Instrução: - tjrs.jus.br  · Web viewII - A correspondência em questão pode estar sendo...

of 22/22
ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DO CARGO DE OFICIAL AJUDANTE Nome: N o de Inscrição: Instruções Verifique se este caderno contém 68 questões. Caso contrário, solicite ao fiscal da sala outro caderno completo. Não serão aceitas reclamações posteriores. Leia cuidadosamente cada uma das questões, escolha a resposta certa (A, B, C, D ou E) e assinale-a à tinta na folha de respostas. Para cada questão existe apenas uma resposta certa. Responda a todas as questões. Os candidatos não poderão efetuar qualquer tipo de consulta. Iniciada a prova, os candidatos não poderão mais fazer perguntas. Qualquer DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS. PROIBIDA A REPRODUÇÃO, AINDA QUE PARCIAL, SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA.
  • date post

    16-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    212
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Instrução: - tjrs.jus.br  · Web viewII - A correspondência em questão pode estar sendo...

Instruo:

PAGE

Instruo:Leia o texto abaixo para responder s questes de nmeros 01 a 06.

O mundo encolheu. Desde que descobrimos o significado e o prazer da ambio, tentamos diminuir o mundo: encurtando as distncias ou aumentando nossa velocidade de deslocamento, abraamos regies cada vez maiores ou chegamos cada vez mais longe. De Roma at a Internet, passando pelas grandes navegaes, usamos a tecnologia e a informao para envolver e conquistar o mundo conhecido. Somos globalizadores.

O leve roar dos meus dedos no teclado do computador coloca-me instantaneamente em contato com o mundo, paga minhas contas, deixa-me informado. Viajar, comprar, vender, fofocar, transar, aprender sem sair de casa! Adoro a globalizao. Quem no adora?

Eu posso ter e fazer o que desejar. Para isso, s preciso de um moderno computador, uma linha telefnica, domnio da lngua inglesa, uma razovel conta bancria, tempo livre e cara-de-pau. Ou seja, para participar do jogo, devo ser a minoria da minoria populacional, pois pertencemos .......... dois mundos: um globalizado, tecnolgico e virtual e o outro fragmentado, atrasado e real.

Nos ltimos anos, com a modernizao das relaes de produo e de trabalho e com a expanso da economia virtual, alguns segmentos socioeconmicos nos pases desenvolvidos e em desenvolvimento cresceram e lucraram, gerando a onda de desemprego que varreu a praia da velha economia. Hoje, as pessoas saem .......... ruas para exigir empregos e mudanas. Protestam contra uma realidade pontuada por avanos tecnolgicos e pela valorizao cada vez maior da capacidade intelectual, contra aquilo que aparentemente surgiu para melhorar nossas vidas, contra o inevitvel.

Paradoxo? No. que o mundo de hoje lembra muito o dos Jetsons (o premonitrio desenho animado), porm com algumas diferenas: o mundo deles bem mais despovoado, o rob-empregada chora, as pessoas esto adaptadas .......... tecnologia, no trabalham como ns, vivem nas nuvens e no sabem o que pobreza.

Essa a questo; a globalizao no boa nem ruim. Se a tecnologia fluida, flexvel e dinmica e o homem inercial, uma fase de transio e adaptao seria necessria para prepar-lo. Isso no aconteceu, vieram o choque modernizador e a triste concluso: como o admirvel mundo novo e o admirvel homem velho so incompatveis, algum deve ser excludo. o progresso.

(Adaptado de O mundo e a globalizao, de Mrcio Masatoshi Kondo. Folha de S. Paulo, dezembro de 2000)

01.Assinale a alternativa que preenche correta e respectivamente as lacunas das linhas 10, 14 e 20.

(A) ( s ( a

(B)a ( as (

(C) ( as ( a

(D)a ( s (

(E) ( as (

02.Assinale a assertiva correta.

(A)Conforme o autor, frente s novas transformaes tecnolgicas e sociais da contemporaneidade, o conformismo tem sido a atitude geral.

(B)Conforme o autor, o desejo humano de se expandir e ampliar as fronteiras geogrficas no exclusivo do sculo XX.

(C)No segundo e terceiro pargrafos, so descritos sentimentos e pensamentos exclusivos do autor.

(D)A referncia a vrias aes, inserida no segundo pargrafo, aponta para um sonho que a humanidade vai realizar possivelmente em um futuro prximo.

(E)Conforme o autor, a modernizao tecnolgica e a globalizao acarretaram problemas sociais devido no aceitao do progresso por pessoas com menor capacidade intelectual.

03.Um recurso freqente para dar maior fora argumentao a utilizao da linguagem figurada. Leia as seguintes passagens do texto.

I -O mundo encolheu (linha 01)

II -abraamos regies cada vez maiores (linhas 02-03)

III -gerando a onda de desemprego que varreu a praia da velha economia (linha 14)

IV - que o mundo de hoje lembra muito o dos Jetsons (o premonitrio desenho animado) (linha 18)

Em quais delas h emprego de linguagem figurada?

(A)Apenas em I e II

(B)Apenas em II e III

(C)Apenas em I, II e III

(D)Apenas em II, III e IV

(E)Em I, II, III e IV

04.As preposies De (linha 03), para (linha 04) e com (a primeira ocorrncia da linha 12) introduzem, respectivamente, idias de

(A)posse, movimento e causa.

(B)origem, finalidade e causa.

(C)origem, movimento e simultaneidade.

(D)posse, finalidade e simultaneidade.

(E)origem, finalidade e adio.

05.Qual dos segmentos abaixo, conforme seu uso no texto, completa simultaneamente duas formas verbais?

(A)o significado e o prazer da ambio (linha 01)

(B)nossa velocidade de deslocamento (linha 02)

(C)o mundo conhecido (linha 04)

(D)empregos e mudanas (linha 15)

(E)o admirvel mundo novo e o admirvel homem velho (linha 23)

06.Alm do radical glob-, a palavra globalizao (linha 07) tem outros elementos formadores. Leia a descrio de possveis elementos que dela fariam parte.

I -Um sufixo que geralmente forma adjetivos a partir de substantivos.

II -Um sufixo que geralmente forma verbos.

III -Um sufixo que geralmente forma substantivos derivados de verbos, denotando resultado da ao.

