JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET SINCADES · JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Uma...

of 17/17
JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Uma Revista do Setor Atacadista e Distribuidor do Estado do Espírito Santo SINCADES 06 EM REVISTA ANO II / 2010 Encontro de Inverno reúne empresários em Pedra Azul Drogas. Por que estou fora. Livro conta história de Carlos Lindenberg Oportunidades de qualificação profissional com TreinAbad P18 P16 P 06 P04
  • date post

    11-Aug-2020
  • Category

    Documents

  • view

    0
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET SINCADES · JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Uma...

  • J A N F E V M A R A B R M A I J U N J U L A G O S E T O U T N O V D E Z

    U m a R e v i s ta d o S e t o r A ta c a d i s ta e D i s t r i b u i d o r d o E s ta d o d o E s p í r i t o S a n t o

    SINCADES 06E M R E V I S T AA NO II / 2010

    Encontro de Inverno reúne empresários em Pedra AzulDrogas.

    Por que estou fora.

    Livro conta história de Carlos Lindenberg

    Oportunidades de qualificação profissional com TreinAbad

    P18

    P16

    P06

    P04

  • SINCADES

    DIRETORIA

    IdAlbErTO luIz MOrO – PrEsIdEnTEComercial Motociclo S.A

    CArlOs AnTônIO MArIAnEllI – 1º VICE-PrEsIdEnTEComposé Revestimentos e Acabamentos Ltda

    PEdrO MIguEl MAndAdOrI – 2º VICE-PrEsIdEnTEAbrevo do Brasil Distribuidora Ltda

    MAlsIMAr luCIO MAlACArnE – 1º sECrETárIOBelmax Comercial Ltda

    luIz CArlOs COlOMbI lEssA – 2º sECrETárIODistribuidora Golfinho Ltda

    rEnATO VIAnnA MAIA – 1º TEsOurEIrOFio e Ferro Materiais, Serviços e Construções Ltda

    EdsOn bIsPO dOs sAnTOs – 2º TEsOurEIrOComprofar Holding S.A

    JOãO HEnrIquE FIOrIO CHECOn – suPlEnTEUnião Comércio de Peças Ltda

    AdEMAr gAITEr CEsCOnETO – suPlEnTE Cescom Cesconeto Comercial Ltda

    IlsOn XAVIEr bOzI – suPlEnTEBozi Comércio Atacadista Ltda

    JOAquIM HuMbErTO dOs sAnTOs – suPlEnTEBAP - Bressan Auto Peças Ltda

    MArCOs AurélIO nunEs dA sIlVA TEllEs – suPlEnTEVia Brasil Distribuidora Ltda

    MArIsA KunzlEr – suPlEnTESaka Presentes e Utilidades Ltda ME

    dAnIElA MArIA rEzEndE – suPlEnTEComércio de Alimentos Novo México Ltda

    CONSELHO FISCALrOnAldO rOquE CAMPORDG Aços do Brasil S.A

    ElsOn COndE dE OlIVEIrAElson's Produtos Alimentícios Ltda

    sérgIO FIrME lubELube Distribuidora LTDA

    SUPLENTES DO CONSELHO FISCAL

    FErnAndO ErnEsTO dAllA bErnArdInACedisa Central de Aço S.A

    CésAr brEssAn Bressan Distribuidora

    JOATHAM FlOrEsEletromil Comercial Ltda

    SUPERINTENDENTECézAr WAgnEr PInTO

    JulyAnA gObbI Assessora

    INSTITUTO SINCADES

    DIRETORIA

    IdAlbErTO luIz MOrOPresidente

    CArlOs AnTônIO MArIAnEllI Vice-Presidente

    AnTônIO MArCElO COnTArInI brEssAn 1º Secretário

    MAlsIMAr luCIO MAlACArnE 2º Secretário

    rEnATO VIAnnA MAIA 1º Tesoureiro

    EdsOn bIsPO dOs sAnTOs 2º Tesoureiro

    CONSELHO FISCALubIrACI PAlEsTInO dO OCIdEnTE Presidente

    PEdrO MIguEl MOndAdOrIluIz CArlOs COlOMbI lEssA

    SUPLENTES DO CONSELHO FISCALElIzEu sOusA dOs sAnTOsJOãO HEnrIquE FIOrIO CHECOnrOgérIO zAMPErlInI

    CONSELHO CONSULTIVOJOsé lInO sEPulCrI - PrEsIdEnTE

    GERENTE EXECUTIVOdOrVAl ulIAnA

    GERENTE DE PROjETOSrOsAlVO MArCOs TrAzzI

    ANALISTA DE PROjETOSdEnIsE MOdOlO dE AssunçãO

    ASSISTENTE DE PROjETOSlíVIA CAETAnO brunOrO

    EDIÇÃOAldeia Comunicação(27) 3215 1010 – [email protected]

    jORNALISTA RESPONSáVELSuellen Barone – MTE 2103/ES

    FOTOSBreno Denicoli, Heron Souza, Arquivo Sincades e Arquivo Instituto Sincades

    PROjETO GRáFICO/DIAGRAMAÇÃOPrósper Comunicação(27) [email protected]

    IMPRESSÃOGSA

    Expediente

    Entidade filiada a:

    A visão de que o bem estar das comunidades e o en-

    frentamento dos problemas sociais não são ques-

    tões de responsabilidade apenas do governo tem

    crescido. A complexa sociedade atual impõe a nós,

    empresários, que pensemos amplamente e sejamos

    atuantes além de nossas fronteiras institucionais.

    E é isso que buscamos em cada projeto por nós

    apoiado. Sincades e o seu braço social, Instituto Sin-

    cades, representando o segmento atacadista e dis-

    tribuidor capixaba, agem ativamente e investem pro-

    gressivamente em recursos humanos e materiais

    visando promover o desenvolvimento humano, cul-

    tural e social do nosso Estado, contribuindo para um

    novo entendimento da juventude, o nosso futuro.

