Jornal info jardim olimpia out 2013 issuu

of 12/12
Ano I - nº 3 - outubro de 2013 LIGUE E ANUNCIE - 11-3798-2588 5.000 exemplares - Distribuição gratuita Por um futebol melhor para todos Ciclovia é reivindicação antiga da população do Butantã O distintivo adotado pelos jogadores no movimento Bom Senso F.C. Rogério Ceni do SPFC, um dos signatários do movimento de jogadores. Ciclovia da Eliseu começa a se tornar realidade Turismo Shutterstock Divulgação Fotolia Vipcomm Divulgação Importante eixo de ligação entre o município de Taboão da Serra e bairros da zona sudoeste da capital paulista, como Campo Limpo, Morumbi, Vila Sônia, Butantã e Pinheiros, a Avenida Eliseu de Almeida deverá, enfim, ter uma ciclovia. O projeto executivo da obra foi apresentado no mês passado pelo subprefeito do Butantã, Luiz Felippe de Moraes Neto, na Frente Parlamentar em Defesa da Mobilidade Humana, na Câmara Municipal de São Paulo. Continue lendo na pág. 5 Info Jardim Olímpia agrada leitores, e anúncios ficam 50% mais baratos Leitores e anunciantes aprovam o Jornal Info Jardim Olímpia. Dizem que é diferente dos demais pelo conteúdo e é mais bonito, mas os anúncios são caros. Atendemos aos pedidos e reduzimos em quase 50% os valores. Os anunciantes terão ainda a chance de parcelar tudo em até 12 x sem juros no cartão de crédito. Nesta edição, Daniel Thompson, o Mochileiro das Maravilhas, iniciará uma série de 7 reportagens sobre as novas maravilhas do mundo. A série terá Muralha da China, Petra (Jordânia), Cristo Redentor (Brasil), Machu Picchu (Peru), Coliseu (Itália), Chichen Itzá (México) e Taj Mahal (Índia). Ele viajou pelo mundo todo reunindo o melhor para esta série. Leia mais nas págs. 6 e 7 Apoiados por mais de 300 atletas das séries A e B do Campeonato Brasileiro, parte do grupo signatário do movimento Bom Senso F.C. reuniu-se no último dia 30 de setembro. O encontro contou com a presença de vinte jogadores de vários clubes do País e teve como objetivo definir propostas centrais para solucionar algumas questões que têm repercutido no rendimento dos atletas e na qualidade do nosso futebol. Leia mais na pág. 4 Muralha da China
  • date post

    14-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    219
  • download

    6

Embed Size (px)

description

Um Jornal dinâmico, bonito e inteligente, o conteúdo que faltava aos leitores do Butantã. ANUNCIE E VENDA MUITO!

Transcript of Jornal info jardim olimpia out 2013 issuu

  • Ano I - n 3 - outubro de 2013LIGUE E ANUNCIE - 11-3798-2588 5.000 exemplares - Distribuio gratuita

    Por um futebolmelhor para todos

    Ciclovia reivindicao antiga da populao do Butant

    O distintivo adotado pelos jogadores no movimento Bom Senso F.C.

    Rogrio Ceni do SPFC, um dos signatrios do movimento de jogadores.

    Ciclovia da Eliseucomea a se tornarrealidade

    Turismo

    Shutterstock

    Divulgao

    Fotolia

    Vipcomm

    Divulgao

    Importante eixo de ligao entre o municpio de Taboo da Serra e bairros da zona sudoeste da capital paulista, como Campo Limpo, Morumbi, Vila Snia, Butant e Pinheiros, a Avenida Eliseu de Almeida dever, enfim, ter uma ciclovia. O projeto executivo da obra foi apresentado no ms passado pelo subprefeito do Butant, Luiz Felippe de Moraes Neto, na Frente Parlamentar em Defesa da Mobilidade Humana, na Cmara Municipal de So Paulo. Continue lendo na pg. 5

    Info Jardim Olmpiaagrada leitores, e anncios ficam 50% mais baratosLeitores e anunciantes aprovam o Jornal Info Jardim Olmpia. Dizem que diferente dos demais pelo contedo e mais bonito, mas os anncios so caros. Atendemos aos pedidos e reduzimos em quase 50% os valores. Os anunciantes tero ainda a chance de parcelar tudo em at 12 x sem juros no carto de crdito.

    Nesta edio, Daniel Thompson, o Mochileiro das Maravilhas, iniciar uma srie de 7 reportagens sobre as novas maravilhas do mundo. A srie ter Muralha da China, Petra (Jordnia), Cristo Redentor (Brasil), Machu Picchu (Peru), Coliseu (Itlia), Chichen Itz (Mxico) e Taj Mahal (ndia). Ele viajou pelo mundo todo reunindo o melhor para esta srie. Leia mais nas pgs. 6 e 7

    Apoiados por mais de 300 atletas das sries A e B do Campeonato Brasileiro, parte do grupo signatrio do movimento Bom Senso F.C. reuniu-se

    no ltimo dia 30 de setembro. O encontro contou com a presena de vinte jogadores de vrios clubes do Pas e teve como objetivo definir propostas

    centrais para solucionar algumas questes que tm repercutido no rendimento dos atletas e na qualidade do nosso futebol.Leia mais na pg. 4

    Muralha da China

  • 2 www.infojardimolimpia.com.br

    Jos Roberto Gregrio

    Maria Barthaly

    Destaques

    Editorial

    Dica paraum bom anncio

    ANJOS entre o bem e o mal

    Terapeuta Holstica: Maria Barthaly | Espao EsotrycTel. 3875-4992 www.esoteryc.com.br

