Indicadores Desempenho

of 53 /53
CONSTRUINDO INDICADORES DE DESEMPENHO LOGÍSTICO Hidelbrando Ferreira Rodrigues

Embed Size (px)

description

Indicadores de desempenho logístico

Transcript of Indicadores Desempenho

Diapositiva 1

CONSTRUINDO INDICADORES DE DESEMPENHO LOGSTICOHidelbrando Ferreira RodriguesA anlise do desempenho logstico uma prioridadeIntroduoO servio logstico ao cliente uma parte da oferta total do servio da empresa e pode ser aproveitado para:3IntroduoUma das reas mais difceis da seleo medida de desempenho consiste no desenvolvimento de sistemas de medio de desempenho. A grande questo :4Na busca por competitividade, quais os indicadores de desempenho devem ser adotados para medir o desempenho organizacional?DefiniesA seguir temos a comparao das diferentes critrios de mtricas individuais mencionados na literatura

Tabela 1: Definies de indicadores de desempenho

Autor-AnoDescrio(MELNYK; STEWART; SWINK, 2004)Mediada verificvel, determinada em termos quantitativos ou qualitativos e definida em relao a um ponto de referncia.(TANGEN, 2004)(NEELY, GREGORY; PLATES, 1995)Uma medida de desempenho definida como uma mtrica utilizada para quantificar a eficincia e eficcia de uma aoAutor-AnoDescrio(FRANCESCHINI et al, 2008)Ferramenta que operacionaliza uma representao-alvo, dado um certo contexto.(BHM, LEONE; HENNING, 2007)Cada mtrica definida como um mtodo para avaliar um Atributo de Desempenho particular de uma Entidade (uma empresa, processo ou cadeia de suprimento).Tabela 1: Definies de indicadores de desempenho

A seguir, as mtricas propostas por Caplice e Sheffi (1994)ValidadeEsta mtrica capta com preciso os eventos e atividades que esto sendo medidos e controla quaisquer fatores exgenos.RobustezEsta mtrica interpretada da mesma forma pelos usurios, comparvel ao longo do tempo, localizao, organizaes e replicvel.UtilidadeA mtrica facilmente compreendida pelos tomadores de deciso e fornece um guia para a ao a ser tomada.IntegraoA mtrica inclui todos os aspectos relevantes do processo e promove a coordenao entre as funes e divises.EconomicidadeA vantagem de usar a mtrica supera o custo da coleta de dados, anlise e relatrios.CompatibilidadeA mtrica compatvel com as informaes existentes, material e fluxo de caixa e sistema da empresa.Nvel de detalheA mtrica fornece um suficiente grau de granularidade ou agregao para o utilizador.Robustez de comportamentoOs incentivos para mtricas minimizam atos contraproducentes ou game-playing e apresentada de uma forma til.Tabela 2: Mtricas de desempenho individuais propostas por Caplice e Sheffi (1994)Mtodos para seleo de indicadores de desempenhoSeleo de IndicadoresPara De Paula (2012), o primeiro desafio a definio de indicadores que possam representar o resultado das operaes e, principalmente, na seleo de indicadores inteligveis aos envolvidos no processo de avaliao de desempenhoSeleo de IndicadoresPara Staudt (op. cit.) os trs objetivos principais do desenvolvimento e da implementao de sistemas de avaliao de desempenho incluemO monitoramento das medidas acompanha o desempenho histrico do sistema para que a gerncia e os clientes sejam mantidos informadosAs medidas de controle acompanham continuamente o desempenho e so utilizadas para aprimorar um processo de modo a coloc-lo em conformidade quando excede padres de controleAs medidas de direcionamento so projetadas para motivar o pessoal como: por exemplo, prticas de pagamento de adicionais de por produtividade. Indicadores selecionados devem representar as dimenses reais de um processo, sem omisses ou redundncias.

