pro-tótipo é um projeto conjunto entre a Embraer e a Força Aérea Brasileira (FAB) e foi apresentado à imp-rensa, durante evento que contou com as presenças do ministro da Defesa, Celso Amorim, e do comandante da FAB, tenente-brigadeiro do ar Juniti Saito. “Momen-tos como este nos enchem de orgulho. Esta aeronave é um prodígio de avanço tec-nológico”, disse o ministro.

Segundo a companhia, a aeronave ainda deve passar por testes em solo antes de fa-zer seu primeiro voo, previsto para ocorrer até o fim do ano. “O KC-390 será a espinha dorsal da aviação de transpor-te da FAB. Ele poderá operar tanto na Amazônia quanto na Antártida. As turbinas a jato conferem bastante agilidade ao avião, que cumprirá todas as missões com mais agilida-de”, salientou o comandante da Aeronáutica.

De acordo com o Ministério da Defesa, o KC-390 é capaz de levar tropas a qualquer região do país com rapidez. Além disso, pode transportar equipamentos militares des-montados, tais como o novo blindado Guarani, produzido para o Exército Brasileiro. Ele substituirá o Hercules C-130, que é utilizado em ope-rações como missões de busca e reabastecimento de outras aeronaves em voo.

Representantes da Embra-er revelaram que este é o pri-meiro de dois protótipos que serão usados “nas campanhas de desenvolvimento, testes de solo e de voo e certificação”.

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014

Page 9: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

CIDADES 9 TRIBUNAINDEPENDENTE MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014

CidadesConcurso público: Uncisal lançaedital para preenchimento de vagasA Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) lançou ontem (21) editais para concurso público para servidores dos níveis fundamental, médio e superior. As inscrições começaram ontem e se encerram às 23h59 do dia 20 de novembro e devem ser efetuadas no endereço eletrônico concursopublico.uncisal.edu.br. Quem não dispuser de equipamento para acessar a internet, poderá efetuar a inscrição na sede da Copeve-Ufal, situada no Campus A. C. Simões, no Tabuleiro do Martins, no horário das 8h às 12h e das 13h às 17h; ou na sede da Uncisal, no Trapiche, na Sala do Espaço Digital 1, 3º andar, no horário das 8h às 14h.

Chikungunya: resultado sem previsãoAgora já são quatro casos suspeitos da febre em Alagoas e a secretaria ainda não recebeu nem o laudo do primeiro exame

Apesar dos sintomas, chikungunya não representa risco de morte

THAYANNE MAGALHÃESREPÓRTER

Alagoas tem mais um caso suspeito de febre chikungunya

e o resultado do primeiro exame, enviado para o laboratório referência no dia 23 de setembro, ainda não chegou em Alagoas.

A informação é da direto-ra de Vigilância Epidemioló-gica da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Cleide Moreira.

“Estamos aguardando o resultado dos exames que estão sendo realizados no la-boratório Evandro Chagas, em Belém, no Pará. Nenhu-ma suspeita foi confirmada e não sabemos em quanto tempo teremos os resulta-dos”.

Nenhum dos exames estão sendo realizados no Fiocruz, no Rio de Janeiro, como havia sido informado anteriormente pela secreta-ria.

Com esse novo caso, Ala-

goas agora tem quatro pa-cientes com suspeita de fe-bre chikungunya.

“Quase todos os casos suspeitos foram de pessoas que viajaram. O primeiro foi de um americano que veio da Flórida. A segunda pessoa com suspeita da fe-bre esteve várias vezes em Salvador nos últimos meses e nós sabemos que na Bahia foram confirmados vários casos. Ainda não há confir-mação de nenhum suspeito que possa ter contraído o vírus por transmissão aqui no Estado. Esses casos nós chamamos de autóctones”, explicou Cleide.

A diretora explicou que as pessoas com sintomas parecidos com os da chikun-gunya acabam se assustan-do por conta da repercussão dos casos suspeitos.

“Se a pessoa estiver sen-tindo dor nas articulações e febre é preciso fazer o exa-me. Quando está na fase mais crônica, a febre chikun-gunya pode deixar sequelas

e as dores podem durar até três anos. Acredito que por isso a preocupação em rela-ção à doença tem aumenta-do”, opinou.

Cleide Moreira reforçou que a população também deve aumentar os cuidados contra a proliferação do mos-quito Aedes aegypti, trans-missor da febre chikungunya e também da dengue.

“Continuamos nos reu-nindo e nos preparando para enfrentar o problema. Nós temos um plano de enfren-tamento parecido com o da dengue, que é controlar a proliferação do vetor. O Esta-do vem realizando reuniões e capacitando pessoal para que identifiquem os sintomas da doença. Amanhã (hoje) nos reuniremos com o Município para traçar ações de combate à febre chikungunya”.

Para a diretora, é preciso ainda que os órgãos respon-sáveis estejam atentos no trabalho diário dos agentes de saúde e na limpeza urba-na.

SEQUELAS

Dor nas articulações é sintoma mais característico da doença

A febre chikungunya possui três fases: a aguda, a subaguda. No terceiro caso, quando a doença apre-senta evolução, as vítimas apresentam febre alta, que aparece de repente e vem acompanhada de dor de ca-beça, mialgia (dor muscu-lar), exantema (erupção na pele), conjuntivite e dor nas articulações (poliartrite).

A dor nas articulações é o sintoma mais caracterís-tico da doença. As dores são tão fortes que chegam a im-pedir os movimentos e pode perdurar por meses mesmo depois que a febre é curada.

Segundo explica a direto-ra de Vigilância Epidemioló-gica da Sesau, Cleide Morei-ra, a doença não representa risco de morte.

“Em Alagoas o hospital referência para o tratamen-to dessa doença é o Hospital

Escola Dr. Helvio Auto. Nos-sos profissionais já foram capacitados para tratar de casos suspeitos da doença”.

TRATAMENTONa fase aguda, o trata-

mento contra a febre chi-kungunya é sintomático. Analgésicos e antitérmicos são indicados para aliviar os sintomas. Manter o doente bem hidratado é medida es-sencial para a recuperação.

Quando a febre desapa-rece, mas a dor nas articu-lações persiste, podem ser introduzidos medicamentos anti-inflamatórios e fisiote-rapia.

PREVENÇÃO Não existe vacina contra

febre chikungunya. Na ver-dade, a prevenção consiste em adotar medidas simples no próprio domicílio e arre-dores que ajudem a comba-ter a proliferação do mosqui-

to transmissor da doença.REGISTROSDe acordo com dados di-

vulgados pelo Ministério da Saúde, até o dia 11 de outubro deste ano, foram registrados 337 casos de fe-bre chikungunya no Brasil. Deste total, 38 casos foram importados por pessoas que viajaram para países com transmissão da doença, como República Dominica-na, Haiti, Venezuela, Ilhas do Caribe e Guiana France-sa.

Outros 299 foram diag-nosticados em pessoas sem registro de viagem interna-cional, chamados de autóc-tones, sendo 17 no municí-pio de Oiapoque, no Amapá, 274 no município de Feira de Santana, na Bahia, 7 em Riachão de Jacuípe, também na Bahia, e um em Matozi-nhos, Minas Gerais. (T.M.)

ASCOM HELVIO AUTO

ASSESSORIA

Helvio Auto é o hospital referência no Estado para tratar de casos suspeitos da febre chicungunya

Celso Tavares disse que algumas pessoas podem ficar com sequelas, mas a grande maioria se recupera rápido

Aedes Aegypti é o principal transmissor da febre chincugunya; para combater a doença é preciso eliminar o mosquito

RESULTADO

É questão de tempo vírus chegar em Alagoas, diz infectologista

O médico infectologista Celso Tavares acredita que a demora no resultado dos exames dos casos suspei-tos de febre chikungunya em Alagoas acontece por-que o laboratório referência tem dado prioridade para a realização dos exames nas amostras vindas de estados onde já foram confirmados casos da doença.

“Eles certamente estão dando prioridade aos casos vindos da Bahia e de Minas Gerais, onde várias pessoas estão com a doença. Além disso, não existe a dispo-nibilidade do reagente em grande quantidade para

que eles possam distribuir o material e os exames sejam realizados em outros locais”, opinou o médico.

Para Celso Tavares, os casos suspeitos de chikun-gunya em Alagoas pouco provavelmente serão confir-mados.

“Não acredito que esses primeiros casos sejam con-firmados, mas é uma ques-tão de tempo até que o ví-rus chegue em Alagoas. Eu venho dizendo isso há sete anos, que a febre chikun-gunya está se espalhando pelo mundo e que logo che-garia ao Brasil. A prolife-ração do mosquito é muito

grande no nosso país”.Sobre o Estado estar

preparado para combater a doença, o médico explica que o trabalho é basicamente o mesmo de combate à dengue, já que a febre chikungunya também é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

“Nós temos como tratar o quadro viral dos pacien-tes comcchikungunya. O grande problema é que al-gumas pessoas podem ficar com sequelas, com dores nas articulações por um longo período. Mas a gran-de maioria das pessoas que pegam a doença, se recupe-ra rápido”. (T.M.)

Para Tavares, casos suspeitos não devem ser confirmados

Page 10: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014CIDADES10 TRIBUNAINDEPENDENTE

UTI neonatal do HU está superlotadaUnidade voltou a operar com excesso de atendimento; demanda aumentou com o fechamento da Santa Mônica para reformaOLÍVIA DE CÁSSIAREPÓRTER

A Unidade de Tera-pia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital

Universitário (HUPAA), no Tabuleiro do Martins, vol-tou a apresentar superlo-tação e no final da tarde de ontem estava adaptada com 28 bebês onde a capacidade é de 15, no local destinado aos pacientes da materni-dade-escola Santa Mônica, e 18 na Unidade de Cuidados Intermediários (UCI), onde a capacidade é de dez bebês, do Hospital Huniversitário.

A situação é considerada preocupante depois da pa-ralisação das atividades na Maternidade Santa Mônica e segundo Lúcia Amorim, diretora médica da materni-dade do HU, a demanda no local aumentou e muito. “Se você tem dois hospitais que estão fazendo alto risco e

passa a funcionar em um só com o mesmo número, isso resulta na superlotação. A gente já tem uma grande demanda com as duas ma-ternidades funcionando, imagina agora. A realidade é que a maternidade Santa Mônica sempre estava mui-to cheia e aqui também, só que não tínhamos essa rea-lidade dos corredores”, ob-servou.

Lúcia Amorim disse que depois que os serviços da Santa Mônica foram trans-feridos para o HU, o hospi-tal só está atendendo alto risco, mas faz a triagem de todas as gestantes. “Quan-do a paciente é de alto risco fica internada nas enferma-rias; quando é de baixo ris-co a gente liga para o Cora (Complexo Regulador de Maceió) e as gestantes são distribuídas para as qua-tro maternidades (Santo Antônio, Nossa Senhora da

Guia, Hospital dos Usinei-ros e Nossa Senhora de Fá-tima)”, explicou.

A diretora médica res-salta que num espaço onde deveriam estar 12 gestan-tes, há 28. Já a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal abriga 46 bebês, quase o dobro da capacida-de. As mulheres que estão no corredor, segundo a ela, estão internadas, mas a maternidade não tem leito disponível dentro das enfer-marias.

É o caso de Juliana de Souza, 24 anos, residente em Maceió, que estava no corredor da maternidade tomando soro, enquanto aguardava um leito em uma das enfermarias. Juliana Souza está esperando o se-gundo filho e terá o bebê em parto cesariana. “Estou aqui desde ontem esperan-do, mas não tem vaga”, dis-se ela. UTIs do HU e da Santa Mônica juntas têm capacidade para 25 bebês, mas já estavam operando com 46

Segundo Lúcia Amorim, problema só deve ser sanado quando a Santa Mônica voltar a funcionar

Condenação de Anderson Cerqueira deverá ser cumprida em regime fechado

ADAILSON CALHEIROS

ADAILSON CALHEIROS

BRUNO MARTINS

POR HOMICÍDIO

Juri condena ‘Mancha’ a26 anos e seis meses de prisão

Na noite desta terça-feira (21), em julgamento ocor-rido no Tribunal do Júri, no Fórum Estadual, o réu Anderson de Menezes Cer-queira, de 25 anos, foi con-denado por maioria de votos do júri por homicídio dupla-mente qualificado a 26 anos e seis meses pela morte de Florisvaldo Peixoto Silva, em março de 2013. A conde-nação é para ser cumprida inicialmente em regime fe-chado no sistema prisional alagoano. A defesa recorreu da decisão.

RÉPLICAO advogado Alexandre

Omena argumentou em sua réplica que a maior prova contra o réu, também co-nhecido como “Mancha”, seriam as ligações inter-ceptadas que causaram a pausa do julgamento em algumas horas. As evidên-cias estavam na Delegacia de Homicídios, no bairro da Santa Amélia, e o juiz Mau-rício Breda, solicitou que um oficial de justiça buscas-se a prova mencionada nos autos.

SANTA MÔNICA

Reforma da maternidade deve ser concluída em dezembro

RECORRENTE

Unidade chegou a fechar as portas para gestante de risco habitual

VERÃO FASHION

Shopping da capital é palco de evento de moda até domingo

A maternidade-escola San-ta Mônica foi fechada desde maio deste ano, para servi-ços de reparo na instalação elétrica e problemas de infil-tração. Com a interrupção do atendimento, os serviços fo-ram transferidos para o Hos-pital Universitário Professor Alberto Antunes (HU). A transferência resultaria em curto prazo no fechamento, mas até esta data os serviços de reparo não foram concluí-dos.

A reportagem da Tribuna Independente entrou em contato com a assessoria de imprensa da Santa Mônica

e foi informada que o novo prazo previsto para a volta do funcionamento da mater-nidade é no próximo mês de dezembro.