    Muitos j devem ter ouvido falar em Composto de Marketing,termo mundialmente conhecido e que se refere aos 4Ps do Marketing.Philip Kotler, a maior autoridade em Marketing da atualidade, que define o composto de Marketing como o conjunto de ferramentas que a empresa usa para atingir seus objetivos de marketing no mercado alvo. Pela importncia, vrios pases adaptaram a seus idiomas os quatro grupos, que tm como base a grafia iniciada pela letra P. So eles, Produto, Preo, Promoo e Praa (ou Ponto de Venda). As quatro variveis conectam-se a uma srie de atividades que, se bem aplicadas, atingiro em cheio o Mercado Alvo, menina dos olhos e foco de todo empreendedor. No que tange a anncios publicitrios, o meio Jornal permite bons resultados, desde que tenha-se o cuidado de gerar um bom composto, representado pelo anncio, que ter a misso de sensibilizar o consumidor. No se pode iludir o consumidor com inverdades, pois o caminho e o resultado ser curto. Deve-se ter em mente que um nico anncio pode at vender, mas o processo de repetio sempre potencializar os resultados. Tais compostos,assim aplicados, favorecem a memorizao do produto e aumentam as chances de retorno do investimento. Reserve portanto uma verba adequada e nunca desista... no tem mgica,persistir o pulo do gato!Acredite, e bons lucros.

    O s anjos so uma extenso de Deus, um elo especial entre ns e Ele, criados para nos consolar, proteger, guiar, fortalecer, ensinar, aconselhar e alertar. Nos acompanham desde o nascimento at a morte. Porm, em outra dimenso, abaixo dos anjos, existem outros seres inferiores, so os Anjos Contrrios, tambm conhecidos como Gnios Contrrios. De acordo com a Cabalah, todos ns somos acompanhados pelo Anjo da Guarda que nos protege e pelo Anjo Contrrio, que visa nos prejudicar. Quando estamos tristes, aflitos, depremidos, irados ou revoltados, mudamos o nosso padro de energia. Com isso, a nossa aura enfraquece e o nosso Anjo sente dificuldade em atuar. Ele no pode ficar perto desta energia ruim que emanamos! Este o momento propcio para a aproximao do Gnio contrrio. Ele ir fazer de tudo para nos mantermos neste estado, para que nos domine e nos envolva em uma srie de situaes negativas. Na realidade, ele muito mais perigoso do que qualquer inimigo fsico, pois tenta de todas as maneiras corromper a nossa alma! Ele representa a iluso, a cobia, a avareza, o egosmo, a maldade, o sexo depravado, os vcios e as dependncias. Sempre que pensamos ou agimos de modo inferior, alimentamos este ser que nos ronda e nos faz agir por instinto. E, nos opondo razo, sabedoria e justianos opomos s leis divinas! Por isso, importante que voc perceba a sua presena para afast-lo. Mantenha a sua energia sempre ativa, busque a sintonia com o seu Anjo da Guarda e, principalmente, cuide para que ele nunca se afaste de voc! Na proxima edio vou falar sobre os Anjos regentes dos signos e dar algumas dicas interessantes.

    Espao do leitor Li o jornal de vocs em um salo de cabeleireiro e vi muitas coisas lindas, como o Mochileiro. As fotos dele do vontade de viajar pelo mundo. Uma delcia. Leila da Silva

    Maneira a reportagem do Neymar, ele um craco e vai dar de mil no espanhol. Sou mais Brasil e no abro. Parabns a todos do jornal. Gustavo Costa F.

    Ol, meu nome Josenildo e recebi o jornal em minha casa e os cachorros rasgaram. Tem jeito de mandarem um novo?Agradeo muito, Vila Snia

    Vai me desculpar, mas no acredito em vantagem por no ter dinheiro, a matria impossvel. Mostre quem vive feliz com o bolso vazio. Nice

    O metr pode ser bom pra todo mundo, mas para mim um absurdo. Desapropriaram a casa da minha filha, e o valor que a coitada recebeu, sem comentrio. Ana Jlia Rici

    Meu nome Paulo Balukian e parabenizo o jornal pela linha editorial. H contedo de sobra, bem diferente!!!

    Tem como usar meu folheto num anncio do Info Jardim Olympia? Abrao. Solange

    REDAO: Grato a todos pelos comentrios. Escrevam para [email protected] ou ligue para 11- 3798-2588 h.c., para anunciar : site www.infojardimolimpia.com.br

    EXPEDIENTE Contato: www.infojardimolimpia.com.br | [email protected] | Ttulo: Jornal Info Jardim Olmpia | Periodicidade: mensal, com tiragem de 5.000 exemplares | rea de Distribuio: Butant/So Paulo/SP/Br | Distribuio: grupo Info Jardim Olmpia Editor: Jos R. Gregrio | Redao: Fati Gomes, Gabi Guedes Colunistas: Ronaldo Ferreira, Dado Abreu (esportes), Daniel Thompson (turismo), Maria Barthaly, Dora Lorch (esotersmo/psicologia), Rodrigo Belmonte (coaching), Cesar Augusto Nardi Poor (imveis), Antonio Carlos Egypto, Primaggio Mantovi (cinema) | Arte: Antonio Carlos Santos | Ilustraes/Crnicas: Grego | Marketing: Marcelo Barbosa | Vendas: Mrcia Maria Ferraz da Costa | Grfica: Studio4 - Grfica Digital e Offset | www.studio4.com.br Rua Periperi,142 | Socorro | 0476-060 | So Paulo | SP - tel 11 2202-4000 - segunda a sexta - horrio comercial

    RESERVE JO SEU

    ANNCIO PARA A

    EDIO DE NOVEMBRO

    E SAIBA COMOENCARTAR

    SEUSFOLHETOS.

