Geo turismo sabará

of 21 /21
Geografia Turística de Sabará Prof Tiago T Abjaud Fórum Sabará 300 anos Turismo e Sustentabilidade

Embed Size (px)

Transcript of Geo turismo sabará

  • 1. GeografiaTurstica de Sabar
    Prof Tiago T Abjaud
    FrumSabar 300 anos
    Turismo e Sustentabilidade

2. 3. 4. Movimento pendular
Segundo os dados do movimento pendular (movimento das pessoas que estudam ou trabalham em outros municpios)
5. Sabar possui uma rea de 302,54 km2 e sua distncia da Capital de 19 km.
Administrativamente, formado por quatro distritos: o da Sede, Ravena (ex-Lapa), Mestre Caetano (ex-Cuiab) e Carvalho de Brito (ex-Marzago, ex-Marzagnia).
6. Distncias aos principais centros (km):
Belo Horizonte19
Rio de Janeiro 454
So Paulo 605
Braslia 763
Vitria 545
Distncias aos municpios limtrofes e/ou centralizadores de servios pblicos (km):
Rio Acima33
Raposos 17
Contagem46
Santa Luzia40
Caet 21
7. Aspectos Fsicos
O terreno acidentado
topografia montanhosa
O relevo do municpio determinado por vales encaixados e colinas com vales de fundo chato.(em forma de U)
A sede do municpio delimitada pelo vale do rio das Velhas, entre os contrafortes da serra do Curral e da serra da Piedade, pertencentes serra do Espinhao.
O centro histrico tem funo estrutural na cidade.
O Centro a rea mais acessvel da cidade
8. 9. CLIMA
No municpio de Sabar h o predomnio do Clima Tropical de Altitude (Cwa) com veres quentes - classificao de Kppen.
Ocorrem duas estaes climticas; de outubro a abril as
temperaturas so mais elevadas e de maio a setembro, amenas.
HIDROGRAFIA
A rede de drenagem municipal pertence Bacia do So Francisco. O rio das Velhas o principal curso de gua a sudoeste do municpio. Seus principais afluentes so os ribeires Arrudas, do Brumado, Sabar, do Gaia, Bom Destino e o Vermelho.
O ribeiro Sabar, com suas nascentes a leste, o principal no municpio. Ele segue em direo sede, percorrendo-a no sentido sudoeste at desaguar no rio das Velhas.
10. Movimento pendular
Segundo os dados do movimento pendular (movimento das pessoas que estudam ou trabalham em outros municpios)
11. VEGETAO
O municpio de Sabar destaca-se pela variedade de sua paisagem vegetal, muito descaracterizada pela ao antrpica e com poucos testemunhos da sua cobertura original.
A Savana (Cerrado) Arbrea Aberta predominava na rea, hoje substituda pelas pastagens e reflorestamentos de eucalipto.
A Savana (Cerrado) Gramneo-Lenhosa, s vezes associada aos Campos Rupestres, aparece em altitudes superiores a 1500m, nas cristas das serras e os Campos Rupestres nos afloramentos e solos litlicos de itabirito.
Vem-se ainda, no municpio, reas de vegetao florestal, nas linhas de falhas das escarpas das serras que constituem as Matas de grota. Em razo das nvoas constantes na rea, a umidade propicia condies ideais para o seu desenvolvimento.
12. Sabar possui algumas reas protegidas:
O Parque Florestal Municipal Chcara do Lessa situa-se a norte da sede municipal, a cerca de 1 km do centro urbano. A rea do parque de 113 ha.
Reserva Ecolgica Municipal do Gainha situa-se na bacia do Crrego do Gainha, afluente da margem esquerda do ribeiro Sabar, a sudeste da sede municipal.
Reserva Ecolgica Municipal Cabea de Boi localiza-se ao sul da sede municipal, com uma rea de 160 ha.
Conjunto Arquitetnico e Mata do Arraial Velho localiza-se no povoado do Arraial Velho, a 4 km do centro urbano de Sabar.
Reserva Ecolgica Municipal do Morro do Mineiro, Crrego do Meio localizada no povoado de Pompu.
Mata do Segredo localizada a nordeste da sede municipal com rea de 61,9 ha.
Mata da Encosta Protetora da Igreja So Francisco de Assis e das nascentes da gua do Chafariz do kaquende localizada no centro urbano de Sabar.
13. ECONOMIA
Dentro da estrutura econmica do municpio, o setor industrial constitui a principal atividade. Neste setor, destaca-se a siderurgia, que representa a principal fonte de arrecadao municipal e de absoro de mo-de-obra local.
14. O Municpio de Sabar situa-se na Mesorregio Metropolitana de Belo Horizonte, fazendo parte da Microrregio de Belo Horizonte e da RMBH Regio Metropolitana de Belo Horizonte.
Base Cartogrfica : IBGE
Base de Dados: Observatriodas Metrpoles 2005
Fonte : Censo Demogrfico/IBGE - 2000
15. Aspectos de Fluxo Humano
A rodoviria faz-se como marco de referncia desse fluxo.
A populao em quase sua maioria, trabalha em Belo Horizonte
a rodoviria possibilita o fluxo de circulao e expanso em escalas inter-urbanas.
16. Movimento pendular
Segundo os dados do movimento pendular (movimento das pessoas que estudam ou trabalham em outros municpios)
Movimento pendular
Segundo os dados do movimento pendular (movimento das pessoas que estudam ou trabalham em outros municpios)
