Microsoft Word - FBD2009_2_manual€¦ · Web viewO documento foi criado no Solid Converter PDF...

Click here to load reader

  • date post

    27-Jul-2018
  • Category

    Documents

  • view

    214
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Microsoft Word - FBD2009_2_manual€¦ · Web viewO documento foi criado no Solid Converter PDF...

Microsoft Word - FBD2009_2_manual

FACULDADE BAIANA DE DIREITO Processo Seletivo 2013.2

Sumrio

Apresentao......................................................................................................................... 2

2. Regulamentao do Processo Seletivo ................................................................... 3

3 Curso e Vagas .................................................................................................................... 3

4. Inscries........................................................................................................................... 3

5. Forma de Ingresso ......................................................................................................... 5

6. Natureza das Provas ...................................................................................................... 5

7. Aplicao das Provas ..................................................................................................... 6

8. Correo das Provas ...................................................................................................... 7

9. Critrios de Eliminao ................................................................................................. 8

10. Classificao Final/ Convocao dos Candidatos............................................. 8

11. Critrios de Desempate.............................................................................................. 9

12. Divulgao do Resultado ........................................................................................... 9

13. Matrcula dos Convocados ........................................................................................ 9

14. Documentao para Matrcula dos Convocados ............................................... 9

15. Informaes Complementares .............................................................................. 10

Anexo I Contedos Programticos .................................................. 11

Anexo II - Questionrio Sociocultural ....................................................... 12

Anexo III Tabela de Cdigos de Estabelecimentos..................................... 17

Anexo IV Instrues para preenchimento do Requerimento de Inscrio...... . 19

Apresentao

A Faculdade Baiana de Direito origina-se de um antigo sonho de professores e educadoresbaianos,quehmuitotempo imaginavamconstruirumainstituio exclusivamente voltada ao Ensino Jurdico. O Direito uma rea muito especfica e complexa, e, exatamente por isso, esse grupo de professores imaginava ser possvel e, sobretudo, necessrio um projeto de Curso Jurdico autnomo, voltado ao que h de mais novo e avanado na rea.

No final do ano de 2006, surgiu a oportunidade de concretizao desse sonho. Os professores adquiriram, junto ao Grupo Ideal, a FCCC (Portarias MEC n 905 de 12/04/2006, n 63 de 11/01/2005, n 4.386 de 29/12/2004, n 4.387 de 29/12/2004, n 4.388 de 29/12/2004, n 4.389 de 29/12/2004), que possui autorizao para oferecimento dos cursos de Direito, Administrao, Turismo, Economia, Cincias Contbeis e Pedagogia. Ao iniciar o processo de construo de uma nova instituio, a antiga FCCC passou, desde o dia 29 de janeiro de 2007, a se chamar oficialmente Faculdade Baiana de Direito e Gesto (Portaria MEC n 79 de 26 de janeiro de 2007).

A utilizao da denominao simplificada Faculdade Baiana de Direito ajudar a construir a identidade de uma instituio voltada exclusivamente ao curso jurdico, apesar da autorizao legal para oferecimento de outros cinco cursos.

Passou-se, ento, construo de um projeto pedaggico diferenciado, trazendo Bahia o que h de mais moderno no Ensino Jurdico Brasileiro.

Dessa forma, a Faculdade Baiana de Direito assume a responsabilidade de iniciar a construo de uma nova experincia no ensino baiano. Uma experincia a ser construda com base em uma educao responsvel, tica e inovadora. Para tanto, espera contar com a confiana da sociedade baiana, em especial dos atuais e futuros membros da comunidade jurdica, colaborando com a construo de um ensino de qualidade no s para aqueles que diretamente fizerem parte deste projeto, mas, sobretudo, para a sociedade brasileira, que tanto clama por reviso de valores e procedimentos do mundo jurdico.

Valton Pessoa

Diretor-Geral

2. REGULAMENTAO DO PROCESSO SELETIVO

Em conformidade com a Lei n. 9394/96 de 20/12/1996, a Lei n.. 11.331, de 25/07/2006, a Portaria MEC n. 391 de 07/02/2002 e a Portaria Normativa n. 40 do MEC de 12/12/2007, e de acordo com o previsto no Regimento da Instituio e com as normas e procedimentos apresentados em Edital, complementados por este Manual do Candidato e outras informaes oficialmente divulgadas, o DIRETOR GERAL DA FACULDADE BAIANA DE DIREITO E GESTO, no uso de suas atribuies legais, TORNA PBLICO a abertura das inscries para o Processo Seletivo 2013.2, realizado sob a responsabilidade conjunta da CONSULTEC Consultoria em Projetos Educacionais e Concursos Ltda. e da Faculdade Baiana de Direito e Gesto, nas condies a seguir descritas.

3. CURSO E VAGAS

3.1. O curso de Bacharelado em Direito da Faculdade Baiana de Direito e Gesto est autorizado a funcionar pela Portaria MEC n 905, de 13/04/2006, na Rua Visconde de Itaboray, 989, Amaralina, Salvador Bahia , oferecido em regime semestral /creditao, com durao de 10 ( dez) semestres, 100 (cem) vagas a cada semestre, sendo 50 ( cinqenta ) vagas para cada turno: matutino e noturno.

3.1.1. Ao se inscrever o candidato dever informar, obrigatoriamente, no requerimento de inscrio, a escolha do turno da sua preferncia. Esta opo ser definitiva.

4. INSCRIES

4.1. Perodo: As inscries sero realizadas no Perodo de 14/03/2013 a 14/05/2013.

4.2. Valor da Taxa: O pagamento da taxa de inscrio poder ser feito seguindo o seguinte plano:

a) de 14/03 a 15/04/2013 no valor de R$ 65,00 (sessenta e cinco reais);

b) de 16/04 a 14/05/2013 no valor de R$ 85,00 (oitenta e cinco reais);

4.2.1. O pagamento da Taxa de Inscrio ser realizado de acordo com a modalidade de inscrio escolhida pelo candidato, e conforme apresentado a seguir.

4.3. Modalidades de Inscrio: A inscrio poder ser realizada nas Modalidades: Presencial ou No Presencial.

4.3.1 A. Inscrio na Modalidade Presencial ser realizada na sede da Faculdade Baiana de Direito e Gesto, de segunda a sexta-feira, das 8h00 s 21h00, e aos sbados, das 08h00 s 12h00.

4.3.1.2. Para concretizar a inscrio na Modalidade Presencial o candidato deve realizar os seguintes procedimentos:

a) Realizar o pagamento da taxa de inscrio atravs de depsito bancrio comum e identificado com o nome do candidato em nome da Escola Baiana de

Direito e Gesto Ltda, c/c 83460-9, Ag. 3241-7, Banco Ita.

b) Comparecer aos Postos Fixos de Inscrio, munido do comprovante original de depsito bancrio, devidamente identificado, para retirar o Manual do Candidato, o Requerimento de Inscrio e o Questionrio Sociocultural.

c) Ler o Manual do Candidato e preencher, cuidadosamente, e de acordo com as orientaes ali contidas, o Requerimento de Inscrio e o Questionrio Sociocultural.

d) Devolver o Requerimento de Inscrio devidamente preenchido e entregar cpia do Comprovante do depsito bancrio;

e) Receber o Comprovante de Inscrio.

4.3.2. A Inscrio na Modalidade No Presencial ser realizada pelos sites www.consultec.com.br, ou www.faculdadebaianadedireito.com.br, at a meia noite do dia 14/05/2013.

4.3.2.1. Para concretizar a inscrio na Modalidade Presencial o candidato deve realizar os seguintes procedimentos :

a)Acessar os sites www.consultec.com.br ou www.faculdadebaianadedireito.com.br e seguir as orientaes contidas na tela.

b) Ler o Manual do Candidato, preencher o Requerimento de Inscrio e o Questionrio Sociocultural on line, conforme instrues apresentadas.

c) Imprimir o boleto bancrio e realizar o pagamento da taxa de inscrio em qualquer agncia bancria. Nessa modalidade de inscrio o pagamento da Taxa s poder ser feito com o boleto bancrio impresso no ato da inscrio, e na data ali registrada.

d) Acessar o site da Consultec, 3 dias teis aps o pagamento da taxa de inscrio, para verificar se a inscrio foi validada.