    Projetos culturais com viés social têm alcan-

    çado as regiões mais remotas do Espírito Santo,

    provam que estamos no caminho certo. Ultrapas-

    samos a marca de 200 mil pessoas tocadas dire-

    tamente por esses projetos. Com tudo isso, preten-

    demos fortalecer não só o nosso segmento, mas

    também interferir de forma positiva, na sociedade

    da qual fazemos parte.

    Mas para que esse ideal torne-se realidade con-

    creta, nosso trabalho começa em casa. O progra-

    ma Conviver, cujo objetivo é melhorar a qualida-

    de de vida do colaborador de nossas empresas é

    o maior exemplo disso. Investimos em nossos co-

    laboradores, pois sabemos que eles são a base de

    todo o nosso trabalho. As adesões vêm aumentan-

    do e cada vez mais associados fazem parte dessa

    iniciativa inovadora.

    Os resultados estão sendo colhidos por todos.

    As empresas, com melhor ambiente de trabalho e

    ganhos em produtividade, os colaboradores com

    melhor qualificação e possibilidades de crescimen-

    to profissional e os nossos clientes, cada vez me-

    lhor atendidos, com serviços e produtos entregues

    nas condições e no prazo combinado. Mas, há muito

    por ser feito. Essa história está apenas começando.

    Atenciosamente

    Idalberto Luiz MoroPresidente do Sincades e do Instituto Sincades

    CArTA dO PrEsIdEnTE

    Av. Nossa Senhora dos Navegantes, 675 • Palácio do CaféSalas 1201/1209 • Enseada do Suá • Vitória • Espírito SantoCEP 29.050-912 Telefax: (27) 3325-3515www.sincades.com.br [email protected]

    CARTA DO PRESIDENTE

    2 3

  • ABAD

    Representantes do segmento atacadista e distribuidor de todos os estados se reúnem em São Paulo

    Participação e oportunidade de interação entre empresários

    Os associados ao Sincades têm

    uma ótima oportunidade de inves-

    tirem na qualificação profissional

    de seus colaboradores. Trata-se do

    Treinabad, um programa de treina-

    mento, capacitação e desenvolvi-

    mento revolucionário que promete

    diferenciar os vendedores e profis-

    sionais de vendas, buscando forta-

    lecer o profissional em suas técni-

    cas do dia a dia.

    O curso é ministrado por Luis

    Paulo Luppa, o maior especialista

    em vendas do Brasil, além de pa-

    lestrante, autor de 15 livros e 30

    Como de costume, aconteceu na

    sede da ABAD (Associação Brasi-

    leira de Atacadistas e Distribui-

    dores de Produtos Industrializa-

    dos), em São Paulo, no dia 19 de

    julho, a Reunião Bimestral da Di-

    retoria Executiva ABAD com os re-

    presentantes das filiadas estadu-

    ais. Estiveram presentes o Presi-

    dente do Sincades, Idalberto Luiz

    Moro, e o superintendente Cezar

    Wagner Pinto.

    No evento foram discutidos as-

    suntos de interesses da ABAD, das

    filiadas e do segmento. O dia foi di-

    vidido em várias reuniões como

    o Almoço com os Presidentes e o

    Encontro dos Comitês. Essa reu-

    nião acontece a cada dois meses

    e a próxima será realizada dia 20

    de setembro.

    Diversos associados ao Sincades aderiram ao Treinabad. Empre-sas participantes: Abrevo, Belmax, Bressan, Cescom, Comercial

    Motociclo, Distribuidora Paraíso, Fio e Ferro e Medmix.

    TOTAL: 216 funcionários de empresas associadas ao Sincades

    Sincades oferece grandes oportunidades de qualificação profissional

    DVD’s, destacando-se o best sel-

    ler “O Vendedor Pit Bull”, que está

    presente em mais de 30 países.

    Ao concluir o programa com 60%

    de aprovação, o vendedor é con-

    templado com um certificado, que

    nos próximos anos será o gran-

    de diferencial na contratação dos

    profissionais de vendas do setor.

    Mas o melhor de tudo isso é que

    o Programa Conviver está subsi-

    diando parte do valor desse curso, e

    os associados têm direito a descon-

    tos super especiais para participar.

    As informações estão no site www.

    institutosincades.org.br/conviver.

    4 5

  • ENCONTRO DE INVERNO

    Empresários se reúnem em fim de semana de confraternização

    9º Encontro de Inverno SincadesAconteceu, entre 30 de julho e 1º de

    agosto, na Pousada Pedra Azul, em Do-

    mingos Martins - ES, o 9º Encontro de

    Inverno SINCADES. Cerca de 100 em-

    presários e familiares estiveram reu-

    nidos para um momento de descanso

    e lazer. Durante todo o fim de semana

    a programação foi agitada. Já no pri-

    meiro dia, sexta-feira, quem chegou

    mais cedo pôde aproveitar um agra-

    dável happy hour e mais tarde um

    delicioso momento de degustação

    de “Vinhos do Novo e Velho Mundo”

    com o sommelier do Ville Du Vin, Bo-

    ris Acevedo. Em sequência, um jantar

    ao som da Banda Trivius, no restau-

    rante da Pousada Pedra Azul.

    No sábado, os convidados assis-

    tiram à palestra com o diretor geral

    da Chocolates Garoto, Fausto Costa,

    com o tema “Garoto 80 anos – Or-

    gulho Capixaba”. Na parte da tarde

    teve almoço italiano com direito à

    mini-festa da polenta que de um to-

    que especial à festa, e à noite, para

    esquentar a temperatura, um jantar

    com a Banda “Marcelo Ribeiro e Ban-

    da B”. Já no domingo, todos tiveram

    o dia livre para aproveitar as belas

    paisagens da região de Pedra Azul.

