Material PCP

of 23

  • date post

    10-Jul-2015
  • Category

    Documents

  • view

    575
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Material PCP

PLANEJAMENTO AGREGADO E PLANEJAMENTO MESTRE DA PRODUO Uso estratgico de mtodos intuitivos e matemticos, considerando restries de diversas naturezas. So explicadas as entradas, sadas e os procedimentos de clculo do MPS. Planejar = antecipar decises sobre as aes a serem tomadas para se obter um resultado futuro desejado.

Figura 1: Viso geral do PCP

Quando uma empresa produz ou trabalha com um elevado nmero de modelos de produtos necessrio agrupar (agregar) os inmeros modelos em um nmero menor de famlias, que represente a necessidade de produo. A demanda prevista para estas famlias de produtos conhecida como demanda agregada. O planejamento agregado o plano de produo da demanda agregada. A demanda geralmente apresenta sazonalidade ao longo do ano, em contraposio produo, que tem a tendncia de produzir quantidades lineares de produtos por ms. O planejamento agregado precisa definir como ser administrada esta diferena entre a demanda e a produo. possvel atuar na capacidade de produo com a admisso de pessoal, a realizao de horas-extras ou a subcontratao nos perodos de alta demanda e demisso de

Prof. Alexandre F. de Andrade Planejamento e Controle da Produo

Pgina 1

pessoal nos perodos de baixa demanda. Por outro lado, tambm possvel atuar na demanda da produo com a formao de estoques, reduo de preo ou promoes de vendas. Uma alternativa antecipar a entrega nos perodos de baixa demanda e aumentar os preos ou atrasar a entrega nos perodos de alta demanda. A melhor estratgia, naturalmente, ser aquela que permitir o menor custo e maior resultado da operao.

Nveis de planejamento As organizaes de manufatura precisam, de algum modo, planejar suas atividades produtivas. O planejamento das atividades de produo bastante complexo e precisa ser realizado em diferentes horizontes de tempo, em outras palavras, preciso pensar o que ser produzido em longo prazo, o que ser produzido em mdio prazo e o que ser produzido em curto prazo. A Figura abaixo demonstra os nveis de planejamento de produo industrial.

capacidade instalada avaliao econmica localizao arranjo fsico

PLANEJAMENTO AGREGADOdemanda agregada capacidade disponvel subcontratao

MRP PCP lotes mnimos de produo alocao de cargas

PLANEJAMENTO DA CAPACIDADE

PLANEJAMENTO DA PRODUO

Planejamento da capacidade O planejamento da capacidade um planejamento de longo prazo, normalmente expresso em anos, com um horizonte de tempo, na maioria das indstrias brasileiras, de dois at cinco anos, dependendo do porte da empresa e da complexidade da produo. Este planejamento de nvel

Prof. Alexandre F. de Andrade Planejamento e Controle da Produo

Pgina 2

estratgico e orienta a empresa sobre o caminho a trilhar no futuro. As decises do planejamento da capacidade incluem a inteno de ampliao da planta atual, a construo de novas plantas industriais, a aquisio e modernizao de mquinas, a expanso da linha de produtos com novos lanamentos, um estudo de previso de demanda de longo prazo e das tendncias da economia como um todo e do setor, especificamente. Este planejamento envolve ainda a avaliao de como sero obtidos recursos para os investimentos necessrios para o aumento da produo. Exemplo: a Fogobrs uma grande indstria montadora de foges domsticos e possui atualmente uma capacidade de produo mdia diria de 2.500 produtos. Foi realizado um estudo de mercado, apresentado no Quadro abaixo, que acena com a possibilidade de crescimento de vendas, ao longo dos prximos cinco anos. Quadro: Planejamento de longo prazo da capacidadeAno 1 2 3 4 5 Faturamento bruto anual (milhes de R$) 105 125 147 171 198 Produo anual (*) 800.000 900.000 996.000 1.092.000 1.440.000 Produo mensal (*) (unidades) 66.666 75.000 83.000 1. 91.000 120.000 Produo diria (unidades) 3.030 3.409 3.789 4.166 4.545

(*) foram considerados 22 dias teis por ms.

A Fogobrs trabalha em dois turnos e tem capacidade para produzir 2.500 foges por dia. Mesmo que a empresa implante um terceiro turno de produo, no ser capaz de produzir alm de 3.200 foges por dia, utilizando o atual parque instalado. Alm disto, h um aumento de custo estimado em aproximadamente de 20% em relao ao custo dos outros turnos, no caso de implantao do terceiro turno, em funo do trabalho noturno, encargos, transporte, custo de superviso e de manuteno da qualidade ser mais elevados. Isto mostra que, se a empresa pretende atender o aumento de demanda previsto, ser necessrio investir no aumento da planta fabril, no aumento do nmero de mquinas, ou mesmo na construo de uma nova fbrica, se for o caso. So decises que envolvem a avaliao da capacidade instalada; estudo do novo ponto de equilbrio e grau de alavancagem operacional; localizao das instalaes; decises de arranjo fsico etc.