Base Cartogrfica : IBGE
Base de Dados: Observatriodas Metrpoles 2005
Fonte : Censo Demogrfico/IBGE - 2000
17. Dos 33 municpios da RMBH, excetuando-se o plo, Sabar tem alta integrao.
Movimento pendular
Segundo os dados do movimento pendular (movimento das pessoas que estudam ou trabalham em outros municpios)
Os deslocamentos cuja direo do movimento Belo Horizonte, maior nos municpios de Sabar (90,5%)
Movimento pendular
Segundo os dados do movimento pendular (movimento das pessoas que estudam ou trabalham em outros municpios)
Os municpios com maior porcentagem de pessoas que realizam movimento pendular so Ibirit (54%), Ribeiro das Neves (53,3%), Sabar (48,2%) e Santa Luzia (47,2%).
18. 19. TURISMO
Sabar est localizada na Regio Turstica I - Central. Integra o Circuito do Ouro e est inserida em trecho da Estrada Real. uma das mais antigas cidades de Minas, nascidas da explorao do ouro. Sua arquitetura barroca demonstra este perodo fascinante da histria do Brasil.
ATRATIVOS NATURAIS
- Parque Municipal Florestal Chcara do Lessa: Localizado dentro de uma pequena mata nativa, o parque apresenta equipamentos de lazer, camping e sanitrios.
- Reserva Florestal Cabea de Boi: rea municipal da Prefeitura,fez parte do sistema de abastecimento de gua da cidade. Nesta reserva ocorre uma grande extenso de matas galerias com transio para capoeira e campo. Esta rea no aberta ao pblico.
- Parque Ecopedaggico Quinta dos Cristais: Propriedade particular, aberta ao pblico nos fins de semana e feriados de 08:00 s 19:00hs, mediante reservas antecipadas. As atividades desenvolvidas nesta rea so as prticas ecolgicas e visitas tcnicas orientadas.
20. ATRATIVOS HISTRICOS / CULTURAIS
Mais de 10 Igrejas e Capelas
Conjunto Arquitetnico da Rua D. Pedro II:
Solar do Padre Correa:
Casa Azul:
Casa de Borba Gato
Museu do Ouro
Teatro Municipal
Chafariz do Kaquende
Chafariz do Rosrio
Chafariz da Confraria
Chafariz do Corte Real
Outros Bens Tombados pelo Instituto do Patrimnio Histrico e Artstico Nacional:
Conjuntos Urbanos e Paisagstico
Acervo Arquitetnico e Urbanstico da Rua Dom Pedro II Bens Imveis
Edifcio sede da Prefeitura
Passo Marqus de Sapuca
Passo do Carmo
Outros Bens Tombados pelos Municpios de Minas Gerais:
Pontilho sobre o Rio das Velhas Pontilho do Gaia Capela de Nossa Senhora do Bom Despacho Segundo Passo da Rua Marqus de Sapuca Chafariz da Confiana
Fontes:
IEPHA Instituto Estadual do Patrimnio Histrico e Artstico de Minas Gerais Agosto/2000 IGA Instituto de Geocincias Aplicadas Agosto/2000
21. EVENTOS
Janeiro
Dia 06: Dia de Santos Reis Festa religiosa que ocorre de 24 de dezembro a 6 de janeiro.
Dia 20: Festa de So Sebastio Festa que homenageia este Santo.
Fevereiro/Maro
Mvel: Carnaval Festa profana, realizada em fevereiro ou maro, quarenta dias antes da Semana Santa com durao de quatro dias.
Maro Dia 19: Festa de So Jos Festa tpica que homenageia os Santos da Igreja Catlica
Abril
Semana Santa Inicia-se no Domingo de Ramos
Mvel: Festival do Pastel
Maio Dia 1: Dia do Trabalhador e Festa de So Jos Operrio
Mvel: Festival do Ora-Pro-Nobis Ora-Pro-Nobis
Junho
Mvel: Festival de Teatro Amador de Palco e Rua
Dia 11: Festa do Divino
Dia 13: Festa de Santo Antnio
Dia 24: Festa de So Joo
Dia 22: Corpus Christi Festa religiosa que celebra o Corpo de Cristo. Mvel: Festa do Criador Julho
Mvel: Festival do Caldo
Mvel: Festival de Sabar Dia 16: Festa de Nossa Senhora do Carmo
Dia 17: Elevao a Villa Real
Mvel: Festival Sabaraense da Cano
Agosto
Mvel: Projeto Vilas do Ouro e Festa de Santana
Dia 15: Festa de Nossa Senhora da Assuno
Setembro Mvel: Festa do Cavalo de Ravena Semana da Independncia (2 a 7)
Mvel: Festival da Cachaa
Outubro
Dia 05 ao dia 14: Festa de Nossa Senhora do Rosrio
Mvel: Festival da Banana
Novembro
Mvel: Festival da Jabuticaba Sabar um municpio que se destaca pela cultura da Jabuticaba em Minas Gerais. Em funo desta caracterstica, todo o ano se comemora com grande festa a poca da colheita, ocasio em que a comunidade produz e coloca disposio do pblico visitante, vinhos, gelias, licores, assim como receitas diversas que se originam da fruta. Uma outra prtica observada nessa poca, o aluguel dos ps de Jabuticaba, encontrados nos quintais das casas dos
Mvel: Festa de Cristo das Naes
moradores, para que o visitante possa saborear a fruta no p.
Dezembro
Dia 08: Festa de Nossa Senhora da Conceio
Dia 25: Folia de Reis
Dia 31: Virada do Ano
OBS: Os eventos supra relacionados podero, devido a circunstncias especiais, terem suas datas alteradas.
Fontes:
SELCTUR - Secretaria de Municipal de Lazer, Esportes, Cultura e Turismo Agosto/2000 IGA - Instituto de Geocincias Aplicadas Agosto/2000