Familia Pontuacao

Click here to load reader

  • date post

    23-Jun-2015
  • Category

    Education

  • view

    8.035
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Familia Pontuacao

  • 1.

2. Era uma vez uma menina chamada Vrgula. Gostava de passear devagarinho e ... parar de vez em quando para ver as montras. 3. Ora um dia, num dos seus passeios, apareceu um cavaleiro muito simptico e elegante no seu chapu de coco: sempre que a menina Vrgula parava, ele parava tambm, tirava o chapu e ficava a olh-la demoradamente. 4. Foi numa destas pausas que acabou por meter conversa e (imaginem s) pedir ali mesmo a mo da menina Vrgula. 5. Claro que esta disse logo: No resolvo nada sem primeiro falar com o meu pai, o senhor Travesso. 6. E o senhor Ponto e Vrgula (era este o nome do cavalheiro) l foi. O pai da menina Vrgula era um senhor muito respeitvel, pois toda a gente tinha de lhe pedir autorizao para conversar. Quando ouviu o nome do cavalheiro disse: Ponto e Vrgula? como se chama? Hum...Bem... Parece que foi feito para a minha filha. Realmente deve ser o marido ideal para ela. 7. E de facto o senhor Ponto e Vrgula acabou mesmo por casar com a, agora, Senhora Vrgula. 8. Tiveram ento o seu primeiro filho, um menino rabino e muito curioso. Puseram-lhe o nome de Ponto de Interrogao. Imaginem que tinha o hbito de se pr de pernas para o ar para espreitar para debaixo dos mveis. 9. O segundo filho, como o primeiro, tinha um nome bastante pomposo: chamava-se Ponto de Exclamao. Era muito mais sossegado que o seu irmo mais velho e ficava to admirado com as coisas que este descobria e as perguntas que fazia, que levava o dia a soltar ohs e ahs de espanto. 10. E foi ento que a Dona Vrgula deu luz um lindo par de gmeos. Andavamsempre a lutar um com o outro: ambos queriam ficar sempre por cima, mas eram to cmicos que toda a gente dizia: Aquilo so mesmos Dois Pontos! 11. Mas a Dona Vrgula estava a ficar cansada com a turbulncia dos seus rapazes e comentava: Se ao menos tivesse uma rapariga, sempre podia ajudar-me na lida da casa E se bem o pensou, melhor o conseguiu: teve logo trs gmeas de uma vez. Eram iguais como gotinhas de gua e muito sossegadinhas! Como no se distinguiam umas das outras, receberam as trs o nome de ManasReticncias . Como eram tmidas e um pouco indecisas, s sabiam andar juntas. Mas toda a gente gostava delas e, quando partiam, no eram facilmente esquecidas. Deixavam sempre um rasto na memria de todos 12. Foi ento que o Senhor Ponto e Vrgula disse para a mulher: Com a vida sempre a subir, no se podem ter muitos filhos: agora, Ponto Final! E foi assim que nasceu o menino mais novo, o ltimo da famlia Pontuao, oPonto Final . Ora este menino recebeu tanto mimo dos pais e dos irmos mais velhos que se tornou um pouco antiptico: guloso, sempre a comer guloseimas, tornou-se redondo que nem uma bola e um pouco egosta.Assim, no meio dos amigos, acabava sempre por ficar sozinho: os outros afastavam-se. 13. Mas enfim. Ns no temos nada com isso e tambm no queremos ser ms lnguasPortanto, Ponto Finalno assunto. Pena que uma famlia to simptica tenha educado to mal o seu ltimo filho.