4.4. Independente da modalidade de inscrio, no haver devoluo do valor da taxa de inscrio, seja qual for o motivo alegado pelo candidato, da mesma forma que no ser aceito pagamento por depsito em Caixa Rpido ou Casa Lotrica, por Agendamento ou por transferncia bancria.

4.5. A inscrio s se convalidar, seja na Modalidade Presencial ou No Presencial, com o pagamento da taxa de inscrio nas formas e nos prazos estabelecidos neste Manual.

4.6. A inscrio no Processo Seletivo ser feita sob a condio de que o candidato apresente, no ato da matrcula, a comprovao de concluso do Ensino Mdio ou equivalente. A no-apresentao dessa documentao acarretar, irrecorrivelmente, na automtica desclassificao do candidato e na conseqente perda do direito vaga.

4.7. Ao se inscrever, o candidato dever escolher o grupo de questes de Lngua Estrangeira que responder, fazendo apenas uma escolha: Ingls ou Espanhol. Caso deixe de faz-la, no preenchendo o espao prprio do Requerimento de Inscrio, ou caso faa dupla marcao, ser avaliado pelas questes de Lngua Inglesa.

4.8. Inscrio de Candidato Portador de Deficincia

4.8.1. No ato da inscrio, o candidato portador de deficincia dever declar-la no prprio Requerimento de Inscrio, bem como especificar os recursos adicionais necessrios para a realizao da Prova, se for o caso. As solicitaes realizadas aps a Inscrio s sero atendidas aps anlise, pela Coordenao do Processo Seletivo, da sua pertinncia.

4.8.2. O candidato portador de deficincia que necessitar de tempo adicional para a realizao das Provas dever requer-lo (conforme Anexo I deste Manual), com justificativa acompanhada de parecer emitido por especialista da rea.

4.8.2.1. O Parecer Mdico e a solicitao de tempo adicional, se for o caso, devero ser entregues nos Postos de Inscrio Presencial, at o dia 13/05/2013, at s 15 horas, para o Primeiro Momento e at o dia 23/05/2013, at s 15 horas, para o Segundo Momento.

4.8.2.2. A no observncia destas exigncias acima, desobriga a Faculdade de qualquer atendimento diferenciado.

4.9. Inscrio por Terceiros ou por Procurao

4.9.1. Em caso de impedimento, a inscrio do candidato feita na Modalidade Presencial, pode ser efetivada por terceiros, desde que devidamente respaldada por Procurao especfica para tal fim, indicando a opo de Lngua Estrangeira.

4.9.1.1 A Procurao no precisa ser feita em Cartrio e deve estar acompanhada da fotocpia do Documento de Identidade do candidato e do Procurador.

4.10. Cancelamento de Inscrio

4.10.1 A inscrio ser cancelada quando houver:

a) requerimento de Inscrio preenchido de forma irregular ou incompleta, em qualquer Modalidade;

b) pagamento da taxa com cheque sem proviso de fundos e nos casos de dbito em conta com ausncia de saldo;

c) no confirmao do Banco do recolhimento da taxa;

d) apresentao de documentao irregular ou incompleta no ato da matrcula;

e) no apresentao da Concluso do Ensino Mdio ou equivalente.

4.11. Independente da modalidade de inscrio realizada, de inteira responsabilidade do candidato a veracidade dos dados informados para a efetivao da inscrio e o atendimento das orientaes desse Manual.

4.12. Caso seja constatada a existncia de mais de uma inscrio de um mesmo candidato, ser considerada vlida a inscrio realizada em data mais recente, anulando-se as demais.

5. FORMA DE INGRESSO

5.1. O ingresso no curso de Graduao em Direito da Faculdade Baiana de Direito e Gesto feito pelo Processo Seletivo de Prova Escrita PSPE que ter dois Momentos distintos.

5.1.1. No Primeiro Momento, de carter genrico, ser aplicada uma Prova Objetiva com questes de mltipla escolha, para todos os candidatos.

5.1.2. No Segundo Momento, sero aplicadas duas Provas Discursivas, com estruturao mais direcionada ao perfil do curso de Bacharelado em Direito, s quais se submetero apenas os candidatos classificados no Primeiro Momento, at o limite de trs candidatos por vagas oferecidas, em cada turno.

5.1.2.1. Havendo coincidncia de pontos na ultima classificao, sero convocados para o Segundo Momento, todos os candidatos nesta situao.

6. NATUREZA DAS PROVAS

6.1. No Primeiro Momento ser aplicada uma prova nica de carter genrico, composta por 40 questes objetivas de natureza transdisciplinar, valendo, cada uma, 1(um) ponto. Esta Prova ter peso 4,0 ( quatro) e ser composta por trs grupos de questes:

a) Lngua Portuguesa e Lngua Estrangeira (Ingls ou Espanhol), privilegiando a compreenso e interpretao de textos, preferencialmente informativos de carter geral, extrados de jornais, revistas, peridicos e tambm textos de natureza tcnica, cujo objetivo maior ser o de avaliar a efetiva habilidade de leitura e interpretao dos candidatos.

b) Raciocnio Lgico Matemtico, envolvendo habilidades essenciais, tais como utilizao adequada da linguagem matemtica, atravs da qual o candidato revele capacidade de interpretar e expressar (verbal e textualmente) os fenmenos naturais, fsicos e socioeconmicos; transcrio de mensagens matemticas da linguagem corrente para a linguagem simblica e vice-versa, identificando padres matemticos em situaes reais, alm da leitura, interpretao e utilizao das representaes matemticas.

c) Conhecimentos Gerais, incluindo contedos sobre a organizao social e poltica do Brasil e do mundo; direitos e deveres de cidadania; tica; meio ambiente, ecologia, fatos e fenmenos de natureza cientfica; aplicao das leis fsicas no cotidiano; importncia da qumica para o desenvolvimento cientfico-tecnolgico, numa interao entre homem e natureza; situaes que contextualizem a diversidade das espcies biolgicas luz do processo evolutivo, utilizando os conhecimentos da Matemtica, da Fsica e da Qumica, na interpretao do fenmeno biolgico, em situaes do cotidiano.

6.1.2. As questes da Prova Objetiva sero elaboradas a partir de um eixo temtico e do tratamento dos contedos de forma compartilhada. O nmero de questes por contedos abordados est discriminado no quadro a seguir.

PROVA

QUESTES

PESO

Lngua Portuguesa e Lngua Estrangeira ( Ingls / Espanhol)

15 15

4,0

Raciocnio Lgico Matemtico

10 10

Conhecimentos Gerais

15 15

6.1.3. O tempo para a realizao dessa Prova ser de 3 (trs) horas.

6.2. No Segundo Momento sero aplicadas duas Provas Discursivas: Redao e

Humanidades, cada uma com peso 3 ( trs) , tendo a Prova de Humanidades 10 ( dez) questes.

PROVAS

QUESTES

PESO

Redao

-

3,0

Humanidades

10

3,0

6. 2. 1. O tempo para a realizao das Provas do Segundo Momento ser de 4 ( quatro) horas.

6. 2. 2. Para elaborao da Prova de Redao, ser oferecido ao candidato uma proposta de ema que possibilite a emisso de um parecer/opinio, ou a elaborao de uma resenha sobre um fato ou processo jurdico, ou ainda a elaborao de um requerimento, de forma a caracterizar, com maior nfase, a interpretao e a escrita como uma prtica social. A Prova ser avaliada numa escala de zero a dez pontos.

6.2.3. Na Prova de Humanidades, sero abordados conhecimentos relacionados s contribuies filosficas, sociolgicas, culturais, geogrficas, histricas e polticas para a humanidade, a partir de um eixo temtico selecionado, que priorizem a aferio de habilidades de interpretao, aplicao, anlise e sntese, enfatizando a avaliao dos fatos e fenmenos num enfoque contextualizado. Para cada questo correta dessa Prova o candidato receber 2,0(dois) pontos, podendo haver pontuao fracionada.