    “O Encontro de Inverno do Sincades é uma oportu-

    nidade única para o empresariado se reunir para o

    entretenimento, trocar idéias e também deixar por-

    tas abertas para futuras negociações. Além disso,

    o evento contribui para o fortalecimento da clas-

    se empresarial, não somente de atacadistas e dis-

    tribuidores, mas de todos os empresários capixa-

    bas. Já participei de outras edições e vejo o cres-

    cimento do evento a cada ano”.

    josé Lino Sepulcri • Presidente Fecomércio-ES

    “O Encontro de Inverno do Sincades foi ótimo por

    vários motivos. Primeiro, porque pude passar um fi-

    nal de semana em família, com minha esposa, filha

    e pais, num lugar bastante agradável, com um cli-

    ma ameno e bem aconchegante. Além disso, foi um

    espaço para interação com os associados, porém

    fora do âmbito profissional. Foi ótimo para conhe-

    cer mais o lado pessoal de cada um. Sem dúvidas,

    posso afirmar que a cada ano o evento se supera”.

    Raul Ferreira • Disbat

    Depoimentos

    6 7

  • ENCONTRO DE INVERNO

    “Sou suspeito para falar do Encontro de Inverno do Sin-

    cades, porque até hoje, só faltei a uma edição. A progra-

    mação foi muito bem feita e proporcionou momentos

    maravilhosos para os participantes. Desde a festa da

    polenta até a degustação de vinho, foi tudo muito bem

    organizado. A palestra do Fausto Costa também foi óti-

    ma, porque tivemos a oportunidade de conhecer a re-

    alidade de uma empresa que é referência no Estado”.

    Luiz Carlos Colombi Lessa • Kanal Distribuidora

    “Gostei muito de participar do Encontro de Inver-

    no do Sincades, ainda mais por ter sido a primei-

    ra vez que estive presente. Tudo foi ótimo, des-

    de o almoço no sábado ao som do coral italiano

    até a degustação de vinhos e a palestra do Faus-

    to Costa, da Garoto. Com certeza, estarei nas pró-

    ximas edições”.

    Ademar Cesconetto • Cescom Atacado

    “É sempre muito interessante participar dos En-

    contros de Inverno do Sincades, pois é um momen-

    to para construir e manter contato com outros dis-

    tribuidores. Entre as atividades da programação, a

    que mais gostei foi a festa da polenta e também dos

    outros momentos sociais, de bate-papo e amizade.

    Estou presente desde o primeiro, e este, para mim,

    foi o melhor. Minha esposa também adorou”.

    joão Checon • União Atacado

    “O momento foi de confraternização para os parti-

    cipantes e também de interação. Já participo des-

    de o primeiro encontro e pretendo estar presente

    nos próximos. Espero que as próximas edições se-

    jam realizadas em outros lugares, para motivar ain-

    da mais a participação de todos”.

    Ubiraci Palestino do Ocidente • Distribuidora Paraíso

    Depoimentos

    8 9

  • ENCONTRO POLíTICO

    Happy Hour com lideranças políticas

    Sincades promove mais um encontro com candidatos ao governo

    O Sincades abriu as suas portas

    para um happy hour com duas li-

    deranças políticas capixabas. Os

    convidados foram Rita Camata e

    Luiz Paulo Vellozo Lucas, no dia 27

    de julho. Os dois são candidatos ao

    Senado e ao Governo do Estado, res-

    pectivamente. Na ocasião, ambos

    falaram sobre as propostas de Go-

    verno, caso eleitos, para cerca de

    30 empresários do segmento ata-

    cadista que estiveram presentes

    no evento.

    O presidente do Sincades, Idal-

    berto Luiz Moro, aproveitou a opor-

    tunidade para falar brevemente e

    lembrou o bom momento que o seg-

    mento vive atualmente, frisando

    que isso foi conseguido com apoio

    do governo, que tem sido um gran-

    de parceiro nos últimos 10 anos.

    “Desde 1999 temos um arranjo,

    uma relação entre o segmento ata-

    cadista e distribuidor e o Estado, e

    conseguimos nos tornar competi-

    tivos. Temos sempre ressaltado a

    importância da continuidade des-

    sa parceria e queremos continuar

    contando com o apoio dos futuros

    governantes”, frisou.

    10 11

  • Embora não se queira falar, existe

    realmente a guerra fiscal. E esta

    expressão tão significativa se re-

    fere sempre aos interesses anta-

    gônicos entre os Estados, inclusi-

    ve o Distrito Federal no contexto da

    legislação do ICMS imposto de cir-

    culação de mercadorias, que repre-

    senta a maior arrecadação tributá-

    ria no Brasil, acima da arrecadação

    da União Federal pela sua soma em

    todos os Estados.

    Essa “guerra” nasceu com a exi-

    gência da Lei complementar 24/75

    que criou o CONFAZ Conselho Fazen-

    dário que se reúne com a presen-

    ça de todos os Secretários Estadu-

    ais da Fazenda, em geral, uma vez

    por mês cujas deliberações têm

    que se dar por votação unânime.

    Não se aprova nada por votação

    por maioria.

    O CONFAZ retirou das Assem-

    bléias Legislativas toda e qualquer

    possibilidade de discutir e de apro-

    var leis sobre o ICMS esvaziando a

    política estadual cujos deputados

    até hoje não encontraram a sua ra-

    zão de ser pois, se pudessem dis-

    cutir a lei e alterações das normas

    do ICMS poderiam modifica-la e dar

    ao contribuinte local uma regra de

    tributação mais igualitária na rela-

    ção fisco contribuinte. O parlamen-

    tar estadual em todo o Brasil nem

    de longe opina sobre um Convênio

    desta envergadura e têm apenas

    um trabalho inglório de referendar

    o que vem do CONFAZ.