A Santa Mônica está loca-lizada na Avenida Comenda-dor Leão, no bairro do Poço, e é especializada no atendi-mento a gestantes de alto risco pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Na ocasião fo-ram transferidos os serviços de UTI Neo, da Enfermaria Canguru e da UTI materna.

Em fevereiro desse ano, a Secretaria de Saúde anun-ciou que a Santa Mônica só iria receber as gestantes

previamente triadas em ma-ternidades de risco habitual. A normativa previa, assim, assegurar o atendimento das gestantes de alto risco mes-mo com o início da segunda etapa das obras de reforma da maternidade.

A situação se agravou quando aconteceu um curto--circuito que provocou a transferência – em caráter de urgência – de mães, bebês e grávidas para o HU, que vem enfrentando problemas recorrentes de superlotação, situação agravado com o fe-chamento de leitos na mater-nidade escola.

Não é a primeira vez que a situação fica crítica no Hospital Universitário e já havia sido registrada em agosto. Na época, a unidade chegou a ficar com 33 ges-tantes no pré-parto e fechou as portas para novas pa-cientes, classificadas como “demanda espontânea”. À época, a Secretaria de Esta-do da Saúde (Sesau) afirmou que não havia medida emer-gencial a ser tomada diante da superlotação.

Lúcia Amorim destaca ain-da que em três enfermarias da maternidade são dividi-dos os doze leitos, sendo que cinco são destinados às pa-cientes com eclampsia, mas como a demanda atualmen-te é grande, “na enfermaria

que era para ter dois leitos deve ter umas seis agora, as mulheres que estão no cor-redor, e ainda as que estão no sexto andar, destinado a pacientes clínicos ou que já foram submetidas a algum tratamento, como cureta-gem ou cesariana”, observa. A UTI do Hospital Universi-tário, segundo Lúcia Amo-rim, deveria estar somente com 25 recém-nascidos e, além das grávidas no corre-dor, outras duas foram co-locadas na sala de triagem, usada apenas para fazer a avaliação das pacientes.

“Se você vier fazer uma re-portagem daqui a dois dias, o quadro já mudou, é muito cíclico e depende da deman-da; a rotatividade na mater-

nidade é muito grande; esta-mos trabalhando no mesmo ambiente e com o mesmo número de leitos; não há como comportar todas as pacientes que chegam. Já sabíamos que isso ia aconte-cer. Se você junta dois ser-viços num só, com a mesma infraestrutura, é impossível não ter superlotação”, pon-tua.

Segundo a médica, o pro-blema só será sanado quan-do a Santa Mônica voltar a operar e as duas voltarem a dividir o número de atendi-mentos. “Se a situação já era difícil com as duas funcio-nando, imagine com uma só; até agora não temos previ-são de quando voltará o fun-cionamento”, argumentou.

De 22 a 26 de outubro, o Maceió Shopping será palco de um dos mais importante eventos de moda da capital e realiza o Verão Fashion Maceió Shopping, iniciativa que conta com desfiles e talk shows com especialistas, tra-zendo as últimas tendências e novidades do mundo da moda.

Na noite de abertura, aten-dendo ao convite do centro de compras mais tradicional da capital alagoana, o renomado estilista Walério Araújo, re-

conhecido como um dos pro-fissionais mais importantes de São Paulo, e que tem entre seus clientes personalidades como Ivete Sangalo, Sabrina Sato, Claudia Leitte, Adriane Galisteu e Preta Gil, estará no shopping apresentando sua coleção primavera verão.

Até domingo (26), as ten-dências da moda masculina, feminina e infantil para o ve-rão 2015 serão apresentadas pelas lojas participantes du-rante os desfiles que são aber-tos ao público e acontecem na

praça de eventos do Maceió Shopping. As blogueiras de destaque no cenário alagoano Carol Gaia, Kaká Marinho e Gabriela Sales também são convidadas e estarão apre-sentando ao público um pouco sobre a influência da moda no nosso dia-a-dia. Haverá ain-da apresentações artísticas com personagens infantis e a realização do concurso Belís-sima, realizado pela agência Hit’s Models. Confira a pro-gramação completa no site www.maceioshopping.com.

TRÁFICO

Defeza diz que não existe prova de envolvimento

A defesa falou aos jurados que inexistia prova técnica de que Anderson tenha envolvi-mento com o tráfico. “O que existe é um áudio que dizia que o réu ‘supostamente’ se-ria o autor da prática deliti-va”, afirmou Alexandre Ome-na. O advogado ressaltou ainda que qualquer dúvida do júri, deveria acarretar voto a favor da absolvição do réu.

O Ministério Público de Alagoas ressaltou que as liga-ções interceptadas continham várias referências a nomes conhecidos e que constam em vários processos da 7ª Vara Criminal da Capital, em cri-mes relacionados ao tráfico de drogas nos bairros do Bom Parto e do Mutange.

O caso não teve testemu-nhas e a interceptação, per-mitida por ordem judicial, foi a prova do envolvimento de Anderson com o crime, de acordo com o MP/AL. “Tínha-mos elementos suficientes para a interceptação telefô-nica e a prisão preventiva da pessoa identificada como ‘Mancha’”, disse a represen-tante do MP.

Na tréplica, a defesa ressal-tou que o número e CPF do dono do telefone identificado não eram de Anderson, mas de uma pessoa que tinha o mesmo sobrenome, Cerquei-ra. “O Estado não teve a con-dição de provar por A mais B a autoria do crime”, disse Ale-xandre Omena.

Page 11: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

CIDADES 11 TRIBUNAINDEPENDENTE

AÍLTON VILLANOVA [email protected]

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014

Por causa de um terno!

Era um sábado. A manhã tinha ido embora e a tarde estava na metade. Na cozinha da casa, dona Eu-trópia se empenhava na tarefa de lavar os pratos e

panelas do almoço. Nesse momento, chegou o marido Antió-genes, todo cheio de autoridade: - Já engomou a minha roupa, mulher? E a madame: - Você num tá vendo que eu tô ocupada? - Então, desocupe logo e vá engomar o meu terno! - Desocupo já! - Num brinque não, mulher! - Ôxi! E eu tô brincando, tô? - Tá! Tá, sim. Tomara que eu perca o casamento do meu colega Nivaldo... Tomara! - E se perder, o que é que tem? - Eu quebro a sua cara, mulher da bubônica! Como nunca foi mulher de engolir desaforos, dona Eu-trópia respondeu na tábua da venta do marido: - Só se você tiver quatro quibas. Experimente! - Deixe de papo e vá logo cuidar da minha roupa... - Agora é que eu num vou, pronto! - Vai não? - Vou não! - Vai sim! No rabo da palavra, Antiógenes partiu para cima da mulher com a intenção de fazê-la cumprir a sua ordem, na marra. Não devia ter feito aquela besteira, porque se deu mal. Ao reparar na atitude do marido, dona Eutrópia agiu rápido: pegou a panela onde havia umas rodelas de inhame cozinhando e jogou no sujeito. A água fervendo atingiu-lhe em cheio na cara. Perder a festa de casamento do amigo, para o Antióge-nes não foi nada. Pior foi perder uma banda da cara, que a água quente da panela derreteu.

Exagero de relógio Fazendo um esforço danado, Pretestato carregava nas costas um enorme e pesado relógio de parede. O destino dele era a oficina de consertos. Ao dobrar a esquina do Beco São José com Rua do Comércio, no centro da cidade, deu uma baita trombada numa madame, que se estabacou no asfalto. Aí, desculpou-se: - Sinto muito, dona... Mil perdões! E a mulher, putíssima, liberando um sotaque português: - Desculpo merda nenhuma! Por que você não usa relógio de pulso como todo mundo, seu imbecil?

Santo Remédio O Osquépio era um tremendo boêmio. Além disso, mulheren-go dos mais festejados. O cara só vivia na gandaia e quando se lembrava de voltar pra casa, já passava do meio-dia seguinte. E ainda por cima biritado. De repente, mudou radicalmente de comportamento. Cadê querer sair mais de casa! Curiosíssima, dona Quitéria, a vizinha do lado, procurou saber de dona Obidúlia, mulher do indigitado o porque da mudança dele. - Qual foi o remédio que você deu pro Osquépio mudar tanto? E ela: - Foi fácil. Uma madrugada dessas, quando ele chegou de fininho eu falei: “É você, Marcão?”

Dominado pela mulher Pretendente a um emprego em importante empresa de comu-nicação da capital, um certo Edelvânego Augusto estava sendo entrevistado pelo psicólogo Reinaldo Cavalcante. A certa altura da conversa o especialista indagou: - E o que o senhor faz a da sua vida social? - Ãããhhh? Nada... Muito hábil, o psicólogo insistiu: - O senhor não costuma passear por aí acompanhado de uma ou mais garotas? - Nã... Não... Nunca! - E ao menos não sente vontade? O cara soltou um longo suspiro: - Bom... às vezes, sim. - Ótimo! E por eu não sai? - Porque a minha mulher não deixa!

Perseguição oficial Madame Ethelvina Mamede é uma ativa participante de um desses programas de assistência carcerária da capital. Sua ficha é recheada de elogios, tendo em vista sua dedicação à causa. Outro dia, numa de suas costumeiras visitas a um dos nos-sos presídios, ela se deparou com um rapaz recolhido à cela de segurança máxima e não conseguiu esconder a sua curiosidade. Aproximou-se cautelosamente, cumprimentou o preso e pergun-tou: - Por que um rapaz jovem, de tão boa aparência, como você, está aqui nessa cela. Você deve ser muito perigoso, não é? - Para o governo, eu sou. Mas eu me acho um cara legal! - Por que você está preso desse jeito? - Concorrência comercial e perseguição do governo. - Como assim? - É que me estabeleci no ramo de fabricação de cédulas... - Você fala de cédulas... dinheiro? - Sim, senhora. Comecei a fabricar cédulas de 50 e 100 reais. Aí, o governo achou que eu estava fazendo concorrência desleal e mandou me prender. Quando acaba, ainda fala em incentivar a empresa privada!

Instalado equipamento para limpeza de canaisBarragem móvel foi colocada pela Slum no Salgadinho e na Vila Brejal

Previsão da permanência do equipamento especial no riacho é de um mês

Nova forma de limpeza de canais, córregos e riachos tem aprovação da população

Duas áreas da capital consideradas críticas receberam na última

semana equipamento es-pecial para limpeza de ria-chos e canais. A chamada barragem móvel foi insta-lada em trechos do Canal do Raminho, na Vila Brejal, e do Riacho do Salgadinho, na região do Vale do Reginaldo.

Com isso, a Superinten-dência de Limpeza Urbana de Maceió (Slum) espera mi-nimizar a sujeira descartada inadequadamente no leito dos mananciais e diminuir os problemas ocasionados pelo aumento do índice de chu-vas, que leva a alagamentos, inundações e carreamento de material para a orla lagunar e marítima.

“É uma área complicada. Os canais de drenagem que desaguam na Lagoa não têm como escoar. O problema do canal interfere em toda a Vila Brejal em cadeia”, explica Gustavo Novaes, superin-tendente da Slum. “A ausên-cia de escoamento adequado do canal estava provocando alagamento e isso cria uma

SECOM MACEIÓ

SECOM MACEIÓ

Segundo o superintendente Gustavo Novaes, ausência de escoamento adequado do Canal do Raminho provocava alagamento

Barragem móvel foi instalada no Canal do Raminho; trabalho de limpeza também é feito nos canais transversais que passam por dentro da Vila Brejal

VALE DO REGINALDO

Salgadinho fará parte de rodízio

OPERAÇÃO

Serviço já passou por vários locais

Já no Vale do Reginaldo, a previsão é de que a barra-gem móvel fique em opera-ção por aproximadamente um mês. Após esse período, o equipamento será insta-lado em sistema de rodízio nos afluentes do Riacho do Salgadinho, como o Riacho do Sapo e o Canal do Gulan-di, ambos no bairro do Poço, seguido de retorno para tre-chos do próprio Riacho do

Salgadinho. “Faremos uma manu-

tenção mais rápida em cada um, uma vez que o grosso do material já foi retirado. Será uma atuação preventiva de coleta, já que o quantitati-vo depositado atualmente é bem menor”, considera o ti-tular da Slum.

Outra novidade para o trecho do Riacho do Salga-dinho será a instalação de

diversas telas de contenção ao longo do seu curso até a foz na Praia da Avenida. As telas terão a função de con-ter os resíduos descartados inadequadamente e impedir que eles cheguem até à foz.

“Como não podemos ter uma barreira fixa – já que numa eventual enxurra-da a grade formaria uma barreira com o acúmulo de material e isso acarretaria

numa inundação em cascata –, as telas têm um mecanis-mo de proteção. No caso de uma enxurrada, o disposi-tivo de segurança promove a abertura para liberar o material”, detalha Gustavo Novaes.

A Slum promete realizar manutenção constante nas telas a serem instaladas para evitar o acúmulo de material ao longo do canal.

Postos em operação des-de o início do ano, os equipa-mentos de barragem móvel já passaram por diversos canais, córregos e riachos da capital e foram provados pela população.

“O mosquito e o mau cheiro diminuíram bastan-te. O lixo que passava pelo riacho diminui também. An-tes fedia e havia muitos in-setos por aqui”, aponta Ma-

ria José Albuquerque, dona de casa que mora no bairro do Poço, bem em frente ao Canal do Gulandi. “Ficamos muito contente depois dessa limpeza”, reitera.

A população também aprovou a recente atua-ção em trechos do Canal do Trapiche no Conjunto Virgem dos Pobres I. “O ci-dadão está satisfeito com o trabalho. Após passarmos

pelo Canal do Trapiche, a população nos ligou satis-feita com a limpeza e com a melhora da situação dos mosquitos”, garante Gusta-vo Novaes.