Prof. Alexandre F. de Andrade Planejamento e Controle da Produo

Pgina 3

Dificuldade de planejamento da produo em funo do mix elevado O mix de produtos oferecidos pela maioria das organizaes bastante alto e se eleva a cada dia. praticamente impossvel prever a demanda de cada um dos produtos individuais a serem vendidos. Um fabricante de produtos de linha branca, que atua com uma nica linha de produtos, como foges, por exemplo, pode produzir inmeros modelos, cada qual com suas prprias variaes: foges com quatro ou seis bocas; com visor ou no na porta do forno; com acendimento automtico ou acendimento manual; com tampa de vidro ou tampa de chapa de ao; com forno autolimpante ou tradicional; em quatro ou cinco cores distintas e assim por diante. Um fabricante de refrigeradores, por sua vez, pode oferecer um grande mix de modelos apenas com a variao do volume interno do aparelho, tenso eltrica e cor. Desta forma, mesmo que a empresa atue com apenas uma linha de produtos, ela pode produzir dezenas ou at centenas de combinaes de modelos.

Demanda agregada Devido ao elevado nmero de modelos de produtos que uma empresa oferece no mercado seria impossvel prever a demanda para cada um deles, individualmente, com algum grau de preciso. Por isso, necessrio agregar, ou seja, agrupar os inmeros modelos em um nmero menor de famlias bsicas que represente, de uma forma mais geral, a necessidade de produo. demanda prevista para famlias bsicas de produtos d-se o nome de demanda agregada.

Critrios de agregao para o planejamento Os inmeros produtos que compem o mix de produo so agrupados em diversas famlias, de acordo com suas exigncias e caractersticas de produo. Por exemplo, para o planejamento a longo e mdio prazo, detalhes como a cor ou a tenso eltrica de uma geladeira no influenciam na tomada de deciso sobre capacidade de produo. Para este fim, a demanda dos produtos pode ser agrupada, independentemente dos detalhes de cada produto. Voltando ao exemplo dos foges, importante para o planejamento agregar a demanda em foges de seis bocas e foges de quatro bocas, pois ambos tem caractersticas de produo bastante distintas. Em outras palavras, para se avaliar a capacidade de produo, tanto faz produzir mil foges do modelo quatro bocas na cor marrom ou branco. No entanto, no

Prof. Alexandre F. de Andrade Planejamento e Controle da Produo

Pgina 4

possvel produzir mil foges do modelo seis bocas no lugar de mil foges do modelo quatro bocas, j que os tempos de produo envolvidos so diferentes para os dois modelos. Os critrios de agregao de demanda podem ser muito particulares de cada empresa, em funo dos processos produtivos por ela adotados, sendo impossvel elaborar uma metodologia que possa englobar ampla faixa de empresas e produtos.

Planejamento da produo Trata-se de um planejamento de curto prazo, normalmente expresso em semanas. Este planejamento de nvel operacional e especifica a produo diria dos produtos totalmente desagregados em suas mnimas especificaes de detalhes tais como cor, tenso, tipo, modelo, embalagem etc. A produo diria geralmente ocorre de forma linear ao longo da semana. O planejamento da produo inclui o planejamento da necessidade de materiais, geralmente obtida por meio do MRP (MATERIALS REQUIREMENT PLANNING), o planejamento da produo em si, com a elaborao dos planos dirios de produo, baseados nos lotes mnimos de produo, em funo do tempo e nmero de set-ups que precisam ser feitos, alocao de cargas nas linhas de montagem e de prfabricao, alm de outros fatores.

Planejamento agregado Nos meios de produo industrial, comum a utilizao do termo planejamento agregado, que deriva da demanda agregada. O planejamento agregado o plano de produo da demanda agregada para um perodo de mdio prazo, em geral de 12 meses. O planejamento agregado de nvel ttico e especifica a produo mensal dos produtos ou grupos de produtos. A demanda anual geralmente no ocorre de forma linear ao longo dos meses, via de regra a demanda apresenta sazonalidade ao longo do ano. Por outro lado, as indstrias tm a tendncia de produzir uma quantidade mdia linear de produtos por ms (ver o item que trata da estratgia de produo constante, mais adiante, neste captulo). Neste caso, o planejamento agregado visa a definir como a produo, de carter linear, ser feita para atender a demanda, de carter sazonal. A Figura abaixo apresenta a demanda mensal para o primeiro ano de planejamento da Fogobrs, detalhando as informaes contidas no Quadro a seguir:

Prof. Alexandre F. de Andrade Planejamento e Controle da Produo

Pgina 5

Quadro: Demanda mensal sazonal da Fogobrs.MS Demanda MS Demanda JAN 35.000 JUL 55.000 FEV 49.000 AGO 75.000 MAR 52.000 SET 80.000 ABR 65.000 OUT 85.000 MAI 74.000 NOV 97.000 JUN 67.000 DEZ 66.000

Como se pode observar no exemplo da Fogobrs, a empresa pretende vender 800 mil foges no ano 1 do seu planejamento de capacidade. Isto significa que a empresa pode produzir de 66 a 67 mil produtos por ms, apesar de a demanda variar, em funo dos perodos de sazonalidade. As vendas aumentam significati