ENCONTRO TÉCNICO - CURITIBA Logística Reversa dos … · Dê ao Óleo Usado o destino previsto em...

Click here to load reader

  • date post

    10-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    212
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of ENCONTRO TÉCNICO - CURITIBA Logística Reversa dos … · Dê ao Óleo Usado o destino previsto em...

  • D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    ENCONTRO TCNICO - CURITIBA

    Logstica Reversa dos leos Lubrificantes

    PNRS PNRS PNRS PNRS ---- Resoluo Resoluo Resoluo Resoluo Conama 362/2005Conama 362/2005Conama 362/2005Conama 362/2005R E R R E R R E R R E R RRRR E F I N O E F I N O E F I N O E F I N O

  • Lubrificante = FRAO Lubrificante = FRAO Lubrificante = FRAO Lubrificante = FRAO NOBRE do Petrleo.NOBRE do Petrleo.NOBRE do Petrleo.NOBRE do Petrleo.

    Melhor Petrleo rabe Leve

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    O petrleo ainda a principal fonte de energia no mundoO petrleo ainda a principal fonte de energia no mundoO petrleo ainda a principal fonte de energia no mundoO petrleo ainda a principal fonte de energia no mundo

    rabe Leve Obteno mdia - 7,0 %

    Petrleo Nacional 3,0% em mdia 3,0% em mdia 3,0% em mdia 3,0% em mdia

    Pelo custo de realizaoPelo custo de realizaoPelo custo de realizaoPelo custo de realizao14 refinarias.14 refinarias.14 refinarias.14 refinarias.

    2 de lubrificantes 2 de lubrificantes 2 de lubrificantes 2 de lubrificantes

  • D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    Como se formam Como se formam Como se formam Como se formam os Lubrificantesos Lubrificantesos Lubrificantesos Lubrificantes

    90,0 % 90,0 % 90,0 % 90,0 % leo bsico de Petrleo:leo bsico de Petrleo:leo bsico de Petrleo:leo bsico de Petrleo:

    Neutro LeveNeutro LeveNeutro LeveNeutro LeveMdioMdioMdioMdio

    ou Pesado .ou Pesado .ou Pesado .ou Pesado .ou Pesado .ou Pesado .ou Pesado .ou Pesado .Especificados pela ANPEspecificados pela ANPEspecificados pela ANPEspecificados pela ANP

    (*)(*)(*)(*)

    10,0 % Aditivos Diversos10,0 % Aditivos Diversos10,0 % Aditivos Diversos10,0 % Aditivos Diversos

    (*) Caractersticas leos Bsicos(*) Caractersticas leos Bsicos(*) Caractersticas leos Bsicos(*) Caractersticas leos BsicosReg. Tcnico 04/99Reg. Tcnico 04/99Reg. Tcnico 04/99Reg. Tcnico 04/99Portaria ANP 129/99 Portaria ANP 129/99 Portaria ANP 129/99 Portaria ANP 129/99

  • D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    Perda das propriedadesPerda das propriedadesPerda das propriedadesPerda das propriedadesGerao de contaminantes:Gerao de contaminantes:Gerao de contaminantes:Gerao de contaminantes:

    cidos Orgnicos cidos Orgnicos cidos Orgnicos cidos Orgnicos Hidrocarbonetos Aromticos Hidrocarbonetos Aromticos Hidrocarbonetos Aromticos Hidrocarbonetos Aromticos

    DioxinasDioxinasDioxinasDioxinasMetais Pesados:Metais Pesados:Metais Pesados:Metais Pesados:

    Chumbo, Cdmio, Chumbo, Cdmio, Chumbo, Cdmio, Chumbo, Cdmio, Chumbo, Cdmio, Chumbo, Cdmio, Chumbo, Cdmio, Chumbo, Cdmio, Mercrio.Mercrio.Mercrio.Mercrio.

