Juíza determina multa diária de R$ 1.000 se DTP não ... ?· Juíza determina multa diária de...

download

of 32

  • date post

    09-Jul-2018
  • Category

    Documents
  • view

    213
  • download

    0

Embed Size (px)

transcript

  • Redao: So Paulo Rua Dr. Bacelar, 47 - V. Clementino CEP 04026-000 (011) 5575-2653 Fax: (011) 5579-4387 e-mail redacao.motorista@terra.com.brRedao: Rio de Janeiro Rua Santana, 73 s/loja 206 CEP 20230-260 Tel. (021) 2252-6071 Fax: 2242-8550 e-mail folhadomotorista@uol.com.br

    O Jornal

    do Taxista

    O n

    ossoJornal

    ANO XXIX No 707 Circulao de 28/01 a 10 de fevereiro de 2014 Tiragem: 60 mil exemplares www.jornaldotaxista.com.br www.folhadomotorista.com.br

    Com a instalao de cmera os criminosos deixaro de abordar os txis,

    porque a imagem ficar registrada em uma central. Manuteno mensal por

    apenas R$ 45, com o aparelho smartphone que o taxista j usa no dia a dia,

    mais um aparelho smartphone sem linha. Pg. 05

    Cmera no txievita assaltos e golpistas

    Carros com at trs anos de fa-

    bricao no faro a inspeo a par-

    tir deste ano. Se seu carro tem mais

    de trs anos, bom trocar. Pg. 30

    ControlarSua preferncia aos clientes da

    Folha do Motorista lhe garante melhor

    resultado. Eles tm sempre equipes

    preparadas para os trmites do

    faturamento.

    Folha do Motorista: 30 anos a seu

    favor. Pg. 31

    Vai trocar o seu txi?

    Anuncie na Folha do Motorista. Fale

    conosco: 11 5575-2653/

    folhadomotorista@terra.com.br/

    cob.unida@uol.com.br

    Vender ou comprar?

    Procure a GNC, Gente Nossa

    Corretora de Seguros. Quinze anos ga-

    rantindo o seu patrimnio. Dias para-

    dos segurana para voc.

    Ligue: 5572-3000. Pg. 16

    Procure a Coopetasp. Aos

    inadimplentes com a Coopetasp ou

    Sindicato ser cobrada uma taxa

    de servio. Documento liberado

    na hora.

    Ligue: 2081-1015.

    Seguro para seu txiCarta de rendimento

    Juza determina multa diria de R$ 1.000 seDTP no realizar a transferncia em 48h

    A Juza Las Helena Bresser Lang Amaral, da 2 Vara da Fazenda Pblica, estipulou multa de R$ 1.000 em caso de descumprimento da transferncia de

    alvar: O impetrante tem o direito, o que foi reconhecido pela prpria administrao. No se justifica a demora de meses para a emisso do alvar. Assim

    sendo, DEFIRO a liminar, e que o documento seja emitido em 48 horas, sob pena de multa diria de R$ 1.000. Segundo a Dra. Rita Simone Miler Bertti,

    que atua na Coopetasp, todos os processos deferidos podem ser finalizados por meio de um Mandado de Segurana. Pg. 12

    Fotos: Mrio Sergio Almeida

  • FOLHA DO MOTORISTA Pgina 2 de 28/01 a 10 de fevereiro de 2014

    Comeou a valer em 1 de janeiro

    de 2014 a obrigatoriedade de que to-

    dos os carros zero quilmetro fabrica-

    dos no Brasil tenham airbag e freios ABS.

    Os automveis devem sair de fbrica

    com airbag duplo frontal (um para o

    motorista e outro para o ocupante do

    banco da frente) e o sistema de freios

    ABS, que evita o travamento das rodas

    em frenagem mais brusca. Esses itens no

    Carros zero quilmetro estoobrigados a ter airbag e freios ABS

    podero ser adquiridos como opcionais,

    mas outros tipos de airbag, como de cortina

    e de joelho, podem ser vendidos parte.

    A medida era prevista desde 2009

    pelo Conselho Nacional de Trnsito

    (Contran). A partir de 2010, o percentual

    de carros novos que deveriam ter esses

    itens aumentou gradualmente at chegar

    aos 100% este ano. Em dezembro pas-

    sado foi cogitada a possibilidade de adiar

    a obrigatoriedade, mas o governo voltou atrs.

    A lei pe fim a modelos que no ti-

    nham como receber airbag e o ABS ou

    cujo preo mudaria muito com a incluso

    desses itens: o caso da Kombi e do Gol

    G4 (antiga gerao), da Volkswagen, e

    do Fiat Mille (antigo Uno).

    Preo do zero quilmetro

    vai aumentar

    Segundo o ministro da Fazenda, Guido

    Mantega, o preo dos carros populares

    dever subir de 4% a 8%, como re-

    passe dos custos de incluso de

    airbag e ABS.

    A associao das montadoras

    (Anfavea) estimou em dezembro que

    o custo da instalao dos equipa-

    mentos seria de R$ 1 mil a R$ 1,5

    mil nos carros que ainda no possu-

    am os itens.

  • FOLHA DO MOTORISTA Pgina 3de 28/01 a 10 de fevereiro de 2014

  • FOLHA DO MOTORISTA Pgina 4 de 28/01 a 10 de fevereiro de 2014

    Em Belo Horizonte (MG), foi instalado um sistema de biometria em 10%

    dos txis, com o objetivo de fiscalizar a carga horria dos condutores. Em uma

    frota de 6.549 txis, o sistema biomtrico est presente em 605 veculos ven-

    cedores da ltima licitao. Os taxistas utilizam a digital para dar partida no

    veculo, e devem cumprir uma escala mnima de 12 horas dirias de trabalho.

