Educação Profissional: Princípios e Diretrizes

Click here to load reader

  • date post

    02-Nov-2014
  • Category

    Documents

  • view

    19
  • download

    2

Embed Size (px)

description

Apresentação da Superintendência de Educação Profissional, da Secretaria de Educação da Bahia, durante o seminário “Educação Profissional e Ensino Médio: os desafios da concomitância”, promovido pelo Ministério da Educação, em Brasília.

Transcript of Educação Profissional: Princípios e Diretrizes

  • 1.

2. Educao Profissional: Princpios e Diretrizes 3. *Garantir o desenvolvimento dos jovens para uma insero cidad na vida social e no mundo do trabalho *Contribuir para a elevao de escolaridade do trabalhadores *Ampliar o acesso educao integral e fortalecer a incluso educacional *Inovar e diversificar os currculos escolares, promovendo acesso dos estudantes ao conhecimento cientfico, s artes, cultura e ao trabalho *Articular-se com polticas/programas/aes de desenvolvimento, socioeconmico ambiental, e de gerao de trabalho, emprego e renda, na perspectiva da incluso EDUCAO PROFISSIONAL: ObjetivosSuperintendncia de Educao Profissional 4. Educao Profissional como poltica pblica de Estado a) Vinculada ao Desenvolvimento Scio-Econmico-Ambiental e desenvolvida em consonncia com Territriosb) Para atender aos alunos e egressos da Escola Pblica, elevando a sua escolaridade formando Cidados, Trabalhadores, Sujeitos de Direitos em sua Diversidade e contribuindo para a insero cidad no Mundo do Trabalho c) Fundamentada na Pedagogia do Trabalho, construda na Escola Pblica, garantindo Participao e Controle Social Diretrizes Poltico-Pedaggicas Superintendncia de Educao Profissional 5. A)Educao Profissional como possibilidade de formao integral do sujeito trabalhador B) Trabalho como princpio educativo C) Inseparabilidade entre educao bsica e educao profissional D) Cincias Naturais, Cincias Humanas e Linguagens como base cientfica para o aprendizado das tecnologias E) Territrio, Histria e Cultura como base para a contextualizao dos contedos F) Inseparabilidade entre teoria e prtica, com nfase nas situaes concretas de trabalho G) Interveno Social e Construo de Conhecimentos (Tecnologias Sociais) como princpios pedaggicos H) Valores: Solidariedade, Trabalho Coletivo, Respeito Diversidade, Cultura de Paz, Responsabilidade com a Sociedade, Transformao Social Diretrizes Pedaggicas Pedagogia do Trabalho Superintendncia de Educao Profissional 6. Metodologia: Trabalho como Princpio Educativo Educao Trabalho Desenvolvimento Scio Econmico Ambiental TECNOLOGIA Cincia Sociedade Superintendncia de Educao Profissional D esenvolvimento 7. Metodologia: Trabalho como Princpio Educativo Escola Mundo do Trabalho Sociedade Estgio Orientao Certificao Superintendncia de Educao Profissional Sociedade Mundodo Trabalho 8. Concomitncia: desafios 9. PLANEJAMENTO DA OFERTA A) Definio de cursos com a partir das demandas do desenvolvimento socioeconmico ambiental B) Articulao com polticas pblicas de incluso social, gerao de emprego, trabalho e renda e com o sistema pblico de emprego PLANEJAMENTO PEDAGGICO A) Necessidade de convergncia dos projetos polticos pedaggicos para aformao integral do sujeito trabalhador. Exemplo: currculo por competncias, noo de empregabilidade X conceito de qualificao, mercado de trabalho X o mundo do trabalho. B) Trabalho como princpio educativo na Educao Bsica/Profissional C)Articulao de contedos e metodologias da educao bsica e educao profissional D) Construo curricular coletiva e acompanhamento pedaggico permanente E) Formao de Professores da Educao Bsica/Profissional Concomitncia Desafios Superintendncia de Educao Profissional 10. PLANEJAMENTO CURRICULAR: CONTEDOS E METODOLOGIAS A) Dois pblicos: ensino mdio (adolescente/jovem de 14 a 20 anos) e EJA (jovem/adulto de 18 a 55 anos ou mais) B) Quais conhecimentos, habilidades e abordagens nas Cincias Naturais, Cincias Humanas e Linguagens so necessrias como base cientfica para o aprendizado das tecnologias de determinado eixo tecnolgico/ curso? C) Como contextualizar a Educao Profissional no sentido do Territrio, Histria e Cultura?D) Como garantir a inseparabilidade entre teoria e prtica, com nfase nas situaes concretas de trabalho, para alm das simulaes: a questo do estgio E) Como trabalhar a Interveno Social, a Inovao Tecnolgica no sentido da produo e disseminao das Tecnologias Sociais? F) Como conciliar valores:sociais e de mercado? Solidariedade, Trabalho Coletivo, Respeito Diversidade, Cultura de Paz, Responsabilidade com a Sociedade, Transformao SocialX Competitividade, Concorrncia, Empreendimento individual,?Concomitncia Desafios Superintendncia de Educao Profissional 11. A) ACESSO 1. CURSOS OFERTADOS: OPO X OPORTUNIDADE 2. SELEO: OS MELHORESOU OS MAIS INTERESSADOS? B) PERMANNCIA 1. AS MLTIPLAS CAUSAS DA EVASO E ESTRATGIAS DE CONTENO 2. BAIXO RENDIMENTO NA EDUCAO BSICA E /OU NA EDUCAO PROFISSIONAL 3. ALIMENTAO, TRANSPORTE C) EFETIVIDADE SOCIAL 1. Estgio 2. Encaminhamento ao mundo do trabalho 3. Kit ferramenta, bolsa concluso ou microcrdito Concomitncia Condicionantes Superintendncia de Educao Profissional 12. Interveno curricular: uma proposta 13. A) Bases instrumentais (200 horas) 1. Linguagem: Portugus Instrumental e Incluso Digital 2. Matemtica Instrumental 3. Sade , Segurana e Meio Ambiente B) Bases Cientficas (250 horas) 1. Histria e Geografia do Eixo Tecnolgico e da Profisso2. Cincia Natural ou Humana base da tecnologia do curso. Exemplo: Fisca ==>Mecnica; Enfermagem==> Biologia; Turismo==> Histria//Geografia/Sociologia 3. Introduo Pesquisa e Inovao C) Bases Sociais e ticas (200 horas) 1.Sociologia do Trabalho: organizao do processo de trabalho/organizao social do trabalho 2. Filosofia do Trabalho: tica e Direitos do Trabalho formao tcnica geral: 1o ano do ensino mdio Superintendncia de Educao Profissional 14. Superintendnciade Educao Profissional SUPROF WWW.EDUCACAOPROFISSIONALDABAHIA.BLOGSPOT.COM WWW.EDUCAAO.BA.GOV.BR Superintendente: Antnio Almerico Biondi Lima [email_address] 71-3115-9044