Quais desses elementos esto presentes na citada palavra?

(A)Apenas I

(B)Apenas III

(C)Apenas I e II

(D)Apenas II e III

(E)I, II e III

Instruo:Leia o texto abaixo para responder s questes de nmeros 07 a 13.

sempre tudo muito parecido: uma histria que ningum sabe exatamente de onde saiu passa de boca em boca e, em questo de horas, se tanto, com os devidos .........., vira verdade verdadeira. o boato, um dos mais .......... freqentadores de conversas, em toda parte e de todo tipo de gente. Costuma crescer feito bola de neve em situaes de tenso e ansiedade. Pode, no entanto, murchar como um balo furado assim que algum se d ao trabalho de conferir o rumor antes de pass-lo adiante, o que na verdade raramente acontece.

Mas o boateiro no uma pessoa diferente das demais. No h quem, com maior ou menor convico, no tenha sido cmplice da difuso de uma histria sem ter a menor idia se era verdadeira ou, o que ainda mais comum, sem se perguntar se o boato no teria sido plantado de propsito por algum interessado em beneficiar-se da circulao da notcia falsa. Passar adiante um boato, em suma, parece parte da condio humana. Alm disso, muitos boatos nascem de um mal-entendido. Algum tira uma concluso errada do que v ou escuta, confunde um gesto ou uma frase, e pronto, faz brotar uma inverdade que, levada s ltimas conseqncias, pode envenenar a reputao de pessoas inocentes.

.......... boatos que resistem, impvidos, aos mais contundentes golpes da realidade. Do mesmo modo que uma nota falsa s aceita se a falsificao for de boa qualidade (a menos que a pessoa seja muito desatenta ou desinformada), o boato, para circular com rapidez e desenvoltura, precisa ser verossmil, seja quanto ao contedo seja quanto fonte. Quem conta a histria deve estar em condies de responder de boca cheia pergunta "Como voc soube?" ou "Quem foi que contou?". Boato ideal, portanto, aquele que tem cara, cor e cheiro de verdade e ainda por cima tem aval de algum tido como uma pessoa que sabe das coisas. Esses so ingredientes indispensveis para quem pretenda cozinhar uma histria com a inteno de ganhar algo ao servi-la a qualquer que seja o pblico.

(Adaptado de Sabe da ltima?, de Luiz Weis e Maria Ins Zanchetta. Superinteressante, janeiro de 1989)

07. Assinale a alternativa que preenche correta e respectivamente as lacunas das linhas 02, 03 e 13.

(A)acrcimos assduos H

(B)acrcimos assiduos H

(C)acrscimos assiduos Existe

(D)acrscimos assduos H

(E) acrcimos assduos Existe

08.A terceira ocorrncia de vrgula da linha 17 tem a funo de

(A)isolar aposto.

(B)separar oraes coordenadas assindticas.

(C)isolar adjunto adverbial intercalado.

(D)isolar oraes intercaladas.

(E)separar itens de uma srie.

09.Considere as seguintes assertivas acerca da divulgao de boatos.

I -A tenso e a ansiedade com relao a algo favorecem a propagao de notcias annimas.

II -O hbito de divulgar boatos generalizado na espcie humana.

III -Todo boato deve ser proposital e envolver algum interesse especfico.

Quais delas esto de acordo com o texto?

(A)Apenas I

(B)Apenas II

(C)Apenas III

(D)Apenas I e II

(E)I, II e III

10.Quanto ao emprego de recursos de coeso no texto, incorreto afirmar que

(A)o pronome lo (linha 05) retoma o segmento o rumor (linha 05).

(B)a palavra demais (linha 06) deve ser lida como demais pessoas.

(C)o pronome que (linha 11) retoma uma inverdade (linha 11).

(D)Esses (linha 18) refere-se s caractersticas que devem ter os boatos, enumeradas na frase anterior.

(E)o pronome la (linha 19) retoma o segmento a inteno (linha 19).

11.Assinale a alternativa que preenche corretamente a lacuna da frase abaixo.

A substituio de .......... causaria mudana no significado da frase em que ocorre.

(A)no entanto (linha 04) por contudo

(B)em suma (linha 09) por em resumo

(C)Alm disso (linha 09) por Em funo disso

(D)Do mesmo modo que (linha 13) por Assim como

(E)portanto (linha 17) por ento

12.Caso a palavra Algum (linha 10) fosse substituda por As pessoas, quantas outras palavras do perodo deveriam sofrer ajuste obrigatrio para fins de concordncia?

(A)Duas

(B)Trs

(C)Quatro

(D)Cinco

(E)Seis

13.Assinale a alternativa que apresenta um sinnimo adequado para as palavras difuso (linha 07), contundentes (linha 13) e aval (linha 18).

(A)propagao incisivos garantia

(B)criao incisivos estigma

(C)criao eficazes garantia

(D)propagao eficazes estigma

(E)propagao incisivos estigma

14.Em um ofcio, o redator utiliza o pronome de tratamento Vossa Senhoria. Leia as assertivas abaixo, relativas a essa forma de tratamento.

I -Para evitar repeties, o redator poder dirigir-se diretamente ao destinatrio utilizando Sua Senhoria.

II -A correspondncia em questo pode estar sendo dirigida a um juiz de direito.

III -A expresso citada pode constar do texto, mas no da identificao do signatrio do ofcio.

Quais so corretas?

(A)Apenas I

(B)Apenas II

(C)Apenas III

(D)Apenas I e III

(E)I, II e III

15.A ementa ou assunto resumo do contedo de um documento pode, eventualmente, constar de todos os documentos oficiais abaixo, exceo de

(A)ata.

(B)edital.

(C)circular.

(D)ofcio.

(E)parecer.

16.Para se dirigir ao destinatrio de uma correspondncia oficial, o autor utilizou o pronome de tratamento Vossa Excelncia. Qual dos segmentos abaixo contm uma forma incorreta de se dirigir a esse destinatrio?

(A)Solicito-vos o especial favor de...

(B)Conforme Vossa Excelncia poder examinar...

(C)Encaminho-lhe, nesta oportunidade, ...

(D)Como so de sua alada as medidas...

(E) Passo a inform-lo sobre as mais recentes providncias...