7. APLICAO DAS PROVAS

7.1. A Prova do Primeiro Momento ser aplicada no dia 18/05/2013 (sbado) das 15h00 s 18h00 e, as do Segundo Momento, no dia 25/05/2013 (sbado) das 14h00 s 18h00 em locais a serem divulgados trs dias antes de cada Momento, atravs dos sites www.consultec.com.br e www.faculdadebaianadedireito.com.br.

7.2. Para realizar as Provas de ambos os Momentos, o candidato dever apresentar o mesmo documento original de identidade com o qual se inscreveu, juntamente com o Comprovante de Inscrio.

7.2.1. Em caso de no apresentao do documento original de identidade por qualquer circunstncia (perda/esquecimento/roubo) ou da apresentao do documento, o candidato deve apresentar qualquer documento oficial com foto. e ser submetido identificao especial, compreendendo coleta de assinaturas e de impresso digital em formulrio prprio para verificao. Neste caso, o candidato s ter as provas corrigidas aps comprovao da fidelidade da digital coletada.

7.2.2. O candidato impossibilitado de apresentar no dia de realizao da prova, documento de identidade original por motivo de perda, roubo ou furto, dever apresentar documento que ateste o registro da ocorrncia em rgo policial, expedido h, no mximo, trinta dias.

7.2.3. Se o candidato no apresentar qualquer documento oficial que possua foto, no ser identificado e no far as Provas.

7.2.4. S sero aceitos como Documento de Identidade: Carteiras e/ou Cdulas de Identidade expedidas pelas Secretarias da Segurana Pblica, pelas Foras Armadas, pela Polcia Militar, pelo Ministrio das Relaes Exteriores, Cdulas de Identidade fornecidas por Ordens ou Conselhos de Classe, que por Lei Federal valem como documento de identidade, como, por exemplo, as do CRM, COREN, CRF, CRAS, CREFITO,OAB, etc., a Carteira de Trabalho e Previdncia Social (modelo novo) , bem como a Carteira Nacional de Habilitao (com fotografia, na forma da Lei Federal n 9.503 de 23/09/1997).

7.2.4.1. No sero aceitos como documentos de identidade: certido de nascimento; ttulo de eleitor; CPF; carteira nacional de habilitao ( modelo antigo); carteira de estudante; carteira de scio de qualquer agremiao; smart card; crach; carteira funcional sem valor de identidade; protocolos de solicitao de documentos, bem como, documentos ilegveis, no identificveis ou danificados.

7.2.5. A identificao especial ser exigida, tambm, do candidato cujo documento de identificao apresente dvidas relativas fisionomia e/ou assinatura do portador.

7.2.6. O candidato que no apresentar o documento de identidade original nem o registro da ocorrncia em rgo policial, expedido h, no mximo, trinta dias no far a prova, estando automaticamente eliminado do Processo de Seleo.

7.3. O acesso do candidato ao prdio de realizao das Provas em cada Momento se iniciar 20 mim antes do horrio definido para o fechamento dos portes. No Primeiro Momento os portes sero fechados s 15h00 e no Segundo Momento s 14h00.

7.4. A permanncia mnima do candidato em sala, tanto no 1, quanto no 2 Momentos, ser de 1h30 (uma hora e trinta minutos), e a sada levando o Caderno de Provas s ser permitida ao final do tempo de realizao estabelecido para cada Prova em cada Momento.

7.5. Para realizao das Provas, o candidato deve utilizar caneta esferogrfica de tinta azul ou preta e borracha.

7.6. Recomenda-se ao candidato s portar, no acesso sala de Prova, os objetos necessrios realizao da mesma. Se assim no o fizer, todos os pertences ficaro colocados sob sua carteira, ficando a Consultec e a Faculdade isentas de qualquer responsabilidade sobre perda ou extravio de documentos ou objetos do candidato, assim como por danos neles causados.

7.6.1. No ser permitido o acesso do candidato sala de Provas usando ou portando relgio de qualquer tipo, protetores auriculares,aparelhos eletrnicos, tais como bip, telefone celular, walkman, agenda eletrnica, notebook, palmtop, pendrive, receptor, gravador, mquina de calcular, mquina fotogrfica, controle de alarme de carro, chaveiro eletrnico utilizado para realizar transaes bancrias, etc., ou similares.

7.6.2. Aparelhos de telefonia celular ou semelhantes devero ter suas baterias retiradas e, ainda assim, no podero ser portados, nem utilizados pelo candidato durante a realizao da prova, quando estiver indo ao sanitrio e enquanto permanecer no prdio de realizao da Prova, devendo ser colocados junto aos demais pertences sob a sua carteira escolar, sob pena de eliminao do Processo Seletivo.

7.7. .O candidato ser sumariamente eliminado do Processo Seletivo se:

a)lanar mo de meios ilcitos para execuo da Prova;

b)perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido ou descorts para com qualquer dos aplicadores, seus auxiliares ou autoridades; c) chegar aps o fechamento do porto ou no comparecer a qualquer das provas;

d) afastar-se do local das provas sem o acompanhamento do fiscal, antes de ter concludo as mesmas;

e) deixar de assinar a Lista de Presena e a respectiva Folha de Respostas;

f)ausentar-se da sala portando a Folha de Respostas ou no devolver a Folha de Respostas, mesmo tendo assinado a Lista de Presena;

g) ausentar-se da sala portando o Caderno de Prova antes do horrio permitido para tanto;

h)descumprir as instrues contidas no Caderno de Prova e/ou na Folha de Respostas;

i) for surpreendido por membro da equipe de aplicao da Prova, atravs da observao ou pelo uso de detectores de metais, portando ou utilizando aparelhos eletrnicos, conforme apresentado nos itens 7.7 e 7.8.

j) cujo aparelho celular for acionado ,(mesmo sendo alarme) enquanto estiver no prdio de aplicao da prova.

7.8. O candidato o nico responsvel pelo manuseio das provas, pela compreenso das instrues nelas contidas e pela marcao da Folha de Respostas, cabendo ao Fiscal de Sala apenas orientar sobre os procedimentos de aplicao das Provas.

.

7.9. A critrio da Coordenao do Processo Seletivo poder ser utilizado detector de metais durante a aplicao da Prova, inclusive no acesso dos candidatos aos sanitrios.

8. CORREO DAS PROVAS

8.1 Primeiro Momento

8.1.1. A Prova Objetiva ser corrigida eletronicamente, de acordo com os seguintes procedimentos:

a) Clculo do escore bruto de cada candidato;

b) Eliminao do candidato com rendimento nulo no conjunto das questes da Prova Objetiva.

8.1.2. O resultado da Prova Objetiva ser o somatrio dos acertos nas questes. A partir desse resultado, se far o ordenamento de todos os candidatos no eliminados, considerando-se a pontuao da maior para a menor, convocando os para as Provas Discursivas numa proporo de trs candidatos por vaga oferecida.

8.1.2.1. Havendo empate de pontuao na ultima vaga sero convocados todos os candidatos nessa situao para o Segundo Momento.

8.2. Segundo Momento

8.2.1. A Prova de Redao ser avaliada considerando-se os seguintes aspectos:

a) estrutura: organicidade e unidade de texto, individualidade de estilo e originalidade da produo;

b) estrutura: organicidade e unidade de texto, individualidade de estilo e originalidade da produo;

c) contedo: idias fundamentais e coerentes, clareza, poder de argumentao e senso crtico;

d) expresso: domnio do lxico e da estrutura da lngua (adequao vocabular, ortografia, sintaxe de concordncia, regncia, colocao e pontuao).

8.2.1.1 A Prova de Redao eliminar do Processo Seletivo o candidato que tiver resultado nulo ( nota zero) na Redao ou cuja Redao tiver sido anulada de acordo com os critrios normatizados abaixo.