    A LC 24/75 com essa regra de

    aprovação por unanimidade das

    mais diversas questões do ICMS

    fere o maior princípio republicano

    que é a da nação democrática. Nun-

    ca se fez e não se fará democracia

    por votação por unanimidade. To-

    das as votações públicas, eleito-

    rais, Turmas ou Câmaras de Desem-

    Panfleto político ou realidade?

    Ricardo Dalla Advogado Capixaba – Presidente do IBDTI Instituto Brasileiro

    de Direito Tributário Internacional – Autor de livro e artigos publicados em jornais e revistas especializadas

    " Os Estados de São Paulo, Rio e Minas nos acusam de guerra fiscal e glosam créditos de ICMS das empresas daqui quando remetem mercadorias para fora via Fundap ou INVEST CD."

    ARTIGO

    Guerra Fiscal

    bargadores ou de Ministros dos Tri-

    bunais Superiores, eleição de dire-

    tor de escola pública, grêmio esco-

    lar, DCE, sindicatos, etc. são feitas

    e aprovadas por maioria, eventual-

    mente, por unanimidade mas esta

    não é a regra democrática.

    Esta lei complementar é incons-

    titucional e este argumento serve

    para defender aqui o FUNDAP, Fun-

    res, incentivos regionais como os

    do setor atacadista capitaneados

    pela competente Diretoria do Sin-

    cades. Como não se aprova um in-

    centivo fiscal por lei estadual mas

    pelo CONFAZ não se estabelece no

    País uma paz fiscal entre esses en-

    tes federativos e vivem eles em cho-

    que uns com os outros e quem sai

    no prejuízo financeiro literalmente

    são as empresas que acreditavam

    na legalidade destes incentivos.

    Os Estados de São Paulo, Rio e

    Minas nos acusam de guerra fis-

    cal e glosam créditos de ICMS das

    empresas daqui quando remetem

    mercadorias para fora via Fundap

    ou INVEST CD.

    A guerra fiscal é a bruxa do capi-

    talismo estatal valendo aqui a má-

    xima de que “No creo en las brujas

    pero existen”. Assim desde o Ama-

    zonas e até o Rio Grande do Sul, exis-

    tem um ou outro tipo de incentivo

    fiscal, não autorizado pelo CONFAZ

    mas que à sua revelia faz desen-

    volver o Brasil em todos os can-

    tos, sob a ira de São Paulo e outros

    primos ricos.

    Exigir que os acordos estadu-

    ais no CONFAZ sejam aprovados

    por unanimidade, fere o Principio

    Democrático Brasileiro onde tudo

    é resolvido por voto da maioria in-

    clusive leis e emendas constitucio-

    nais, não justificando a permanên-

    cia dessa legislação no cenário ju-

    rídico brasileiro.

    12 13

  • Confraternização da vitória reúne centenas de colaboradores

    A empresa União, 1º lugar da 2ª

    Copa Sincades, e a empresa Auro-

    ra, vencedora da Copa da Solida-

    riedade, realizaram nos dias 24

    e 25 de julho, respectivamente,

    um churrasco de confraterniza-

    ção com os seus colaboradores.

    Cerca de cem pessoas estiveram

    presentes em cada evento. A em-

    presa União se reuniu no Clube Co-

    vre e a Aurora no Clube da Cesan,

    ambos em Vila Velha.

    SUPER ACAPS PANSHOW

    Feira atrai expositores de todo o país

    Super Acaps Panshow 2010 movimenta o setor alimentício capixaba

    Entre os dias 13 e 15 de julho acon-

    teceu, no Pavilhão de Carapina, Ser-

    ra – ES, a Super Acaps Panshow.

    Com o objetivo de fortalecer ainda

    mais o varejo do Espírito Santo, as

    duas maiores feiras capixabas do

    setor de alimentos uniram-se para

    realizar, em um único espaço, um

    evento que colocou o Estado em

    destaque no calendário nacional.

    Juntos, o Sindicato das Indústrias

    de Panificação e Confeitaria do Esta-

    do do Espírito Santo (Sindipães), em

    sua 11ª edição, e a Acaps, da Asso-

    ciação Capixaba de Supermercados,

    que está em sua 24ª edição, reuni-

    ram 180 expositores. Além disso,

    movimentaram mais de R$ 135 mi-

    lhões em negócios e receberam du-

    rante os três dias de feira um públi-

    co estimado em 24,5 mil visitantes,

    entre panificadores, supermercadis-

    tas, industriais, varejistas, atacadis-

    tas, distribuidores e fornecedores de

    produtos e serviços diversos, agre-

    gando cerca de 95% do canal de dis-

    tribuição dos segmentos envolvidos.

    “A junção da Panshow e da Acaps

    veio somar muito para o varejo capi-

    xaba. Além de atrair a participação

    das grandes empresas, pela visibili-

    dade e pelo potencial de negociação

    da feira, a nova dimensão da Super

    Acaps Panshow permitiu uma forte

    entrada dos pequenos e dos médios

    varejistas”, ressalta o presidente do

    Sindipães, Flávio Sérgio Bertollo.

    O presidente da Acaps, Waldes

    Calvi, ao comentar o resultado da

    Super Acaps Pan Show considerou-

    -a um sucesso, citando o volume de

    negócio e o público envolvido, que foi

    crescendo a cada dia. “Criamos, efeti-

    vamente, um ambiente de negócios,

    permitindo que expositores intera-

    gissem com supermercadistas e pa-

    nifacadores e realizassem excelen-

    tes negócios. Estamos muito satis-

    feitos com o resultado”, comentou.

