Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

of 113 /113
7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar http://slidepdf.com/reader/full/erros-que-os-pregadores-devem-evitar 1/113  Lançamento: http://gospel-book.blogspot.com

Embed Size (px)

Transcript of Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    1/113

    Lanamento:

    http://gospel-book.blogspot.com

    http://gospel-book.blogspot.com/http://gospel-book.blogspot.com/
  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    2/113

    Todos os direitos reservados. Copyright 2005 para a lngua portuguesa da CasaPublicadora das Assemblias de Deus. Aprovado pelo Conselho de Doutrina.

    Preparao de Originais: Gleyce Duque

    Reviso: Alexandre CoelhoCapa e projeto grfico: Eduardo Souza

    Editorao: Josias Finamore Santos

    CDD: 251 - Homiltica

    ISBN: 85-263-0682-0

    As citaes bblicas foram extradas da verso Almeida e Corrigida, edio de 1995, daSociedade Bblica do Brasil, salvo indicao em contrrio.

    Para maiores informaes sobre livros, revistas, peridicos e os ltimos lanamentos daCPAD, visite nosso site: http//www.cpad.com.br

    SACServio de Atendimento ao Cliente: 0800-701-7373

    Casa Publicadora das Assemblias de Deus

    Caixa Postal 331

    20001-970, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

    2 Edio 2005

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    3/113

    Dedicatria

    A todos os pregadores, lderes, professores de Escola Dominical e obreiros que amam aexposio do verdadeiro evangelho do Senhor Jesus Cristo e se opem aos falsos

    ensinamentos.

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    4/113

    Agradecimentos

    A Jesus Cristo, meu Senhor e Salvador. H algum bem neste mundo que possa sercomparado salvao? Ele me deu a ddiva mais preciosa sem que eu merecesse, e

    ainda chamou-me a pregar o seu evangelho!

    Aos amigos Ronaldo Rodrigues de Souza (autor do prefcio desta obra), AntnioGilberto e Valdir Nunes Bcego (in memoriam) trs referenciais para mim, comolder, ensinador e pregador.

    A Nilton Didini Coelho, um grande amigo, com quem partilho experincias sobre apregao da Palavra de Deus.

    Aos alunos dos seminrios e escolas dominicais por onde tenho passado e aos leitores,que sempre me incentivam, quer mediante sugestes, quer fazendo-me perguntas.

    Agradeo, especialmente, a uma mulher, cujo significado do nome "luz e graa"faz jus ao que ela representa: Luciana, minha adjutora, me de minha querida Jlia um grande presente de Deus para ns!

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    5/113

    Prefcio

    Em nossos dias, o evangelho tem sido anunciado de forma bastante abrangente.Utilizamos a TV, o rdio, a Internet e quaisquer meios de comunicao que possam

    levar a Palavra de Deus aos que nunca a ouviram. Possumos hoje tambm uma vastarede de seminrios e institutos bblicos que tornam acessvel o estudo da Bblia emdiversos nveis. Entretanto, apesar dessas oportunidades, observamos tambm certosfenmenoschaves utilizados de forma imprpria, o hbito de se repetir expressesque nada tm de bblicas e entoar corinhos cheios de heresias, o desprezo verdadeirahermenutica, o descaso para com o estudo srio e sistemtico da Bblia, idiastriunfalistas passadas como se fossem verdades bblicas e a tentao de ser popular parao pblico que acontecem quando a Palavra de Deus transmitida de formairresponsvel por diversos pregadores, quer por falta de preparao, quer por intenode torcer as Escrituras. E a disseminao desses problemas traz diversas dificuldades

    para os verdadeiros obreiros do Senhor, que prezam pela pureza doutrinria e peloevangelho verdadeiro.

    Nesta obra, o pastor Ciro Sanches Zibordi, dedicado pregador, escritor e articulista,desenvolveu um breve tratado desses fenmenos "evanglicos" e busca mostrar ao leitorde que forma devemos atentar para que nossos plpitos estejam sendo utilizados demaneira coerente pelos pregadores que os assumem. Mais que demonstrar esses erros, oautor pretende que regressemos a um genuno estudo bblico, sem nos deixar levar pelas"ondas" que tentam invadir nossas igrejas e deturpar a mensagem do evangelho.

    Esta uma obra imprescindvel a todos os que aspiram a pregar o evangelho puro, semas imposies modernas de se adaptar a Palavra de Deus ao bel-prazer humano. Deusseja louvado.

    A servio do Mestre,

    Ronaldo Rodrigues de Souza

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    6/113

    Sumrio

    Dedicatria

    Agradecimentos

    Prefcio

    Introduo

    Captulo 1 - CUIDADO COM OS CHAVES

    Captulo 2 - A SNDROME DO PAPAGAIO

    Captulo 3 - HINOS E CORINHOS ESTRANHOS

    Captulo 4 - ERRAIS, NO CONHECENDO AS ESCRITURAS

    Captulo 5 - COMO SER UM ANIMADOR DE AUDITRIOS

    Captulo 6 - HERMENU... O QU?

    Captulo 7 - A BBLIA EST ACIMA DA TEOLOGIA

    Captulo 8 - NO CONFUNDA

    Captulo 9 - PARECE, MAS NO

    Captulo 10 - MAIS VERSCULOS "NOVOS"

    Captulo 11 - COMO SER UM PREGADOR DO EVANGELHO

    Bibliografia

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    7/113

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    8/113

    Amm...o pblico respondeu.

    E motivo de grande alegria estar aqui neste lugar, pois anjos, arcanjos, querubins eserafins esto aqui, nesta noite. Amm, irmos?

    Ao som de um desconfiado "amm", Jos continuou: O povo de Deus um povo alegre! Olhe para o seu irmo e diga: "Eu profetizouno de alegria sobre a sua vida!" Isso fez com que todos se movimentassem secumprimentassem e conversassem em voz alta durante alguns minutos.

    Depois desse momento dedigamos"descontrao", Jos continuou:

    Desejo, antes de proferir a poderosa e magnnima mensagem que j est em meucorao, cantar um hino para Jesus. Minha voz no est boa, mas vou cantar para Jesus!

    Pedindo aos msicos uma nota, comeou a cantar de forma desafinada a cano JesusTomou as Chaves do Diabo. Alguns irmos sorriam, outros olhavam para o relgio e amaioria cochichava:

    Que desafinado todos, na verdade, sabiam que ele, por no conhecer msica,pedira um tom muito alto. Pior do que isso estava cantando fora do tom pedido! Mesmoassim, no se intimidou e ainda cantou o "hino" duas vezes!

    Os obreiros do plpito permaneciam de cabea baixa, olhando para a Bblia, enquanto opastor da igrejaque parecia antever o que aconteceria pronunciava em tom baixo

    um pejorativo "amm". Quando ele pensava que nada pior poderia acontecer...

    Irmosdisse "Jos dos Clichs"esse hino maravilhoso e me faz lembrar dotempo em que eu era um pecador, e a poderosa mo de Deus me alcanou... E quantas

    pessoas esto sofrendo, no pecado... Glria a Deus! Aleluia! Como disse o apstolo " I"Pedro", em Hebreus: "Horrenda coisa cair na mo do Deus vivo".

    No percebendo que havia aplicado o versculo de modo contraditrio e citado a fonteerroneamente, ainda acrescentou:

    E essa mo vai toc-lo nesta noite! Se voc cr, levante a mo direita e comece a

    liberar a sua f! Voc vencedor! Declare isso!

    Apesar de gritar e pular, a ponto de suar e quase perder a voz, percebeu que no houve o"retorno" que esperava. O povo no estava to impressionado com as suas palavras eatitudes. Assim, resolveu fazer uma orao:

    Fiquemos em p! Vamos fazer uma orao de conquista! Vamos tomar tudo o que oDiabo nos roubou! Comece a liberar a sua f! Determine agora a sua vitria! Exija que oDiabo deixe a sua vida!

    Quando a estranha orao j durava vrios minutos, e alguns irmos j estavamsentados, ele concluiu:

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    9/113

    Em o nome de Jesus, eu determino que haja vitria para o seu povo e profetizo quetodos recebam a bno agoooooooooora! Diabo, eu exijo: Pegue tudo o que seu esaia, em nome do Pai, do Filho e do Esprito Santo. Amm.

    A essa altura, todos pensavam que ele terminaria a sua "rpida" saudao. Mas,

    folheando a Bblia de um lado para o outro, prosseguiu:

    Bem, irmos, para no ficar somente em minhas palavras, quero deixar um versculopara a meditao de todos.

    Desejo ler uma passagem conhecida, pois o salmista disse que a Palavra de Deus serenova a cada manh.

    Aps alguns segundos de procura, voltou-se para os obreiros do plpito e perguntou:

    Irmos, quero deixar para a igreja aquele versculo que diz: ''Quem no vem pelo

    amor, vem pela dor". Onde est mesmo? Acredito que esteja em Eclesistico...

    Irmo Jos, Eclesiastesmanifestou-se um dos obreiros, em tom baixo.

    Nesse instante, enquanto alguns irmos riam de cabea baixa, Jos continuava aprocurar o versculo. Ele j havia consultado a concordncia resumida que havia em suaBblia, mas, faltavam apenas vinte minutos para o trmino do culto, e o horrio da

    pregao j estava atrasado em quase meia hora. Para complicar mais a situao, opastor havia convidado "Antnio das Revelaes", um famoso pregador da Igreja doEvangelho Antropocntrico, que chegara poucos minutos depois do incio da

    "saudao".

    Antes que o pastor, um homem muito paciente, puxasse o palet do irmo Jos, eletomou uma atitude: fechou a Bblia de forma brusca e, um tanto trmulo, abriu-a denovo, lentamente, mantendo os olhos fechados e um dedo sobre uma passagem.

    Irmos, eu resolvi tirar uma palavra, e caiu aqui em Salmos 32.9. E o Senhor vaifalar com voc agora, pois o nome de Deus J! Quem achou, diga "amm". Quem noachou, diga "misericrdia".

    Ao ouvir um fraco "amm", ele firmemente procedeu a leitura:"No sejais como o cavalo, nem como a mula, que no tm entendimento, cuja bocaprecisa de cabresto e freio, para que se no atirem a ti".

    Lido o texto, o dirigente do culto, que mantinha um olho na Bblia e outro no relgio daparede, no suportando a sucesso de atitudes inconvenientes, disse em alto e bom tom:

    Amm, pastor Jos. Agora a hora da Palavra! Vamos ouvir a pregao!

    Jos olhou para o pastor e, entendendo que dissera aquelas palavras em sinal de

    aprovao, para que ele continuasse falando e iniciasse, de fato, a pregao, respondeu,com ar de soberba:

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    10/113

    Esse versculo muito profundo, e eu poderia ficar aqui falando muito tempo... Sno vou fazer isso porque o pastor me deu a oportunidade para apenas uma saudao. Eeu quero ser fiel ao meu pastor. No entanto, gostaria de fazer s mais uma coisa: Olhem

    para mim!

    Nesse instante, houve um momento de expectativa.

    Lemos um versculo que mostra o poder das palavras. Olhe para o seu irmo e diga:"Aprenda a usar o poder de suas palavras, pois com elas voc pode produzir bno emaldio".

    Boa parte do povo estava um tanto impaciente, haja vista a expectativa de ouvir opregador convidado, e acabou no seguindo as ordens de Jos.

    Parece que os irmos esto um tanto desanimados... Repreenda esse esprito de

    desnimo! Amm?Sem ouvir sequer um irmo dizendo "amm", Jos preferiu no insistir e, finalmente,concluiu:

    Eu agradeo a oportunidade, e que o Esprito Santo fale melhor em cada corao.

    Como faltavam poucos minutos para terminar o culto, e o grupo de coreografia aindapediria para se apresentar antes da mensagemmais quinze minutos!, a saudao,propriamente dita, ficaria a cargo do pregador convidado.

    No entanto, este ainda falaria por mais cinqenta minutos, pedindo que o povorespondesse a mais alguns "amns". Antes de pregar sobre os seus assuntos preferidos, a

    prosperidade, os direitos do crente e os demnios, pediu a todos que olhassem para oirmo ao lado e dissessem:

    Eu te abeno agora! E profetizo prosperidade sobre a tua vida!