8.2.1.2. Ser anulada a Redao que

a) fugir proposta apresentada;

b) apresentar texto padronizado quanto a estrutura, seqncia e vocabulrio, comum a vrios candidatos;

c) for redigida sob a forma de verso;

d) presentar texto sob forma no articulada verbalmente (apenas com desenhos, nmeros e palavras soltas);

e) for assinada fora do local proposto ou identificada de alguma forma.

f) for escrita a lpis, em parte ou totalmente;

g) for redigida em folha que no seja a de Redao.

8.2.2. As questes da Prova Discursiva de Humanidades sero corrigidas por uma Banca Multidisciplinar de professores do Ensino Mdio, de acordo com parmetros previamente estabelecidos, sendo considerado como critrio de avaliao o contedo (a pertinncia das respostas) e a adequao da linguagem (a clareza e a objetividade da expresso).

8.2.2.1. Ser atribuda pontuao zero questo discursiva que

a) no se relacionar situao ou ao problema proposto;

b) for escrita a lpis, em parte ou na sua totalidade;

c) apresentar texto incompreensvel ou letra ilegvel.

8.2.2.2. Ser atribuda nota zero na Prova Discursiva de Humanidades ao candidato que assinar ou rubricar na Folha de Respostas, fora do local proposto para a assinatura.

9. CRITRIOS DE ELIMINAO

9.1. Ser eliminado do Processo Seletivo o candidato que

a) no comparecer no dia da aplicao das Provas, seja do Primeiro ou do Segundo Momento do Processo Seletivo;

b) obtiver rendimento nula seja na Prova Objetiva, seja nas Provas Discursivas ;

c) no devolver as Folhas de Respostas ou a Folha da Redao.

d) for flagrado utilizando ou manuseando aparelhos eletrnicos, ou qualquer material impresso.

10. CLASSIFICAO FINAL/ CONVOCAO DOS CANDIDATOS

10.1. A Classificao Final dos candidatos ser feita em ordem decrescente de Nota Final/Escore Global.

10.1.1 A Nota Final/Escore Global do Candidato ser o somatrio da nota da Prova Objetiva, padronizada e ponderada, com as notas padronizadas e ponderadas da Prova de Redao e da Prova Discursiva de Humanidades, aps aplicao dos critrios de eliminao previstos..

10.1.2. Os candidatos sero convocados por ordem decrescente de Nota Final, sucessivamente, at preencherem as vagas oferecidas em cada turno para o segundo semestre de 2013 do Curso de Direito.

10.1.2.1. medida em que forem convocados, pela ordem decrescente de Nota Final , para a matrcula o candidato poder fazer a escolha do Turno a cursar, enquanto houver vaga.

11. CRITRIOS DE DESEMPATE

11.1..Ocorrendo empate de resultados na Classificao Final, sero aplicados os seguintes critrios, na ordem que se encontram, tendo preferncia quem tiver

a) Maior pontuao na Prova Discursiva de Humanidades.

b) Maior pontuao na Prova de Redao.

c) Maior pontuao na Prova Objetiva.

d) Maior acerto no conjunto das questes de Raciocnio Lgico Matemtico da Prova Objetiva.

12. DIVULGAO DO RESULTADO

12.1. Aps a realizao de cada Momento do Processo Seletivo, a divulgao do resultado do Processo Seletivo ser feita pela publicao da Lista com o Resultado Final de todos os candidatos no eliminados no Quadro de Avisos da Faculdade Baiana de Direito , no site ,www.faculdadebaianadedireito.com.br e no site da Consultec www.consultec.com.br.

12.2. As Listas de convocao para o preenchimento das vagas iniciais e das vagas decorrentes de desistncia de candidatos convocados e que no se

matricularam sero divulgadas no Quadro de Avisos e no site da Faculdade, conforme Editais publicados aps cada perodo.

13. MATRCULA DOS CONVOCADOS

13.1. Os candidatos sero convocados por ordem decrescente de Nota Final, sucessivamente, at preencherem as vagas oferecidas em cada turno para o segundo semestre de 2013 do Curso de Direito, e de acordo com as orientaes constantes nos Editais de matrcula respectivos.

13.2. Para matricular-se no curso de Direito da Faculdade Baiana de Direito e Gesto, o candidato habilitado no Processo Seletivo dever ter, obrigatoriamente, concludo o Ensino Mdio, ou equivalente, em instituio de ensino regular junto aos rgos do respectivo Sistema de Educao.

13.3. A matrcula dos convocados dever ocorrer em prazo de 3 dias teis da divulgao das respectivas Listas de Classificados, na sede da Faculdade, de acordo com as orientaes constantes do Edital de Matrcula, a ser publicado quando da divulgao dos Resultados.

13.4. Ser considerado desistente o candidato que no se apresentar dentro do prazo definido no Edital de Matrcula ou, ainda, que o faa sem estar munido de toda a documentao necessria.

13.4.1. O candidato desistente perde definitivamente o direito matrcula, ficando nula para todos os efeitos a classificao obtida no Processo Seletivo 2013.2.

13.5. Durante o perodo de matrcula, responsabilidade do candidato informar-se, diariamente, sobre as convocaes para matrcula e o preenchimento de vagas remanescentes, devendo permanecer atento aos Editais, Comunicados e publicaes divulgados no site www.faculdadebaianadedireito.com.br.

14. DOCUMENTAO PARA MATRCULA DOS CONVOCADOS

14.1. Divulgados os resultados, o candidato convocado dever efetivar sua matrcula nos prazos e condies estabelecidos pela Faculdade Baiana de Direito e Gesto.

14.2. So os seguintes os documentos exigidos para a matrcula:

a) Histrico escolar e certificado de concluso do Ensino Mdio, ou equivalente (apresentar original e entregar fotocpia autenticada legvel e sem rasuras/emendas).

b) Carteira de Identidade (apresentar original e entregar fotocpia autenticada legvel e sem rasuras/emendas).

c) Ttulo de Eleitor com comprovao de votao no ltimo pleito (entregar fotocpia autenticada legvel e sem rasuras/emendas).

d) CertidodeNascimentoouCasamento (entregarfotocpialegvelesem rasuras/emendas);

e) Prova de quitao com o Servio Militar, para maiores de 18 anos, se do sexo masculino (entregar fotocpia legvel e sem rasuras/emendas);

f) 02 (duas) fotos 3x4 recentes e iguais.

14.3. O candidato que, por qualquer motivo, no efetivar a matrcula no perodo estabelecido, ou apresentar documentao incompleta, ser considerado eliminado do Processo Seletivo, perdendo, definitivamente, o direito vaga.

14.4. O candidato que tenha realizado estudos equivalentes ao Ensino Mdio no exterior dever apresentar prova de equivalncia de estudos fornecida pela autoridade competente e cpia do histrico escolar do pas de origem. Os documentos em lngua estrangeira devero estar visados pela autoridade consular brasileira do pas de origem e acompanhados da respectiva traduo oficial.

14.5. A matrcula poder ser feita por procurador legalmente habilitado, mediante apresentao do instrumento particular de Procurao.

14.6. As disciplinas/matrias cursadas em outra Instituio de Ensino Superior no sero objeto de apreciao visando ao seu aproveitamento ou dispensa.

14.7. Na hiptese de permanecerem vagas no preenchidas, a Faculdade Baiana de Direito poder realizar novo Processo Seletivo, a ser divulgado por Edital especfico no site www.faculdadebaianadedireito.com.br.

15. INFORMAES COMPLEMENTARES

15.1. Fica sem efeito a convocao para matrcula do candidato que no comprovar a concluso do Ensino Mdio.

15.2. Ser nula, de pleno direito, a classificao do candidato que tenha participado do Processo Seletivo fazendo uso de documentos falsos ou utilizando-se de meios ilcitos.

15.3. Os alunos matriculados no Curso de Direito submeter-se-o ao Regimento da FACULDADE BAIANA DE DIREITO E GESTO, ao Contrato de Prestao de Servios Educacionais e acataro as normas referentes ao sistema de matrcula,.

15.4. A FACULDADE BAIANA DE DIREITO E GESTO poder alterar qualquer disposio fixada para este Processo Seletivo, publicando NOTA PBLICA ou Aditivo, que se constituir parte integrante das normas regulamentadoras desse Processo.

