Futsal teórica

download Futsal   teórica

of 21

  • date post

    06-Feb-2015
  • Category

    Education

  • view

    25.614
  • download

    4

Embed Size (px)

description

 

Transcript of Futsal teórica

  • 1.
  • 2.
    • O Futsal, tambm conhecido como Futebol de Salo, uma modalidade esportiva que foi adaptada do futebol de campo para as quadras. O futsal muito praticado no Brasil, fazendo parte de uma das principais atividades esportivas das aulas de Educao Fsica nas escolas de todo pas.
  • 3. FUTSAL
    • As bolas usadas eram de serragem, crina vegetal ou de cortia granulada mas apresentavam o problema de saltarem muito e freqentemente saiam da quadra de jogo. Ento tiveram seu tamanho diminudo e seu peso aumentado. Por este fato o Futebol de Salo passou a ser chamado de "O Esporte da Bola Pesada".
  • 4.
    • A Origem do futsaltem duas verses sobre o seu surgimento , como em outros esportes, h divergncias quanto a sua inveno.
    • 1 verso - diz que o Futsal comeou a ser jogado no Brasil por volta de 1940 por freqentadores da Associao Crist de Moos , em So Paulo , pois havia uma grande dificuldade em encontrar campos de futebol livres para poderem jogar e ento comearam a jogar nas quadras de basquete e hquei.
    • 2 verso - o futsal teria sido inventado em 1932 , pelo professor Juan Carlos Ceriani Gravier, da ACM de Montevidu (Uruguai), dando-lhe o nome de indoor football
  • 5. PRINCIPAIS REGRAS
    • As equipes so formadas por 5 jogadores de linha (sendo um goleiro) e 7 no mximo, como reservas.
    • praticado em quadra retangular de piso rgido, com medidas que variam de acordo com a categoria. Na Liga de Futsal Masculina, por exemplo, a quadra deve ter entre 38 e 42 metros de comprimento por 18 a 25 de largura.
    • A bola de futsal (categoria adulto masculino) deve ter entre 62 e 64 cm de circunferncia e peso entre 400 e 440 gramas.
  • 6. PRINCIPAIS REGRAS
    • O rbitro pode usar dois cartes para punir as faltas. O amarelo (advertncia) e o vermelho (expulso por 2 minutos ou pode ser substitudo ao tomar um gol).
    • As substituies podem ocorrer a qualquer momento e em nmero indeterminado.
    • Os jogos da categoria adulto ocorrem em 40 minutos (2 tempos de 20 minutos).
  • 7. CATEGORIAS
    • Em funo da idade o futebol de salo costuma ser dividido nas seguintes categorias:
    • Sub-9 para atletas at nove anos.
    • Sub-11 para atletas at onze anos.
    • Sub-13 para atletas at treze anos.
    • Sub-15 para atletas at quinze anos.
    • Sub-17 para atletas at dezessete anos.
    • Adulto para atletas at 39 anos.
    • Snior para atletas a partir dos quarenta anos.
  • 8. POSIES DOS JOGADORES
    • O futsal apresenta quatro posies principais, que so:
      • Goleiro - defende o gol de todos os ataques do adversrio e tambm pode atacar.
      • Fixo - defensor, semelhante ao zagueiro.
      • Ala (esquerdo e direito) - Conduzem o jogo na lateral da quadra.
      • Piv - movimenta-se no ataque e arma as jogadas.
  • 9. Fundamentos
    • Passe - a ao de enviar a bola a um companheiro ou determinado setor de espao de jogo. Em geral passa-se a bola com os ps, mas tambm pode sair um passe com a cabea, com o peito, a coxa, o ombro.
    • Opasse classificado quanto distncia, trajetria (altura), execuo (parte do corpo), ao espao de jogo (quadra) e habilidade.
  • 10. PASSE
    • Distncia : Curto - at 4 metros; Mdio - 4 a 10 metros; Longo - acima de 10 metros.
    • Trajetria : Rasteiro, meia altura, parablico.
    • Execuo : Interna, externa, anterior (bico), solado, dorso.
    • Espao de Jogo : Lateral, diagonal, paralelo.
    • Passes de Habilidade : Coxa, peito, cabea, calcanhar, ombro, parablico.
  • 11. PASSE
  • 12. FUNDAMENTOS
    • Domnio ou recepo - a habilidade de recepcionar a bola.
    • Controle - Controlar a bola diferente de domin-la. Enquanto o domnio trata-se da recepo da bola, o controle se refere a mant-la no ar, com toques de uma e de outras tantas partes do corpo, sem deix-la cair ao cho (embaixadinhas).
  • 13. Domnio
  • 14. FUNDAMENTOS
    • Conduo - a ao de progredir com a bola por todos os espaos possveis de jogo.
    • Uma regra bsica : a bola deve estar prxima do condutor. Essa conduo pode ser feita em linha reta, da o nome de retilnea. Tambm em ziguezague, e, portanto, sinuosamente. As outras faces para se conduzir so interna e externa. A de frente ineficaz.
  • 15. Conduo
  • 16. FUNDAMENTOS
    • Chute : a ao de golpear a bola, estando ela parada ou em movimento, visando dar a ela uma trajetria em direo a um objetivo, seja este o gol, outro jogador ou tir-la de jogo (existem varias formas de chute).
      • Trajetria - Rasteira, meia-altura e alta.
      • Execuo/Tipos - Com o dorso ou de peito de p, de bate - pronto ou semi-voleio, de voleio ou sem-pulo, de bico e por cobertura.
  • 17. CHUTE
  • 18. FUNDAMENTOS
    • Cabeceio - a ao de cabecear a bola quando de defesa muito alta.
    • A exemplo do chute e do passe, o cabeceio pode ter diferentes trajetrias, isto , pode ser em linha reta, para o alto ou em direo ao cho. O local onde se toca na bola determinar as diferentes trajetrias. Cabeceou-se no meio da bola, ela sai em linha reta. Cabeceou-se embaixo da bola, ela vai para o alto. Cabeceou-se em cima, ela desce
  • 19. FUNDAMENTOS
    • Drible - O drible feito com posse de bola. Quem dribla, procura, com bola, passar por um adversrio. Esse "passar pelo adversrio" exigir, algumas vezes, velocidade, outras apenas mudana de direo, outras, criatividade, ginga e outras ainda, todas estas coisas simultaneamente. Entretanto, uma coisa certa: o que dificulta a habilidade de marcar a perda do equilbrio. Logo, o drible eficaz aquele que provoca no outro o desequilbrio.
  • 20. Drible
  • 21. FUNDAMENTOS
    • FINTA - Finta, ao contrrio do drible, realizada sem bola. Ainda que quem finta esteja sem bola, o faz com o objetivo de obt-la. A finta tem o objetivo de levar a criana a enganar o seu adversrio para receber a bola. Outros nomes, dependendo da regio do pas, so sinnimos de finta: desmarcao, balano, gato, vai e vem, pique falso.