Em seu estudo, Franceschini (2008) apresenta uma srie terminologias bsicas, apresentadas a seguir:

Seleo de IndicadoresSeleo de IndicadoresSingularidadeIndicadores e conjuntos de indicadores SingularidadeIndicadores objetivos e subjetivos Indicadores bsicos e derivados Estado de um processoPropriedades dos IndicadoresAinda segundo o estudo de Franceschini et al (2008), um conjunto de indicadores uma forma de representar um processo ou uma parte delePropriedades dos IndicadoresIndicadores selecionados devem representar as dimenses reais de um processo, sem omisses ou redundnciasPropriedades dos Indicadores"Exaustividade" e "no redundncia", so discutidas a seguir, sendo condies necessrias, mas no suficientes para esta finalidade

Propriedades do conjunto de indicadores

Propriedades dos indicadores derivadosPropriedades Gerais

Propriedades Gerais

Propriedades Acessrias

Identificao do processoIdentificao das representao-alvoAs representaes-alvo cumprem as propriedades acessrias?Correo das representao-alvoDefinio preliminar dos indicadoresChecar consistncia com a as representaes-alvo para cada indicadorChecar exaustividades e no redundnciaTestar as propriedades gerais restantesChecar as propriedades derivadas dos indicadoresOs indicadores cumprem as propriedades?Correo ou redefinio de indicadoresValidao dos indicadoresNoSimNoSimFigura 1: Procedimento para definio de indicadoresIndicadores integrativosA seguir apresentada a associao de indicadores de desempenho a partir da reviso feita por Studt (2012)Indicadores integrativosSegunda a autora esta associao pode ser realizada de forma quantitativa, qualitativa ou combinao de mtodos

