Informativo Simov nº7

Click here to load reader

  • date post

    17-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    220
  • download

    0

Embed Size (px)

description

Confira as principais notícias do setor moveleiro

Transcript of Informativo Simov nº7

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    NOTCIAS_________________ SISTEMA FIEP VENCE DUAS CATEGORIAS DO PRMIO OZIRES SILVA Solenidade de premiao aconteceu na quarta-feira (20), em Curitiba. Movimento Ns Podemos Paran, do Sesi, e projeto Os Especialistas, do Senai, foram vencedores O projeto Os Especialistas, desenvolvido pelo Senai Paran para divulgar reas de atuao industriais pelas quais os jovens possam se interessar, foi o vencedor da sexta edio do Prmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentvel, na categoria Empreendedorismo Educacional, modalidade mdia e grande empresa. O Sesi Paran tambm conquistou o Prmio, na categoria Empreendedorismo Social, mdia e grande empresa, com o Movimento Ns Podemos Paran. A premiao aconteceu na noite dessa quarta-feira (20), no Palcio Garibaldi, em Curitiba, em cerimnia que contou com a presena de Ozires Silva, incentivador do prmio. Essa premiao um reconhecimento que valoriza as aes articuladas pelo Sistema Fiep, que contribuem para o desenvolvimento do Paran, destacou o presidente da Federao das Indstrias do Estado do Paran Fiep, Edson Campagnolo, durante o evento. Conhea os projetos: O projeto do Senai Os Especialistas consiste em cursos de iniciao profissional, direcionados para incentivar os estudantes a aprofundarem seus estudos nas reas de alimentos, automotiva, construo, mecnica, e txtil e vesturio. Criado em 2011, oferta cinco cursos gratuitos para jovens a partir de 14 anos, independente do nvel de escolaridade. Esse prmio e a participao do Senai com vrios trabalhos, sinalizam que estamos no caminho certo e mostram a aderncia que esses projetos tm junto sociedade, ao meio ambiente e indstria, disse o diretor regional do Senai no Paran, Marco Secco. Ao todo, o Senai foi classificado com oito projetos para concorrer premiao, sendo que destes, quatro foram desenvolvidos em parceria com a indstria. O Movimento Ns Podemos Paran, articulado pelo Sesi, oferta tecnologia social de transformao e mobilizao que congrega, desde 2006, os trs setores da sociedade para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milnio (ODM) no Estado. Os ODM foram definidos em 2000, na ONU, quando lderes de 189 pases assinaram um pacto para eliminar a fome e extrema misria at 2015. O Prmio Ozires Silva visa divulgar aes voltadas sustentabilidade. organizado pela Isae/FGV e Grupo GRPCOM, em parceria com o Sebrae e a Itaipu Binacional. Fonte: Fiep

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    NOTCIAS_________________