    O pblico acabou se animando um pouco com essa sesso de "profecias", mas cansou-se logo, pois, a cada frase de efeito que o pregador empregava, dizia:

    Diga isso para o seu irmo.

    De fato, ele parecia ser um homem de f, pois relatou inmeros encontros que teve comJesus e os apstolos, no cu, e com o Diabo, no inferno. Ele aproveitou para oferecer olivro As Revelaes do Cu e do Inferno que Paulo No Teve Coragem de Escrever,lanado pela editora F na F.

    Irmos, eu recebi este livro quando visitei o cu pela primeira vez e conversei com oapstolo Paulo. Ele me disse que no teve coragem de escrever em suas epstolas tudo oque viu, mas que me autorizava a divulgar essa mensagem para a Igreja dos ltimosdias. Neste livro, esto revelados muitos mistrios que no se encontram na Bblia.

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    11/113

    Aps a longa e polmica pregao, o pastorcheio de dvidas quanto a tudo o queouviuimpetrou a bno apostlica e encerrou a reunio com o ltimo "amm"!

    H um versculo que parece definir bem acerca das pregaes de "Jos dos Clichs" edeste ltimo: "O princpio das palavras de sua boca a estultcia, e o fim da sua boca

    um desvario pssimo" (Ec 10.13).

    Quer saber mais sobre esse estranho culto? Nos prximos captulos.

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    12/113

    Captulo 1

    CUIDADO COM OS CHAVES

    Na multido de palavras no falta transgresso, mas o que modera os seus lbios prudente.

    Provrbios 10.19

    Tende cuidado para que ningum vos faa presa sua, por meio de filosofias e vssutilezas, segundo a tradio dos homens, segundo os rudimentos do mundo e no

    segundo Cristo.

    Colossenses 2.8

    Voc gostaria de saber onde foi realizado o culto mencionado na introduo deste livro?Em nenhum lugar especfico. Trata-se de um episdio fictcio, montado para mostrar oque est acontecendo em vrias igrejas onde o evangelho cristocntrico tem dado lugara "outro evangelho", cuja nfase o ser humano.

    Muitos cultos tm se tornado programas de auditrio e reunies onde pregadores,cantores e outros desprezam, conscientemente ou no, os elementos bblicos do cultoneotestamentriolouvores, pregao da Palavra de Deus e os dons do Esprito Santo(1 Co 14.26).

    Os pregadores famosos nem todos, claro tm ocupado indevidamente osplpitos das igrejas, falando o que as pessoas querem ouvir. Empregam chaves ouclichs expresses prontas, repetidas mecnica e irrefletidamente , fazendo mauuso do tempo destinado exposio da Palavra.

    Vamos analisar, neste captulo, algumas frases que os pregadores "Jos dos Clichs" e"Antnio das Revelaes" empregaram.

    "SALDO OS IRMOS COM A PAZ DO SENHOR"

    Voc percebeu como Jos dos Clichs saudou os irmos? Ele disse: "Saldo os irmoscom a paz do Senhor, e os amigos com uma boa noite de salvao".

    Como se v, o primeiro erro do chavo gramatical, pois o correto "sado", do verbo"saudar", e no "saldo", palavra que possui outro significado. No entanto, observe que asaudao de paz foi dirigida apenas aos crentes. Por qu?

    Jesus no ensinou isso: "... em qualquer casa onde entrardes, dizei primeiro: Paz sejanesta casa. E, se ali houver algum filho da paz, repousar sobre ele a vossa paz..." (Lc10.5,6)

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    13/113

    No culto, a saudao diferenciada pode levar um visitante mais atento a sentir-sediscriminado. E isso no bom, haja vista o ouvinte da Palavra merecer tratamentoespecial. A saudao deve ser igual para todos: "Sado a todos com a paz do Senhor".

    Talvez voc pense: "O mpio no tem paz. Para que saud-lo com a paz do Senhor?"

    Ora, exatamente pelo fato de o no-crente no possuir a paz que se deve desejar-lhe apaz do Senhor!

    Como poderemos ter paz com todos os homens (Rm 12.18; Hb 12.14), se no somoscapazes de lhes comunicar a virtude chamada de "gloriosa e perfeita" no hino 178 daHarpa Crist, hinrio oficial das Assemblias de Deus?

    Em tempo, se voc deseja saber mais sobre gramtica, a fim de evitar erros e confuses,recomendo a leitura de Tira-dvidas da Lngua Portuguesa, de Antnio Mesquita,editado pela CPAD.

    " MOTIVO DE GRANDE ALEGRIA"

    O templo deve ser, de fato, um lugar de alegria (SI 122.1). Mas usar o clich em apreo,mecanicamente, sem nenhuma reflexo, s para preencher um espao de tempo, umerro. H

    Irmos que o citam e, logo em seguida, comeam a se lamentai-, relatando problemas aoauditrio.

    Alguns pregadores cometem erro semelhante ao pronunciar glrias a Deus e aleluias

    fora de contexto. Ouvi, dia desses, um pregador discorrendo sobre os sinais da vinda deJesus:

    Milhares de pessoas morreram nesse sculo, todas vtimas de terremotos, guerras edoenas... Glria a Deus! H muitas guerras e rumores de guerras, e inmeras pessoasesto morrendo sem salvao... Aleluia!

    Ora, as palavras de glorificao no so para preencher espaos, tampouco para serusadas a qualquer hora. Deus deve ser louvado pelos seus feitos em nosso favor:"Bendize, minha alma, ao SENHOR, e no te esqueas de nenhum dos seus

    benefcios" (SI 103.1,2).

    "AMM, IRMOS?"

    Confesso que, s vezes, sinto-me como se estivesse em qualquer lugar, menos em umtemplo participando de um culto. A insistncia de alguns pregadores em querer animar oauditrio, em mexer com o pblico, deprimente.

    Quando saudamos a todos com a paz do Senhor, ningum obrigado a responder comum "amm". Se algum responder, deve faz-lo espontaneamente, para demonstrar que

    partilha da mesma paz. A palavra "amm" indica concordncia, mas, se a pessoa noquiser concordar audivelmente, isso um direito que lhe assiste.

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    14/113

    Fico feliz porque no estou sozinho nesse protesto contra o comportamento exageradode pregadores desprovidos de bom senso. O mestre Antnio Gilberto, em um de seusartigos, disse: ... os irmos acham que o que est ocorrendo em nossos cultos deveriaficar como est? No! Est na hora de um BASTA!"

    E ele complementa: " preciso pr termo s anormalidades que vm ocorrendo emtodas as fases do culto, na maioria das igrejas, congregaes e pontos de pregao. (...)Quem chega plataforma para falar no deve usar de mecanismo (sic) para com oscrentes. Exemplo: dizer 'A paz do Senhor! ' e repetir isso at que haja eco suficiente

    para agrad-lo" (Mensageiro da Paz, n 1.425, p.15). Amm?

    "ANJOS, ARCANJOS, QUERUBINS E SERAFINS"

    Pregadores especialistas em animar auditrios gostam muito dessa expresso. O curioso que, s vezes, ela provoca maior entusiasmo do que a afirmao: "Jesus est neste

    lugar". Nem parece que a pessoa principal do culto o Senhor Jesus!

    Segundo as Escrituras, h abundncia de alegrias e delcias perpetuamente na presenade Deus, e no na dos anjos (Sl 16.11). Sabendo disto, o apstolo Paulo alertou acercado perigo de cultuarmos os anjos (Cl 2.18).

    O chavo menciona "arcanjos" presentes no culto, como se eles fossem uma classeangelical nossa disposio. Quem costuma ler a Bblia, sabe que Miguel o nicoanjo chamado textualmente de arcanjo (Dn 10.21; Jd v. 9). No h outro com este ttulonas pginas sagradas. Da a expresso bblica "a voz do arcanjo" (1Ts 4.16, ARA).

    Em tempo, o prefixo "are" aplica-se, em geral, a quem comanda (arcebispo, arcipreste,arcanjo); assim, conclui-se que Miguel seja um comandante dos anjos.

    "OLHE PARA O SEU IRMO E DIGA..."

    Se os pregadores entendessem o que ser um mensageiro de Deus, abandonariam essaprtica de querer criar um "clima" propcio para falar. E claro que, do ponto de vistahumano, prender a ateno do povo desde o incio da pregao uma tarefa muitodifcil. Da, o pretexto deles preferirem interagir com o pblico.

    Os recursos empregados pelos animadores de auditrio so muitos. Mandam os irmosprofetizarem uns aos outros, podem para se abraarem, contam uma piadinha paradescontrair ou empregam gracejos do tipo: "Quem achou, diga amm. Quem no achou,diga misericrdia".

    Diante de tantos artifcios e de tamanha artificialidade, pergunto: E a obra que cabe aoEsprito Santo? O mensageiro de Deus no deve ser um animador ou motivador! Suamisso transmitir a mensagem com temor e seriedade. E o Esprito Santo seencarregar de introduzir a Palavra nos coraes.

    No preciso pedir para o povo levantar a mo ou glorificar a Deus, salvo excees.Tudo deve ser espontneo, a menos que haja uma circunstncia especial.

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    15/113

    "DETERMINE AGORA A SUA VITRIA"

    De uns tempos para c, uma mania se instalou no meio evanglico. E a chamada"determinao", no no sentido de resoluo, definio ou tomada de posio. Alguns

    pregadores pensam mesmo que podem realizar milagres mediante o pronunciamento de

    palavras de ordem, como se fossem deuses!

    luz da Bblia Sagrada, somente Deus pode determinar. Indo, de fato, acontece,obedecendo a sua ordem (Gn 1.3; SI 148.4,5). Mas, quem o homem mortal paradeterminar as coisas?

    Jesus nunca ensinou que devemos determinar, mas disse: "Pedi, e dar-se-vos-..." (Mt7.7) Esses pregadores que vivem mandando o povo determinar acabam em contradio,

    pois os ensinamentos que no se baseiam na Bblia no podem ser sustentados (Ap22.18,19; 2 Pe 3.16).

    Um famoso pregador ensina que, quando se determina, d-se ordem ao Diabo. Queincoerncia! Em vez de dirigir-se ao "Pai nosso", na orao, como Jesus ensinou (Mt6.9-13), provoca o Inimigo de nossas almas! Baseia-se em suas experincias e esquece-se de que a Palavra de Deus que deve nos guiar (Sl 119.105).

    O problema de muitos pregadores considerarem as suas experincias ou as de outros"homens de f", como revelaes iguais ou superiores s Escrituras, muito perigoso.

    Infelizmente, os pregadores da "determinao", no af de ensinarem essa falsa maneirade se alcanar respostas de Deus, empregam textos bblicos fora de seus contextos.Citam, por exemplo, a parte final do versculo 36 de Daniel 11: "... aquilo que estdeterminado ser feito". Ora, essa passagem menciona o que est determinado por Deus,e no pela boca de homens falveis (cf. At 1.7; 17.26).

    Quer saber como orar com ousadia, sem precisar usar dessa prtica antibblica?Considere a Bblia Sagrada a sua fonte mxima de autoridade. Nela aprendemos a orarcorretamente, em humilhao perante o Senhor (Jr 33.3; 2 Cr 7.14,15). Os primeiroscrentes oravam, e o Senhor respondia poderosamente (At 4.29-31).

    Seria a "determinao" mais poderosa do que a verdadeira orao, em humilhaoperante o Senhor?

    "DIABO, EU EXIJO..."

    Realmente, esse negcio de falar com o Diabo angustiante! Orao um dilogo comDeus, em nome de Jesus! No entanto, muitos pregadores tm aprendido de homens quedesprezam as verdades da Palavra de Deus.

    Como devemos orar? O Mestre Jesus, em Mateus 6.5-13, deixou-nos um modelo deorao, da qual destaco algumas caractersticas:

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    16/113

    A orao no para algum "aparecer", como fazem os hipcritas (vv. 5,6). S que ospregadores da "determinao" fazem questo de fazer oraes "poderosas" em quedesafiam o Diabo!

    As repeties vs so desnecessrias (vv. 7,8). Mas esses pregadores no s repetem

    frases de efeito, como mandam o povo repeti-las.