    Para o presidente do Sincades,

    instituição que apoiou a feira, Idal-

    berto Luiz Moro, “O segmento ataca-

    dista e distribuidor, sendo o elo entre

    a indústria e o varejo, não podia dei-

    xar de apoiar um evento desse porte

    e com tantas oportunidades de ne-

    gócio. Além de aumentar a visibili-

    dade dos segmentos envolvidos, ele

    trouxe grandes benefícios à econo-

    mia capixaba e nacional”, afirmou.

    14 15

  • LIVRO

    Depois de 20 anos guardado, foi lançado livro que retrata história da política capixaba

    Livro conta história de Carlos Lindenberg

    Parte da História do Espírito San-

    to foi recuperada e está disponível

    nas páginas do livro “Carlos Linden-

    berg - Um Estadista e Seu Tempo”,

    de Amylton de Almeida. A obra lan-

    çada no dia 28 de julho, no Palácio

    Anchieta, é uma iniciativa do gover-

    no do Estado, por meio da Secretaria

    de Estado da Cultura (Secult), em

    parceria com o Instituto Sincades.

    Em 512 páginas, a edição con-

    ta passagens da vida e da adminis-

    tração de Carlos Lindenberg, gover-

    nador do Estado por duas vezes: de

    1947 a 1950 e em 1959 a 1962.

    O livro, escrito pelo jornalista

    Amylton de Almeida, ficou guar-

    dado por 22 anos. Recentemen-

    te, a obra foi organizada e com-

    plementada pelos historiadores e

    professores da Universidade Fede-

    ral do Espírito Santo (Ufes) Estila-

    que Ferreira dos Santos e Fernan-

    do Achiamé, com revisão e edição

    de texto do escritor Reinaldo San-

    tos Neves.

    Além dos textos, a obra é rica-

    mente ilustrada e também conta a

    história através de 240 fotos cedi-

    das pela família do ex-governador

    e pelo Arquivo Público do Estado.

    O livro não será vendido. Vai ser

    doado para todas as bibliotecas pú-

    blicas do Espírito Santo e para as

    principais bibliotecas e centros cul-

    turais do país.

    Para o governador Paulo Har-

    tung, a história capixaba re-

    cente ainda é pouco retrata-

    da em pesquisas e publica-

    ções, algo injustificável, em

    função do caráter estraté-

    gico daquelas décadas para

    a definição dos dias atuais.

    “O nosso presente é, em lar-

    ga medida, o futuro que se

    vislumbrou e se plantou na-

    queles tempos, em que Car-

    los Lindenberg se colocou

    como uma das lideranças

    mais destacadas da moder-

    na história capixaba”.

    HISTóRIA CAPIXAbA

    ▪ Idalberto Moro, primeira dama e governador em meio à família lindenberg

    16 17

  • CONCURSO LITERáRIO

    Drogas. Por que estou fora.

    Vão até o próximo dia 30 de setem-

    bro as inscrições para o 2º Concur-

    so Literário do Instituto Sincades,

    com o tema Drogas. Por que estou

    fora. Empresários do segmento ata-

    cadista e distribuidor capixaba, co-

    laboradores e seus filhos podem

    participar enviando suas redações

    pelo site www.institutosincades.org.br/concursoliterario.

    “O jovem vive exposto a muita

    informação sobre violência e dro-

    gas. No ano passado o tema do con-

    curso foi Por um mundo melhor. Nessa segunda versão demos uma

    sequência. Como podemos fazer

    um mundo melhor? Bom, um mun-

    do sem drogas definitivamente se-

    ria melhor. Nossa intenção é que

    escrevendo, as pessoas reflitam

    sobre o tema.” Afirmou o presiden-

    te do Instituto Sincades, Idalberto

    Luiz Moro, na abertura do concurso.

    Os textos inscritos serão ava-

    Instituto Sincades lança o seu 2º Concurso Literário

    ▪ Para relaxar, uma aula demonstrativa de ginástica laboral

    liados por uma comissão da Aca-

    demia Espírito-santense de Letras

    e classificados por categoria. Os

    primeiros colocados ganharão um

    notebook e os segundos e tercei-

    ros lugares ganharão prêmios de

    R$ 1.000,00 e R$ 500,00, respec-

    tivamente. Ao todo, serão premia-

    das nove redações (três em cada ca-

    tegoria). Além disso, os textos ven-

    cedores serão publicados na revis-

    ta anual da Academia de Letras do

    Espírito Santo.

    O lançamento do concurso

    aconteceu no dia 12 de agosto, no

    auditório do Instituto Sincades.

    “Nosso papel é motivar os empre-

    sários e gestores de RH a aplicarem

    dentro de cada empresa os projetos

    do Conviver, inclusive o Concurso

    Literário. Vamos aumentar as ade-

    sões!”, convocou Rosalvo Marcos

    Trazzi, gerente de projetos do Ins-

    tituto Sincades.

    ▪ representantes da Academia Espírito-santense de letras

    18 19

  • JUNIOR ACHIEVEMENT

    Empresários do segmento atacadista e distribuidor capixaba participam de dia do Empresário Sombra

    O que seria mais um dia de trabalho

    se transformou numa porta para a

    realização de muitos sonhos. Assim

    pode ser definido o dia do Empresá-

    rio Sombra, realizado no dia 14 de ju-

    lho, em que 147 voluntários recebe-

    ram 147 jovens alunos, do programa

    Junior Achievement e deram a eles a

    oportunidade de vislumbrar um futu-

    ro cheio de possibilidades de sucesso.

    O dia do Empresário Sombra é

    um dos projetos da Junior Achie-

    vement do Espírito Santo (JAES) e

    contribui com a formação de jovens

    do Ensino Médio. O objetivo é dar a

    eles a oportunidade de terem uma

    visão realista do mundo do trabalho.