  • Logstica Reversa leos Lubrificantes

    Existe no Pas Existe no Pas Existe no Pas Existe no Pas h 50 anosh 50 anosh 50 anosh 50 anos

    CONSELHO NACIONAL DO PETRLEO

    Resoluo CNP - n 6 de 1.963 - Rerrefino

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    FICA PROIBIDO, em todo Territrio Nacional, a destinao deleos lubrificantes minerais usados ou contaminados paraoutros fins que no o rerrefino.

    Prepondera o Fator Econmico

    Necessidade de Divisas para o Pas.

    Suprimento do Mercado Nacional X

    Dependncia dos Importados.

    Remota Preocupao

    Ambiental.

  • 1.993 - Resoluo Conama 09 / 1993 Disciplina : Coleta e Destinao dos OLUCS.

    E F E I T O SE F E I T O SE F E I T O SE F E I T O S

    Ano Consumo m 3 Coleta m3 Percentual1.993 906.504 103.928 11,46 %

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    1.993 906.504 103.928 11,46 %

    2.003 937.989 239.286 25,51 %

    Resoluo Conama 362 / 05

    2.011 1.391.994 405.110 35,81 %

    Ano de 2012Ano de 2012Ano de 2012Ano de 2012(+) de 416 milhes (+) de 416 milhes (+) de 416 milhes (+) de 416 milhes de litros coletados. de litros coletados. de litros coletados. de litros coletados.

  • Lei 12.305/2010 - Logstica Reversa = Art. 3 - XII

    instrumento de desenvolvimento instrumento de desenvolvimento instrumento de desenvolvimento instrumento de desenvolvimento econmico e social

    caracterizado caracterizado caracterizado caracterizado (...) um conjunto deaes, procedimentos e meios Finalidade :Finalidade :Finalidade :Finalidade :

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    aes, procedimentos e meios Finalidade :Finalidade :Finalidade :Finalidade :viabilizar a coleta e a viabilizar a coleta e a viabilizar a coleta e a viabilizar a coleta e a

    restituio restituio restituio restituio dos resduos slidos ao setor empresarial,

    para para para para reaproveitamentoreaproveitamentoreaproveitamentoreaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos

  • PNRS PNRS PNRS PNRS ---- Lei 12.305 Lei 12.305 Lei 12.305 Lei 12.305 02 agosto 2010 02 agosto 2010 02 agosto 2010 02 agosto 2010

    ArtArtArtArt.... 33333333 ---- Fabricantes,Fabricantes,Fabricantes,Fabricantes, importadores,importadores,importadores,importadores,distribuidoresdistribuidoresdistribuidoresdistribuidores eeee comerciantescomerciantescomerciantescomerciantes

    SoSoSoSo obrigadosobrigadosobrigadosobrigados a estruturarestruturarestruturarestruturar eimplementar sistemassistemassistemassistemas dedededelogsticalogsticalogsticalogstica reversareversareversareversa ....

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    logsticalogsticalogsticalogstica reversareversareversareversa ....

    retornoretornoretornoretorno dosdosdosdos produtosprodutosprodutosprodutos apsapsapsaps oooo usousousouso pelopelopelopelo consumidorconsumidorconsumidorconsumidor,

    IVIVIVIV ---- leosleosleosleos lubrificanteslubrificanteslubrificanteslubrificantes, seusresduos e embalagens

  • Regulamentao Art. 16 Decreto 7.404/2010

    O sistema de logstica reversa de que tratam os (incisos I a IVart. 33 da lei), dever observar as exigncias especficasprevistas :

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    Normas do SISNAMANormas do SISNAMANormas do SISNAMANormas do SISNAMAEm outras normas Em outras normas Em outras normas Em outras normas

    aplicveisaplicveisaplicveisaplicveis

    Resoluo Conama 362/2005

    Resolues ANP 20/2009e - ANP 19/2009

    Convnios Confaz 003/1990 e 38/2000

    Lei 9.478/97

  • D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    Logo :5 maior

    gerador deleo usado

  • Resoluo Conama 362/2005.

