EXTRATOS VEGETAIS COMO PROMOTORES DO CRESCIMENTO EXTRATOS VEGETAIS COMO PROMOTORES DO CRESCIMENTO DE

download EXTRATOS VEGETAIS COMO PROMOTORES DO CRESCIMENTO EXTRATOS VEGETAIS COMO PROMOTORES DO CRESCIMENTO DE

If you can't read please download the document

  • date post

    19-Sep-2020
  • Category

    Documents

  • view

    0
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of EXTRATOS VEGETAIS COMO PROMOTORES DO CRESCIMENTO EXTRATOS VEGETAIS COMO PROMOTORES DO CRESCIMENTO DE

  • EXTRATOS VEGETAIS COMO PROMOTORES DO CRESCIMENTO DE LEITÕES RECÉM-DESMAMADOS

    LILIANA LOTUFO OETTING

    Tese apresentada à Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, para obtenção do título de Doutor em Agronomia, Área de Concentração: Ciência Animal e Pastagens.

    P I R A C I C A B A Estado de São Paulo - Brasil

    Julho - 2005

  • EXTRATOS VEGETAIS COMO PROMOTORES DO CRESCIMENTO DE LEITÕES RECÉM-DESMAMADOS

    LILIANA LOTUFO OETTING Zootecnista

    Orientador: Prof. Dr. VALDOMIRO SHIGUERU MIYADA

    Tese apresentada à Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, para obtenção do título de Doutor em Agronomia, Área de Concentração: Ciência Animal e Pastagens.

    P I R A C I C A B A Estado de São Paulo - Brasil

    Julho - 2005

  • Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) DIVISÃO DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO - ESALQ/USP

    Oetting, Liliana Lotufo Extratos vegetais como promotores do crescimento de leitões recém-desmamados /

    Liliana Lotufo Oetting. - - Piracicaba, 2005. 66 p.

    Tese (Doutorado) - - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, 2005. Bibliografia.

    1. Aditivos alimentares para animais 2. Crescimento animal 3. Desmama animal 4. Digestabilidade 5. Extrato vegetal 6. Leitões 7. Microbiologia veterinária I. Título

    CDD 636.4

    “Permitida a cópia total ou parcial deste documento, desde que citada a fonte – O autor”

  • Aos meus pais,

    Afonso e Lúcia

    Aos meus irmãos e cunhadas,

    Luís Afonso e Daniela, Luciano e Luciane

    Aos meus sogros e cunhado,

    Seiji, Solange e Luís Gustavo

    À sempre querida amiga,

    Jacinta

    Por todo apoio, carinho, incentivo e compreensão nessa fase da minha vida.

    Com muito amor e gratidão,

    DEDICO Ao meu marido,

    Carlos

    Pelo amor, dedicação, companheirismo e valioso apoio em todos

    momentos que passamos juntos.

    Ao meu filho,

    Eduardo

    Por fazer parte de um momento tão especial da minha vida.

    Com muito amor,

    OFEREÇO

  • AGRADECIMENTOS A Deus;

    À FAPESP, pela bolsa concedida durante o curso e financiamento do projeto de pesquisa;

    Ao Prof. Dr. Valdomiro S. Miyada, pela confiança, amizade e ensinamentos como orientador;

    Ao Prof. Dr. José F. M. Menten, por discutir e acompanhar o andamento do projeto;

    Ao Dr. Gustavo J. M. M. de Lima, pela amizade e fundamental apoio no planejamento do projeto e análise dos dados com conselhos e sugestões;

    Ao Prof. Dr. Paulo Chanel, pela orientação na área de farmacognósia, esclarecendo dúvidas e auxiliando na metodologia e obtenção dos extratos vegetais;

    Aos Professores do Departamento de Zootecnia, pelo convívio e amizade durante o curso;

    Ao Prof. Dr. Irineu U. Packer, pelas sugestões na análise estatística;

    À Profa. Dra. Catarina A. Gomide, pela amizade e pelo apoio nas análises bromatológicas;

    À Profa. Dra. Maria Inês Ré, pelas sugestões na área de microencapsulamento dos óleos essenciais;

    Ao Prof. Dr. Elliot W. Kitajima, pela contribuição na área de microscopia eletrônica;