    LIGUE

    3798-2588

    Fotolia

  • 3 www.infojardimolimpia.com.br

    Carolina Gonalves - Agncia Brasil

    Geral

    CRECI-SP 68.530

    Consultoria, Administrao & Gesto Imobiliria Locao e venda de imveis Gesto imobiliria Administrao de locaes Departamento jurdico especializado Atendimento personalizado desde 1998

    Cesar Augusto Nardi Poor

    Cesar Augusto Nardi Poor

    A CAIXA, que gerencia o FGTS, vem simplificando o procedimento, mas os requisitos que permitem o uso devem estar presentes. Mas quais so esses requisitos? Em termos gerais so: 1) pelo menos 36 meses de contribuio ao FGTS; 2) no possuir outro financiamento SFH; 3) no possuir outro imvel no municpio, nos municpios limtrofes e na regio metropolitana; 4) o imvel onde ser utilizado o FGTS deve ser para moradia do comprador; 5) ter o VALOR DE AVALIAO em at R$ 750 mil. Este limite est valendo desde o dia 01/10/2013.; 6) o imvel deve estar com a documentao em ordem, e sem impedimentos para sua comercializao; 7) o comprador no pode ter usado seu saldo de FGTS para o mesmo fim nos ltimos 36 meses. A utilizao do FGTS no permitida para: a) compra de imvel comercial ou para moradia de outras pessoas seno o comprador; b) reformas em imvel j adquirido anteriormente ou mesmo no imvel que est sendo adquirido; c) compra de terreno, mesmo sendo residencial; d) compra de material para construo. Uma observao importante, que o valor de R$ 750 mil refere-se avaliao e no ao valor de compra!

    Cesar Poor ([email protected]) advogado atuante na rea imobiliria h 16 anos, corretor

    Como posso usar o FGTSna compra de um imvel?

    Tel. 11 3817-4777 | Cel. 11. 9.6977-4777

    www.cesarpoor.com.br | [email protected]

    Outubro rosa: Senado pode aprovar dois projetos sobre tratamento do cncer de mama

    Braslia Pelo menos dois projetos que pretendem ampliar as polticas de tratamento e preveno do cncer de mama podem ser aprovados este ms no Senado. Durante o lanamento da campanha Outubro Rosa no Congresso Nacional, que prev uma srie de eventos para lembrar a importncia do diagnstico precoce e dos cuidados com a doena, o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que quer votar as propostas ainda em outubro.Uma das matrias (PLS 406/2011) garante o acesso s polticas de preveno, deteco e tratamento do cncer de mama por mulheres com deficincia. O outro projeto (PLS 352/ 2011) garante a incluso do medicamento de uso oral contra o cncer, a quimioterapia oral, nas coberturas obrigatrias dos planos de sade para permitir tratamento domiciliar. A Agncia Nacional de Sade Suplementar (ANS) abriu, recentemente, uma consulta pblica para saber a opinio da populao sobre a incluso da quimioterapia oral nos Sistema nico de Sade (SUS). De acordo com a senadora Ana Amlia (PP-RS), que props o projeto no Congresso, a ANS registrou recorde de 7 mil acessos. Ana Amlia, que participou do lanamento da campanha no Legislativo, ainda alertou que a preveno tem grande capacidade de recuperao da doena. Se fizer a deteco do cncer de mama, a chance de cura chega a 90%. O Congresso Nacional ganhar iluminao rosa, a partir das 18h30 de hoje (1). A iluminao especial ser mantida por todo o ms.

    Edio: Juliana Andrade

    Foto: Fbio Rodrigues Pozzebom/ABr

    Para incentivar o exame preventivo do cncer de mama, a iluminao dos prdios do Congresso Nacional, Palcio do Planalto e Catedral ganharam tons de rosa, que permanecero durante todo o ms de outubro.

    Fotolia

  • 4 www.infojardimolimpia.com.br Esporte

    Para o bem de todosDado Abreu

    Divulgao: E. C. Corinthians P. Divulgao - Vipcomm

    Divulgao

    P ara o bem de todos. Com este pensamento um grupo de mais de 70 jogadores das principais equipes do Pas (atualmente so mais de 300 apoiadores) lanou no ms passado um movimento, o Bom Senso F.C., com o intuito de rever o calendrio do futebol brasileiro e propor mudanas para as prximas temporadas. Entre os atletas esto Alex (Coritiba), Rogrio Ceni (So Paulo), Paulo Andr (Corinthians), Valdivia (Palmeiras) e Edu Dracena (Santos). Todos acreditam que o atual formato, com tantas partidas e to pouco tempo de descanso, prejudique bastante o nvel tcnico do campeonato. Insatisfeitos com a proposta apresentada pela CBF para o ano que vem, com incio da temporada marcado para 12 de janeiro e dois perodos quinzenais de frias, um antes e outro no meio da temporada, durante a pausa para a Copa do Mundo, o grupo

    sugere algumas alteraes. A primeira delas prev uma adequao ao modelo europeu (com a temporada comeando no meio do ano), enquanto outras visam controlar o nmero mximo de partidas por um determinado perodo, o intervalo destinado para a pr-temporada, tempo de frias e garantias formais de pagamento dos salrios em todos os clubes. Mas, por conta do Mundial, o que a CBF alega tornar 2014 um ano atpico, tais alteraes podem ficar apenas para 2015. Ao que tudo indica, rever o calendrio, gregoriano,

    como bem ironiza o colega Juca Kfouri, far bem no s aos jogadores, exauridos, mas tambm aos clubes, s confederaes e a ns, meros torcedores. Uma nova ordem, adequada ao calendrio praticado no apenas na Europa, mas tambm na Argentina, Uruguai, Mxico e outros pases, no apenas desfalcar menos o Campeonato Brasileiro nas janelas de negociao, como evitar interrupes nas datas Fifa, como na ocasio da Copa do Mundo, alm de permitir o intercmbio com times europeus durante as pr-temporadas, o que geraria receita para os clubes brasileiros. Que o Bom Senso F.C. prevalea.

    Distintivo do movimento Bom Senso F.C. representa os artistas da bola que do o sangue para o bem do espetculo. Uma carga massiva de jogos pode prejudicar a sade, o desempenho e comprometer o lucro dos clubes.

    Rogrio Ceni, goleiro/SPFC

    Paulo Andr, zagueiro/Corinthians

    No sabe o que est perdendo. O DONA PIMENTA Emprio e Congelados surgiu no Jardim Bonfiglioli para trazer comodidade para o dia a dia das famlias do bairro e regio, sem abrir mo do sabor e da qualidade dos alimentos feitos de forma artesanal.