    O segmento atacadista e distribui-

    dor capixaba também fez parte desse

    projeto. Onze executivos e empresá-

    rios abriram as portas de seus escritó-

    rios para os futuros empreendedores.

    No Instituto Sincades e no Sin-

    cades foram três empresários som-

    bras que estiveram durante todo o

    dia participando de reuniões e assis-

    tindo a processos de tomada de deci-

    ▪ Cesar bressan e sua sombra Juliana Carvalho s. de sá

    ▪ sérgio lube e sua sombra narel guss dos santos ▪ João Checon e seu sombra Felipe lazaro

    ▪ Cézar Wagner, domingos Azevedo, rosalvo Trazzi e dorval uliana e os sombras Mateus, Juliana e Jéssica

    ▪ Malsimar Malacarne e seu sombra Maicon de souza

    ▪ Maria Kunzler e sua sombra diana soares de Paula

    Executivos recebem jovens empreendedores

    sões, tendo uma noção de como é a

    rotina dentro do mundo corporativo.

    Os voluntários foram unânimes

    em afirmar o quão gratificante é

    essa atividade. “É a segunda vez

    que participo do dia do Empresá-

    rio Sombra e tenho orgulho de fazer

    parte de um trabalho que colabora

    com a capacitação de jovens.” Fa-

    lou Malsimar Malacarne, da Belmax.

    “Passar o dia com esses estudan-

    tes nos acompanhando é uma expe-

    riência interessante. Eles têm uma

    noção do trabalho e da rotina diária

    de uma empresa e é gratificante po-

    der contribuir com a formação deles.”

    Explicou Cesar Bressan, da Bressan

    Distribuidora Peças e Motores LTDA.

    Já para a empresária sombra,

    Juliana Galimberti Passos, a experi-

    ência foi única. “Achei bem diferen-

    te. Aprendi que às vezes você tem

    uma opinião e ao expô-la e discuti-

    -la você pode mudar o seu ponto de

    vista. Os empresários que eu acom-

    panhei me ouviram muito, mais até

    do que eu esperava”, finalizou.

    20 21

  • JUNIOR ACHIEVEMENT

    Associados e colaboradores investem tempo e trabalho na formação de jovens

    Empresas atacadistas e distribuido-

    ras capixabas estão participando ati-

    vamente dos programas de forma-

    ção de jovens, através da associa-

    ção Junior Achievment. Os colabora-

    dores voluntários são das empresas

    Belmax, Paraíso e União. Eles vesti-

    ram a camisa da solidariedade e es-

    tão dedicando seu tempo a esses jo-

    vens, contribuindo efetivamente para

    a construção de um futuro melhor.

    Por meio do projeto As Vanta-

    gens de Permanecer na Escola, cen-

    tenas de alunos do 2º ano do Ensi-

    no Médio tiveram aulas relaciona-

    das a empreendedorismo, com os

    colaboradores voluntários, e parti-

    ciparam de projetos que incentiva-

    ram o seu desenvolvimento, espe-

    cialmente o profissional.

    “Colaborar junto à Junior Achie-

    vement neste projeto foi uma expe-

    riência gratificante e uma realiza-

    ção pessoal. Minha expectativa era

    encontrar alunos desinteressados,

    mas durante as aulas vi que ape-

    nas alguns não tinham o interes-

    se.” Afirmou um dos voluntários,

    Sílvio Cavalcanti Barreto, colabo-

    rador da Belmax.

    Já para uma das alunas benefi-

    ciadas, Mayara Alves Fernandes, da

    EEEFM Florentino Avidos, “foi muito

    legal a atitude de terem feito esse

    projeto aqui na escola, pois foi uma

    forma de incentivo para os alunos,

    pois mostraram como o mundo lá

    fora pode ser difícil sem a educação

    e uma boa escolaridade”, concluiu.

    UNIÃO▪ EEEFM Florentino ávidos

    Vila Velha24 Voluntários

    367 alunos

    Horas doadas: 192h

    bELMAX▪ EMEF Ângelo zani

    Cariacica16 voluntários

    253 alunos

    Horas doadas: 144h

    PARAíSO▪ EMEF gil bernardes Vila

    Velha21 voluntários

    165 alunos

    Horas doadas: 192h

    ▪ Equipe da união Comércio de Peças ▪ Equipe da distribuidora Paraíso lTdA em sala de aula

    ▪ Empresa belmax em colaboração

    Segmento atacadista e distribuidor capixaba tem voluntários na jAES

    22 23

  • PROGRAMA PORTAS

    Pacientes renais crônicos descobrem nas artes uma forma de levantar auto-estima

    A reunião de peças produzidas por

    pacientes renais originou a Exposi-

    ção Nascidos das Mãos – 15 anos de

    arte para a vida, em cartaz entre os

    dias 20 de julho e 13 de agosto, no

    Tribunal de Justiça, em Vitória – ES.

    “As obras de arte expostas foram

    selecionadas entre os trabalhos dos

    pacientes e representam diferentes

    expressões artísticas”, explica a Dr.ª

    Kathy Amorim Marcondes.

    O evento, apoiado pelo Instituto

    Sincades, comemorou os 15 anos do

    Programa Portas, um projeto do De-

    partamento de Psicologia da Ufes,

    que atua na melhoria da qualidade de

    vida dos pacientes renais crônicos do

    SUS, no Hospital da Associação dos

    Funcionários Públicos, em Vitória.

    PORTAS AbERTAS PARA A VIDA. É Só ENTRARHá 15 anos, o Portas teve início

    quando a professora doutora Ka-

    thy atendeu a um pedido do médi-

    co nefrologista Michel Zouain Assbu

    e tornou-se voluntária no Instituto

    de Doenças Renais (IDR).