    Ao conjunta do setor produtivo, do Conama como integrante do SISNAMA e, do rgo Regulador da Indstria do Petrleo.

    - Todo OLUC dever serrecolhido, coletado e :

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    Artigo 1 Artigo 1 Artigo 1 Artigo 1 Artigo 1 Artigo 1 Artigo 1 Artigo 1

    ter destinao final, de modo que no afete

    negativamente o meio ambiente

    propicie a mxima recuperao dos constituintes nele

    contidos, na forma prevista nesta Resoluo.

  • Rerrefino.Rerrefino.Rerrefino.Rerrefino.Categoria de Categoria de Categoria de Categoria de

    Todo leo usado ou contaminado coletado dever ser

    reciclado por meio do processo de RERREFINO (art. 3).

    Remoo de ContaminantesRemoo de ContaminantesRemoo de ContaminantesRemoo de Contaminantes....

    Obteno de leos bsicos Obteno de leos bsicos Obteno de leos bsicos Obteno de leos bsicos de

    Resoluo Conama 362.2005

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    Categoria de Categoria de Categoria de Categoria de processos processos processos processos

    industriais que industriais que industriais que industriais que objetiva (art. 2). objetiva (art. 2). objetiva (art. 2). objetiva (art. 2).

    Obteno de leos bsicos Obteno de leos bsicos Obteno de leos bsicos Obteno de leos bsicos depetrleo, conforme especificaes especificaes especificaes especificaes

    tcnicas tcnicas tcnicas tcnicas da ANP. Portaria ANP Portaria ANP Portaria ANP Portaria ANP ---- 130/99130/99130/99130/99

    Matria Prima do Processo Matria Prima do Processo Matria Prima do Processo Matria Prima do Processo Produtivo de Produtivo de Produtivo de Produtivo de lubrificante acabado.

    Reintroduo do Resduo em Reintroduo do Resduo em Reintroduo do Resduo em Reintroduo do Resduo em novo ciclo de vida do Produto.novo ciclo de vida do Produto.novo ciclo de vida do Produto.novo ciclo de vida do Produto.

  • D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    CARACTERSTICA LEO BSICO RR 10

    LEO BSICO RR

    30

    LEO BSICO RR 40

    LEOBSICO RR

    55

    LEO BSICORR 70

    MtodoDo

    Ensaio

    Aparncia Lmpida Lmpida Lmpida Lmpida Lmpida Visual

    Cor ASTM, mx. 2,0 2,5 3,5 3,5 4,0 ASTM D1500

    Viscosidade Cinemtica, cSt a 40C

    8 a 14 26 a 32 36 a 46 50 a 60 65 a 113 NBR 10441 ASTM D445

    Proposta do Setor Produtivo ANP Proposta do Setor Produtivo ANP Proposta do Setor Produtivo ANP Proposta do Setor Produtivo ANP ---- Novas Especificaes Novas Especificaes Novas Especificaes Novas Especificaes ---- 2012 2012 2012 2012

    cSt a 40C ASTM D445

    Viscosidade Cinemtica, cSt a 100C.

    Reportar Reportar Reportar Reportar 9,0 a 12,0 NBR 10441 ASTM D445

    ndice de Viscosidade, min.

    90 95 95 95 95 NBR 14358 ASTM D2270

    Ponto de Fulgor, C, mn.

    155 200 215 215 226 NBR 11341 ASTM D92

    Ponto de Fluidez, C, mx.

    -3 -3 -3 -3 -3 NBR 11349 ASTM D97

  • D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    ndice de Acidez Total, MG KOH/g, mx. 0,05 0,05 0,05 0,05 0,05

    NBR 14248 ASTM D974

    Cinza oxidada, % massa, mx.

    - 0,02 0,02 0,02 0,02 NBR 9842 ASTM D482

    Resduo de Carbono Ramsbottom, % massa,

    0,2 0,3 0,3 0,3 0,3 NBR 4318 ASTM D189

    CARACTERSTICA LEO BSICO RR - 10

    LEO BSICO RR - 30

    LEO BSICO RR - 40

    LEOBSICORR - 55

    LEO BSICO RR - 70

    MtodoDe

    Ensaio.