    Para momentos especiais, como uma reunio de amigos numa final de campeonato, em que a descontrao pede algo rpido e saboroso, nada melhor que nossos antepastos, queijos, pes italianos e vinhos para esquentar o momento e a comemorao.

    Nos dias mais frios, voc encontrar sopas, massas e molhos, tortas salgadas, azeites, pimentas e muitos outros temperos e itens. Gostou, n? Alm do emprio, o DONA PIMENTA tambm conta com uma Cafeteria, onde voc pode tomar um delicioso caf expresso, acompanhado de bolos e outros quitutes, enquanto relaxa ou bate papo com os amigos. Curtir o Dona Pimenta motivo para comemorao, afinal, consumir ou curtir as nossas novidades, por si sj uma vitria.

    Rua Moacir Miguel da Silva, 854, loja 8Jardim Bonfiglioli.

    Delivery para a regio:(11) 2539-5799 / (11) 2539-5802

    Horrio de funcionamentoSegunda, das 13h s 19h, Tera a

    Sbado, das 9h s 19h30

    Esquina com Rua Ari Aps - Estacionamento no local

    VOC CONHECEO EMPRIO MAIS

    CHARMOSO Dobutant?

  • 5 www.infojardimolimpia.com.brEsporte

    Dado Abreu

    Divulgao Subprefeitura SP - Foto Maurcio Martins

    Divulgao - http://www.facebook.comA cicloviada Avenida Eliseude Almeida, umaantiga aspiraoda populao doButant, tem seuprojeto apresentado, trazendo grande alegria aos queutilizam a bicicleta como meio de transporteou lazer.

    Shutterstock - Vettel e Massa

    Ronaldo Ferreira, h 40 anos comentarista de F1 l do sof de [email protected]

    Que fase, hein, Vettel? Que fase, hein, Massa?A mesma frase, sentidos opostos. Um praticamente tetracampeo, o outro com futuro incerto na F1. Massa tem talento para continuar numa boa equipe, Vettel tem talento para continuar ganhando ttulos. Mas o que une os dois, hoje, o sentimento de injustia.O quase tetracampeo Vettel v seus ttulos, ganhos numa incrvel sequncia, sendo desmerecidos. Muito se fala do carro e pouco dele. Injustia. Massa v seu talento de campeo-por-30-segundos tambm sendo enxovalhado, especialmente pela torcida talo-brasileira. Injusto tambm. Os dois tm um desafio enorme: provar que so melhores que o Alonso, o asturiano bicampeo que posa de mago das pistas, mas que, a bem da verdade, no ganha nada desde 2006. E, no ano que vem, Alonso vai ter que mostrar tambm a que veio. Ele vai ser companheiro do Kimi Rikknen, o ltimo campeo da Ferrari, coisa que nem o queridinho Alonso conseguiu at agora. Como em 2013 parece que ningum tira a taa do Vettel, j estou torcendo pela temporada 2014. Temporada de grandes mudanas tcnicas nos carros e de pilotos de ponta tendo que mostrar servio. Parece coisa do filme Rush. Mas isso papo para outra hora.

    Importante eixo de ligao entre o municpio de Taboo da Serra e bairros da zona sudoeste da capital paulista, como Campo Limpo, Morumbi, Vila Snia, Butant e Pinheiros, a Avenida Eliseu de Almeida dever, enfim, ter uma ciclovia. O projeto executivo da obra foi apresentado no ms passado pelo subprefeito do Butant, Luiz Felippe de Moraes Neto, na Frente Parlamentar em Defesa da Mobilidade Humana, na Cmara Municipal de So Paulo. No total, a ciclovia ter 4 mil metros e o prazo de construo de at 120 dias a partir do incio dos trabalhos. No uma obra complexa, pois no precisa de grandes intervenes, sendo basicamente pavimentao e sinalizao, disse o subprefeito. Sonho antigo dos moradores da regio, a implantao de uma ciclovia na avenida est no papel desde 2004, quando foi elaborado o Plano Regional Estratgico do Butant, que estabeleceu como meta o ano de 2006 para a concluso da obra. Porm, desde ento, o prazo vem sendo postergado. Importante ressaltar que a via no trata apenas de estimular o uso da bicicleta, mas de proteger a vida das pessoas que j a utilizam na regio. Hoje em dia, circulam diariamente pela Eliseu de Almeida mais de 600 ciclistas.

    Desejo antigo dos moradores da regio, Ciclovia da Eliseu comea a se tornar realidade

    Dois pilotos de ponta; Vettel, um

    quase tetracampeo e Massa, talento para continuar buscando

    resultados nas melhores equipes

    Luiz Felippe de Moraes na apresentao do projeto ciclovia da Eliseu de Almeida na Cmara Municipal de SP

  • 6 www.infojardimolimpia.com.br Turismo

    Daniel Thompson

    A vista de uma das muitas torres emum dos belos trechos percorridos

    No se sabe ao certo, mas estima-se que a Muralha da China receba anualmente 10 milhes de visitantes, vindos do prprio pas e do resto do mundo

    Mochileiro das Maravilhas

    A Muralha da China, tambm conhecida localmente como Grande Muralha, a maior obra j construda pelo homem. Ela comeou a ser erguida por volta de 220 a.C., ou seja, h mais de dois mil anos, por determinao do primeiro imperador chins, Qin Shihuang, com o intuito de proteger o territrio chins do ataque de povos inimigos. Em 1980, alguns sculos depois de ela perder a funo estratgica de defesa, o ento comandante do pas, Deng Xiaoping, criou uma campanha de restaurao do local, ou de partes dele, j que muitas partes esto em runas. Para se ter uma ideia, essa obra ocupa mais de 8 mil quilmetros do pas antes pensavam que eram apenas 6,7 mil quilmetros, mas encontraram recentemente uma nova parte - que o equivalente a percorrer em linha reta o Brasil de norte a sul, ida e volta, ligando os seus extremos. Em 2007, a Grande Muralha ficou com o primeiro lugar na eleio das Novas Maravilhas do Mundo Moderno, e hoje um dos pontos tursticos mais visitados do planeta. O nmero de visitantes cresce a cada ano, junto economia do pas. Eu j queria conhecer esse local h muito tempo, mas, depois de tudo isso, ela entrou definitivamente na rota da minha primeira volta ao mundo!

