Gestão de Processos

Click here to load reader

  • date post

    11-Oct-2015
  • Category

    Documents

  • view

    12
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Gestão de Processos

  • 5/21/2018 Gest o de Processos

    1/48

    GESTO DE PROCESSOS

    Aula 01

    Processos - so atividades realizadas numa sequncia lgica, com o objetivo de produzir um bem ouservio que tem valor para um grupo especfico de clientes.

    Na viso de qualidade, temos a seguinte definio: qualquer conceito ou conjunto de atividades que usamrecursos para transformar entradas em sadas, ou seja, as organizaes tm que identificar e gerenciarprocessos inter-relacionados e interativos para funcionar de forma eficaz.

    Processos - so atividades logicamente relacionadas aos recursos do negcio, que produzem resultadosreais, adicionando valor a cada etapa. Podemos complementar que so uma sequncia de atividadesinterligadas e caracterizam-se por terem insumos (inputs) mensurveis, atividades que agregam valor e

    sadas (outputs), de atividades destinadas a produzir um bem ou servio intermedirio ou final.

    Gesto de Processos: Estilo de organizao e gerenciamento das operaes de uma empresa. Passapela seleo dos insumos, das operaes, dos fluxos de trabalho e dos mtodos que transformam osinsumos em resultados.

    Gesto por Processos: Abordagem administrativa adotada por uma organizao com o objetivo dealcanar mais facilmente metas estabelecidas.

    A viso por Processos ou horizontal, representa uma perspectiva diferente. Ele inclui as trscaractersticas que faltam ao organograma e inclui uma, ou seja:

    Ele apresenta quem o meu fornecedor;

    Ele apresenta o produto que desenvolvo e devo entregar;

    Ele apresenta quem o meu cliente (interno e externo);

    Ele apresenta o fluxo de trabalho (relacionamentos internos).

    Alocao de pessoas: Times de processos envolvendo diferentes perfis e habilidades.

    Autonomia operacional: Fortalece a individualidade dando autoridade para tomada de decises.

    Avaliao de desempenho: centrada nos resultados do processo de negcio.

    Cadeia de comando: Fundamenta na negociao e colaborao.

    Capacitao dos Indivduos: Dirigido s mltiplas competncias da multifuncionalidade requerida.

    Escala de valores da organizao: Comunicao e transparncia no trabalho gerando clima decolaborao mtua.

    Estrutura organizacional: Fundamentada em equipes de processos/horizontal

    Medidas de desempenho: Viso integrada do processo de forma a manter uma linha de agregaoconstante de valor.

    Natureza do Trabalho: Bastante diversificado, voltado ao conhecimento; evolutivo e adaptativo.

    Organizao do trabalho: Por meio de processos multifuncionais; Sistmico.

  • 5/21/2018 Gest o de Processos

    2/48

    Relacionamento externo: Forte incentivo por meio de processos colaborativos de parcerias.

    Utilizao de tecnologia: Integrao e orquestrao dos sistemas de informao.

    O que so processos?

    Um conjunto definido de passos para a realizao de uma tarefa.

    Um processo definido aquele descrito em detalhes de forma que possa ser consistentemente repetido.

    Processos definidos auxiliam no planejamento e na execuo de um servio.

    Processos podem ser vistos sob diferentes enfoques:

    Atividades realizadas numa sequncia lgica com o objetivo de produzir um bem ou servio que tem valorpara um grupo especfico de clientes.

    Qualquer atividade ou conjunto de atividades que toma um input, adiciona valor a ele e fornece um outputa um cliente especfico.

    Ordenao especfica das atividades de trabalho no tempo e espao, com um comeo, um fim, entradas esadas claramente identificadas, enfim: uma estrutura para ao.

    PROCESSOS MEIO: So processos que do suporte, apoio a atividade final.

    PROCESSOS FIM: So processos que esto diretamente relacionados ao produto final.

    PROCESSOS GERENCIAIS: Os processos gerenciais esto inseridos tanto no processo meio, quanto noprocesso fim. Incluem as aes de medio e ajuste do desempenho da organizao.

    OS PROCESSOS DENTRO DA CADEIA DE VALOR Chiavenato e Sapiro, 2003

    A cadeia de valor se divide em dois grandes grupos de atividades (Processos):

    Atividades Primrias: Atividades ligadas a criao de valor

    Atividades Secundrias: Atividades ligadas ao apoio da criao de valor

    O Valor representado pelas caractersticas e atributos que as organizaes proporcionam sob a formade produtos ou servios pelos quais o clientes est disposto a pagar.

    CADEIA DE VALORATIVIDADES PRIMRIAS Chiavenato e Sapiro, 2003

    Logstica Interna: Atividades relacionadas com manuseio de materiais, armazenagem e controle deestoque utilizadas para receber e disseminar os insumos de um produto.

    Operaes: Atividades necessrias para converter os insumos fornecidos pela logstica interna na formade produto final.

    Logstica Externa: Atividades relacionadas com a coleta, armazenagem e distribuio fsica do produto

    final ao cliente.CADEIA DE VALORATIVIDADES PRIMRIAS Chiavenato e Sapiro, 2003

  • 5/21/2018 Gest o de Processos

    3/48

    Marketing e Vendas: Atividades concludas para fornecer os meios que permitam que os clientesadquiram os produtos e os induzam a adquiri-los.