    Jesus disse: "Portanto, orareis assim: Pai nosso, que ests nos cus, santificado seja oteu nome" (v. 9). Primeira palavra da orao de Jesus: "Pai", e no: "Diabo"!

    A orao deve comear com adorao a Deus e exaltao do seu nome (v. 9). Ospregadores da "f na f" j comeam exigindo, determinando e valorizando o "eu". "Eudeclaro; eu exijo..." Eu, eu e mais eu!

    A prioridade a vontade de Deus, e no as nossas necessidades: "... seja feita a tua

    vontade..." (vv. 10,11) S que a presuno desses pregadores to grande, que dizemque orar assim uma demonstrao de incredulidade!

    H outros aspectos nos versculos seguintes, porm eu s queria enfatizar as verdadesacima e deixar claro que a nossa orao deve ser dirigida ao Senhor, e no ao Diabo!

    Nesse sentido, Paulo at nos deixou um conselho: "No deis lugar ao diabo" (Ef 4.27).

    "EM NOME DO PAI, DO FILHO E DO ESPRITO SANTO"

    Empregada no fim das oraes, essa expresso imprpria. Por qu? Porque sugere aexistncia de uma quarta pessoa, acima ou no mesmo nvel das trs Pessoas da

    Trindade.

    Alguns pregadores se baseiam na frmula bblica do batismo em gua para fazer valeresse clich. No entanto, tal frmula dita ao crente pelo ministro (Mt 28.19). No casoda orao, as palavras so dirigidas diretamente a uma das Pessoas da Trindadeo Pai

    , tornando redundante o agradecimento em nome de cada uma dElas.

    O modo correto de orar em nome de Jesus, pois Ele garantiu: "... eu vos escolhi a vs(...) a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vos conceda" (Jo15.16). No entanto, no se esquea da sinceridade e da f.

    Muitos fazem oraes biblicamente corretas, mas lhes faltam a f e a sinceridade parareceber as bnos de Deus (Lc 18.9-14). Conquanto uma coisa no substitua a outra, oSenhor quer, antes de tudo, que estejamos com o corao preparado na presena dEle(SI 57.7).

    "PARA NO FICAR EM MINHAS PALAVRAS"

    H pregadores que pronunciam este chavo depois de falarem bastante. Falam, falam,falam... Depois, para no ficar somente em suas palavras, lem um texto bblico e falam

    mais um pouco. Essa atitude , no mnimo, insensata e deve ser impedida pelo dirigente

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    17/113

    do culto. Cada crente deve saber que uma saudao no pode ser demorada como umapregao.

    Se a oportunidade foi concedida para uma saudao, no se deve cantar, orar e fazeroutras coisas. Ao receber a oportunidade para uma rpida palavra, leia um texto e faa

    um breve comentrio sobre ele. No preciso fazer rodeios.

    E impressionante como h pessoas que agem de modo inconveniente no culto! No seimportam em atrasar o momento da exposio da Palavra de Deus. No seria essa umaatitude de quem no tem mais o desejo de ouvir a voz do Senhor?

    E os conjuntos musicais? Apresentam hinos longos, repetem-nos vrias vezes. Isso semmencionar as coreografias, que tm se tornado uma mania em nosso meio. Os dirigentesque toleram todas essas coisas, estariam em sintonia com a vontade de Deus?

    Admiro a atitude dos poucos pastores que conheo capazes de, se for preciso, modificara programao de um culto, para que a Palavra de Deus seja pregada com temposuficiente e no horrio nobre. Enquanto isso h outros que ficam olhando a banda

    passar. "... desperta, tu que dormes..." (Ef 5.14)

    "CAIU AQUI EM SALMOS"

    Muitos crentes, hoje em dia, usam o Livro Santo como um mero caderno de horscopo.Abrem-no aleatoriamente e acham que recebero uma mensagem especfica pararesolver os seus problemas.

    A Bblia precisa ser lida com meditao. Quem a l no plpito deve saber o qu e porque est lendo. No caso do personagem em apreo, a passagem lida, por ironia, aplicou-se a ele mesmo: "No sejais como o cavalo, nem como a mula, que no tmentendimento, cuja boca precisa de cabresto e freio... (S132. 9)

    claro que Deus, por exceo regra, pode falar conosco desse modo. Alis, quando euera novo convertido, pedi uma palavra e abri a Bblia... Sabe onde "caiu"? Em Isaas 45.Fique todo feliz: "Que maravilha! Deus est falando comigo em meu prprio nome".

    Alguns dias depois, repeti a prtica. Que decepo! Abri a Bblia nas pginas brancas!

    Como isso se repetiu por vrias vezes, resolvi selecionar os versculos que mais gostavae os escrevi naquelas pginas. Mas aconteceu um outro problema: abri a Bbliaaleatoriamente e "caiu" nas genealogias de 1Crnicas! Que mensagem eu podia extrairdali? Cheguei at pensar que teria muitos filhos!

    A partir dessas experincias, entendi que Deus queria que eu lesse a sua Palavraseqencialmente, em meditao: Buscai no livro do Senhor e lede..." (Is 34.16)

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    18/113

    "EU TE ABENO"

    Voc j percebeu como a expresso "Deus te abenoe" est caindo em desuso? comum ouvir crentes dizendo: "Eu te abeno, meu irmo". Antigamente, os paisrespondiam aos filhos: "Deus te abenoe, meu filho". Hoje, orientados por alguns

    "mestres", dizem: "Eu te abeno". E muitos sequer acrescentam o complemento "emnome de Jesus".

    O que bno? A luz da Bblia Sagrada, algo que somente Deus pode dar! No hnenhum ser humano capaz de conferir bnos diretamente s pessoas! E o Senhornunca teve interesse em transferir isso aos pregadores, pois eles certamente seensoberbeceriam.

    Sem conseguir abenoar algum, de fato, os homens j se vangloriam (Mt 7.22)! Jpensou se houvesse algum "apstolo" ou "missionrio" dessa ltima hora capaz de

    entregar bnos diretamente ao povo? O pior que alguns pensam que fazem isso.

    Todas as bnos vm dEle (Tg 1.17). o Senhor quem nos abenoa com as bnosespirituais, nos lugares celestiais (Ef 1.3). Contudo, muitos pregadores parecem seconsiderar deuses. Determinam e profetizam vitria na hora que querem e no seconstrangem em "abenoar" as pessoas!

    Se ns, homens falveis, pudssemos abenoar, para que serviria a orao? "Abrao nofoi chamado para ser uma bno?", voc poder perguntar. Sim, mas o que significaisso? Ao chamar o patriarca, o Senhor queria que ele fosse um canal de bnos para as

    pessoas: "... tu sers uma bno" (Gn 12.2). Ele no seria o abenoador, e sim o meiopelo qual Deus abenoaria todas as famlias da Terra (v. 3).

    O sentido da palavra "bno" em Tiago 3.10 de bendizer a Deus, e no de conferirbnos s pessoas, como se houvesse em nossa boca um poder similar ao da Palavra deDeus! Veja o que diz o versculo 9: "Com ela [a lngua] bendizemos a Deus e Pai, e comela amaldioamos os homens..."

    Portanto, quando Tiago disse que da boca procedem bno e maldio, isso significabendizer e maldizer, e no determinar ou decretar bnos e maldies, como se

    tivssemos poderes especiais. Desejar bnos e orar para que elas venham sobre a vidade todos o que cada crente deve fazer. E o Senhor poderoso para determinar que elasde fato se concretizem.

    "PROFETIZO PROSPERIDADE SOBRE A SUA VIDA"

    Como o conceito de profecia tem sido deturpado em nossos dias! No bastasse aconfuso que se faz entre o ministrio proftico do Antigo Testamento e a profeciaapresentada no Novo Testamento, de uns tempos para c esse dom comeou a ser

    banalizado por pregadores que desconhecem o ABC da doutrina pentecostal.

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    19/113

    "Eu profetizo isso, profetizo aquilo, profetizo sobre sua vida..." E assim por diante. Isso mais um reflexo da presuno de homens que precisam conhecer melhor aquEle quedisse: "Aprendei de mim, que sou manso e humilde de corao..." (Mt 11.29)

    Voc j leu na Bblia sobre essa inovao? Jesus profetizou prosperidade sobre a vida

    de algum? E Paulo, fez isso? E Pedro? E os outros apstolos? Ora, a profecia umdom do Esprito Santo, que deve ser usado para o que for til, com as finalidades deexortar, edificar e consolar (1 Co 12.7; 14.3).

    Talvez algum argumente: "Elias profetizou que no choveria, e isso aconteceu segundoa sua palavra". De fato, de acordo com 1Reis 17.1, Elias transmitiu ao rei umamensagem proftica, e esta se cumpriu. Mas, nesse caso, o profeta estava investido deuma autoridade especial da parte de Deus. E no o que acontece em nossos dias!

    Alis, quanto a esse episdio envolvendo o profeta Elias, muitos no observam o que

    Tiago disse: "Elias era homem sujeito s mesmas paixes que ns e, orando, pediu queno chovesse..." (5.17) Observe que o profeta antes de profetizar orou a Deus e obtevedEle a mensagem.

    Ao longo dessa obra, voc conhecer melhor as doutrinas dos pregadores que tmrejeitado a Cristo, preferindo anunciar uma mensagem antropocntrica centrada nohomem. Para isso, empregam textos isolados de seus contextos, em geral do AntigoTestamento, para impressionar o pblico.

    Cuidado com esse evangelho que s enfatiza prosperidade! No se esquea de sua

    preciosa salvao em Cristo (2 Co 4.7), que muito mais valiosa do que ter dinheiro,sade e propriedades. A prosperidade importante, porm no a prioridade (Mt 6.19-21; 1Tm6.10).

    Esses pregadores triunfalistas falam como se nunca fssemos morrer. Parece at quereceberemos todas as bnos aqui na Terra. No entanto, a Palavra de Deus clara: "Seesperarmos em Cristo somente nesta vida, somos os mais miserveis de todos oshomens" (1 Co 15.19).

    Espero que voc no tenha se assustado com as minhas crticas, Mas preciso partilhar

    com voc tudo o que Deus colocou em meu corao. Voc sabia que alguns pregadorescitam versculos estranhos como se fizessem parte das Escrituras, e muitos crentesacreditam neles? No? Ento, no deixe de ler o prximo captulo.

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    20/113

    Captulo 2

    A SNDROME DO PAPAGAIO

    No te precipites com a tua boca, nem o teu corao se apresse a pronunciar palavraalguma diante de Deus; porque Deus est nos cus, e tu ests sobre a terra; pelo que

    sejam poucas as tuas palavras.

    Eclesiastes 5.2

    E, orando, no useis de vs repeties, como os gentios, que pensam que por muitofalarem sero ouvidos.

    Mateus 6.7

    Voc j percebeu como as pessoas costumam repetir o que os outros falam? Isso errado? Depende da fonte de informaes. O Senhor Jesus ensinava as palavras do Pai:"... agora procurais matar-me a mim, homem que vos tem dito verdade que de Deustem ouvido..." (Jo 8.40) E o apstolo Paulo ensinou o que recebera do Senhor (1 Co11.23).

    No errado repetir o que outros dizem. Mas bom analisar o que ouvimos, para evitarconfuses doutrinrias e situaes constrangedoras. Na Igreja de Beria, os crentesrecebiam de bom grado as pregaes, porm no as consideravam verdades bblicasantes de confront-las com as Escrituras (At 17.11).

    Quando o crente ouve a Palavra de Deus, alimentado.

    Quando a l, alimenta-se a si prprio. Quem somente ouve pregaes, corre o risco deaprender errado. Voc precisa se habituar a analisar, luz das Escrituras, tudo o que l eouve (St 119.105).

    Muitos pregadores citam provrbios populares ou trechos de hinos como se fossemversculos bblicos. Ouviram algum, um dia, pronunciar um ou mais desses versculosextrabblicos na maioria dos casos, antibblicos e comearam a cit-los como

    verdade. isso que eu chamo de sndrome do papagaio.

    H alguns anos, venho reunindo vrias "prolas" mediante observao e com a ajuda dealguns alunos e leitores de meus artigos. Vamos analisar, neste captulo, aquelas frasesque parecem estar na Bblia.