17.Por ato abusivo e ilegal de autoridade pblica, um servidor civil foi preterido no seu direito promoo funcional. Para assegurar tal direito, a ser pleiteado judicialmente no prazo legal, poder valer-se de remdio constitucional, atravs de

(A)habeas corpus.

(B)mandado de injuno.

(C)habeas data.

(D)mandado de segurana.

(E)ao direta de inconstitucionalidade.

18.Segundo a Constituio Federal, a aposentadoria compulsria do servidor pblico

(A)ocorrer quando ele atingir a idade de 70 (setenta) anos, com proventos integrais, independentemente do tempo de contribuio.

(B)ocorrer quando ele atingir a idade de 70 (setenta) anos, com proventos proporcionais ao tempo de contribuio.

(C)ocorrer quando ele atingir a idade de 75 (setenta e cinco) anos, se contar com, no mnimo, 5 (cinco) anos de servio prestado iniciativa privada.

(D)ocorrer quando ele atingir a idade de 75 (setenta e cinco) anos, somente se for integrante do Poder Judicirio ou membro do Ministrio Pblico.

(E)ser regulamentada por lei complementar, ainda no editada.

19.A Constituio do Estado do Rio Grande do Sul garante ao servidor pblico estadual que for processado, civil ou criminalmente, em razo de ato praticado no exerccio regular de suas funes, o direito a

(A)assistncia judiciria pelo Estado.

(B)iseno das custas do processo.

(C)julgamento da ao, originariamente, pelo Tribunal de Justia do Estado.

(D)percepo de ajuda de custo, para pagamento das despesas do processo.

(E)reduo do horrio de trabalho, enquanto tramitar o processo.

20.Segundo a Constituio do Estado do Rio Grande do Sul, a lei que dispuser sobre os requisitos para a criao, extino e classificao de comarcas, estabelecendo critrios uniformes, no precisar levar em conta

(A)o nmero de habitantes.

(B)o movimento forense.

(C)o nmero de eleitores.

(D)a receita tributria.

(E)o nmero de advogados.

21.Sobre as vantagens, concesses e licenas dos servidores pblicos civis, de acordo com o Estatuto e Regime Jurdico nico dos Servidores Pblicos Civis do Estado do Rio Grande do Sul, assinale a assertiva incorreta.

(A)O servidor acidentado em servio ser licenciado com remunerao proporcional ao tempo de servio, at seu total restabelecimento.

(B)A ajuda de custo destina-se a compensar as despesas de instalao do servidor que, no interesse do servio, passe a ter exerccio em nova sede, com mudana de domiclio em carter permanente.

(C)A funo gratificada ser percebida pelo exerccio de chefia, assistncia ou assessoramento, cumulativamente ao vencimento do cargo de provimento efetivo.

(D)O pagamento de gratificao por servio noturno no se aplica quando o servio noturno corresponder ao horrio normal de trabalho.

(E)O servidor que, por um quinqnio ininterrupto, no se houver afastado do exerccio de suas funes ter direito concesso automtica de 3 (trs) meses de licena-prmio por assiduidade, com todas as vantagens do cargo, como se nele estivesse em exerccio.

22.Considere as assertivas abaixo.

I -A Corregedoria-Geral da Justia o rgo maior de inspeo e disciplina na primeira instncia e de planejamento da organizao e da administrao judiciria em primeira e segunda instncias.

II -Os oficiais ajudantes s gozam de f pblica quando em substituio ao escrivo e devidamente juramentados.

III -Os Juizados Especiais, mesmo quando atendidos por conciliadores e juzes leigos, integram o Poder Judicirio.

Quais so corretas de acordo com o que dispe o Cdigo de Organizao Judiciria do Estado do Rio Grande do Sul?

(A)Apenas I

(B)Apenas II

(C)Apenas III

(D)Apenas I e III

(E) I, II e III

23.Consoante o Cdigo de Organizao Judiciria do Estado do Rio Grande do Sul, gozam de f pblica, sendo denominados serventurios, os titulares de ofcios do foro judicial e extrajudicial, e ainda

(A)os atendentes judicirios.

(B)os comissrios de vigilncia.

(C)os depositrios judiciais.

(D)os oficiais de justia.

(E)os avaliadores judiciais.

24.Considerando o exerccio funcional do oficial ajudante, assinale a assertiva incorreta.

(A)O oficial ajudante dever residir na comarca onde for classificado e dela no poder se ausentar sem ser substitudo e sem licena do diretor do foro.

(B)Em caso de urgncia, o oficial ajudante obrigado a atender as partes a qualquer hora, ainda que fora dos auditrios e cartrios.

(C)Quando determinado pelo juiz, o oficial ajudante dever praticar os atos considerados indispensveis ressalva de direitos aos sbados, embora no haja expediente.

(D)No caso de negligncia, poder o oficial ajudante ser passvel de pena de advertncia escrita.

(E)A pena de demisso somente poder ser aplicada ao oficial ajudante por sentena judicial.

25.No que tange ao disciplinar dos servidores da Justia do Estado do Rio Grande do Sul, assinale a assertiva correta.

(A)As penas de multa, advertncia, censura e suspenso aplicadas ao servidor so automaticamente canceladas aps 10 (dez) anos, contados do trnsito em julgado, se o servidor no tiver praticado outra nova infrao disciplinar ou penal.

(B)O prazo de defesa do servidor, na sindicncia, de 10 (dez) dias.

(C)A ao disciplinar prescrever em 5 (cinco) anos quando a infrao for punvel com pena de demisso, no constituindo a falta crime ou contraveno.

(D)Das decises disciplinares do Corregedor-Geral da Justia caber recurso ao rgo Especial do Tribunal de Justia.

(E)Reincidncia em falta j punida com censura ensejar a demisso do servidor.

26.De acordo com a Consolidao Normativa Judicial, os candidatos aprovados em concursos do foro judicial e no nomeados por falta de vaga podero requerer nomeao para prover, na comarca do concurso ou em outra da mesma ou inferior entrncia, cargos vagos ou de outras classes funcionais, exceto na seguinte situao:

(A)escrivo, nomeao para distribuidor-contador, ou para oficial ajudante.

(B)distribuidor-contador, nomeao para escrivo, ou para oficial ajudante.

(C)oficial ajudante, nomeao para oficial escrevente.

(D)oficial de justia, nomeao para atendente judicirio.