    INDSTRIA PARANAENSE REGISTRA MAIOR FATURAMENTO DA HISTRIA EM 2012 Pesquisa da Fiep revela que vendas industriais do Estado cresceram pelo terceiro ano consecutivo, superando o desempenho de 2011 em 2,27% A indstria paranaense fechou 2012 com crescimento de 2,27% em suas vendas em relao a 2011, revela levantamento divulgado nesta quarta-feira (20) pela Federao das Indstrias do Paran (Fiep). O resultado, somado ao aumento de 2,89% no nvel de emprego do segmento, coloca o ano passado como o de melhor desempenho da indstria do Estado desde 1986, quando o Departamento Econmico da Fiep iniciou o processo de avaliao da conjuntura industrial. Acesse a ntegra do relatrio O resultado positivo em 2012 foi possvel mesmo com a queda, tpica para essa poca do ano, de -9,47% nas vendas em dezembro, em comparao com novembro. No ltimo ms do ano, 16 dos 18 gneros pesquisados pela Fiep tiveram desempenho negativo. As redues atingiram inclusive dois dos trs setores de maior participao relativa no faturamento da indstria paranaense: Alimentos e Bebidas (?10,27%) e Veculos Automotores (?8,27%). Juntos com o setor de Petrleo e Produo de lcool que cresceu 6,11% em dezembro , esses gneros representam cerca de trs quartos do peso mdio na composio das vendas do Estado. J no acumulado do ano, a Fiep aponta crescimento nas vendas de 12 dos 18 gneros analisados. Os itens que mais se destacaram em 2012 foram Material Eletrnico e de Comunicaes (+22,84%), Txteis (+20,54%) e Vesturio (+18,29%). Alm disso, o setor de Veculos Automotores, com aumento de 15,96% em suas vendas no ano, foi o que teve maior contribuio proporcional para o desempenho positivo acumulado no ano por toda a indstria paranaense. Por outro lado, os gneros com maiores decrscimos foram Edio e Impresso (-23,44%), Metalrgica Bsica (-17,28%) e Mveis e Indstrias Diversas (-15,68%). Com o resultado positivo de 2012, a indstria paranaense acumula trs anos consecutivos de crescimento, justificado principalmente pelas boas safras agrcolas registradas no Paran e pelo crescimento da economia nacional. Esse ritmo de expanso das vendas foi registrado anteriormente em outros dois perodos da srie histrica da Fiep: entre 1999 e 2001 e entre 2005 e 2007. Em apenas um perodo, entre 1992 e 1997, registrou-se um crescimento consecutivo superior a trs anos. Esses resultados mostram que a indstria do Paran, apesar de todas as dificuldades que encontra, continua com um crescimento consistente e contribuindo de maneira significativa para o desenvolvimento econmico e social do Estado, afirma o presidente da Fiep, Edson Campagnolo.

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    NOTCIAS_________________

    Mas para que no apenas a indstria paranaense, mas tambm a nacional, continuem em crescimento, Campagnolo cobra a adoo de medidas definitivas que aumentem a competitividade da produo brasileira. Dificilmente continuaremos tendo nveis elevados de crescimento, neste ou nos prximos anos, se no solucionarmos muitos dos entraves que atrapalham o setor produtivo brasileiro, diz o presidente da Fiep. O governo federal tem agido de maneira pontual para atacar alguns dos problemas, mas o Pas precisa encarar de frente as reformas necessrias para destravar seu desenvolvimento, como a Tributria e Fiscal, a Poltica, a Previdenciria e aTrabalhista, alm de tornar permanentes e consistentes os investimentos em infraestrutura e educao de qualidade, entre outros pontos, acrescenta. Destino das vendas Os resultados da pesquisa da Fiep mostram que, em 2012, as vendas da indstria paranaense para outros estados do Pas cresceram 8,60%, enquanto os negcios dentro do prprio Estado e com o exterior caram -2,64% e -2,77%, respectivamente. Esse resultado fez com que a dinmica intrnseca da economia estadual, cujo desempenho nos ltimos anos vinha se demonstrando superior mdia nacional e com vendas para o prprio Estado crescendo em participao relativa, comeasse a manifestar inverso dessa tendncia, explica o coordenador do Departamento Econmico da Fiep, Maurlio Schmitt. No acumulado do ano, as vendas para outros estados responderam por 43,90% do faturamento da indstria paranaese, enquanto os negcios dentro do prprio Estado responderam por 39,62%, Schmitt ressalta ainda que, no ano passado, as exportaes atingiram o menor ndice de participao relativa nas vendas da indstria paranaense desde 1999. Em 2012, apenas 16,48% dos produtos industrializados do Estado foram vendidos para outros pases. Neste 2012, a cotao mdia do dlar, de R$1,96, apesar da desvalorizao do Real em relao a 2011, quando era cotado a R$1,68, no foi suficente e continuou a inviabilizar as exportaes de produtos industrializados, diz o economista. Por outro lado, as aquisies de insumos pela indstria do Paran mostraram resultados positivos para compras no Paran (+2,19%) e no exterior (+3,89%), e negativos para as de outros estados do Pas (-0,04%). Os resultados acumulados em 2012 mostram ainda resultados positivos nas compras de insumos para 11 dos 18 gneros pesquisados. Nvel de emprego Em relao ao nvel de emprego na indstria paranaense em 2012, houve um aumento de 2,89% no pessoal empregado total e de 2,60% no pessoal empregado na produo. Com este aumento, 2012 se transformou tambm no ano de maior nvel de emprego da indstria paranaense, superando 2010 em 3,38%. Fonte: Fiep