Moradora da Traves-sa Coronel José Francisco Vieira, situada em frente ao canal Trapiche, Dona Inês Barros, reside há 18 anos na região. “Antes deste ser-viço não tinha quem aguen-

tasse ficar na porta”, cons-tata a dona de casa, que confirma a diminuição dos mosquitos, mas alerta para a falta de educação ambien-tal da própria população. “O problema é que o povo joga lixo, pneu e até móvel no canal. Outro dia, o pes-soal limpou aqui, na mesma hora, chegou um moço com um carro com uma geladei-ra”, lamenta.

situação desagradável, com esgoto acumulado contribuin-do para a questão da sujeira como um todo. Com a limpe-za, esperamos que o Canal possa baixar o volume e a al-tura tendo em vista a saúde

da população”, detalha.Em paralelo a operação do

equipamento – que, de modo eficiente e econômico, con-siste em represar a água do canal a cada 24 ou 48 horas para, na sequência, liberar

uma “onda” que arrasta lama e detritos, num processo de limpeza pela força da gravi-dade –, a Slum também atua nos canais transversais que passam por dentro da Vila Brejal.

Page 12: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014CIDADES12 TRIBUNAINDEPENDENTE

Motéis devem se adequar às normas trabalhistasMPT instaurou procedimento para promover melhorias de saúde e segurança no meio ambiente dos estabelecimentos

O Ministério Públi-co do Trabalho em Alagoas instaurou

Procedimento Promocion-al, em setembro deste ano, para promover melhorias de saúde e segurança no meio ambiente de trabalho de motéis em Maceió. O “Promo”, executado com frequência pelo MPT, tem o objetivo de realizar ações preventivas que promovam a adequação das empresas às normas trabalhistas.

Especificamente, esse “Promo” foi instaurado pelo MPT em conjunto com o Centro de Referência de Saúde do Trabalhador (Ce-rest), visando à capacitação de empregados de motéis da Região Metropolitana de Maceió com ações educati-vas de saúde e segurança no trabalho. Os funcionários participaram de cursos so-bre a importância de progra-mas essenciais à segurança

e saúde do trabalhador, a exemplo do Programa de Prevenção de Riscos Am-bientais (PPRA), Programa de Controle Médico de Saú-de Ocupacional (PCMSO), Atestado de Saúde Ocupa-cional (ASO) e Comissão In-terna de Prevenção de Aci-dentes (CIPA).

Mais de 90% dos motéis visitados não possuíam ne-nhum trabalho efetivado que garantisse melhorias no ambiente laboral, segundo relatório repassado pelo Ce-rest. Durante audiência rea-lizada na sede do MPT em Maceió, a Procuradora do Trabalho responsável pelo Promo pediu que o Cerest apresente, no prazo de 20 dias, a relação dos estabele-cimentos que não compare-ceram à capacitação. O in-tuito da Procuradora é que todos os estabelecimentos do setor de motéis da capital promovam melhorias a seus

empregados.“Os estabelecimentos que

não se envolveram no proje-to de melhorias nas relações de trabalho serão chamados no MPT para que procedam as capacitações e regulari-zem de forma participativa e voluntária as deficiências no meio ambiente do tra-balho. A ideia do Promo é preventiva, mas caso haja negativa das empresas em adequar-se, a solução será o meio coercitivo”, explicou a Procuradora.

Durante as inspeções, o Cerest solicitou aos estabe-lecimentos a apresentação de documentos exigidos pe-las Normas Regulamenta-doras de saúde e segurança. Os proprietários dos motéis que não entregaram a docu-mentação solicitada devem adequar-se ao programa de melhorias para que as normas trabalhistas sejam cumpridas.

SANDRO LIMA

Avenida Pastor Eurico Calheiros, que liga o Jacintinho ao Feitosa, foi fechada; manisfestação terminou após a chegada do Bope

O delegado Lucimério Campos solicitou ao juiz Jo-semir Pereira da 4ª vara Cri-minal da Capital a exumação do corpo da soldado Izabelle Pereira. O objetivo é encon-trar cápsulas no corpo da vítima. Entretanto, o pedido foi encaminhado à 13ª Vara Criminal da Capital Audito-ria Militar. Quem decidirá será o juiz-auditor militar José Cavalcante Manso. O caso é investigado em duas frentes: civil e militar.

Após a divulgação do re-sultado do laudo pericial de que a arma que vitimou a soldado Izabelle Pereira não disparou sozinha, a Polícia Civil trabalha com a tese de homicídio culposo. Ou seja, sem a intenção de matar.

O laudo também apontou para a falta de manutenção no armamento. E por isso, a submetralhadora disparou uma rajada e não alguns ti-ros. Para o delegado, exumar o corpo da soldado Izabelle é parte importante do inquéri-to policial. Também foi solici-tada uma reconstituição dos momentos dos disparos. Mas ela não acontecerá por falta de condições técnicas.

A soldado Izabelle foi atin-gida no último dia 30 de agosto por uma rajada de submetralhadora ponto 40 dentro de uma viatura do Batalhão de Radiopatrulha quando realizava rondas no bairro Sítio São Jorge, em Maceió.

Segundo eles, há duas semanas não há coleta regular

Moradores ouviram gritos de alguém pedindo socorro

JACINTINHO

Moradores de grota se revoltam com lixo acumulado e fecham via

IZABELLE

Solicitada exumação do corpo de soldado

TEOTÔNIO VILELA

Professor é assassinado a golpes de faca no Conjunto Frei Damião

RÍVISON BATISTAREPÓRTER

“Crianças estão ficando doentes”. Assim uma mo-radora do bairro do Jacinti-nho falou à reportagem do Tribuna Independente no final da manhã de ontem (21). Moradores de uma grota que se localiza nas proximidades da Avenida Pastor Eurico Calheiros, que liga o bairro do Jacin-tinho ao bairro do Feitosa, fizeram um protesto por causa de lixo acumulado na região.

Revoltados, os morado-res da grota atingida pela sujeira – chamada pelos manifestantes de ‘Grota do Cabral’ – fecharam a Aveni-da Pastor Eurico Calheiros com o próprio lixo deixado às margens da via e depois atearam fogo, impedindo a passagem de carros. Al-gumas motos ainda conse-

guiam passar pelo local. “Já faz duas semanas que o lixo dessa área não é recolhido com regularidade”, afirmou uma moradora identificada como Maria da Conceição. “Tinha um cachorro morto há uns dias atrás. É mui-ta imundice. Tem crianças doentes na grota por causa dessa sujeira”, completou a moradora.

Acompanhados de perto por policiais do Batalhão de Polícia de Eventos (BPE), os moradores da grota rei-vindicavam melhorias na coleta do material. “Sema-na passada passaram sete dias sem recolher nada”, disse uma popular que des-cia a grota no momento do protesto. Segundo Maria da Conceição, quando chove a situação se agrava, pois a água desce para a grota juntamente com os detri-tos do lixo. De acordo com a população, o lixo vem de

construções próximas e de entulhos depositados na-quele local por carroceiros. “No início, quando esse lixo começou a aparecer, a pre-feitura prometeu uma ca-çamba para limpar a área. No início funcionou esse processo, agora não funcio-na mais”, disse um policial do BPE.

Enquanto negociavam com moradores a desobs-trução da avenida, os mili-tares afirmaram que a po-lícia iria entrar em contato com a Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió (Slum) para que o órgão competente tome as devidas providências.

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foi acionado para ajudar na desobstrução da via. A manifestação terminou por volta das 12h30 e a aveni-da foi liberada após acordo entre policiais e moradores.

DAVI SALSAREPÓRTER

O professor e defensor de direitos humanos José Erivaldo dos Santos, 41, foi assassinado a golpes de faca, no início da madruga-da de ontem (21), na cidade de Teotônio Vilela, a 100 km de Maceió.

De acordo com as primei-ras informações, moradores do Conjunto Frei Damião ouviram gritos de um ho-mem pedindo socorro e de-pois estranharam o silêncio, em seguida.

Pela manhã, populares acionaram uma guarnição

da 4ª Companhia de Policia Militar até a residência de José Erivaldo dos Santos.

Ao chegarem ao local, os policiais observaram que a porta de casa estava arrom-bada e havia várias marcas de sangue em vários pontos da residência.

O corpo do professor e ativista contra a violência foi encontrado em um dos quartos da casa, ao lado da cama.

José Erivaldo dos Santos apresentava golpes de faca e a casa estava toda revira-da, inclusive com sinais de arrombamento.

José Erivaldo partici-

pava de movimentos que lutava contra a violência e o extermínio de jovens. Era muito conhecido entre os jovens e participava dos movimentos ligados à Igre-ja Católica. José Erivaldo participou da Jornada da Juventude no Rio de Janei-ro, no ano passado, quando o Papa Francisco, esteve no Brasil.

A polícia investiga se foi levado algum objeto da re-sidência, para atestar se o professor foi vítima de la-trocínio ou de algum tipo de retaliação por conta de sua luta contra a morte de jo-vens na cidade.

Page 13: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

Indústria Portobello será inaugurada até dezembro Anúncio foi feito por empresários durante reunião com o governador Teotonio Vilela

O governador Teotonio Vile-la Filho reuniu-se, ontem (21), com os executivos da

Portobello, empresa catarinense especializada em revestimentos cerâmicos, para tratar do crono-grama de inauguração da uni-dade fabril que está sendo cons-truída no Polo Industrial José Aprígio Vilela, em Marechal Deodoro. Com investimentos de R$ 200 milhões e geração de cer-ca de 1.000 empregos diretos e indiretos, a fábrica está prevista para ser inaugurada até dezem-bro deste ano.

“Acompanhei com muito orgulho a construção da indús-tria. Estudei o terreno, estive à frente nos momentos necessá-rios para solucionar entraves burocráticos, e posso garantir que a Portobello será um marco da indústria alagoana. Quando visitei a empresa em Santa Ca-tarina anos atrás, compreendi a importância de trazer um em-preendimento desse porte para Alagoas”, declarou Teotonio Vi-lela.

Para o diretor financeiro da Portobello, John Suzuky, o apoio do governo foi o diferen-cial para instalação da unidade em Alagoas. “Estamos muito animados com a implantação da nossa nova fábrica, pois durante todo trâmite burocrático o go-verno estadual nos atendeu com muita seriedade, compromis-

Diretores destacam apoio do governo como diferencial para instalação da unidade em Alagoas

[email protected]

CidadesemFocoROBERTO BAIA

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014 ECONOMIA 13 TRIBUNAINDEPENDENTE

Corte nos salários

so, transparência e agilidade. Por isso, queremos fazer nossa parte, ajudando no desenvol-vimento econômico do Estado, com geração de emprego para a população”, destacou.

Extensão de incentivoDu-rante o encontro, os executivos aproveitaram para esclarecer dúvidas sobre a possibilidade de extensão dos incentivos ao gru-po, já concedidos pelo Governo de Alagoas, em 2013, por meio do Programa de Desenvolvi-mento Integrado do Estado de Alagoas (Prodesin).

Segundo os executivos, o grupo Portobello S.A atuará em

Alagoas por meio de uma subsi-diária, a Companhia Brasileira de Cerâmica (CBC), tornando necessária a extensão dos bene-fícios.

A secretária de Estado do Planejamento e do Desenvol-vimento Econômico, Poliana Santana, explicou que por se tratar CNPJs distintos, a em-presa deverá formalizar novo requerimento junto ao Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico e Social (Conedes). “Como o grupo já possui a licen-ça ambiental para instalação, só será preciso agora o requeri-mento de extensão de incentivos

fiscais e creditícios, que será avaliado na próxima reunião do conselho”, esclareceu.

A empresa - A Portobello é hoje uma das maiores empresas de revestimentos cerâmicos da América Latina. Atualmente, o grupo atende países dos cinco continentes, além do mercado interno, por meio da Portobello Shop e do canal de vendas para a engenharia. Em Alagoas, a fábrica vai produzir revestimen-tos cerâmicos que atenderão a demanda do Nordeste, além de exportar para o mercado inter-nacional, como os Estados Uni-dos.

A prefeita de Arapiraca, Célia Rocha, está tomando uma série de medidas com a finalidade de superar a crise na sua administração provocada,

principalmente, pelo corte dos recursos do Fundo de Participação dos Municípios.Durante uma reunião dos agentes comunitários de saúde e endemias, realizada na manhã de ontem no Clube dos Fumicultores, a prefeita arapiraquense anunciou que os salários dos secretários municipais de Arapiraca serão reduzidos em 40%.

DemissõesMas medidas mais austeras serão adotas para enfrentar a crise. De acordo com informações não oficiais a prefeita arapiraquense vai enxugar a folha de pessoal e as demissões, principalmente de cargos contratados e comissionados serão anunciadas no decorrer dessa semana e no início da próxima.

Mais problemasAinda na reunião realizada no Clube dos Fumicultores de Arapiraca, a prefeita Célia Rocha afirmou que a crise financeira é provocada por outros fatores. “Muitos moradores não pagam o IPTU. A inadimplência é de 85%. 90% das residências não possuem alvará de construção e estão constando nos cartórios como terrenos”, revelou, se mostrando preocupada com a situação financeira do município.

EmancipaçãoDurante a programação dos 90 anos da Emancipação Política do município, a Prefeitura de Arapiraca tem realizado diversas ações, como forma de presentear toda a população por mais essa data.Na segunda-feira (20), a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura (Semoi) efetuou a entrega das ruas pavimentadas nos bairros São Luiz I, Novo Nordeste e Pedro Vieira. Já nesta terça (21), foi a vez das vias D, E, F e G no Distrito Industrial, no bairro Baixa da Hora.

Mobilidade urbanaAs obras foram refletidas nas solicitações das comunidades, o que transmite maior comprometimento da atual gestão em poder dar maior mobilidade urbana a todos os bairros do município.

Obras estruturantesAté o mês de setembro foram entregues mais de 109 mil metros quadrados de pavimentação, asfalto e recapeamento em 13 bairros de Arapiraca.“São vias que contribuem para a melhor fluidez do trânsito e dão melhor acesso aos bairros das nossas comunidades. Em breve, novos bairros também serão pavimentados”, disse o secretário Moyses Montenegro.