    Ramsbottom, % massa, mx.

    ASTM D189

    Corrosividade ao cobre, 3h a 100C, mx.

    1 1 1 1 1 NBR 14359 ASTM D130

    Metais de aditivao (Ca, Mg e Zn), mg/kg

    Mx. 15 Mx. 15 Mx. 15 Mx. 15 Mx. 15 ASTM D5185

    Grau NAS, mx. 12 12 12 12 12 NAS 1638

    Volatilidade, % massa, mx.

    - 16 - - - NBR 14157

  • D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

  • Lei do Petrleo Lei do Petrleo Lei do Petrleo Lei do Petrleo ---- 9.478, de 06 .Agosto. 19979.478, de 06 .Agosto. 19979.478, de 06 .Agosto. 19979.478, de 06 .Agosto. 1997

    ArtArtArtArt.... 1111 ---- AsAsAsAs polticaspolticaspolticaspolticas nacionaisnacionaisnacionaisnacionais paraparaparapara oooo aproveitamentoaproveitamentoaproveitamentoaproveitamentoracionalracionalracionalracional dasdasdasdas fontesfontesfontesfontes dededede energiaenergiaenergiaenergia visarovisarovisarovisaro ::::

    IV IV IV IV ---- ProtegerProtegerProtegerProteger o meio ambiente o meio ambiente o meio ambiente o meio ambiente e promover a conservao de IV IV IV IV ---- ProtegerProtegerProtegerProteger o meio ambiente o meio ambiente o meio ambiente o meio ambiente e promover a conservao de energia;

    V V V V ---- GarantirGarantirGarantirGarantir o fornecimento de derivados de petrleo o fornecimento de derivados de petrleo o fornecimento de derivados de petrleo o fornecimento de derivados de petrleo em todo territrio nacional, nos termos do 2 do art. 177 da C.F.

    VIII VIII VIII VIII ---- UtilizarUtilizarUtilizarUtilizar fontes alternativas de energia, com aproveitamento econmico dos insumos disponveis econmico dos insumos disponveis econmico dos insumos disponveis econmico dos insumos disponveis e das tecnologias tecnologias tecnologias tecnologias aplicveis;

  • O RERREFINOATENDE

    PROTEGE O MEIO AMBIENTE

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    GARANTE O FORNECIMENTO DE DERIVADOS DE PETRLEO

    APROVEITAMENTO ECONMICO DOS INSUMOS DISPONVEIS

  • D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    Base Asfltica leo Bsico Rerrefinado

  • RERREFINO

    RENOVANDO

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    RENOVANDO

    O CICLO DE

    VIDA DO

    PRODUTO.

  • D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    A Logstica Reversa do OLUC na Reg. Sul

    Regio SUL (em 1012 municpios)

    377377377377municpiosmunicpiosmunicpiosmunicpios

    Frota no SulFrota no SulFrota no SulFrota no Sul253 veculos.253 veculos.253 veculos.253 veculos.Decreto 96.044 / 88Decreto 96.044 / 88Decreto 96.044 / 88Decreto 96.044 / 88

  • VECULO CLANDESTINOVECULO CLANDESTINOVECULO CLANDESTINOVECULO CLANDESTINO

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

  • VECULO CLANDESTINOVECULO CLANDESTINOVECULO CLANDESTINOVECULO CLANDESTINO

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

  • 4.328 Municpios

    05050505ETAPAS COLETA CAPACIDADE QUANTIDADE

    VUC`s. cidades 1.000 lts. 34

    Ponto a Ponto 5.000 lts. 538

    Rota Determinada 10 / 15.000 lts. 96

    Transp. p/ a Ind. 35 / 40.000 lts 48

    Nmero de Veculos O Setor no BrasilO Setor no BrasilO Setor no BrasilO Setor no Brasil