    Voc est curioso? Quer saber se tem empregado algum versculo "novo"?

    "SOMOS DEUSES"

    Essa frase muito usada pelos pregadores da confisso positiva e da teologia da

    prosperidade. Costumam dizer: "A Bblia diz: Sois deuses", para enfatizar que o crente

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    21/113

    pode ser um deus aqui na Terra, um "supercrente", com poderes especiais, podendodeterminar a bno na hora em que bem entende.

    A frase "Somos deuses" uma distoro da veracidade contida em Salmos 82.6. Esteversculo diz: "Vs sois deuses..." No entanto, esta afirmao de Asafe deve ser

    entendida luz do contexto. O salmista falava ironicamente dos mpios do seu tempoque nada sabiam nem entendiam, pois andavam em trevas (w. 4,5). Embora nadasoubessem, pensavam saber alguma coisa. Asafe, ento, aps fazer a afirmao irnica,concluiu: "Todavia, como homens morrereis e caireis como qualquer dos prncipes" (v.7).

    Interpretando os textos sagrados de forma equivocada, sem levar em conta os seuscontextos, os pregadores triunfalistas enfatizam que podemos ter a natureza divina nasua plenitude (2 Pe 1.4). Esta passagem menciona a nossa participao na naturezadivina quanto aos atributos comunicveis, e no quanto aos absolutos: onipresena,onipotncia, oniscincia, etc.

    O Senhor nos comunica amor, bondade e outras virtudes. E nesse sentido queparticipamos de sua natureza (2 Pe 1.5-9). Mas um famoso pregador americano, quepropagava doutrinas antibblicas e at blasfmias, como a de que Jesus teria assumido anatureza de Satans na cruz, afirmou: "Nem o prprio Senhor Jesus tem uma posiomelhor diante de Deus do que voc e eu temos" (Zoe: a Prpria Vida de Deus, KennethHagin, Graa Editorial, p. 79).

    Quem sabe algum argumente: "Ser deus no significa ser igual a Deus. Somos

    semelhantes a Ele. Somos deuses com 'd' minsculo andando na Terra". Que engano! OSenhor, que no d sua glria a ningum (Is 42.8), pergunta para esses "deuses": "Aquem me fareis semelhante, e com quem me igualareis, e me comparareis, para quesejamos semelhantes?" (Is 46.5)

    "PELA F, OS MUNDOS FORAM CRIADOS"

    Esses mesmos pregadores da confisso positiva, que enfatizam de modo exagerado a fensinando a f na f, e no a f em Cristo , valem-se dessa frase para dizer que,assim como Deus usou o poder da f para criar o universo, devemos liberar a nossa f

    criadora!

    claro que o Senhor o autor e o detentor da f (Hb 12.2). Ele a distribui por sua graaqueles que obtm a salvao (Rm 10.9,10). Porm no precisou de f f em quem,se Ele o Todo-poderoso? para criar todas as coisas. Ele auto-suficiente e usou o

    poder da sua poderosa Palavra: "Haja luz. E houve luz" (Gn 1.3).

    Na verdade, os "mestres da f" inventaram o versculo "novo" em questo a partir deHebreus 11.3, que diz: "Pela f, entendemos que os mundos, pela palavra de Deus,foram criados..." Observe que o texto menciona a nossa f para entender, e no a de

    Deus para criar!

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    22/113

    "EU VENCI O MUNDO, E VS VENCEREIS"

    Falando em "mundo", esta palavra, nas pginas sagradas, pode referir-se ao mundo"criado por Deus", como vimos acima (Hb 11.3), " humanidade" (Jo 3.16) e ao"sistema maligno" que exerce influncia sobre as pessoas (2 Co 4.4; 1 Jo 2.15-17).

    Por meio da vitria de Cristo, todos os seus seguidores autnticos, nascidos de Deus (1Jo 5.4), se tornam mais do que vencedores (Rm 8.37). A vitria dEle, de fato, nos faztriunfar. Contudo, as palavras de Jesus, na ltima parte de Joo 16.33, foram apenas: "...eu venci o mundo". O complemento "e vs vencereis" um acrscimo s palavras doMestre.

    "DEUS CEGOU OS ENTENDIMENTOS DOS INCRDULOS"

    Alguns dias atrs, ouvi um pregador dizer essa frase com a maior naturalidade. E ele

    no era um nefito, mas algum com alguns anos de ministrio. Voc percebeu a falciaque ele cometeu? E o erro foi consciente, a ponto de associar a citao ao episdio do"endurecimento de Fara" (x 9.35).

    Sabemos que Deus entrega os homens incrdulos aos seus prprios desejos, quando nose arrependem: "E, como eles se no importaram de ter conhecimento de Deus, assimDeus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que no convm" (Rm1.28). Todavia, esse endurecimento do corao ocorre por causa da permanncia no

    pecado (Hb 3.12.13).

    De acordo com a Bblia Sagrada, no foi Deus quem cegou o entendimento dosincrdulos, mas sim o Diabo, deus com "d" minsculo: "... o deus deste sculo cegou osentendimentos dos incrdulos, para que lhes no resplandea a luz do evangelho daglria de Cristo, que a imagem de Deus" (2 Co 4.4).

    "Da semente da mulher levantarei um que esmagar a cabea da serpente"

    comum ouvir pregadores citando essa frase como sendo a primeira promessarelacionada com a obra redentora de Jesus. Voc sabia que essa promessa conformeest mencionada acimano aparece nas Escrituras?

    Em Gnesis 3.15, Deus disse a Satans, que estava personificado na serpente: "E poreiinimizade entre ti e a mulher e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferir acabea, e tu lhe ferirs o calcanhar". Observe como o versculo bblico bem diferenteda frase usada por muitos pregadores.

    O verbo empregado no foi "esmagar", mas "ferir". Isso porque, de acordo com aPalavra de Deus, o Inimigo ainda no foi derrotado por completo esmagado. Ele jest julgado (Jo 16.11), e na cruz Jesus o feriu, vencendo-o por antecipao (Cl2.14,15).

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    23/113

    Quando Satans ser esmagado definitivamente? O apstolo Paulo responde: "E o Deusde paz esmagar em breve Satans debaixo de vossos ps. A graa de nosso SenhorJesus Cristo seja convosco. Amm" (Rm 16.20).

    Hoje, por enquanto, temos "... poder para pisar serpentes e escorpies, e toda fora do

    inimigo..." (Lc 10.19), porm em breve a vitria sobre o prncipe deste mundo ser emdefinitivo. Observe que o Senhor quem o esmagar, e debaixo de nossos ps!

    Como sabemos que a sentena de Gnesis 3.14,15 diz respeito ao Diabo? De fato, asimples leitura do texto induz-nos a pensar que as palavras de Deus se referem apenas serpente. E h pregadores enfatizando que o Senhor tratou com ela, e no com oInimigo de nossas almas!

    Entretanto, h trs passagens que dirimem qualquer dvida (2 Co 11.3; Apl2.9; 20.2).Na primeira, Paulo disse que a serpente enganou a Eva. Nas outras, o Diabo "que

    engana todo o mundo" identificado como a "antiga serpente".

    "O DINHEIRO A RAIZ DE TODOS OS MALES"

    s vezes, por no ler a Bblia com ateno, alguns pregadores caem no erro de omitirparte dos versculos bblicos, gerando confuso. O dinheiro importante e precisamosdele para nossa manuteno. Errado pr o corao nele (Mt 6.19-21).

    O apstolo Paulo no desprezava o dinheiro, mas condenava a avareza e a ganncia:"Porque o amor do dinheiro a raiz de toda a espcie de males; e nessa cobia alguns sedesviaram da f, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores" (1 Tm 6.10).

    interessante como um crente, acreditando ter uma vida correta, pode estar cometendopecados graves contra Deus! Muitos condenam a idolatria e a feitiaria, contudo soavarentos - isto , idlatras (Ef 5.5) - e rebeldes. E a rebelio anda de mos dadas com afeitiaria (1 Sm 15.23).

    Outros, no contribuem para a obra do Senhor e tornam-se ladres (Ml 3.8-10). E hainda crentes implacveis com os homicidas, mas que desconhecem as verdades de 1Joo 3.15: "Qualquer que aborrece a seu irmo homicida. E vs sabeis que nenhumhomicida tem permanecente nele a vida eterna".

    Quantos no so os crentes perdidos dentro das igrejas! Condenam a prostituio, masprostituem-se espiritualmente, ao barganhar as inegociveis verdades da Palavra deDeus (Ez 16.16-20). Que Deus use os seus mensageiros, a fim de "... salvar os crentes

    pela loucura da pregao" (1 Co 1.21).

    "O AMOR ENCOBRE MULTIDO DE PECADOS"

    H frases que possuem acrscimos sutis, porm perigosos, como nesse caso. O prefixo"en" no verbo "encobrir" muda completamente o sentido da mensagem bblica: "... o

    amor cobre multido de pecados" (1 Pe 4.8, ARA). Encobrir uma coisa, e cobrir, outra

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    24/113

    bem diferente: "O que encobre as suas transgresses nunca prosperar" (Pv 28.13); "... oamor cobre todas as transgresses" (Pv 10.12).

    No se deve acreditar que, em razo do amor, devemos tolerar o pecado, como se esteno fosse to danoso! Quem ama, de fato, revela ao pecador a necessidade de abandonar

    o pecado. Jesus, o grande Mestre, demonstrava amor s pessoas, porm nunca deixou deindignar-se com o pecado (Mc 10.21).

    Embora a palavra grega kalupt, em 1 Pedro 4.8 e Tiago 5.20, signifique, literalmente,"ocultar", o sentido no de encobrir, camuflar ou acobertar pecados. No! Antes,enfatiza o poder de Deus de desfazer os nossos pecados (Is 44.22), escondendo-os nas

    profundezas do mar (Mq 7.19).

    A diferena entre cobrir e encobrir pecados vista claramente em Salmos 32.1,5: "Bem-aventurado aquele cuja transgresso perdoada, e cujo pecado coberto; (...) Confessei-

    te o meu pecado, e a minha maldade no encobri" (grifo nosso). No entendeu? Leianovamente as passagens, com calma.

    "O NOME DE DEUS J"

    Embora o Senhor opere milagres durante o culto e especialmente no momento daexposio da Palavra (At 14.8-10), as Escrituras no o apresentam com o nome "J", nosentido de que Ele aja sempre de forma imediata. Tal chavo tem a sua origem emSalmos 68.4: "... o seu nome J...", texto cujo real significado ignorado por muitos

    pregadores.

    Na traduo espanhola de Casiooro de Reina, est escrito: "... JAH es su nombre". Averso da Bblia Rei Tiago, em ingls, apresenta: "... his name JAH". Em espanhol,"J", no sentido de "agora", deveria ser: "Ya", e no "JAH". Em ingls, seria "Now".

    Em portugus, na verso Almeida Revista e Corrigida (IBB, 1981), ainda muitoutilizada no Brasil, est escrito no texto em apreo que o nome de Deus J com asduas letras maisculas. Porm, nas verses mais modernas, este problema j foiresolvido, pois aparecem os vocbulos "Senhor" (ARA) e "Jeov" (ARC) ao invs de"J". Esta palavra uma forma resumida de "JAV" (Yahzveh), nome pessoal de Deus

    derivado do tetragrama hebraico YHWH.

    "A PALAVRA DE DEUS SE RENOVA A CADA MANH"

    Esse chavo, em semelhana ao anterior, tambm foi usado por "Jos dos Clichs",citado na introduo deste livro. O que h de errado com essa frase? Ela no est naBblia? Por mais incrvel que possa parecer, no!

    A Palavra de Deus continua atual, nova! Os preceitos divinos so imutveis euniversais, a despeito das grandes transformaes que ocorrem no mundo. Por isso, elano precisa se renovar! No como um jornal ou uma revista que j chegam s nossas

    mos desatualizados.

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    25/113

    Quem l a Bblia Sagrada, sabe que o profeta Jeremias usou uma expresso parecidacom o chavo em apreo, mas referindo-se "as misericrdias do Senhor" (Lm 3.22,23).Como diria um famoso comentarista esportivo: "Uma coisa uma coisa; e outra coisa outra coisa".