    A Grande Muralha

    A China est cada vez mais de braos abertos aos visitantes! O idioma ainda uma barreira, mas os chineses se esforam para receber bem os turistas que por ali passam. A Muralha, pelo seu tamanho, pode ser acessada por diversos pontos. Desde Pequim (ou Beijing), capital e principal porta de entrada do pas, h trs pontos principais para quem quer

    visitar essa Maravilha:1) Badaling parte da Muralha que foi reconstruda. Fica a 40 quilmetros de Pequim e o ponto mais turstico e estruturado dessa Maravilha.2) Mutianyu parte antiga que fica a aproximadamente 60 quilmetros de Pequim. A caminhada nessa parte considerada de nvel mdio no que se refere

    dificuldade.3) Jinshanling to Simatai Trekking de oito quilmetros entre essas duas regies da Muralha.O incio est a 110 quilmetros de distncia de Pequim. Subidas e descidas ngremes durante o percurso de quatro horas, passando por partes conservadas e tambm por runas da Muralha, alm de pontes e at uma tirolesa sobre um rio.

    MuralhadaChina

  • 7 www.infojardimolimpia.com.brTurismo

    A histria da Muralha to grande quanto seu pas, o mais populoso do mundo!

    Na prxima edio vou falar de mais uma Maravilha do Mundo. Aguardem!

    Cansado, mas feliz, eu agradeo at hoje poder ter conhecido esse lugar to incrvel e cheio de histrias

    A cada quilmetro surge uma nova torre de observao, de onde, antigamente, os guardas chineses tinham uma viso privilegiada da movimentao de inimigos prximos Muralha

    Fique atento poca do passeio. Um bom calado, gua e uma cmera fotogrfica no podem faltar.

    Daniel Thompson blogueiro, turismlogo e sonhador. Mantm oblog www.mochileirodasmaravilhas.com.br e video-maker no portal UOL. Envie sua pergunta, sugesto ou comentrio para [email protected]

    N a minha passagem pela China eu fui dois dias Grande Muralha. Um para conhecer Badaling, que o maior ponto de visitao, caminhar um pouco e registrar a minha passagem por l e outro a Jinshanling, para uma caminhada mais desafiadora que percorre aproximadamente oito quilmetros e termina em Simatai. As duas visitas foram inesquecveis, pois estar na Muralha j era muito especial. A sensao de como se estivesse fazendo parte de toda a histria que ela tem para contar, observando aqueles tijolos que foram colocados ali h milhares de anos e as montanhas que se perdem de vista com o serpentear e a ondulao da Muralha sobre elas. Durante a caminhada, a cada torre que fica para trs com um (ou mais) simptico chins dentro - vendendo gua, fazendo a segurana, jogando cartas, dormindo ou simplesmente vendo o tempo passar, um novo captulo desse monstro de pedra comea e uma nova porta se abre, com uma nova torre adiante e algo que nunca se sabe ao certo que estar te aguardando. No primeiro dia eu subi caminhando, percorri uma boa parte (talvez uns oitocentos metros) e desci deslizando por um tobog divertido. J no outro dia, em quatro horas, percorri oito quilmetros e passei por 30 torres, pontes, e muitas runas onde, s vezes, a Muralha quase desaparece. Por fim, uma despedida altura: uma tirolesa de uns trezentos metros sobre o local at chegar ao fim da linha. Mesmo cansado do sobe e desce das montanhas, no consegui parar de sorrir por ter passado dias to especiais sobre essa real maravilha do nosso planeta. Espero que a conservem e que muitos outros viajantes tenham essa oportunidade, pois incrvel!

  • 8 www.infojardimolimpia.com.br Cultura/Comportamento

    Cinema - O estranhocaso de Anglica Antonio Carlos Egypto

    Rodrigo Belmonte

    Divulgao

    Fotolia

    O ESTRANHO CASO DE ANGLICA. Portugal, 2010. Direo e roteiro: Manoel de Oliveira. Com Ricardo Trpa, Pilar Lopez de Ayala, Leonor Silveira, Lus Miguel Cintra, Filipe Varga. 95 min.

    Grande mestre do cinema, o cineasta portugus Manoel de Oliveira realizou O Estranho Caso de Anglica aos 102 anos de idade, em 2010. Em 2012 lanou O Gebo e a Sombra. Impressionante, no? Anglica (Pilar Lopez de Ayala),

    uma mulher lindssima, morre poucos dias depois de se casar. Sua famlia, que est bem de vida, chama com urgncia um fotgrafo profissional para registrar a moa morta no auge da juventude. Issac (Ricardo Trpa, neto do diretor), o jovem fotgrafo, fica impressionado com ela por sua beleza, mas, principalmente, porque ao ser retratada, ela pisca e sorri para ele. S para ele. A partir da, ele se tornar obcecado por ela. Procurar encontrar nas fotos que tirou o mistrio da criatura e da situao. Issac passa a conviver com a imagem de Anglica e com ela, como um fantasma. Enamora se dela. Mas que espcie de amor ser esse? Ao que poder levar? Essa histria realmente estranha, sobrenatural, d margem a que Manoel de Oliveira explore efeitos especiais. Nunca se viu antes pessoas voando nos filmes dele, marcados pelo realismo e pela reflexo sobre a vida. O que no significa que ele no tenha uma atrao pelo inusitado, pelo surreal. Esse caminho, complementado por uma erudio visvel, j

    foi capaz de produzir belos trabalhos em sua vasta obra cinematogrfica. Muitas vezes ele escolhe textos literrios que bebem nessas fontes. O Estranho Caso de Anglica perscruta a alma humana por meio da perplexidade romntica de Issac. De alguma forma, ele sempre viveu num outro mundo. Mas, estando parte, manifestava uma sensibilidade especial. No s para a beleza feminina, mas tambm para questes sociais, como o trabalho tradicional na terra que ele registrava, acompanhando trabalhadores rurais e suas enxadas. Sua cmera, assim como a do cinema de Manoel de Oliveira, est atenta a tudo, se interessa pelas agruras e mistrios do mundo e pensa sobre ele. A cmera seu instrumento, o meio de produzir esse conhecimento. Na fotografia, que se move transformando as coisas, est o prprio cinema. O centenrio realizador continua a crer no seu meio de abordar e compreender as coisas, com uma juventude de fazer inveja a qualquer um de ns.