    Servios: Atividades destinadas a realar ou manter o valor de um produto. Ex.: instalao, reparo,treinamento.

    CADEIA DE VALORATIVIDADES DE APOIO Chiavenato e Sapiro, 2003

    Suprimentos de servios e materiais: Atividades realizadas visando compra de insumos necessrios fabricao dos produtos, bem como ativos fixosmaquinrio, material de escritrio.

    Desenvolvimento tecnolgico: Atividades realizadas com o objetivo de melhorar o produto e os processosna sua fabricao.

    Gesto de Recursos Humanos: Atividades relacionadas com recrutamento, seleo, admisso,treinamento, desenvolvimento e remunerao de pessoal.

    Infraestrutura da organizao: Inclui atividades necessrias ao apoio de toda a cadeia de valor, comodireo geral da organizao, planejamento, finanas, apoio legal.

    PROCESSO X PROJETO

    PROCESSO - uma atividade realizada numa sequncia lgica com o objetivo de produzir um bem ouservio que tem valor para um grupo especfico de clientes. O processo repetitivo e gera o mesmoproduto vrias vezes.

    PROJETO - Acontece em um perodo determinado de tempo para gerar um produto e um resultado nico.

    PROCESSOS - So permanentes: correspondem forma como a organizao funciona, agrega valor aseus clientes e cumpre sua finalidade, rotineiramente. repetitivo e padronizado em passos, gerando omesmo produto vrias vezes.

    PROJETOS - So conduzidos com fim especfico, tm incio e fim determinados. So executados paraproduzir ruptura com o status quo. So pontuais e buscam, em ltima anlise, melhorar os processos derotina.

    As trs fases de um Processo de Negcios

    PRIMEIRA FASE: DOCUMENTAR, ORGANIZAR, MELHORAR e SIMULAR.

    SEGUNDA FASE: IMPLANTAR, GERENCIAR e MELHORAR.

    TERCEIRA FASE: AUTOMATIZAR, GERENCIAR e MELHORAR.

    Aula 02

    Organizao Funcional x Organizao por Processo

  • 5/21/2018 Gest o de Processos

    4/48

    Classificao dos Processos - PROCESSOS DE NEGCIOS: so aqueles em que a atuao daorganizao est caracterizada, como a fabricao de produtos ou a prestao de servios. Essesprocessos so primrios por inclurem as atividades que geram valor para o cliente (Martin apudGonalves, 2000a). Mas devemos lembrar que, por serem processos de transformao (Mohrman apudGonalves, 2000a), so por consequncia potenciais geradores de resduos.

    PROCESSOS ORGANIZACIONAIS: so os responsveis pelo funcionamento dos vrios subsistemas daorganizao em busca de um desempenho geral, garantindo o suporte adequado aos processos denegcio (Gonalves, 2000a).

    PROCESSOS GERENCIAIS: incluem as aes de medio e ajuste do desempenho da organizao etm foco nos gerentes e nas suas relaes (Garvin apud Gonalves, 2000a). Quanto ao tipo, podem serde direcionamento (definio de metas), de negociao (definio de preos com fornecedores) e demonitorao (acompanhamento do planejamento e oramento). Tambm do apoio aos processosprodutivos.

    Aula 03

    A gesto estratgica - o conjunto de decises e aes estratgicas que determinam o desempenho deuma corporao a longo prazo.

    A estratgia elaborada com vistas s anlises de fatores, ambientes internos e externos, oportunidadese ameaas, de maneira que garanta organizao alcanar o patamar

    futuro desejado.

    Estratgia - segundo (Mintzberg) trata-se da Forma de pensar no futuro, integrada no processo decisrio,

    com base em um procedimento formalizado e articulador de resultados.

    Estratgia Empresarial - A misso e os objetivos gerais conduzem formulao de estratgias em nveisempresariais, posteriormente em unidades de negcios e, finalmente, em nvel funcional.

    Formas de Entender a Estratgia - A estratgia no deve ser entendida como um termo nico e acabado,ou seja, com uma colocao definitiva.

    importante ter conhecimento do contexto empresarial para que o uso do termo Estratgia possa sermelhor compreendido e consequentemente aplicado.

    Estratgia como Plano - A estratgia adotada como plano, significa que existe um caminho a serconscientemente seguido.

  • 5/21/2018 Gest o de Processos

    5/48

    Estratgia como Pretexto - significa uma manobra intencional para enganar um oponente ou competidor. uma estratgia do tipo deliberada.

    Estratgia como Padro - a ocorrida, encontrada ou realizada independente dela ter sido pretendida ouno. Esta estratgia, portanto possui um comportamento ocorrido emergente.

    Estratgia como Posio - aquela que interage ou faz a mediao entre a empresa e o ambiente. Umconjunto entre organizaes e meio, isto , um conjunto entre o contexto interno e externo.

    Estratgia como Perspectiva - um modo muito particular de viso do mundo. Esta concepo de mundo,ou seja, esta forma de enxergar as coisas est presente no interior da organizao.

    Formulao Estratgica - A essncia da formulao da estratgia lidar com a concorrncia.

    EM TODAS AS O