    "SE PASSARES PELO FOGO, ELE NO TE QUEIMAR"

    Propagada por um hino que marcou poca, essa frase d a idia de que nem todos osjustos so atribulados. Veja o que diz a Bblia: "Quando passares pelas guas estareicontigo, e quando pelos rios, eles no te submergiro; quando passares pelo fogo, no tequeimars, nem a chama arder em ti" (Is 43.2).

    Percebeu? A Bblia no diz "Se", e sim "Quando". A conjuno condicional "se" indicaapenas que o crente "poder" passar por situaes difceis, e no que isso umacaracterstica obrigatria da vida crist, biblicamente (At 14.22; 1 Pe 2.20.21). "Quando

    passares" denota que o crente "passar por tribulaes", mas o Senhor estar com ele,como aconteceu com Jos (At 7.9; Gn 39.20,21), Ananias, Misael e Azarias (Dn 3),Daniel (Dn 6), Paulo (2 Co 12.7-10).

    "ESFORGA-TE, E EU TE AJUDAREI"

    A expresso "Esfora-te" aparece mais de dez vezes na Bblia Sagrada, todavia nuncaacompanhada da frase "e eu te ajudarei". Conquanto Deus ajude a quem se esfora (1Co 15.58), o chavo em apreo no consta da Bblia.

    Caso voc queira alguns complementos bblicos para "Esfora-te", veja: "... e tem bomnimo" (Js 1.6-9); "... e faze a obra" (1 Cr 28.10); "... e clama" (Gl 4.27). No plural,"Esforai-vos", aparecem outros complementos (Nm 13.20; 1 Sm 4.9; Sl 31.24; Ag 2.4).

    Talvez voc pense que eu esteja sendo rigoroso em minha abordagem. De formaalguma. O meu objetivo convenc-lo de que Deus deseja que sejamos cada vez maisamantes da Palavra, a ponto de conhec-la em seus mnimos detalhes.

    Que voc se esforce em conhecer a Palavra de Deus, a fim de no citar frasesextrabblias como se fossem versculos das Escrituras!

    "HOJE MESMO ESTARS COMIGO NO PARASO"

    Apesar de no aparecer a palavra "mesmo" no Evangelho de Lucas 23.43, a maior partedos pregadores fazem uso desse sutil acrscimo. Por qu? Alguns, possivelmente,utilizem-no por mera displicncia ou porque ouviram algum falar assim e nem

    perceberam que citam o versculo de forma errada.

    Seria essa uma falcia relevante? claro que prefervel citar as passagens dasEscrituras da forma como elas se apresentam, principalmente quando as nossas citaesso precedidas da frase "A Bblia diz". Contudo, acredito que haja por parte de alguns

    pregadores a inteno de realar o sentido das palavras de Jesus quele infratorcrucificado.

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    26/113

    Na "verso" das escrituras das Testemunhas de Jeov, est escrito: "Deveras, eu te digohoje: Estars comigo no Paraso". Percebeu como de forma sutil, mudando-se a

    pontuao, o texto bblico foi absurdamente deturpado?

    Como se sabe, as Testemunhas de Jeov acreditam na doutrina do sono da alma.

    Segundo esse ensinamento, as almas das pessoas que morrem ficam dormindo juntocom o corpo. claro que isso no subsiste depois de uma anlise luz da s doutrina(Ap 6.9,10; Lc 16.22-24).

    Segundo essa falsa teoria, um dia, todos ressuscitaro para desfrutar uma vida de prazerno Paraso, que ser aqui na Terra. Nesse caso, as palavras de Jesus ao infrator "... hojeestars comigo no Paraso" refutariam essa doutrina, visto que se referia na ocasio a"hoje" mesmo!

    Diante disso, creio que alguns pregadores acrescentem a palavra "mesmo" para

    intensificar o verdadeiro significado do texto.

    "VINDE A MIM COMO ESTAIS"

    E claro que Jesus recebe o pecador arrependido na condio em que ele estiver. Ele veiobuscar e salvar os perdidos (Lc 19.10). No obstante, a frase em questo no estregistrada nos Evangelhos, apesar de ser usada com freqncia pelos pregadores.

    Prefira usar um versculo bblico autntico, como Mateus 11.28: "Vinde a mim, todos osque estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei". Outras passagens em que este verbo empregado da mesma forma so: Salmos 34.11; 95.1, Isaas 1.18; 2.5; 55.1, Ezequiel18.30, Osias 6.1, Mateus 4.19; 25.34.

    "Pedi, pedi, e dar-se-vos-"

    Muitos pregadores enfatizam a perseverana na orao por meio da suposta repetio doverbo "pedir" em Mateus 7.7. "No basta pedir", dizem, "E preciso pedir e pedir". MasJesus simplesmente disse: "Pedi, e dar-se-vos-..." No h repetio no texto sagrado.

    Como surgiu esse chavo? Em primeiro lugar, no pense que seja um pecadoimperdovel empreg-lo, pois ele apenas enfatiza a mesma verdade, sem

    necessariamente torcer a mensagem de alguma maneira.

    Acredito que a forma "pedi, pedi" ficou conhecida em razo do belo hino 84 da HarpaCrist, que repete o verbo apenas para adaptar a letra msica. E, nesse caso, no herro algum, considerando-se a liberdade potica.

    Em tempo, o hino mencionado uma das composies do hinrio oficial dasAssemblias de Deus que mais enfatizam a necessidade de pedir com f, apresentando

    personagens bblicos que alcanaram respostas do Senhor. Ele pontifica que o caminhopara alcanar as bnos pedir, suplicar, clamar, humilhar-se diante do Todo-

    Poderoso.

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    27/113

    Apesar disso, muitos crentes esto preferindo determinar, exigir, decretar, profetizarvitria. O que voc acha disso?

    "E TUDO QUANTO EXIGIRDES EM MEU NOME EU O FAREI"

    Os pregadores triunfalistas, anunciando um evangelho antropocntrico ouegocntrico?, e no cristocntrico, insistem em citar essa frase como se fosse bblica.No tm o menor constrangimento em afirmar que a traduo de Joo 14.13 e de outraspassagens que empregam o verbo "pedir" esto erradas.

    Segundo eles, quando Jesus usou o verbo "pedir", queria dizer exigir e determinar. Ora,isso uma invencionice! Ser que todos os eruditos que traduziram a Bblia para osvrios idiomas estavam errados? Por que nenhum deles empregou "exigir" em vez de"pedir"? Por que no h nenhuma nota de rodap enfatizando isso?

    Joo Ferreira de Almeida traduziu o verbo aite, em Joo 14.13, para "pedirdes" (cf.ARC e ARA). Nas tradues em ingls da verso Rei Tiago e Nova VersoInternacional, empregou-se o verbo ask pedir. E, na famosa verso espanhola deCasiodoro do Reina, o verbo aplicado foi pediereis.

    Um conhecido pregador, para suavizar essa falaciosa doutrina, diz que determina aoDiabo, e no a Deus! Ora, isso s piora a situao! Jesus, quando fala em pedir, refere-se ao Pai: "... a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vos conceda"(Jo 15.16).

    Esses "determinadores", desprezando o que est escrito na Palavra de Deus, ensinamque devemos reivindicar bnos do Senhor, ordenando ao Diabo? Que confuso! No mais fcil seguir o modelo deixado por Jesus em Mateus 6.6-13?

    Que tal consultarmos o dicionrio? "O verbo aite [pedir] sugere na maioria das vezes aatitude de um suplicante, a petio daquele que est em posio inferior quele a quem a

    petio feita; por exemplo, no caso de homens 'pedindo' algo a Deus (Mt 7.7)..."{Dicionrio Vine, CPAD, p. 860)

    lamentvel que pregadores e ensinadores queiram fazer valer as suas idias a todocusto, rejeitando o que est claramente escrito na Palavra de Deus. Trata-se de umabsurdo exigir algo do Senhor! Na orao, a nossa atitude de suplicante, e no deexigente.

    Voc sabia que os pregadores dessa falsa "determinao" se acham melhores do queDeus? Veja o que diz a Bblia: "... que o que o Senhor teu Deus pede de ti, seno quetemas o Senhor teu Deus (...), e o ames (...), para o teu bem?" (Dt 10.12,13). Que ironia:o Senhor pede, e alguns homens presunosos exigem!

    Gostou deste captulo? No prximo, veremos que muitos pensamentos falsos dospregadores dessa "nova onda" esto sendo propagados por meio da msica. Voc

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    28/113

    gostaria de saber quais so os erros doutrinrios difundidos por canes consideradashinos de louvor a Deus? Que tal virar a pgina?

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    29/113

    Captulo 3

    HINOS E CORINHOS ESTRANHOS

    Afasta de mim o estrpito dos teus cnticos; porque no ouvirei as melodias dos teusinstrumentos.

    Amos 5.23

    A palavra de Cristo habite em vs abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vose admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cnticos espirituais; cantando

    ao Senhor com graa em vosso corao. Colossenses 3.16

    Lembra-se do "hino" que Jos dos Clichs citado na introduo deste livro

    cantou? Apesar de eu ter empregado um nome fictcio (Jesus Tomou as Chaves doDiabo), o pensamento errneo contido nele, de que Jesus teria tomado chaves queestavam em poder de Satans, est presente em nosso meio.

    Muitas composies musicais estranhas tm dado origem a doutrinas falsas. claro queexiste a chamada licena potica, que confere aos compositores o direito de escrever oque bem entendem. Mas ns no somos obrigados a aceitar heresias, sejam pregadas,sejam cantadas.

    Confesso que at cantei alguns desses "hinos" em meu tempo de adolescncia ejuventude, porm hoje reconheo o perigo que h por trs de letras contrrias sdoutrina. A tolerncia por parte da liderana e os interesses comerciais, em detrimentoda verdade da Palavra, tm dado grande incentivo propagao de heresias pela msica.

    Quando mencionar composies estranhas, que contenham falcias, usarei a palavra"hino" (entre aspas), pois, luz da Bblia Sagrada,-hino um cntico de adoraoespiritual e propagador da verdade de Jesus Cristo (Ef 5.19; Cl 3.16).

    O DIABO TINHA CHAVES?

    Quem falou que o Inimigo um dia teve chaves? Alm de alguns cantores, os pregadores

    triunfalistas tm anunciado isso. As Escrituras afirmam apenas que Jesus tem as chavesda morte e do inferno, isto , do Hades (Ap 1.18), e no que estas foram tomadas deSatans.

    O Diabo nunca foi o dono dessas chaves, pois Deus quem sempre teve o domniosobre o inferno e a morte. As pessoas que morreram, mesmo antes da ressurreio deJesus, ficarame ainda ficamaos cuidados do Senhor (Ec 12.7). E, por isso, Jesusdisse: "E no temais os que matam o corpo e no podem matar a alma; temei, antes,aquele [Deus] que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo" (Mt 10.28).

    Quando no se observa o que est escrito na Palavra de Deus, criam-se vrias fantasiasna mente acerca do cu e do inferno. E o povo gosta disso! por isso que livros que

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    30/113

    tratam de "divinas revelaes" do inferno e do cu principalmente, do inferno batem recordes de venda! Entretanto, poucas so as pessoas que querem saber o que aBblia Sagrada diz a respeito.

    FESTA NO INFERNO?

    No podemos, pelo fato de achar uma melodia bonita e tocante, acatar a mensagemcantada como se fosse de Deus. H uma cano intitulada A Vitria da Cruz, muitoconhecida dos jovens, que apresenta vrios erros doutrinrios. A pessoa que a comps

    parece ter uma vida de consagrao, alm de ser talentosa e compor outros hinos dequalidade. Mas uma coisa no justifica a outra.

    Por incrvel que parea, esse "hino" que comea mencionando a vitria de Cristo nacruzacaba por torcer essa gloriosa mensagem, ao dizer que houve uma grande festano inferno, motivada pela morte do Senhor Jesus. Isso uma invencionice! Primeiro,

    porque o Diabo no estava e nem est no inferno, como que reinando com umgarfo gigante na mo! Isso mitologia.