    Os dados so coletados quando os veculos equipados com o aparelho vo at a

    sede da Empresa de Transportes e Trnsito de Belo Horizonte (BHTrans), onde h

    uma antena que capta as informaes. Uma nova antena ser instalada perto do

    Terminal Rodovirio da capital, onde os carros passam com mais frequncia.

    A Associao dos Condutores Auxiliares de Txis (Acat) quer que o siste-

    ma seja estendido aos veculos antigos. A Acat afirma que o valor da diria

    para os taxistas auxiliares gira em torno de R$ 150, e vrios proprietrios de

    alvars no trabalham.

    Taxistas de Belo Horizonteprecisam provar com digital

    que trabalham na praa

    O vereador Alpio Rodrigues, deFortaleza, apresentou um projeto delei que obriga a instalao de cabinesde proteo blindadas nos txis. Amedida uma tentativa de proteger osprofissionais dos constantes crimescometidos na regio. Os taxistas so-frem com a violncia devido a sua car-ga horria pesada e a alta rotatividadede passageiros, disse o parlamentar.Segundo o sindicato da categoria,Sinditaxi, de dois a trs taxistas sovtimas de criminosos por semana emFortaleza.

    A proposta que as cabines sejaminstaladas por concessionrios epermissionrios dos txis. O custo ser

    Taxistas de Fortaleza podem ser

    obrigados a instalar cabines blindadas

    de aproximadamente R$ 3 mil, de-pendendo do veculo. Em caso dedescumprimento, a multa ser de 40UFMF (Unidade Fiscal do Munic-pio de Fortaleza), cerca de R$ 2 mil.

    O presidente do Sinditaxi,Vicente de Paula, elogia a preo-cupao com a segurana dostaxistas, mas pede precauo emvirtude dos custos da novidade.Ainda no fomos ouvidos sobrea proposta. preciso discutir issocom a categoria, para que a ins-talao no seja onerosa para osprofissionais. No momento, o pro-jeto de lei aguarda parecer do relator,o vereador Carlos Dutra.

    Foto: Divulgao

    Foto: Divulgao

  • FOLHA DO MOTORISTA Pgina 5de 28/01 a 10 de fevereiro de 2014

    Salomo Pereira, editor da Folhado Motorista, acompanhou de pertoa escalada de violncia contra a ca-tegoria, e decidiu criar um sistemade monitoramento por cmeraspara txis. Em primeiro lugar pen-sei na segurana do taxista. Masprecisava tambm criar algo bara-to, de fcil instalao e com as ima-gens gravadas em um local inaces-svel para os criminosos. Tudo issoest presente no sistema, citouSalomo.

    Nunca antes uma empresa haviase interessado em desenvolver umproduto especfico para o taxista. Ascmeras para carros existentes nomercado possuem alto custo, e o pr-prio taxista arca com a manuteno eo armazenamento das imagens. Almda questo financeira, o fato das ima-gens estarem arquivadas com otaxista inviabilizam o projeto, j queos bandidos podem destruir as gra-vaes do crime.

    Hoje, as cmeras nos txis de SoPaulo j so realidade. Os veculos

    Ladro e golpista deixaro deabordar o txi com o uso de cmeras

    Os taxistas so vtimas fceis. Os criminosos, ao perceberem o registro de

    sua imagem por cmera, certamente no concretizaro o crime

    com cmeras possuem um selo infor-mando sobre o monitoramento, e seum suposto passageiro tiver a inten-o de praticar um crime ir desis-tir, porque assim que entrar no car-ro sua imagem j estar registradaem uma central.

    Vrios locais de So Paulo somonitorados por cmeras, e em diver-sos pases do mundo os txis j estoequipados com cmeras para a segu-rana do taxista. Pelo Brasil h proje-tos em andamento nas prefeituras deinmeras cidades para a instalao domonitoramento de txis.

    Para baratear a mensalidade do sis-tema de segurana por cmeras,Salomo Pereira, a empresa detecnologia Cerruns e a LG criaramuma soluo: utilizar a linha do apa-relho smartphone que o taxista jutiliza em seu dia-a-dia. Desta for-ma, ser necessrio adquirir apenasoutro aparelho, sem linha, para usoda cmera, reduzindo o custo men-sal de R$ 110 para R$ 45.

    Como funciona a cmera para txi

    Um smartphone colocado em umsuporte, prximo ao pra-brisa do ve-culo. As imagens comeam a ser gra-vadas quando o passageiro entra notxi, e ficam armazenadas em uma cen-tral, fora do pas.

    Mesmo que o veculo ou o apa-relho smartphone sejam roubados,os criminosos sero identificados

    porque suas imagens j estaroregistradas. O sistema inibe aao do criminoso e protege otaxista, j que o resgate das ima-gens no acessvel pelo veculo.

    Os interessados podem procurara sede da Coopetasp:

    Telefone 2081-1015 / E-mail:salomaosilva@terra.com.br

    Foto: Mrio Sergio Almeida

    Lauro Reis da Silva, de 19 anos, foi preso em 10 de janeiro acusadode assaltar cinco taxistas em Ribeiro Preto, interior de So Paulo. Almdos txis, Lauro tambm teria assaltado um posto de combustveis euma padaria.

    O rapaz usurio de crack, e a polcia acredita que o vcio seria omotivo dos crimes. Ele foi preso em sua casa, aps investigaes, eteve a priso temporria decretada.

    O taxista Agnaldo Alfredo dos Santos, de 63 anos, morreu no dia 6 dejaneiro durante assalto em Macei, Alagoas. Segundo informaes da polcia,quatro assaltantes, entre eles duas mulheres, se passaram por passageiros eanunciaram