    Ela virou supervisora desse pro-

    jeto cujos principais objetivos são

    diminuir a resistência ao tratamento

    hemodialítico e aumentar a aderên-

    cia ao tratamento extra-hospitalar.

    O modo como o Portas busca es-

    ses resultados é bem especial. Atra-

    vés da arte, em diferentes modalida-

    des, os pacientes são incentivados

    a desenvolverem seu potencial, pro-

    duzindo obras como pinturas e es-

    Programa Portas comemora seus 15 anos com exposição de artes

    Esperava o transplante

    Como a terra seca a ser semeada

    A terra acredita na semente

    Por isso também como uma semente: fé em Deus.

    Enquanto isso...

    Debaixo do meu lençol na enfermaria

    Eu dormia.

    Telefone toca

    Um som normal e cotidiano

    Que mudaria minha vida invade a casa

    Ruth: mensageira da boa nova

    Da espera

    Esperança

    Possibilidade

    Mudança.

    Muita alegria senti

    Com muito medo fiquei

    Por que? Explicar não sei...

    Dizem que o rim é como um grão de feijão

    Sou eu a terra mais fecunda

    Pode plantar

    Estou pronto

    Como a terra que é remexida para ser plantada

    Senti calafrios

    A dor da certeza

    Depois me conformei

    A vida me reservava um novo momento

    Eu quero cada segundo

    Minha fístula ainda pulsa

    Ela foi meu coração maior durante anos

    Ponho agora sobre ela meus dedos

    E sinto o relógio de minha vida

    A bomba que me faz viver

    Quando um dia ela parar

    Sentirei que tudo finalmente acabou.

    Cinco horas na máquina já não era um tempo

    Desconhecido pra mim.

    Era um paciente rebelde

    Tudo comia

    Mas a água, o bem sagrado nosso de cada dia

    Era meu grande respeito e desejo.

    Rins, feijões

    Plantados, transplantados

    Agora vai ser diferente

    No meu grande encontro com a água

    Ela regará os feijões

    Rins em movimento

    Vida nova,

    Enfim.

    Cezar Alberto Rodrigues – paciente

    A ESPERA

    culturas enquanto realizam o trata-

    mento. Assim, um momento de des-

    conforto é aliviado graças à dedica-

    ção dos portistas, que levam alegria

    aos pacientes. E todo esse trabalho

    é feito por voluntários, que contam

    com o auxílio de instituições como

    o Instituto Sincades, que há dois

    anos apóia o programa.

    Hoje a enfermaria da nefrologia

    do IDR está entre as que possuem

    melhores indicadores clínicos de

    bom atendimento da América Latina.

    Poema

    24 25

  • CASA DO MENINO

    Ateliê de escultura, mais um espaço de ações e criatividade

    Mundo das artes desperta talentos e abre horizontes para jovens carentes

    A assinatura de um termo de

    cooperação entre governo do

    Estado e Instituto Sincades, ce-

    lebrou o início do segundo se-

    mestre da ação voltada para a

    preservação do patrimônio cul-

    tural do Espírito Santo - o "Pro-

    grama de Educação Patrimo-

    nial". A solenidade foi realizada

    dia 02 de setembro, no Palácio

    Anchieta, em Vitória.

    O "Programa de Educação

    Patrimonial" prevê a identifica-

    ção, recuperação e expansão

    do Patrimônio Cultural do Es-

    pírito Santo. Começou em abril

    deste ano, quando 60 profes-

    sores que atuam em 17 unida-

    des de ensino da Escola Famí-

    lia Agrícola no Estado, partici-

    param de um seminário, volta-

    do para a área.

    No mês de agosto, técni-

    cos do Incaper receberam trei-

    namento por meio de quatro

    seminários regionais, promo-

    vidos pelo programa e em se-

    tembro é a vez das reuniões

    com os policiais ambientais. Ao

    passar pelas capacitações, es-

    ses profissionais estarão aptos

    para sensibilizar e orientar as

    pessoas e comunidades, das

    cidades e vilas mais distantes

    dos centros urbanos, onde exis-

    tem bens culturais importantes

    para a memória e a identidade

    capixaba, ajudando assim a pre-

    servar o patrimônio cultu-

    ral do Estado.

    Patrimônio cultural capixaba preservado

    No Brasil é crescente a visão de que

    o bem estar das comunidades e o en-

    frentamento dos problemas sociais

    não podem ficar restritos à atuação

    do governo. Por isso, o segmento ata-

    cadista e distribuidor do ES, repre-

    sentado pelo Instituto Sincades, tem

    investido muito em projetos de de-

    senvolvimento humano, de promo-

    ção da cultura e de arte-educação.

    A parceria firmada com a Casa

    do Menino, entidade filantrópica

    que desenvolve projetos de capa-

    citação profissional e inclusão so-

    cial de jovens de baixa renda, na

    comunidade de São Torquato, em

    Vila Velha – ES, é um exemplo dis-

    vannini, artista plástica, e Tereza

    Barros, pedagoga.

    Durante o curso, os participan-

    tes vão desenvolver aptidões e ha-

    bilidades artísticas através de mo-

    delagem e escultura. O objetivo é

    oferecer capacitação profissional

    e inclusão social, proporcionando

    aos participantes o desenvolvimen-

    to interpessoal, a interação lúdica e

    a possível descoberta de talentos.

    Todas as atividades desenvol-

    vidas na Casa do Menino são intei-

    ramente gratuitas, inclusos mate-

    rial, lanche e passagem. As aulas

    acontecem às terças e quintas, na

    parte da tarde e segue até outubro.

    so. Desde janeiro deste ano o Ins-

    tituto Sincades tem apoiado a re-

    alização de vários cursos para jo-

    vens, como o de comandos elétri-

    cos, garçom, artesanato, manicu-

    re, pedicure, entre outros.

