Linguagem Dos Simbolos

of 23 /23
Módulo XI Módulo XI CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HIPNOSE NA SAÚDE: MÚLTIPLAS ABORDAGENS INSTITUTO DE PSICOLOGIA CRESCER LTDA FACULDADE METROPOLITANA SÃO CARLOS – FAMESC A A Linguagem dos Símbolos em Linguagem dos Símbolos em Hipnose Hipnose

Embed Size (px)

Transcript of Linguagem Dos Simbolos

Mdulo XIA Linguagem dos Smbolos em Hipnose

CURSO DE PS-GRADUAO EM HIPNOSE NA SADE: MLTIPLAS ABORDAGENS INSTITUTO DE PSICOLOGIA CRESCER LTDA FACULDADE METROPOLITANA SO CARLOS FAMESC

Dicionrio Michaelis Smbolo: 1 Qualquer coisa usada para representar outra, especialmente objeto material que serve para representar qualquer coisa imaterial: O leo o smbolo da coragem. A pomba com um ramo de oliveira no bico o smbolo da paz.

2 Figura ou sinal que, nas moedas antigas, indica a casa da moeda em que foram feitas.3 Divisa, emblema, figura, marca, sinal que representa qualquer coisa. 4 Psicol Imagem que representa e encerra a significao de tendncias inconscientes. Etc.

Simbologia = Estudo sobre os smbolos Simblico = 1 Pertencente ou relativo a smbolo. 2 Que tem a natureza do smbolo ou carter de smbolo, alegrico. 3 Que serve como smbolo de alguma coisa. 4 Expresso por um smbolo. 5 Em que se faz uso de smbolos: Linguagem simblica. 6 Teol Relativo aos credos ou confisses de f. Swstika o smbolo do Deus Sol O Swstika desenhado de vrias maneiras. A mais comum a representao primaveril do Sol, com seus braos em torno de um ngulo reto.

O Homem utiliza a palavra escrita ou falada para expressar o que deseja transmitir, sua linguagem cheia de smbolos, mas ele tambm, muitas vezes, faz uso de sinais ou imagens no estritamente descritivos.

O que chamamos smbolo um termo, um nome ou mesmo uma imagem que nos pode ser familiar na vida diria.

Uma palavra ou uma imagem smbolica quanto implica alguma coisa alm do seu significado manisfesto e imediato. Esta palavra ou imagem tm um aspecto inconsciente mais amplo que nunca precisamente definido ou de todo explicado. Quando a mente explora um smbolo, conduzida a idias que esto fora do alcance da nossa razo.

Aspectos inconscientes na nossa percepo da realidade. O primeiro deles o fato de que, mesmo quando os nossos sentidos reagem a fenmenos reais, a sensaes visuais e auditivas, tudo isso transportado da esfera da realidade para a da mente. Desta forma toda experincia contm um nmero indefinido de fatores desconhecidos, ou seja, a realidade concreta possui aspectos que ignoramos porque no conhecemos a natureza da matria em si. Existe ainda uma linguagem subliminar que absorvida pelos sentidos. Todos esses processos conscientes e inconscientes podem se revelar simbolicamente atravs dos sonhos.

A histria do simbolismo mostra que tudo pode assumir uma significao simbolica: objetos naturais (pedras, plantas, animais, agu, fogo, etc) ou fabricados pelo homem (casas, barcos, carros, etc) ou mesmo formas abstratas (nmeros, tringulos, quadrados e etc). O homem cria smbolos e confere-lhes importncia psicolgica.

Yantra : Um Yantra um desenho geomtrico que age como uma ferramenta altamente eficiente para contemplao, concentrao e meditao. Yantras tem uma conotao espiritual: h um significado especfico que pertence a nveis mais altos de conscincia. O Yantra uma janela para o absoluto. Quando a mente est concentrada em um nico simples objeto (neste caso um Yantra), a tagarelice mental para. Nas fases mais avanadas, possvel atingir sensao de unidade pela visualizao geomtrica. O Yantra uma figura microcsmica do macrocosmo.Yantras normalmente so projetados de forma que o olho levado para o centro, e muito frequentemente eles so simtricos.

Em hipnose podemos utilizar os Yantras e os smbolos como forma de induo atravs da fixao do olhar. Ao olhar fixamente uma imagem de mandala, por exemplo, o cliente passa a ter um foco de ateno externo, para que a partir da possa encontrar o seu centro interno. Alm disso, toda simbologia implcita na sua linguagem verbal e no verbal constitutiva do sujeito e o revela a si mesmo.

As cores tambm tem simbolismo e revelam um significado individual, dependendo das interpretaes de cada um, de seu projeto. Essas cores podem auxiliar no site terapeutico quando o cliente solicitado a se manifestar desenhando com lpis de vrias cores a seu dispor.Um mesmo tipo de desenho, como a famlia por exemplo, solicitado em diferentes etapas da terapia, pode demonstrar resultados muito diversos. Rejeio s cores, formas ou palavras, tambm denotam determinados comportamentos que precisam ser reavaliados. Como a hipnose trabalha com elementos inconscientes e conscientes, muitas das associaes feitas entre fatos acontecidos no passado e smbolos, cores, partes do corpo ou palavras, podem ser trazidas para o consciente e resignificadas. (Ex: criana-separaocor/ mulher-associaes grandes-sexo)

Haicai :De origem japonesa, os poemas Haicai usam as palavras para fazer surgir o simbolismo, da construo grfica, concreta para o imaginrio subjetivo. Poucas palavras e um forte desencadeamento de imagens visuais. Aqui no Brasil o Haicai j encontrou vrios simpatizantes e uma prtica bastante til em consultrio para estimular o cliente a expr o que se passa em seu ntimo. Tal qual a metfora, bastante conhecida por ns hipnlogos, o Haicai uma boa ferramenta de trabalho. VELHICE Uma folha morta. Um galho, no cu grisalho. Fecho a minha porta.

INFNCIA Um gosto de amora Comida com sol. A vida Chamava-se: "Agora".

Noite quente... pela manh, junto lanterna asas de cupim...

Frases de Jung : "...mais tarde ou mais cedo tudo se transforma no seu contrrio."

"Todos os efeitos so recprocos e nenhum elemento age sobre outro sem que ele prprio seja modificado"

Ningum se torna iluminado imaginando figuras de luz ou preenchendo a mente com concepes teosficas, mas sim tornando a escurido consciente.