(E)oficial escrevente, nomeao para auxiliar de servios gerais.

27.Assinale a alternativa cujas siglas preenchem correta e respectivamente as lacunas do texto abaixo.

Segundo a Consolidao Normativa Judicial, o valor das custas judiciais expresso por meio de mltiplos e submltiplos do padro denominado .........., que ser corrigida com base nos indicadores econmicos publicados .........., ou, na falta desses, pelo que for considerado o ndice oficial da inflao.

(A)URC ( pelo IEPE

(B)UFIR ( pelo DIEESE

(C)URV ( pelo IBGE

(D)UPC ( pela FEE

(E)URCE ( pelo PROCON

28.As despesas a que se obrigam os usurios, na remunerao dos notrios e registradores, quanto ao registro de fatos e atos jurdicos asseguradores de sua autenticidade e validade, denominam-se

(A)custas.

(B)honorrios.

(C)emolumentos.

(D)multas.

(E)taxas.

29.Um servidor pblico exigiu certa quantia para si, a fim de fornecer uma certido solicitada por determinado cidado. Incorreu ele em

(A)crime de peculato.

(B)crime de concusso.

(C)crime de prevaricao.

(D)crime de corrupo passiva.

(E)falta funcional punvel pelo Estatuto e Regime Jurdico nico dos Servidores Pblicos Civis do Estado do Rio Grande do Sul, mas no caracterizada como delito punvel pelo Cdigo Penal.

30.Sobre as provas, no processo criminal, correto afirmar que

(A) vlida a acareao entre acusados.

(B)no poder ser efetuada a oitiva de testemunha que no conhece a lngua nacional.

(C)s vlido o depoimento da testemunha se efetuado na presena do ru, salvo se a testemunha for ouvida em comarca diferente daquela onde se processa a ao criminal.

(D)a testemunha somente poder ser ouvida na sede do foro, no local de realizao das audincias.

(E)se o ru for surdo, ser dispensado do interrogatrio.

31.Sobre a priso do acusado, assinale a assertiva correta.

(A)A priso preventiva somente poder ser deferida pelo juiz at o recebimento da denncia.

(B)Se revogada a priso preventiva no correr da instruo criminal, o juiz no poder decret-la novamente.

(C)Em caso de priso em flagrante, na falta de escrivo, qualquer pessoa designada pela autoridade lavrar o auto, depois de prestado o compromisso legal.

(D)Se a infrao for inafianvel, a falta de exibio do mandado de priso obstar priso do acusado.

(E) No havendo autoridade no lugar em que se tiver efetuado a priso em flagrante, o preso dever ser imediatamente posto em liberdade.

32.Tecnicamente, entende-se por libelo

(A)a pea de defesa que o ru apresenta, aps o interrogatrio, contendo a enumerao das provas que pretende produzir.

(B)a pea articulada pelo Ministrio Pblico, no processo do jri, contendo a identificao do ru, a descrio, por artigos, do(s) fato(s) criminoso(s) e circunstncias, a capitulao legal e a indicao de medida de segurana aplicvel.

(C)a pea acusatria que o promotor apresenta, oralmente, frente aos jurados, no Tribunal do Jri, pedindo a condenao do ru.

(D)o recurso do Ministrio Pblico, ao Tribunal de Justia, em caso de o juiz impronunciar o ru no processo do jri.

(E)o pronunciamento acusatrio do Ministrio Pblico, perante o Tribunal ad quem, quando o ru, recorrente, na pea de apelao, manifesta desejar arrazoar na superior instncia.

33.Sobre matria recursal no processo criminal, considere as assertivas abaixo.

I -O prazo de apelao do Ministrio Pblico, no processo criminal comum, de 5 (cinco) dias.

II -O recurso criminal dever ser interposto necessariamente por petio, sendo vedado promov-lo por termo nos autos.

III -O protesto por novo jri pode ser interposto pela defesa ou pelo Ministrio Pblico, se a sentena condenatria for por tempo igual ou superior a 20 (vinte) anos, podendo ser feito apenas 1 (uma) vez.

Quais so corretas?

(A)Apenas I

(B)Apenas II

(C)Apenas III

(D)Apenas I e III

(E)I, II e III

34. Associe as medidas processuais (coluna da esquerda) s respectivas circunstncias em que elas podem ser interpostas pela parte que se sentir prejudicada (coluna da direita).

1 -2 -

3 -

4 -

Reviso

Recurso em sentido estrito

Carta testemunhvel

Habeas corpus

( )

( )

Quando o juiz, no processo do jri, impronunciar o ru.

Quando o juiz singular, em sentena definitiva, absolver o ru no processo comum.

5 -

Apelao

( )

Quando o juiz denegar o recurso interposto pela parte.

A seqncia numrica correta, de cima para baixo, da coluna da direita,

(A)1 ( 2 ( 4

(B)1 ( 5 ( 4

(C)2 ( 3 ( 1

(D)2 ( 5 ( 3

(E)5 ( 2 ( 3

35.Conforme o Cdigo de Processo Civil, a citao vlida, ainda quando ordenada por juiz incompetente,

(A)garante a execuo da sentena.

(B)suspende a prescrio.

(C)provoca a litisconexo.

(D)impede a revelia.

(E)constitui em mora o devedor.

36.De acordo com o Cdigo de Processo Civil, no caso de percia, o perito apresentar o laudo em cartrio, no prazo fixado pelo juiz, pelo menos 20 (vinte) dias antes da audincia de instruo e julgamento. J os assistentes tcnicos oferecero seus pareceres

(A)na audincia de instruo e julgamento.

(B)no mesmo dia da entrega do laudo.

(C)no prazo comum de 10 (dez) dias, aps intimadas as partes da apresentao do laudo.

(D)no prazo sucessivo de 10 (dez) dias, aps a apresentao do laudo, independentemente de intimao.

(E) no prazo comum de 20 (vinte) dias, mediante intimao por nota de expediente.

37.Nos mandados de segurana, o prazo para a autoridade coatora prestar as informaes que achar necessrias diante do pedido do impetrante de

(A)5 (cinco) dias.

(B)10 (dez) dias.

(C)15 (quinze) dias.

(D)20 (vinte) dias.

(E)30 (trinta) dias.

