Fundamentos de Automação...

of 27/27
Fundamentos de Automação Hidráulica CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica – SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – Campus Rio Grande
  • date post

    17-Jan-2020
  • Category

    Documents

  • view

    1
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Fundamentos de Automação...

  • Fundamentos de Automação

    Hidráulica

    CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

    Ministério da educação - MECSecretaria de Educação Profissional e Técnica – SETECInstituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia doRio Grande do Sul – Campus Rio Grande

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação2

    Hidráulica

    Considerações IniciaisO termo Hidráulica deriva da raiz grega Hidro, que tem o significado de água, por essa razão entendem-se por Hidráulica todas as leis e comportamentos relativos à água ou outro fluido, ou seja, Hidráulica é o estudo das características e uso dos fluidos sob pressão.

    Um Sistema Hidráulico é o conjunto de elementos físicos associados que, utilizando um fluido como meio de transferência de energia, permite a transmissão e o controle de força e movimento

    Pesquisas têm mostrado que a hidráulica vem se destacando e ganhando cada vez mais espaço como um meio de transmissão de energia em todos os setores industriais, com foco na automatização de processos.

    O fluido hidráulico é o elemento vital de um sistema hidráulico industrial. Ele é um meio de transmissão de energia, um lubrificante, um vedador e um veículo de transferência de calor. O fluido hidráulico à base de petróleo é o mais utilizado.

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação3

    Hidráulica

    Vantagens e Desvantagens dos Sistemas Hidráulicos

    Vantagens Fácil instalação dos diversos elementos, oferecendo grande flexibilidade em espaços reduzidos; Permitem uma rápida e suave inversão do movimento; São sistemas auto-lubrificados; Permitem ajustes de variação micrométrica na velocidade; Devido à ótima condutividade térmica do óleo, geralmente o próprio reservatório acaba eliminando a necessidade de um trocador de calor;

    Desvantagens Elevado custo inicial; Transformação de energia elétrica em mecânica e mecânica em hidráulica para, posteriormente, ser transformada novamente em mecânica; Perdas por vazamentos internos em todos os componentes; Perigo de incêndio, devido ao óleo ser inflamável;

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    HidráulicaPrincípio de Funcionamento de um Sistema Hidráulico

    Lei de Pascal (Pressão = Força / Área)A pressão exercida em um ponto qualquer de um líquido estático é a mesma em todas as direções e exerce forças iguais em áreas iguais. Quando aplicamos uma força de 10 kgf em uma área de 1 cm2, obtemos uma pressão interna de 10 kgf/cm2 agindo em toda a parede do recipiente com a mesma intensidade.Este princípio, descoberto e enunciado por Pascal,levou à construção da primeira prensa hidráulica no princípio da Revolução Industrial.

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    Hidráulica – Componentes de um Sistema Hidráulico

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    Hidráulica Componentes de um Sistema Hidráulico

    Reservatório Hidráulico – possui a função de conter ou armazenar o fluido hidráulico de um sistema. Quando o fluido retorna ao reservatório, placasdefletoras impedem que este fluido vá diretamente à linha de sucção. Isto cria uma zona de repouso onde as impurezas maiores sedimentam, o ar sobe à Superfície do fluido e dá condições para que o calor, no fluido, seja dissipado para as paredes do reservatório.

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    HidráulicaComponentes de um Sistema Hidráulico

    Bombas Hidráulicas – são utilizadas nos circuitos hidráulicos, para converter energia mecânica em energia hidráulica.A ação mecânica cria um vácuo parcial na entrada da bomba, o que permite que a pressão atmosférica force o fluido do tanque a penetrar na bomba, através da linha de sucção. A bomba passará o fluido para a abertura de descarga, forçando-o através do sistema hidráulico. As bombas são classificadas, basicamente, em dois tipos: Hidrodinâmicas e Hidrostáticas. As bombas Hidrodinâmicas possuem fluxo contínuo, mas raramente são usadas em sistemas hidráulicos, porque seu poder de deslocamento de fluido se reduz quando aumenta a resistência. As bombas Hidrostáticas produzem fluxos de forma pulsativa, porém sem variação de pressão ao circuito, porque a saída do fluído independe da pressão, por isso, é o tipo mais utilizado em sistemas hidráulicos industriais.