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    Centros de Coleta Centros de Coleta Centros de Coleta Centros de Coleta ---- 36363636

    16161616

    02020202

    05050505

    08080808

    Deposito PadroDeposito PadroDeposito PadroDeposito Padro

    TOTAL 716

  • DEPSITO DEPSITO DEPSITO DEPSITO ATIVIDADE CLANDESTINA ATIVIDADE CLANDESTINA ATIVIDADE CLANDESTINA ATIVIDADE CLANDESTINA

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

  • DEPSITO DEPSITO DEPSITO DEPSITO ATIVIDADE CLANDESTINA ATIVIDADE CLANDESTINA ATIVIDADE CLANDESTINA ATIVIDADE CLANDESTINA

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

  • Volumem3

    Coletado

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    Coleta Estado doParan 30.662

    26.523

    30.31429.496

    24.000

    25.000

    26.000

    27.000

    28.000

    29.000

    30.000

    31.000

    METROS CBICOS

    M3

    Percentualatingido

    2008 2009 2010 2011

    40,79

    37,64 38,43

    35,30

    32,0033,0034,0035,0036,0037,0038,0039,0040,0041,0042,00

    2008 2009 2010 2011

    % de Coleta

    %

  • Desviado Coletado

    Coleta Portaria MMA Coleta Portaria MMA Coleta Portaria MMA Coleta Portaria MMA MME 59/2.012MME 59/2.012MME 59/2.012MME 59/2.012

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    BRASILBRASILBRASILBRASIL PARANPARANPARANPARAN SULSULSULSUL

    ANO META COLETADO META COLETADO

    2008 33,40% 37,51% 33,00% 40,79% 36,70%

    2009 34,20% 35,59% 34,00% 37,64% 38,17%

    2010 35,00% 36,69% 35,00% 38,43% 35,94%

    2011 35,90% 35,81% 35,00% 35,30% 35,73%

    34.385m3

    Estado do Paran em 2008 - 40,79 %2012 - 34,30 % 28.890 m3

    5.495

    2011 35,90% 35,81% 35,00% 35,30% 35,73%

    2012 36,90% 37,00% 36,00% 34,30% 37,50%

  • A Posio do Setor. A Posio do Setor. A Posio do Setor. A Posio do Setor.

    1.1.1.1.---- Funo primordial do Estado.Funo primordial do Estado.Funo primordial do Estado.Funo primordial do Estado.Art. 24 da Resoluo.Art. 24 da Resoluo.Art. 24 da Resoluo.Art. 24 da Resoluo.

    2.2.2.2.---- Logstica Reversa do OLUC. Sistema Logstica Reversa do OLUC. Sistema Logstica Reversa do OLUC. Sistema Logstica Reversa do OLUC. Sistema consolidado.consolidado.consolidado.consolidado.

    D ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em leiD ao leo Usado o destino previsto em lei

    consolidado.consolidado.consolidado.consolidado.

    3.3.3.3.---- Aes do setor produtivo :Aes do setor produtivo :Aes do setor produtivo :Aes do setor produtivo :

    4.4.4.4.---- Termo de Compromisso.Termo de Compromisso.Termo de Compromisso.Termo de Compromisso.

    Walter Franolin Walter Franolin Walter Franolin Walter Franolin Diretor Executivo do Sindirrefino .Diretor Executivo do Sindirrefino .Diretor Executivo do Sindirrefino .Diretor Executivo do Sindirrefino .

    Diretor Adjunto do Departamento de Meio Diretor Adjunto do Departamento de Meio Diretor Adjunto do Departamento de Meio Diretor Adjunto do Departamento de Meio Ambiente da FIESP.Ambiente da FIESP.Ambiente da FIESP.Ambiente da FIESP.Tel. (**11) 5531.0375Tel. (**11) 5531.0375Tel. (**11) 5531.0375Tel. (**11) [email protected]@[email protected]@terra.com.br

    Muito Obrigado !!! Muito Obrigado !!! Muito Obrigado !!! Muito Obrigado !!!