ComunidadesAinda Arapiraca: As 22.900 famílias cadastradas no Programa Bolsa Família e de outras ações e projetos, desenvolvidas pela Prefeitura de Arapiraca em parceria com o governo federal, estão sendo beneficiadas, a partir de terça-feira (21), com o lançamento do projeto-piloto para atendimento, também, nos oito Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), localizados em oito comunidades de Arapiraca.

Projeto - pilotoA solenidade de lançamento do projeto-piloto ocorreu no CRAS Almira Fernandes, no Conjunto Habitacional Brisa do Lago, que atende 3.898 famílias dos bairros Olho d’Água dos Cazuzinhas, Cacimbas, Brisa do Lago e Mata da Umbelina.A cerimônia contou com a presença da prefeita Célia Rocha (PTB); vice-prefeito Yale Fernandes (PMDB); secretário municipal de Assistência Social, Daniel Rocha, e da subsecretária Anadja Almeida.

PresençaTambém estiveram presentes, o secretário de Governo, José Lopes; secretária de Indústria, Comércio e Serviços, Myrka Lúcio; coordenador municipal do Programa Bolsa Família, Fagner Ferreira; coordenadora do Programa de Atenção Integral às Famílias (PAIF), Márcia Cristiane, além do vereador Josias Albuquerque (PSD), bem como de assistentes sociais, psicólogas, entre outras profissionais e servidoras e servidores que atuam nos CRAS do Brisa do Lago, Batingas, Mangabeiras, Canafístula, Itapoã, Jardim das Paineiras, Manoel Teles e Planalto.

... Na quinta-feira (30), em solenidade às 10h na Praça Santo Antônio, o Prefeito Henrique Madeira assinará a ordem de serviço dos 5 km de pavimentação asfáltica que contemplará a orla, os acessos e saídas, as praças centrais e o centro do município de Maragogi.

... O asfalto proporcionará diminuição substancial da poeira, agilidade, desenvolvimento do comércio e turismo local, além da valorização dos imóveis. A obra que terá investimentos na ordem de R$ 1.750 milhão, provenientes do Ministério do Turismo e tem previsão de entrega para o início de 2015, também realizará a sinalização vertical e horizontal das ruas.

... “Continuaremos empenhados em executar obras de infraestrutura e mobilidade, que atendem o desenvolvimento da cidade e refletirá diretamente na qualidade de vida da população e futuro do município”, afirmou o prefeito.

Page 14: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

Balanço Energético de Alagoas em tempo recordeEstudo realizado anualmente garante melhor planejamento para sociedade

Com o aumento ta-rifário definido nos últimos dois meses,

o consumo energético tem ocupado um espaço ainda maior no dia a dia da popu-lação. Nesse sentido, a fim de garantir a compreensão e a melhor organização da sociedade e das instituições, a Secretaria de Estado do Planejamento e do Desen-volvimento Econômico (Se-plande) divulga, anualmen-te, o Balanço Energético de Alagoas (Beal).

Usualmente lançados no mês de dezembro, os resul-tados do Balanço Energéti-co no período de 2014 - ano base 2013 foram publicados em tempo recorde e já estão disponíveis em versão digi-tal a partir desta terça-fei-ra (21), no site da Seplande (www.seplande.al.gov.br). A expectativa para este ano é que a versão impressa do Beal esteja disponível na primeira quinzena de no-vembro.

Com uma visão retros-pectiva e integrada da evo-lução dos dados e informa-

ção que caracterizam o perfil energético do Estado, o estu-do contempla atividades de extração de recursos energé-ticos primários, sua conver-são em formas secundárias, importação e exportação, distribuição e o uso final da energia.

“Dando ênfase à produ-ção de energia renovável dentro do Estado, que tem se consolidado como o maior representante do segmento no país, o Beal se destaca enquanto prestação de ser-viço público de excelência em Alagoas”, comentou a secretária de Estado do Pla-nejamento e do Desenvolvi-mento Econômico, Poliana Santana.

GovernoA secretária ressaltou a

importância da publicação para o Estado, lembrando que assim como outras ini-ciativas para o desenvolvi-mento do setor energético em Alagoas, o Beal é um projeto viabilizado por de-terminação do governador Teotonio Vilela Filho, res-ponsável pela criação do

Anuário publicado pela Secretária

de Planejamento e Desenvolvimento

INDÚSTRIA

Material de construção teve queda de 6,5% até setembro

EM NOVEMBRO

Receita aceitará apenas pedidos online de CNPJ

Os estudos da Associa-ção Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (ABRAMAT) apontam que-da de 5,7% nas vendas em comparação a setembro de 2013.

No acumulado de janeiro a setembro houve redução de 6,5% e sobre os últimos doze meses, retração de 4,9%. Na comparação com o mês anterior houve cresci-mento de 5,2%.

“O crescimento sobre agosto não foi suficiente para recuperar a forte queda das vendas do primeiro semes-tre. Com apenas um trimes-tre pela frente, teremos em 2014 uma redução no fatu-ramento real da indústria, quando comparado à 2013. O mercado foi duramente afetado pelo pessimismo em

relação à economia, reforça-do pela perda de dias úteis em função da Copa e feria-dos, bem como pelo aumento nas importações”, afirma o presidente da ABRAMAT, Walter Cover.

O executivo acrescentou que por conta da queda de 6,5% em relação ao mesmo período de 2013, a previsão para o fechamento do ano de 2014 foi novamente revisa-da e aponta agora para uma redução de 4,0 % em relação a 2013.

Os números do estudo da ABRAMAT mostram tam-bém que os empregos na in-dústria tiveram crescimento de 2,7% em relação a setem-bro de 2013.

Já em comparação ao mês anterior se mantiveram estáveis.

A Receita Federal anunciou nesta terça-feira (21) que, a partir de novembro, os pedidos do Cadastro Nacional de Pesso-as Jurídicas (CNPJ) serão acei-tos somente online.

Os contribuintes brasileiros também deixarão de utilizar o aplicativo para preenchimento de solicitações (inscrição, al-teração e baixa) relativas aos dados cadastrais de pessoas ju-rídicas e equiparadas ao CNPJ.

A partir de 3 de fevereiro, os contribuintes deverão uti-lizar exclusivamente o novo Aplicativo de Coleta Online do CNPJ (Coleta Web) para preen-chimento de solicitações cadas-trais de inscrição, alteração ou baixa.

Ou seja, não haverá mais necessidade de se fazer o down-load ou instalar qualquer pro-grama para as solicitações. Essa nova ferramenta substi-tuirá o atual Aplicativo de Cole-ta Offline do Programa Gerador de Documentos do CNPJ (PGD

CNPJ 4.0).Para os interessados, a

Receita Federal oferece curso de ensino a distância sobre o CNPJ. O objetivo é facilitar o contribuinte sobre procedimen-tos e legislação. Com cinco cinco módulos, o curso terá, entre ou-tros temas, legislação

AVIAÇÃOPelo menos um setor da

economia esta lucrando com a estiagem prolongada que atin-ge várias regiões do Brasil: as companhias aéreas.

Em setembro, a demanda doméstica subiu 3% um ano antes, puxada pelas viagens de passeio, informou a associação que representa o setor, nesta terça-feira.

“O clima ajudou o turismo”, resumiu o presidente da Asso-ciação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), Eduardo Sano-vicz, ao anunciar os números do setor sobre o mês passado. “Esta calor, o pessoal vai via-jar.”

[email protected]

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014ECONOMIA14 TRIBUNAINDEPENDENTE

Quebrangulo

Ex-prefeito Marcelo Lima, rebate contra o

atual prefeito de seu município Manoel Tenório, sobre nota publicada ontem nesta coluna. A nota afirmara que Tenório teria criticado Marcelo Lima, em pleno manifesto dos

prefeitos na sede da AMA na segunda-feira. Tenório disse na oportunidade que seu adversário teve a capacidade de usar o microfone da rádio de Quebrangulo, para criticar o fechamento daquela Prefeitura na quarta-feira passada, como parte do manifesto contra a queda do repasse do FPM.

Quebrangulo – resposta“Caro amigo Edmilson Teixeira, como você e todos os colegas ex-prefeitos sabem sempre lutei pela defesa dos municípios. Lutar por mais recursos para os municípios é justo. O que não podemos concordar é querer neste momento falar em crise do FPM e demais transferências constitucionais. Como você pode comprovar pelo site do Tesouro Nacional houve aumento superior ao aumento do salário mínimo. Não está correto se aproveitar deste momento tão importante para plantar notícia que não são verdadeiras em nome do “Movimento Municipalista”. Querer fechar Prefeituras e deixar a população sem os serviços básicos é crime de improbidade. Espero que o Ministério Público tome as providências” disse.

Conselho Estadual de Políti-ca Energética (Cepe).

“São quase sete anos co-mandando dessa tarefa e es-tamos sempre aprimorando nossa produção. Trata-se da reunião de dados que são de

interesse a toda população, como a produção, transfor-mação, consumo, reservas e potencialidades energéti-cas”, explica o secretario ad-junto de Minas e Energias, Jackson Pacheco.

Santa Luzia do Norte“A Prefeitura talvez sem tomar conhecimento algum, está construindo um posto de Saúde num terreno pertencente a indústria Timac –Agro Indústria e Comércio”. A informação é do ex-prefeito Deraldo Lima, que prometeu denunciar o caso no Ministério Público da Saúde. “A obra já foi iniciada; e a Timac ao que parece, está deixando que isso aconteça, a fim de num futuro próximo, tirar proveito de seus direitos junto a Prefeitura”, disse.

MaragogiA turística cidade de Maragogi está se preparando para ganhar um novo visual. O ponto de partida será amanhã pela manhã, quando o prefeito Henrique Madeira assinará a ordem de serviço que vai garantir um banho asfáltico de 5 km pela grande parte urbana. Essa pavimentação contemplará a orla, os acessos e saídas, as praças centrais e o centro. “A medida proporcionará diminuição substancial da poeira, agilidade, desenvolvimento do comércio e turismo local, além da valorização dos imóveis” disse a jornalista e secretária de Comunicação, Rafafá.

Maragogi – parceriaA obra que terá investimentos na ordem de R$ 1.750 milhão, provenientes do Ministério do Turismo e tem previsão de entrega para o início de 2015, também realizará a sinalização vertical e horizontal das ruas. “Continuaremos empenhados em executar obras de infraestrutura e mobilidade, que atendem o desenvolvimento da cidade e refletirá diretamente na qualidade de vida da população e futuro do município”, afirmou o prefeito.

Maragogi – EletrobrasPor falar em Maragogi, já é tempo da nossa fornecedora de energia elétrica, Eletrobras tomar uma medida drástica quanto ao serviço prestado naquela região. É contada a semana que não faltam duas ou três vezes o potencial energético. Neste final de semana estive por lá e presenciei a tal cena. A bronca é total. Parte dos comerciantes de grande porte comprou gerador, a exemplo dos hotéis. Uma comerciante me revelou que deixou de vender picolé porque o prejuízo é grande.

Palmeira dos ÍndiosQuem estará representando Alagoas no Rio de Janeiro durante esta semana, é o vereador por Palmeira dos Índios, França Júnior. Mas não como parlamentar mirim. É que ele é professor de Direito Penal e Processual Penal, e fará parte da XXII Conferência Nacional dos Advogados. É o único representante do Estado junto a Coordenação Nacional do Sistema Carcerário (COASC), órgão criado pelo Conselho Federal da OAB, que debate projetos de alteração da Lei de Execuções Penais.

Palmeira dos Índios – açãoA COASC tem a função de analisar a crise pela qual passa o sistema penitenciário brasileiro, a situação em cada Estado e ajuizar ações civis públicas, cobrando dos governos melhorias nas condições dos presídios. França Júnior é o relator da Coordenação, que enviará ao Congresso Nacional sugestões para mudanças na Lei de Execuções Penais, que completou recentemente 30 anos de sua criação.

DelmiroEmpresários e empreendedores de Delmiro Gouveia e região participam desde segunda-feira, do curso de Logística, promovido pelo Sebrae/AL. O objetivo da capacitação que segue até hoje, é desenvolver técnicas de planejamento, processamento dos pedidos e o correto gerenciamento de informações, a fim de obter melhores resultados nas atividades executadas numa empresa.

Delmiro GouveiaA Codevasf fará hoje em Delmiro, uma exposição sobre os primeiro projetos de abastecimento de água, que atuarão por meio do Canal do Sertão. O evento será no assentamento Maria Cristina, e deve contar com a presença dos 465 agricultores da região.

AgresteNa última semana, cerca de 70 agricultores do Arranjo Produtivo Local (APL) Fruticultura no Agreste participaram de uma Clínica Tecnológica sobre plantio e manejo do abacaxi, um dos principais produtos encontrados na região. A atividade ocorreu na Associação dos Mini e Pequenos Produtores de Abacaxi, localizada no povoado Poção, próximo a Arapiraca, um dos polos produtores da fruta.

Page 15: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

ESPORTES 15 TRIBUNAINDEPENDENTE MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014

Fla busca reabilitação contra o InterTécnico Vanderlei Luxemburgo alerta jogadores sobre a proximidade da zona de rebaixamento no Brasileirão

Internacional e Flamengo brigam no Brasileirão com objetivos totalmente distintos onde o colorado está no G-4 e o Urubu na parte de baixo

Henrique, do Fluminense, disputa bola com Gabriel, do Santos em partida disputada no primeiro turno

Registro de Petros poderia custar quatro pontos ao Corinthians

Neymar e Messi comemoram juntos mais um gol do Barcelona

TERRA

UOL

TERRA

REUTERS

NA VILA BELMIRO

Santos e Fluminense jogam com muitos desfalques

O volante Alison desfal-cará o Santos hoje, às 21h, contra o Fluminense, na Vila Belmiro, pela 30ª rodada do Brasileiro. Ele está suspenso após receber o terceiro cartão amarelo na vitória por 3 a 0 sobre o Palmeiras, neste do-mingo, no Pacaembu. O joga-dor foi punido após cometer falta no meia Valdívia, aos 31 minutos do primeiro tempo.

