‰ticaEmotivismo Filosofia. ‰TICA TEORIA EMOTIVISTA Um ju­zo moral © apenas a...

Click here to load reader

download ‰ticaEmotivismo Filosofia. ‰TICA TEORIA EMOTIVISTA Um ju­zo moral © apenas a express£o de uma emo§£o e as emo§µes n£o s£o V/F Os nossos ju­zos

of 13

  • date post

    22-Apr-2015
  • Category

    Documents

  • view

    105
  • download

    1

Embed Size (px)

Transcript of ‰ticaEmotivismo Filosofia. ‰TICA TEORIA EMOTIVISTA Um ju­zo moral © apenas a...

  • Slide 1
  • ticaEmotivismo Filosofia
  • Slide 2
  • TICA TEORIA EMOTIVISTA Um juzo moral apenas a expresso de uma emoo e as emoes no so V/F Os nossos juzos morais no so V/F, pois no existem factos morais
  • Slide 3
  • TICA EMOTIVISMO por no serem proposies que no so V/F As afirmaes morais no so proposies, apesar de terem a forma de uma proposio
  • Slide 4
  • TICA EMOTIVISMO Dizer O casamento entre homossexuais imoral o mesmo que dizer Que horror os homossexuais casarem! Dizer O casamento entre homossexuais imoral no o mesmo que dizer A sardinha um alimento saudvel
  • Slide 5
  • TICA EMOTIVISMO A nica funo de um juzo moral desencadear uma reaco emocional nas outras pessoas (PIN emocional que faz os outros sentirem o que eu sinto)
  • Slide 6
  • TICA EMOTIVISMO Todos os seres humanos vivem emoes positivas e emoes negativas, que definem o valor moral de uma aco As emoes bsicas fazem parte da natureza humana: surpresa, medo, alegria, tristeza, nojo ou repugnncia, raiva,
  • Slide 7
  • TICA EMOTIVISMO Alguns trabalhos cientficos na rea da psicologia e da neurocincia sugerem que h uma relao forte em circuitos emocionais do crebro e comportamento moral
  • Slide 8
  • TICA EMOTIVISMO H quem considere que um erro confundir o SER com o DEVER SER. Por exemplo: por uma pessoa ser cleptomanaca, no significa que o deva ser
  • Slide 9
  • TICA EMOTIVISMO - crticas Muitas vezes as pessoas sentem certas emoes, mas agem de acordo com a razo e o dever, evitando serem escravas das suas emoes e dos seus impulsos
  • Slide 10
  • TICA EMOTIVISMO - crticas Posso formular certos juzos morais e no ter sentimentos acerca do objecto desses juzos Por exemplo: posso considerar que se deve salvar uma espcie de um peixe raro e no sentir nada de especial acerca dessa espcie.
  • Slide 11
  • TICA EMOTIVISMO - crticas Deste ponto de vista, ningum est certo ou errado em termos morais
  • Slide 12
  • TICA EMOTIVISMO - crticas A educao para um emotivista consistir em contagiar emocionalmente os outros e no em convenc-los racionalmente
  • Slide 13
  • TICA Ser que a actual Guerra Global contra o Terrorismo uma nova forma de inquisio, tal como aconteceu noutros momentos histricos? Ser que a teoria da guerra justa (justum bellum) no apenas uma forma de legitimar as nossas intenes violentas?