15.5. A efetivao da inscrio do candidato caracteriza, para todo e qualquer efeito, a cincia e aceitao de todos os procedimentos e normas adotados para esse Processo Seletivo, dos quais no poder alegar desconhecimento em momento algum.

15.6. esse Manual, que pela legislao tem fora de lei, se incorporam as orientaes contidas nos Cadernos de Provas e nos Editais, Notas Pblicas e Comunicados publicados.

15.7. Todos os documentos dos candidatos inscritos neste Processo Seletivo sero incinerados logo aps iniciadas as aulas do Semestre Letivo para o qual foi realizado, salvo os documentos entregues para a matrcula que permanecero arquivados na Faculdade.

15.8. Os casos omissos sero resolvidos pela Direo Geral da Faculdade Baiana de Direito e Gesto,

Outras informaes - Call Center Consultec Tel.: (71) 3273-4302 e Atendimento Faculdade Baiana de Direito Tel: (71) 3205-7700

ANEXO I CONTEDOS PROGRAMTICOS

Os programas propostos foram elaborados de forma a traduzir o carter inovador do Modelo de Seleo nos seus aspectos filosficos e tcnicos. Assim, pretende-se avaliar competncias e habilidades de forma contextualizada e transdisciplinarmente. Por essa razo, os Programas mais orientam o foco de estudo dos candidatos do que definem formalmente contedos especficos.

PRIMEIRO MOMENTO

Prova Objetiva (os contedos sero tratados a partir de um Eixo temtico proposto)

LNGUA PORTUGUESA E LNGUA ESTRANGEIRA

Leitura, compreenso e interpretao de textos informativos, publicitrios ou mistos e de outras naturezas, extrados de livros e revistas contemporneos. Associao de idias. Estabelecimento de inferncias, sobretudo do significado de palavras ou expresses contextualizadas. Identificao de elementos lingsticos e gramaticais no contexto.

MATEMTICA/RACIOCNIO LGICO

Transcrio de mensagens matemticas da linguagem corrente para a linguagem simblica e vice-versa. Identificao de padres matemticos em situaes reais. Estabelecimento de relaes do conhecimento matemtico com fatos do cotidiano..Leitura, interpretaoe utilizao de representaes matemticas. Organizao do pensamento matemtico identificando as variveis determinantes e secundrias. Interpretao e resoluo de situaes-problema. Distino e utilizao de raciocnios dedutivos e indutivos. Seleo de dados e interpretao de seqncia para resoluo de problemas.

CONHECIMENTOS GERAIS E ATUALIDADES

Domnio bsico na construo e na aplicao de conceitos das diversas reas de conhecimento para compreender o processo histrico e geogrfico mundial, nacional e regional diante das questes que se impem ao mundo. Anlise crtica e reflexiva de temticas econmicas, sociais, polticas, sociolgicas, filosficas, cientficas e culturais que permitam valorizar os acontecimentos do passado como recurso ao entendimento do mundo atual. Compreenso da organizao do espao geogrfico onde a natureza e a sociedade interagem.

Identificao e compreenso das relaes homem x meio ambiente. Viso global do mundo fsico-qumico e biolgico, do seu funcionamento e da aplicao desses conhecimentos a situaes encontradas na vida cotidiana. Estabelecimento de relaes entre os vrios fenmenos e as principais leis e teorias da Fsica, relacionando o conhecimento e a compreenso de seus princpios, leis e conceitos fundamentais vida prtica.

Identificao dos compostos qumicos, correlacionando estruturas e propriedades desses compostos. Aplicao das leis aos fenmenos qumicos. Realizao de clculos envolvendo nmeros, tabelas, equaes, grficos, utilizando leis ponderais e volumtricas e aplicando os conhecimentos qumicos a exemplos prticos da vida diria. Compreenso da organizao da vida em seus diferentes nveis. Interpretao da biodiversidade,

identificando estruturas especializadas em plantas e animais. Anlise do potencial de utilizao de ecossistemas naturais. A Vida em seu contexto ecolgico - Os fundamentos da ecologia: a biosfera, a grande teia da vida. As estratgias ecolgicas de sobrevivncia. Interferncia do Homem na dinmica dos ecossistemas. Sade como compreenso de vida - As epidemias e as endemias no Brasil. A revolta da natureza: doenas emergentes e reemergentes.

SEGUNDO MOMENTO

Prova Discursiva de Humanidades

Contribuies filosficas, sociolgicas, culturais, geogrficas, histricas, econmicas, cientficas e polticas para a formao das sociedades e suas relaes. O Universo cultural e o pensamento filosfico. Cultura e difuso cultural. Filosofia contempornea e ps-modernidade. Os sistemas econmicos - a propriedade e a produo. O homem no espao global e suas relaes com os bens materiais e espirituais. O processo histrico e social, como fonte de prazer, de transformao da qualidade de vida e das relaes entre os indivduos, nas suas manifestaes ticas e de responsabilidade social. As relaes homem x meio ambiente, com vistas a um posicionamento frente realidade que o cerca. A revoluo tecnolgica e seus desdobramentos para a humanidade. Cidadania e direitos humanos. A nova ordem mundial: o papel do Brasil no cenrio sociocultural de hoje. Tendncias do mundo atual.

Prova de Redao

Produo de um texto dissertativo, descritivo ou narrativo, versando sobre assunto da atualidade, de interesse geral, evidenciando a manuteno da unidade temtica, com progresso semntica das idias, domnio dos mecanismos lingsticos, coeso e clareza.

Anexo II - Questionrio Sociocultural

Este questionrio, que compe o material de inscrio, tem o objetivo exclusivo de coletar dados socioculturais dos candidatos ao ingresso nos Cursos Superiores. As informaes levantadas so sigilosas e sero tratadas coletivamente, sem nenhuma interferncia no processo de seleo dos candidatos. Recomenda-se aos candidatos:

Analisar cada item com ateno.

Optar por apenas uma resposta.

Preencher cada quadrcula da Grade de Respostas, constante no Requerimento de Inscrio, conforme os cdigos apresentados para cada item.

No deixar nenhuma resposta em branco.

Ter exatido ao selecionar cada resposta.

01.Qual o seu estado civil?

Solteiro01

Casado02

Vivo03

Divorciado04

Separado05

Outro06

02.Em que tipo de estabelecimento de ensino voc concluiu o ensino mdio?