Sem Alison, o técnico En-derson Moreira tem como op-ções para o setor os volantes Alan Santos, Souza e Renato – além do meia Leandrinho, que pode atuar mais recua-do. Souza foi o escolhido nas duas últimas vezes que o ca-misa 29 não esteve à disposi-ção, contra Bahia e Criciúma.

Por outro lado, o Santos terá o retorno do lateral-di-

reito Cicinho, que cumpriu suspensão pelo terceiro ama-relo no clássico - Victor Fer-raz o substituiu. O atacante Thiago Ribeiro, ainda se re-cuperando de uma lesão na coxa direita, é dúvida. O meia Lucas Lima deixou o grama-do do Pacaembu com dores na coxa direita e também tem presença incerta.

Além dos problemas de le-são, Cristóvão Borges terá de encontrar soluções para su-prir ausências por suspensão no Fluminense. O atacante Fred e o lateral-direito Bruno estão suspensos.

Contra o Tigre, Fred teve Walter como parceiro de ata-que, já que Cícero, machu-cado, não jogou. Caso o es-quema seja mantido, Rafael Sobis é uma alternativa.

POLÊMICA

FPF admite erro em registro de Petros e isenta Corinthians de culpa

MAIS LIGA

Dupla ‘Neymessi’ volta a brilhar e Barcelona vence fácil o Ajax

Marco Polo Del Nero, pre-sidente da Federação Pau-lista de Futebol (e futuro mandatário da CBF), isen-tou o Corinthians de culpa pela irregularidade no re-gistro do contrato do volante Petros, em agosto. Segundo Del Nero, o equívoco foi de uma funcionária da FPF, que errou a data do registro na hora do preenchimento.

O contrato do jogador pas-sou a valer a partir de 2 de agosto (sábado), mas seu nome foi publicado um dia antes pelo Boletim Informa-

tivo Diário da CBF, o que é irregular: o contrato foi re-gistrado na entidade antes do início de sua vigência. Para piorar, Petros jogou no domingo, dia 3, contra o Coritiba. Como o contra-to começou num sábado, o volante só estaria liberado para jogar a partir de segun-da-feira, o primeiro dia útil seguinte.

Por isso, a procuradoria do Superior Tribunal de Jus-tiça Desportiva denunciou a FPF, a CBF e o Timão, que pode perder até quatro pon-

tos - três pela escalação de um jogador irregular e mais um do empate contra o Co-ritiba.

“A entidade errou, e nós temos de encarar o proble-ma. A funcionária errou a data. Se tivesse perguntado a mim ou ao Reinaldo (Car-neiro Bastos, vice da FPF), isso não teria acontecido. Mas faz parte e temos de assumir. Vamos passar toda essa situação ao tribunal para que o filiado não seja punida sem culpa”, afirmou Del Nero.

O Barcelona passou por momentos de sustos no fim, mas lembrará da vitória sobre o Ajax, por 3 a 1, ontem, no Camp Nou, como mais uma noite de brilho por parte de seus maiores craques.

A dupla formada por Ney-mar e Messi - ou “Neymessi”, para facilitar - comandou as ações ofensivas e, junto a An-drés Iniesta, construiu o se-gundo triunfo em três rodadas do Grupo F da Liga dos Cam-peões. Assegurou também um clima leve e estável às véspe-ras do clássico contra o Real

Madrid, pelo Campeonato Es-panhol.

Luis Enrique, técnico do Barça, mostrou estar atento ao arquirrival do jogaço de sá-bado, no Santiago Bernabéu. Com o placar parcial de 2 a 0 (gols de Neymar e Messi, ainda no primeiro tempo), ele sacou o brasileiro e o argentino em sequência, até os 21 minutos - Iniesta também sairia aos 31. Ainda restava um tempo pre-cioso, o que proporcionou ao Ajax esboçar uma reação, com o gol de El-Ghazi. Mas a su-perioridade geral foi tamanha

que os catalães mereceram a vitória, encerrada com um chute cruzado de Sandro Ra-mírez, substituto de Neymar.

O Barcelona tem agora seis pontos na chave, mas não é o líder graças ao gol do uruguaio Edinson Cavani, que selou o magro 1 a 0 do Paris Saint--Germain sobre o Apoel, no Chipre, no mesmo horário. Os franceses somam sete pontos. Os holandeses ocupam a ter-ceira colocação, que dá vaga à Liga Europa, com dois pontos, seguidos pelos cipriotas, com um ponto.

LIGA

Em casa, Liverpool encara o Real Madrid

O Real Madrid hoje às 15h45 (em Maceió) contra o Liverpool sem três jogadores importantes: Sergio Ramos, Fábio Coentrão e Gareth Bale.

Os atletas se recuperam de lesões musculares. Eles não seguiram viagem para Inglaterra na companhia de Cristiano Ronaldo e Pepe para jogar em Anfield, em partida da terceira rodada do grupo B da Liga dos Cam-peões.

A equipe de Carlo Ancelotti vai tentar a terceira vitória, enquanto o Liverpool procu-ra colar-se ao campeão euro-peu, uma vez que tem menos três pontos na classificação. Nos últimos dias, o técnico Carlo Ancelotti e os jogado-res deixaram claro que o foco imediato dos merengues é a partida contra o Liverpool, mesmo com a proximidade do clássico contra o Barcelo-na, no próximo sábado. Uma vitória na cidade dos Beatles faria com que o Real chegas-se a nove pontos no grupo B da Champions, abrindo seis de vantagem para os Reds.

FURACÃOA cidade de Liverpool foi

afetada pela passagem do fu-racão Gonzalo na Grã-Breta-nha ontem. Os ventos fortes de velocidade superior a 60 km/hora provocaram alguns danos na cidade, mas não as-sustam o treinador Brendan Rodgers.

A dor de cabeça para o técnico é o outro furacão, de nome Cristiano Ronaldo, que já aterrissou em Liver-pool, apesar das fortes tur-bulências sofridas pelo avião proveniente de Madrid. A comparação entre os dois furacões em ação provocou gargalhadas na sala de cole-tiva de Anfield Roads e esti-mulou o treinador britânico em se arriscar no espanhol.

“Eu falo espanhol, mas prefiro falar em inglês. Quem sabe um dia terei a possibilidade de trabalhar em Espanha e aí sim vou falar com vocês no idioma espanhol, mas para já quero falar em inglês”, disse Rod-gers em resposta a um jor-nalista que lhe colocou a per-gunta e pediu ao técnico que respondesse em espanhol.

“Vai ser um jogo fantástico e estou convencido de que es-tes times com uma mentali-dade muito competitiva vão entrar em campo com muita vontade de vencer e a nossa torcida vai assistir a uma grande partida”, afirmou o treinador.

A derrota de 2 a 1 para o Atlético-PR deixou o Flamengo estacio-

nado nos 37 pontos, porém ainda com uma vantagem confortável de sete pontos para a zona de rebaixamen-to. Porém, na visão dos joga-dores cariocas, o fato apenas aumentou a responsabili-dade do Rubro-Negro no du-elo de hoje às 18h30 contra o Internacional, no Maracanã. O volante Luiz Antonio fri-sou a importância de uma vitória para somar pontos e se afastar da “confusão”.

“Se fizermos a lição de casa nesta reta final tenho plena convicção de que vamos nos manter em uma situação tranquila em termos de tabe-la de classificação. Porém, é importante que a gente faça uma grande atuação contra o Inter porque a nossa responsa-bilidade é grande”, disse Luiz Antonio.

O técnico Vanderlei Lu-

xemburgo, se ganhar essa partida, pode preserve alguns titulares contra o Botafogo no clássico de sábado à noite, em Manaus (AM). Isso porque na quarta-feira da próxima se-mana os flamenguistas já te-rão pela frente o duelo contra o Atlético-MG pela rodada de ida das semifinais da Copa do Brasil.

O técnico Abel Braga deve fazer mudanças. Uma delas é certa e vai acontecer na zaga, já que Paulão levou o terceiro amarelo. Como Juan está ma-chucado, o companheiro de Er-nando na defesa colocada de-verá ser Thales. Já no meio de campo, Jorge Henrique e Val-dívia brigam por uma posição.

OUTROS JOGOS18h30 Criciúma x Atlético-PR18h30 Cruzeiro x Palmeiras18h30 Corinthians x Vitória20h Coritiba x Botafogo20h Grêmio x Figueirense21h Chapecoense x São Paulo21h30 Sport x Goiás

Page 16: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014ESPORTES16 TRIBUNAINDEPENDENTE

EsportesRogério Ceni pode se tornar atleta com mais vitórias por um mesmo clubeO goleiro Rogério Ceni entra em campo hoje na expectativa de aumentar sua coleção de recordes. Se bater a Chapecoense o São Paulo fará de seu capitão o jogador com o maior número de vitórias por uma mesma equipe no mundo. Atual-mente, o arqueiro divide esse posto com Ryan Giggs, lenda do Manchester United, com 589 triunfos em 1134 partidas. Os números são os aferidos e reconhecidos pela Guinness World Records, o clube aponta que Rogério já vestiu a camisa tricolor em 1172 jogos, com 613 vitórias. A entidade já certificou outros três feitos do atleta. Segundo a instituição, Rogério é o jogador de futebol que mais vezes atuou como capitão de seu time, com 866 jogos até 24 de novembro de 2013. Ele também gan-hou registros pelos 113 gols e por entrar em campo 1117 vezes pela mesma equipe.

CRB treina no Rei Pelé e marca eleiçõesGalo terá dois dias de trabalho no campo de jogo de sábado e conselho deliberativo convoca regatianos dia 04/12

Trabalho no campo de jogo. Hoje e amanhã, sempre no período da

tarde (ás 15h), o elenco do CRB vai treinar no está-dio Rei Pelé. A solicitação foi do técnico Ademir Fon-seca, que pretende ajustar o posicionamento dos joga-dores no local da partida de sábado, às 20h30 contra o Madureira pelas quar-tas de final do Campeona-to Brasileiro da Série C.

“São detalhes que pode-mos conhecer e aprimorar no campo. É sempre bom esse contato com o Rei Pelé e o torcedor pode ficar certo da nossa motivação para buscar esse acesso. Fizemos um bom placar fora de casa, mas não tem nada ganho. Vamos suar muito e buscar esse objetivo”, disse o meia Clebinho.

ELEIÇÕESA eleição para presidên-

cia executiva do CRB para o biênio 2015/2016 acontece dia 4 de dezembro. O presi-dente do conselho delibera-tivo Fernando Paiva emitiu ontem um comunicado oficial CRB realiza treinamento hoje no estádio Rei Pelé e técnico Ademir Fonseca começa a ajustar o time que encara o Madureira no sábado

Presidente da FAF Gustavo Feijó confirmou que estadual 2015 será jogado em estádios com refletores

CSA e CRB jogam hoje no Estádio Nelson Peixoto Feijó no Sub-17

ASCOM CRB

ARQUIVO

G1

FAF

Alagoano 2015 terá apenas estádios com iluminação

O Campeonato Alagoano 2015 começa em fevereiro. O o presidente da Federação Alagoana de Futebol (FAF), Gustavo Feijó confirmou on-tem que não irá voltar atrás da decisão que proíbe os clu-bes de jogarem em estádios com sem iluminação artifi-cial, para jogos noturnos.

Feijó lembrou que o as-sunto foi discutido e está na ATA do Conselho Arbitral do estadual há dois anos e que não há desculpas para os clubes e prefeituras não se adequarem. “Já está de-cidido. Não vamos voltar atrás. Quem tiver ilumi-nação artificial joga, quem não tiver, terá que descolar para a cidade vizinha, jogar no Rei Pelé, seja lá onde for. Mas, não voltaremos atrás”, afirmou.

O único estádio que ainda não tem iluminação para realização de jogos noturnos é o campo onde joga o Santa

Rita, o estádio Olival Elias em Boca da Mata, onde o presidente da FAF é prefei-to. “A proibição será para to-dos. Em Boca da Mata será a mesma coisa. Se não colocar-mos os refletores em tempo hábil, o Santa Rita vai jogar em outro local”, disse.

O Campeonato Alagoano deve ser disputado entre os dias 01 de fevereiro e 03 de maio, de acordo com o calen-dário 2015 divulgado pela CBF. O Coruripe defende-rá o título, juntamente com ASA, CSA, CRB, CEO, San-ta Rita, CSE, Murici, além dos recém promovidos, Ipa-nema e União Palmeirense.

Possem refletores os está-dio Rei Pelé (CSA e CRB), Coaracy da Mata (ASA), José Gomes da Costa (Mu-rici), Gerson Amaral (Coru-ripe), Juca Sampaio (CSE e União), Arnon de Mello (Ipanema) e Edson Matias (CEO).

CLÁSSICO DAS MULTIDÕES

CSA entra em campo com vantagem na decisão hoje do Alagoano Sub-17

Um clássico CSA e CRB para decidir um campeo-nato alagoano. A tradição estadual terá hoje mais um capítulo, só que na ca-tegoria Sub-17. Os garotos azulinos e regatianos en-tram em campo às 14h para a segunda partida da final desta competição de base organizada pela Federação Alagoana de Futebol (FAF).

O CSA saiu na frente do CRB na primeira partida do Campeonato Alagoa-no Sub-17. O time azulino venceu o jogo por 2 a 1,em partida realizada no está-dio Gustavo Paiva, no Mu-tange no último domingo. Os gols do jogo foram mar-cados por Eloi e Neto para o CSA. Soares diminuiu para

o CRB.A partida de volta acon-

tece hoje às 14h no estádio Nelson Peixoto Feijó, na Via Expressa. O time azulino joga por um empate e vitó-ria. O CRB só será campeão no tempo normal se vencer por dois gols de diferença. Caso o time alvirrubro ga-nhe por 1 a 0, a decisão será encerrada nos pênaltis.