38.De acordo com a Lei no 1.060/50, os benefcios da assistncia judiciria compreendem todos os atos do processo at deciso final do litgio, em todas as instncias,

(A)exceto as despesas de conduo do oficial de justia.

(B)exceto o preparo de recurso ao Superior Tribunal de Justia.

(C)exceto o preparo de recurso ao Supremo Tribunal Federal.

(D)exceto os honorrios do perito, que devero ser inclusive antecipados se a percia foi realizada a pedido da parte beneficiada.

(E)sem exceo.

39.No processo de execuo fiscal, regulamentado pela Lei no 6.830/80, a arrematao ser precedida de edital, afixado no local de costume, na sede do juzo, e publicado

(A)em resumo, 1 (uma) s vez, gratuitamente, como expediente judicirio, no rgo oficial.

(B)em resumo, 2 (duas) vezes, em jornal de ampla circulao local.

(C)na ntegra, 1 (uma) s vez, no rgo oficial da Unio, em qualquer caso.

(D)na ntegra, pelo menos 1 (uma) vez, em jornal de ampla circulao local.

(E) na ntegra, 2 (duas) vezes, em jornal de ampla circulao local.

40.Consoante o Estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil, o direito do advogado de retirar autos de processos judiciais findos, mesmo sem procurao, pelo prazo de 10 (dez) dias, no se aplica em se tratando de processos

(A)restaurados.

(B)sob regime de segredo de justia.

(C)envolvendo mandados de segurana julgados, originariamente, pelo Superior Tribunal de Justia.

(D)arquivados por desdia.

(E) em que uma das partes foi declarada litigante de m-f.

41.Assinale a assertiva correta.

(A)Uma das atribuies do oficial ajudante a superviso direta dos oficiais escreventes no setor de execuo interna do cartrio incumbido da realizao das tarefas necessrias ao andamento dos processos.

(B)Semestralmente dever ser levado ao juiz, a fim de ser visado, o Livro-Tombo para Precatrias.

(C)O termo de fiana dever ser lavrado em 2 (duas) vias, uma destinada ao processo e a outra, ao arquivamento na respectiva Pasta-Arquivo.

(D)O Livro Registro de Testamentos no poder ser escriturado sob a forma de folhas soltas.

(E) As intimaes ao Ministrio Pblico podero ser efetuadas atravs de notas de expediente, se devidamente publicadas na imprensa oficial.

42.Fulano de Tal moveu ao indenizatria contra o Estado do Rio Grande do Sul. O mandado de citao relativo a essa ao deve ser cumprido na pessoa do

(A)Governador do Estado.

(B)Procurador-Geral da Justia.

(C)Secretrio de Estado da Administrao.

(D)Procurador-Geral do Estado.

(E)Defensor Pblico Geral.

43.No processo do Tribunal do Jri, recebido o libelo, o escrivo deve entregar ao ru, mediante recibo por ele prprio assinado, cpia com o rol de testemunhas, e notificar o defensor para que oferea a contrariedade. Que prazos tm, respectivamente, o escrivo para entregar a cpia com o rol de testemunhas e o defensor para oferecer a contrariedade?

(A)24 (vinte e quatro) horas 3 (trs) dias

(B)48 (quarenta e oito) horas 10 (dez) dias

(C)3 (trs) dias 5 (cinco) dias

(D)5 (cinco) dias 15 (quinze) dias

(E)10 (dez) dias 8 (oito) dias

44.Assinale a assertiva incorreta, em se tratando de processo civil.

(A)Nos termos e certides, vedado o uso de abreviaturas.

(B)Em hiptese nenhuma, o mandado de citao poder ser cumprido em domingos e feriados.

(C)Nos documentos oficiais, no se admitem espaos em branco, emendas e entrelinhas, salvo se expressamente ressalvadas.

(D)No havendo preceito legal nem assinao pelo juiz, ser de 5 (cinco) dias o prazo para a prtica de atos processuais a cargo da parte.

(E) Havendo urgncia, a carta precatria poder ser transmitida por telefone.

45.Relativamente ao processo do mandado de segurana, assinale a assertiva correta.

(A)Despachada a inicial, a autoridade coatora ser citada, por mandado, para prestar as informaes devidas.

(B)Se a autoridade coatora tiver a sede funcional em outra comarca, ser citada por precatria.

(C)Julgado procedente o mandado de segurana, o juiz transmitir o inteiro teor da sentena autoridade coatora, em ofcio, por mo do oficial do juzo, ou pelo correio, mediante recibo de volta, ou por telegrama, radiograma ou telefonema, conforme o requerer o peticionrio.

(D)Dever ser citado o rgo do Ministrio Pblico somente se a matria disser respeito administrao federal ou estadual.

(E) Feita a citao da autoridade coatora, o serventurio em cujo cartrio corra o feito juntar aos autos cpia autntica do mandado expedido.

46.O Municpio de Trs Cruzes-RS foi citado para contestar uma ao ordinria de cobrana movida contra a Fazenda Pblica Municipal, para o que dispe do prazo de

(A)10 (dez) dias.

(B)15 (quinze) dias.

(C)30 (trinta) dias.

(D)45 (quarenta e cinco) dias.

(E) 60 (sessenta) dias.

Instruo:Para responder s questes de nmeros 47 e 48, considere o edital de citao abaixo reproduzido. Ele contm dois erros que o invalidam.

EDITAL DE CITAO

50a Vara Cvel. Foro Central. Comarca de Porto Alegre. Prazo: 10 (dez) dias, contados da primeira publicao deste edital. Ao Cautelar Inominada. Processo no: 00000002. Autor: Sicrano de Tal. Ru: Fulano de Tal, que se encontra em lugar no sabido. Objeto: Citao do ru, para que conteste, querendo, a ao, sob pena de serem presumidos como verdadeiros os fatos articulados pelo autor. Prazo de contestao: 15 (quinze) dias, contados do trmino da dilao aqui assinada. Porto Alegre, 17 de julho de 2003. Escrivo: Beltrano de Tal. Juiz de Direito: Adamastor Silva.

47.O primeiro erro est contido na expresso Prazo: 10 (dez) dias, contados da primeira publicao deste edital, porque

(A)o prazo mnimo para que a citao por edital se considere realizada de 20 (vinte) dias.

(B)o prazo mximo para que a citao por edital se considere realizada de 8 (oito) dias.