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    NOTCIAS_________________

    BRAZILIAN FURNITURE EXPORTA US$ 69 MILHES PARA NOVE MERCADOS-ALVO Criado para aumentar as exportaes brasileiras de mveis, o projeto Brazilian Furniture beneficia os principais polos moveleiros do pas focando suas aes no mercado internacional O objetivo proporcionar maior valor agregado ao produto final, alm de valorizar a matria-prima brasileira. Em 2012, Estados Unidos, Peru e Angola apresentaram crescimento nas compras de mveis em relao ao ano anterior, com o Mxico sendo destaque. Enquanto as exportaes totais de mveis brasileiros para o pas recuaram em 14% no perodo, as empresas integrantes do projeto aumentaram em 43% as vendas para o mercado mexicano. Este resultado comprova a eficincia do modelo que adotamos para dar maior visibilidade indstria brasileira de mveis nos principais mercados internacionais, com base na preparao das empresas e participao em eventos setoriais no exterior, comenta Adriana Katekawa, responsvel pela rea de Inteligncia Comercial do Projeto. Nos Estados Unidos, o mercado cresceu 8%, atingindo a marca de US$ 78 milhes. De acordo com Adriana, o nmero sinaliza uma gradual recuperao das vendas brasileiras para esse importante mercado que est se recuperando de uma crise econmica. Alm disso, outro aumento significativo foi registrado nas vendas para o Peru, que saltaram de US$ 21,5 milhes em 2011 para US$ 27,4 milhes. As vendas para a Angola tambm subiram 13%, atingindo US$ 52,9 milhes em 2012. De maneira geral, o setor cresceu 7,2% no ano passado, em comparao com o ano anterior, alcanando a marca de US$ 208 milhes. Por sua vez, as exportaes das empresas integrantes do Projeto Brazilian Furniture para os mercados-alvo apresentaram uma crescimento de 7,5 no acumulado de 2010 a 2012. A representao no projeto acontece atravs de associaes ou sindicatos dos estados responsveis por mais de 85% dos mveis produzidos no pas e exportados. Alm de Mxico, Estados Unidos, Peru e Angola, tambm integram a relao de mercados-alvo Chile, Colmbia, Emirados rabes Unidos, Rssia e frica do Sul. Fonte: eMobile

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    NOTCIAS_________________