“Estamos em desvanta-gem, mas se trata de um resultado que pode ser re-vertido. Fomos mal no pri-meiro tempo lá no Mutan-ge, mas tivemos paciência e equilibramos no segundo. Nosso grupo é muito novo, e a ansiedade atrapalhou um pouco. A torcida tam-bém pressionou bastante,

e acabou nos inibindo em alguns momentos. Mas ago-ra a coisa muda. Nós é que jogamos em casa, e espera-mos contar com o apoio do nosso torcedor. Sem dúvida ele pode ser um grande dife-rencial para nós – afirmou o técnico do CRB Jean Carlos

“Sabemos da nossa res-ponsabilidade. Vamos jogar com inteligencia por estar na casa do adversário”, dis-se o técnico Carlinhos Ma-rechal.

SEGURANÇAA partida será de torcida

única por socilitação da Po-lícia Militar que justificou os antecedentes de violên-cia entre as torcidas nas decições das categorias de base no ano passado.

EM ALAGOAS

Congresso de cronistas terá apoio da CBF

O 41º Congresso Brasilei-ro de Cronistas Esportivas, organizado pela Abrace e a ACDA, será realizado em Maceió. Ontem a direção da entidade esteve reunida com o vice-presidente da CBF no nordeste e presidente da FAF, Gustavo Feijó, que con-firmou apoio ao evento.

De acordo com o Presiden-te da Associação dos Cronis-tas Desportivos e Alagoas (ACDA), Jorge Lins, o even-to irá coroar a iniciativa lo-cal de valorizar a categoria e o esporte de uma forma ge-ral, além de atender todas as expectativas da Associação Brasileira de Cronistas Es-portivos (Abrace). “Não tere-mos apenas um momento de confraternização. Isso será uma parte do evento. Tere-mos palestrantes de nível nacional, que irão abordar o esporte, seja na ciência ou na política”, afirmou.

A presença do vice-pre-sidente da CBF e da Fede-ração Alagoana de Futebol (FAF), Gustavo Feijó, dará mais apoio ao evento, uma vez que é um aliado político do atual presidente da enti-dade, José Maria Marin, e fará parte da nova gestão, encabeçada por Marco Polo Del Nero. “O Gustavo tem sido um parceiro em âmbito local e é um grande nome do esporte, um representante da região Nordeste. Conta-mos com o apoio dele para a realização desse grande evento”, disse Jorge Lins. “O evento tem total apoio das instituições que faço parte. CBF, FAF e a prefeitura de Boca da Mata são a favor da amplitude do esporte”, lem-brou Feijó.

O Congresso da Abrace será realizado em agosto de 2015 e já conta com o apoio do atual Ministro do Espor-te, Aldo Rebelo, além do Go-verno do Estado, através do chefe do gabinete civil, Álva-ro Machado.

convocando os sócios aptos para votar e para inscrição de chapas. Até o momento o único candidato é o atual presidente Marcos Barbosa que tentará a reeleição.

INGRESSOSA direção do CRB decidiu

alterar os preços dos ingres-sos. O CRB mudou os valores depois que alguns torcedores procuraram o clube para aju-dar na premiação do elenco, em caso de classificação para a Série B de 2015.

Quem quiser assistir à partida deste sábado terá que pagar R$ 15,00 para o setor de arquibancadas bai-xas, R$ 20,00 nas arquiban-cadas altas e R$ 50,00 para acompanhar o duelo das ca-deiras especiais.

ÔNIBUSComo o horário do jogo

será às 20h30, com término provavelmente por volta das 22h30 do sábado (25), o CRB já enviou um ofício para a Prefeitura de Maceió solici-tando que a SMTT disponibi-lizasse mais ônibus no dia do jogo na região do Trapiche.

Page 17: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

DIVERSÃO&ARTE 1 TRIBUNAINDEPENDENTE

A Pedra de Paciência é um filme narrado praticamente inteiro através de um monólogo. À primeira vista,

a opção parece ter poucas chances de agradar ao espectador. No entanto, é possível dizer que Atiq Rahimi não poderia ter feito escolha mais certeira na hora de adaptar seu livro “A Pedra de Paciência” (The Patience Stone) para o filme homônimo. Lançado em 2012, o longa consegue equilibrar seu tom crítico à luta de uma mulher para reerguer sua vida.

Um herói de guerra (Hamidreza Javdan) no Afeganistão é abandonado por seus companheiros do Jihad e pela mãe e irmãos após levar um tiro no pescoço. Em estado vegetativo, ele fica sob os cuidados de sua esposa (Golshifteh Farahani) que vai, aos poucos, confessando seus segredos e impressões ao marido em coma, fazendo dele sua pedra de paciência e seu caminho para uma nova vida.

O filme se passa em um ambiente hostil, em meio à guerra, mas, apesar de algumas críticas de Rahimi serem contra o conflito, o cenário degradante é apenas pano de fundo para a história da mulher interpretada por Farahani. Graças a ele, ela se encontra em uma situação desesperadora, seu marido está em coma e sua casa beirando à miséria. Mas é graças a esse mesmo conflito que ela tem a oportunidade de finalmente desabafar e deixar uma série de mágoas e segredos serem revelados.

O longa A Pedra de Paciência,em cartaz no Cine

Sesi, mostra a luta de uma

mulher afegã para cuidar de sua

família enquanto sofre com a

violência emocional, religiosa e

econômica que oprime seu país

“Invocação do Mal 2” é adiado O filme foi um dos grandes sucessos de 2003, gerou o spin-off Annabelle e a segunda parte vem aí. Acontece que houve uma mudança de planos e a estreia foi adiada: saiu de 23 de outubro de 2015 e foi para algum dia e mês de 2016 que ainda não se sabe exatamente qual. Na data original de Invocação do Mal 2 a Warner colocará um outro filme de terror que não foi especificado. A continuação terá a volta de Patrick Wilson e Vera Farmiga como Ed e Lorraine Warren.

Ainda não há detalhes sobre o que será esta nova versão de Planeta Hulk. No passado, o Gigante Esmeralda é exilado no espaço pelos super-heróis e vai parar no planeta Sakaar. Por lá, vira escravo e passa a lutar como um gladiador. Logo arma uma confusão total e se revolta contra o Rei Vermelho. Esta história é de Greg Pak com arte de Carlo Pagulayan. Foi bem de vendas e virou até um longa animado.

‘Planeta Hulk’ também vai voltar em 2015

‘Invocação do Mal 2’, com Patrick Wilson, é adiado

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014

OPRESSÃO QUE LIBERTA

As confissões desta mulher, no entanto, são a maneira de Atiq conduzir a principal crítica do longa: o tratamento recebido pela mulher, principalmente em sua cultura. Isto é perceptível em cada situação vivida pela personagem de Golshifteh, um dos momentos de maior evidência disso talvez seja a cena em que um general a julga e condena por ela – supostamente – ser uma prostituta, mas não vê problema algum em aliciar jovens órfãos para seu exército. Ela é pecadora por vender seu corpo, ele é santo por lutar uma guerra.

Um fator curioso sobre o filme é que os personagens não têm nomes, fazendo com que qualquer um possa se identificar com a história, trazendo os dramas vivenciados por esta jovem para mais perto de nós. Não se trata de uma mulher afegã apenas, mas de uma mulher que tem direitos ignorados, é julgada por seus comportamentos e decisões e que precisa se resignar perante uma sociedade paternalista e com a qual qualquer mulher consegue se identificar. As questões levantadas pelo filme se focam de fato no mundo muçulmano, mas não se limitam a ele. É possível ajustar a

própria cultura a diversas situações vivenciadas pela personagem de Farahani e é justamente isso que torna a obra tão interessante. Ela é regional, mas, ao mesmo tempo, universal.

O ritmo do roteiro se assemelha muito ao da leitura de um livro. Você se sente conduzido pela personagem e o acompanha com sagacidade durante sua jornada de auto descobrimento e libertação. A quase 1h40 de longa passa de uma maneira nem lenta e nem rápida, mas sim de uma forma que envolve quem está assistindo a ponto de se esquecer do tempo. O monólogo – predominante durante a narrativa – conduz bem a história e a torna mais crível. A fotografia complementa a narrativa e colabora com a desenvoltura do filme.

Golshifteh – que eu particularmente descobri após assistir ao Simplesmente uma Mulher, onde ela consegue ofuscar quase que por completo Sienna Miller – é um grato presente para obra. Forte, viva e com uma presença marcante, ela faz com que o espectador se envolva ainda mais pela história e consegue cumprir a complicada missão de conduzir

o longa através da memórias e confissões de sua personagem. Destaque também para Hamidreza Javdan, que interpreta o marido, por conseguir transmitir em uma única cena todos os pensamentos e conclusões de seu personagem através do olhar.

A evolução dessa mulher, a maneira como ela encontra forças para superar seus problemas, cuidas de suas duas filhas e ainda exorcizar alguns demônios do passado são o grande trunfo da obra. Ela é uma personagem com sonhos, frustrações, desejos e vontades que foram reprimidas ao longo dos anos e que finalmente acharam uma válvula de escape e é impossível se manter indiferente ao desenvolvimento desse pocesso.

A Pedra de Paciência é um daqueles filmes que dão prazer em ver. Há uma reflexão importante a ser feita, mas há também uma bela história a ser contada. Existe o conflito de muitos, mas existe o conflito dessa mulher, que se vê passando pelas mais diferentes situações praticamente sozinha e aprende a lidar com cada uma delas, tendo sua “pedra de paciência” como ouvinte.

Page 18: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

DIVERSÃO&ARTE2 TRIBUNAINDEPENDENTEMACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014

PríncipeEstá em cartaz no Espaço Cultural linda Mascarenhas o espe-táculo O Pequeno Príncipe, uma adaptação livre do romance de Antonie Saint-Exupery. Sessões sempre aos sábados e domingos, sempre ás 17h. mais informações: 9606-3469 e 8832-6012.

BOOGIE OOGIEBeto diz a Fernando que Susana está no Rio de Janeiro. Serginho conta a Rafael onde Vitória está morando. Luisa comenta com Ricardo que Fernando continua recebendo ligações de uma mulher misteriosa. Elísio e Beatriz contam que Pedro armou um plano para reconquistá-la. Sandra pede que Rafael a leve à Boogie Oogie para tirar satisfações com Jussara.

GERAÇÃO BRASILDavi fica transtornado com a revelação de Jonas. Dante e Rita confirmam a história de Jonas e confessam que Herval os convenceu a não contar para Davi sobre a adoção. Jonas tira satisfações com Herval, e Manuela descobre sobre adoção de Davi. Rita fala para Fred que Davi o viu com Douglas. Jonas conta para Megan que é pai de Davi. Brian vê Shin fazer um movimento igual ao de Chang e desconfia. Igor estranha a repentina viagem de Fred. Davi vai ao encontro de Herval e exige que ele conte por que mentiu.

IMPÉRIOMaria Clara se arruma na casa de Cláudio com a ajuda de Amanda e Danielle. Beatriz não con-segue convencer Enrico a manter o casamento. Tuane se insinua para Elivaldo. Cláudio avisa a José Alfredo que Enrico não irá ao casamento. Wilson abre um buraco na parede de sua cela. Maria Clara se preocupa com Enrico. Cristina hostiliza um repórter. José Alfredo chora na frente de Maria Clara. José Alfredo não deixa Maria Marta anunciar o cancelamento do casamento. Téo fica ansioso por notícias de Érika. Maria Clara decide ir atrás de Enrico.

VITÓRIAValéria bebe o champanhe envenenado. Priscila confessa que matou Dinho e Paulão conta que ajudou no assassinato. Priscila culpa Yone pela morte de Dinho, pois a impediu de educar o neonazismo na escola e assume lutar pela ideo-logia. Valéria se apavora ao descobrir que foi en-venenada. Ao ver o desespero da mãe, Priscila pede um abraço. Valéria passa mal e morre nos braços de Priscila. Dante lamenta que Valéria tenha perdido a vida por nada, já que antes de morrer vendeu a parte que era dona para Yone. Priscila fica perplexa com a notícia.

GLOBO 18h

RESUMO DE NOVELAS

GLOBO 19h GLOBO 21h RECORD 21h

FALE CONOSCO - A Agenda é um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposições podem enviar material através do endereço: [email protected]

Maracatu, rock e funkMaracatu, rock, funk, samba e reggae. A cantora Lucy Muritiba apresenta uma mistura de ritmos no show “Lucy por Lucy”, que acontece amanhã , às 19h, no Teatro de Arena (anexo ao Deodoro). A artista interpreta canções já consagradas pelo público, e também composições alagoanas e autorias. A plateia vai conferir “Quereres” (Cae-tano Veloso), “Quarta-feira de cinzas” (Diogo Braz), e “Auto retrato” (Lucy Muritiba e Chico Torres), dentre outros sucessos do set list. No show, Lucy é acompanhada pelos músicos Alexandre Rodas (violão e guitarra), Jarlandson Araújo (bateria), Van Silva (baixo) e Misso Ferreira (teclado). Na apresentação, a cantora performática mostra toda a sua musicalidade, versatilidade e intimismo em um repertório que traduz desejos e memórias que são comuns a todos. Mais informações: 3315-5656 / 9118-1262.

Sax e vinhoHoje, no Palato da Ponta verde, é dia do músico Jucélio Souza se apre-sentar com seu Sax. Será uma noite de músicas clássica instrumental. È possível pegar um vinho na adega palato e consumi-lo com o preço da loja. A partir das 20h. Mais informações: 2126-3000 ou 2121-7575

Reunião musicalIdealizado pelos artistas Jan Claudio e Eduardo Proffa, do Nó na Garganta, e pela Orquestra de Cordas Caetés, o show ‘Alagoando’ é a atração de hoje, às 19 horas, no projeto ‘Teatro Deodoro é o Maior Barato’. Apresentando obras musi-cais e literárias de grandes artistas locais, ‘Alagoando’ resgata pérolas da cultura caeté, mostra obras con-sagradas e dá voz a novos artistas, além de trabalhar músicas e poe-sias autorais. Outro atrativo da noite é a lista de convidados especiais, com nomes como Basílio Sé, Júnior Almeida, Irina Costa, Kel Monalisa, Wilma Araújo, Elissa Maia, Embra-canto, Gal Monteiro, Helga Soares, Herman Torres, Luciana Guimarães, Myrna, Naldinho, Osman, Renata Peixoto, Roberto Barbosa, Toinho Antunes e Wilson Miranda.