    Antonio Carlos EgyptoPsiclogo, Socilogo e Crtico de [email protected]://cinemacomrecheio.blogspot.com

    Coaching, abrindoportas e oportunidades

    Mudar de profisso possvel, e no depende de idade. Ainda assim vemos inmeras pessoas infelizes com o que fazem, trabalhando apenas para pagar as contas, ou porque nisso que se formaram. Para que esta quebra de paradigma no passe de mera iluso, alguns fatores so extremamente crticos a qualquer indivduo: seus valores e suas crenas. Isso mesmo, apenas estas duas palavrinhas mgicas. Vamos entender de uma vez o que so, na realidade, estes clichs do tipo preciso muita coragem, ou ele deve ter sido demitido, ou ainda ele deve ter ganho uma bolada!. Aprendemos durante a vida, especialmente com nossos pais, a agir de forma segura e dependente. Ter um salrio fixo, cuidar dos negcios da famlia ou ter um cargo pblico. Aprendemos que algumas coisas no so possveis ou so muito difceis, como mudar de emprego ou profisso depois dos 40, ou acreditamos que para ter o prprio negcio, preciso comear muito cedo. E assim crescemos. Poucos so os que diferem deste padro. O fato que, independentemente de onde e com quem aprendemos, passamos a acreditar nisso (crenas) por darmos maior importncia segurana naquilo que conseguimos inicialmente (valor). A possibilidade de quebra de paradigma est aqui. Nada nos impede de rever nossos valores e redefinir nossas crenas. Os poucos que fizeram esta mudana no so simplesmente mais corajosos, nem acabaram de ganhar uma herana ou muito menos foram demitidos. Eles simplesmente acreditam em algo diferente da maioria, e tambm valorizam sentimentos, sensaes e resultados distintos da simples segurana que nos domina, tais como realizao, satisfao, fazer a diferena no mundo, deixar um legado, e por a vai. Porm, como passar a valorizar algo diferente do que sempre valorizamos e como passar a acreditar em algo diferente do que aprendemos a acreditar? necessrio abrir mo de algo? A resposta simples: sim! Como diria Fernando Pessoa, preciso abandonar as roupas usadas que j tm a forma do nosso corpo... o tempo da travessia, e se no ousarmos faz-la, teremos ficado para sempre margem de ns mesmos. Passamos um tero de nossa vida trabalhando e outro tero dormindo. No que voc acredita? Que apenas neste um tero restante possvel ser feliz, fazendo o que gosta? Me recuso a aceitar isso. Abandonei as roupas usadas e iniciei a travessia. Conhea as pessoas que fizeram o mesmo, saiba quais so seus valores e suas crenas e aprenda a rever seus conceitos. Isto certamente te levar a novas descobertas e a novos resultados.

    http://www.facebook.com.br/InstitutoRodrigoBelmonte

    CAROLINA DE PAIVA ANDRADE

    11 4112-4235 11 9.9498-6196e-mail: [email protected]

    Estar bem com voc estar bem com o mundo!

    Venha cuidar de voc!

    CRP: 06/78555

    Av. Comendador Alberto Bonfiglioli, 438 Jardim Bonfiglioli - So Paulo - SP

    Psicloga Cognitivo - Comportamental

  • 9 www.infojardimolimpia.com.br

    Dora Lorch

    Minha filha est ficando

    Dora Lorch Psicloga clnica e mestre em psicologia pela Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo (PUC-SP).http://www.doralorch.com.br/

    O s tempos mudaram. Quem tem filhos adolescentes convive atualmente com a expresso ficar. uma situao nova, indefinida, mas que tem ajudado principalmente as jovens na escolha do primeiro namorado. Na verdade, o que mudou foi apenas a forma de abordagem, pois o pedir em namoro sempre foi (e continua sendo) um momento difcil. Antigamente, os amigos mais prximos faziam o meio de campo para descobrir se a garota aceitaria o pedido, evitando assim que o menino ficasse com cara de bobo. Hoje, eles ficam antes de confirmar o relacionamento. O ficar acabou pegando porque o medo de ser rejeitado permanece o mesmo. No ficar, os dois podem estar juntos sem compromisso para descobrir se gostam da proximidade e at do beijo do outro. Se houver afinidade, podem continuar ficando e concluir que o namoro vale a pena. Tudo isso pode ser muito bom se predominar o respeito de ambas as partes. Em geral, quem se casa com o primeiro namorado tende, ao longo dos anos, a se questionar se fez a escolha certa. Porm, sem

    comparao, h muito espao para fantasias, como a convico de que o casamento seria diferente se tivesse optado por outra pessoa. Certamente seria, mas o outro tambm teria qualidades e defeitos. Quando idealizamos, esquecemos de acrescentar os problemas e dificuldades de um relacionamento.Outro comportamento comum de quem se casa com o primeiro namorado o medo de sair de um relacionamento ruim por achar que ningum mais vai querer ficar com ela. O mesmo pode acontecer com os homens. Quem no teve outros namoros, geralmente tem mais medo de arriscar.Por isso, to importante que os pais estejam atentos e tomem alguns cuidados quando os filhos comeam a ficar. Primeiro, a idade dos parceiros deve ser prxima para que um muito mais velho no manipule os desejos e necessidades do mais novo e mais frgil.Depois, importante que, mesmo apaixonados, os adolescentes entendam que no podem abandonar suas vidas, ou seja, largar os estudos, a convivncia familiar, os amigos. O novo parceiro deve se encaixar no meio em que o adolescente vive. Se ele