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    HidráulicaDivisão de um Circuito Hidráulico - Bombas Hidráulicas Hidrostáticas:

    - De engrenagens - De palhetas

    - Em pequena escala são utilizadas, também, as bombas de pistão;

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    HidráulicaComponentes de um Sistema Hidráulico

    Filtro – normalmente posicionado no circuito próximo do reservatório, retém a contaminação do sistema antes que ela entre no reservatório. O fluido pode ter filtragem fina, visto que a pressão do sistema pode impulsionar o fluido através do elemento, entretanto alguns componentes do sistema podem ser afetadospela contrapressão gerada pelo filtro.Válvula Limitadora de Pressão - são utilizadas para limitar a pressão máxima de um sistema, regular a pressão reduzida em certas partes do circuito e outras atividades que envolvem mudanças na pressão de operação.A base de operação dessas válvulas é um balanço entre pressão e a força da mola, regulada por parafuso que a comprime ou descomprime.Válvula Redutora de Vazão – são utilizadas para controlar a velocidade de acionamento ou retorno do atuador através da regulagem do fluxo do fluído. É normalmente instalada em conjunto com uma Válvula de Retenção quando deseja-se passagem livre no fluxo inverso (by pass).

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    HidráulicaComponentes de um Sistema HidráulicoVálvula de controle direcional – consistem de umcorpo com passagens internas que são conectadas e desconectadas por uma parte móvel. Identificação de seus elementos:

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    HidráulicaComponentes de um Sistema HidráulicoTipos de acionamento e retorno de uma válvula de controle direcional

    Fechado Aberto Tandem Aberto Negativo

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    HidráulicaComponentes de um Sistema HidráulicoCilindros Hidráulicos - convertem a energia detrabalho em energia mecânica linear.

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    HidráulicaComponentes de um Sistema HidráulicoMotores Hidráulicos - convertem a energia detrabalho em energia mecânica rotativa.Tipos:

    Palheta Engrenagem Pistão

    Motores Hidráulicos x Motores ElétricosOs motores hidráulicos têm certas vantagens sobre os motores elétricos. Algumas destas vantagens são:1. Reversão instantânea do eixo do motor.2. Ficar carregado por períodos muito grandes sem danos.3. Controle de torque em toda a sua faixa de velocidade.4. Frenagem dinâmica conseguida facilmente.

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    Hidráulica – Aplicações de Automação Hidráulica

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    Hidráulica – Aplicações de Automação Hidráulica

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    Hidráulica – Aplicações de Automação Hidráulica

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    Hidráulica – Aplicações de Automação Hidráulica

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    Hidráulica – Aplicações de Automação Hidráulica

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    Hidráulica – Aplicações de Automação Hidráulica

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    Hidráulica – Aplicações de Automação Hidráulica

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    Hidráulica – Aplicações de Automação Hidráulica

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    Hidráulica – Aplicações de Automação Hidráulica Válvula desaceleradora

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    Hidráulica – Aplicações de Automação Hidráulica Válvula desaceleradora

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    Hidráulica – Aplicações de Automação Hidráulica Válvula desaceleradora

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    Hidráulica – Aplicações de Automação Hidráulica Válvula desaceleradora

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    Hidráulica – Aplicações de Automação Hidráulica Válvula desaceleradora

  • Curso de Automação Industrial

    Disciplina de Fundamentos de Automação

    Hidráulica – Aplicações de Automação HidráulicaSeleção digital de velocidade

    Slide 1Slide 2Slide 3Slide 4Slide 5Slide 6Slide 7Slide 8Slide 9Slide 10Slide 11Slide 12Slide 13Slide 14Slide 15Slide 16Slide 17Slide 18Slide 19Slide 20Slide 21Slide 22Slide 23Slide 24Slide 25Slide 26Slide 27