Pblico01

Privado02

03. Qual a sua faixa etria?

At 17 anos01

De 17 a 20 anos02

De 21 a 24 anos03

De 25 a 30 anos04

De 31 a 40 anos05

Acima de 41 anos06

04. Qual o seu sexo?

Feminino01

Masculino02

05. Onde voc nasceu?

Salvador01

Interior da Bahia02

Outro estado03

Outro pas04

06. Atravs de que meio voc tomou conhecimento do Processo Seletivo desta Instituio?

Pela TV01

Por outdoors02

Por cartazes/folhetos/Revistas03

Pela Internet04

Por Jornais05

Pelo Radio06

Por parentes e amigos07

Pelo colgio onde estudo/estudei08

Por iniciativas da Faculdade 09

07. Por que voc optou por esta Instituio? (indique o motivo predominante)

Oferece o melhor curso de minha opo01

prximo da minha residncia02

a escolhida pela maioria dos meus amigos03

mais uma chance de ingressar no ensino superior04

Pela sua credibilidade05

onde posso concluir o curso no tempo previsto, sem paralizaes ou interrupes06

08. Qual o motivo principal que o levou a decidir pelo curso escolhido? (indique o motivo predominante)

O mercado de trabalho garantido01

Garante uma boa remunerao02

Afinidade pessoal, vocao, realizao pessoal03

Informaes obtidas por meios de comunicao e livros04

Dificuldade de aprovao no curso pretendido05

Pouca exigncia e de fcil concluso06

Permite conciliar o exerccio da profisso com outros afazeres07

Permite conciliar aula/trabalho08

Influncia da famlia e/ou amigos09

09. O que voc espera obter num curso superior? (indique o motivo predominante)

Aumento de conhecimento e de cultura geral01

Formao profissional para o futuro emprego02

Formao terica voltada para o ensino e a pesquisa03

Conscincia crtica que possibilite intervir na sociedade04

Nvel superior para melhorar a atividade j desenvolvida05

Realizao pessoal06

Apenas o diploma de nvel superior07

10. Voc j fez ou est fazendo algum curso superior? (Indique a alternativa que melhor expressa sua situao)

No fiz e nem estou fazendo01

J fiz em outra instituio e abandonei02

J fiz em outra instituio e conclu03

Pretendo desistir do curso atual se passar nesta Seleo04

Pretendo freqentar dois cursos ao mesmo tempo05

Pretendo continuar com o curso que venho fazendo, pois farei 06

esta Seleo apenas por experincia

11. Em que bairro ou local voc mora ?

Pituba/Itaigara/Caminho das rvores / Candeal01

Horto Florestal/Garibaldi/Amaralina02

Barra/Barra Avenida/Graa/Vitria/Canela/Campo03

Grande/Garcia

Brotas/Vila Laura/Santo Agostinho/Matatu04

Ondina/Chame-Chame/Jardim ipema/Centenrio/05

Federao/Rio Vermelho

Stiep/Jardim Armao/Costa Azul/lmbu/Boca do Rio06

Itapu/Vilas/Piat/Patamares/Praia do Flamengo07

Av.Sete/Barris/Jardim Baiano/Nazar/Politeama/Mercs08

Bonfim/Roma/Jardim Cruzeiro/Boa Viagem09

Outro bairro de Salvador10

Fora de Salvador11

12.Quantas vezes voc j se submeteu a um Processo Seletivo de ingresso em Curso de

Graduao?

Nenhuma vez01

Uma vez02

Duas vezes03

Trs vezes04

Quatro vezes ou mais05

13. Em uma Faculdade, sobre qual item voc gostaria de ter informaes?

Laboratrios e infra-estrutura fsica01

Bibliotecas02

Palestras sobre profisses 03

Aulas simuladas04

Informao sobre estgios05

Servios disponveis ao aluno06

14. Voc tem receios/dificuldades de fazer sua inscrio pela Internet?

Sim01

No02

15. Quais so os receios ou dificuldades que voc tem em fazer sua inscrio pela Internet?

No tenho acesso Internet01

De fazer pagamento pela Internet02

De que meus dados no sejam mantidos em sigilo03

De que a inscrio, por algum motivo, no seja efetuada04

No tenho conta em banco para realizar o pagamento05

No gosto de ir a banco realizar pagamentos06

16. Se voc utiliza a internet, qual o tipo de site voc mais acessa?

No se aplica01

Busca (Google, Yahoo etc)02

Email (hotmail, Gmail etc)03

Redes de Relacionamento04

Mensagem (MSN, Skype etc)05

Variedades (Terra, Uol etc)06

17.Voc exerce alguma atividade remunerada?

No01

Sim, sou funcionrio pblico02

Sim, sou funcionrio de empresa privada03

Sim, sou estagirio04

Sim,sou profissional liberal05

Sim, sou trabalhador autnomo06

Sim, sou empresrio07

Outros08

18. Por qual tipo de instrumento voc foi mais avaliado pelos professores, durante o curso

mdio?

Provas escritas discursivas01

Testes objetivos02

Trabalhos de grupo03

Trabalhos individuais04

Provas prticas05

19. Como voc avalia o nvel de exigncia do seu curso/colgio?

Deveria ter exigido muito mais de mim01

Deveria ter exigido um pouco mais de mim02

Exigiu de mim na medida certa03

Deveria ter exigido um pouco menos de mim04

Deveria ter exigido muito menos de mim05

20. Qual das habilidades abaixo foi melhor desenvolvida por voc durante o seu curso mdio?

Capacidade de comunicao01

Capacidade de trabalhar em equipe02

Capacidade de raciocnio lgico/anlise crtica03

Senso tico04

Capacidade de tomar iniciativa05

21. Como voc considera seu conhecimento da lngua inglesa?

Praticamente nulo01

Leio, mas no escrevo nem falo02

Leio e escrevo bem, mas no falo03

Leio e escrevo bem e falo razoavelmente04

Leio, escrevo e falo bem05

22. Como voc considera seu conhecimento da lngua espanhola?

Praticamente nulo01

Leio, mas no escrevo nem falo02

Leio e escrevo bem, mas no falo03

Leio e escrevo bem e falo razoavelmente04

Leio, escrevo e falo bem05

23. Voc pretende trabalhar enquanto faz o curso superior?

No01

Sim, apenas em estgios para treinamento02

Sim, apenas nos dois ltimos anos de estudo03

Sim, desde o 1 ano, em tempo parcial04

Sim, desde o 1 ano, em tempo integral05

24. Quanto aos estudos, aps a concluso do curso superior, o que voc pretende?

No fazer nenhum outro curso01

Fazer outro curso de graduao02

Fazer cursos de aperfeioamento e especializao03

Fazer curso de mestrado04

Fazer curso de doutorado05

Fazer Concurso Pblico06

25. Qual a sua participao na renda familiar?

No trabalha e recebe ajuda financeira da famlia01

Trabalha e recebe ajuda financeira da famlia02

Trabalha e no recebe ajuda financeira da famlia03

Trabalha e contribui parcialmente para o sustento da famlia04

Trabalha e responsvel pelo sustento da famlia05

26. Caso voc exera atividade remunerada, quantas horas trabalha por semana?

Trabalha at 20 horas por semana01

Trabalha at 30 horas por semana02

Trabalha at 40 horas por semana03

Trabalha mais de 40 horas semanais04

No se aplica05

27.Quem o principal responsvel pelo sustento da sua famlia?

Seu pai01

Sua me02

Seu cnjuge03

Um parente04

Um irmo05

Voc06

28. Em qual das faixas abaixo voc calcula estar a soma da renda mensal dos membros da sua famlia que moram em sua casa?

At 01 salrio mnimo01

De 02 a 04 salrios mnimo02

De 08 a 14 salrios mnimo03

Acima de 14 salrios mnimo04

29. Qual o seu grau de escolaridade?

Nvel Mdio em concluso01

Nvel Mdio concludo02

Nvel Superior incompleto03

Nvel Superior concludo04

Nvel Superior em concluso05

30. Qual o grau de escolaridade do seu pai?

Nenhuma escolaridade01

Ensino fundamental incompleto02

Ensino fundamental completo03

Ensino mdio incompleto04

Ensino mdio completo05

Superior incompleto06

Superior completo07

Ps - graduado08

31. Qual o grau de escolaridade de sua me?

Nenhuma escolaridade01

Ensino fundamental incompleto02

Ensino fundamental completo03

Ensino mdio incompleto04

Ensino mdio completo05

Superior incompleto06

Superior completo07

Ps graduada08

32. Qual a situao de trabalho de seu pai?

No trabalha01

Trabalha em empresa pblica02

Trabalha em empresa particular03

Est desempregado04

aposentado05

Vive de renda06

falecido07

Outra situao08

33. Qual a situao de trabalho da sua me?

No trabalha01

Trabalha em empresa pblica02

Trabalha em empresa particular03

Est desempregada04

aposentada05

Vive de renda06

falecida07

Outra situao08

34. Qual o meio de transporte mais utilizado por voc?

Carro prprio01

Carro dos pais02

Carona com amigos e vizinhos03

Transporte coletivo04

Outro05

35. Qual o meio que voc mais utiliza para se manter atualizado sobre os acontecimentos do mundo contemporneo?

Jornal01

Revistas02

TV03

Rdio04

Internet05

36. Durante o curso mdio, excetuando-se os livros escolares, quantos livros, em mdia, voc leu por ano?

Nenhum01

Um02

Dois a trs03

Quatro a cinco04

Seis ou mais05

37. Existe microcomputador em sua casa?

Sim e eu o utilizo bastante01

Sim, mas eu pouco o utilizo.02

Sim, mas eu nunca o utilizo.03

No, mas eu utilizo microcomputador fora do meu ambiente 04

domstico.