    E no ano em que completa 50

    anos, a Casa do Menino, em parce-

    ria com o Instituto Sincades, oferece

    para esses jovens uma oficina dife-

    renciada, o Ateliê de Escultura, que

    pode ser definido com uma aposta

    no potencial da juventude. Trata-se

    de um novo espaço de ações e cria-

    tividade comandado pelas profes-

    soras-voluntárias Jacqueline Gio-

    26 27

  • PROGRAMA CONVIVER

    Centenas de colaboradores já estão sendo beneficiados pelos projetos de qualificação profissional e qualidade de vida

    Lançado há apenas dois meses o

    Programa Conviver já possui cen-

    tenas de adesões entre os colabo-

    radores do segmento atacadista e

    distribuidor capixaba. Dentre os pro-

    jetos mais procurados estão os do

    Aprender Qualificação Profissional,

    que oferece cursos de Informática,

    Vendas, RH e Administração.

    Mas as vantagens oferecidas pelo

    Conviver vão muito além. Mais que in-

    vestir na capacitação profissional, ele

    firmou parcerias com empresas de di-

    versos outros ramos que proporcio-

    nam descontos em atividades de saú-

    de, lazer e cultura. Educação à distân-

    cia em vendas, educação financeira,

    ginástica laboral, descontos em ho-

    téis, parques aquáticos e em servi-

    ços médicos são alguns exemplos.

    Assim, o programa está conse-

    Programa CONVIVER dá a largada ▪ Projeto Aprender ▪ ginástica laboral na empresa belmax. Exercício é qualidade de vida

    guindo atingir gradativamente os

    seus objetivos que são contribuir

    para o desenvolvimento das em-

    presas e para a formação do cola-

    borador enquanto profissional e ci-

    dadão. Mas para consolidar o suces-

    so dessa empreitada é fundamental

    que empresários, diretores e gesto-

    res de Recursos Humanos (RH) es-

    tejam engajados em divulgar e pos-

    sibilitar que o maior número de cola-

    boradores se envolva nos projetos.

    Adote o Conviver em sua empresa.

    Faça como os associados que já es-

    tão se beneficiando e proporcionando

    bem estar e qualidade de vida pessoal

    e no trabalho aos seus colaboradores.

    Mais informações sobre o pro-

    grama e como participar podem ser

    obtidas no site do www.institutosin-

    cades.org.br/conviver.

    28 29

  • ARTE

    Exemplos de superação dão show e emocionam público

    O “Arte Sem Limites” (ASL) é um projeto de fomento ao estudo

    e apreciação musical por pessoas com deficiência, idealizado

    por músicos da Sociedade Artística e Cultural Phylarmonia e por

    membros da Oscip G7-DV, com o interesse em promover inclu-

    são sócio-cultural por meio de conhecimento artístico e musi-

    cal, tendo sido implantado em 2005.

    Atualmente, as atividades do ASL ocorrem aos sábados, no Cen-

    tro Musical do Leonardo Da Vinci, em Santa Lúcia, Vitória-ES e con-

    ta com a participação de cerca de 30 pessoas, dentre as quais se

    A Secretaria de Estado da Cultu-

    ra (Secult), com apoio da Pre-

    feitura de Vitória e em parceria

    com o Instituto Sincades, promo-

    veu nos dias 10, 11 e 12 de se-

    tembro o "Fórum ES de Dança".

    O encontro aconteceu na Escola

    de Teatro e Dança Fafi, no Centro

    de Vitória.

    Direcionado para alunos,

    pesquisadores e profissionais

    da dança, o objetivo do Fórum

    foi promover a reflexão sobre

    o cenário da área no Estado, no

    Brasil e no mundo e fomentar

    o intercâmbio entre os grupos,

    pesquisadores e companhias

    de dança locais com profissio-

    nais de outros Estados do Brasil.

    Os debates – no estilo talk-

    -show, e os grupos de trabalho

    foram realizados na Escola de Te-

    atro e Dança Fafi. Já os espetácu-

    los, com companhias de dança lo-

    cais e de outros Estados, foram

    apresentados no Theatro Car-

    los Gomes. Tudo gratuito.

    Instituto Sincades apoia Fórum ES de Dança

    encontram alunos com deficiências

    diversas, familiares e amigos, que re-

    cebem, através das atividades deste

    projeto, estímulos para o seu desen-

    volvimento cultural e social, além do

    incentivo às relações interpessoais

    entre todos os envolvidos.

    O Instituto Sincades, que tem

    como missão promover o desenvol-

    vimento sócio-cultural da socieda-

    de capixaba, se identificou com esse

    projeto e tornou-se um de seus par-

    ceiros, ajudando na manutenção de

    suas atividades.

    Como forma de enraizar ainda

    mais essa parceria, o Arte Sem Li-

    mites foi convidado a participar de

    um encontro com o maestro João

    Carlos Martins, no cerimonial Le

    Buffet, em comemoração aos 30

    anos da empresa Motociclo (asso-

    ciada ao Instituto Sincades), com-

    pletos no dia 31 de agosto.

    O encontro foi um presente para

    o público que presenciou um emocio-

    nante depoimento do maestro João

    Carlos Martins, maior intérprete de

    Bach do mundo, e assistiu às apre-

    sentações musicais do Arte Sem Li-

    mites. Juntos, integrantes do ASL e

    maestro deram uma lição de vida

    à platéia, mostrando como supera-

    ram suas limitações através da arte.

    Para conhecer melhor o Arte

    Sem Limites acesse: www.projeto-

    asl.blogspot.com

    O mágico encontro entre o Arte Sem Limites e maestro joão Carlos Martins

    30 31

  • 32