(C)o prazo do edital deve ser contado da sua ltima publicao.

(D)o prazo do edital deve ser contado da data da juntada da sua publicao aos autos.

(E) o prazo do edital deve ser varivel.

48.O segundo erro est contido na expresso Prazo de contestao: 15 (quinze) dias, contados do trmino da dilao aqui assinada, uma vez que esse prazo

(A) contado da juntada aos autos da publicao do edital.

(B)corre concomitante com o prazo de contestao da ao principal.

(C) contado da distribuio da ao principal.

(D) de 5 (cinco) dias.

(E) de 30 (trinta) dias.

49.Assinale a alternativa que preenche corretamente a lacuna do edital abaixo reproduzido.

EDITAL DE CITAO DE:

JOS DA SILVA, brasileiro, solteiro, maior, operrio, que se encontra em lugar incerto e no sabido.

VARA/COMARCA: 1a Vara Cvel de Trs Cruzes-RS.

PRAZO DO EDITAL: 20 (vinte) dias.

AO: Execuo de ttulo extrajudicial. Duplicata aceita no 14.763-B, vencida em 10 de maro de 2003.

AUTOR: Indstria de Mveis XY Ltda., com sede na Avenida Jos Bonifcio, no 59, nesta cidade.

OBJETO: Para pagar, no prazo legal, o valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) atualizado, mais juros, correo monetria e honorrios advocatcios, que so fixados em 15% (quinze por cento). No havendo pagamento nem sendo oferecidos bens penhora, o arresto feito converter-se- em penhora, e o devedor ter .......... dias (arts. 669 e 736 do CPC) para opor embargos.

BEM ARRESTADO: Um terreno sem benfeitorias ou acesses, objeto da matrcula no 45.672, Livro 2, fl. 10, do Registro Imobilirio deste Municpio.

Trs Cruzes, 25 de agosto de 2003.

SERVIDOR: Oficial Ajudante Mrio Correa.

JUIZ DE DIREITO: Dr. Carlos Lacortiba.

(A)5 (cinco)

(B)10 (dez)

(C)15 (quinze)

(D)20 (vinte)

(E)30 (trinta)

Instruo:Para responder s questes de nmeros 50 e 51, considere o termo de audincia abaixo reproduzido, que contm duas irregularidades.

TERMO DE AUDINCIA

Em 03.02.2003, s 14 (quatorze) horas, nas dependncias do Foro da Comarca de Samambaia-RS, presidida pelo Dr. M, Juiz de Direito, foi aberta a audincia de instruo e julgamento da ao de indenizao por perdas e danos movida por A contra B, processada sob o no 00000004. Apregoadas, compareceram as partes, os procuradores do autor e do ru, Drs. C e D, respectivamente, o representante do Ministrio Pblico, Dr. F, e as testemunhas arroladas. Determinou o juiz, inicialmente, que: a) sentassem, sua direita, o agente do Ministrio Pblico, o autor e seu advogado, e, sua esquerda, o ru e seu advogado e o escrivo, Sr. P, que lavrar o termo de audincia; b) como as partes requereram o depoimento pessoal uma da outra, ser ouvido primeiro o autor, depois o ru, por estentipo; c) foi rejeitado o pedido do representante do Ministrio Pblico, que pretendia que o ru se ausentasse da sala durante o depoimento do autor; d) das testemunhas arroladas pelo autor, Srs. H, G, I, J e L, sero ouvidos somente os Srs. H, G e I, dispensando-se o depoimento dos Srs. J e L, a pedido do autor; e) das 10 (dez) testemunhas listadas pelo ru, Srs. AB, BC, CD, DE, EF, FG, HI, IJ, LM e MN, sero ouvidas todas, pois respondero a respeito de fatos diferentes. Determinou ainda o juiz que, em face da complexidade da matria, as partes oferecero memoriais, no prazo de 10 (dez) dias, sucessivamente, comeando pelo autor, a contar desta data, ficando a sentena adiada sine die. Seguem em anexo os depoimentos das testemunhas e suas respectivas assinaturas, assim como, aqui, as assinaturas do Juiz, do Promotor de Justia e do Escrivo. Nada mais.

Juiz de Direito

Promotor de Justia

Escrivo

50.A primeira irregularidade consiste no fato de que

(A)o representante do Ministrio Pblico sentou direita do juiz.

(B)o autor e seu advogado sentaram direita do juiz.

(C)o ru e seu advogado sentaram esquerda do juiz.

(D)os depoimentos das partes e das testemunhas foram registrados por mtodo proibido.

(E)o autor prestou depoimento na presena do ru.

51.A segunda irregularidade consiste no fato de que

(A)foram ouvidas 10 (dez) testemunhas do ru, quando a lei limita a 5 (cinco) o nmero de testemunhas que cada parte pode indicar.

(B)foram ouvidas 10 (dez) testemunhas do ru, quando a lei limita a 8 (oito) o nmero de testemunhas que o ru pode indicar.

(C)os advogados das partes no assinaram o termo.

(D)no houve debates.

(E)o juiz no proferiu sentena na audincia.

Instruo:Para responder questo de nmero 52, utilize o calendrio abaixo.

Dezembro 2002

Dom

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Janeiro 2003

Dom

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Fevereiro 2003

Dom

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

Maro 2003

Dom

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

52.Em ao de cobrana movida na Comarca de Samambaia contra o Municpio de Samambaia-RS, o ru foi citado por mandado em 17.12.2002, na pessoa do seu representante, juntando-se o respectivo mandado aos autos em 24.12.2002. Considerando que o dia 25.12.2002 foi feriado e o ms de janeiro de 2003 foi dedicado s frias forenses, o prazo para que o ru conteste tempestivamente a ao termina no dia

(A)08.01.2003.

(B)24.01.2003.

(C)11.02.2003.

(D)26.02.2003.

(E)28.03.2003.

Instruo:As questes de nmeros 53 a 57 referem-se ao sistema operacional Microsoft Windows XP, instalao para destros. Para resolv-las, considere a imagem de tela abaixo, que mostra uma janela do programa Windows Explorer e uma parte da rea de trabalho do Windows XP.

53.Arrastando-se a pasta com o boto principal do mouse (esquerdo) e soltando-a sobre a unidade de disco , qual ser o resultado dessa operao?