    CRCULO DE DILOGO DEBATE OS OBJETIVOS DO MILNIO E DEFINE TEMAS PARA RELATRIO DA ONU Evento foi organizado pelo Movimento Ns Podemos Paran, articulado pelo Sesi-PR, em parceria com o Sistema Organizaes das Naes Unidas (ONU) Educao, sade e combate corrupo. Estes foram os temas escolhidos durante o Crculo de Dilogo realizado hoje (21) para debater os Objetivos de Desenvolvimento do Milnio (ODM) ps-2015, em Curitiba. O evento foi organizado pelo Movimento Ns Podemos Paran, articulado pelo Sesi-PR, em parceria com o Sistema Organizaes das Naes Unidas (ONU), faz parte de uma consulta pblica promovida em 56 pases pela ONU. Os temas escolhidos durante o Crculo de Dilogo iro compor o relatrio da ONU para a definio de uma agenda de desenvolvimento ps-2015. Em 2000, os ODM foram definidos em um painel de alto nvel, em uma reunio de Cpula da ONU. Neste debate ps-2015, o objetivo realizar uma consulta aberta e pblica que envolva todos os segmentos da sociedade, destacou o coordenador nacional da consulta ps-2015 do Sistema ONU Brasil, Flvio Ribeiro. Participaram do Crculo de Dilogo cerca de 100 pessoas representando os trs setores da sociedade e de vrios municpios do Paran. O Movimento Ns Podemos Paran conseguiu alcanar sucesso nas aes porque alm do Sesi, tivemos o envolvimento de toda a sociedade paranaense. Agora precisamos construir a viso deste trabalho ps-2015, pois at l, j sabemos o que precisa ser feito, destacou o presidente do Sistema Fiep, Edson Campagnolo. Segundo o coordenador do Movimento Ns Podemos Campos Gerais, Nelson Canabarro, a consulta ps-2015 importante para definir as necessidades locais. Em 2000, recebemos um pacote pronto. Agora a nossa oportunidade de definir o que precisamos na nossa comunidade, disse ele. A Fiep conseguiu reunir neste evento empresas, escolas, ONGs, representantes do poder pblico. esta diversidade e a troca de experincias entre estas organizaes que fez a diferena para a escolha dos temas e definio das aes, destacou a relaes pblicas da Petrobras, Juliana Tkatch. A consulta pblica tambm est disponvel no site http://www.myworld2015.org e encerrar no dia 28 de fevereiro. Fonte: Fiep

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    NOTCIAS_________________

    FEIRA INTERNACIONAL DE MVEIS DE CINGAPURA ATRAI NOVOS EXPOSITORES Entre os dias 09 e 12 de maro, Cingapura ir receber sua tradicional Feira Internacional de Mveis (IFFS), o Asean Furniture Show (AFS), o Dcor Show 2013 e o Hospitality Show 2013 Juntos, os eventos esperam impressionar os visitantes com uma grande variedade de expositores. Afinal, alm das asiticas, diversas empresas de todo mundo faro sua primeira participao na feira. Entre os nomes j conhecidos, esto: Archipelago (Cingapura), Ashley Furniture Industries (Estados Unidos), D-Bodhi (Cingapura), Eurosa Furniture (Cingapura), Halo (Hong Kong), Hangzhou Fuerni Art Craft (China), Jati & Kebon (Blgica), Kenas Home (China), Koda Ltd (Cingapura), Master Sofa (Malsia), Ningbo Mengying (China), Ningbo Qifa (China), PR Interiors (Blgica) e White Feathers (Malsia). De acordo com o presidente da Ashley Furniture Industries, Chuck Spang, a sia se mantm uma regio de oportunidades para negcios e a IFFS est bem posicionada na rea moveleira. Com nossa participao, a companhia procura encontrar negociadores independentes de todo o mundo, ampliando nossa base de consumidores na sia, afirma. Ele ainda complementa que a IFFS foi escolhida porque os prprios clientes demonstraram uma preferncia pelo que mostrado em Cingapura. Nossos investimentos para a sia esto concentrados aqui e estamos confiantes nessa estratgia, garante Spang. Na edio de 2012 do evento, a feira recebeu mais de 20 mil visitantes entre desenvolvedores, arquitetos, designers, compradores, varejistas, fabricantes e hoteleiros. No total, compareceram 512 exibidores de 26 pases. Para esse ano, a feira tem um espao reservado de 60 mil m, com uma rea exclusiva para mveis de vanguarda, conceitos inovadores, designers emergentes e peas premiadas. Chamado D'Space, ele procura atender a demanda dos visitantes por projetos originais. Alm disso, o evento ser acompanhado por uma conferncia que proporciona aos visitantes a oportunidade de aprender, conhecer parceiros de negcios e compartilhar informaes. Este ano, foram selecionados projetos no segmento de luxo, que recebero destaque durante o evento. Fonte: eMobile