    À colega Fernanda M. Tucci, pelas dicas e conselhos a respeito de análises enzimáticas;

    Ao Prof. João Negrão, pela colaboração na realização de análises laboratoriais;

    Ao funcionário Nilton dos Santos, pela contribuição na análise histológica;

    Aos estagiários e amigos, Pedro A. Giani e Urbano dos S. Ruiz, pela amizade e inestimável colaboração na condução dos experimentos;

    Aos funcionários do Setor de Suinocultura, Srs. Pires, Leonilço, Galvão e Adão pela ajuda nos experimentos;

    Ao funcionário Antonio Carlos, pelo auxílio na confecção das dietas experimentais;

    Aos demais funcionários do Departamento de Zootecnia, Vera, Henrique, Claudia, Augusto, Ednézio, pela ajuda durante todo o curso;

  • v

    À empresa Givaudan do Brasil Ltda., pelo fornecimento de óleos essenciais microencapsulados;

    Às empresas MCassab Com. e Ind. Ltda, Nutron Alimentos Ltda., Ajinomoto Biolatina Ind. e Com. Ltda, Sloten do Brasil Ind. e Com. Ltda, Supre Mais Ind. e Com. Ltda, pela doação de ingredientes para a produção das dietas experimentais;

    Aos amigos, Adriana Pedroso, Aline, Andrea José, Flávio, Adriana Figueiredo, José Otávio, Juliana, pelo apoio e amizade durante todo o curso;

    Aos demais companheiros de Departamento, Leandro, Itiberê, Juliano, Luiz, pelos ótimos momentos de convivência;

    Àqueles que de alguma maneira, direta ou indiretamente, contribuíram para a realização deste trabalho, a minha enorme gratidão.

  • SUMÁRIO

    Página LISTA DE FIGURAS................................................................................................. viii LISTA DE TABELAS................................................................................................ ix RESUMO.................................................................................................................... xi SUMMARY................................................................................................................ xiii 1 INTRODUÇÃO....................................................................................................... 1 2 REVISÃO DE LITERATURA................................................................................ 3 2.1 Fisiologia digestiva de leitões recém-desmamados....................................... 3 2.2 Promotores do crescimento............................................................................ 4 2.2.1 Modos de ação dos promotores do crescimento............................................ 5 2.3 Extratos vegetais............................................................................................ 6 2.3.1 Propriedades................................................................................................... 7 2.3.2 Óleos essenciais............................................................................................. 8 2.3.3 Modos de ação................................................................................................ 9 2.3.3.1 Atividade antimicrobiana............................................................................... 9 2.3.3.2 Atividade antioxidante................................................................................... 11 2.3.3.3 Estímulo da atividade enzimática................................................................... 12 2.3.3.4 Outros efeitos................................................................................................. 13 3 MATERIAL E MÉTODOS..................................................................................... 15 3.1 Instalações experimentais e animais............................................................... 15 3.2 Escolha e preparo dos extratos vegetais.......................................................... 16 3.3 Teste de consumo............................................................................................ 17

  • vii

    3.4 Tratamentos e dietas basais............................................................................. 17 3.5 Experimento I................................................................................................. 20 3.5.1 Digestibilidade aparente dos nutrientes.......................................................... 20 3.5.2 Morfometria dos órgãos.................................................................................. 21 3.5.3 Histologia do epitélio intestinal...................................................................... 21 3.5.3.1 Microscopia óptica.......................................................................................... 21 3.5.3.2 Microscopia eletrônica de varredura............................................................... 22 3.5.4 Microbiologia intestinal.................................................................................. 22 3.6 Experimentos II e III....................................................................................... 23 3.6.1 Desempenho.................................................................................................... 23 3.6.2 Frequência de diarréia..................................................................................... 23 3.7 Delineamento experimental............................................................................ 24 3.8 Análise dos dados............................................................................................ 24 4 RESULTADOS E DISCUSSÃO............................................................................. 25 4.1 Digestibilidade aparente dos nutrientes............................................................. 25 4.2 Desempenho....................................................................................................... 26 4.3 Morfometria dos órgãos..................................................................................... 30 4.4 Histologia do epitélio intestinal......................................................................... 32 4.5 Microbiologia intestinal.........................................................................