(A)A pasta ser movida, com todos os arquivos e pastas nela contidos, para o disco e ser retirada do disco .

(B)A pasta ser copiada, com todos os arquivos e pastas nela contidos, para o disco e ser mantida no disco .

(C)Ser criada uma pasta de mesmo nome () no disco , porm vazia, isto , no sero copiados os arquivos e pastas contidos na pasta de origem.

(D)A pasta ser mantida integralmente em seu local original e, no disco , ser criado um atalho que apontar para ela.

(E)A operao ter como resultado uma mensagem de erro, pois no possvel arrastar uma pasta de um disco para outro.

54.Considere as assertivas abaixo sobre caractersticas do programa Windows XP.

I -Atalhos so vnculos para itens acessveis em um computador ou em uma rede, como um programa, um arquivo, uma pasta, uma unidade de disco, uma pgina da Web, uma impressora ou outro computador.

II -A barra de tarefas contm o boto Iniciar e botes que representam programas que esto em execuo.

III -Ao se clicar o boto direito do mouse sobre um objeto, o Windows XP abre um menu com comandos teis que podem ser executados pelo usurio. Esse tipo de menu, sensvel ao contexto, pode mudar de acordo com o tipo de objeto que foi clicado.

Quais so corretas?

(A)Apenas I

(B)Apenas I e II

(C)Apenas I e III

(D)Apenas II e III

(E)I, II e III

55.Em relao janela do programa Windows Explorer mostrada na imagem, assinale a assertiva correta.

(A)O boto da barra de ferramentas representado pelo cone utilizado para ampliar a visualizao dos objetos mostrados na janela.

(B)Considerando que o contedo de est sendo mostrado no lado direito da janela, ao se clicar uma vez o boto da barra de ferramentas representado pelo cone , ser mostrado, do lado direito da janela, o contedo de .

(C)O boto representado pelo cone , que aparece no canto superior direito da janela, ao ser clicado, fechar a janela, encerrando o programa.

(D)O modo de exibio que est sendo utilizado o modo Detalhes.

(E)O smbolo , que aparece do lado esquerdo de , indica que tal pasta ainda possui espao para armazenamento de arquivos.

56.Considere as assertivas abaixo sobre cones utilizados no programa Windows XP e seus significados.

I -A seta existente no canto inferior esquerdo do cone , que aparece na rea de trabalho, indica que esse objeto um atalho.

II -A mo por baixo do cone , que pode ser visualizado no lado direito da janela do programa Windows Explorer, indica que a respectiva pasta est bloqueada por estar sendo utilizada por outro usurio da rede.

III -O cone ao lado do texto , que aparece no lado esquerdo da janela do programa Windows Explorer, representa uma unidade mapeada de um recurso compartilhado da rede.

Quais so corretas?

(A)Apenas I

(B)Apenas I e II

(C)Apenas I e III

(D)Apenas II e III

(E)I, II e III

57.Considere a imagem abaixo, que mostra os parmetros de definio de uma pesquisa a ser elaborada sobre o contedo de . Admitindo-se que a pasta Arq1, contida dentro de , esteja vazia, que arquivos e/ou pastas sero listados no resultado dessa pesquisa, levando-se em considerao somente os critrios visveis na imagem?

(A), , , ,

(B)Apenas , , ,

(C)Apenas , ,

(D)Apenas ,

(E)Apenas

Instruo:As questes de nmeros 58 a 61 referem-se ao programa Microsoft Word 2002. Para resolver as questes de nmeros 58 a 60, considere a imagem abaixo, que mostra uma janela do programa Word com um documento sendo editado.

58.Em relao ao documento que est sendo editado, assinale a assertiva incorreta.

(A)A palavra selecionada, Assistente, est em negrito.

(B)O documento possui 4 (quatro) pginas.

(C)O modo de exibio do documento Layout de impresso.

(D)O nome do documento que est sendo editado questoes word.doc.

(E)O pargrafo que contm a palavra selecionada, Assistente, est alinhado no modo Centralizado.

59.Qual a funo do boto representado pelo cone ?

(A)Inserir uma marca de pargrafo.

(B) Inserir um campo de formulrio.

(C)Inserir caracteres de outros alfabetos.

(D)Exibir somente texto.

(E)Exibir ou ocultar marcas de formatao.

60.Em relao funo dos botes da barra de ferramentas do Word, assinale a assertiva incorreta.

(A)O boto representado pelo cone mostra como ser a aparncia do documento ativo quando ele for impresso.

(B)O boto representado pelo cone usado para verificar se o documento ativo possui erros de ortografia, gramtica e estilo de redao e exibe sugestes para corrigi-los.

(C)O boto representado pelo cone usado para copiar a rea selecionada do documento para a rea de transferncia do Windows.

(D)O boto representado pelo cone usado para definir a cor de fundo na rea selecionada do documento.

(E)O boto representado pelo cone usado para reverter o ltimo comando ou excluir a ltima entrada digitada.

61.A figura abaixo foi extrada da barra de ferramentas Formatao do Microsoft Word 2002, com instalao padro e fontes originais do Windows.

Sobre o texto que for digitado sob as condies de formatao indicadas na barra de ferramentas, pode-se afirmar que ser usada a fonte

(A)Prova de tamanho 14 com o estilo Arial.

(B)Arial de tamanho 14 com o estilo Prova.

(C)Prova, com o estilo Arial, e espaamento entre linhas de 14 pontos.

(D)Arial, com o estilo Prova, e espaamento entre linhas de 14 pontos.

(E)Prova, com o estilo Arial, e recuo de margem de 14 mm.

Instruo:As questes de nmeros 62 a 64 referem-se ao programa Microsoft Excel 2002.

62.Na planilha abaixo, deseja-se fazer uma lista de preos em reais, conforme mostrado. Qual a frmula a ser digitada em C3 que poder, posteriormente, ser copiada, pelo recurso de copiar e colar, para as clulas C4 a C5, mantendo a mesma forma de clculo como em C3?

(A)= C1*B3

(B)= $C1*B3

(C)= C$1*B$3

(D)= C$1*B3

(E) = $C$1*B$3

63. Considere a planilha reproduzida abaixo.

Deseja-se classificar o conjunto dos dados por data, da mais recente para a mais antiga, sem perder o relacionamento do conjunto. Para tanto, que clulas devem ser marcadas e que comando deve ser selecionado?