Ninhos UrbanosA Pinacoteca Universitária apre-senta a exposição Ninhos Urbanos, obra recente da artista plástica alagoana Maria Amelia Vieira. A exposição é o resultado de uma pesquisa poética sobre a imagem do ninho e seus significados. A artista, por três anos, se embre-nhou na caatinga do alto sertão alagoano, em um lugar conhecido como Lagoa do Correia, local de encontro dos pássaros da região. A ideia inicial era ter um contato mais direto com o canto dos pássaros e seus ninhos, sem a interferência de barulhos urbanos. Como ouvir o canto dos pássaros? Como vivem os pássaros? Como constroem os seus ninhos? Como alimentam os seus filhos? Imagens muito simples, mas nunca antes observadas ou vi-venciadas pela artista. Visitação até 7 de novembro, de segunda-feira a sexta-feira, sempre das 8h as 18h e 9h as 13h ( aos sábados), na Praça Sinimbu.

Bob SinclarEm sua sexta edição, o Reveillon Absoluto dessa vez reunirá 1.500 VIPs vindos de todo o Brasil para comemorar a passagem do ano em altíssimo estilo na Paradisíaca Praia do Gunga (AL) com Serviço All Inclusive Premium. No comando dessa super festa o Top DJ Francês e grande astro da música eletrônica mundial Bob Sinclar! Completam o Line Up o DJ Rafael Ladour vindo diretamente de Miami Beach, a Dupla Je-tLag (Thiago Mansur e Paulo Velloso), o DJ Belga Mark Ursa, os queridos da Yow Live e a dupla MON (My Own Nirvana) formada por Pietra Bertolazzi e Mario Velloso. Lounges para 6 pessoas R$7.000 em até 4x em todos os cartõe e R$ 650 feminino e R$ 750 masculino em até 4x em todos os cartões. www.reveillonabsoluto.com Reservas de lounges e informações através dos telefones: (082) 9653 6653 / (082) 3327 8700.

Sessão extraDepois de fazer sucesso em varias cidades do Brasil o espetáculo “Frozen: Uma aventura congelante”, da Disney, chega ao teatro Gustavo Leite, próximo dia 25. A peça, que será apresentada em Maceió teve suas duas sessões ( 16h e 17h30 ) lotadas. Por isso, aprodução resolveu abrir mais uma sessão ás 19h30. Frozen conta a historia de Elsa, a filha mais velha do rei e da rainha da cidade Aren-delle, que nasceu com a capacidade mágica de criar gelo e neve. Certo dia enquanto brincava com sua irmã Anna, acidentalmente acertou-lhe com um raio gelado, sendo obrigada a deixar sua cidade e viver trancada num castelo de gelo para aprender a controlar seus poderes até o dia de sua coroação. Ingressos: Primeiro Lote R$ 50,00 (In-teira) e R$ 25,00 (Meia); Segundo Lote R$ 60,00 (Inteira) e R$ 30,00 (Meia) e Terceiro Lote R$ 80,00 (Inteira) e R$ 40,00 (Meia). Informações: 3357.1002.

Parque temáticoUm tubarão-escorregador inflável de 10 metros de altura promete ser uma das grandes atrações do Parque Shopping para divertir a garotada a partir desta semana. Antecipando a comemoração do Mês das Crianças, o brinquedo, chamado de “Magic Shark”, é um dos destaques da estação especial de brincadeiras do Magic Games que ocupará a praça central do piso L1 até o dia 25 de outubro. Além dele, o espaço conta também com piscina de boli-nhas, videogames, a Labamba (uma xícara giratória gigante) e a Magic Mini Torre, com um elevador que “despenca” do alto. O circuito de 20 minutos por todos os brinquedos custa R$ 12.

Page 19: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

DIVERSÃO&ARTE 3 TRIBUNAINDEPENDENTE

TV TUDO

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

Solução

www.coquetel.com.br © Revistas COQUETEL

BANCO 13

VMMEIODEVIDAEDENMEIGA

ADIARCAIMITOATRICALAREPG

GOLERASTOSSAIARICAMUFLAGEM

FUGAEDEMABESSNGIANGUUSINA

ANDARESVROARTAKAI

ASSINCRONO

Divulgaçãooficial deconcursopúblico

Forma desubsistên-cia comoo trabalho

Amorosa;carinhosa

"Quem (?),consente"

(dito)

Molusco desprovidode concha

"(?) TeChing",base doTaoismo

"Evitar oprimeiro

(?)", prin-cípio do AA

(?) Toledo,humoristapaulista

Profissio-nal comoRenatoSorriso

Aplicar;empregar

(?) Lessa, jornalista eeditor de "OPasquim"

ValentinoRossi, pilo-to italiano de Moto GP

Fernanda (?), voca-lista doPato Fu

Entidadesimbólica e saudávelao desen-volvimento

infantil

Fazer de certo modo

Importante veículo naformação de opinião

Profissionais contra-tados para trabalharem unidades básicas

de saúde (2013)

Jardim de Adão e EvaDeixar pa-ra depois

Álbum deEd MottaVestígio

no caminho

Matou opróprioirmão

(Bíblia)

Repartição(abrev.)

Armas de cano longo

Fora! (pop.)Cadernosdas se-

cretárias

Retençãode líquidoSobre, em

francês

Meio dedefesa docamaleão

"A (?) dasGalinhas",animação de bonecosde massa

Remo, em inglêsEm outro

ritmo

Pavimen-tos de um

prédio

Berílio(símbolo)Papa defarinha

de milho

Ações ro-tineiras napuericulturaComboio

Modelo da Chevroletque saiude linhaem 2012

Demonstra-tivo (abrev.)

Capital aus-tríaca, onde se situa

o PalácioHofburg

Fábrica(bras.)

Et cetera(abrev.)

3/aor — oar — sur. 4/éden — ivan. 5/takai. 6/vectra. 10/assíncrono.

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Carlos Nery - www.twitter.com/flavioricco

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014

OPORTUNIDADESesi-SP abre edital para seleção de projetos culturaisO Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) abriu Edital de Chamamento 2015 para se-leção de projetos culturais. O edital contempla as linguagens de Artes Cênicas, Música, Litera-tura e Artes Visuais, além de uma nova categoria nesta nova fase: Audiovisual.Os trabalhos selecionados poderão integrar a programação cultural de 2015 dos centros de atividades e espaços alternativos da instituição na capital, Grande São Paulo e interior do Estado. Uma das principais novidades nesta edição é o lançamento de um sistema de captação online.Na área de Literatura, o edital selecionará propostas de pes-soas físicas ou jurídicas de todo o Brasil. Os escolhidos farão parte das atividades do Sesi Literatura Viva, que promoverá encontros literários, narração de histórias e oficinas literárias. Em Artes Cênicas, duas novas modalidades serão contempladas: Montagens Internacionais e Teatro nas Indústrias.Na modalidade Música, haverá seleção de projetos destinados a formações instrumentais, vocais e de conjuntos musicais de diversos gêneros da música nas vertentes Popular e Erudita, inclusive na nova modalidade Série Internac-ional, que contempla a captação de projetos de grupos e artistas de diferentes partes do mundo, pro-movendo a difusão e o intercâmbio entre países por meio da música.As inscrições devem ser realiza-das até o dia 13 de novembro, exclusivamente pelo sitewww.sesisp.org.br/cultura.

ÁRIES - (21/3 a 19/4) – É hora de unir forças, de somar, ao invés de dividir. É grande a energia no signo de Libra, signo oposto ao seu. Além disso, Vênus e Marte caminham em harmonia: o diálogo pode quebrar barreiras, desfazer mal-entendidos, curar situações, limpar velhas mágoas. Um gesto elegante e conciliador pode quebrar o gelo. O ro-mance também está favorecido, aprovei-te para fazer uma surpresa a quem ama.TOURO – (20/4 a 20/5) – A arte de negociar, os projetos em parceria e a vida social estão em destaque: Sol, Lua, Vênus e Mercúrio caminham no signo de Libra. Ótimo período para equilibrar as emoções e as relações. Com diplo-macia e ponderação, você pode concluir

acordos, negócios e intercâmbios de forma harmoniosa. Pode fazer bons con-tatos e trabalhar em colaboração.GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – Excelente momento para uma reconciliação. Ser cordial, gentil e imparcial pode ajudar a resolver qualquer impasse. Mercúrio segue retrógrado, porém, em harmonia com Júpiter. Sol e Vênus caminham em harmonia com Marte: sua sociabilidade pode abrir portas.CÂNCER – (22/6 a 22/7) – Aproveite para fazer um balanço e equilibrar suas emoções; assim, pode obter uma visão mais objetiva e imparcial das situações. Com a Lua minguante em Libra, o pra-zer está em agradar e ser agradado, em curtir o lado social e prazeroso da vida.

Em pauta, boas oportunidades para ana-lisar com mais parcimônia e objetividade tudo o que o afeta emocionalmente.LEÃO – (23/7 a 22/8) – É tempo de colocar na balança as questões mal resolvidas para encontrar a justa medida que favoreça ambas as partes. Aprovei-te para transmutar velhos sentimentos. Com amor, com certeza todos ficam mais felizes.VIRGEM – (23/8 a 22/9) – É importante cultivar a disposição para ouvir o outro. Refletir, ponderar, deixar de lado postu-ras rígidas e fundamentalistas em nome da harmonia. Você pode interpretar os fatos com mais compreensão e bene-volência, isso pode trazer novas e boas oportunidades.

LIBRA – (23/9 a 22/10) – É tempo de finalizar assuntos para um novo ciclo que virá em breve. Se tem alguma negociação a fazer, demonstre interesse e capriche no charme e no sorriso. O período pode ser produtivo e lucrativo.ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – Com charme e simpatia, você pode fazer con-tatos, harmonizar parcerias e amizades. Marte segue em harmonia com Sol e Vênus. Você ganha energia, vitalidade, clareza e confiança. Pode, também, pesquisar, dialogar, analisar sua vida e suas relações, tomar resoluções em nome de um futuro melhor. As habilida-des sociais contam muitos pontos no momento.

SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – Bom período para concluir pendências prá-ticas e comerciais. Bom, também, para circular, desfazer confusões e atualizar informações. Fique atento para enxergar as oportuni-dades e aproveitá-las. O período tem tudo para ser ágil e produtivo, um novo ciclo lunar começará em breve!CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) – Com o pensamento positivo, novos projetos têm mais chance de concretização. Pro-cure ser aquele que leva a alegria, não hesite em dizer uma palavra de ânimo para quem estiver precisando. Você pode ser uma dádiva na vida de alguém e acumular méritos.

AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – Fazer tudo a dois é bem mais interessante, procure estar com quem você ama. Cuidado com palavras ditas impensadamente. Pelo contrário, use o diálogo para desfazer qualquer desconforto e esclarecer os fatos. Com Sol e Vênus em harmonia com Marte, fica mais fácil interagir com o mundo, principalmente com o sexo oposto. Procure abrir seu coração.PEIXES – (19/2 a 20/3) -Está mais fácil ana-lisar uma situação, pois você está imparcial e não deixa que as emoções interfiram tanto. A Lua minguante de Libra indica que atitudes elegantes, cordiais e conciliadoras estão em destaque. Cultive o otimismo e distribua generosamente palavras agradáveis. Assim, é bem-vindo em todos os lugares e pode finalizar assuntos com mais fluidez.

HORÓSCOPO

Bate-rebate

C’est finiFracasso: ‘Fazenda’ causa estragos na programação da RecordQuando um programa não dá mais audiência e tam-

bém é um fracasso comercial, o bom juízo recomenda fazer o quê? Simplesmente acabar com ele. É bem por

onde se encaixa a “Fazenda”, da Record. Além do desgaste natural de algo que nunca atendeu a um mínimo de qualida-de e bom gosto, existem outros tantos fatores que foram se acentuando ao longo das suas edições. Entre os principais, a falta de uma melhor condição ou capacidade das pessoas chamadas a participar. A cada ano, a sua produção tem se superado em reunir um quadro ainda mais inqualificá-vel. Não tem cabimento insistir com tal produto na grade, quando até a sua repercussão é praticamente nenhuma. Há uma visível rejeição, que só tem se acentuado por parte do telespectador. E como decorrência disso, causando danos irreparáveis na própria grade de programação. “Plano Alto”, minissérie de reconhecida qualidade do Marcílio Moraes, deu três pontos, sexta-feira, na exibição do seu último capí-tulo. Sempre entrou tarde da noite, recebendo da “Fazenda”. Donde, com a maior justiça se deve concluir e reconhecer que três pontos ainda foi demais.

A tendência é que, despedindo-se do “Jornal Nacional”, Patrícia Poeta entre de férias na Globo e só volte ao trabalho, à frente de um novo projeto no ano que vem.Embora o comunicado oficial da emissora fale na sua mudança para o Entretenimento, ainda há uma dúvida sobre isso, ou seja, se ela realmente deixará o Jornalismo. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

·A partir de 4 de novembro o Viva poderá ser visto em alta definição pelos assinantes da Sky.·Bandeirantes está convocando os principais valores do seu elenco para antecipar as renovações de contrato.·O SBT, idem, na mesma data. Os procedimentos são bem parecidos.·O “Domingão do Faustão” passa a ser exibido de vez de São Paulo a partir do dia 2 de novembro..A Rede TV! irá fazer o “É Notícia”, ao vivo, na noite do domingo das eleições...·... E Ricardo Boechat estará à frente da cobertura das eleições na Bandeirantes, a partir das 17 horas...·... Espera-se apenas que não se repita a mesma conversa mole do primeiro turno...·... E logo após o “Pânico”, também ao vivo, entrará um “Canal Livre Especial” sob o comando de Boris Casoy.·A Record ainda não fala em um determinado período, mas já deu sinal verde para Marcílio Moraes armar a segunda temporada de “Plano Alto”...·... Espera-se apenas que não inventem uma outra “fazenda” – minúscula mesmo - antes dela.

