Empregabilidade, longevidade plano de carreira: Carreira, Orientação Profissional,...

Click here to load reader

Embed Size (px)

description

Este estudo investigou os Conceito de Longevidade, Empregabilidade e Plano de Carreira e a aplicabilidade de ferramentas de Orientação Profissional, Coaching e Educação Corporativa para o processo de retenção de talentos, empregabilidade e longevidade da carreira e convivência Inter geracional. O objetivo foi verificar a importância da Orientação Profissional desde a educação para a carreira iniciada nas escolas e universidades até a primeira escolha da profissão e todas as escolhas feitas durante a vida adulta. Especificamente objetivou apresentar as mudanças no ambiente organizacional influenciado por novas relações sociais, tecnologia e expectativa de vida, inserindo assim neste contexto a Orientação Profissional como uma metodologia a ser usada durante toda a trajetória profissional agregando valor para as organizações e colaboradores. A metodologia adotada foi a pesquisa bibliográfica com material impresso e virtual compreendido no período de 2000 a 2014 com base nas palavras chaves escolhidas. Como resultados foram identificados ...elementos de literatura específica e ... artigos científicos que apontam para a evolução da Orientação Vocacional para a Orientação de Carreira e a evolução da aplicação de testes vocacionais e de perfil concluindo assim a aplicação da Orientação como um elemento essencial para planejamento e gestão de carreira.

Transcript of Empregabilidade, longevidade plano de carreira: Carreira, Orientação Profissional,...

  • 1. CENTRO UNIVERSITRIO DE ARARAQUARANCLEO DE EDUCAO A DISTNCIAESPECIALIZAO EM PSICOLOGIA E ORIENTAO PROFISSIONALEMPREGABILIDADE & LONGEVIDADE: UM PLANO DE CARREIRAMnica BargARARAQUARA, SETEMBRO DE 2014