Tereza, Bornia e Very (2010) apresentaram trabalhos que utilizaram ferramentas quantitativas para expressar relacionamento entre fatores e medidas de desempenho, entre elas esto os mapas cognitivos, diagramas de causa e efeito, diagrama de rvore e a tcnica do Processo Analtico HierrquicoZago et al. (op. cit.) utilizou de indicadores pautados nas perspectivas da metodologia do Balanced Scorecard - BSC, que avalia os escopos organizacionais financeiros dos clientes, dos processos internos e do aprendizado e crescimento, conforme pode ser observado na figura, a seguir.Perspectiva financeiraCusto por unidade retornadaCusto de transporte e inventrioCusto da logstica despachadaCusto do valor agregado nos processos logsticosPerspectiva internaProdutividadeNmero de acidentesExatido nos prognsticosPerspectiva do aprendizadoTempo de resposta as mudanas exigidas pelos clientesNmero de empregados treinados diariamenteProgresso em direo aos objetivos de melhoriaPerspectiva do clienteTaxa de satisfao das normasTempo de ciclo das normasSatisfao total dos clientesFigura 2: Adaptado de RIVADENEIRA (2007)Na a seguir, algumas ferramentas matemticasAutoresFerramenta utilizadarea de MensuraoSetorJiang, Chen & Zang (2009)DEMATEL e ANPDesenvolvimento logstico na cadeia de suprimentoManufaturaFugate, Mentzer & Stank (2010)SEMDesempenho logstico em empresasManufaturaRoss & Droge (2002)DEADesempenho do centro de DistribuioManufaturaJohnson & MacGinnis (2010)DEAEficincia tcnica global de armaznsDiversosSohn, Han &Jeon (2007)SEMCapacidade de assistncia Logstica da Fora Area CoreanaMilitarLuo & Liu (2010)FAHPAgricultural Products Distribution Center PeformanceAlimentosCaglianoet al. (2011)Sistemas DinmicosGerenciamento de ArmaznsVarejoKassali (2007)Anlise de RegressoEficincia operacional da armazenagem de cebolaAlimentosDotoli (2009)Modelo UML e software ARENADesempenho de um CD automatizadoVesturioDe Koster & Balk (2008)DEAComparao operacional de CDs Europeus na HolandaDiversosFigura 3: As ferramentas matemticas utilizadas na avaliao de desempenhoO modelo UMltem o objetivo de reproduzir o comportamento de processo analisado levando em consideraes eventos operacionais (por exemplo, em um armazm, em um armazm as atividades de chegada de produtos, desconsolidao, carregamento, etc). O modelo UMlUtiliza-se o diagrama de classe para descrever os tipos de objetos no processo analisado e as diversas relaes estticas entre eles. Assim, o modelo UML unifica o formalismo da modelagem utilizando diagramas efeitos que podem ser facilmente traduzidos em um software de simulao.O modelo de sistemas dinmicos (SD) uma abordagem de simulao e modelagem baseada em computador que auxilia na soluo de problemas complexos. O modelo de sistemas dinmicos (SD)Os SD permitem desenvolver um sistema de variveis causalmente relacionadas, definindo as relaes matemticas entre elas e instruindo um computador para realizar um esforo computacional para solucionar um grupo de equaes diferenciais.O modelo de sistemas dinmicos (SD)Como um procedimento de modelagem quantitativa, os SD permitem a explicao de fatores de desempenho ao capturar os processos reais e os problemas enfrentados pelos gerentes na tomada de decises.O mtodo ANP um processo de relaes analticas desenvolvidas por Saaty (2004). Este mtodo de suporte a deciso baseado na AHP elimina a limitao, assumida pelo AHP, de que os elementos do sistema no podem ser correlacionados nem influenciados por relao hierrquica..O mtodo DEMATEL (mtodo laboratorial de avaliao e tentativa de tomada de deciso) foi introduzido pelo Instituto IBM, em um projeto de pesquisa, para a soluo de problemas complicados. O mtodo DEMATEL O DEMATEL rene conhecimento coletivo a fim de capturar as relaes causais entre critrios estratgicos. O modelo especialmente prtico e til para visualizar a estrutura de relaes causais complicados por meio de matrizes e dgrafos.O mtodo DEA (Data Envelopment Analysis Anlise Envoltria de Dados). O DEA largamente utilizado em aplicaes de mensurao de eficincia. O mtodo DEA avalia a eficincia (entrada sobre sadas) de diversas unidades produtivas a fim de identificar o melhor desempenho e traar uma fronteira de eficincia.. O mtodo DEA (Data Envelopment Analysis Anlise Envoltria de Dados). A partir da fronteira de eficincia, as empresas analisadas podem avaliar os pontos que precisam melhorar para atingir a excelncia. Existem os modelos DEA que so considerados clssicos: o CCR (retornos constantes de escala) e o BCC (retornos crescentes e decrescentes)O mtodo PPSO PPS Conjunto de Possibilidades de Produo, que representa todas as combinaes de entradas de entradas e sadas que realmente podem ser alcanadas. A construo da PPS baseada em diversas suposies, algumas das quais so de certa forma fracas, ainda que aceitas por dcadas. Anlise MultivariadaCorresponde a um grande nmero de mtodos e tcnicas que utilizam simultaneamente todas as variveis na interpretao terica do conjunto de dados obtidos. A principal vantagem das tcnicas multivariadas a sua habilidade em acomodar mltiplas variveis em uma tentativa de compreender as relaes complexas no possveis com os mtodos univariados e bivariadosO mtodo FuzzyJ a modelagem fuzzy baseada na ideia de encontrar um grupo de relaes locais entre entradas e sadas que possam descrever um processo. Espera-se que a modelagem fuzzy possa expressar um processo no linear melhor que o mtodo ordinrio. ITermos usados na pesquisaNmero de artigos1avaliao, desempenho4.2512indicadores, desempenho1.2313avaliao, indicadores, desempenho7034avaliao, desempenho, logstico495avaliao, desempenho, logstica1526indicadores, desempenho, logstica877indicadores, desempenho, logstico33Tabela 3: Nmero de artigos recuperados no Portal Capes segundo os termos pesquisados Oportunidade de PesquisaPesquisa ao tema a partir de uma perspectiva taxonmica, atualizando as caractersticas e atributos necessrios aos indicadores de desempenho logsticosVerificar quais fatores influenciam o nvel de sofisticao dos sistemas de mensurao de desempenho empregados;Oportunidade de PesquisaAplicao de indicadores do setor de servios;Foram poucos os trabalhos encontrados que utilizam em sua mtrica a perspectiva ambiental. Muito obrigado