    Sabe-se, luz da Bblia Sagrada, que o inferno o lago de fogo um lugarpreparado por Deus, onde Satans, um dia, ser lanado, assim como todos aqueles queseguem as suas obras (Ap 20.10; 21.8). Onde, pois, habitam o Inimigo e seus agentes?

    O apstolo Paulo deixou claro que "... no temos que lutar contra a carne e o sangue,mas sim contra os principados, contra as potestades, contra os prncipes das trevas destesculo, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais" (Ef 6.12). O

    Diabo nunca esteve no inferno, pois ele "o prncipe das potestades do ar" (Ef 2.2).

    Ademais, que razo o Inimigo e os demnios teriam para festejar? Nenhuma, pois, nacruz, Jesus os venceu: "tendo [Jesus] cancelado o escrito de dvida, que era contra ns(...) e, despojando os principados e as potestades, publicamente os exps ao desprezo,triunfando deles na cruz" (Cl 2.14,15, ARA).

    No havia motivo para Satans e seus agentes fazerem festa, pois o seu imprio estavaexperimentando uma grande derrocada! O grave erro doutrinrio propagado por essehino", por conseguinte, incutir na mente dos desavisados que a morte de Cristo foi

    uma derrota, em vez de uma maravilhosa vitria!

    Pela morte de Jesus, fomos reconciliados com Deus: "... havendo por ele feito a paz pelosangue da cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas (...) Nocorpo da sua carne, pela morte, para perante ele vos apresentar .autos, e irrepreensveis,e inculpveis" (Cl 1.20-22).

    CRISTO VENCEU NA CRUZ!

    Na cruz, Jesus bradou: "Est consumado" (Jo 19.30). Foi por isso que o Diabo tentouimpedir que o Senhor morresse crucificado. Ele quis mat-lo antes por diversas vezes,

    para que Jesus no morresse de forma sacrificial (Mt 2.16; Lc 4.29,30; Jo 8.59).

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    31/113

    No conseguindo o seu intento, o Inimigo influenciou a Pedro, que tentou induzir oSenhor a no morrer na cruz (Mt 16.21,22). Porm, Ele respondeu-lhe: "Para trs demim, Satans, que me serves de escndalo; porque no compreendes as coisas que sode Deus, mas s as que so dos homens" (Mt 16.23).

    Insatisfeito, o Inimigo induziu as pessoas ao redor da cruz a insistirem para o Senhordescer dela (Mt 27.40-44). Mas Ele veio para morrer por nossos pecados, e isso jestava determinado: "... Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras" (1 Co15.3). Jesus o "... Cordeiro que foi morto desde a fundao do mundo" (Ap 13.8).

    Ele no morreu na cruz porque quiseram crucific-lo, muito menos porque o Diabo quismat-lo. O Senhor veio paia morrer em nosso lugar: "Por isso, o Pai me ama, porquedou a minha vida para tornar a tom-la. Ningum ma tira de mim, mas eu de mimmesmo a dou; tenho poder para tornar a tom-la. Este mandamento recebi de meu Pai"(Jo 10.17,18).

    claro que o triunfo de Cristo na cruz no seria completo se Ele no tivesseressuscitado (1 Co 15.17-20). A nossa redeno tornou-se possvel mediante trs

    bnos: a encarnao, a crucificao e a ressurreio de Cristo. Contudo, a morteexpiatria do Salvador a grande nfase da Palavra de Deus (Is 53; Fp 2.5-8; 1 Co1.23).

    Warren W. Wiersbe escreveu: "A obra de Cristo na cruz era uma obra eterna, planejadadesde antes da fundao do mundo, e o tempo no pde afet-la. Ele morreu por todosos pecados de todas as pessoas de todo o mundo. Ao abrir seus braos na cruz, alcanou

    Ado e os demais seres humanos, at o final da histria da humanidade. Ele carregou ofardo de nossos pecados de uma vez por todas" (A Orao Intercessria de Jesus,CPAD, p. 77).

    Por que o apstolo Paulo pregava Cristo crucificado? "Porque a palavra da cruz loucura para os que perecem; mas para ns, que somos salvos, o poder de Deus" (1 Co1.18). A morte na cruz e o sangue de Cristo representam vitria sobre o pecado (1 Pe1.18,19; Ap 5.8-10). E foi pelo seu sacrifcio que triunfou sobre o Diabo.

    TRIUNFALISTAS VERSUS MEL GIBSON

    As heresias do "hino" em apreo no param por a. Quando os demnios festejavam,ouviram passos fortes que faziam a terra tremer e foram conferir. Abriram a porta, eJesus invadiu a festa deles, obrigando-os a se prostrar. Esmagando-os, tomou as chavesdo Diabo. E agora vem o pior: ali mesmo, no inferno, o Salvador nos resgatou!

    Infelizmente, a inspirao para essa composio deve ter sofrido a influncia dospregadores triunfalistas. Segundo eles, Jesus teria provado a morte espiritual, alm dafsica, ficando separado de Deus e merc de Satansteoria, no mnimo, ultrajante.

    Assim escreveu Kenneth Hagin: "O nosso pecado nos separa de Deus. A morteespiritual significa a separao de Deus (...) A morte espiritual significa ter a natureza

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    32/113

    de Satans (...) A natureza do diabo dio e mentiras. Jesus provou a morte morteespiritualpor todos os homens" (O Nome de Jesus, Graa Editorial, pp. 26,27).

    O famoso pregador Frederick Price, discpulo de Hagin, disse: "Voc pensa que ocastigo pelo nosso pecado foi morrer sobre a cruz? Se assim fosse, os dois ladres

    poderiam ter pago o preo. No, a punio foi descer ao prprio inferno e l cumprir apena, separado de Deus" (citado no livro Cristianismo em Crise, CPAD, p. 175). Estepregador cometeu um grande engano!

    Segundo a Bblia Sagrada, "... ele [Cristo] participou das mesmas coisas, para que pelamorte aniquilasse o que tinha o imprio da morte, isto , o diabo; e livrasse todos osque, com medo da morte, estavam por toda a vida sujeitos servido" (Hb 2.14,15).Observe: Jesus aniquilou o Diabo pela morte!

    At mesmo o ator e diretor Mel Gibsoncatlico convicto, em seu filme de grande

    sucesso, A Paixo de Cristo, apresentou a crucificao do Salvador como uma vitria (1Co 1.23). No filme, o Diabo faz de tudo para impedir que o Senhor morra pelahumanidade, mas Ele consuma a sua vitoriosa obra expiatria (Mt 16.22,23).

    Ignorando-se alguns erros e exageroscomuns nos filmes bblicos, a obra de MelGibson apresenta uma mensagem cristocntrica, em que o Senhor Jesus triunfa na cruz!Enquanto isso, os pregadores do evangelho antropocntrico continuam dizendo que osdemnios comemoraram a crucificao de Jesus.

    O SANGUE DE JESUS TEM PODER!

    Para esses "mestres", a vitria de Cristo foi no inferno, e no na cruz! Dizem que oSenhor, depois de ter sido derrotado pelo Diabo na cruz que blasfmia! , aindateve de submeter-se a uma sesso de torturas demonacas. Isso no se coaduna com as

    palavras de Jesus em Joo 14.30: "... se aproxima o prncipe deste mundo, e nada temem mim".

    Ainda segundo os triunfalistas, quando Satans pensava que tinha vencido a Jesus porcompleto, Ele pronunciou uma palavra de f e foi, finalmente, ressuscitado pelo EspritoSanto, alcanando a nossa redeno. Onde? No inferno!

    Talvez tudo isso soe para voc como uma triunfante "virada", como acontece em umaluta de boxe em que um lutador apanha, apanha e, no final, quase vencido, acerta umnico golpe no queixo do adversrio, levando-o lona. Mas no foi isso que aconteceu.Cristo venceu na cruz, e no no inferno!

    Kenneth Hagindemonstrando total desprezo Bblia Sagradaescreveu: "Muitospensam que quando Jesus bradou na cruz Est consumado estava referindo-se sobre anossa salvao. No! No! No! Nossa salvao no se consumou quando Jesusmorreu" (Zoe: A Prpria Vida de Deus, Graa Editorial, p. 58).

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    33/113

    Se a nossa salvao no se consumou na cruz, ento no h motivo para glorificar aJesus pela sua triunfal morte vicria! I 'ara esses "mestres", o sangue de Cristo no temvalor algum. No entanto, para ns, que cremos na vitria do Cordeiro imaculado eincontaminado (I Pe 1.18,19), o sangue de Jesus tem poder! Leia 1 Joo 1.7 eApocalipse 7.14; 22.14.

    Um dia, nos juntaremos aos anjos para glorificar o Cordeiro de Deus: "Digno s detomar o livro e de abrir os seus selos, porque foste morto e com o teu sangue compraste

    para Deus homens de toda a tribo, e lngua, e povo e nao" (Ap 5.9).

    POR QUE JESUS FOI AO INFERNO?

    H trs palavras gregas para inferno no Novo Testamento: geenna, tartaro e hades. Eelas tm sido usadas erroneamente uma pela outra por alguns pregadores. Essesvocbulos apontam para a existncia de trs lugares distintos: o Geena, o Trtaro e o

    Hades.

    O Geena o inferno propriamente dito, onde as pessoas mpias estaro, no estado pleno esprito, a Ima e corpo aps o Juzo Final (Mt 10.28). Satans tambm serlanado l (Ap 20.10). J o Trtaro o lugar onde est presa uma parte dos anjos maus,que no guardaram o seu principado (2 Pe 2.4; Jd v. 6).

    Jesus no foi ao Geena, mas ao Hades e ao Trtaro! E Ele no foi para l a fim deenfrentar o Inimigo, pois este nunca esteve nessas regies. O Senhor foi anunciar atodos a sua gloriosa vitria alcanada na cruz (1 Pe 3.18,19).

    Justos, como Abrao, Moiss e Davi, estavam no inferno? No! Estavam no Hades,definido assim por W. E. Vine: "... regio dos espritos (...) (mas incluindo os santosmortos em perodos precedentes ascenso de Cristo) (..;) E lamentvel quandotraduzido por 'inferno' (...) No Novo Testamento, sempre deveria ser traduzido porhades" (Dicionrio Vine, CPAD, p. 689).

    Havia um abismo que separava justos e mpios, um compartimento do Hades isolando oParaso (Lc 16.22-26; 23.43). Ao deixar aquele lugar, Jesus transportou para o terceirocu os espritos dos justos mortos antes da obra redentora (Ef 4.8-10; 2 Co 12.1-4), os

    quais foram alcanados pelo sangue do Cordeiro (Rm 3.25).

    O inferno Geena ainda no foi inaugurado e est reservado ao castigo eterno.Biblicamente, o Anticristo e o Falso Profeta inauguraro o inferno no fim da GrandeTribulao (Ap 19.20). Quando algum morre sem Jesus, no vai direto para o Geena, esim para o Hades, onde permanece aguardando, em tormentos, o Juzo Final (Lc 16.24;Ap 20.13-15).

    Isso mesmo: o Hades sheol, em hebraico uma espcie de ante-sala do inferno,onde as almas perdidas aguardam o julgamento. Nos tempos antigos, era um nico

    lugar, separado por um abismo (Lc 16.23-26), e recebia almas de justos e injustos (SI

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    34/113

    16.10). Quando o Senhor morreu, levou os justos ao Paraso, no terceiro cu (2 Co 12.1-4).

    Esses espritos que estavam no Hades no precisaram receber Jesus como Salvador?No! Jesus no foi para l a fim de pregar e fazer apelo! Ele foi proclamar a sua vitria

    e tirar de l os justos que j haviam morrido salvos. Deus d aos homens a oportunidadede salvao enquanto esto na Terra (Lc 16.23-25). Depois, segue-se o juzo (Hb 9.27).

    Mas, como esses justos foram salvos, se no receberam Jesus como Salvador? Elesforam salvos pela graa de Deus, pois andaram segundo a vontade do Senhor, sendoalcanados pelo sangue de Jesus, que tem efeito retroativo:

    "Sendo justificados gratuitamente pela sua graa, pela redeno que h em Cristo Jesus,ao qual Deus props para propiciao pela f no seu sangue, para demonstrar a sua

    justia pela remisso dos pecados dantes cometidos, sob a pacincia de Deus" (Rm

    3.24,25).