    for muito diferente, vale a pena a famlia conversar sobre o assunto. Outro aspecto importante no incentivar as crianas a ter comportamento de adulto. Isso quer dizer que aos dez anos o pr-adolescente est gostando de outro, mas, na maioria dos casos, amor platnico. uma preparao para as prximas fases. E no adianta proibir o namoro. Quando muito jovens, no entanto, preciso deixar o relacionamento mais leve e menos compromissado. Isso porque os pequenos crescem e mudam. Proibir pode jog-los nos braos de algum que voc no quer. O impedimento da famlia os coloca no lugar de Romeu e Julieta, e isso pode unir mais do que separar. Portanto, o melhor trazer o namorado para perto do ncleo familiar, mas com autonomia para o adolescente escolher se quer ficar junto ou se quer se separar. Nada de dizer que se ela no desmanchar o namoro voc vai ficar triste. A escolha do adolescente.E, principalmente, conversar muito sobre os relacionamentos na internet, supervisionar os contatos dos pr-adolescentes. E falar abertamente sobre os riscos de serem levados a fazer o que no querem. Sob o risco de repassar dados ntimos para quem no conhece ou marcar um encontro sozinha com essa pessoa. So conselhos vlidos tambm para os adultos que se conhecem pela internet. Enfim, muita conversa. Sobre voc na idade deles, sobre os relacionamentos dos amigos deles, sobre eles, sobre o que voc v daquele relacionamento. Conversas sobre a vida.Boa sorte.

    Cronicando com GregoLelinho, um brasileiro

    Comportamento

    Caro editor,

    escrevo para seu jornal para relatar um fato preocupante envolvendo meu filho Marcelo, a quem chamamos carinhosamente de Lelinho, um garoto de 10 anos e nove meses de idade. Lelinho, no perodo em que eu estava grvida, torpedeava-me com socos e pontaps, demonstrando energia alm da conta para um feto. Parecia querer expressar seu descontentamento por estar trancado ali, tendo um mundo todo esperando por ele do lado de fora. Em seu nascimento no chorou nadica, talvez sugerindo que choro no era coisa de homem. No aniversrio de dois anos ganhou um carrinho de borracha vermelho, que ele apertava e apitava. Ai de quem ousasse tirar o danado dele, era escndalo na certa. Ficava o tempo todo apitando agarrado nas bordas do bero. Na creche, aos quatro anos, estava sempre rodeado de coleguinhas, e dada a sua convincente persistncia, sempre conseguia, no se sabe como, bolachinhas extras para todos. Dona Marta, a dona da creche, dizia que se continuasse assim seria poltico. Mal completara cinco anos, causou uma confuso dos diabos ao montar um plebiscito para decidir se assistiriam ao Cocoric ou ao desenho do Bob Esponja, contrariando a programao estabelecida pela escolinha. Quando o Lelinho fez oito anos, antes de apagar a velinha do bolo de aniversrio, perguntamos o que desejaria ser no futuro. Acabou surpreendendo a todos ao afirmar que seu sonho era ser operrio metalrgico. O Luciano, meu marido, logo explicou que a vida de um metalrgico era dura, que o trabalho era puxado e que se estudasse bastante poderia ser um grande engenheiro mecnico ou um dedicado doutor e ficar muito bem de vida. O garoto disse que no concordava, pois se fosse metalrgico, mesmo sem estudar, poderia virar Presidente da Repblica e ficar muito rico. O silncio foi total. Foi por isso que decidi registrar aqui a minha indignao, diante da confuso provocada na mente do Lelinho, por interferncia do meio poltico. E tem mais, por duas vezes, o garoto quase machucou seriamente um dos dedos da mo na catraca de sua bike. Quando o alertei sobre o perigo de acidente grave, ele respondeu que, mesmo que houvesse um acidente, em nada comprometeria o seu futuro, e o resto o senhor j pode imaginar. Minha vida virou a maior confuso. O Lel inho, atualmente, leva muito a sr io tudo isso, e na br incadeira de Presidente quer e leger uma coleguinha, f i lha do meu viz inho, para o lugar dele no futuro. Montou uma equipe e est em reunio todos os dias at quase o horr io da escola , provocando atrasos e atrapalhando os estudos. O Serjo, pai do Dudu, tambm est reclamando, pois, todas as vezes em que o Lel inho falta s reunies, l vai o Duduzinho como vice. Assim, no d. Espero que divulgue este meu protesto para evitar que outros Lel inhos sejam contaminados pelo mesmo efeito polt ico que baguna tanto a cabecinha dos pequenos. Desejo apenas que ele estude, f ique bem e seja um bom brasi leiro.

    Assina, Marilda Azambuja/SP

  • 10 www.infojardimolimpia.com.br

    Maria Barthaly - Espao Esoteryc

    Horscopo

    ries

    Cncer

    Libra

    Capricrnio

    Touro

    Leo

    Escorpio

    Aqurio

    Gmeos

    Virgem

    Sagitrio

    Peixes

    Passatempo

    Mantenha o foco em seus interesses e no permita que pessoas negativas atrapalhem o seu trabalho ouestudo. No amor, reserve um tempo para a pessoa amada, isso evitar maiores cobranas.

    A vida a dois est favorvel para viver uma boa relao. Nos negcios, esteja atento com papeladas, contratos e assinaturas. Busque pessoas experientes para auxili-lo! Cuide tambm da sade bucal.

    Cuidado com as amizades e com as falsas promessas. Nem tudo como parece! Tenha tato e bom senso para avaliar as questes. No amor, fase de romatismo e seduo. Quanto s finanas, ser preciso conter os gastos.