Barraco 1Logo depois da festa de lançamento de “Alto Astral” na Casa das Caldeiras, no sábado, a maioria do seu pessoal resolveu esticar até a boate Lions.Só que, chegando lá, um de seus atores passou a beber e a fumar descontroladamente num camarote fechado e deu o maior vexame.

Barraco 2 Após receber um pedido para se controlar, o tal ator, todo revoltado, mandou essa: Sabe com que você tá falando?... Eu sou ator da Globo!!!!!...Tentou dar a carteirada, constrangeu todo mundo e acabou sendo expulso do local pelos seguranças. Ceninha lamentável.

Gato no telhadoHá quem tenha sérias dúvidas sobre retorno da Rachel Sheherazade ao “SBT Brasil” amanhã ou sexta-feira, como se tem anunciado.Essas pessoas entendem que dificilmente o “inchaço” no rosto dela vai desaparecer antes das eleições. Só depois.

BacanaFiguras conhecidas, como Deborah Secco, Nando Rodrigues, Juliana Silveira, Carla Diaz e Bruna Di Tullio, entre muitos outros nomes, se declaram doadores de órgãos através das redes sociais. Todos usaram um aplicativo desenvolvido pelo Ministério da Saúde que permite ao internauta registrar que é doador e, ao mesmo tempo, informar também aos familiares.

CircuitoSamantha, a paranormal vivida por Cláudia Raia em “Alto Astral”, vai aparecer em diversos programas da Globo, incluindo o de Fátima Bernardes. Já gravou o “Jô” e “Domingão”. Por fazer mau uso de seus dons, Samantha acaba perdendo-os e passa a forjar desastres para chamar atenção da mídia. Suas armações serão sempre carregadas de trapalhadas e humor.

Tamanho da besteiraEnquanto insistir em coisas como a “Fazenda”, a Record deve esquecer a questão da qualidade.Investir em produtos como “Plano alto”, na grade atual, é jogar dinheiro fora.

E convenhamos...Na cabeça de quem é possível montar uma grade como a da Record?Ou em qual lugar do mundo o telespectador da “Fazenda” é o mesmo de “Plano Alto”? Em nenhum, com toda certeza.

Batata quente 1A Globo está quebrando a cabeça para desenhar o novo jornal das manhãs, o das 5h às 6h. A iniciativa veio antes da ideia. Do como será? A princípio, o informativo terá comentários gravados e participação de correspondentes.A batata quente encontra-se nas mãos do diretor executivo do Jornalismo, Mariano Boni De Mathis.

Batata quente 2Inicialmente, a redação do Rio seria responsável por este novo jornal, mas o plano foi abortado em consideração aos investimentos da concorrência na praça de São Paulo. Aliás, já há quem julgue empurrar discretamente essa estreia para o ano que vem.

Passando a limpoA novela que a Globo vai gravar em Nova York é “Lady Marizete”, de Alcides Nogueira e Mario Teixeira.Wolf Maya, acompanhado de um pessoal da sua equipe, está lá escolhendo as locações. Grava em fevereiro.

Passando a limpoA novela que a Globo vai gravar em Nova York é “Lady Marizete”, de Alcides Nogueira e Mario Teixeira.Wolf Maya, acompanhado de um pessoal da sua equipe, está lá escolhendo as locações. Grava em fevereiro.

“Macho” é o tema do “Amor & Sexo” desta quinta-feira. A ideia é mostrar que o machismo e todos os preconceitos em torno dele prejudicam tanto homens quanto mulheres

GLOBO

Page 20: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014

DIVERSÃO&ARTE4 TRIBUNAINDEPENDENTEMACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2014

FOTO BY ARQUIVO PESSOAL FOTO BY CHICO BRANDÃO

FOTO BY CHICO BRANDÃO

Diretora da Faculdade Estácio FAL, professora Cristina Suruagy, celebra 15 anos da instituição em Alagoas,

ela que vem desempenhando um brilhante trabalho à frente deste complexo educacional. Parabéns, amiga!

Nesta quarta, registramos com destaque o conhecido advogado Carlos Mèro, ele um dos grandes valores na

advocacia alagoana, retorna nas suas atividades com sabedoria, capacidade e mestria em tudo que faz. Parabéns!

A superintendente do Movimento Alagoas Competitiva (MAC), Isabella Bezerra, recebe, nesta quarta-feira (22),

a superintendente do Movimento Brasil Competitivo (MBC), Tatiana Ribeiro

“Precisamos de sabedoria e humildade. A primeira

para enfrentar as adversidades e a

segunda, para aceitá-las”

g

Vestido branco assume papel de protagonista no verão 2015Se depender das passarelas, o vestidinho

branco será o grande protagonista do próximo verão. Nos lançamentos parisienses, a peça apareceu com destaques em desfiles relevantes, como Céline, Louis Vuitton, Valentino, Givenchy, Chloé, Dior e Stella McCartney.Na apresentação da Céline, por exemplo, o branquinho veio em clima de festa minimalista — mas nada de monotonia. No show da Chloé, as peças foram inspiradas nos anos 1970. Enquanto isso, a grife Valentino mostrou

variados comprimentos, mas todos bem cool e leves, como a temporada internacional pediu – daí a ascensão do look.Atenta às tendências, a estilista Kátia Wille, da Zigfreda, já escolheu os seus favoritos: os branquinhos do italiano Giambattista Valli, o preferido de moças abastadas como a atriz (e também designer de roupas e joias) Bianca Brandolini.— Gostei muito de seus modelos. Usaria brincos e pulseiras puxando para o branco. Também colocaria uma gargantilha colada na

parte baixa do pescoço de desenho forte — comenta Kátia.Para dar ainda mais leveza ao look, muitas marcas apostaram em transparência. O fator sexy também está embutido aí, e, principalmente, nos recortes, decotes profundos e nas formas mais justas (pense no desfile da Mugler, que voltou a ganhar destaque nesta estação). Para tirar um pouco da pureza da peça, alguns designers combinaram o vestido branco com acessórios mais pesados, como Riccardo Tisci fez na Givenchy.

Para quebrar a pureza do look, aposta em acessórios mais pesados

Apoio Security

A Apoio Security monitora vários pontos importantes da

cidade de Maceió. A empresa, que integra o Grupo Ferreira Hora, é referência em segurança patrimonial. Com equipamento de ponta e pessoal qualificado, a Apoio garante a segurança e tranquilidade seja da sua residência, loja ou empresa. Telefones: Maceió - 3355 7000 e Arapiraca - 3521 4663.

Cabral & Méro

Confraternização

A franquia Bonaparte, uma cadeia de restaurantes em todo o país, vem fazendo

muito sucesso aqui em Maceió com as suas duas unidades, uma no Maceió Shopping e outra no Parque Shopping Maceió. O super empresário Sig Andrade já está fazendo reservas para as festas de confraternização, com um cardápio maravilhoso. Faça a sua reserva já pelo telefone 3327-1871. Mais uma dica TopNews.

Advogados associados

Dois nomes de destaque da advocacia alagoana, Carlos

Mero e Adelmo Cabral em ritmo de trabalho acelerado no escritório Cabral & Méro, localizado no Edifício Ocean View, na Avenida da Paz. Operadores do Direito dos mais qualificados, a dupla defende com maestria a vasta carteira de clientes. Agende seu horário pelo telefone 3326-3301.

15 anos da FAL

A Faculdade Estácio FAL comemora nesta semana 15 anos

de atuação no mercado alagoano e para celebrar a data, a instituição fará o lançamento oficial da expansão do seu prédio sede, localizado em Jatiúca, que concentra a maioria dos cursos oferecidos, entre eles, Administração, Educação Física, Pedagogia, Ciências contábeis, Fisioterapia. A programação também conta com ações que serão realizadas no outro endereço da instituição, no histórico bairro de Jaraguá, que concentra o curso de Direito. O prédio ganhará uma biblioteca jurídica que receberá o nome de um dos juristas mais respeitados em Alagoas, o desembargador Alfredo Gaspar de Mendonça, pai do atual presidente do Instituto Arnon de Mello, Carlos Mendonça.

Moda News

Nesse início de semana queremos iniciar o nosso quadro Moda

News com um modelo verão 2015 da conhecida grife Morena Rosa, que a super empresária Márcia Maciel traz para as nossas amigas na conhecida maison Márcia, localizada na Rua Mário de Gusmão, Ponta Verde. Vale a pena conferir!

MBC e MAC na

Novos voos

Alagoas ganhará um reforço durante a alta temporada.

É que a Secretaria de Estado do Turismo, em parceria com as operadoras turísticas, captou cerca de 20 voos nacionais oriundos dos principais mercados

emissores do Brasil. Cidades como Cuiabá, Belo Horizonte, Brasília, Campinas e Uberlândia terão uma oferta maior de voos regulares para Maceió durante os meses do verão, que começa a operar a partir do início de dezembro.

Parabéns!

Parabéns para os amigos Márcia Sampaio, Letícia Ferreira, Camilinha Leão. Às amigas, parabéns e felicidades mil.

Gestão Pública

A superintendente do Movimento Alagoas Competitiva (MAC),

Isabella Bezerra, recebe, nesta quarta-feira (22), a superintendente do Movimento Brasil Competitivo (MBC), Tatiana Ribeiro. Na pauta de visitas, está programada uma apresentação do projeto do MAC para a área da gestão pública e, ainda, reuniões com os Secretários Estaduais de Planejamento e do Desenvolvimento Econômico, Poliana Santana; da Ciência, da Tecnologia e da Inovação, Eduardo Setton; e com a Secretária Municipal de Finanças, Renata Fonseca. O Movimento Brasil Competitivo (MBC) atua como um grande agente mobilizador entre os diferentes segmentos e setores produtivos do país na busca pela excelência em gestão e melhoria da competitividade brasileira.

Crochê

Já dura há anos o amor entre o crochê e as estações mais quentes do ano. Basta a temperatura esquentar um pouco para o material aparecer em forma de biquínis, blusas ou vestidos no guarda-roupa diário da

mulherada. Nesta temporada, não é diferente: mal a primavera começou e o crochê já está sendo usado. Democrático, vai bem em diversas ocasiões, e ainda traz um ar descontraído à produção, bem a cara do verão. Na praia, aposte na versão em biquíni ou maiô. No dia a dia, abuse de tops, blusas, saias e vestidos soltinhos. Se a ideia for uma produção mais arrumada, combine a peça em crochê a outras mais arrumadas.

Família Marista

Música, literatura e poesia alagoanas juntas em um só

palco. Nesta quarta-feira (22), o show Alagoando traz a dupla Nó na Garganta, composta pelo cantor Jan Claudio e pelo poeta Eduardo Proffa, além da Orquestra de Cordas Caetés como atrações do projeto “Teatro Deodoro é o Maior Barato”. As apresentações acontecem a partir das 19h e reúne, entre os artistas, professor, pais e ex-alunos do Colégio Marista de Maceió.

Moda em luto

A moda está de luto com

a morte do estilista Oscar de la Renta, especialista em deixar as mulheres deslumbrantes e elegantes. O estilista que fez a cabeça de primeiras-damas, reinava nos red carpets e colecionava vestidos de noiva de cair o queixo, morreu na noite dessa segunda-feira depois de lutar oito anos contra um câncer. Começou a carreira aos 18 anos ao sair de Santo Domingo, na República Dominicana, e se mudar para Espanha, onde foi assistente de Cristóbal Balenciaga. Vestiu Jacqueline Kennedy, Nancy Reagan, Hillary Clinton, Laura Bush, Michelle Obama, Sarah Jessica Parker, Anna Wintour, Jessica Chastain, Amy Adams, Allison Williams, Taylor Swift e Karlie Kloss.

No Tom do Tom

Considerado um dos maiores comediantes da atualidade,

Tom Cavalcante mostra toda a sua irreverência satirizando costumes e comportamentos com suas afiadas crônicas sobre a situação político-econômica do Brasil e do mundo. Em 75 minutos, o espetáculo adiciona ao humor e talento únicos do artista uma inédita produção em apresentações desse gênero. Em Maceió, a apresentação, em única sessão, acontece dia 23 de outubro, às 21h, no Teatro Gustavo Leite.

TopNews enfoca com destaque duas gerações, Wandeje Lages e Belinha Lages, elas sempre juntas, mãe e filha que se destacam

em nossas reuniões sociais e culturais da cidade. Saudades, amigas!

Verão Fashion no Maceió Shopping

De 22 a 26 de outubro, o Maceió Shopping será palco de um dos mais importantes eventos de moda da capital,

o Verão Fashion Maceió Shopping, iniciativa que conta com desfiles e talk shows com especialistas, trazendo as últimas tendências e novidades do mundo da moda. Na noite de abertura, o renomado estilista Walério Araújo estará no shopping apresentando sua coleção primavera verão e conversando com o público sobre a moda brasileira, com mediação do jornalista James Silver. Até domingo (26), as

tendências da moda masculina, feminina e infantil para o verão 2015 serão apresentadas pelas lojas participantes durante os desfiles que são abertos ao público e acontecem na praça de eventos do Maceió Shopping. Confira a programação completa do Verão Fashion Maceió Shopping no site do shopping: www.maceioshopping.com.

FOTO BY ARQUIVO PESSOAL

Page 21: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014
Page 22: Edição número 2178 - 22 de outubro de 2014