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    NOTCIAS_________________

    GOVERNO POLONS PARTICIPA DA FIMMA BRASIL 2013 Em 2013, a Feira Internacional de Mquinas, Matrias-primas e Acessrios para a Indstria Moveleira - FIMMA Brasil contar, pela primeira vez, com um estande subsidiado pelo governo da Polnia O espao ser dividido entre vrias empresas interessadas em prospectar oportunidades de parceira com o segmento de madeira e mveis. As pesquisas e coleta de informaes que levaram o grupo polons a escolher a FIMMA Brasil para essa ao de fomento ao desenvolvimento comercial mais uma prova de sua condio de relevncia perante a cadeia produtiva do segmento em mbito mundial e, especialmente, assertividade na promoo de negcios para os participantes, avalia o diretor de comercializao do evento, Juarez Jos Piva. A participao da delegao polonesa na FIMMA uma das aes estratgicas que visa a promover o desenvolvimento das empresas daquele pas em diversos setores da economia. Depois, a comitiva preanece no Brasil marcando presena em outras sete feiras, de diferentes segmentos, no decorrer deste ano. FIMMA Brasil 2013 Feira Internacional de Mquinas, Matrias-Primas e Acessrios para a Indstria Moveleira Perodo: 18 a 22 de maro Local: Parque de Eventos de Bento Gonalves (RS) Horrio: 10 s 18 horas Promoo: Associao das Indstrias de Mveis do Estado do Rio Grande do Sul (MOVERGS) Informaes: www.fimma.com.br Fonte: eMobile

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    DESTAQUE_________________

    CONTRIBUIO SINDICAL EMPRESARIAL O Simov tambm est nessa campanha! Fazer a contribuio sindical empresarial investir no crescimento da sua empresa e passar a contar com todo o suporte que voc precisa para identificar oportunidades, fortalecer seu negcio e conquistar seus objetivos. Informaes e emisso da guia: http://www.fiepr.org.br/contribuicaosindical

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    INFORMAES JURDICAS___ Clique e Confira

    RESUMO DIRIO OFICIAL DA UNIO Informativo elaborado pelo Departamento de Assuntos Legislativos da FIEP, n07 de fevereiro de 2013. Resumo do Dirio Oficial da Unio e do Estado.

    NOTCIAS LEGISLATIVAS FEDERAIS E ESTADUAIS Informativo elaborado pelo Departamento de Assuntos Legislativos da FIEP, n08 de fevereiro de 2013.

    NOVOS PROJETOS DE LEI Elaborado pelo Departamento de Assuntos Legislativos da FIEP, n 02 de fevereiro de 2013.

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    OPORTUNIDADE___________

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    OPORTUNIDADE___________

    Confira a nova edio da revista RG Mvel Indstria e Marcenaria

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    OPORTUNIDADE___________

    Confira a nova edio da revista Lush Arquitetura e Decorao

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    OPORTUNIDADE___________

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    OPORTUNIDADE___________

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    OPORTUNIDADE___________

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    OPORTUNIDADE___________

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    OPORTUNIDADE___________

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    OPORTUNIDADE___________

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    OPORTUNIDADE___________

    VENDA - SECCIONADORA Venda de mquina Seccionadora Fit 2.9 em estado de nova. Apenas cinco anos de uso em fbrica de baixo volume. Valor: R$ 25.000,00 Contato: Miguel Angelo Porfirio Virmond Mveis Fone: (41) 3621-3301 Fax: (41) 3621-3604

  • Sindicato da Indstria do Mobilirio e Marcenaria do Estado do Paran

    Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel Curitiba PR CEP 80240-000

    Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I [email protected]

    Clique aqui para acessar nossa pgina no Facebook. Curta nossa pgina!

    Clique aqui para acessar nosso perfil no Twitter. Siga @simovpr!