(A)A2:B5 ( Dados | Classificar | Classificar por Data, com a opo Decrescente

(B)A2:B5 ( Dados | Classificar | Classificar por Data, com a opo Crescente

(C)A2:B5 ( Dados | Classificar | Classificar por Comarca, com a opo Crescente

(D)B2:B5 ( Dados | Classificar | Classificar por Comarca, com a opo Crescente

(E)B2:B5 ( Dados | Classificar | Classificar por Data, com a opo Decrescente

64.Considere a planilha abaixo reproduzida.

Para realizar a inverso do contedo das linhas e das colunas da faixa A1 a D5, como mostrado na planilha, deve-se marcar a faixa A1 a D5 e utilizar o menu Editar | Copiar. Com a clula ativa em A7, que recurso deve ser usado a seguir?

(A)Editar | Colar especial, marcando a opo Transpor.

(B)Editar | Colar especial, acionando Colar vnculo.

(C)Editar | Preencher | Para baixo.

(D)Editar | Preencher | Justificar.

(E) Editar | Inverter.

Instruo:As questes de nmeros 65 e 66 referem-se ao programa Microsoft Outlook 2002. Para resolver a questo de nmero 65, considere a imagem abaixo, que mostra a janela de uma mensagem sendo editada.

65.Quando se deseja que um destinatrio no fique visvel para os demais destinatrios de uma mensagem, deve-se

(A)colocar esse destinatrio na caixa ao lado do boto representado pelo cone .

(B)colocar esse destinatrio na caixa ao lado do boto representado pelo cone .

(C)colocar esse destinatrio na caixa ao lado do boto representado pelo cone .

(D)marcar esse destinatrio como confidencial, clicando-se o boto representado pelo cone .

(E)marcar esse destinatrio como confidencial, clicando-se o boto representado pelo cone

66.Por padro, o Microsoft Outlook 2002 disponibiliza diversas pastas de trabalho. Considere as assertivas abaixo sobre a funcionalidade dessas pastas.

I -A pasta Rascunhos armazena itens inacabados, que podem ser finalizados posteriormente.

II -A pasta Caixa de sada armazena temporariamente os itens excludos at que sejam excludos permanentemente ou recuperados.

III -A pasta Caixa de entrada armazena exclusivamente itens recebidos e ainda no lidos.

Quais so corretas?

(A)Apenas I

(B)Apenas I e II

(C)Apenas I e III

(D)Apenas II e III

(E) I, II e III

Instruo:As questes de nmeros 67 e 68 referem-se ao programa Microsoft Internet Explorer 6.0. Para resolver a questo de nmero 67, considere a imagem abaixo.

67.Numere a coluna da direita de acordo com a da esquerda, associando os botes representados pelos cones s suas respectivas funes.

1 -

( ) Atualizar a pgina corrente.

2 -

( ) Interromper a carga de uma pgina.

3 -

( ) Ir para a pgina inicial.

A seqncia numrica correta, de cima para baixo, da coluna da direita,

(A)1 ( 2 ( 3

(B)1 ( 3 ( 2

(C)2 ( 1 ( 3

(D)2 ( 3 ( 1

(E)3 ( 1 ( 2

68.Considere as assertivas abaixo sobre uso e navegao na Internet.

I -Alguns sites da Web armazenam informaes em um pequeno arquivo de texto no computador chamado cookie. O Internet Explorer permite o uso de cookies, mas podem-se alterar suas configuraes de privacidade para especificar que o Internet Explorer deva exibir uma mensagem antes de inserir um cookie no computador (o que permite ao usurio autorizar ou bloquear o cookie), ou para impedir que ele aceite cookies.

II -Um "certificado de site da Web" informa que um determinado site da Web seguro e legtimo, garantindo que nenhum outro site pode assumir a identidade do site seguro original.

III -A Internet fornece acesso sem precedentes a uma grande variedade de informaes. No entanto, algumas delas podem no ser adequadas a determinados usurios ou situaes. Por exemplo, pode-se impedir que crianas ou funcionrios de uma organizao visitem sites da Web com contedo violento ou de teor sexual declarado. O Supervisor de contedo permite controlar o tipo de contedo que o computador pode acessar na Internet.

Quais so corretas?

(A)Apenas I

(B)Apenas I e II

(C)Apenas I e III

(D)Apenas II e III

(E) I, II e III

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

2 Oficial Ajudante TJ/2003

4 Oficial Ajudante TJ/2003

6 Oficial Ajudante TJ/2003

8 Oficial Ajudante TJ/2003

10 Oficial Ajudante TJ/2003

12 Oficial Ajudante TJ/2003

Oficial Ajudante TJ/2003 13

Oficial Ajudante TJ/20033

Oficial Ajudante TJ/20035

Oficial Ajudante TJ/20037

Oficial Ajudante TJ/20039

Oficial Ajudante TJ/2003 11

EMBED PBrush

Oficial Ajudante TJ/2003 15

16 Oficial Ajudante TJ/2003

14 Oficial Ajudante TJ/2003

EMBED MSPhotoEd.3

DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS. PROIBIDA A REPRODUO, AINDA QUE PARCIAL, SEM AUTORIZAO PRVIA.

Estado do Rio Grande do Sul

Poder Judicirio

Tribunal de Justia

CONCURSO PBLICO PARA PROVIMENTO DO CARGO DE OFICIAL AJUDANTE

Nome:

No de Inscrio:

Instrues

Verifique se este caderno contm 68 questes. Caso contrrio, solicite ao fiscal da sala outro caderno completo. No sero aceitas reclamaes posteriores.

Leia cuidadosamente cada uma das questes, escolha a resposta certa (A, B, C, D ou E) e assinale-a tinta na folha de respostas.

Para cada questo existe apenas uma resposta certa. Responda a todas as questes.

Os candidatos no podero efetuar qualquer tipo de consulta.

Iniciada a prova, os candidatos no podero mais fazer perguntas. Qualquer reclamao a respeito das instrues ou do contedo das questes somente ser possvel posteriormente realizao da prova, pela via adequada, autoridade competente.

O tempo de durao da prova de 4 horas.

2003

_1130764383.doc

_1115208195.bin