No e eu nuca utilizo microcomputador.05

38. Quanto tempo voc passa na Internet por dia?

Nenhum01

At uma hora02

At duas horas03

At quatro horas04

Cinco horas ou mais05

39. Voc tem acesso Internet a partir de que equipamento?

Daquele colocado minha disposio pela Instituio que 01

estudo.

Daquele disponvel na minha residncia02

Daquele disponvel no meu local de trabalho03

Daquele colocado disposio em Cyber Caf/Lan House04

Nunca tive oportunidade de acessar a Internet05

39. O que voc mais acessa na Internet?

E-mails01

Notcias02

Lazer03

Pesquisas04

Jogos05

Salas de bate-papo06

No se aplica07

Anexo III Tabela de Cdigos de Estabelecimentos

COD

NOME ESTABELECIMENTO CIDADE

001

CENTRO BAIANO DE ENS. SUPLETIVO- CEBES - SALVADOR

002

CENTRO EDUCACIONAL CARNEIRO RIBEIRO CLASSE II-SALVADOR

003

CENTRO EDUCACIONAL JEAN PIAGET-SALVADOR

004

CENTRO EDUCACIONAL LUIZ PINTO DE CARVALHO-SALVADOR

005

CENTRO EDUCACIONAL MARIA JOS-SALVADOR

006

CENTRO EDUCACIONAL NSA. SRA. DO RESGATE-SALVADOR

007

CENTRO EDUCACIONAL SANTANA DO CABULA-SALVADOR

008

CENTRO EDUCACIONAL UNIO-SALVADOR

009

CENTRO EDUCACIONAL VITRIA RGIA- SALVADOR

010

CENTRO FEDERAL DE EDUCAO TECNOLGICA DA BAHIA (CEFET)