2. CENTRO UNIVERSITRIO DE ARARAQUARANCLEO DE EDUCAO A DISTNCIAESPECIALIZAO EM PSICOLOGIA E ORIENTAO PROFISSIONALEMPREGABILIDADE & LONGEVIDADE: UM PLANO DE CARREIRAMnica BargTrabalho de Concluso de Cursoapresentado como requisito parcial paraa concluso do curso de Especializaoem Psicologia e Orientao Profissional.Orientadora Profa. Dra.Bruna Fontanelli Grigolli PersicoARARAQUARA, SETEMBRO DE 2014 3. DECLARAOEu, Mnica Barg, declaro ser o(a) autor(a) do texto apresentado Trabalhode Concluso de Curso, no programa de ps-graduao lato sensu em Psicologia eOrientao Profissional com o ttulo Empregabilidade e Longevidade: Um Planode Carreira.Afirmo, tambm, ter seguido as normas do ABNT referentes s citaestextuais que utilizei e das quais eu no sou o(a) autor(a), dessa forma, creditando aautoria a seus verdadeiros autores.Atravs dessa declarao dou cincia de minha responsabilidade sobreo texto apresentado e assumo qualquer responsabilidade por eventuais problemaslegais, no tocante aos direitos autorais e originalidade do texto.Araraquara, ___ de setembro de 2014._____________________________________Assinatura do autor(a) 4. MNICA BARGEMPREGABILIDADE E LONGEVIDADE: Um Plano de CarreiraTrabalho de Concluso de Cursoapresentado como exigncia parcial para afinalizao do Curso de Especializao emPsicologia e Orientao Profissional peloCentro Universitrio de Araraquara Uniara.Orientadora Profa. Dra. Bruna FontanelliGrigolli PersicoData da defesa/entrega: ___/___/____MEMBROS COMPONENTES DA BANCA EXAMINADORA:Presidente e Orientador: Nome e ttuloMembro Titular: Nome e ttuloMembro Titular: Nome e ttuloUniversidade.Mdia______ Data: ___/___/____Centro Universitrio de AraraquaraAraraquara- SP 5. AGRADECIMENTOSAgradeo a todos que incansavelmente ouviram minhasideias, argumentos e consideraes e disseram serpossvel e aqueles que entregaram seus contedos paraenriquecer este trabalho. 6. Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge comnossos pensamentos.Com nossos pensamentos, fazemos nosso mundo.(Buda) 7. RESUMOEste estudo investigou os Conceito de Longevidade, Empregabilidade e Plano deCarreira e a aplicabilidade de ferramentas de Orientao Profissional, Coaching eEducao Corporativa para o processo de reteno de talentos, empregabilidade elongevidade da carreira e convivncia Inter geracional.O objetivo foi verificar a importncia da Orientao Profissional desde a educaopara a carreira iniciada nas escolas e universidades at a primeira escolha daprofisso e todas as escolhas feitas durante a vida adulta. Especificamente objetivouapresentar as mudanas no ambiente organizacional influenciado por novas relaessociais, tecnologia e expectativa de vida, inserindo assim neste contexto a OrientaoProfissional como uma metodologia a ser usada durante toda a trajetria profissionalagregando valor para as organizaes e colaboradores.A metodologia adotada foi a pesquisa bibliogrfica com material impresso e virtualcompreendido no perodo de 2000 a 2014 com base nas palavras chaves escolhidas.Como resultados foram identificados ...elementos de literatura especfica e ... artigoscientficos que apontam para a evoluo da Orientao Vocacional para a Orientaode Carreira e a evoluo da aplicao de testes vocacionais e de perfil concluindoassim a aplicao da Orientao como um elemento essencial para planejamento egesto de carreira.Palavras Chave: Carreira, Orientao Profissional, Longevidade, 8. ABSTRACTThis study investigated the concept of Longevity, Employability and career plan andthe applicability of career guidance tools, coaching and corporate education to theprocess of retaining talent, employability and career longevity and Inter-generationalcoexistence.The objective was to verify the importance of vocational guidance from education forcareer started in schools and universities until the first choice of profession and all thechoices made during adulthood. Specifically aimed to introduce changes in theorganizational environment influenced by new social relationships, technology and lifeexpectancy, inserting so in this context the professional guidance as a methodology tobe use during the completely professional career adding value for organizations andemployees.The adopted methodology was a bibliographical research with printed materials andvirtual understood in the period from 2000 to 2014 based on the key words.As results were identified elements of literature and scientific articles that point to theevolution of vocational guidance for Career Guidance and the evolution of vocationaltesting and completing the implementation of Guidance as an essential element inplanning and career management. Keywords: Career, Career Guidance, Longevity,Key words: Career, Vocational Guidance, Longevity. 9. SUMRIO1 INTRODUO ............................................................................................... 102 OBJETIVOS ...................................................................................................2.1 Objetivo Geral ........................................................................................2.2 Objetivos Especficos ...........................................................................193 METODOLOGIAS ...........................................................................................204 RESULTADOS E DISCUSSO ....................................................................215 CONSIDERAES FINAIS .........................................................................38REFERNCIAS ................................................................................................. 40 10. 101.INTRODUOEm um mundo conectado virtualmente, veloz e globalizado, onde as relaesde trabalho mudaram e esto vinculadas no somente ao conhecimento, mas ao estilocomportamental e habilidades sociais, o capital humano cada vez mais valorizadonas corporaes e o autoconhecimento aliado s escolhas profissionais assertivas evinculadas ao perfil, podem trazer o desenvolvimento e o sucesso.Neste contexto da vida profissional e ainda, aliado a longevidade da capacidadeprodutiva, se desenvolve a possibilidade no s de uma nica carreira e sim de vriasescolhas durante a vida adulta. Assim planejar a carreira e o trabalho passaram aserem elementos fundamentais onde o profissional agente de si mesmo e das suasescolhas e a orientao profissional passa a fazer parte de toda a trajetria da carreira.Segundo Lpez (1986), uma das perguntas mais bvias e nem por isso maisfcil de responder, a que se refere aos motivos que levaram o homem a trabalhar.A resposta de que o faz para satisfazer suas necessidades no resolve a questo,pois encerra outra pergunta: Quais so estas necessidades?Todo mundo concorda que os homens trabalham para satisfazer suasnecessidades. O desacordo comea a aparecer no momento em que se procuraconcretizar quais so estas necessidades. claro que os filsofos trataram ampla einteligentemente desse tema ao longo dos sculos, mas com frequncia suaselaboraes serviram unicamente de base para formular teorias, sem buscar com elasum direcionamento da ao prtica. Entretanto, ao denunciar situaes reais em quecertas necessidades ficavam insatisfeitas, essas teorias se tornaram um elementoinfluente para provocar mudanas na realidade. Nesse setor essencialmente prticoque o ambiente econmico das empresas, tende-se a dar como certo que jsabemos o suficiente sobre as necessidades humanas, atravs daquilo que o sensocomum nos diz a propsito do tema.Na opinio de Lpez (1986), como as empresas dedicam-se produo debens e servios que satisfazem necessidades humanas, parece claro que, se umapessoa emprega seu esforo numa empresa, o faz para conseguir uma parte destesbens e servios, ou o seu equivalente em valor econmico. Se a empresa funcionabem, ser capaz de gerar suficiente valor econmico para satisfazer os quecontribuem com seu trabalho para ger-lo, porm em um mundo com valores emtransformao e ambientes multiculturais as escolhas e cenrios adquiriram um 11. 11contorno complexo tanto para a s organizaes quanto para os colaboradores. nestecontexto que a Orientao Profissional e de Carreira se aplica tanto para o profissionalindividualmente como para a empresa.Segundo Buckinghan e Clifton (2006), os profissionais bem sucedidoscompartilham um segredo simples, mas poderoso: usam sua energia para aprimoraraquilo que fazem melhor, deixando seus pontos fracos em segundo plano. E, assimtornam-se cada vez mais produtivos e felizesPara se destacar na rea que voc escolheu e encontrar satisfaoduradoura no que faz. Voc vai precisar entender seus padres especficos.Precisar se tornar um perito em praticar e refinar seus pontos fortes (BUCKINGHAN E CLIFTON, 2006, p 18)O fato destes profissionais se tornarem mais produtivos est diretamente ligadoaos interesses corporativos e portanto as empresas que estiverem atentas a estasmudanas tero um diferencial competitivo no mercado.A vida adulta se compe de ciclos profissionais diversos e o prolongamentodesta reitera o que foi uma das principais concluses da investigao conduzida porRiverin-Simard (1984) que durante a sua vida profissional, o adulto vive estado depermanente questionamento.Os momentos de questionamento no so momentos de exceo na vidaadulta, pelo contrrio, situam-se constantemente no centro quotidiano da vidano trabalho. (SIMARD,1984, p 11)Uma das principais concluses da investigao, que emana da construo eda denominao do modelo, que o adulto vive estados quase permanentes deinterrogao e que globalmente, os momentos de novas interrogaes tm umapreponderncia marcada nos adultos de todas as idades; so superiores emintensidade e em durao aos momentos de reorganizao. Isto leva a pensar que oadulto no trabalho vive sempre um pouco mais num estado de desequilbrio do quede estabilidade.Esta con