    O perodo aponta conflitos com pessoas mais velhas ou com figuras de autoridade. Mantenha as contas e documentos em dia e anote todos os compromissos. Isso lhe ajudar a seguir uma rotina mais eficiente.

    Como a sua sensibilidade estar flor da pele, evite o mximo entrar em discusses. Cuidado com a tendncia a levar tudo para o lado pessoal! Exerccios ao ar livre podero ser teis neste perodo para aliviar a tenso.

    Profissionalmente, preciso produzir para obter resultados. Seja determinado e planeje melhor o futuro. Invista em cursos de aperfeioamento.No amor, no deixe pequenos contratempos esfriar a relao.

    Cuidado com mal-entendidos na vida amorosa. Nada melhor do que uma conversa franca. No trabalho, conquistas vista. Quanto sade, no se esquea de fazer os exames de rotina. Antes prevenir do que remediar!

    Sua energia estar baixa, por isso, diminua um pouco o ritmo de trabalho. Aproveite para descansar, relaxar e, se possvel, faa uma pequena viagem! Isso trat mais clareza mental para mudar algumas situaes.

    No trabalho, ateno, podem surgir alguns atritos. No seja impulsivo e mantenha a calma. Lembre-se de que nas crises que se aprende a buscar os meios para vencer os problemas. No amor, fase de parceria.

    Se pretende se aventurar em grandes negcios, saiba que deve tomar muito cuidado at a primeira quinzena, pois h riscos de prejuzos. Cuidado tambm com fofocas de pessoas invejosas durante esta fase!

    Perodo favorvel para investir na relao amorosa e no setor profissional. Na famlia, cuidado com o exceso de dedicao. Lembre-se de que cada um deve aprender a caminhar com as suas prprias pernas!

    Estruture melhor o seu tempo para ter tranquilidade para lidar com as questes profissionais e amorosas. Correr demais lhe tira a possibilidade de realizar coisas bem-feitas e de curtir o que faz. Uma coisa de cada vez!

    PLACAS EM CARTAZ

    PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

    Soluo

    www.coquetel.com.br Revistas COQUETEL 2013

    BANCO 110

    BUZ

    CARIS

    M

    A

    TICO

    ELITEHALO

    C

    A

    NT

    O

    S

    RCNON

    T

    A

    S

    AVOSRO

    R

    OOTOMANOS

    DUROINOE

    DESFRUTADO

    I

    O

    RIOD

    E

    S

    MOSCOVISP

    PMOAMORE

    RETRO

    P

    IUS

    TELEVISORES

    NEOTAILU

    S

    A

    TOIMITAR

    EROSROSA

    (?) Gillan,vocalistado DeepPurple

    Osancestrais

    de umfamlia

    Cheio de calosida-

    des (odedo)

    Seu imp-rio termi-nou em1922

    Tudo, em onis-

    ciente

    A do troncoda sequoiapassa dos10 metros

    Elementodo sal decozinha

    (smbolo)

    Fritada deovos comvrios in-gredientes

    Du (?), oLeonardode Loucopor Elas

    Logradou-ros peque-

    nos eestreitos

    Postmeridiem(abrev.)

    Rgua-(?): usada

    emdesenho

    rvoresutilizadasno urba-nismo

    Moda quese inspira

    nopassado

    Per (?),sucesso deZizi Possi

    Cerimniade cunhosagrado

    Ouro, emfrancs

    Remedaralgum

    No, emfrancsResolve

    (problema)

    Doena como atoxoplasmose

    Substncia paralimpar piscinas

    Queperderam

    os pais

    TrajetoAve negradas ruas

    de Londres

    Reno, SoFranciscoe Amarelo

    Elevaes;subidas

    Dgito binrio (Inform.) (?) Thur-man, atrizEscravo;

    cativo

    Atabaque(bras.)Modo

    de agir

    TodaviaNoel (?): o Poeta da Vila

    Correr osquatro (?)do mundo:

    viajarmuito

    Sabrina(?), apre-sentadora

    Aparelhos eletrnicos

    quechegaramao Brasilem 1950,foram po-pulariza-dos pelasnovelas

    Cupido (Mit.)

    Espcie deboi sel-vagem

    A nata dasociedade

    Kennedy,por sua

    qualidadede orador

    Setor de uma empresaque oferece informa-es e releases sobresuas atividades paraos meios

    miditicos

    Apreciado

    Semdinheiro(gria)

    Marcelo(?), apre-sentador

    AurolaSquito queacompanhaum poltico

    Poemagrego (pl.)

    Descrente

    H A L O

    2/or. 3/bit non uro. 5/amore mpio. 7/zoonose.

    BARRIGUDINHA

    CARRAPICHO

    VETERINRIO

    GREGO

    AVALONE

    PRIMAGGIO

  • 11 www.infojardimolimpia.com.brClassificados/Crnica

    Acesse anuncie venda | [email protected]

    O que voc faria se tudo fosse possvel?Acredite, s depende de voc!

    www.facebook.com.br/InstitutoRodrigoBelmonte

    (11) [email protected]

    INFO

    JO -

    3798

    -258

    8

    Q

    fone: 981 479 855

    I

    Antes de alterar a sua marca, ou comunicaoCONSULTE SEMPRE UM DESIGNER

    uando pensar em atualizar a sua comunicao, valorize seu produto com

    profissionais de qualidade e preo justo.

    nvestir em sua imagem a melhor forma para atrair e manter os seus clientes.

    Sob nova direo

    Servios: Veterinrio - Banho - TosaRaes - AcessriosLeva e Traz

    LIGUE: 11 - 3733-8746Rua Prof. Jos Geraldo de Lima, 569 - Rio Pequeno - So Paulo - CEP 05367-180

    INFO

    JO -

    11-

    3798-2

    588

  • causando boa impresso

    h 20 anos

    Brindes - Material CorporativoMaterial Promocional - Acabamentos Especiais

    11 2202-4000 | [email protected] Periperi, 142 - Socorro

    So Paulo - SP - Cep 04760-060www.studio4.com.br

    Solicite um oramento

    grficaStudio4