011

CENTRO INTEGRADO DE EDUCAO ANISIO TEIXEIRA-SALVADOR

012

CENTRO INTEGRADO DE EDUCAO CONS. LUIZ VIANNA-SALVADOR

013

CENTRO INTEGRADO DE EDUCAO LUIZ TARQUINIO-SALVADOR

014

COLGIO ACADMICO- SALVADOR

015

COLGIO ADVENTISTA DE SALVADOR

016

COLGIO GUIA- SALVADOR

017

COLGIO ALFRED NOBEL- SALVADOR

018

COLEGIO ALVARO SILVA CECR CLASSE V- SALVADOR

019

COLGIO ANLISE- SALVADOR

020

COLGIO ANCHIETA- SALVADOR

021

COLGIO ANGLO BRASILEIRO

022

COLGIO ANTONIO VIEIRA- SALVADOR

023

COLGIO APOIO- SALVADOR

024

COLGIO APOIO-SALVADOR- VILLAS

025

COLGIO BAIANO - UCBA- SALVADOR

026

COLGIO BATISTA BRASILEIRO- SALVADOR

027

COLGIO BERNARDO GALVO- SALVADOR

028

COLGIO CNDIDO PORTINARI- SALVADOR

029

COLEGIO DA POLICIA MILITAR - SALVADOR

030

COLEGIO DARCY RIBEIRO- SALVADOR

031

COLGIO DECISO- SALVADOR

032

COLGIO DELTA- SALVADOR

033

COLEGIO DINAMO-ALAGOINHAS

034

COLGIO DIPLOMATA- SALVADOR

035

COLGIO DOIS DE JULHO- SALVADOR

036

COLGIO DRUMOND- SALVADOR

037

COLGIO FRANCISCO DE ASSIS- SALVADOR

038

COLGIO IDIA- SALVADOR

039

COLGIO INTEGRAL- SALVADOR

040

COLGIO SO BENTO- SALVADOR

041

COLEGIO ESTADUAL ADROALDO RIBEIRO COSTA- SALVADOR

042

COLEGIO ESTADUAL ALIPIO FRANCA- SALVADOR

043

COLEGIO ESTADUAL ANTONIO CARLOS MAGALHAES- SALVADOR

044

COLEGIO ESTADUAL CARNEIRO R FILHO- SALVADOR

045

COLEGIO ESTADUAL DA BAHIA - CENTRAL- SALVADOR

046

COLEGIO ESTADUAL DEP. MANOEL NOVAES- SALVADOR

047

COLEGIO ESTADUAL DUQUE DE CAXIAS- SALVADOR

048

COLEGIO ESTADUAL EVARISTO DA VEIGA- SALVADOR

049

COLEGIO ESTADUAL GOV. LOMANTO JUNIOR- SALVADOR

050

COLEGIO ESTADUAL HELENA MATHEUS- SALVADOR

051

COLEGIO ESTADUAL HUMBERTO DE A. CASTELO BRANCO- SALVADOR

052

COLEGIO ESTADUAL JOAO FLORENCIO GOMES- SALVADOR

053

COLEGIO ESTADUAL JOAO PEDRO DOS SANTOS- SALVADOR

054

COLEGIO ESTADUAL MANOEL DEVOTO- SALVADOR

055

COLEGIO ESTADUAL MARQUES DE MARICA- SALVADOR

056

COLEGIO ESTADUAL NOGUEIRA PASSOS- SALVADOR

057

COLEGIO ESTADUAL PEDRO CALMON- SALVADOR

058

COLEGIO ESTADUAL PROFa. ANFRISIA SANTIAGO- SALVADOR

059

COLEGIO ESTADUAL PROFa. DIRLENE MENDONCA- SALVADOR

060

COLEGIO ESTADUAL RAPHAEL SERRAVALE- SALVADOR

061

COLEGIO ESTADUAL SENHOR DO BONFIM- SALVADOR

062

COLEGIO ESTADUAL SEVERINO VIEIRA- SALVADOR

063

COLEGIO ESTADUAL THALES DE AZEVEDO- SALVADOR

064

COLEGIO ESTADUAL ODORICO TAVARES- SALVADOR

065

COLEGIO ESTADUAL PRESIDENTE COSTA E SILVA- SALVADOR

066

COLEGIO HELYOS-FEIRA DE SANTANA

067

COLGIO MENDEL- SALVADOR

068

COLGIO MILITAR DE SALVADOR- SALVADOR

069

COLGIO MDULO- SALVADOR

070

COLGIO MENDEL- VILLAS

071

COLEGIO NOSSA SENHORA DA ASSUNO- SALVADOR

072

COLGIO NOSSA SRA. DA SOLEDADE- SALVADOR

073

COLGIO NOSSA SRA. DA VITRIA _ MARISTA- SALVADOR

074

COLGIO NOSSA SRA. DAS MERCS- SALVADOR

075COLEGIO NOSSA SRA DO RESGATE- SALVADOR

076COLGIO OFICINA- SALVADOR

077COLGIO PHD- SALVADOR

078COLGIO PHOENIX- SALVADOR

079COLEGIO POLIVALENTE DO CABULA- SALVADOR

080COLEGIO RIO BRANCO- SALVADOR

081COLGIO SAGRADO CORAO DE JESUS- SALVADOR

082COLGIO SALESIANO DE SALVADOR- SALVADOR

083COLGIO SO BENTO- SALVADOR

084COLGIO SO JOS- SALVADOR

085COLGIO SO PAULO- SALVADOR

086COLGIO SARTRE/COC- SALVADOR

087COLGIO SIO- SALVADOR

088COLGIO SANTSSIMO SACRAMENTO _ SACRAMENTINAS- SALVADOR

089COLGIO THOMAZ DE AQUINO- SALVADOR

090COLGIO VERSAILLES - SALVADOR

091ESCOLA CARLOS CORREA DE M. SANT'ANNA - SALVADOR

092ESCOLA DE 20. GRAU EDVALDO BRANDAO CORREIA- SALVADOR

093ESCOLA DE DANCA DA FUND. CULTURAL DO ESTADO DA BAHIA- SALVADOR

094ESCOLA DE ENGENHARIA ELETROMECNICA DA BAHIA- SALVADOR

095ESCOLA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DA BAHIA- SALVADOR

096ESCOLA DEMOCRATICA BOLIVAR SANTANA- SALVADOR

097ESCOLA ESTADUAL DE 10 E 20 GRAUS MARCO A. VERONESE- SALVADOR

098ESCOLA DEMOCRATICA P/TRAB PROF. RMULO ALMEIDA- SALVADOR

099ESCOLA ESTADUAL M. A. TEIXEIRA DE FREITAS- SALVADOR

100ESCOLA MEDALHA MILAGROSA- SALVADOR

101ESCOLA PAN AMERICANA DA BAHIA- SALVADOR

102ESCOLA TCNICA ESTADUAL LUIZ NAVARRO DE BRITTO- SALVADOR

103INSTITUTO CENTRAL DE EDUCAO ISAIAS ALVES ( ICEIA)- SALVADOR

104INSTITUTO NOSSA SENHORA DA SALETE- SALVADOR

105INSTITUTO SOCIAL DA BAHIA- ISBA - SALVADOR

106OUTRO COLGIO DA REDE PARTICULAR

107OUTRO COLGIO DA REDE PBLICA

Anexo IV Instrues para preenchimento do Requerimento de Inscrio

REQUERIMENTO DE INSCRIO

O formulrio ptico que constitui o Requerimento de Inscrio composto dos seguintes campos de coleta de dados e respectivas clulas de leitura: na frente - identificao do candidato; opes de curso e de lngua estrangeira; dados referentes aos Portadores de Necessidades Especiais, aos Treineiros, alm do Requerimento de Inscrio propriamente dito. Ainda nesta parte encontram-se o Comprovante de Inscrio (via do candidato) e o Controle de Entrega do Requerimento de Inscrio, com espao reservado para anexar a documentao exigida para efetivao da inscrio. No verso -

os campos referentes ao endereo, filiao, escolaridade, endereo eletrnico, alm da Grade de

Respostas do Questionrio Sociocultural.

INSTRUES PARA PREENCHIMENTO DO REQUERIMENTO DE INSCRIO

Preencha com muito cuidado seu REQUERIMENTO DE INSCRIO, atendendo s orientaes

a seguir apresentadas. Os dados nele preenchidos se constituiro na base de dados utilizada para todas as fases do Processo Seletivo.

Aps a efetivao da inscrio, no sero permitidas alteraes ou complementaes nos registros feitos.

Preencha todos os campos e clulas de leitura COM NITIDEZ E LEGIBILIDADE, utilizando

CANETA DE TINTA AZUL OU PRETA.

As clulas de leitura devem ser preenchidas conforme o modelo, enquanto os campos de registro dos dados (acima destas, sem clula ptica) devem ser preenchidos em LETRA DE FORMA.

Cada campo preenchido deve ter uma clula de leitura preenchida abaixo. Todos os campos devero ter preenchidas todas as clulas, ficando sem preencher apenas as clulas que

representam espao entre nomes ou nmeros.

NO AMASSE o formulrio, NEM RASURE os registros.

A Instituio se reserva ao direito de indeferir a inscrio cujo REQUERIMENTO DE INSCRIO no esteja com todos os campos e clulas de leitura preenchidos.

Frente

Campo Srie - Reservado CONSULTEC. No faa nenhum registro.

Campo 1 - Nome Completo - Registre seu nome completo, tal como se encontra no Documento de

Identidade. No abrevie o prenome. Se necessrio, abrevie com uma letra os nomes intermedirios.

Campo 2 CPF - registrar o nmero completo, inclusive com o dgito de controle.

Campo 3 - Documento de Identidade - Dever ser preenchido com os nmeros que constam no documento de identidade. Se houver letra compondo o seu RG, registre-a s na quadrcula.

Campo 4 - rgo emissor - Registre o rgo que emitiu o seu Documento de Identidade,

observando a tabela abaixo:

SIGLAS

RGO EXPEDIDOR

AERO

MINISTRIO DA AERONUTICA

MARI

MINISTRIO DA MARINHA

EXER

MINISTRIO DO EXRCITO

PMIL

POLCIA MILITAR

SSP

SECRETARIA DE SEGURANA PBLICA

SPMA

SERVIODEPOLCIAMARTIMAEADUANEIRA

(ESTRANGEIROS)

OUTRO

Campo 5- Estado emissor Registre a sigla da unidade da federao onde o Documento foi

emitido, conforme quadro abaixo:

UNIDADE DA FEDERAO (UF)

AC

ACRE

PB

PARABA

AL

ALAGOAS

PE

PERNAMBUCO

AM

AMAZONAS

PI

PIAU

AP

AMAP

PR

PARAN

BA

BAHIA

RJ

RIO DE JANEIRO

CE

CEAR

RN

RIO GRANDE DO NORTE

DF

DISTRITO FEDERAL

RO

RONDNIA

ES

ESPIRTO SANTO

RR

RORAIMA

GO

GOIS

RS

RIO GRANDE DO SUL

MA

MARANHO

SC

SANTA CATARINA

MG

MINAS GERAIS

SE

SERGIPE

MS

MATO GROSSO DO SUL

SP

SO PAULO

MT

MATO GROSSO

TO

TOCANTINS

PA

PAR

Campo 6- Data de Nascimento - Para a data de nascimento, basta colocar dois algarismos para

cada campo (dia/ms/ano).

Campo 7 Canhoto - Preencha Sim se esta for sua situao. Caso contrrio, preencha No. Campo 8 Sexo Marque a opo Masculino ou Feminino.

Campo 9 - Estado Civil Indicar o estado civil correspondente situao do candidato.

Campos 10, 11, 12 e 13 - DDD, Telefone Residencial e Celular ou Comercial Informe um

nmero de telefone para contato. Caso no disponha de um nmero prprio, indique um nmero para recado.

Campo 14 - Portador de Deficincia Se esta no for sua situao, marque No. Se for portador de necessidades especiais preencha a clula de leitura correspondente sua deficincia. , e aquelas a ela correlatas. Campo 15 Informaes de outros concursos - Marque Sim, se deseja receber este tipo de informao. Caso contrrio, marque No.

Campos 16, 17 e 18 - Preferncia de Turno do Curso - No preencher.

Campo 19 - Opo de Lngua - Assinale apenas uma opo de Lngua Estrangeira. O no- preenchimento da clula de leitura determinar a inscrio automtica na opo Ingls.

Campo 20- Treineiro - No preencher

Campo 21- Concurso- Reservado CONSULTEC. No faa qualquer registro. Campos 22 e 23 No preencher

Campo 24 Requerimento - Dever ser datado e assinado pelo candidato ou por seu representante/

procurador.

Verso

Campos 25, 26, 27, 28, 29, 30 e 31 Endereo/Bloco/Nmero/Apto./Bairro, Cidade e CEP Esses dados devem ser preenchidos da maneira mais completa possvel, pois, alm de compor o cadastro de inscritos, possibilitaro um contato rpido da Instituio com o candidato, se houver necessidade. A Coordenao do Concurso no se responsabiliza pelo no recebimento de correspondncia, por parte do candidato, caso esses campos no tenham sido preenchidos adequadamente.

Campo 32 - E-mail Caso possua, o candidato deve registrar seu e-mail para facilitar a

comunicao.

Campos 33 e 34 Nome da Me/Nome do Pai - O candidato deve registrar no campo especfico o

nome da me de forma completa, no abreviando o prenome. Se necessrio, abrevie com uma letra

os nomes intermedirios.

Campos 35, 36, 37, 38 e 39 - Escolaridade Preencha todos os campos e clulas de leitura referentes ao nvel de escolaridade em que se encontra, ao tipo de estabelecimento em que concluiu

ou concluir o ensino mdio, ao tipo de curso de nvel mdio concludo ou em concluso, ao ano de concluso do ensino mdio e ao cdigo do estabelecimento onde concluiu ou concluir o Ensino Mdio. Para o registro deste ltimo dado, utilize a tabela de estabelecimentos/cdigos, anexo deste Manual

Campo 40- Grade de Respostas do Questionrio Sociocultural (QSC) Preencha os campos e

as clulas de leitura de cada pergunta respondendo ao Questionrio Sociocultural constante deste

Manual.