    NO TERRENO DO INIMIGO

    Lembra-se daquele corinho antigo que dizia "Fogo no Diabo da cabea aos ps"? Queedificao uma letra desse tipo pode nos trazer? Os hinos e corinhos devem exaltar onome do Senhor, e no desafiar o Adversrio. Porm, hoje, a situao bem pior: os"hinos" de maior sucesso so aqueles que falam de invaso ao territrio do prncipe dastrevas!

    Os pregadores e cantores triunfalistas da atualidade enfatizam a conquista e aprosperidade, mas esquecem-se da cruz (1 Co 1.18), da santificao (Hb 12.14), daobedincia (Hb 5.8,9), da provao (1 Pe 2.20,21), da pacincia (Hb 10.36). No

    bastasse isso, vivem instigando o povo a entrar no terreno do Inimigo e tomar de voltatudo o que ele roubou!

    Essas letras de "hinos" desprovidas de fundamento bblico s servem para confundir aspessoas. Promovem um evangelho anticristocntrico, haja vista no darem Pessoa deCristo a merecida nfase, ao mesmo tempo que mencionam o Diabo o tempo todo.

    Esse negcio de querer entrar no territrio do Inimigo est se tornando to exagerado,que j se realizou um mapeamento das principais ruas da cidade de So Paulo,apontando-se onde cada demnio age! Especialistas em demnios dizem tambm que oestado paulista s abenoado economicamente porque leva o nome do apstolo! Nessecaso, voc no acha que o Esprito Santo deveria ser o estado mais rico do Brasil?

    A Bblia diz que temos armas apropriadas para vencer o diabo (2 Co 10.4,5), mas nodevemos dar lugar a ele (Ef 4.27). No necessrio desafi-lo ou cham-lo para a briga!

    Nossa postura deve ser de contra-ataque, e no de provocao (1 Pe 5.8,9). Davi noprovocou o gigante Golias! Ele reagiu s suas afrontas(l Sm 17.36,45).

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    35/113

    No precisamos exigir nada do Diabo nem desafi-lo. A orientao bblica acerca dele a seguinte: "Sujeitai-vos, pois a Deus, resisti ao diabo, e ele fugir de vs. Chegai-vos aDeus, ele se chegar a vs..." (Tg 4.7,8) Nem o arcanjo Miguel ousou pronunciar

    palavras contra Satans, mas disse apenas: "O Senhor te repreenda" (Jd v. 9).

    Os compositores da atualidade preocupam-se tanto em provocar o Inimigo... Apesardisso, o Senhor continua a procurar os verdadeiros adoradores, cujo desejo adorar aDeus cm esprito e em verdade (Jo 4.23,24).

    FOGO!

    O que dizer de uma cano "evanglica" cuja letra mais ou menos assim: "Incendeia,Senhor, a sua noiva.../ Ele vem, ele vem saltando pelos montes.../ Seus cabelos, seuscabelos so brancos como a neve"?

    No podemos nos valer da aplicao do poder de Deus como fogo para dizer que Eleincendeia a sua noiva, isto , a Igreja! A Bblia emprega a linguagem figurada, pormtudo tem limite. Que Deus esse, que, alm de incendiar a Igreja, vem saltando pelosmontes?

    Essa cano, to cantada por evanglicos, possui um ritmo arrastado e uma batidarepetitiva, o que produz um "clima" de descontrao, e no de adorao! Precisamosdecidir: O que vamos fazer no templo, adorar a Deus ou buscar entretenimento? Quemquiser diverso, deve procur-la em outros lugares, pois o templo lugar de orao,louvor e ensino (At 2.42-47; 5.21).

    Uma outra conhecida composio menciona um calor de centenas de graus celsius napresena de Deus! Tudo bem, tudo bem... No quero ser visto como uma "metralhadoragiratria". No entanto, voc acredita mesmo que esse tipo de letra exalte o nome doSenhor?Ora, o calor que precisamos sentir aquele que os dois discpulos de Jesus a caminho daaldeia de Emas experimentaram: "... no ardia em ns o nosso corao quando, pelocaminho, nos falava e quando nos abria as Escrituras?" (Lc 24.32)

    O fogo que precisamos o propiciado pela exposio da Palavra, que ilumina o nosso

    entendimento e aquece os nossos coraes!

    OS ANJOS ESTO SOLTA!

    Anjos que sobem; anjos que descem; anjos com espadas flamejantes; anjos queaparecem em fotos; anjos que ensinam jovens a danar. Quanta invencionice! E oscompositores no param de escrever "hinos" sobre anjos. Por qu? Simples: o povogosta!

    Se o povo gosta, ento devemos satisfazer a sua vontade, certo? Errado! O nosso culto a Deus (Rm 12.1), e no aos anjos ou aos homens! Por isso, o apstolo Paulo alertou:

    "Ningum vos domine a seu bel-prazer com pretexto de humildade e culto aos anjos,

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    36/113

    metendo-se em coisas que no viu; estando debalde inchado na sua carnalcompreenso" (Cl 2.18).

    A nfase aos anjos to grande, hoje em dia, que at pare-i c que eles cumprem asnossas ordens. Na verdade, at nos ajudam, mas Deus quem os envia (Hb 1.14; Dn

    6.22). Devemos orar ao Senhor, em nome de Jesus (Jo 14.13; 15.16). E o nosso louvortambm para Ele, fazendo coro com os anjos, que o adoram (Is 6.1-8; Ap 4.8-11).

    RENOVA OS NOSSOS DIAS COMO DANTES!

    Partindo-se da premissa de que os hinos devem, antes de tudo, prestar louvor aoCordeiro de Deus, deve haver neles a nfase expressa ao Senhor Jesus Cristo.Entretanto, no isso que ocorre em nossos dias.

    Os males do secularismonome mais suave para mundanismo atingem os crentes

    de tal modo que cantores evanglicos no se incomodam mais em gravar msicasromnticas para os crentes, que compram os CDs e ainda cantam as canes nas igrejas!

    Por que no voltamos a cantar hinos como os de antigamente? Os de hoje, em suamaioria, sequer podem ser chamados de hinos! So composies que visam animar oauditrio ou melhorar a auto-estima das pessoas. Balanam o corpo, mas no o corao!

    Ouamos o conselho de Deus: "Assim diz o Senhor: Ponde-vos nos caminhos, e vede, eperguntai pelas veredas antigas, qual o bom caminho, e andai por ele; e achareisdescanso para a vossa alma..." (Jr 6.16) Avivamento verdadeiro um retorno: "...renova os nossos dias como dantes" (Lm 5.21).

    Muitos acreditam que avivamento seja sinnimo de inovao. Da surgirem as danas ecoreografias, as representaes teatrais, as palestras de motivao em lugar da pregaocristocntrica, os estilos romnticos e eletrizantes, as roupas extravagantes, a linguagemchula, etc.

    No questiono se essas coisas so ou no lcitas, pois depende muito da preferncia decada um. E at o Senhor respeita as decises do ser humano. Contudo, uma coisa certa: Deus no precisa desses elementos no culto! No podemos confundir o quegostamos com o que agrada a Deus! Os ministros que no priorizam a vontade de Deus

    preferem agradar o povo.

    Obreiros do Senhor, no podemos confundir o santo com o profano! Onde est a linhadivisria entre o mundo e a Igreja? O nosso objetivo pregar a Palavra de Deus ou criaratrativos para manter as pessoas nos templos?

    ONDE ESTO OS HINOS CRISTOCNTRICOS?

    Nos dias do rei Ezequias, houve um grande avivamento. Sabe o que aconteceu? Umretorno aos padres adotados por Davi! Ningum pensou em empregar novas formas de

    louvor: "Estavam, pois, os levitas em p com os instrumentos de Davi, e os sacerdotes,

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    37/113

    com as trombetas" (2 Cr 29.26). Observe: eles no usaram novos instrumentos, mas osinstrumentos de Davi!

    "Ento, o rei Ezequias e os maiorais disseram aos levitas que louvassem ao Senhor comas palavras de Davi e de Asafe, o vidente. E louvaram com alegria, e se inclinaram, e

    adoraram" (2 Cr 29.30). Alm dos instrumentos, os levitas empregaram as palavras deDavi e de Asafe!

    Onde esto os hinos cristocntricos? Procure nos hinrios antigos! Nas pginas daHarpa Crist, por exemplo, encontramos os hinos Plena Paz, que glorifica o Prncipe daPaz; Cristo Cura, Sim!, que enfatiza o poder de Jesus para curar os enfermos;Conversoo famoso hino 15, que apresenta o poder da cruz de Cristo!

    Devemos rejeitar todos os hinos da atualidade? Claro que no! Mas tente encontrarhinos que falem da cruz, da ressurreio, da vinda de Cristo, que glorifiquem a Deus, e

    voc descobrir por que proponho um retorno s veredas antigas.

    Falando em Harpa Crist, em nome da contextualizao ela tem sido rejeitada, emboraenfatize a vitria da cruz! Voc ama a mensagem da cruz? Ento pare de utilizar "hinos"que desafiam o Diabo e cante:

    "Sim, eu amo a mensagem da cruz/

    "T morrer eu a vou proclamar/

    "Levarei eu tambm minha cruz/

    "T por uma coroa trocar" (hino 291).

    Voc conhece o hino 182? E o 350? E impossvel cant-los sem chorar. No hdescrio mais vvida da obra redentora, depois da Bblia Sagrada! E o que dizer dohino 484?

    "Meus pecados levou na cruz onde morreu/

    "O sublime e meigo Jesus: os desprezos sofreu/

    "A minh'alma salvou/

    "E mudou minhas trevas em luz".

    Se voc tiver uma Harpa Crist e souber cantar os seus hinos, abra-a e cante o 465 emmeditao. O Esprito Santo quer que voc reconhea a grandeza do sacrifcio de Cristo.Medite no que diz o estribilho dessa linda composio:

    "Eu sei que eu era culpado/

    "Mas Ele sofreu j por mim/

    "Eu sei que Ele era inocente/

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    38/113

    "Padecendo tudo assim".

    No podemos abrir mo principalmente os crentes da Assemblia de Deus, emboraoutras denominaes utilizem esse hinrio de centenas de hinos maravilhosos,compostos por homens valorosos, como Gunnar Vingren, Emlio Conde, O. S. Boyer e

    tantos outros.

    Os compositores desse precioso hinrio desgastaram-se pela obra de Deus no Brasil,fazendo jus letra de Frida Vingren, no hino 126: "Os mais belos hinos e poesias foramescritos em tribulao".

    HORA DE DESPERTARMOS!

    Algum pode pensar que sou um obreiro desatualizado, extremista, que no aceitainovaes. Estou ciente de que corro o risco de pensarem isso de mim. Embora jovem,

    respeito profundamente os homens de Deus do passado. E considero as verdadesbblicas que eles semearam inegociveis (SI 119.11; Dt 17.19).

    Infelizmente, por influncia do secularismo e dos interesses comerciais, os estilosmusicais eletrizantes e romnticos tm invadido os nossos cultos, transformando-os emshows, onde os cantores exibem-se para um pblico que responde como fs, com gritos,assobios e aplausos! Isso nunca foi nem ser culto!

    Algum argumentar: "Estamos no terceiro milnio! Precisamos de novidades. Chegade cantar hinos de hinrios ultrapassados! Essa liturgia montona coisa do passado".Bem, talvez a maioria pense assim mesmo. E eu respeito opinio de todos.

    Entretanto, onde est o verdadeiro poder de Deus? Dana, coreografia, diverso,pregaes motivacionais. Isso avivamento? Onde est o genuno avivamento, que geraquebrantamento, e no entretenimento? Avivamento envolve humilhao, orao econverso (2 Cr 7.14).

    O Senhor conta com adoradores verdadeiros (Jo 4.23,24), que o glorifiquem cantando salmos, hinos e cnticos espirituais e com pregadores que falem a sdoutrina, para que haja a manifestao dos dons do Esprito Santo (1 Co 14.26).

