"Espelho, espelho meu"

of 1 /1
SALVADOR, SÁBADO, 20 DE ABRIL DE 2013 4 e 5 Espelho, espelho MEU Dá para zoar alguém só por achar que ele é feio? Afinal, o que é a beleza? Reprodução Pérola Santos, 9: “Ninguém precisa ser a Barbie” Quase todo mundo está conectado à internet. Por meio dela, fica mais fácil postar fotos de um momento legal ou conversar com os amigos e familiares distantes. Mas e se você descobrisse que compartilharam sua foto para chamar você de feio? Foi o que aconteceu com a pernambucana Julia Gabriele, 11. Várias pessoas fizeram piadas e riram de Julia só porque acharam a sobrancelha dela diferente. Triste com isso, ela postou como se sentia em seu perfil. “Todas as pessoas estão rindo de mim. Pessoas da minha cidade; pessoas que eu conheço aqui na internet. Estou chorando o dia inteiro por causa de vocês”. Mas, afinal, o que seria uma sobrancelha bonita? E quem define o que é feio? A professora de estética da comunicação da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Renata Pitombo, disse que não existe uma receita para explicar o que é belo. Tudo depende do gosto de cada pessoa. “Beleza é o que faz alguém bem. Mas o que agrada a uma pessoa, às vezes, não agrada a outra”. Cada um com sua beleza Magro, gordo, alto ou baixo. É você quem escolhe o que é agradável em uma pessoa. Mas, não se engane, a professora Renata Pitombo disse que o seu gosto, assim como o de todos que você conhece, é construído na sociedade. “A noção de beleza pode mudar com o tempo e com o lugar que você nasce”. Na Antiguidade, as mulheres gordas eram consideradas as mais bonitas. Era uma época de fome, guerras e pragas. Quem tinha o corpo mais cheinho era considerado saudável. Hoje, as atrizes e modelos magras estampam as capas das revistas. Frida Kahlo A história de Julia fez Beatriz Carvalho, 10, lembrar as aulas de arte sobre Frida Kahlo. “Ela tinha uma sobrancelha igual à de Julia e era uma artista maravilhosa”. Frida foi uma importante pintora mexicana. Dona de uma beleza diferente e única. Quando tinha 18 anos, sofreu um grave acidente. Toda a dor que sentiu foi transformada em belas pinturas que emocionam a todos até hoje. [ leia ] PAULA MORAIS Para Kamila Salloum e Beatriz Carvalho, 9, estar bem é melhor do que ser belo Mila Cordeiro/ Ag. A TARDE Fotos Agnes Cajaíba / Divulgação Pérola Santos, 9, tem uma prima que queria ser igual às artistas de televisão. Um dia, ela usou tanta maquiagem que a pele ficou irritada e precisou ir ao hospital. “Tem gente que passa do limite da vaidade. Não precisa imitar a Barbie. Seja você”. Kamila Salloum, 9, prefere o conforto. “Não vou vestir roupas apertadas para parecer magra. Isso vai me impedir de correr e brincar”. A pesquisadora em psicologia infantil da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Juliana Prates disse que a vaidade só é ruim quando se torna mais importante do que a diversão e os estudos. “Passar horas na frente do espelho e se atrasar para a aula é algo negativo”. Vaidade com limite Frida Autor: Jonah Winter Ilustradora: Ana Juan Tradução: André Jenkino do Carmo Editora: Cosac Naify 30 páginas Preço: R$ 39

Embed Size (px)

description

Publicação no suplemento infantil A Tardinha - Jornal A Tarde

Transcript of "Espelho, espelho meu"

  • SALVADOR, SBADO,20 DE ABRIL DE 20134e5

    Espelho,espelhoMEUD para zoar algum s por achar queele feio? Afinal, o que a beleza?

    Reproduo

    ProlaSantos, 9:Ningumprecisa ser aBarbie

    Quase todo mundo estconectado internet. Pormeio dela, fica mais fcilpostar fotos de ummomento legal ouconversar com os amigos efamiliares distantes. Mas ese voc descobrisse quecompartilharam sua fotopara chamar voc de feio?Foi o que aconteceu com apernambucana JuliaGabriele, 11.

    Vrias pessoas fizerampiadas e riram de Julia sporque acharam asobrancelha dela diferente.

    Triste com isso, ela postoucomo se sentia em seuperfil. Todas as pessoasesto rindo de mim.Pessoas da minha cidade;pessoas que eu conheoaqui na internet. Estouchorando o dia inteiro porcausa de vocs.Mas, afinal, o que seria

    uma sobrancelha bonita? Equem define o que feio?A professora de esttica dacomunicao daUniversidade Federal doRecncavo da Bahia(UFRB), Renata Pitombo,disse que no existe umareceita para explicar o que belo. Tudo depende dogosto de cada pessoa.Beleza o que fazalgum bem. Mas o queagrada a uma pessoa, svezes, no agrada a outra.

    Cada um comsua belezaMagro, gordo, alto ou baixo. voc quem escolhe oque agradvel em uma pessoa. Mas, no seengane, a professora Renata Pitombo disse que o seugosto, assim como o de todos que voc conhece, construdo na sociedade. A noo de beleza podemudar com o tempo e com o lugar que voc nasce.Na Antiguidade, as mulheres gordas eram

    consideradas as mais bonitas. Era uma poca defome, guerras e pragas. Quem tinha o corpo maischeinho era considerado saudvel. Hoje, as atrizes emodelos magras estampam as capas das revistas.

    Frida KahloA histria de Julia fezBeatriz Carvalho, 10,lembrar as aulas dearte sobre Frida Kahlo.Ela tinha umasobrancelha igual deJulia e era uma artistamaravilhosa. Frida foiuma importante pintoramexicana. Dona deuma beleza diferente enica. Quando tinha 18anos, sofreu um graveacidente. Toda a dorque sentiu foitransformada em belaspinturas queemocionam a todosat hoje.

    [ leia ]

    PAULA MORAIS

    Para KamilaSalloum eBeatrizCarvalho, 9,estar bem melhor doque ser belo

    Mila Cordeiro/ Ag. A TARDE

    Fotos Agnes Cajaba / Divulgao

    Prola Santos, 9, tem uma primaque queria ser igual s artistas deteleviso. Um dia, ela usou tantamaquiagem que a pele ficou irritadae precisou ir ao hospital. Tem genteque passa do limite da vaidade. Noprecisa imitar a Barbie. Seja voc.Kamila Salloum, 9, prefere o

    conforto. No vou vestir roupasapertadas para parecer magra. Issovai me impedir de correr e brincar.A pesquisadora em psicologia

    infantil da Universidade Federal daBahia (Ufba) Juliana Prates disse quea vaidade s ruim quando se tornamais importante do que a diverso eos estudos. Passar horas na frentedo espelho e se atrasar para a aula algo negativo.

    Vaidade com limite

    FridaAutor: Jonah WinterIlustradora: Ana JuanTraduo: AndrJenkino do CarmoEditora: Cosac Naify30 pginasPreo: R$ 39