    Deus no precisa de sofisticao! Ele opera na simplicidade (2 Co 11.3) e onde harrependimento e converso (Jl 2.12-17,28,29). A verdadeira adorao gera prostrao equebrantamento, e no diverso e entretenimento (SI 95.6; Ap 5.8-14).

    Como disse Paulo, "... j hora de despertarmos do sono; porque a nossa salvao est,agora, mais perto de ns do que quando aceitamos a f" (Rm 13.11). E ainda: "Desperta,tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecer' (E5.14).

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    39/113

    Captulo 4

    ERRAIS NAO CONHECENDO AS ESCRITURAS

    O meu povo foi destrudo, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste oconhecimento, tambm eu te rejeitarei, para que no sejas sacerdote diante de mim;visto que te esqueceste da lei do teu Deus, tambm eu me esquecerei de teus filhos.

    Osias 4.6

    Jesus, porm, respondendo, disse-lhes: Errais, no conhecendo as Escrituras, nem opoder de Deus.

    Mateus 22.29

    Um biblifilo, nos momentos finais de sua vida, surpreendeu a todos com umainsistente petio:

    Tragam-me o livro!

    Este amante dos livros, principalmente os raros e preciosos, possua uma grandebiblioteca, deixando os seus filhos confusos ao redor do leito.

    Qual livro, papai?

    Trouxeram-lhe vrias obras de escritores famosos, como Ernest Hemingway, LevTolstoi e William Shakespeare, mas ele respondia, teimosamente:

    No este! Tragam-me o livro!

    Aps diversas tentativas frustradas, seus filhos lhe disseram que no podiam cumprir oseu ltimo desejo. Ele, ento, esforando-se ao extremo, esbravejou:

    Ora, vocs conhecem outro livro alm da Bblia Sagrada?Os judeus religiosos da poca de Jesus estudavam diligentemente as Escrituras (Jo5.39). Apesar disso, o Senhor os repreendeu duramente: "Errais, no conhecendo asEscrituras..." (Mt 22.29), mostrando-lhes que examinar a Lei e os Profetas no era I o

    bastante para conhecer os propsitos de Deus.

    Muitos pregadores de hoje estudam a Bblia, a ponto de citar passagens inteiras dememria. claro que isso muito bom. Mas no tudo. Deus quer que interpretemoscorretamente as suas verdades, sabendo correlacion-las.

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    40/113

    E, para fazer isso, precisamos, antes de tudo, saber o que a Bblia representa para ns.Muitos tm-na apenas como mais um livro. Outros a consideram um livro que contm

    palavras de Deus. O que so as Escrituras para voc?

    A Bblia Sagrada o Livro! Se os pregadores, que dizem ter a chamada para pregar a

    Palavra de Deus, no a conhecem com quem Deus contar? O Senhor conferiu essaresponsabilidade sua Igreja (Mt 13.11) e a capacitou pra isso (1 Jo 2.20-27; Mt ]11.25; 1 Co 2.9,10).

    No basta manejar a Palavra. preciso manej-la bem (2Tm 2.15). No basta ser umpregador; necessrio ser um bom I pregador (Fp 3.2), aprovado em Cristo (Rm 16.10).

    A BBLIA EST ACIMA DE TUDO

    O Senhor revela-se humanidade pela sua criao, sem linguagem e sem fala (SI 19.1-

    3), como Paulo disse: "... as suas coisas invisveis, desde a criao do mundo, tanto oseu eterno poder como a sua divindade, se entendem e claramente se vem pelas coisasque esto criadas..." (Rm 1.20) E Ele se revela aos homens tambm pelas suasconscincias, "... quer acusando-os, quer defendendo-os" (Rm 2.14,15).

    No entanto, a revelao mais clara e compreensvel do Senhor so as Escrituras.Desejoso de salvar a todos (1Tm 2.4), Ele apela para os sentidos humanos, a fim derevelar a sua vontade. por meio da Palavra que o homem entende, racionalmente, o

    plano salvfico (At 8.27-40).

    Em que sentido as Escrituras podem ser consideradas a Palavra de Deus? Segundo oapstolo Paulo,"... tudo que dantes foi escrito para nosso ensino foi escrito, para que,

    pela pacincia e consolao das Escrituras tenhamos esperana" (Rm 15.4). E ainda:"Toda Escritura inspirada por Deus e til para o ensino, para a repreenso, para acorreo, para a educao na justia" (2Tm 3.16, ARA).

    Muitos pregadores erram por pensar que as suas revelaes e de outros homens de festo no mesmo nvel do Livro dos livros. Que engano! No prefcio de seu livro O

    Nome de Jesus j citado nesta obra, Kenneth Hagin afirmou que o conhecimentoque E. W. Kenyon recebeu por revelao a Palavra de Deus!

    Mas a Palavra de Deus superior a qualquer revelao! Ela no pode ser equiparada anada nem contestada por homens falveis. O prprio Deus lhe conferiu essa primazia:.

    Magnificaste acima de tudo o teu nome e a tua palavra (SI 138.2, ARA).

    No h contradies nas pginas sagradas, apesar de os autores terem vivido em pocase lugares diferentes. Deus fez com que um pescador, um pastor de ovelhas, um mdico eum grande erudito, por exemplo, escrevessem textos harmnicos e simetricamentecoerentes. O Senhor inspirou os seus servos (2 Pe 1.21), que registraram diversosensinamentos e exemplos de vida, com o propsito de revelar a sua vontade

    humanidade.

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    41/113

    VOC E A BBLIA

    Como Palavra de Deus, a Bblia tem a sua eficcia comprovada (Hb 4.12), masprecisamos observar alguns deveres para com ela. O primeiro o de am-la (SI 119.97).Segundo George Mller, fervoroso pregador do sculo XIX, o vigor da nossa vida

    espiritual est na proporo exata do lugar que a Bblia ocupa em nossa vida e emnossos pensamentos.

    Mller leu as Escrituras de capa a capa mais de cem vezes, cada vez com mais prazer, econsiderava perdido o dia quando no gastava um tempo proveitoso curvado sobre elas.

    Outro dever o de ler a Bblia diariamente (Is 34.16; 1 Tm 4.13). H cristos que lemtodo tipo de literatura, exceto a Palavra de Deus. E conhecida a histria de uma irmque perdera seus culos havia muitos anos. Ao receber a visita de um pastor, correu

    para apanhar a sua Bblia, bastante empoeirada e, seus culos, estavam dentro dela!

    Devemos ouvir a exposio da Palavra (Jo 8.47). Quem a ouve, obtm f (Rm 10.17),alm de ver aumentar, a cada dia, sua capacidade de entender as verdades espirituais (SI119.130). E o Esprito Santo no nos lembra apenas do que lemos, mas tambm do queouvimos (Jo 14.26).

    De acordo com a bem-aventurana trplice de Apocalipse 1.3, devemos ler ouvir eguardar a Palavra. Onde guard-la? O salmista responde: "Escondi a tua palavra no meucorao, para eu no pecar contra ti" (SI 119.11). E essa resposta est de acordo com aordem que o Senhor deu a Moiss (Dt 6.6).

    O dever mais importante o de praticar a Palavra, como est escrito em Tiago 1.22-24:"E sede cumpridores da palavra, e no somente ouvintes, enganando - vos com falsosdiscursos. Porque, se algum ouvinte da palavra, e no cumpridor, semelhante aovaro que contempla ao espelho o seu rosto natural. Porque se contempla a si mesmo, efoi-se, e logo se esqueceu de como era".

    "O MEU POVO FOI DESTRUDO..."

    H algum tempo, ouvi uma histria que seria cmica, se no fosse trgica. Uma pessoa,ao chegar a um estabelecimento comercial, sentiu um forte cheiro de gs. O que ela fez?Por falta de conhecimento, resolveu ligar o ventilador, causando uma grande exploso!

    Certo pastor, ao visitar uma irm, surpreendeu-se com o que viu sobre a mesa: umaBblia, uma gilete e alguns textos bblicos recortados ao lado.

    Por que a irm recortou essas partes da Bblia?perguntou.

    A resposta da irm foi, no mnimo, estarrecedora:Ouvi um famoso pregador dizendoque esses textos no 10 aplicam aos cristos de hoje. Assim, j que no servem paramim, estou destacando-os da minha Bblia.

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    42/113

    Realmente, a falta de conhecimento leva derrota (Rm 1.28). A destruio veio para opovo de Deus, nos dias do profeta Osias (4.6), e Ele no a impediu! Por qu? Porque oSenhor nunca ser conivente com o pecado! Ou conhecemos e praticamos as suasverdades, ou fracassaremos espiritualmente.

    MUITOS "TORCEM" AS ESCRITURAS

    H trs maneiras de torcer a Palavra de Deus: omitindo parte dela, acrescentado algo sua mensagem ou "forando" uma interpretao. O verbo "torcer" aplica-se falsificao da palavra (2 Co 4.1,2), como alertou o apstolo Pedro: "... h pontosdifceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outrasEscrituras, para sua prpria perdio" (2 Pe 3.16).

    Omitir parte do Livro Santo uma perigosa falcia de interpretao (Ap 22.19). Se todaa Bblia inspirada pelo Esprito Santo (2Tm 3.16,17), por que no aceitar a sua

    mensagem integralmente?

    Acrescentar idias s verdades sagradas outro grande erro (Ap 22.18). Um exemplodisso a Traduo do Novo Mundo das escrituras Sagradas, usada pelas testemunhas deJeov. Apesar do a palavra "traduo" aparecei' na capa, esse livro, na verdade, no fiel aos textos originais, contendo acrscimos absurdos.

    A terceira maneira de torcer a mensagem das Escrituras "forar" um texto a dizer algo.Esse mtodo foi usado pelo diabo, quando da tentao no deserto (Ml 4.1 -11). Observeque ele no citou mal a Bblia, mas aplicou-a fora de contexto (v. 7). A falta de

    conhecimento das Escrituras e, principalmente do Deus das Escrituras, tem levadomuitos pregadores a tropearem em suas palavras.

    ERRAIS PREGADORES DA PROSPERIDADE!

    Muitos pregadores do nosso tempo fazem da prosperidade o tema central das Escrituras.Associando pobreza e enfermidade maldio, enfatizam que o crente deve ser rico eter sempre uma sade perfeita.

    luz da Bblia Sagrada, ser cristo no significa ter uma vida abastada, longe dosproblemas e das enfermidades. A aflio benfica e testa a sinceridade do crente (Mt13.20,21; 2Tm 3.12), aperfeioando-o (At 14.22; 1 Pe 5.10), produzindo nele

    perseverana (Rm 5.1-5) e aproximando-o de Deus (2 Co 1.3-8).

    Jesus mesmo enfatizou que os autnticos cristos esto sujeitos s aflies (Jo 16.33).Paulo confessou ter sido afligido diversas vezes (2 Co 11.23-28; 2Tm 2.9), esclarecendoque o sofrimento prova a pacincia do crente (Rm 8.18; 2Ts 1.4-7). E Pedro, que andoucom o Mestre, convida-nos a participar das aflies de Cristo (1 Pe 2.20,21; 4.12-19).

    A situao espiritual de uma pessoa mais importante do que a sua condio financeira.A Bblia menciona pessoas prsperas que mantiveram a sua fidelidade ao Senhor (Gn

  • 7/30/2019 Erros Que Os Pregadores Devem Evitar

    43/113

    13.1-6; I J 1.1-3), e aquelas que mesmo na pobreza, permaneceram fiis ao Senhor (2Co 6.10; J 1.8-22). Uma delas o prprio 1 Senhor Jesus (2 Co 8.9; Lc 2.7; Mt 8.20).

    Essa afirmao de que pobreza e maldio esto associadas constitui-se numainterpretao equivocada da Bblia. Embora 1 seja difcil conviver com a pobreza, ela

    no ofende a Deus. Quanto riqueza, se o corao de uma pessoa estiver nela, grandeser o seu prejuzo (Mt 19.23,24; 1Tm 6.10; Ap 3.17,18).

    Em Eclesiastes 7.14, est escrito: "No dia da prosperidade goza do bem, mas no dia daadversidade considera; porque tambm Deus fez a este em oposio quele, para que ohomem nada ache que tenha de vir depois d